Como Criar Um Canal No Youtube Em 8 Passos [Guia 2019]

icone da empresa youtube com simbolos de capital ao fundo

Você gostaria de saber como criar um canal no YouTube? E mais: como faturar com ele?

Sim, é possível ganhar dinheiro com o YouTube. E criar um canal pode ser mais fácil do que imagina.

Se você é um empreendedor e não sabe o que é YouTube, provavelmente, não está atento às tendências, como eu recomendo.

E pode estar perdendo um público grande e extremamente assíduo!

Você acha que vídeos e o YouTube não são ferramentas úteis para a sua empresa?

Bom, então eu o aconselho a dar uma olhada no meu post sobre por que investir em vídeo é uma ótima estratégia.

Tenho certeza que você vai se convencer de que essa plataforma de vídeos é uma tendência forte dentro do marketing de conteúdo.

O YouTube foi criado por Chad Hurley, Steve Chen e Jawed Karim, em 2005, devido a uma demanda por compartilhar vídeos, que não era atendida na época.

Em um ano, a marca foi comprada pelo Google por 1,65 bilhão de dólares.

Isso mostra quão claro era o potencial desta plataforma de vídeos, e isso se comprovou no decorrer dos anos.

Hoje, o YouTube é a principal mídia de compartilhamento de vídeos, com mais de um bilhão de usuários.

Neste artigo, você vai ser conduzido passo a passo na jornada de como criar um canal no YouTube. Desde a escolha do nome, público-alvo e conteúdo, até como monetizar essa atividade. Além de dicas imperdíveis!

Vamos lá?

Boa leitura!

Por Que Usar o YouTube

sala de estar com laptop em mesa de centro mostrando simbolo da empresa youtube

O YouTube, hoje, é o segundo buscador mais utilizado, perdendo apenas para o próprio Google.

E você deve ter reparado que o Google costuma sugerir que os usuários acessem o YouTube para visualizar a solução do seu problema.

O que é natural, afinal, o YouTube pertence ao Google.

Ao pesquisar, por exemplo, sobre “como ganhar seguidores no Instagram”, o YouTube aparece como primeira sugestão.

Veja abaixo:

captura de tela de pesquisa na internet sobre como ganhar seguidores no instagram

Isso demonstra claramente a preferência do público por respostas em formato audiovisual.

Há alguns anos, era impossível acreditar que a televisão seria substituída por algum outro meio de comunicação.

Afinal, se pensarmos em questão de eras, a televisão não é assim algo tão antigo, já que não tem nem um século de vida.

Mas o mundo globalizado provou que as eras não duram mais milênios, como antes.

O Google fez um estudo que reitera algumas mudanças significativas no comportamento dos espectadores.

Mais de 80% dos brasileiros afirmaram preferir consumir vídeos na internet do que assistir televisão, em razão da maior diversidade da primeira opção.

O tempo que passamos na internet é decisivo para esse resultado. Segundo a mesma pesquisa, em 2014, o brasileiro passava, em média, 8,1 horas por semana assistindo vídeos.

Esse número cresceu 90,12%, se comparado ao ano de 2017, quando a média foi de 15,4 horas semanais.

Você deve estar se perguntando: e a televisão?

No mesmo período de 3 anos, o consumo de conteúdo na televisão – aberta e fechada – passou de 21,9 para 22,6 horas semanais. Ou seja, um crescimento de 3,2%.

Claramente, hoje, a importância da internet vem aumentando consideravelmente, e eu garanto que as chances do seu público-alvo estar consumindo esse tipo de conteúdo são enormes.

E mais especificamente, 83% dos entrevistados pelo Google disseram que assistem mensalmente vídeos pela internet e 99% deles acessam o YouTube eventualmente.

O YouTube tem versões específicas (locais) para 88 países e é possível ter acesso a 76 diferentes idiomas dentro da plataforma de vídeos – o que atende a mais de 90% dos internautas.

E você pode notar que, apesar de já ter mais de uma década de vida, ele não ficou arcaico, pois acompanhou a demanda dos consumidores de dispositivos móveis, por exemplo.

Hoje, o acesso a vídeos da plataforma, através de tablets e celulares, representa mais de 50% das visualizações.

Montei uma lista do porque saber como criar um canal no YouTube é um passo inevitável para a sua empresa:

  • Conteúdos visuais são melhor recebidos pelos usuários
  • Usar a imagem e o som coopera para uma melhor memorização do conteúdo
  • É possível transmitir mais informação sem cansar o espectador – o conteúdo fica naturalmente mais leve e dinâmico
  • Atrelar a sua imagem ao conteúdo falado desperta mais curiosidade do usuário
  • Vídeos e imagens demandam menor esforço do cérebro para compreensão, o que faz com que as pessoas acessem mais postagens do que fariam se precisassem ler cada conteúdo
  • É mais fácil transmitir autoridade visualmente do que através de texto.

E um fato importante a destacar é que você pode usar o YouTube como ferramenta de trabalho ou como hobbie.

Afinal, compartilhar vídeos é um costume desde a época que se utilizava fita VHS para transmitir aniversários, casamentos e viagens.

Eu Devo Investir no YouTube?

ilustraçao representando computador com simbolo da empresa youtube

Quero falar neste artigo sobre o quanto saber como criar um canal no YouTube é uma ferramenta fundamental para a sua empresa. Então, o foco será no âmbito profissional, certo?

Se, mesmo com todos os benefícios expostos no tópico anterior, você ainda está em dúvida se vale ou não inserir a sua marca no YouTube, eu tenho alguns pontos que podem lhe convencer disso.

Existem diferentes formas de monetizar, utilizando o YouTube.

Você pode inserir trechos publicitários na abertura de determinados vídeos e dessa forma utilizá-lo como um dos meios de publicidade – vídeo ads.

Ou pode criar um canal para divulgar conteúdo, ligado diretamente com a sua marca ou não.

E, obviamente, uma coisa não descarta a outra. É possível manter o seu canal e criar vídeos ads para outros canais também.

Saber como criar um canal no YouTube é um investimento de custo de propagação zero.

Ou seja, basta ter uma conta de e-mail no Google e criar um canal no YouTube não terá custo algum para a sua empresa.

É claro que o investimento será na criação de conteúdo (equipamentos, equipe, material, pesquisa e etc.).

Você ainda tem dúvidas se vale a pena investir no YouTube?

Sem problemas. Tenho alguns argumentos irrefutáveis para lhe apresentar:

  • Segmentação: você pode falar diretamente com o seu público-alvo, e os mecanismos de buscas vão nortear essa escolha – tanto para você, quanto para os espectadores em potencial. Afinal, você sabe que é possível interligar as redes sociais, blogs e buscas para filtrar conteúdo de interesse
  • Alto engajamento: como o espectador pode ouvir e ver o que você está ofertando, a probabilidade de você o afetar emocionalmente é muito maior do que seria através de um conteúdo em formato de texto. E você sabe o quão importante é essa estratégia para estimular o engajamento do seu público.
  • Facilidade no Compartilhamento: o YouTube está linkado com as suas redes sociais, o que permite ao espectador compartilhar todo conteúdo que assistir de uma forma bastante rápida e prática. Veja:

captura de tela do site youtube na opçao compartilhar video

  • Menor rejeição: um problema que profissionais de marketing enfrentam é a rejeição do público em relação a textos publicitários, mas isso tende a ser menor quando esses textos estão inseridos em vídeos
  • Chegue ao seu público em qualquer local que ele esteja: hoje, a internet está disponível em celulares, tablets, notebooks, e-readers e etc. E o seu público-alvo pode ter acesso ao conteúdo no trabalho, em casa, no metrô ou em qualquer lugar que seja possível se conectar a internet
  • Alcance: de acordo com a Nielsen, pessoas entre 18 e 34 anos acessam o YouTube mais do que assistem TVs por assinatura.

Perguntas que Você Deve Saber Responder Antes de Criar Um Canal no YouTube

mulher pensativa sentada em frente a laptop

Apesar de ser extremamente fácil aprender como criar um canal no YouTube, você não deve menosprezar o percurso anterior a essa etapa.

Montar um planejamento é um item importante para conseguir bons resultados nessa mídia.

Planejar fará com que você consiga manter o foco no assunto pré-determinado, e criar conteúdo com um norte facilita muito essa etapa.

Inclua no planejamento qual será o público-alvo, o objetivo e o foco do seu canal.

Como será a divulgação, a marca e a identidade visual também são itens fundamentais a se considerar.

Se você já tem a marca e a identidade visual, possivelmente, já realizou todo o estudo de público-alvo.

Mas vale entender como o seu público se comporta nessa rede, para que você não erre na abordagem.

Vamos às perguntas que vão alicerçar o seu planejamento!

Sobre o que será o seu canal no YouTube?

Pode parecer uma pergunta boba ou óbvia, mas muitas pessoas querem ser YouTubers, mas não sabem exatamente sobre o que falar.

Existe uma infinidade de categorias dentro do YouTube que podem lhe auxiliar nessa escolha.

Veja algumas delas:

  • Automóveis e veículos
  • Moda e beleza
  • Comédia
  • Educação
  • Entretenimento
  • Filmes e animação
  • Culinária
  • Games
  • Instruções e estilo
  • Música
  • Notícias e política
  • Sem fins lucrativos e ativismo
  • Pessoas e blogs
  • Animais
  • Ciência e tecnologia
  • Esportes
  • Viagens e eventos.

Mas não se preocupe, essa escolha não é restritiva.

Você não precisa falar sobre apenas um tema durante toda a vida do seu canal.

Esse passo do planejamento sobre como criar um canal no YouTube serve para que você e sua equipe possam delimitar uma área de atuação, com a finalidade de segmentar o conteúdo exposto.

Para quem será o seu canal no YouTube?

homem segurando smartphone com o icone da empresa youtube em mesa com bloco de notas laptop e camera fotografica

Se você já possui uma marca, já tem em mente o público-alvo, ainda assim você deve analisar qual a rotina dele em relação ao YouTube. E – mais importante – se ele tem essa rotina.

Mostrei acima que o YouTube ganhou a simpatia de muitas pessoas, mas não são todos os nichos que possuem uma demanda já formada.

E criar essa demanda é algo um pouco mais trabalhoso, mas se você estiver disposto, invista em muita pesquisa e divulgação e seja o pioneiro na sua área.

Nesta etapa, procure desenhar a sua persona.

Saber com quem você está falando vai fazer com que seu conteúdo e sua identidade visual sejam mais coerentes.

Por exemplo, se o seu público-alvo for adolescente e o tema aborda revistas em quadrinhos, você terá que tomar cuidado com a linguagem e conteúdos impróprios.

E esse público costuma se dispersar com mais facilidade, então, conteúdos longos e extremamente didáticos vão afugentar os inscritos.

Percebe o quão importante é delimitar o nicho que você quer atuar?

E entenda que tentar atingir uma gama enorme de pessoas é uma estratégia que ficou na televisão, e não deve vir para o mundo online.

A internet demanda engajamento, e você pode até ganhar inscritos quando fizer determinado conteúdo. Porém, se esquecer desse público em outro, ele perderá o interesse no canal.

E da mesma forma que existem milhões de consumidores, também existem muitos produtores de conteúdo – o que aumenta, e muito, as chances de você perder esse espectador para os concorrentes.

Qual o objetivo do seu canal no YouTube?

digital influencer da area de maquiagem fazendo videos para o youtube

Engana-se quem acredita que o YouTube é apenas para entretenimento.

Sim, grande parte dos canais são feitos com esse objetivo – entreter por entreter -, sem maiores intenções, como vlogs, canais infantis e de piadas.

No Brasil, o canal com maior número de visualizações é o Kondzilla, especialmente dedicado ao funk.

Depois, dele, acredite, quem aparece em destaque é um canal infantil (Galinha Pintadinha).

Ou seja, todos de entretenimento!

Mas cabe a você entender e planejar qual o objetivo que você quer atingir com o seu canal. Ser conhecido? Ensinar? Divulgar sua marca? Informar as pessoas?

Existem canais que procuram divulgar sua marca fazendo workshops, por exemplo. O que é bastante interessante dentro do marketing de conteúdo.

Coloque no papel quais são suas pretensões, para que as estratégias sejam desenhadas visando atingir esses objetivos.

Como Fazer Uma Conta no YouTube

Ao chegar aqui, você já entendeu toda a parte de conceito e utilidade do YouTube, e se está mais perto de aprender como criar um canal no YouTube. Então, vamos para a parte prática.

Para criar um canal no YouTube basta que você possua uma conta no Google – Gmail. Veja o passo a passo abaixo.

Aprenda como criar uma conta no Gmail

  1. Acesse a área para criar um e-mail do Google. Você encontrará a seguinte página:

captura de tela da pagina criar conta no gmail

  1. Preencha todos os dados solicitados, com informações reais. Esse passo é fundamental caso ocorra algo de errado com a sua conta no futuro
  2. Uma página com os termos do Google aparecerá leia e clique em ‘concordar’ para criar sua conta
  3. Um código será enviado para o seu número de celular e pronto!

O próximo passo é acessar o YouTube e logar com o seu e-mail e senha.

Passo a Passo de Como Criar um Canal no YouTube e Ganhar Dinheiro

ilustraçao representando laptop com a frase video monetization em tela com moedas ao fundo

Agora que você já possui uma conta Gmail e fez toda a pesquisa de marketing, é hora de saber, de fato, como criar um canal no YouTube.

E pode parecer impossível ganhar dinheiro criando conteúdo em formato de vídeos.

Mas se você tiver um objetivo viável, bem determinado e seguir esse manual, as chances de aumentar seu faturamento ou começar a faturar com o seu canal são consideráveis!

Vamos lá?

Entre na página inicial do YouTube, faça o login com o seu e-mail Gmail.com e a senha que escolheu na primeira etapa.

Clique sobre o círculo à direita, no alto da tela, que traz a primeira letra do seu nome. Depois, em “Seu Canal”, como ilustrado abaixo:

captura de tela da pagina inicial do site youtube indicando a opçao ´´seu canal´´

Na nova janela, você deve clicar em “Personalizar o Canal”.

Os próximos passos, agora, são referentes à sua pesquisa de mercado e às escolhas feitas no planejamento.

#1 Escolha do Nome

O seu nome ou o da sua marca já é forte no mercado? Utilize ele, ok?

Caso não tenha um, sem problemas!

Se o seu canal for para uso pessoal, nesta primeira etapa, use seu nome e sobrenome.

Se a intenção é usá-lo como trabalho, é preciso escolher um nome forte, de fácil memorização e que transmita, de alguma forma, o seu objetivo.

Por exemplo, o nome GameSprout deixa claro, já de início, que o canal é sobre jogos.

Essa estratégia facilita na hora do espectador procurar o seu canal no buscador do Google.

Mas como fazer isso?

Como Pensar em Um Nome Para Seu Canal no YouTube

Bom, pensar em um nome é sempre uma tarefa mais complexa. Afinal, demanda criatividade. E fazer um brainstorming nesse momento ajuda bastante.

Mas, entenda que ter dificuldade nesta etapa não deve lhe impedir de prosseguir, certo?

O nome é muito importante, mas ficar meses postergando o plano de criar um canal, apenas pela falta de criatividade para um nome fantástico é uma coisa que não recomendo.

E, garanto para você que, depois de ler este artigo e fazer um planejamento aprofundado, as ideias vão surgir, não se preocupe.

Se você parar para pensar, o nome ganha significado conforme o público conhece o seu conteúdo.

Um canal brasileiro líder em inscritos é o whinderssonnunes. Esse nome, há alguns anos, não significaria nada além de uma pessoa chamada Whindersson Nunes.

Hoje, a grande maioria das pessoas se diverte só de ouvir o nome e lembrar das histórias cômicas que já ouviu no canal, em programas de televisão e rádio.

Então, não queira ser extremamente perfeccionista. E entenda que o significado e o peso do nome da sua marca vem com o tempo.

Eu sempre falo para as empresas que me procuram sobre o quanto é essencial para qualquer nicho focar no público-alvo, e o método de como criar um canal no YouTube deve seguir o mesmo princípio.

Por exemplo, você resolve que vai colocar qualquer nome e decide digitar aleatoriamente letras no teclado como aoakosçsjfs.

Agora, imagine que conhece alguém em uma viagem e essa pessoa se interessa pelo seu conteúdo. Na hora de falar o nome, você terá que soletrar.

Certamente, o possível espectador não achará nada sonoro e, com toda certeza, não se lembrará deste nome ao chegar em casa.

Pronto, você perdeu um possível inscrito!

Então, atenção a alguns itens importantes:

  • Se as pessoas conhecem a sua marca, aproveite para usá-la no YouTube
  • Escolha um nome fácil de ser memorizado
  • Não confunda perfeccionismo com procrastinação
  • Monte uma lista com possíveis nomes
  • Teste a disponibilidade dos nomes que mais gostar – tanto no YouTube quanto nas demais redes sociais.

Dicas Para Nome de Canal no YouTube

A minha dica principal para criar nomes para o canal é utilizar o seu conteúdo como fonte de inspiração.

Fazer trocadilhos e usar termos conhecidos naquele meio facilita a identificação do seu público-alvo com o novo nome.

Por exemplo, existem diversos canais sobre a saga Harry Potter.

Um deles se chama Expresso de Hogwarts. Quem assistiu ao filme – e é fã da saga – fará a identificação imediatamente.

Então, pense nos termos que circundam o seu meio e tente utilizá-los de uma forma interessante e criativa.

Canais sobre jogos costumam usar o nome dos comandos.

Enquanto os de maquiagem optam por algum acessório feminino.

Já os feitos para apaixonados por carros utilizam as palavras rodas, aros, e assim por diante.

Se o seu canal fala sobre coisas mais gerais, como comportamento ou lifestyle, a estratégia também é bem-vinda.

E, neste caso, você também pode tentar incluir o seu nome e sobrenome, como fez Jessica Valant Pilates.

Como Mudar o Nome do Canal no YouTube Após a Definição

Caso você tenha escolhido um nome, criado o canal, mas alguma outra ideia genial apareceu nesse tempo, não se preocupe. É possível fazer a alteração.

  • Entre com o seu login e senha
  • Vá na aba Configurações
  • Selecione Visão Geral
  • Ao lado do nome clique em Editar no Google
  • Altere o nome e clique em OK.

Pronto! Você já consegue atualizar e usar a sua nova ideia.

Mas pense se realmente é fundamental fazer essa alteração, principalmente se o seu canal já tiver algum tempo de vida.

Essa mudança pode confundir seus inscritos, e o público da internet costuma ver com insegurança essas modificações.

Na hora de alterar o nome, veja se realmente vale a pena a troca, e se os benefícios serão maiores que as possíveis perdas.

#2 Escolha da URL

smartphone na pagina inicial do site youtube

O YouTube costuma produzir uma URL geral assim que você cria o seu canal. E a maioria dos canais costuma manter essa URL.

Mas, caso você queira, o YouTube possibilita a alteração e personalização da URL.

Você deve estar curioso para saber como, então, vamos lá!

Como Mudar URL do Canal do YouTube

URLs personalizadas podem ser ótimas para diferenciar o seu canal, mas pense bem antes de fazer essa alteração.

Por mais que exista um meio de alterá-las novamente, você pode ter um pouco de dor de cabeça com as possíveis consequências.

Mas se você decidiu personalizar o seu URL, vamos ao passo a passo.

É importante lembrar que o Google disponibiliza um manual para ajudar YouTubers iniciantes a fazerem essas alterações.

E se você tiver alguma dúvida é só deixar no box de comentários!

Para personalizar a URL, é necessário seguir algumas regras predeterminadas pelo YouTube, que explicarei nos próximos tópicos.

Se você estiver qualificado, é possível obter um URL do seguinte formato: YouTube.com/exemplo ou YouTube.com/c/exemplo.

Você pode utilizar o nome do seu canal, site ou até mesmo o seu próprio nome. Mas pense em algo que tenha uma vida longa.

Utilizar tendências ou palavras que não tenham muito sentido para a sua marca pode encurtar a vida da seu URL personalizada.

Passo a Passo Para Conseguir uma URL Personalizada

Feito os devidos alertas, vamos ver como criar um URL personalizado para o seu canal.

E lembre-se de que a alteração não é tão simples quanto a mudança do nome do canal, então, pense bem.

  • Entre no YouTube com seu login e senha
  • Vá para configurações avançadas da conta (Configurações> Avançado)
  • Se você estiver qualificado, vai encontrar a mensagem: Você está qualificado para uma URL personalizada. Então, selecione o link ao lado dessa mensagem
  • No box Receber uma URL Personalizada você vai encontrar URLs aprovadas para a sua conta
  • Os Termos de Uso vão estar logo em seguida. Leia com cuidado e selecione concordar
  • Altere a URL
  • Selecione “Confirmar”, caso esteja certo da escolha feita.

Pronto, sua URL personalizada foi criado. E você terá algo como na imagem abaixo:

URL Youtube

Regras Para Adquirir Uma URL Personalizada

Para personalizar a URL do seu canal, é preciso atender aos requisitos abaixo:

  • Ter no mínimo 100 inscritos
  • Ter foto no avatar do canal
  • Ter enviado uma arte do canal
  • Ter sido criado há 30 dias ou mais.

Não são regras complexas de se conquistar, então, aproveite!

Remover URL Personalizada e Reivindicar Uma Nova

A tarefa de remoção da URL personalizada não é muito trabalhosa, mas as consequências podem ser desastrosas para um canal que está há algum tempo no YouTube.

Como todo endereço – físico ou virtual -, quando alterado, pode causar confusão e erros.

É possível fazer essa remoção apenas três vezes ao ano.

Ele será desativado e não haverá o redirecionamento da URL antiga para o seu canal.

Para remover, siga os seguintes passos:

  • Logue no seu canal
  • Clique em Sites e localize a URL personalizada
  • Clique em Editar
  • Um X aparecerá ao lado da URL personalizada. Clique para remover
  • Aperte a tecla OK.

Se o seu canal ainda atender aos requisitos citados anteriormente, é possível solicitar uma nova URL após remover a antiga.

A atualização da URL pode demorar alguns dias, enquanto isso, os seus seguidores ainda serão encaminhados para o canal através do endereço antigo.

#3 Upload dos vídeos

digital influencer em laptop com cameras ao lado

Existem alguns sites que hospedam imagens e vídeos.

O YouTube, além de possibilitar o compartilhamento, também faz a função de site de hospedagem.

Isso quer dizer que você pode gravar direto do YouTube ou carregar um arquivo que você já possua nos seus arquivos e, no mesmo site, já é possível fazer o compartilhamento.

Mas você só vai conseguir fazer isso se a sua conta for verificada.

Para verificar a conta acesse a página de verificação do YouTube, insira um telefone de contato correto.

O YouTube responderá com uma mensagem SMS ou com uma chamada de voz. E pronto!

Após a verificação, é o momento de subir o seu primeiro vídeo do canal;

Como Colocar Um vídeo no YouTube

Já logado no seu canal, você pode clicar no ícone de vídeo, que aparece no alto da página ou ir direto para o Studio, que é a área onde tudo acontece.

Selecione a privacidade desejada (se você quer compartilhar publicamente o vídeo, escolha “Público”. Caso queira agendar, selecione a última opção).

captura de tela da pagina selecionar arquivo para enviar no youtube

É possível alterar a privacidade mesmo após o envio, então, não se preocupe caso tenha selecionado errado.

O próximo passo é selecionar o arquivo desejado.

Para isso, clique no botão “Enviar” e, automaticamente, uma janela vai se abrir com os seus documentos. Clique duas vezes para enviar o vídeo selecionado.

Agora, aguarde o carregamento do arquivo.

É possível fazer algumas edições nesse intervalo de tempo.

E pronto! Você já pode publicar seu primeiro vídeo do canal.

Como Postar vídeos no YouTube Pelo Celular

O YouTube também tem o modo de visualização, envio e edição pelo celular.

Para enviar um vídeo pelo seu smartphone, basta logar com a sua conta Gmail, abrir o aplicativo do YouTube e acessar o ícone “Meu Canal”, da mesma forma que você faria no desktop.

Para adicionar vídeos, clique no seu avatar no canto direito superior da tela e, depois, em Meu Canal.

Ao lado do nome, você vai encontrar um ícone em forma de câmera – clique nele.

Duas opções vão surgir na tela do seu celular:

  • Gravar – é possível fazer a gravação direto do smartphone, tanto em modo selfie como em modo normal
  • Enviar um vídeo.

Na primeira opção, após finalizar a gravação do vídeo, você será encaminhado automaticamente para a parte de edição.

Existem ferramentas cortar, inserir efeitos e inserir trilha.

Já na opção Enviar vídeos, o aplicativo pede a sua autorização para ter acesso às fotos, e você pode escolher o arquivo que desejar.

Como no item anterior, você será encaminhado para a fase de edição, com os mesmos comandos da primeira.

#4 Edição dos vídeos

imagem retratando video sendo editado

Depois de carregado seu vídeo, vem a parte de edição.

O YouTube fornece algumas funções básicas de edição no mesmo nível de EZvid, VídeoPad e Openshot, que tem como funções filtros, cortes e transição.

Existem, também, programas gratuitos para editores intermediários, tais como ShotCut e Kdenlive.

Alguns YouTubers preferem utilizar programas específicos para isso, como o Premiere e Sony Vegas.

Há uma infinidade de programas gratuitos e pagos no mercado, mas quero falar neste artigo sobre a edição do próprio Google, certo?

Então vamos lá!

Como Editar vídeos Para Postar no YouTube

Depois de fazer o upload do vídeo, você pode acessar o ícone Estúdio de Criação do lado esquerdo da sua tela, e clicar em gerenciador de vídeos.

Todos os vídeos carregados no seu canal vão aparecer nessa tela – basta clicar em Editar.

A área de edição fornece ao usuário algumas abas, e cada uma delas tem umas função específica:

youtube ediçao de videos

Informações e configurações

Antes mesmo de o vídeo ser carregado por completo, você consegue fazer a edição das informações básicas e das configurações iniciais.

Tais como:

  • Título do vídeo
  • Descrição
  • Marcações ou Tags
  • Miniatura do vídeo
  • Traduções.

E algumas configurações avançadas, como:

  • Permitir comentários
  • Licença e propriedade de direitos
  • Distribuição
  • Certificação de legenda
  • Restrições de idade
  • Categoria
  • Local do vídeo
  • Idioma do vídeo
  • Contribuições comunitárias
  • Data da gravação
  • Declaração de conteúdo.

captura de tela de como criar um canal no youtube

Melhorias

Na aba Melhorias, você vai encontrar itens de edição que costumamos usar em fotos.

Como ajuste de iluminação, contraste, cor, saturação, filtros e efeitos de desfocamento.

Você pode também deixar o vídeo em câmera lenta ou no modo mais rápido, fazer cortes e ajustar a rotação da imagem, além do estabilizador.

captura de tela de como criar um canal no youtube

Áudio

Essa aba fornece trilhas sonoras disponíveis para inserir no seu vídeo.

O YouTube é extremamente severo em relação ao uso indevido de áudio.

Portanto, tome cuidado: as chances de seu vídeo ser retirado do ar é grande, caso descumpra essa regra.

Tela final e anotações

A aba Tela final e anotações é muito útil para divulgar novos vídeos, ou lembrar o seu espectador de se inscrever no canal.

É possível também inserir links externos ou alguma playlist que possa interessar ao inscrito.

A função anotações foi retirada recentemente. Vídeos que utilizaram essa ferramenta vão continuar com ela, mas já não é possível inserir novas ou realizar alterações.

Cartões

Os cartões são usados para aumentar a interatividade do espectador.

Eles aparecem no canto superior durante a exibição do vídeo e é possível adicioná-los no card de informações.

Ao clicar, o espectador é levado para outro endereço, onde será exibida uma imagem, calls to action ou a informação que o proprietário do canal achar interessante adicionar.

É possível, nessa função, analisar o desempenho dos cartões inseridos.

Basta solicitar o relatório de desempenho clicando em Cartões, dentro do YouTube Analytics.

Legendas/CC

Se o seu vídeo possui trechos em outros idiomas, ou você queira torná-lo mais acessível a deficientes auditivos, basta clicar na aba Legendas e inseri-las.

Você pode digitá-las frase a frase ou usar a transcrição automática do YouTube.

A sigla CC refere-se a closed caption, ou legenda oculta.

O YouTube tenta captar a legenda dos vídeos automaticamente, e você pode fazer alterações posteriormente na mesma aba das legendas.

#5 Identidade Visual

ilustraçao de pagina de video no youtube com digital influencer de maquiagem

É natural que você queira estar em todas as mídias sociais, mas é necessário criar uma identidade visual para que seus seguidores saibam identificar os seus perfis logo ao passar os olhos.

Caso você queira saber como criar um canal no YouTube para a sua marca, procure utilizar a identidade visual que você já tem.

Com cores, formatos e imagens semelhantes às que você utiliza no seu site, blog, Facebook, Twitter, Instagram e quais outras que você utilize para falar com o público.

Se você deseja saber como criar um canal no YouTube para uso pessoal, ou como primeira mídia de contato com clientes em potencial, vale elaborar uma identidade visual forte e exclusiva.

Procure um profissional de marketing para ter um resultado mais profissional.

Hoje, existem no mercado profissionais que elaboram logos, paletas de cores e imagens exclusivas.

Trabalhando as Artes do Seu Canal do YouTube

Pense em marcas que você considera forte no mercado.

Tenho certeza que a identidade visual dessas empresas veio automaticamente à sua cabeça, certo?

Isso acontece porque essas marcas investiram tempo para a formulação de artes marcantes.

E essa estratégia é fundamental para que as pessoas lembrem de você.

O YouTube possui algumas ferramentas para que você inclua artes, imagens e logos.

Você, pode criar um avatar, capa e imagens para o seu canal.

Thumbnail

Thumbnail é a imagem “capa” do seu vídeo. É a primeira imagem que o espectador terá do seu conteúdo.

Ao criar seu canal é possível escolher uma miniatura (ou thumbnail) predeterminada pelo YouTube, mas canais com a conta verificada podem personalizar essas miniaturas.

Para verificar sua conta no YouTube, basta fornecer um número de celular e esperar o código de verificação.

Por ser a primeira impressão que espectador vai ter do seu vídeo é importante que ela tenha relação com o conteúdo que será exposto.

Procure manter a identidade visual em todas as suas thumbnails.

Você pode criar imagens extras para usar como capa, ou planejar antes de gravar o vídeo uma esquete que sirva como thumbnail para o seu vídeo.

As imagens precisam ser com resolução alta, de no mínimo 640 x 360 px.

Capa Para YouTube

Criar uma capa para o YouTube costuma ser um dos primeiros passos ao configurar o seu canal.

Afinal, ela é a primeira imagem que o usuário terá da home do seu canal.

Portanto, é crucial que ela contenha informações relevantes sobre o seu conteúdo.

Para adicionar a capa basta clicar no ícone “Adicionar Arte do Canal”.

O YouTube lhe fornece duas opções: fazer upload da imagem ou utilizar imagens da galeria.

Eu recomendo que você escolha algo exclusivo e que mantenha a identidade visual do seu canal.

Imagens Para Canal de YouTube

O tamanho ideal para a capa do canal, para que não haja cortes é de 2560 x 1440 pixels.

E ela vai sofrer algumas variações, dependendo de qual equipamento o usuário está usando, smartphones, tablets, televisão ou desktop.

Recomendo que você verifique como a imagem ficará visível em todos os modos de exibição.

A ideia principal deve estar centralizada para que usuário tenha acesso a ela sem cortes.

#6 Redes Sociais

Diversos sites e blogs possuem links diretos para Facebook e Twitter, por exemplo, mas não possuem ícone de transição para o YouTube – o que, teoricamente, diminui a divulgação dessa mídia social.

Esse fato faz com que você precise investir mais tempo na divulgação do seu canal nas redes sociais, ou como link externo em blogs e sites.

Promovendo o Seu Canal nas Principais Redes Sociais

Existem inúmeras redes sociais que possibilitam o compartilhamento de imagens e vídeos, e você pode utilizar esse fato a favor do seu canal.

Mas lembre-se de não ser repetitivo.

Por mais que você compartilhe em todas as redes a respeito de um vídeo específico, faça isso de formas diferentes.

Por exemplo, use a ferramenta stories (do Snapchat, Facebook ou Instagram) para mostrar o making off da produção do vídeo.

Outra estratégia é capturar imagens interessantes ou engraçadas dos seus vídeos e criar memes ou montagens para compartilhar no seu feed, e estimular a curiosidade dos seus seguidores.

Muitos YouTubers também utilizam seus blogs para destacar um conteúdo em formato de texto e inserem o vídeo para ilustrar o que está sendo falado.

Essa é uma ótima estratégia para melhorar o ranqueamento no Google e divulgar o seu canal.

#7 SEO para YouTube

pagina do site youtube mostrando o numero de visualizaçoes

Muitas técnicas de SEO para blogs podem e devem ser usadas como estratégia de marketing para o seu canal no YouTube.

Como usar tags, palavras-chave e estimular o engajamento dos seguidores.

Como Ganhar Inscritos no YouTube

Com tantos canais a disposição no YouTube, é preciso produzir conteúdo que mostre ao usuário que vale a pena se inscrever no seu canal.

Muitos YouTubers decidem por comprar seguidores, e eu, definitivamente, não recomendo essa estratégia.

Seguidores comprados geralmente não rendem engajamento.

E se você aprendeu como criar um canal no YouTube para divulgar sua marca, essas “pessoas’ não são o seu público-alvo.

Crie conteúdo de valor, pense no público-alvo e faça isso da forma mais profissional possível.

Ganhar inscritos no YouTube é o desejo de todos dentro dessa plataforma.

Confira o post que desenvolvi sobre Como Ganhar Inscritos no YouTube (Sem Precisar Comprá-los).

Utilize a Palavra-Chave Principal no Início do Título

O título do vídeo é tão importante quanto o de posts no seu blog.

Este é um momento crucial para estimular a curiosidade do internauta.

Como eu falei anteriormente, o YouTube pertence ao Google, e utilizar a palavra-chave no título do seu vídeo coopera para um bom ranqueamento.

Também facilita muito para que as pessoas encontrem o seu canal como resposta para as questões que procuram.

Peça a Seu Público Para Curtir, Compartilhar e Comentar

Produzir conteúdo através de vídeos é uma ferramenta que possibilita o diálogo com os seguidores.

Se usado da forma correta, pode aumentar significativamente o engajamento dentro do seu canal.

Chame o espectador para interagir com o seu conteúdo e construa uma conexão com ele.

Procure pedir sugestões sobre vídeos e pautas.

Não existe nada que agrade mais os seguidores do que fazer com que eles sintam que são peças ativas do canal.

E, muitas vezes, eles ficam tão entretidos com o conteúdo que acabam se esquecendo de curtir e se inscrever no canal.

Lembrá-los que isso é importante para que o canal continue crescendo é uma forma de criar um estímulo para que eles queiram se engajar mais.

Utilize vídeo Tags: Palavra-Chave Principal e Relacionadas

O YouTube fornece um card com 120 caracteres disponíveis para tags.

Você pode inserir palavras-chave que tenham ligação com o seu conteúdo.

Dessa forma, os buscadores e os usuários podem encontrar seu vídeo mais facilmente.

A minha dica é que você pesquise conteúdos semelhantes nos canais dos seus concorrentes e veja quais palavras-chave principais e relacionadas eles estão usando.

Utilize o TubeBuddy Para Analisar a Tags dos vídeos dos Seus Concorrentes

captura de tela de pagina inicial site TubeBuddy

O TubeBuddy é uma extensão para Google Chrome e Firefox que possibilita que você desenvolva algumas atividades dentro do seu canal do YouTube.

Tais como:

  • Anotações iguais em vídeos diferentes
  • Análise de outros canais
  • Comparações entre o seu canal e outros
  • Sugestão de melhores tags para ranqueamento.

O TubeBuddy tem uma versão gratuita com algumas funcionalidades, mas a versão mais completa é paga.

Selecione aquela que for mais coerente com o seu nível de facilidade com as ferramentas do próprio YouTube.

E, claro, de acordo com a necessidade de profissionalizar mais o seu canal.

Trabalhe Bem a Descrição do Seu vídeo

Procure sempre explicar, no campo de descrição, o conteúdo do vídeo, de uma forma resumida.

Isso fará com o que o usuário saiba do que se trata o vídeo mesmo antes de assistir ao conteúdo.

Dessa forma, ele consome parte do conteúdo ofertado e pode decidir se aquilo lhe interessa ou não.

Essa estratégia também facilita a indexação do Google e coopera para melhor o SEO do seu vídeo.

Mas não conte tudo na descrição.

Lembre-se de que a ideia principal é convencer o usuário a clicar no seu vídeo.

Afinal, o número de visualizações é uma das métricas mais importantes dentro do YouTube.

Crie vídeos de Longa Duração

As pessoas gostam de ver YouTubers que elas admiram em vídeos longos.

É como se estivessem em uma conversa com uma pessoa que gostam.

Isso também acontece quando elas se interessam pelo assunto abordado, ou precisam se aprofundar em determinado tema.

Além de você conseguir desenvolver melhor o conteúdo proposto, as pessoas tem um tempo maior para se conectar com você e com o seu canal.

Mas é importante acompanhar as métricas do YouTube para entender como o seu público se comporta.

Dentro do YouTube Analytics, você vai encontrar o item “Retenção de Público”, que computa o tempo que as pessoas permanecem no seu vídeo.

Fique de olho em que momento elas perdem o interesse e deixam de ver o vídeo.

Criar vídeos que fiquem nessa média de tempo aumentará suas chances de cativar o público, e, naturalmente, pode aumentar o engajamento dos inscritos.

Segundo o Google, o CTR de vídeos publicitários mais longos costuma ser maior do que vídeos curtos (de 15 segundos, por exemplo).

Esse também é um fato relevante no ranqueamento dentro do YouTube.

Aumente o Tráfego com Live no YouTube

As pessoas tendem a desconfiar de algumas coisas na internet devido à grande quantidade de edições, imitações e fraudes.

A live, ou transmissão ao vivo, acaba trazendo mais realidade ao conteúdo exposto. E isso pode ser bastante benéfico para as empresas sérias.

Além de passar maior credibilidade para o espectador, as lives possibilitam que você desenvolva um contato direto com quem está assistindo.

Afinal, você acaba conversando em tempo real com eles.

Essa intimidade com o público pode reforçar uma experiência positiva em relação ao que você está oferecendo, o que colabora para que ele veja com bons olhos produtos e serviços divulgados durante a live.

Aproveite essa proximidade e insira, durante a transmissão, cards que encaminhem o leitor para o seu blog ou site.

As empresas que mantém esse tipo de contato são vistas como mais calorosas e atenciosas e isso pode aumentar consideravelmente o seu tráfego.

Você pode fazer a transmissão via smartphone, de uma forma bastante prática ou pelo desktop, que requer algum programa de decodificação.

Eu explico melhor sobre isso no meu post sobre Como Aumentar o Tráfego com Live no YouTube.

Fórmula Para Criar Um Título Que Aumente o CTR do Seu vídeo

CTR é uma das taxas mais relevantes para as empresas.

Ela mensura quantas pessoas de fato fizeram o que lhes foi solicitado. Seja comprar, acessar um site ou se inscrever em algo.

As minhas dicas para criar um título atrativos são:

  • Use a palavra-chave no começo do título
  • Crie palavras-chave mais específicas
  • Seja o mais direto possível
  • Não engane o usuário
  • Faça alguma promessa instigante.
Faça Análises dos Dados

O SEO para o YouTube é parecido com o que você já desenvolve para o seu blog.

E eu já mencionei algumas vezes que de nada adianta criar uma campanha de marketing se você não analisar os dados, certo?

O YouTube Analytics tem exatamente essa função – ele funciona da mesma forma que o Google Analytics.

E pode lhe ajudar a entender como o seu público se comporta, de onde ele é, quais vídeos são mais acessados e quanto tempo ele permanece assistindo ao vídeo.

#8 Monetizar vídeo YouTube

ilustraçao de mao masculina iniciando video no youtube em tablet

Tenho certeza de que você deve estar ansioso para saber como ganhar dinheiro com o YouTube.

Mas quero que você se lembre de todo o conteúdo acima para que esse tópico seja realmente eficiente para o seu canal.

Existem algumas formas de monetização dentro do YouTube, o Google Adsense, através de Infoprodutos e com PubliPosts.

Para conseguir monetizar o seu vídeo, é preciso pensar no público-alvo, sempre!

Crie um conteúdo de valor, saiba o que os internautas querem assistir e poste vídeos frequentemente.

E, pensando no seu público, você deve evitar sobrecarregá-lo de publicidade.

Por mais que textos publicitários em forma de vídeos sejam mais atrativos, se o seu espectador sentir que o canal é feito apenas de propagandas, ele provavelmente não vai se ver atraído pelo conteúdo.

Procure variar as formas de monetização, certo?

Afinal, Como Ganhar Dinheiro com o YouTube?

Bom, vamos à parte prática.

Para utilizar o Google Adsense:

  • Logue no seu canal
  • Clique em estúdio de criação > gerenciador de vídeos > canal > monetização ou gerar receitas
  • Siga as instruções da tela abaixo

pagina no youtube indicando ganhar dinheiro com youtube

  • Se inscreva no Google Adsense
  • Defina as preferências de geração de receita.

Após esse processo, você será analisado – isso só ocorrerá se você tiver mais de 10.000 visualizações.

Caso contrário, continue produzindo e divulgando seu canal. Quando chegar na marca estipulada, o YouTube fará essa análise e confirmará a inscrição.

Outra forma de monetizar seu canal é anunciando seus produtos e serviços nos cards dos vídeos.

Basta inserir links, na aba cartões, que levem o espectador a determinado produto.

Mas essa ferramenta só é possível se os domínios inseridos forem os mesmos.

E, por fim, a forma mais “profissional” de monetizar seus vídeos é através de parcerias com empresas, ou PubliPosts.

Quando seu canal tiver algum tempo de vida e um número significativo de visualizações e inscritos, algumas empresas podem lhe enxergar como um influenciador.

E podem enviar produtos ou serviços para que você teste e fale sobre eles no seu canal.

Esse tipo de monetização deve ser sinalizado de acordo com as normas do YouTube.

3 Dicas Fundamentais Para Melhorar o Engajamento no YouTube Em 2019

digital influencer criando conteudo para youtube

Mencionei que gerar engajamento é uma das ferramentas essenciais para fazer com que seu canal cresça no YouTube e no Google.

Quero, neste tópico, me aprofundar sobre algumas dicas que considero fundamentais para que você tenha o engajamento esperado.

Miniaturas simples e bonitas podem aumentar seu engajamento no YouTube em 154%

Você deve lembrar que o YouTube é um mecanismo de busca.

E quando os resultados das buscas aparecem as miniaturas, ocupam um espaço significativo da tela.

A essa altura do artigo, você já sabe como criar thumbnails incríveis. Mas, neste tópico, quero mostrar como isso pode fazer diferença no número de cliques no seu vídeo.

O YouTube Creator Academy divulgou que 90% dos vídeos com melhor performance no YouTube têm uma miniatura personalizada.

Para saber se a sua miniatura corresponde à expectativa do usuário, basta analisar os dados de visualização dos primeiros segundos de vídeo.

Se o espectador fechou sua janela já nos primeiros segundos, existe uma grande probabilidade de a sua miniatura ou o seu título não serem coerentes com o assunto que será abordado.

Adicione comentários para estimular o usuário a agir como o desejado

Fale o que você quer do espectador, converse com ele.

E você pode fazer isso de algumas formas:

  • Pedindo que ele curta, compartilhe ou se inscreva no canal
  • Respondendo os comentários dos vídeos
  • Inserindo links ao final do vídeo que direcionam o espectador a sua página de captura
  • Através dos comentários dentro do vídeo, chamando-o para interagir com o conteúdo.

Mas fique de olho nas métricas desses comentários e entenda quais deles funcionam melhor e em qual altura do vídeo os espectadores realmente fazem o que lhes é solicitado.

Faça vídeos curtos para reter mais usuários e deixar seus espectadores mais felizes…

digital influencer em publico com camera criando conteudo para youtube

Você pode até achar que eu estou sendo contraditório, afinal, mencionei há alguns tópicos atrás que vídeos longos são melhor ranqueados que os vídeos curtos.

E esse é de fato um elemento importante de ranqueamento.

Mas, como fiz questão de falar nesse texto, é preciso entender e atender o seu espectador.

Os vídeos longos devem ser feitos se o conteúdo for de valor, mas evite tentar enrolar o usuário.

A capacidade de concentração das pessoas é cada vez menor, e produzir conteúdos mais rápidos e objetivos pode fazer com que você consiga reter um maior número de pessoas até o final desses vídeos.

Procure conquistar o espectador com a sua personalidade e conteúdo antes de criar vídeos muito longos.

Princípios básicos de marketing e SEO também se aplicam ao YouTube

ilustraçao de video no youtube com o simbolo de hashtag ao meio

Como você deve ter notado pelas dicas que dei ao longo deste artigo, muitas técnicas de marketing e SEO que você costuma aplicar no seu blog podem ser usadas para o canal no YouTube.

As métricas e análises também funcionam da mesma maneira.

Promova seus vídeos ativamente

Algumas pessoas desistem rapidamente de aprender como criar um canal no YouTube, porque, no começo, você não terá muitos inscritos.

E não será de uma hora para outra que você vai receber a plaquinha de 1 milhão de inscritos, infelizmente.

É preciso ter paciência e focar na promoção do seu canal.

Seja de forma paga, através de anúncios e parcerias, ou de forma gratuita, dentro das suas mídias sociais.

Ferramentas que você deve utilizar para promover seu canal:

  • E-mail marketing
  • Blog próprio
  • Blog de terceiros
  • Canais de parceiros
  • Redes Sociais: Facebook, Instagram, Twitter.

Pesquisa e Otimização de Palavras-Chave

Para que você consiga utilizar as palavras-chave corretas, é preciso pesquisar o que o seu público quer saber.

E é importante que você faça uma discriminação entre palavra-chave de posts e de vídeos.

O Google entende que algumas coisas são mais complexas e ilustrações e demonstrações podem ser resultados mais eficientes que textos escritos.

E é importante que você coopere com ele através da otimização da sua palavra-chave.

As pessoas costumam acessar o YouTube para entretenimento e para aprender como fazer determinadas coisas – e você deve levar isso em consideração.

Por exemplo, se o seu vídeo faz uma demonstração de como fixar quadros na parede, ao invés de usar “quadros” como palavra-chave, utilize “como pregar quadros”.

Essa estratégia é útil para pessoas que realizarem buscas direto no YouTube ou no Google.

Faça buscas no Google e no YouTube para entender quais palavras-chave aparecem nos primeiros resultados daquele conteúdo que você vai abordar.

Otimize o vídeo antes e depois de enviar

Fique atento para que a sua palavra-chave apareça logo no início do título, na descrição e nas tags selecionadas.

Caso você perceba que existe uma palavra-chave mais específica e, consequentemente, com menor competição, altere os itens citado acima.

Essa alteração não terá nenhum impacto negativo nas visualizações, curtidas ou comentários já realizados.

11 dicas para quem está apenas começando

mulher com tablet em maos na pagina inicial do youtube

Você já tem todas as informações fundamentais sobre como criar um canal no YouTube.

Então, agora, quero dar algumas dicas que todo YouTuber iniciante precisa saber.

1. Inspire-se nos Canais de Sucesso

Acompanhar e seguir pessoas bem-sucedidas é uma dica importante para qualquer área de atuação.

Assista canais que o seu público-alvo também acessa.

Dessa forma, você vai entender o que pode funcionar para os seus vídeos.

E pense sempre a longo prazo: fazer contato com pessoas do mesmo meio pode ser uma boa estratégia para construir parcerias mais para frente.

2. Relacione-se Com Seus Espectadores

Sempre que possível, responda seu seguidores, seja nos comentários ou em vídeos feitos exclusivamente para eles.

Não se esqueça de criar conexões.

As pessoas costumam desenvolver afinidade mais facilmente com aqueles que se importam com elas.

3. Trabalhe com o Storytelling

Compartilhar histórias pode ser uma dica importante para você criar laços com o espectador, e, com certeza, uma história interessante vai prender a atenção dele.

Mas tome cuidado para entender os gostos e interesses da sua persona e utilize essas informações de uma maneira criativa.

4. Dê atenção aos comentários

Assim como nos comentários em blogs, quem se dispõe a deixar sua opinião em um vídeo no YouTube merece atenção.

Mesmo se for uma crítica, a sua resposta tem o papel de reverter qualquer imagem negativa.

Vigiar esse espaço significa também intervir rapidamente em caso de comentários maldosos, uso para spam ou discussões sem sentido.

5. Use hashtags

As hashtags (famosas marcações que iniciam pelo símbolo de cerquilha – # – ou jogo da velha) são indispensáveis no YouTube, assim como em outras redes sociais.

É que elas ajudam o usuário a encontrar vídeos de suas temáticas preferidas.

Só não abuse: a plataforma ignora automaticamente todas elas quando somam 15 hashtags ou mais em um único vídeo.

6. Garanta acessos pelo Google

Muitas pessoas vão chegar aos seus vídeos a partir do Google.

Ou podem chegar, desde que você faça um bom trabalho de SEO.

Não se preocupe com nada muito técnico: em linhas gerais, basta caprichar na descrição, que vai aparecer nos resultados de pesquisa, além de escolher uma palavra-chave com bom volume de buscas para destacar também no título.

Não sabe como encontrar essa palavra-chave? Eu tenho uma ferramenta gratuita que é perfeita para isso – se chama Ubersuggest.

E também tenho um post onde ensino como usar.

7. Use um vídeo para divulgar outro

O usuário não precisa chegar ao seu canal para consumir um único vídeo.

Aproveite para convidá-lo a conhecer outras de suas produções, seja com um link ou fazendo referência direta ao conteúdo.

Tudo isso ajuda a conquistar mais visualizações e inscritos no canal.

8. Incentive o compartilhamento

Seguindo o esforço de divulgação do canal, as ações de compartilhamento do vídeo devem ser incentivadas para que mais pessoas tenham acesso ao conteúdo.

Sim, existe um botão específico no YouTube e, em geral, os usuários já estão acostumados com ele.

Mas não custa nada lembrar durante o vídeo para garantir que isso aconteça.

9. Poste regularmente

É claro que um vídeo viral impulsionaria o seu canal em velocidade recorde, mas não é uma receita fácil de se alcançar.

Geralmente, crescer no YouTube exige um trabalho de formiguinha.

Então, apresente novos conteúdos com regularidade e se mantenha ativo na divulgação em outras redes sociais.

10. Acompanhe os resultados

O YouTube oferece métricas que permitem ao proprietário do canal acompanhar o desempenho de cada um de seus vídeos.

Não ignore essas informações.

Elas oferecem insights poderosos sobre como o público recebe o seu conteúdo e pode ajudar, inclusive, a determinar quais novos vídeos devem ser oferecidos.

11. Faça aulas para criadores de conteúdo

Se a própria plataforma oferece uma área específica de capacitação, o YouTube Creators, por que não aproveitar para conhecer as melhores práticas com canais de vídeos?

Tem conteúdo sobre direitos autorais, sobre dicas de edição, sobre vídeos de música e muito mais.

Bônus: Dicas Para Criar um Canal no YouTube de Sucesso

  • Seja paciente e perseverante: poucos canais estouram do dia para a noite – a maioria cresce aos poucos
  • Tenha foco: seguir um tema que você tenha conhecimento fará com que o conteúdo flua de forma natural
  • Se programe: tenha um planejamento de postagens regular. Caso você fique ausente, procure deixar conteúdo programados
  • Monitore sempre seus resultados: são eles que vão dizer se a sua estratégia está ou não no rumo certo
  • Interaja sempre: em todas as plataformas possíveis
  • Não pense apenas no retorno financeiro: os seus inscritos perceberão essa estratégia e com certeza você vai perder a simpatia deles.

Afinal, Como Ser um Bom YouTuber?

digital influencer em frente a laptop criando conteudo para youtube

Se você seguir as minhas dicas, tenho certeza que será um bom YouTuber.

Mas não basta apenas saber como criar um canal no YouTube: é preciso ser cativante.

É natural do ser humano se identificar com o que é real, sincero e espontâneo.

Então, fale sobre assuntos e coisas que você gosta. Isso o tornará mais seguro e o vídeo ficará muito mais natural.

Procure colocar personalidade em tudo o que fizer, pois existem milhares de canais no YouTube e muitas pessoas fazendo e falando sobre as mesmas coisas.

Seja criativo e procure ir além do que os outros estão fazendo.

A minha última dica para ser um bom YouTuber é: encare como uma profissão.

Tente fazer as coisas da forma mais profissional que você puder.

Seja pontual nas suas publicações, alimente o seu canal e as suas redes sociais, produza conteúdo de valor, escolha os melhores cenários e os melhores equipamentos que você tiver acesso.

E isso não quer dizer que você tenha que ter as coisas mais caras, pelo contrário, use o que você tem da forma mais profissional possível.

Você não precisa ter um capital financeiro para aprender como criar um canal no YouTube. Basta começar!

Equipamento Necessário Para um YouTuber

simbolo da empresa youtube em meio a cameras fotograficas

Os equipamentos variam muito, dependendo de qual o tipo de vídeo você pretende fazer.

E se você não tem um bom capital inicial eu sugiro que invista em uma câmera com boa resolução e tenha um espaço silencioso e iluminado para gravar.

Se puder investir minimamente, eu fiz uma lista com algumas ferramentas básicas:

  • Câmera
  • Tripé
  • Microfone (caso a sua câmera não tenha um acoplado, alguns celulares possuem gravadores excelentes)
  • Iluminação artificial
  • Um programa de edição ou um editor
  • Computador com placa e memória boas (esse item é ainda mais essencial para os canais de games).

Exemplos de Ideias Para Canal no YouTube

mulher com fone de ouvido segurando tablet e sorrindo

Como disse anteriormente, procure fazer o que você gosta e acredite. Com certeza, existem outras pessoas que partilham dos mesmos gostos que você.

Por exemplo, se você ama cozinhar, monte um canal sobre receitas fáceis e rápidas.

Ama viajar? Conte para as pessoas sobre suas experiências e dê dicas de pontos que valem a pena conferir.

Adora jogos online e é mestre nisso? Mostre para os outros as suas dicas e macetes para zerar os jogos.

Então, a minha dica principal é: analise o que você gosta de fazer e o que os outros costumam falar que você faz de uma forma diferente ou melhor que eles.

Pense em uma forma criativa de repassar isso para os inscritos em potencial.

Como Excluir o Seu Canal

mao feminina segurando smartphone com laptop em frente no aplicativo youtube

Existem muitas buscas sobre como excluir o canal no YouTube e, caso você tenha decidido por ficar off algum tempo ou sair definitivamente do YouTube, essa é uma ação relativamente fácil.

A primeira coisa a se pensar é: você pretende deletar definitivamente o canal ou exclui-lo por algum tempo?

Ocultar canal por tempo indeterminado

É possível apenas ocultar o conteúdo do canal e reativá-lo posteriormente.

Essa função torna privada as informações do seu canal, tais como: nome, inscritos, curtidas e vídeos.

Passos para ocultar o seu canal:

  • Clique no seu avatar
  • Vá para Configurações
  • Clique em Avançadas da conta
  • Selecione a opção Excluir canal
  • O YouTube vai solicitar seu login novamente
  • Selecione Quero ocultar meu canal.

Essa é uma atividade reversível.

Se você mudar de ideia e quiser reativar seu canal, basta fazer o mesmo processo de criação de canal.

Automaticamente, o YouTube fará a restauração do seu conteúdo.

Excluir canal permanentemente

Ao escolher essa opção, lembre-se de que todo o seu conteúdo será excluído sem possibilidade de restauração.

Os vídeos, mensagens, históricos, curtidas e comentários serão deletados do YouTube permanentemente.

Se é o que você quer, veja como fazer:

  • Clique no seu avatar
  • Vá para Configurações
  • Clique em Avançadas da conta
  • Selecione a opção Excluir canal
  • O YouTube vai solicitar seu login novamente
  • Selecione Quero excluir permanentemente meu conteúdo
  • Marque os itens disponíveis
  • Selecione Excluir meu canal.

Essa exclusão pode levar algum tempo, portanto, pode ser que você ainda consiga ver seus títulos e miniaturas expostos, mas não será possível interagir com eles.

Caso tenha alguma dúvida sobre algum tópico, lembre-se de deixar nos comentários deste artigo.

Conclusão

Tenho certeza que você já tem todo embasamento sobre como criar um canal no YouTube e fazer com que ele seja um sucesso.

Procurei nortear você a construir um canal que seja útil para os seus usuários e, dessa forma, você possa monetizar e faturar com o conteúdo exposto.

Vale lembrar que não existe apenas um tipo de publicidade e que você pode, sim, usar o seu próprio canal como porta de entrada para seus sites e blogs.

Hoje, é possível gravar vídeos excelentes com a câmera do celular, então, aproveite essa enorme aceitação do público em relação a conteúdos audiovisuais e invista nessa ferramenta de dispersão de conteúdo.

E lembre que não existem ferramentas e estratégias que camuflam um conteúdo pobre.

Independente de qual categoria você escolher para investir, seja profissional, faça um planejamento sério e produza um conteúdo de valor para o espectador.

Tudo o que você construir será de imensa importância para solidificar a sua marca.

Por isso, fiz questão de mencionar que o significado e relevância do nome do seu canal será construído com o tempo.

Portanto, seja perseverante, tenha paciência e estude muito!

Estude os buscadores, seus concorrentes, público-alvo e, principalmente, o tema que você escolheu para seguir.

Não se acomode fazendo apenas o que você sabe fazer. Estude e aprenda coisas novas.

O YouTube é um rede de entretenimento e, acima de tudo, de aprendizado. Onde as pessoas podem se divertir, mas também podem trocar experiências e conhecimentos.

Esse conteúdo foi útil para você aprender como criar um canal no YouTube?

Marque o seu novo canal nos comentários e me conte quais dicas você colocou em prática!

Compartilhe