Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

Publicidade Online: O Que É e Como Fazer em 2021

como fazer publicidade na internet e mobile

A publicidade online na internet é um campo fértil para boas oportunidades de negócios.

No meio digital, você pode anunciar em vídeo, texto e imagens, nos mais variados canais.

É uma das melhores formas de chegar até a sua audiência, alcançar mais clientes, aumentar as vendas e os lucros.

Mais rápida e assertiva para alcançar o público-alvo do que a publicidade tradicional, a publicidade na internet vem se tornando um prato cheio para empresas famintas por resultados rápidos e assertivos.

Para você ter ideia do quanto ela vem chamando a atenção de diferentes tipos de empresas, só em 2019, a publicidade digital abocanhou uma fatia de 21,2% do total de investimentos realizados por veículos de comunicação e agências de propaganda no Brasil.

Ficou atrás apenas da TV aberta (52,8%), conhecida pelo alto custo de cada anúncio – especialmente em horário nobre.

Os dados são de um levantamento do Conselho Executivo das Normas-Padrão (Cenp).

Eles apontam ainda que, enquanto a TV aberta recebeu menos investimentos, a internet foi quem mais cresceu.

Um ano antes, em 2017, representava apenas 17,7% desse total.

Pode parecer pouco, mas considerando que o investimento em publicidade no país chegou a R$ 17,5 bilhões só em 2019, é bastante dinheiro envolvido.

Achei esses dados apropriados para chamar sua atenção para a importância de investir em publicidade na internet.

Esse é um meio de fazer com que potenciais clientes não apenas conheçam sua empresa e sua marca, como também se interessem pelos produtos ou serviços divulgados.

Quer saber como aumentar as vendas e alcançar um público ainda mais certeiro? Chega de dar tiro no escuro.

Neste artigo, você vai entender desde o que é até como fazer publicidade online na internet para trazer eficiência para o seu negócio e conquistar melhores resultados.

guia completo de marketing digital

O que é publicidade na internet?

o que é publicidade pela internet

Publicidade na internet é uma estratégia usada para influenciar a compra de produtos ou a contratação de serviços através de anúncios na internet. Uma tática que ajuda tanto na construção de marcas quanto na divulgação de produtos e fidelização de clientes.

Entre as diversas formas de publicidade e propaganda existentes hoje em dia, fazer anúncios na internet é bem mais barato do que em meios de comunicação tradicionais, como rádio e TV.

O retorno sobre o investimento (ROI) também é maior, já que a publicidade na internet permite alcançar um público mais delimitado dentro de tempo e custo menores.

Apenas para que fique mais fácil entender o motivo: por mais que existam diversos tipos de publicidade online, a maioria deles oferece um poderoso recurso para alcançar as pessoas certas.

No marketing digital, chamamos isso de segmentação, o que torna as ações mais efetivas, sendo uma característica importante para aumentar as conversões.

A evolução da publicidade online

publicidade online evolucao

Já faz tempo que a publicidade online está no ar, afinal, o primeiro banner de que se tem notícia foi publicado em 1994.

Era uma peça da AT & T, incorporada ao site Wired ao incrível custo de US$30 mil.

De qualquer forma, o “pai” de todos banners pode ser considerado um tremendo sucesso, mesmo na sua estreia, já que a própria empresa divulgou que ele apresentou CTR de 44%.

A coisa foi evoluindo e, já em 1995, era lançado o Yahoo, maior motor de busca até 1998, quando o Google foi lançado.

Vale destacar também a invenção em 1997 de um formato que, embora contestado, ainda gera bons resultados, a janela pop-up.

Vieram os anos 2000 e, com eles, o escândalo das “ponto.com” que gerou prejuízos bilionários na bolsa norte-americana e o lançamento da plataforma Google Ads.

Em 2005, o YouTube seria lançado, tornando-se em pouco tempo a maior plataforma do gênero em todo o mundo.

Chegamos então a 2009, ano em que Facebook foi criado e, desde esse momento, ele só fez crescer como rede social e também como plataforma de anúncios.

Por que fazer publicidade na internet?

O site Statista traz informações importantes sobre o mercado global de anúncios digitais em 2021:

  • Os gastos com publicidade no mercado digital devem chegar a US$ 398.762 milhões em 2021
  • O maior segmento do mercado ainda é o de busca orgânica, com um volume de mercado projetado de US$ 171.641 milhões em 2021
  • Na comparação global, a maior parte da receita será gerada nos Estados Unidos (US$ 157.640 milhões em 2021).

no Brasil, os dados são os seguintes:

  • Os gastos com publicidade no mercado digital devem chegar a US$ 6.114 milhões em 2021
  • A busca orgânica também é o maior segmento, com um volume de mercado projetado de US$ 2.959 milhões em 2021.

Sabe o que tudo isso significa?

Que se você deixar de investir em publicidade na internet, ficará de fora de um mercado bilionário e, portanto, vai perder dinheiro.

Então, meu amigo, se seu negócio ainda não está online, é melhor pensar desde já em maneiras de reverter essa situação.

Que tal começar conhecendo os tipos de publicidade digital disponíveis?

10 tipos de publicidade online

ilustração sobre publicidade online

Não existe apenas uma maneira de anunciar na internet, mas vários tipos de publicidade online.

Como cada um deles tem suas particularidades.

Então, nada melhor do que conhecer as possibilidades à sua disposição, não é mesmo?

Acompanhe!

1. Banner

Entre os primeiros tipos de publicidade online da história da internet, os banners consistem, basicamente, em anúncios localizados em áreas estratégias de páginas na web.

Assim que os usuários clicam nessas peças, são automaticamente redirecionados à página de destino para a qual elas correspondem.

2. Blog

Por mais que seja possível fazer a veiculação de publicidade na internet em blogs há bastante tempo, existem modalidades relativamente novas de anúncios nesses canais.

O que ressalto aqui é o branded content, que também é conhecido como conteúdo de marca.

Esse é m tipo de publicidade online mais editorial, camuflado por trás de um conteúdo relevante para o leitor.

Você pode estar se perguntando se optar por esse tipo de publicidade online é injusto com as pessoas que frequentam o blog da sua empresa, mas bem, não vejo dessa forma.

Na verdade, o branded content sempre traz uma experiência, história ou reflexão.

Isto é, agrega valor por meio de conteúdos que podem ajudar esse usuário a se informar, tirar suas dúvidas ou resolver seus problemas.

Fazer branded content é uma forma bastante inteligente de tornar sua marca conhecida e gerar tráfego qualificado.

3. E-mail marketing

ilustração sob imagem relacionado com email marketinfg

Por mais que muita gente revire os olhos ao ouvir falar de e-mail marketing, continua sendo uma estratégia de marketing digital para lá de eficiente.

Não tem a ver com aqueles e-mails irritantes e intrusivos que você não perde tempo ao mandar para a pasta Spam, mas em anúncios e promoções camufladas.

Como? Com mensagens amigáveis e personalizadas, te chamando pelo nome.

É como uma propaganda agradável e permissiva, que funciona ainda melhor se estiver integrada a uma estratégia de marketing digital robusta.

4. Links patrocinados

Outros tipos de publicidade online que você provavelmente se depara todos os dias, mesmo que ainda não tenha se dado conta, são os links patrocinados.

Espécies de anúncios de texto simples que são destacados entre os resultados de busca de mecanismos como o Google.

Com o objetivo de gerar um maior número de conversões, podem ser segmentados para o público de interesse e rodar pelo tempo que desejar.

Tudo o que precisa, no entanto, é de dinheiro e de conhecimento sobre essa modalidade de publicidade na internet.

A vantagem é que como ficam posicionados no resultados de buscas, oferecem um melhor posicionamento para qualquer site.

Você só paga pelos cliques dos usuários no anúncio ou, então, por mil impressões obtidas.

5. Mobile advertising

Considerando que passamos mais tempo conectados ao smartphone do que em qualquer no computador, o mobile advertising é pensado especificamente para ser visualizado em smartphone.

Pode ser criado tanto em banners responsivos como em anúncios no Google Ads (plataforma de anúncios do Google) ou em redes sociais.

6. Pop-ups

A janela pop-up abre enquanto você está navegando em um site e, embora seja um dos tipos mais irritantes de publicidade na internet, pode ser eficaz em alguns casos.

Um exemplo de quando é aconselhável?

Ao configurar um pop-up para convidar o usuário a se cadastrar para receber newsletters da sua empresa.

Outro?

Para oferecer um cupom de desconto quando ele pensar em sair da página (sim, é possível fazer isso ao analisar o rastro que ele deixa dentro do site).

7. Redes sociais

Hoje, os consumidores passam tanto tempo dentro das redes sociais que não faria sentido para seus desenvolvedores não pensar em meios de “monetizar” isso.

Então, a grande maioria delas oferecem gerenciadores de anúncios, a exemplo do Facebook.

Pode ser uma boa ideia principalmente se quer aumentar presença nesses canais, se tornar conhecido e gerar tráfego para seu site.

8. Remarketing

Apesar de não ser uma ferramenta e sim um recurso para criar publicidade na internet, o remarketing torna a experiência do usuário que chega até sua marca ainda mais personalizada.

Isso porque permite a criação de anúncios para usuários que já visitaram seu site e não fizeram nenhuma conversão.

É como uma segunda chance de conquistar o coração dessas pessoas.

9. SEO

Assim como o remarketing, o SEO (otimização para mecanismos de busca) é um recurso que ajuda a promover a publicidade na internet.

Não se trata de um anúncio, mas de técnicas e estratégias para posicionar melhor qualquer site nos resultados dos buscadores.

Uma forma bem mais barata de divulgar produtos ou serviços, além de aumentar o destaque em relação aos concorrentes e aumentar o tráfego e as conversões.

10. Video advertising

Conquistando a preferência dos consumidores a passos largos, o video advertising é a publicidade em vídeo.

Pode ser veiculada tanto antes ou durante vídeos postados no YouTube quanto em redes sociais específicas para esse tipo de conteúdo, como Vimeo e Vine.

Como fazer publicidade na internet?

pratica da publicidade na internet

Para ajudar você a entender como funciona a publicidade na internet, preparei um passo a passo sobre o que precisa ser definido, criado e configurado para isso.

Fique de olho nas dicas!

Defina o objetivo

Para saber como fazer publicidade na internet, o primeiro passo é ter um objetivo em mente.

Basta responder à pergunta: quais resultados você espera conseguir com a publicidade online?

Pode ser, por exemplo, aumentar o tráfego para o site do seu negócio, receber mais ligações, melhorar a imagem no mercado ou incrementar as vendas.

Persiga esse objetivo para criar seus anúncios.

Defina o orçamento

Para não gastar demais, nem de menos, o próximo passo é definir seu budget, levando em consideração, claro, a capacidade financeira da empresa.

Neste momento, é importante lembrar que é o valor investido na campanha que determina a facilidade que você vai ter para alcançar o público que deseja.

Defina o público

Por mais que você faça os melhores anúncios na internet em termos de criatividade e ousadia, eles de nada valerão se forem exibidos para as pessoas erradas.

Então, não deixe de pesquisar bem o mercado para definir seu público-alvo e também a segmentação de cada campanha.

É preciso chegar às pessoas certas, nos canais onde elas estão e com a mensagem que melhor combine com elas.

Crie os elementos visuais e de texto

Se a pressa é inimiga da perfeição e é a primeira impressão que fica, o que recomendo é que reserve tempo suficiente para planejar seu anúncio.

O que você precisa é ter certeza de que está criando a melhor peça.

Além de escolher as palavras certas, evitar erros e levar em consideração a segmentação para a qual se destina, pense sobre elementos visuais e chamadas para ação.

Devem ser atraentes e objetivos para aumentar as chances de conversões.

Configure sua campanha

Depois de ter sua publicidade na internet em mãos, basta colocá-la no ar.

Isto é, fazer a configuração necessária para que rode pelo tempo que precisa, dentro do orçamento que você tem e que seja exibida para o público que precisa.

Mensure os resultados

Por último, mas não menos importante, vem a etapa de mensuração de resultados de publicidade digital.

Sim, me refiro àquela análise detalhada sobre o desempenho dos anúncios para entender o que funciona e o que pode ser melhorado.

Tenha sempre em mente métricas específicas para isso.

Como escolher o canal para fazer publicidade online

publicidade online  como escolher canal

O sucesso de uma campanha online tem mais a ver com o “onde” do que com o “como”, embora saber fazer também seja essencial.

A verdade é que cada plataforma tem características que podem torná-la indicada para certos negócios, enquanto outras podem não ser uma boa escolha.

O Google Ads, por exemplo, funciona bem para e-commerces.

Já para negócios locais, talvez seja melhor investir em Facebook Ads.

Mesmo que as recentes mudanças nos algoritmos do maior motor de busca do mundo estejam privilegiando resultados locais, acho que ainda há o que aprimorar nesse quesito.

Igualmente importante é entender que tipo de conteúdo funciona melhor dependendo da plataforma ou rede social.

O Instagram, por exemplo, é muito bom para divulgar atividades com apelo visual mais forte, como alimentação e vestuário.

Portanto, escolha seu canal conforme a localização, o nicho de mercado e o tipo de produto/serviço oferecido, considerando os fatores que você acaba de conhecer.

Mas há ainda outras dicas que quero destacar. Veja na sequência.

Vantagens da publicidade na internet

vantagens relacionada a publicidade e venda na internet

Tem dúvida sobre até que ponto a publicidade na internet é mais vantajosa que a tradicional?

É claro que cada caso é único, mas vou te explicar agora as principais razões para você apostar nessa estratégia.

Alcance

Segundo um estudo realizado pelo Hootsuite em parceria com a empresa We Are Social, há 4,19 bilhões de usuários de internet no mundo.

Em outras palavras, isso quer dizer que mais da metade da população mundial já está conectada.

Um ambiente de massa propício para que as empresas possam fazer publicidade e alcançar muitas pessoas.

Precisão

Mais precisa que a tradicional, a publicidade na internet oferece como diferencial a oportunidade de chegar a pessoas que realmente se interessam e se identificam com a marca.

O que é possível com a segmentação de anúncios, aumentando suas chances de conversão.

É diferente de veicular uma propaganda em rádio ou tv, por exemplo, atingindo um grande número de pessoas que, talvez, não tenha o menor interesse na sua oferta.

Mensuração dos resultados

Mensuráveis em tempo real, os resultados de campanhas online podem ser analisados tanto em relação a cliques quanto compras geradas, origem de usuários, entre outras métricas.

E tudo isso gera oportunidades de ajustes na estratégia para otimização.

Esse é outro ponto muito diferente da publicidade tradicional, que não é tão fácil de ser medida.

Redução de custos

Além de custar menos que a publicidade tradicional, a publicidade digital é acessível a qualquer pessoa.

Não existe um valor mínimo para começar a veiculação de anúncios na internet.

Isso sem falar que você não precisa gastar nenhum centavo a mais do que o previsto no seu orçamento.

Simplicidade

Há quem diga que o “ótimo é inimigo do bom”.

Até certo ponto, eu concordo com esse aforismo, já que nem sempre sofisticação é sinônimo de bons resultados.

Se sua empresa fala para um público mais amplo, não há por que investir em canais voltados a públicos restritos, concorda?

O mesmo se aplica à linha editorial do seu site e das suas redes sociais.

Se o seu público é formado, por exemplo, por jovens de até 21 anos com Ensino Médio, o ideal é usar um vocabulário mais jovem e minimamente rebuscado.

No entanto, simplicidade também pode ser uma receita quando se dialoga com segmentos mais exigentes.

Nesse caso, ela tem a ver mais com ir direto ao assunto em seus conteúdos e anúncios.

Quanto mais você cumprir o que promete, melhor.

Isso significa entregar conteúdos conforme as etapas do funil de conversão e que de fato levem soluções ao público a que se destina.

Desafios da publicidade online

publicidade online  desafios

Ainda que a internet traga uma série de facilidades, não se engane: destacar-se no mercado é um grande desafio, já que, hoje, todos têm as mesmas oportunidades.

Outro ponto que deve ser enfatizado é que, com a evolução da tecnologia, novas soluções e ferramentas são incorporadas em um ritmo alucinante.

A gente pisca o olho e, quando abre, lá está uma nova função de analytics, Big Data ou inteligência artificial.

Um bom exemplo disso são as novíssimas plataformas do Google, como o Google Data Studio e o Google Developer Console.

Também vale destacar a ascensão dos anúncios em rich media que, para mim, vão se tornar indispensáveis daqui para frente.

Esse novo formato é todo construído em linguagem HTML5, que surgiu em 2011 e que é a base para a criação de conteúdos interativos.

Regulamentações da publicidade na internet

publicidade online  regulamentacoers

Um reflexo da evolução da publicidade na internet são as recentes regulamentações em nível nacional e continental sobre o uso de dados.

O primeiro grande avanço nesse sentido foi a publicação da lei de dados europeia, a GDPR, que já começou punindo o próprio Google por infringir seus termos.

Aqui no Brasil, temos a nova Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD), toda ela construída nos moldes da GDPR, mas com algumas disposições ainda mais avançadas.

Um desses avanços diz respeito ao local de origem da coleta dos dados.

Enquanto a GDPR limita-se ao território europeu, a LGPD brasileira permite que até mesmo sites fora do Brasil sejam penalizados.

Além da LGPD, existem ainda outras leis e instituições responsáveis por zelar pela ética e transparência no meio publicitário.

Um dos mais tradicionais deles é o Conar, que vamos conhecer a seguir.

Conar

O Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) foi fundado em 1950 e, desde então, sua missão é fiscalizar o mercado publicitário e coibir a propaganda enganosa.

Atento às mudanças do mercado, a entidade civil lançou, em 2020, um oportuno Guia de Publicidade para Influenciadores Digitais.

Confira o seu preâmbulo:

“O Guia apresenta orientações para a aplicação das regras do Código Brasileiro de Autorregulamentação Publicitária ao conteúdo comercial em redes sociais, em especial aquele gerado por influenciadores que, como informa o documento, possuem reconhecida posição de destaque no ambiente online, podem desenvolver papéis econômicos que contribuem para o suporte das atividades de criação de conteúdos relevantes, integrando, dessa forma, a cadeia de comunicação comercial digital.”

Sanções e autuações

Vale destacar que a aplicação da LGPD brasileira está a cargo da Autoridade Nacional de Proteção de Dados (ANPD).

É ela quem deverá fiscalizar, aplicar multas e emitir comunicados de interesse público sempre que as leis em vigor forem violadas.

Marco Civil

Em 2014, o Brasil conheceria a sua primeira iniciativa de regular não só a publicidade como todas as relações que acontecem no meio virtual: o Marco Civil.

Oficialmente conhecido como Lei N° 12.965/2014, ele traz disposições relevantes sobre o uso e os limites a serem observados por todos que utilizam a web no país.

Veja abaixo os princípios que norteiam esse importante dispositivo legal.

Neutralidade

Pelo princípio da neutralidade da rede, todas as informações que trafegam na web devem ser tratadas igualmente.

Isso significa que sites devem garantir navegação em velocidade idêntica, de maneira a garantir o livre acesso de todos os usuários.

Ou seja, independentemente do dispositivo, da velocidade da internet e dos planos contratados, todos deverão ter asseguradas as mesmas condições ao acessar sites e conteúdos online.

Privacidade e proteção de dados dos usuários

Também deve ser respeitada, tanto pelo Marco Civil quanto pela LGPD, a privacidade e a proteção dos dados das pessoas que navegam pelos sites.

Isso implica informar imediatamente o tipo de tratamento que é concedido às informações pessoais coletadas por meio dos cookies, facultando ao usuário decidir quais dados ele deseja compartilhar.

Registro de acessos

A subseção II do Marco Civil versa sobre os registros de conexão dos usuários.

Por esse dispositivo, é estabelecido que a obrigação de guarda dos dados de conexão é uma responsabilidade do provedor do serviço de internet, e eles devem ser armazenados por, pelo menos, um ano.

Sanções e autuações

Por sua vez, o Marco Civil prevê, em seus artigos 12, 13 e 15 a aplicação de sanções pelo descumprimento das obrigações relativas aos dados pessoais e às comunicações privadas.

Também trata da proteção aos registros, tanto os de acesso em aplicações quanto os de conexão.

As sanções previstas no art. 12 são:

I – advertência, com indicação de prazo para adoção de medidas corretivas;

II – multa de até 10% (dez por cento) do faturamento do grupo econômico no Brasil no seu último exercício, excluídos os tributos, considerados a condição econômica do infrator e o princípio da proporcionalidade entre a gravidade da falta e a intensidade da sanção;

III – suspensão temporária das atividades que envolvam os atos previstos no art. 11; ou

IV – proibição de exercício das atividades que envolvam os atos previstos no art. 11.

Exemplos de aplicação da regulamentação

A aplicação da regulamentação pode ser um processo lento, considerando que a LGPD é ainda bastante recente.

Nesse caso, vale seguir alguns passos no sentido de ajustar as operações online à legislação.

O primeiro deles é criar um plano de ação que dê conta das medidas a serem implementadas para garantir o cumprimento da lei.

Em seguida, a empresa deverá designar as pessoas que serão encarregadas de conduzir as ações de adequação às normas e nomear um Data Protection Officer (DPO).

Sua função é administrar todo o fluxo de dados e responder às autoridades se assim for necessário.

Vale, ainda, fazer uma minuciosa revisão das condições para o fornecimento de dados pessoais e dos termos de uso e a política de privacidade da empresa.

Como trabalhar com publicidade na internet

dicas para o profissional de publicidade na internet

Tem interesse em seguir carreira na área de publicidade na internet?

Se for esse o seu caso, tenho algumas dicas práticas e rápidas para guiar você por essa jornada.

Acompanhe!

  • Se dedique a estudar e a entender as particularidades da publicidade digital para acompanhar novas ferramentas e tendências que venham a surgir (isso acontece em velocidade espantosa, acredite)
  • Comece a pesquisar sobre gerenciadores de anúncios como o Google Ads e faça seu cadastro em diferentes plataformas para investigar como funcionam
  • Pense fora da caixa para criar anúncios criativos e inovadores, mas jamais se esqueça de atender às necessidades do público-alvo (foco total no cliente)
  • Não pense só em vender, mas em oferecer experiências diferenciadas ao consumidor (leia meu artigo sobre customer experience).

Como vender publicidade na internet

venda de publicidade na internet

Se você já tem um blog, site ou canal em uma rede social com um público fiel e segmentado, por que não vender publicidade na internet?

Ao unir o útil ao agradável, é possível ganhar dinheiro vendendo anúncios publicitários nesses espaços.

Para começar, não deixe de criar uma conta no programa de afiliados do Google: Google AdSense.

Com ele, você recebe parte do valor pago pelo anunciante ao maior buscador da internet.

Mas, claro, existem várias outras formas possíveis, como oferecer para as marcas anúncios nesses canais.

Cabe a você escolher o que melhor se encaixa às suas necessidades e possibilidades atuais.

Conclusão

Percebeu como a publicidade online na internet oferece uma série de caminhos interessantes para divulgar negócios, aumentar as vendas e até ganhar dinheiro?

Com acessibilidade, facilidade e precisão de sobra, esse é um campo fértil para alavancar e fortalecer qualquer empresa no mercado.

Gostou deste post sobre publicidade na internet?

Então, me conte nos comentários se já está trabalhando com essa estratégia online dentro do seu plano de marketing digital e quais suas expectativas.

Quais resultados você tem obtido atualmente com a publicidade online?

Compartilhe