Como Fazer Live No YouTube: Passo A Passo Para Fazer Uma Boa Live

mao segurando folha com logo do aplicativo youtube em fundo vermelho

Descobrir como fazer live no YouTube é interessante por diversos motivos.

Dá para se aproximar da audiência, oferecer um formato de conteúdo diferente, gerar engajamento e aumentar o alcance.

E olha que esse são só alguns dos motivos para isso – falarei mais sobre eles logo à frente.

A verdade é que os vídeos ao vivo vêm se tornando uma ótima opção de conteúdo na web.

Assim, aprender como fazer live no YouTube é muito útil para blogueiros, produtores ou qualquer profissional que deseja ter sucesso na internet.

Quer ser um deles?

Então, siga a leitura, conheça tudo sobre o YouTube Live e veja um passo a passo para fazer um ótimo vídeo ao vivo.

Antes de continuar, se você quer aumentar sua vendas e saber quais são as melhores estratégias para promover seu negócio online, clique aqui para receber o Guia Completo de Marketing Digital.

guia completo de marketing digital

O que é YouTube Live?

digital influencer em meio a live da plataforma youtube

YouTube Live é a transmissão ao vivo de vídeos na maior plataforma deste formato do mundo. Em tempo real, a audiência visualiza tudo o que está sendo filmado por webcam, celular ou outras câmeras.

Existem algumas maneiras para fazer live no YouTube.

São elas:

YouTube Live Simples

  • Webcam do computador ou notebook
  • Dispositivos móveis, como celulares e tablets.

Atenção: por eles, será necessário ter, pelo menos, 1.000 inscritos no canal.

YouTube Live Personalizada

digital influencer em meio a gravaçao de live personalizada na plataforma youtube

O tipo personalizado de live é um pouco mais elaborado e indicado, inclusive, para transmissões sofisticadas.

Assim, é feito um streaming com codificador.

Os codificadores, então, possibilitam que você capture conteúdo da área de trabalho, câmera, microfone e outras fontes para toda a sua audiência.

Essa é a modalidade indicada para quem quer transmitir jogos, precisa usar hardware de áudio/vídeo externo, ou, ainda, utiliza várias câmeras, por exemplo.

As lives podem ser abertas no momento em que ocorrerão ou, agendadas.

Nesse último formato, dá para inserir todas as informações necessárias e, quando o dia e horário marcados chegarem, é só dar o play no vídeo.

Para fazer transmissões ao vivo, é preciso respeitar todas as regras e diretrizes da plataforma.

Caso contrário, o vídeo poderá ficar restrito ou, até mesmo, o canal ser penalizado.

Motivos para fazer uma live no YouTube

digital influencer segurando laptop em frente a janela

O vídeo é hoje, sem dúvida, um dos tipos de conteúdo mais importante em estratégias de marketing.

Estima-se que, até 2021, nada menos do que 82% dos acessos online acontecerá por eles, de acordo com pesquisa da Cisco.

Outro estudo da Cisco ainda faz uma afirmação importante sobre as lives: as transmissões ao vivo representarão 17% do tráfego de vídeo na internet até 2022.

Ou seja, em bem pouco tempo, quase 1/5 de quem assiste a conteúdos na web estará acompanhando vídeos em tempo real.

Outro bom motivo para criar lives é que elas geram 3 vezes mais engajamento do que um vídeo comum no Facebook , segundo dados divulgados pela própria rede social.

Além disso, o mesmo estudo afirma que transmissões ao vivo recebem 10 vezes mais comentários.

Tomando os dados como parâmetro para o YouTube, dá para dizer que as lives são uma ótima maneira para produzir conteúdo, não é mesmo?

Desse modo, se você está pensando em fazer streamings (seja de maneira amadora ou profissional), precisa correr para aprofundar seus conhecimentos em live e sair na frente.

Como fazer live no YouTube

maos femininas segurando smartphone com icone do aplicativo youtube em tela em frente a laptop

Para fazer uma live, é preciso ter uma conta e canal no YouTube.

Mas, além disso, é necessário seguir algumas orientações para criar um conteúdo de qualidade e, assim, atrair muitas pessoas para suas transmissões online.

Veja um passo a passo para fazer sua live no YouTube.

1. Antes de começar

Todos os dias, aproximadamente 1 bilhão de horas são visualizadas na plataforma de vídeos, em todo o mundo.

Por isso, para se destacar em meio a esse volume gigantesco de conteúdo, é preciso se preparar.

É fundamental ter um planejamento e estratégias certeiras para fazer uma transmissão de qualidade e com muitos acessos.

Mas por onde começar? Tenho algumas dicas para você.

Tenha um tema

Sobre o que você vai falar? Em que área do conhecimento se destaca? Que assunto está na “ponta da língua”?

Pois é, para falar ao vivo para um público, é importante conhecer bastante a temática sobre a qual se vai falar.

É claro que você pode optar por um tema sobre o qual tenha afinidade, mas que ainda precisa de aprofundamento. Para isso, é só estudar mais um pouco, não é?

No entanto, priorize assuntos com os quais você tem real familiaridade para conseguir se destacar na live.

Outro ponto interessante é buscar um tema que tenha um grande número de interessados e/ou uma audiência engajada.

Isso faz toda a diferença para a repercussão do seu trabalho com transmissões ao vivo.

guia passo a passo de marketing de conteúdo

Crie um canal

Para criar um canal, siga esses 3 passos:

  1. Faça o login no YouTube com sua conta Google
  2. Crie o canal:
    1. Caso seja conta pessoal, tente adicionar algum vídeo. Se não houver canal, aparecerá uma mensagem para criar um novo; se já existir, você será redirecionado para ele.
    2. Para contas profissionais, será necessário acessar a lista de canais e, lá, iniciar um novo.
  3. Por fim, insira todas as informações solicitadas para, então, criar o nome do canal e fazer a verificação da conta.

Ative o recurso “live” em seu canal

Depois que o canal foi criado, ainda é preciso fazer a ativação das transmissões ao vivo.

Para isso, vá até ao canto superior direito da sua tela e, no ícone para “Criar um novo vídeo ou postagem”, selecione “Transmitir ao vivo”.

Em seguida, você será redirecionado para uma nova página, onde é possível ativar a função de live.

Insira, então, todos os dados solicitados pelo YouTube e, em até 24 horas, a conta estará pronta para fazer vídeos ao vivo em seu canal.

2. Criando uma transmissão ao vivo

Logo após a elaboração de estratégias, criação do canal e ativação do recurso para live, é hora de colocar a mão na massa – ou o vídeo no ar!

Confira, agora, dicas para fazer a transmissão ao vivo com qualidade.

Tipos de transmissão

O YouTube permite três maneiras para fazer as lives: pelo computador, por celular e com codificadores.

Como já vimos, para transmissões mais básicas, as duas primeiras opções funcionam bem.

Quando, no entanto, é necessário fazer mais algo mais elaborado, utilizar o codificador é mais indicado.

Veja, a seguir, detalhes de cada um dos tipos de transmissão.

Pelo computador

Seja no tradicional PC ou por notebook, os vídeos ao vivo do YouTube podem ser feitos de forma descomplicada.

Contando apenas com uma webcam, já é possível iniciar a live.

É preciso se certificar se o navegador utilizado no sistema operacional é compatível. Assim, é necessário utilizar versões de Chrome 60 e o Firefox 53 ou mais recentes.

Para iniciar, clique no ícone de “Transmitir ao vivo” e, em seguida, digite título e descrição e selecione uma configuração de privacidade.

Pelo celular

Outra forma super fácil e prática para fazer a live é através do smartphone.

O celular precisa ter sistemas Android 5.0 (ou versões posteriores) ou iOS 8 (ou mais recente). Você deve, ainda, instalar o app YouTube.

Os próximos passos são muito semelhantes ao do computador:

  1. Entre na conta
  2. Clique no ícone da transmissão
  3. Insira dados
  4. Comece a fazer os vídeos ao vivo.
Com codificador Xsplit

Além das possibilidades de fazer streaming simples, ainda existe o personalizado.

O uso de codificadores é mais indicado para quem precisa transmitir telas ou utilizar mais recursos durante a live.

Um dos principais deles é o Xsplit. Além de facilitar a produção e exibição dos vídeos, ele ainda é editor e gravador.

O Xsplit é muito utilizado para fazer live de jogos no YouTube.

Para tanto, é necessário baixar e instalar o programa no computador.

Depois de inseridas todas as informações e acessos no Xsplit, você deve logar no Google e permitir o acesso do codificador à conta.

Assim, quando a transmissão ao vivo for configurada, o codificador já estará pronto para participar dos ajustes e garantir mais recursos à live.

Live no Facebook e YouTube ao mesmo tempo

Se o YouTube é a maior plataforma de vídeos do mundo, o Facebook figura como a rede social com mais usuários do planeta.

A rede de Mark Zuckerberg não perde tempo com as inovações e instaurou o recurso de lives em sua plataforma.

Para fazer uma transmissão de vídeo no Facebook e no YouTube ao mesmo tempo, existem diversas ferramentas pagas, como Ciclano e CrowdCast.

Mas você também pode usar um mecanismo do Xsplit, que possibilita abrir as duas transmissões ao mesmo tempo.

É bastante simples. Veja só:

  1. Depois que o codificador for instalado e configurado, clique para iniciar uma live no YouTube
  2. Em seguida, vá até a página do Facebook e dê início ao processo de vídeo ao vivo. Entre “Câmera” e “Conectar”, selecione a primeira opção
  3. Logo depois, vá até a barra de ícones ocultos da sua área de trabalho do PC ou notebook, localize o Google Chrome, clique com o botão direito sobre “sair”
  4. Feito isso, abra nova janela do navegador, vá até a página do Facebook em “Ferramentas de Publicação”, “Criar”.
  5. Na tela, clique em “Vídeo Ao vivo” e a live já estará passando nesse novo streaming!

Mas atenção: ainda será preciso fazer alguns ajustes no áudio, conforme explica este vídeo.

Live no YouTube e Twitch ao mesmo tempo

icone do aplicativo twitch em tela de smartphone

O Twitch é uma plataforma de streaming cujo principal foco é a transmissão de vídeos de games, além de também exibir várias competições de e-Sports.

Para distribuir suas lives tanto no YouTube quanto no Twitch, será necessário acessar o restream.io.

No site, cadastre-se e acesse o painel de ferramentas.

Nele, será possível ver diversas plataformas de vídeo.

Selecione, então, o YouTube e o Twitch, informando seus dados de login em ambos os sites.

Insira, em seguida, título e informações relevantes da sua live.

Depois de configurar todas as definições no restream.io, inicie o seu software de transmissão – como OBS, Wirecast ou o próprio Xsplit.

Assim, dá para fazer várias transmissões em tempo real tanto no YouTube quanto no Twitch e de forma gratuita.

3. Durante a transmissão

A live começou, e agora?

Confira dicas para mandar bem no comando do vídeo ao vivo.

Bate-papo no YouTube

A plataforma permite que os espectadores comentem durante a transmissão. Os comentários realizados aparecem do lado direito do vídeo.

Eles podem enviar mensagens de até 200 caracteres e, no máximo, três envios a cada 30 segundos.

Os proprietários da live ficam liberados nesse sentido. Porém, não podem postar caracteres especiais, URLs ou tags HTML.

Estimule o uso do bate-papo pela audiência e aumente o engajamento do vídeo.

Cartões no YouTube

Os cartões permitem postar sondagens, links para outros canais e informações relevantes para a transmissão.

Para inseri-los, vá até o Gestor de vídeos e selecione o vídeo. Na barra de separadores na parte superior, selecione “Cartões” e, em seguida, “Adicionar cartão”.

Insira todas as informações e, por fim, clique em “Criar cartão”.

Veja mais informações, acessando o próprio tutorial do YouTube.

4. Após a transmissão

Assim que finalizar a live, basta clicar em “Encerrar transmissão” (se for por webcam), “Concluir” e “OK” (por dispositivos móveis) ou parar de enviar conteúdo do seu codificador, quando for feito por esse meio.

Os vídeos ao vivo com menos de 12 horas são automaticamente arquivados.

Assim, de acordo com o YouTube, você pode editar as configurações de privacidade para definir esse arquivo como privado ou excluí-lo da página “Meus vídeos”.

Exemplos de lives famosas no YouTube

inscritos com laptop em maos assistindo a live da plataforma youtube

Depois de aprender como fazer live no YouTube, só falta se inspirar para criar, concorda?

Para ajudar você nesse sentido, trago agora algumas das transmissões ao vivo de maior sucesso da web.

1. Casamento Real

O casamento real britânico entre o príncipe William e Catherine Middleton, em 2011, foi transmitido ao vivo pelo YouTube para todo o mundo.

Com mais de 11 milhões de visualizações, o vídeo – ainda disponível -, foi um verdadeiro marco para a internet.

2. Maior salto em queda livre

Quem não quer ver a quebra de um recorde ao vivo? A bordo de uma cápsula, o paraquedista austríaco Felix Baumgartner registrou, em tempo real, a maior queda livre da história.

live pra lá de arriscada teve um final feliz! Realizada em 2012, ela acumula mais de 28 milhões de visualizações.

3. Villa Mix

O festival de música sertaneja é o maior do Brasil. Reunindo milhares de pessoas todos os anos, o evento começou a fazer a cobertura em tempo real em 2016.

Em 2017, o Villa Mix chegou a registrar 1,8 milhões de visualizações nos dois dias de shows.

Conclusão

Os vídeos ao vivo têm ganhado força na internet.

Por isso, saber como fazer uma live no YouTube é fundamental para quem deseja se destacar no conteúdo online.

Como última dica, eu digo a você para começar. Sim, isso mesmo.

Por mais que você leia e estude sobre lives, a prática é que vai levar à perfeição.

É claro que os primeiros conteúdos talvez não saiam como o desejado. Caso se sinta mais seguro, vale até fazer algum teste antes.

O importante é pegar leve na autocobrança e sempre buscar evoluir.

Você pode começar quase como um amador, mas com foco e persistência chega a profissional.

E qual uso você pretende fazer com as lives no YouTube?

guia completo de marketing digital

Compartilhe