Nicho de Mercado: Tudo Sobre o Que É e Como Definir o Seu Nicho

Você sabia que definir um nicho de mercado pode te ajudar a conquistar mais sucesso e autoridade para a sua empresa?

Um nicho de mercado específico pode potencializar seus resultados e garantir um público mais fiel. Descubra como lendo esse post!

O conceito de nicho de mercado é importantíssimo para o plano de marketing da sua empresa. No entanto, é muito comum que mesmo os empreendedores mais experientes tenham dúvidas sobre o que o nicho de mercado realmente significa e, principalmente, como definir um.

Mas isso é importantíssimo para o crescimento da sua empresa. Principalmente se você está começando um negócio com poucos recursos e um investimento ainda baixo. Definir um nicho de mercado vai te ajudar a concentrar seus esforços onde eles têm maior probabilidade de dar certo.

Se quiser mais dicas para potencializar o crescimento do seus negócios, leia também esse outro artigo que escrevi para o blog.

É comum que as novos empresários acabem abocanhando mais do que podem mastigar.

Principalmente quando vemos tantas empresas de sucesso que lidam com uma variedade tão grande de nichos. Mas pode constatar: a grande maioria delas começou a atuação com um nicho de mercado específico.

Alcançar autoridade com um público selecionado pode ser o caminho mais rápido para se tornar a próxima gigante do mercado!

E não se preocupe: com esse guia completo, você vai entender tudo o que precisa saber sobre nicho de mercado.

Vou explicar os principais conceitos de maneira simples e deixar todas as dicas que você precisa para não errar na definição. É só continuar lendo para descobrir como se tornar um expert na escolha de um nicho de marcado:

O que é nicho de mercado

O nicho de mercado se refere a uma divisão de uma área de atuação, ou seja, à segmentação dessa área em setores menores. Nessa parcela do mercado, geralmente os consumidores possuem problemas bem específicos que ainda não estão sendo resolvidos pelas opções de produtos e serviços no mercado.

Com estratégias adotadas pelo marketing digital, é muito fácil encontrar e identificar esses setores. A internet, afinal, tende a ajudar na segmentação orgânica dos públicos. Saber identificar um nicho de mercado pode ser a diferença entre sucesso e fracasso para um produto.

Vamos ver um exemplo para ilustrar melhor esse conceito. Imagine uma loja que vende todos os tipos de bonecas. Existem colecionadores que compram determinadas bonecas por um preço maior. Isso pode ser considerado um nicho de mercado.

Também existem artistas que procuram por determinados modelos de bonecas para fazer customizações. Esse é mais um nicho que podemos identificar.

Viu só como é simples? Logo de cara conseguimos pensar em dois nichos de mercado diferentes para uma loja que trabalha com a venda de bonecas.

Um nicho de mercado, então, é um segmento no qual as necessidades dos consumidores são pouco exploradas. Você pode até mesmo encontrar um nicho onde ainda não existe nenhuma solução apresentada para os problemas do público.

Qual a importância de definir bem o nicho de mercado?

Uma empresa com um nicho de mercado mais específico tem muito mais facilidade em se destacar e agregar valor aos seus produtos. Com um investimento bem menor, é possível atingir um público muito mais interessado no que você tem a oferecer. Vamos entender melhor o por que:

Já falei em diversos outros textos sobre o quão importante é direcionar o seu plano de marketing para a persona e não para o público-alvo. Isso porque quanto mais específica for a campanha, mais o consumidor se identifica. É preciso que ele sinta que sua empresa está falando diretamente com suas necessidades.

Isso só pode acontecer quando você define um nicho de mercado. Ao atender desejos e resolver problemas mais específicos, você encontrará um público que dá muito mais valor aos seus serviços. Ou seja, que está disposto a pagar mais por um produto que seja pensado especialmente com suas necessidades em mente.

É interessante destacar que a maioria das grandes empresas da atualidade, mesmo as que atendem diversos setores, começaram explorando um nicho de mercado.

Menor concorrência

Em mercados amplos, você vai se deparar com inúmeros concorrentes de peso. Pense nas empresas que você conhece e que trabalham com uma grande gama de produtos e setores.

Eu consigo lembrar da Amazon, das Lojas Americanas e do Submarino, por exemplo. Esses são gigantes da internet! Concorrer com os preços, estratégias de marketing e agilidade desses players será extremamente difícil para empresas iniciantes.

Já em um nicho de mercado específico, você encontrará um número muito menor de concorrentes. É mais fácil se destacar e gerar autoridade para o seu empreendimento dessa forma. Depois que a estabilidade for alcançada, você pode explorar novos nichos de mercado se quiser.

Público mais qualificado para a sua oferta

Além de menor concorrência, você também poderá contar com um público muito mais disponível e engajado. Um nicho de mercado bem definido está, afinal, trabalhando com necessidades específicas e não atendidas.

Imagine-se no lugar do consumidor. Existem empresas e mais empresas trabalhando com algo parecido com o que ele precisa. Nenhuma delas, no entanto, atende a todas as suas necessidades. Quando aparece uma empresa disposta a direcionar seus serviços especificamente para ele, certamente vai agarrar a oportunidade de comprar.

A imagem passada é de um atendimento muito mais personalizado, que leva em consideração aquilo que o cliente realmente precisa. Com consumidores cada vez mais exigentes, não é de se espantar que a grande maioria prefira esses tipos de serviços.

Tanto o seu produto quanto o conteúdo do seu site possuirão muito mais valor agregado. É mais fácil convencer esse público a assinar uma newsletter ou até mesmo a concretizar a compra. Afinal, poucas coisas causam tanta satisfação quanto encontrar alguém que entende o que você está passando e oferece exatamente o que você precisa.

Identificação de possíveis parcerias para o seu negócio

Empresas que trabalham com um nicho específico terão muito mais facilidade para assegurar parcerias importantes para a expansão do negócio. Nesse ponto se destacam muito os digital influencers.

Tratam-se de pessoas que são especialistas em determinados nichos. Podem ser blogueiros, youtubers ou apenas alguém com uma quantidade significativa de seguidores nas redes sociais. Essas pessoas costumam a dar suas opiniões, fazer recomendações e discutir novidades na sua área de especialidade. E como o alcance deles com um público que respeita essas opiniões é gigante, essa pode ser uma oportunidade incrível para sua empresa.

É muito comum que digital influencers aceitem propostas de parcerias com empresas que atendam ao mesmo público-alvo que eles.

Além disso, a segmentação de nicho de mercado pode ajudar muito ao conseguir melhores contratos com fornecedores e até mesmo para conquistar indicações de outros profissionais da área.

Por exemplo, um psicólogo que trabalhe especificamente com a superação de fobia de insetos pode ser indicado para um paciente com esse problema por um colega de profissão menos especializado. Com o networking apropriado, as empresas que seriam seus concorrentes podem tornar-se aliados na obtenção de novos clientes.

Tipos de segmentações dos nichos de mercado

Agora você já sabe o que é um nicho de mercado e qual é a importância de definir um para o seu negócio. Para isso, no entanto, você precisa aprender mais sobre os tipos de nicho de mercado existentes.

Normalmente, a segmentação é feita de acordo com quatro principais características: geográfica, demográfica, psicográfica e comportamental. Não se preocupe: vou explicar cada uma delas em mais detalhes a seguir!

Segmentação geográfica

Esse tipo de nicho de mercado levará em conta o país, estado e cidade onde a empresa está. Para segmentar o nicho através da geografia, também é preciso estudar os seus concorrentes específicos nesta localidade. Além disso, os traços culturais e necessidades específicas do público local também devem ser considerados.

Veja alguns exemplos de nicho de mercado segmentados geograficamente:

  • Oficinas automotivas > Oficina automotiva na zona sul de São Paulo.
  • Loja de roupas femininas > Loja de roupas femininas no Rio de Janeiro.
  • Casa de bolos > Bolos caseiros vendidos no bairro Jardins.

Segmentação demográfica

A segmentação demográfica de nicho de mercado se baseia em características como gênero, idade, religião, renda e grau de instrução. Como você provavelmente já sabe, esses fatores influenciam muito nos hábitos de compra, interesses e necessidades do indivíduo.

Veja alguns exemplos de nicho de mercado segmentados pela demografia:

  • Serviços de organização de caronas > Serviços de organização de caronas para mulheres.
  • Planos em uma academia > Planos de exercícios para a terceira idade.
  • Moda feminina > Moda feminina evangélica.
  • Cafeteria > Cafeteria gourmet para amantes de café.
  • Loja de livros > Loja de livros para universitários.

Segmentação psicográfica

Esse tipo de nicho de mercado utiliza fatores como a personalidade, estilo de vida e valores dos consumidores para segmentar seu público. Cada vez mais, as pessoas utilizam seus hábitos de consumo também como forma de autoexpressão. Além disso, é muito mais comum que os clientes procurem empresas que dividam seus valores mais importantes.

Veja alguns exemplos de nicho de mercado segmentado de maneira psicográfica:

  • Cosméticos > Cosméticos cruelty free.
  • Restaurante > Restaurante especializado em comida vegana.
  • Doceria > Doceria especializada em produtos sem glúten.
  • Loja de roupas > Loja de roupas para fãs de rock.

Segmentação comportamental

Os nichos de mercado de segmentação comportamental se valem dos hábitos de consumo, comportamentos e uso ou resposta a um produto para dividir seu público. Será levado em conta que tipos de benefícios o consumidor procura, se ele já usa um produto desse tipo ou não e o quanto usa produtos desse tipo.

Veja alguns exemplos da segmentação de nicho de mercado através do comportamento:

  • Peças de computadores > Peças de computadores para gamers.
  • Loja de tênis > Loja de tênis para corredores.
  • Enxaguante bucal > Enxaguante bucal para dentes sensíveis.
  • Supermercado > Supermercado especializado em vendas por atacado.

Exemplos de segmentação de nicho de mercado

Para ilustrar melhor, e para exercitar um pouco a mente, separei outros exemplos de segmentação de nicho de mercado. Na primeira lista, você pode tentar identificar o tipo de segmentação usada:

  • Saúde > Emagrecimento > Emagrecer rapidamente
  • Educação > Cursos profissionalizantes > Cursos profissionalizantes à distância
  • Esportes > Artigos esportivos > Artigos esportivos para ciclistas
  • Varejo > Produtos para artesanato > Materiais para bordado
  • Varejo > Brinquedos > Brinquedos educativos > Brinquedos educativos para idades de 1-5 anos
  • Venda de produtos alimentícios > Venda de ingredientes para cozinhar > Venda de ingredientes orgânicos

E aí, conseguiu identificar todos? Vamos para mais um exercício. Vou listar algumas grandes áreas de atuação, e fica por sua conta encontrar um nicho de mercado para cada uma:

  • Saúde
  • Entretenimento
  • Loja Online
  • Esportes
  • Hobbies
  • Educação
  • Relacionamentos
  • Produtos para animais

Não esqueça de me contar os seus resultados nos comentários. Poste as suas ideias e veja quantos nichos de mercado podem surgir em cada área!

Quais são as grandes tendências em nichos de mercado?

Estamos entrando em 2018, e essa é uma boa hora para começar a empreender. Segundo a maioria dos especialistas, a crise no Brasil está começando a passar, e a economia começa a retomar o crescimento.

Além disso, existem alguns setores tão fortes no mercado nacional que sequer foram atingidos pelos problemas econômicos recentes. A seguir, preparei uma lista com as maiores tendências de mercados para esse ano. Talvez essa seleção te ajude a encontrar o seu nicho de mercado! Confira:

  • B2B Sustentável;
  • Logística reversa;
  • Beleza masculina ;
  • Produtos para a terceira idade (que não os tratem como vovôs);
  • Produtos retrô e que evocam nostalgia;
  • Mercado de luxo para pets (tanto produtos quanto serviços);
  • Assinaturas de produtos para indulgência e conforto (como livros, cervejas especiais ou chocolates importados);
  • Jogos casuais online, com interação social;
  • E-commerce com produtos que normalmente são encontrados em lojas físicas;
  • Alimentação orgânica, vegana ou restritiva;
  • Alimentação e bebidas gourmet;
  • Redes para venda e trocas de produtos usados;
  • Produtos produzidos de maneira ética e socialmente responsável;
  • Produtos digitais que possibilitam mobilidade e acesso via smartphone;
  • Produtos e serviços focados na classe C;
  • Educação online;
  • Produtos em doses individuais;
  • Beleza a preços acessíveis;
  • Moda para públicos específicos ;
  • Customização;
  • Serviços para pessoas com necessidades especiais.

Perguntas que você deve responder para encontrar o seu nicho de mercado

Com essa visão mais profunda do processo de segmentação, vamos começar a aprender a definir um nicho de mercado. Nesse artigo, você encontrará diversas dicas para aprender a descobrir onde sua empresa pode atuar para estabelecer autoridade.

A primeira, e mais importante, é uma dica que sempre deixo. Ela é muito valiosa em todos os tipos de situações:

Pense de maneira inovadora.

Com isso, eu quero dizer que você precisa se acostumar a identificar públicos com necessidades ainda não atendidas pelo mercado. Todo problema comum é um produto ou serviço em potencial. Para isso, no entanto, você vai precisar de muita criatividade e uma dose de entendimento do mercado.

A seguir, vamos falar sobre algumas perguntas que você se fazer quando estiver tentando encontrar o seu nicho de mercado. Elas são as primeiras ferramentas valiosas que você vai usar nesse processo. Vamos lá?

Você tem interesse e paixão pelo nicho de mercado escolhido?

Esse é um fator muito importante, que muitos empresários ignoram. É claro, não vou mentir e falar que tudo pode dar certo se você tiver paixão o suficiente. Você pode chegar a uma segmentação pela qual você é apaixonado, mas onde não existe demanda.

No entanto, é preciso ter interesse e paixão pelo nicho de mercado que você escolher. Não adianta: você estará lidando com um público extremamente específico, capaz de perceber em um segundo se seu coração não está naquilo.

Para conquistar o consumidor de nicho, é preciso que ele sinta que a empresa compartilha de suas paixões. Afinal, temos isso enraizado em nossa cultura: Se você é dono de um pub que serve cervejas artesanais, mas não gosta de cervejas, que autoridade você tem? Como pode criar os melhores produtos para o seu consumidor se você não ama esse mundo e não está envolvido com ele?

Você possui conhecimento específico relacionado a esse nicho de mercado?

Segmentar nicho é uma tarefa que exige também muito conhecimento sobre o tema. Um pouco do tópico anterior também entra aqui. Afinal, quando você tem interesse e paixão por um produto, fica muito mais fácil pesquisar sobre ele.

De toda forma, é importante que você tenha algo à acrescentar na vida do consumidor. Você não conseguirá conquistar um nicho de mercado se trabalhar com informações gerais e inespecíficas. Além disso, a falta de conhecimento sobre o nicho de mercado pode causar danos irreparáveis à imagem da sua empresa. Vamos ver um exemplo:

Imagine que você escolheu divulgar seus cosméticos como cruelty free e veganos, já que você não testa em animais. No entanto, você usa cera de abelha na composição dos batons. Mesmo que a cera não machuque diretamente as abelhas, ela não é considerada um produto vegano. Nesse estilo de vida, não é consumido nenhum produto fruto do trabalho animal, como ovos, leite e, sim, cera de abelhas.

Pode ter sido apenas um engano causado por falta de informação. No entanto, seu consumidor se sentirá enganado. É muito difícil reconquistar o público em um nicho de mercado exigente como esse.

Qual o benefício que você pode oferecer às pessoas através deste conhecimento?

Essa é uma das principais perguntas a se fazer antes de escolher um nicho de mercado. Para que a segmentação realmente dê certo, é preciso que exista um problema não resolvido. E a sua solução tem que ser verdadeiramente eficiente.

Muitos empreendedores de primeira viagem acabam travando nesse ponto. A dificuldade, em minha experiência, é que eles entendem essa dinâmica de “problema – solução” como algo que precisa ser gigante e revolucionário para o mundo. No entanto, ela precisa ser revolucionária apenas para o problema.

O que estou dizendo é que sua ideia pode ser algo extremamente simples. Se o seu conhecimento sobre a área for o suficiente para resolver um problema não atendido de maneira eficiente, o produto pode dar certo. Vamos ver um exemplo real:

Esse é o KeySmart. Ele é um chaveiro que tem como proposta deixar o molho de chaves mais fino e organizado. Como você pode perceber, esse é um nicho extremamente específico: Pessoas que se irritam com o volume e desorganização em suas chaves. Além disso, esse produto é extremamente simples. Literalmente, é apenas um chaveiro.

No entanto, o sucesso no Kickstarter foi tanto que hoje a empresa produz vários acessórios adicionais. Além disso, surgiram imitações do produto pela internet. O sucesso veio porque, apesar de extremamente simples, essa é uma solução para um problema real que não estava disponível anteriormente.

Qual o tamanho e a demanda deste nicho de mercado?

Esse é outro ponto importantíssimo e outro fator onde muitos empreendedores cometem erros. Não adianta amar um nicho de mercado e ter ideias incríveis para solucionar os problemas se não existe demanda para essa solução.

É preciso estudar muito bem o nicho de mercado no qual você está se inserindo. E uma das partes fundamentais desse estudo é: quais são os problemas reais que os consumidores apresentam?

É claro, em um nicho selecionado, você terá muito mais facilidade ao fazer o marketing do seu produto. No entanto, é preciso garantir que o nicho é amplo o suficiente para que você consiga ter lucro.

Como você deve ter notado, selecionar um nicho de mercado exige um equilíbrio delicado de diferentes fatores para funcionar bem. Mas não se preocupe. O processo é bem mais intuitivo do que parece, principalmente quando você conhece bem o nicho escolhido.

Quem mais precisa do que você tem a oferecer?

Essa é uma pergunta perfeita para encontrar seu público. Quando você entende bastante sobre um nicho e os problemas presentes nele, é hora de identificar perfis de consumidores que possuem os mesmos problemas. Quem está nesse nicho? Como ele é segmentado?

Vamos ver um exemplo para entender melhor. Imagine que você identificou o seguinte nicho:

Venda de refeições > Refeições saudáveis > Venda de refeições saudáveis em marmitas.

Quem mais precisa do seu produto? Provavelmente trabalhadores que possuem uma rotina bastante corrida. Eles também devem ser pessoas que se preocupam com a qualidade da alimentação, que podem pagar pelo serviço e que possuem acesso a lugares onde podem aquecer as refeições no trabalho.

Com essas informações, você pode direcionar seu plano de marketing, atingindo diretamente o consumidor que mais tem probabilidade de comprar seu produto.

Quais os desejos, problemas e necessidades da sua persona?

Essa é a forma mais rápida de identificar nichos de mercado ainda não atendidos. Quando você cria uma persona para a empresa, é mais fácil entender as necessidades do seu público-alvo. Nesse outro post eu explico tudo que você precisa saber sobre isso para definir uma persona perfeita.

Com a persona criada, é hora de analisar quais são seus desejos, problemas e necessidades. A partir dessas respostas é possível procurar soluções eficientes. Esse é um processo criativo, e por isso eu sempre recomendo o brainstorming.

Se você fosse sua persona, quais soluções iria preferir para esses problemas?

Pensar dessa maneira te ajuda a decidir quais são as melhores soluções e produtos. É importante considerar se o que você oferece será prático e acessível para o seu público-alvo. Além disso, é importante oferecer diferenciais perante aos produtos dos seus concorrentes.

Com tudo isso em mente, você está pensando no seu nicho de maneira panorâmica. Ou seja, está analisando todos os detalhes que precisam ser considerados. A partir disso, é muito mais provável que suas ideias cresçam e que sua empresa consiga estabelecer autoridade no nicho de mercado.

Ferramentas que vão ajudar a encontrar ideias inovadoras no seu nicho

Nem sempre pensar de maneira inovadora é fácil. Bloqueios criativos são muito comuns, e às vezes nem mesmo o brainstorming dá conta de resolver esse problema. Mas não precisa se preocupar. Existem várias ferramentas disponíveis para ajudar no processo criativo e a encontrar as ideias mais inovadoras.

Além disso, você pode utilizar essas ferramentas para estudar tendências e identificar problemas sem solução. Dessa forma, você tem um ponto de partida para desenvolver sua produto e conquistar um nicho de mercado.

Existem, é claro, inúmeras opções de ferramentas. Você pode até mesmo usar as sugestões de busca do Google como inspiração. Veja como:

Utilizando palavras como “para” e “de” depois da palavra principal da sua busca, você pode identificar nichos. Essas sugestões são baseadas no que as pessoas mais procuram.

Você pode também optar pelo uso de ferramentas muito mais específicas. A seguir, você encontra uma lista de sugestões que selecionei. Confira:

Keyword Planner

O keyword planner do Google é uma ferramenta gratuita que pode ser utilizada para encontrar nicho de mercado. A vantagem de usá-lo é que ele apresenta o volume de cada busca. Usando essa ferramenta você vai encontrar mais informações sobre o tamanho do nicho escolhido do que apenas procurando nas sugestões de busca.

Além disso, o Keyword Planner encontrará palavras-chave semelhantes, o que pode ajudar a expandir sua visão do público-alvo. Com essas buscas, você também entenderá melhor como o consumidor está procurando soluções para os problemas identificados. Dessa forma, é muito mais fácil otimizar o seu marketing digital.

A desvantagem é que nem sempre as informações mostradas pelo keyword planner estão atualizadas. Eu sempre recomendo que os volumes de pesquisas, por exemplo, sejam verificados em mais de uma ferramenta para ter certeza.

SEMrush

O SEMrush é uma ferramenta mais completa e específica quando se fala de análise de palavras-chave. Trata-se de uma opção paga, mas as funcionalidades do programa, na minha opinião, justificam o valor.

Ele é uma ferramenta completa, afinal, pode ser usado em diversas outras funções. Por exemplo, é possível otimizar o SEO, acompanhar suas redes sociais e o maior destaque para esse artigo: gerir conteúdo.

Com as funções de conteúdo, é possível identificar tendências em tópicos. Além disso, você pode acompanhar as menções à sua marca e outros dados relacionados ao engajamento.

Buzzsumo

O Buzzsumo é outra opção muito popular para quem precisa acompanhar o desempenho de sua empresa na internet. A ferramenta é paga, mas todos os planos incluem um período de testes gratuito de 14 dias. Além disso, existe a opção de se candidatar a um plano mais barato para bloggers e freelancers.

A aba de “content research” do software ajuda a identificar os conteúdos mais compartilhados e aqueles que estão entrando em tendência. Essa é uma funcionalidade muito útil para ajudar a descobrir novas ideias e possibilidades.

MOZ

O MOZ trata-se de uma suíte de ferramentas voltadas para o SEO. Entre elas, está a possibilidade de fazer a análise de palavras-chave com dados impressionantemente precisos e transparentes. A ferramenta é paga, mas oferece um período de testes gratuito de 30 dias.

O site disponibiliza também um conjunto de funcionalidades gratuitas, que também podem te ajudar a ter novas ideias e explorar as possibilidades em um nicho de mercado.

O destaque fica com o keyword explorer, capaz de entregar diversos dados diferentes sobre cada palavra-chave.

Ahrefs

O Ahrefs é uma das opções mais completas para o monitoramento SEO do seu site. Uma de suas funcionalidades, muito útil na hora de ter novas ideias, é o Keyword research. A ferramenta oferece métricas avançadas, além de milhares de sugestões com base no melhor volume para o seu site.

A ferramenta é paga e possui a opção de um plano com preço bastante reduzido para um período de testes. Você também pode segmentar suas buscas por região, o que é uma vantagem enorme ao selecionar seu nicho de mercado.

Google Trends

O Google Trends é uma ferramenta gratuita que pode ser usada para verificar os termos de busca em evidência no momento. Além disso, é possível acompanhar em um gráfico o crescimento daquela palavra-chave em relação ao tempo. Existem várias opções para explorar, e é interessante usar essa ferramenta para verificar as tendências no seu nicho de mercado de escolha.

É claro, essa opção não é tão específica quanto as ferramentas pagas, se que especializam no segmento de SEO. No entanto, pode ser muito útil verificar o crescimento pela procura do seu nicho de mercado. Além disso, esse é um ótimo lugar para ter novas ideias, já que o Google sugere buscas populares no momento já na página inicial.

Como dominar o seu nicho de mercado e se tornar uma autoridade

Um dos maiores desafios ao dominar um nicho de mercado é conseguir desenvolver ações com a precisão necessária. Lembre-se: você está lidando com um público muito específico. Para alcançá-los, suas estratégias devem ser pensadas especialmente com as necessidades desses consumidores em mente.

Para adquirir autoridade, é preciso que o público no nicho de mercado tenham uma imagem positiva da sua empresa. Para isso, será necessário demonstrar paixão, interesse e conhecimento na sua área de atuação. E, claro, não há meio melhor de fazer isso do que o marketing de conteúdo.

Disponibilizar informações relevantes para sua empresa tem inúmeros benefícios. Você não está apenas atraindo o público nas buscas mas demonstrando sua experiência e conhecimento no assunto.

Cada vez mais, os consumidores buscam empresas envolvidas e especialistas em seu ramo. Por exemplo, você lembra do exemplo dado no começo desse texto, sobre colecionadores de bonecas?

Para ser respeitado nesse nicho, é preciso que seu negócio demonstre conhecimento na área. Reviews de bonecas especiais e informações sobre peças de produção limitada, por exemplo, podem ajudar muito a gerar autoridade.

Outra forma de agregar valor à sua marca é dando dicas, escrevendo tutoriais e comentando as últimas notícias da área de atuação. Além de demonstrar habilidade e conhecimento no nicho de mercado, esse tipo de conteúdo mostra que você busca se manter informado das últimas tendências. Oferecer esse tipo de conteúdo gratuitamente também passará para o público a impressão de que você se preocupa com a satisfação deles e realmente está engajado na área que escolheu.

Confira a seguir algumas dicas para garantir que sua empresa domine seu nicho de mercado:

Fique atento ao conteúdo dos seus concorrentes

Não importa o nicho de mercado que você escolher, você certamente terá alguns concorrentes. Afinal, é bem difícil, hoje em dia, encontrar um nicho totalmente inexplorado. Mas isso não precisa ser um fator que impede que você domine esse mercado. Tudo o que você precisa é saber lidar com os seus concorrentes da maneira correta.

Primeiramente, fique de olho no conteúdo que eles produzem. Tanto as postagens em blogs, quanto os produtos e comportamento nas redes sociais. Isso pode te oferecer muitos tipos de informações valiosíssimas.

Por exemplo, você pode observar que tipo de conteúdo é melhor aceito pelo público. O que o consumidor mais compartilha e elogia? Que modelo de postagens consegue o melhor engajamento?

Que tipo de linguagem foi usada para atingir o consumidor? Ter esse tipo de dado pode economizar bastante tempo de pesquisa e muitas tentativas na produção do seu próprio conteúdo.

Também é interessante acompanhar seus concorrentes através da visão do cliente. Procure reviews e menções da marca nas redes sociais. Dessa forma, você vai conseguir identificar os problemas que seus concorrentes não estão resolvendo. Ou seja, possíveis diferenciais para seus produtos.

Por exemplo, imagine que um cliente está descrevendo em suas redes sociais uma experiência majoritariamente positiva com o concorrente. Veja esse modelo fictício de uma review de tintas para artesanato:

“Gostei muito da qualidade das tintas. A textura é boa e a cor é bonita, bem pigmentada. O único problema foi a entrega, que demorou um pouco.”

Será que sua empresa pode oferecer entregas mais rápidas? Existe mais demanda para isso, ou esse foi um comentário totalmente isolado?

Acompanhar de perto seus concorrentes pode te disponibilizar essas respostas. A partir delas, você é capaz de agregar valor à sua marca, oferecendo os diferenciais certos.

Produza o melhor conteúdo em relação ao seu nicho online

Você já sabe o quão importante é oferecer conteúdo de qualidade ao seu consumidor. Ao tentar dominar um nicho de mercado, isso é mais importante ainda. Seu conteúdo não pode ser apenas regular: ele deve ser o melhor da área!

Quanto mais completo e informativo for o que oferece, mais autoridade é projetada para o consumidor. O ideal é que sua empresa seja referência na área que escolheu.

Por isso é essencial dedicar-se à criação de conteúdo original, informativo, relevante e interativo. As estratégias em redes sociais são uma forma muito eficiente de atingir seu público-alvo.

Outra dica para turbinar seu conteúdo é abusar dos elementos multimídia. Imagens e vídeos são o tipo de informação que mais incentivam engajamento atualmente! Além disso, é mais fácil de lembrar de informações que você recebeu através de recursos visuais.

É importantíssimo que o conteúdo produzido não seja duplicado. Copiar conteúdos de outros sites é uma armadilha que acaba prejudicando muitos empreendedores. Pode dar mais trabalho e exigir mais investimento, mas o conteúdo original é o que vai garantir a autoridade da sua empresa.

Seu consumidor, afinal, está procurando informações novas e relevantes. E lembre-se: você está lidando com um nicho de mercado. Esse público é extremamente engajado nessa área e passa bastante tempo procurando informações sobre ela.

Quando o leitor abre o seu blog e se depara com o mesmo conteúdo que já viu em outras dez páginas, ele não ficará por muito mais tempo. Você perdeu uma oportunidade de converter um lead, ou até mesmo de fazer uma venda.

O conteúdo original de qualidade também é frequentemente compartilhado em círculos sociais nos quais a informação é relevante. Ou seja, você tem maior probabilidade de aumentar a exposição e autoridade da sua marca entre pessoas que fazem parte do seu público específico.

Escreva seu conteúdo focado na sua persona

Escrever de maneira íntima e personalizada é essencial para produzir um conteúdo poderoso. Principalmente quando falamos de nichos de mercado, é fundamental falar diretamente com o seu público.

Esse efeito pode ser alcançado a partir da definição de uma persona completa e bastante específica. Quanto mais detalhes você tiver sobre essa personagem que representa seu público-alvo, mais íntima será a comunicação.

Seu consumidor irá sentir como se você estivesse falando diretamente com ele. Isso acontece porque você realmente está. Através da persona, você criou uma representação precisa dos padrões comportamentais, desejos, objetivos e problemas do seu público. Quando você direciona sua fala para esse personagem, está conversando de forma personalizada com seu consumidor.

Por isso, é preciso detalhar o máximo possível sua persona. Pesquise com cuidado os grupos atendidos pelos nicho de mercado escolhido. Procure identificar o maior número de características em comum que puder. Isso inclui interesses, características físicas, traços de personalidade, perfis de consumo e muito mais.

Se você estiver tendo dificuldades em definir a persona para sua empresa, pode usar essa ferramenta online para organizar melhor o processo. Essa é apenas uma das opções disponíveis. Você pode encontrar outras ferramentas de sua preferência, além de usar o guia completo sobre o assunto que escrevi.

De forma geral, seu objetivo deve ser garantir que o consumidor se identifique no seu conteúdo. É preciso falar diretamente com ele, abordando seus objetivos, desejos e problemas. Afinal, como já expliquei, para se destacar em um nicho de mercado é preciso oferecer soluções para problemas bastante específicos.

Use dados, números e estatísticas

Reforço isso sempre que posso: é importantíssimo estudar os números envolvidos nas suas ações de marketing. Para conseguir realmente se tornar referência em um nicho de mercado, você não pode trabalhar simplesmente com achismos.

É preciso ter referências realistas em relação a todos os aspectos envolvidos. Qual é o tamanho desse nicho atualmente? Ele possui potencial de crescimento? As pessoas realmente se incomodam com o problema que estou tentando oferecer? O quão eficiente minha solução é?

Muitas ideias podem parecer incríveis, mas perante um estudo mais detalhado do nicho de mercado, fica claro que não são viáveis. Por isso, é mais do que essencial contar com dados, informações e estatísticas tangíveis, atualizadas e reais.

As ferramentas que indiquei anteriormente nesse texto podem te ajudar imensamente com esses estudos. Lembre-se: quanto mais detalhes você obter sobre o nicho de mercado, melhor.

Confira alguns dos dados nos quais você deverá prestar atenção antes de investir:

Volume de pesquisa nas palavras-chave;

  • Tendências de busca;
  • Tendências de hashtags e menções em redes sociais;
  • Engajamento no conteúdo dos competidores;
  • Vendas dos competidores;
  • Reclamações em comum sobre os produtos dos competidores, com avaliação de frequência em que aparecem;
  • Número de participantes nos maiores grupos dedicados ao nicho nas redes sociais (você pode verificar o facebook e o reddit, por exemplo);
  • Disponibilidade de soluções eficazes para os problemas mais comuns do nicho;
  • Estatísticas do seu site, incluindo as páginas mais visitadas e a ordem das visitas;
  • Números nas suas redes sociais, incluindo a identificação do tipo de conteúdo mais popular.

Esses são apenas alguns exemplos. Não deixe de explorar bem o nicho de mercado escolhido e identificar os dados mais importantes para sua empresa.

Monitore os seus resultados através das métricas

Sem monitoramento, é impossível crescer. Principalmente ao trabalhar com produtos e serviços inovadores, quando você trilha um caminho ainda não explorado. Acompanhar as métricas mais importantes para sua campanha é essencial para garantir que tudo esteja funcionando corretamente.

Para definir quais números você deve acompanhar, você pode utilizar os KPIs, ou Key Performance Indicators. Escrevi anteriormente um guia completo sobre como usar esse método para acompanhar a performance das suas campanhas. Você pode encontrar o conteúdo nesse link. Eu recomendo essa leitura, já que ela tornará a seleção de métricas muito mais fácil.

De maneira geral, você precisa identificar quais são os números mais importantes. Isso vai depender dos objetivos da sua campanha.

É fundamental que você tenha em mente: esses dados precisarão ser acompanhados de perto. Quanto maior a frequência dos relatórios e análises, melhor será o desempenho da sua empresa. Isso porque, ao avaliar dinamicamente suas ações, é possível identificar problemas logo no começo. Quando eles são menores e ainda não geraram muito prejuízo, é muito mais fácil gerenciá-los.

Identificar os problemas rapidamente ajuda a implementar soluções mais eficientes. Quanto mais específicos são os relatórios, mais simples é avaliar qual é a solução ideal.

E os relatórios não servem apenas para identificar problemas. Também detectam potencialidades e os tipos de estratégia que estão gerando melhores resultados. Dessa forma, você pode dividir melhor seus investimentos e focar nas ações que causam os melhores efeitos no seu consumidor.

Monitorar é essencial para vencer! Conheça nesse outro post algumas ferramentas para te ajudar no acompanhamento das suas campanhas. Esse é mais um passo em direção à liderança do seu nicho de mercado!

Conclusão

Escolher o nicho de mercado certo para você pode fazer uma diferença enorme para o sucesso da sua empresa. Afinal, é muito mais fácil se destacar quando o público-alvo é mais específico.

Você poderá focar seus investimentos em marketing direcionado, que é muito mais efetivo. Além disso, tem a chance de se tornar uma referência em autoridade no nicho de mercado escolhido. Isso é ótimo para a imagem de sua empresa.

Para quem está começando no mundo do empreendimento, encontrar um nicho de mercado com o equilíbrio certo entre demanda e oferta é essencial. Se você encontrar um problema específico que ainda não é abordado pelas soluções disponíveis no mercado, essa é uma oportunidade de ouro!

No entanto, lembre-se que você precisa gostar muito e conhecer bem o seu nicho de mercado. Você irá trabalhar com um público exigente, que sabe muito bem o que procura. Por isso, para conseguir projetar autoridade, você precisa estar bem informado e demonstrar paixão pela área.

Não esqueça, também, que é preciso ficar de olho nos seus concorrentes. Acompanhar as ações de quem compete com você pelo nicho pode te oferecer informações valiosas sobre o seu público. Além, é claro, de possibilitar que você identifique quais são os diferenciais que seu consumidor precisa – e que seu concorrente não fornece.

Nesse artigo, você aprendeu tudo que precisa saber para se tornar um expert. Agora, você pode identificar o seu nicho de mercado de maneira eficiente e precisa!

Quer aprender mais sobre como fazer sua empresa crescer? Dê uma lida nesses outros post do blog:

E você, que estratégias utiliza para ter ideias inovadoras na hora de definir o seu nicho de mercado? Me conte nos comentários e aproveite para deixar sua pergunta se ficou com alguma dúvida!

Compartilhe