Como Começar um Canal no YouTube do Zero: Veja os Passos e Dicas

mao segurando nota com icone da plataforma youtube em fundo vermelho

Aprender como começar um canal no YouTube, tecnicamente, não é difícil. O problema é organizar o seu planejamento de conteúdo para atrair usuários e engajar a audiência. Para isso, o primeiro passo é encontrar um nicho do qual você tenha domínio para construir autoridade mais facilmente.

Como começar um canal no YouTube?

Se você ainda não tem essa resposta, mas deseja criar vídeos para a plataforma, chegou ao lugar certo.

Não é difícil começar um canal.

Mas é uma tarefa que demanda foco e planejamento.

Para um trabalho bem feito, é preciso passar por várias etapas.

O processo começa na definição do segmento e do público-alvo.

E só termina com a publicação do vídeo, análise de métricas e interação com o público.

É bastante coisa para fazer.

Mas vale a pena devido ao alcance da plataforma.

De acordo com dados do YouTube, mais de 1,9 bilhão de usuários conectados acessam a plataforma todos os meses.

A cada dia, as pessoas assistem mais de um bilhão de horas em vídeos.

E geram bilhões de visualizações.

Então, essa pode ser uma ótima oportunidade para você dar visibilidade ao negócio, fazer branding pessoal ou mesmo monetizar a sua produção de conteúdo.

Ficou interessado?

Então, vamos nessa.

Antes de produzir o próximo conteúdo para seu site, você precisa definir uma estratégia de marketing de conteúdo que vá trazer resultados para o seu negócio. Então clique aqui e veja o Guia Passo a Passo do Marketing de Conteúdo.

Guia Passo a Passo do Marketing de Conteúdo

Como começar um canal no YouTube do zero?

smartphone com canal do aplicativo youtube em tela

Os primeiros passos para iniciar a atuação no YouTube são:

  • Criar o nome do canal
  • Definir qual assunto você vai abordar nos vídeos.

Confira, abaixo, as minhas dicas para completar essas tarefas.

Nomes para canal no YouTube

Se o canal será empresarial, é mais fácil.

Basta usar o nome da sua marca ou produto.

Isso ajuda a aumentar a visibilidade do negócio e facilita a vida dos usuários que buscam pelo nome da empresa.

Essa vantagem é proporcionada sobretudo se a sua marca já tem uma imagem forte no mercado.

Mas, se você vai começar um canal desvinculado de uma empresa, o ideal é optar por nomes criativos, mas que remetam ao assunto que será abordado.

Uma boa estratégia é usar palavras-chave relacionadas à temática.

Abaixo, eu destaco três exemplos de canais que têm nomes criativos para você se inspirar.

Me Poupe!

Esse é o nome de um canal de entretenimento financeiro criado pela Nathalia Arcuri.

Além de criativo, é um nome que remete diretamente ao assunto tratado.

Literature-se

Outro exemplo é o canal Literature-se, fundado por Mel Ferraz, que fala sobre livros.

Perceba que o nome é criativo e tem um verbo instigante.

Geração de Valor

Criado por Flávio Augusto da Silva, o blog Geração de Valor aborda a temática do desenvolvimento pessoal.

Nesse caso, o canal no YouTube leva o mesmo nome do blog.

Assuntos para canal no YouTube

youtuber gamer criando conteudo para canal da plataforma youtube

Quanto mais nichado for o segmento, melhor.

Assim, você tem mais chances de se destacar.

Se ainda não definiu o assunto do seu canal, aqui abaixo vão algumas ideias.

1. Games

O universo dos games é um segmento crescente no YouTube e alcança principalmente adolescentes e jovens.

2. Viagem

maos femininas segurando tablet com vlog de viagem da plataforma youtube em tela

Outro assunto explorado na plataforma é viagem.

Nesse caso, há espaço para vlogs, que mostram a rotina das pessoas que visitam novos destinos, e para vídeos de dicas.

3. Beleza

Composto principalmente por influenciadoras digitais, o segmento de beleza continua promissor.

Mas a concorrência é grande, e você precisa encontrar o seu diferencial.

4. Finanças

Quer educar as pessoas financeiramente?

Então, saiba que esse segmento várias abordagens possíveis, desde dicas de como investir à conquista da independência e gestão financeira.

Como criar um canal no YouTube passo a passo

mulher sentada sorrindo ao observar tela de laptop

Quer criar um canal, mas não sabe por onde começar?

Fique atento às próximas linhas.

Selecionei cinco dicas para você organizar as tarefas necessárias para começar sua atuação na plataforma.

Passo 1: busque referências

A primeira coisa é decidir qual assunto principal você vai abordar.

Vai falar de negócios?

Abordar o segmento de beleza?

Atuar para o público interessado em finanças?

Uma vez que você tenha essa definição, busque referências de outras pessoas que atuam no mesmo segmento.

Veja o que elas fazem e que funciona.

Obtenha insights para o seu conteúdo.

Busque o seu diferencial em relação a elas.

Passo 2: conheça a sua audiência

Tão importante quanto encontrar o que destaca você é conhecer o público-alvo que deseja atingir.

Esse mapeamento é essencial para a criação de conteúdos alinhados ao que a audiência busca.

Portanto, saiba qual é o perfil do público.

Desde características básicas, como idade e gênero, a desejos, necessidades e interesses.

Crie uma ou várias personas.

Elas são a personificação das pessoas que você quer alcançar.

Dessa forma, fica mais fácil direcionar o seu conteúdo.

Passo 3: defina as primeiras pautas

O terceiro passo é iniciar o planejamento do conteúdo.

Crie as pautas iniciais, considerando os interesses da audiência e o seu propósito pessoal.

Elas são roteiros que direcionam a produção do vídeo, apontando as ideias principais que serão abordadas.

Mas esse roteiro deve servir apenas como um guia.

Durante a gravação, dê espaço para a espontaneidade.

Passo 4: defina a periodicidade de postagens

Regularidade é importante para criar engajamento no YouTube.

Por isso, defina uma periodicidade de publicação e se comprometa com ela.

Defina quais dias e horários terão publicação nova.

Inicialmente, vale fazer um cronograma com baixa frequência.

Afinal, se você não vai se dedicar exclusivamente ao YouTube, pode ficar difícil gravar uma grande quantidade de vídeos.

Passo 5: analise métricas

Métricas são números importantes para você analisar o sucesso dos vídeos.

Acompanhar esses dados é fundamental para validar a sua estratégia.

Saber quando é preciso mudar o seu conteúdo.

Identificar o que está funcionando.

Use a ferramenta YouTube Analytics para avaliar o desempenho dos seus vídeos.

E acompanhe métricas relevantes:

  • Número de inscritos no canal
  • Visualizações de vídeo
  • Minutos Assistidos
  • Custo por clique (CPC)
  • Engajamento (comentários, likes, compartilhamentos).

Ter conhecimento desses números é crucial para monetizar a sua produção de conteúdo no YouTube, principalmente se o seu objetivo é ganhar dinheiro com ele.

guia completo de marketing digital

15 Dicas de como criar um canal no YouTube de sucesso

pagina inicial da plataforma youtube em tela de computador

Iniciar a atuação no YouTube não é uma tarefa simples.

No entanto, com algumas estratégias relativamente simples, é possível elevar as chances de sucesso.

Leia as dicas abaixo com atenção antes de criar o seu canal.

1. Comece com seu celular ou webcam e depois evolua

digital influencer de moda em frente a smartphone em tripe criando conteudo para canal no youtube

É possível criar um canal no YouTube sem ter uma câmera profissional?

Boa notícia: sim, é possível.

Até porque, hoje em dia, os smartphones já têm câmeras com excelente qualidade.

E nem todo mundo começa um canal com dinheiro suficiente para investir em equipamento.

Se esse é o seu caso, não se preocupe inicialmente.

Dá para usar a câmera do celular, tablet ou mesmo do computador, se tiver uma boa qualidade.

Depois, quando você começar a rentabilizar o trabalho ou tiver economias guardadas, evolua.

Faça uma pesquisa em relação às câmeras disponíveis no mercado, considere o custo-benefício e faça o upgrade.

2. Use um tripé

mulher sentada em frente a camera em tripe criando conteudo para canal no youtube

Convenhamos: ninguém quer assistir a um vídeo com a imagem balançando o tempo todo.

Afinal, a instabilidade da imagem é sinal de falta de qualidade.

Por isso, um tripé é essencial na hora de gravar, independentemente da câmera que você esteja usando.

É possível encontrar tripés simples, mas funcionais, por preços acessíveis.

Mas se você precisa apertar ainda mais a economia, dá para usar objetos como suporte.

Como, por exemplo, posicionar a câmera em cima de uma pilha de livros.

3. Use um microfone

Neste item, chegamos a um fator essencial para o sucesso de um vídeo no YouTube.

A qualidade do áudio.

Se o áudio não for estável, com ruídos reduzidos e clareza, é bem provável que você perca audiência.

Para evitar esse problema, é crucial o uso de um microfone.

Uma boa opção é o microfone de lapela.

Mas aí você me pergunta: e o microfone embutido no celular?

Essa não é a melhor opção, porque esse tipo de ferramenta capta todos os sons do ambiente.

E aí, o resultado é ruído em excesso no vídeo.

Se você ainda não tem condições de comprar um microfone, improvise com o fone de ouvido do celular.

Ele também serve como microfone.

Não tão potente, mas ainda assim melhora a qualidade do áudio.

Uma dica extra: há kits para youtubers à venda com os principais acessórios necessários para um vídeo de qualidade.

4. Use ferramentas de edição de áudio e vídeo

A edição também merece atenção especial.

É ela que dita o ritmo do vídeo, transmite profissionalismo e deixa o conteúdo mais dinâmico.

Você não precisa ser um especialista em edição para fazer isso.

Mas conhecer as ferramentas básicas de uma ferramenta de edição é essencial para fazer um bom trabalho.

Para editar vídeos, algumas opções são Adobre Première, Filmora e iMovie.

Para áudio, um dos softwares mais utilizados é o Audacity.

5. Faça bons títulos

O título é um convite para que o usuário clique no vídeo.

Por isso, ele precisa ser instigante e criativo.

Mas também deve ser informativo, indicando o tipo de conteúdo ao qual a pessoa vai assistir.

Uma estratégia fundamental é usar palavras-chave relacionadas ao assunto do qual você está falando.

Dessa forma, ao buscarem por aquela temática na plataforma, os usuários têm maiores chances de encontrarem o seu canal na lista de resultados.

6. Crie boas thumbnails

maos femininas segurando tablet em frente a computador com diferentes thumbnails de youtube em tela

Thumbnail é a imagem de capa do vídeo.

Quanto mais atrativa ela for, maiores são as chances de convencer o usuário a clicar no seu conteúdo.

Se você não tem experiência com design, é possível usar plataformas com templates prontos, como o Canva, por exemplo.

Cuidado ao usar cores e elementos visuais na thumbnail para não criar confusão mental.

Na dúvida, prefira um design minimalista.

E monte um padrão para as thumbnails do seu canal.

Assim, quando um usuário visualizar a página inicial, verá um conteúdo coeso, que cria uma identidade visual.

7. Seja breve

Vá direto ao ponto ao transmitir sua mensagem.

Os primeiros segundos do vídeo são os mais importantes para reter a atenção do usuário.

Sem contar que você está competindo com milhares de outras pessoas que produzem conteúdo.

Se você enrolar, corre o risco de perdê-lo antes mesmo de chegar ao assunto principal.

Por isso, seja breve.

8. Seja informal

Da mesma forma, ninguém quer assistir a um robô falando no vídeo.

Não tente parecer que você está apresentando um telejornal.

A linguagem da internet é diferente.

No YouTube, a proposta é adotar um tom próximo do público.

Portanto, não tenha medo de ser informal.

9. Interaja com seu público

Interação é a palavra-chave para manter o público engajado.

Durante o vídeo, faça perguntas, peça para os usuários fazerem ações, como se inscrever, curtir e compartilhar o conteúdo.

Lembre-se de que você está, de fato, conversando com uma pessoa.

Use a proximidade gerada na rede a seu favor.

Interagir com a sua audiência é uma maneira de construir relacionamento com ela.

10. Coloque o mais importante no começo do vídeo

Como eu falei antes, os primeiros minutos são cruciais para que o usuário tome uma decisão.

Ou ele continua assistindo, ou clica em outro vídeo imediatamente.

Por isso, a sua mensagem mais importante deve estar no início.

Isso desperta curiosidade e interesse no público.

E aí, se o seu conteúdo realmente entregar valor, poderá reter os usuários por mais tempo nos seus vídeos.

11. Crie uma rotina de publicação

Se você quer se profissionalizar no YouTube, não adianta postar vídeos sem frequência.

É preciso ter uma rotina de publicação.

Dessa forma, os usuários saberão quando tem vídeo novo.

E a frequência ajuda o canal a permanecer sempre visível.

Portanto, siga o calendário editorial e tenha comprometimento com a produção de conteúdo.

12. Seja diferente

Você pode até se inspirar em outro youtuber.

Mas se tentar copiar alguém, está fadado ao fracasso.

Afinal, todo mundo pode produzir conteúdo na internet.

A oferta de vídeos no YouTube é imensa.

Se você for igual aos outros, ficará difícil chamar a atenção da audiência.

É preciso se destacar.

Encontrar o seu diferencial e a sua particularidade.

Ser genuíno para que outras pessoas se identifiquem com você.

Só assim é possível criar uma comunidade online.

13. Faça parcerias

youtubers diferentes fazendo parceria para canal do aplicativo youtube

Crescer sozinho não é a ideia da rede.

Hoje em dia, o crescimento a partir da colaboração é mais viável e potente.

Portanto, faça parcerias.

São as famosas collabs, que fazem sucesso no YouTube.

Essa estratégia é benéfica para todo mundo.

Tanto para você quanto para o seu parceiro, pois, dessa forma, o conteúdo é visualizado pelas duas audiências.

O público também ganha, pois assiste a uma material rico.

Mas cuidado ao estabelecer parcerias.

Elas precisam fazer sentido para o seu canal.

A pessoa com quem colaborar deve ter semelhanças com você e o seu conteúdo, atingindo um público também parecido.

Caso contrário, a parceria não faz sentido.

14. Tenha um local de gravação

Outro detalhe importante é o cenário no qual você está inserido.

Montar um local de gravação é essencial não apenas para garantir as condições ideais de som e iluminação, mas para criar uma imagem agradável aos olhos.

A decoração pode ser simples.

Você pode até mesmo usar o escritório ou um cômodo da casa para fazer isso.

Mas deixe o espaço organizado e visualmente atrativo para gravar os vídeos.

15. Promova o seu canal em outros canais

icones de aplicativos de redes sociais em tela de smartphone

Em um artigo para o MakeUseOf, Joel Lee, editor-chefe do site, aconselha a divulgação dos vídeos em outras plataformas.

“Construir uma mídia social pode ser tão difícil quanto construir um canal no YouTube, mas se você já tem seguidores, eles podem ser seus primeiros fãs”, aponta o autor.

Então, nada mais justo do que promover o seu canal em outras redes sociais, como Facebook e Instagram.

Conclusão

Agora você sabe como começar um canal no YouTube.

Que tal iniciar o planejamento?

Comece pela definição dos temas que serão abordados e pelo mapeamento do público-alvo.

Adquira os equipamentos, faça as gravações e adote uma linguagem informal.

Publique o vídeo e divulgue o conteúdo em outras redes sociais.

E não se esqueça de analisar métricas e interagir com a sua audiência.

Se você gostou das dicas acima, deixe um comentário abaixo e compartilhe este artigo.

Guia Passo a Passo do Marketing de Conteúdo

Compartilhe