Como Anunciar no YouTube e Aumentar o Faturamento do Seu Negócio

Youtube

O YouTube não está de brincadeira.

Ele tem mais de um 1 bilhão de usuários e as pessoas estão assistindo 50% mais vídeos na plataforma ano após ano.

Para os profissionais de marketing e proprietários de pequenas empresas, isso representa uma enorme oportunidade para atingir seu público-alvo.  

A plataforma pode parecer um pouco difícil no começo, porque fazer anúncios no YouTube se baseia apenas em vídeo.

Você não precisa ser um diretor de cinema talentoso para criar um anúncio de vídeo do YouTube que vai gerar receita para o seu negócio.

Baixe esta planilha com um passo a passo que mostra como o anúncio no YouTube pode te ajudar a crescer o faturamento do seu negócio.

Neste artigo, vou te mostrar como fazer um anúncio no YouTube para crescer a sua empresa.

Vamos dar uma olhada em como a plataforma funciona e o processo que você precisa desenvolver a fim de obter um retorno sobre o investimento. 

Os diferentes tipos de anúncios do YouTube

Em termos gerais, existem dois tipos de anúncios do YouTube: ‘anúncios que podem ser ignorados e os anúncios não podem ser ignorados.’

Anúncios que não podem ser ignorados são anúncios que forçam as pessoas a assistir. Eles só podem ser de 15 a 20 segundos de duração.

Esses tipos de anúncios conseguem um engajamento melhormas eles também têm uma taxa de abandono superior.

Esses anúncios também tendem a ter uma má reputação porque parecem forçados. Mas se os seus anúncios são bons e direcionados de forma eficaz, eles não vão representar problemas.

Anúncios que podem ser ignorados também são conhecidos como anúncios TrueView. Esses são os anúncios que não forçam as pessoas a assistir. Eles podem ser apresentados de duas maneiras: ‘In-stream’ e ‘In-display’.

Agora, o YouTube não diz realmente que há um comprimento máximo para anúncios de vídeo TrueView.

image15

O que o YouTube oferece, no entanto, são algumas sugestões – especialmente para os anúncios In-stream.

51% dos anúncios In-stream tem entre 15 e 30 segundos.

Se você quiser fazer seus anúncios mais longos do que isso, você pode querer manter o comprimento do vídeo em cerca de 3 minutos (como sugere o YouTube).

Os anúncios In-display não possuem exatamente um tempo de execução máximo sugerido. Esses anúncios podem ser usados para levar as pessoas diretamente para um vídeo do YouTube. 25% dos vídeos assistidos em Tablets possuem mais de 60 minutos.

Então, se o vídeo que você deseja anunciar é longo e de valor, o In-display pode funcionar melhor para você.

Em todo caso, se você quiser saber como investir no YouTube anunciando e criar um ad a partir do zero, você pode querer um anúncio curto para que ele seja fácil de ser criado.

Você não precisa seguir as sugestões dadas, apesar de que, se você seguir, as chances do seu anúncio ser rejeitado irão diminuir.

In-stream são anúncios mostrados no início de um vídeo. São um dos tipos de anúncios mais comuns que as pessoas usam para anunciar no YouTube.

As pessoas não necessariamente estão prestando atenção nos ‘anúncios in-stream.’ Um estudo analisou que 72% dos “anúncios de vídeo in-stream” são vistos até o fim.

image38

Se você é novo no que diz respeito a anunciar no YouTube, anúncios In-stream podem ser uma ótima maneira de entrar no jogo. O in-stream pode ser utilizado para conseguir uma variedade de objetivos.

Uma concessionária de automóveis conseguiu aumentar o número de visitantes únicos mensais do seu site em 18%, usando ‘anúncios in-stream.’

image46

Eles descobriram que a publicidade em vídeo convertia 4x mais do que todos os seus outros canais e também conseguiu um retorno de 12x sobre o investimento.

Se você estiver querendo enviar o tráfego para seu site da mesma forma que essa campanha fez, você precisa ter certeza de que seu site esteja configurado para que ele possa lidar com esse tráfego de entrada.

Isso significa que você precisa torná-lo fácil de usar, mas também muito claro em termos do que os visitantes precisam fazer logo a seguir. Especialmente se eles querem alguma resposta sobre as informações contidas no anúncio que os levou até lá.

Se você não está enviando pessoas para um site completo, mas sim para uma landing page, você precisa ter certeza de que ela foi otimizada para conversões e não irá confundir os visitantes.

Você pode fazer isso mantendo a mesma mensagem no anúncio e na landing page.

Os anúncios In-stream também podem ser usados para aumentar os assinantes do seu canal do YouTube. Essa é uma ótima maneira de construir um público fiel que se envolve com o seu conteúdo regularmente.

Revzilla conseguiu triplicar os assinantes do seu canal no YouTube e gerar receitas com 8 dígitos com a ajuda de anúncios In-stream.

Se você quer construir um canal usando anúncios In-stream, é importante que você crie consistentemente novos conteúdos.

Isso foi o que ajudou a Revzilla a construir sua autoridade.

O público que eles conseguiram como resultado de anunciar no YouTube, continuou a voltar ao seu canal, porque eles continuaram a postar consistentemente conteúdos interessantes.

image54

A Zagg, uma empresa que fornece protetores de tela, conseguiu melhorar as conversões em 65-70% das páginas de produtos, ao anunciar no YouTube com anúncios In-stream.

image10

Sua campanha do YouTube In-stream também gerou 13 milhões de visualizações para um canal do YouTube de um produto específico.

Seus anúncios funcionaram tão bem, porque eles segmentaram muito bem.

Eles se concentraram em certas localizações geográficas e certos dados demográficos. Eles só conseguiram fazer isso porque conheciam seu mercado-alvo muito bem.

Se você quiser obter resultados semelhantes, você precisa conhecer bem o seu mercado-alvo.

Considere desenvolver uma Buyer Persona do seu cliente ideal. Isso irá ajudá-lo a preencher com precisão as opções de segmentação quando você estiver criando seus anúncios.

Os vídeos da ZAGG também fizeram várias vendas indiretas (53% de todas as decisões de compra nos EUA são influenciadas por vídeos do YouTube). Isso ajudou a manter as taxas de conversão altas nas páginas do produto – porque o vídeo já mostrou aos telespectadores o que o produto poderia fazer.

Eles mostraram um vídeo de uma chave arranhando um iPhone . Também mostraram o que aconteceu quando um iPhone, utilizando a sua tecnologia, foi colocado sob um peso de 450 quilos).

As pessoas podem não se preocupar com um peso de 400kg em cima do telefone delas, mas várias pessoas se preocupam com suas chaves arranhando seus telefones.

Esses vídeos mostraram que havia uma maneira de evitar esse problema. Depois que as pessoas assistiram ao vídeo, elas já sabiam que o produto valia o seu preço.

Agora tudo o que elas tinham que fazer era ir para a página do produto e clicar no botão adicionar ao carrinho.

Se você anunciar um vídeo que pode transmitir valor tão claramente como o que a Zagg usou, então seus vídeos também vão se conectar com seu mercado-alvo e produzir conversões altas.

Você também pode criar uma forma de anunciar no YouTube chamada anúncios In-display. São os anúncios que são exibidos nos resultados de busca, seção de vídeos relacionados ou como sobreposições de vídeo.

image04

Você vai notar que há que há uma caixa à direita que menciona “sites parceiros.”

Como nós estamos anunciando apenas no site do YouTube, essa opção não está aberta para nós.

Os anúncios in-display não são tão invasivos como os outros tipos de anúncios que discutimos até agora. Isso não significa que eles não sejam bons, pois eles ainda podem gerar resultados para suas campanhas.

O YouTube é o segundo maior motor de busca do mundo.

Se custa muito caro para você anunciar na lista de busca do Google, você pode querer anunciar na lista de busca do YouTube.

Very Pink, uma empresa que oferece instruções de tricô, fez exatamente isso e eles acabaram pagando cerca de 3 centavos por visualização. Um resultado muito bom!  

image49

E as visitas que conseguiram não era ‘tráfego de baixa qualidade’.

A ‘ taxa de visualização do vídeo ‘ estava em torno de 10% — isso significa que 10% das pessoas que viram o vídeo, o assistiram completamente — portanto, ele era relevante para elas.

A Very Pink melhorou sua estratégia de anúncio criando vídeos do YouTube especificamente para determinados termos de palavra-chave.

Por exemplo, se houvesse um grande número de pessoas procurando pelo termo “como fazer um cachecol espiral”, mas a Very Pink não tivesse um vídeo para coincidir com essa palavra-chave – eles acabavam criando um.

O vídeo era anunciado então usando anúncios In-display. Isso permitiu que ele aparecessem na lista de busca quando as pessoas procuravam a palavra-chave “como fazer um cachecol espiral,” por exemplo.

Vídeos como esse iriam aparecer no topo das listas de busca, e seus títulos combinariam com as palavras-chave pesquisadas. Portanto, eles eram altamente relevantes.

Relevância é importante. 48% dos usuários de dispositivos móveis dos Estados Unidos preferem ver os anúncios que estão relacionados com o conteúdo que eles estão assistindo.

Como esses vídeos pareciam ser relevantes, uma porcentagem significativa das pessoas iria encontrá-los nos resultados e clicariam para assisti-los.

E então parte dessas pessoas se tornaria assinante, e outra parte acabaria se tornando cliente.

Se você quiser encontrar rapidamente algumas palavras-chave populares que estejam relacionados com a sua oferta, basta fazer uma busca no YouTube.

Vamos dizer que nós também queremos criar alguns anúncios relacionados a tricô, mas não sabemos quais palavras-chave devemos segmentar.

Tudo que temos que fazer é digitar ‘como tricotar um cachecol,’ e, em seguida, olhar os resultados que aparecem na lista suspensa, como na imagem abaixo.

image08

Vamos discutir a segmentação em detalhes mais adiante. No entanto, usando essa técnica, você pode ver como é fácil encontrar algumas palavras-chave que você poderia escolher para seus anúncios.

Semelhante aos anúncios In-stream, anúncios In-display também podem ser usados para crescer um canal do YouTube.

Undercover Tourist, uma empresa que fornece bilhetes de desconto para parques temáticos, descobriu que poderiam gerar cerca de 30.000 visualizações por dia no seu canal no YouTube, usando anúncios que foram exibidos ‘In-display.’

image25

Como o canal no YouTube já tinha muito conteúdo relevante, eles mantiveram o ritmo, para que os visitantes pudessem conferir outros conteúdos também (semelhante ao Revzilla).

Quanto mais vídeos os visitantes visualizavam, mais envolvidos se tornavam com a empresa.

Se você quer alcançar resultados semelhantes, garanta que seu canal do YouTube seja preenchido com uma quantidade razoável de conteúdo em primeiro lugar, antes de anunciá-lo.

Você também pode querer criar um ótimo vídeo de boas-vindas, como fez a Undercover Tourist. Esse vídeo é muitas vezes referido como um vídeo trailer.

Ao entrar no canal deles, você é imediatamente recebido com uma mensagem de boas-vindas por um vídeo que explica o que a Undercover Tourist pode fazer por você.

Se quiser criar um vídeo de boas-vindas para o seu canal, você pode precisar seguir algumas regras.

Uma delas é que o vídeo deve ser curto – aproximadamente menos de um minuto.

Ele também precisa atrair os espectadores o mais rápido possível. Você pode fazer isso explicando rapidamente o que você tem a oferecer, ou ao falar sobre os benefícios relacionados ao uso do seu canal.

Você também quer lembrar as pessoas de se inscreverem em seu canal. Se você estiver construindo seu canal no YouTube, isso é importante.

Claro, se você quer que as pessoas façam outra coisa; tudo bem – apenas certifique-se de dizer a elas o que fazer.

Outra coisa que você notará na página do canal Undercover Tourist, é que você é apresentado a uma descrição do vídeo que fornece links com base no conteúdo do vídeo.

A descrição utilizada para um vídeo de boas-vindas também deve conter um call to action – assim como seu vídeo faz.

Há também detalhes da empresa/marca na página do canal. Você pode pensar que isso não é essencial, embora possa ser útil ao lembrar os visitantes que eles estão no lugar certo.

Isso funciona de forma semelhante a quando você clica em um anúncio e, em seguida, é levado a uma landing page que tenha o mesmo design. Isso ajuda a construir a confiança.

Para resumir, se você não tem um grande vídeo de boas-vindas ou se você não tem uma quantidade razoável de conteúdo no seu canal, as pessoas podem não querer assiná-lo.

Isso naturalmente vai manter o seu crescimento de assinantes baixo e pode até mesmo fazer com que você desperdice uma boa parte de seus gastos com anúncios.

Os visitantes podem simplesmente clicar na página do canal e, em seguida, sair dele se não houver uma razão para continuarem.

Como criar vídeos para anunciar no YouTube

Os vídeos são essenciais para anunciar no YouTube. Afinal, se você não tem um vídeo, você não pode executar qualquer anúncio.

Se você está nervoso com relação à criação de anúncios em vídeo, você pode simplesmente contratar alguém para te ajudar

Uma empresa como a Demo Duck pode te ajudar a fazer o trabalho. Eu contratei a Demo Duck antes e documentei a minha experiência aqui.

image28

Eu descobri que você não pode simplesmente entregar o trabalho para eles. Você precisará fornecê-los com a matéria-prima necessária, a fim de criar um vídeo atraente.

Para vídeos, a matéria-prima tende a ser um roteiro.

É importante que você crie o roteiro, pois você sabe como ninguém a melhor forma de vender seu produto.

Empresas de vídeo não vão conhecer o seu produto tão bem quanto você e, por isso, não serão capazes de explicar os benefícios também.

Ao criar um roteiro para YouTube, considere usar a seguinte abordagem. Eu usei esta abordagem para escrever o roteiro do vídeo explicativo do CrazyEgg –

image40

Se você está com um orçamento apertado, então você pode não ser capaz de pagar as empresas que fazem vídeos explicativos.

Tudo bem – embora talvez seja necessário passar por algumas dificuldades. Isso significa que você pode ter que se acostumar a estar na frente da câmera

O YouTube tem uma ferramenta de ‘Adbuilder’ (construtor de anúncios) que te ensina como criar vídeos no YouTube. 

O YouTube irá guiá-lo no processo de gravação do seu anúncio e vai te ajudar a lidar com cada um dos passos que estão envolvidos durante a gravação de um anúncio.

image29

Se você quiser usar a ajuda do YouTube para gravar um anúncio em vídeo, vá para https://www.youtube.com/videoadbuilder .

Nessa página, você verá uma variedade de temas. Como queremos criar um anúncio que vai melhorar as vendas, eu escolhi o tema “Criar uma promoção”.

image55

Depois de selecionar esse tipo de anúncio, o YouTube irá explicar os passos que você precisa dar em seguida.

Para cada um dos temas de anúncios, o YouTube tem fornecido um guia que explica como você precisa passar pelo processo. Clique no botão “Open Guide” para ver o guia.

image07

No guia, há uma explicação sobre os vídeos que você precisa gravar e algumas dicas sobre como criar um roteiro.

image24

O YouTube recomenda o uso de um aplicativo chamado Directr, para gravar o vídeo dos seus anúncios.

Você pode usar esse aplicativo para gravar o material bruto necessário para o anúncio. Claro, você também pode apenas gravar as imagens usando a câmera do seu telefone.

O benefício do app Directr, no entanto, é que ele te dá alguns modelos de storyboard.

O Directr também torna mais fácil o upload dos seus vídeos para o YouTube.

Se você não for utilizar o aplicativo, planeje seu vídeo com cuidado, para que você saiba o que você precisa gravar e o que você precisa dizer.

Este é o lugar onde o guia pode ser uma grande ajuda.

  1. Se você não usar o aplicativo Directr, você pode usar a ferramenta de anúncios de vídeo fornecido pelo YouTube para combinar cada pedaço de material bruto que você gravou.

image17

Na segunda página do Adbuilder, você será capaz de fazer o upload dos pedaços da gravação.

Se você seguiu o guia ao pé da letra, você deve ter uma imagem e vídeo para inserir em cada uma das caixas.

Tenha em mente que você não tem que seguir as orientações diretamente, embora elas te deem uma boa estrutura para criar um anúncio em vídeo, principalmente se você é novo no que diz respeito a anunciar no YouTube.

Na terceira página, você vai ser capaz de adicionar uma música de fundo.

image17

A música que você selecionar vai depender do que você está anunciando, embora a ferramenta ajude a escolher uma música animada.

Na quarta página, você será capaz de realmente publicar seu vídeo.

image33

Coloque um título e uma descrição no vídeo. Você não precisa se preocupar com as configurações de privacidade neste momento.

Você vai notar que, quando você publicar seu vídeo, você será perguntado se você quer ir para o Adwords.

Ao clicar nesse botão, o processo de criação dos anúncios reais pode ficar um pouco difícil. Então, pode ser interessante seguir os passos que vou passar abaixo.

Configurações Para Anunciar no YouTube

Vamos falar sobre como você pode realmente criar seus anúncios do YouTube.

Como mencionado, existem “anúncios que podem ser ignorados” e “anúncios não podem ser ignorados.” O processo de configuração de cada um requer uma abordagem diferente.

Vamos dar uma olhada em como você pode criar um “anúncio que não pode ser ignorado.” Primeiro, vá para sua conta do Google Adwords. Normalmente você pode fazer isso visitando o https://adwords.google.com .

Em seguida, você deve ver esta página.

image50

Você precisa clicar no botão ‘campanha’ de modo que você possa criar um nova campanha de anúncios que “não serão ignorados”.

Quando você clica no botão ‘campanha’, você precisa selecionar a opção “Apenas Rede de Display “.

image16

Em seguida, você precisa preencher alguns detalhes da campanha.

No momento, eu escolhi “Nenhum objetivo de marketing.” Descobri que isso torna mais simples para passar pelo processo de criação de anúncios mais tarde.

Em seguida, você precisa escolher um local para a sua campanha. Você não precisa se concentrar apenas no seu país, 80% do tráfego do YouTube vem de fora dos EUA.

Você não precisa seguir à risca as opções escolhidas aqui, então não se preocupe se você quiser mudar a localização posteriormente.

Mesmo se você bagunçar as coisas, você pode simplesmente criar uma campanha nova e mais avançada, já que você aprendeu como configurar os conceitos básicos de uma campanha que “não será ignorada”.

image00

Quando você rolar a página, você verá mais algumas opções. Eu deixaria a “estratégia de lance”, como está agora, assim como a opção “extensões do anúncio”.

Você, no entanto, precisa se concentrar no campo Orçamento. Esse é o valor que você pode gastar por dia, em seus anúncios. Você pode alterar isso mais tarde.

Por agora, basta colocar uma quantidade modesta que você pode pagar. Lembre-se de mudá-lo mais tarde se você precisar.

image36

No momento, você não precisa ajustar as configurações avançadas. No entanto, se você é bom em Adwords, você pode querer se envolver um pouco aqui. Mas para os iniciantes, eu não me preocuparia com isso.

image35

Ao preencher as opções relevantes, clique no botão “Salvar e Continuar”.

image34

Então, você vai ver esta página.

image26

Dê um nome ao seu grupo de anúncios.

Em seguida, você precisa escolher como você irá segmentar o seu grupo de anúncios. É como se você estivesse decidindo quem irá ver o seu vídeo.

Importante: na seção de segmentação, você precisa escolher a opção do Youtube.com.

Ao escolher a opção do YouTube, você garante que seus anúncios sejam exibidos somente no site do YouTube.

Para escolher uma opção de exibição, clique no botão “usar um método de segmentação diferente”. Em seguida, selecione a opção “Canais” do menu de opções.

image41

Escreva YouTube e selecione a opção que tem 2.5B-3B impressões por semana, clicando nas ‘ duas setinhas ‘.

Image23

Agora vamos nos concentrar em como segmentar o nosso anúncio para que ele seja exibido para as pessoas certas.

Clique no botão ‘Limitar sua segmentação (opcional)’.

Embora seja opcional, ele não é realmente opcional, se você quer segmentar seus anúncios e levá-los às pessoas certas.

Se você é novo em anunciar no YouTube, a maneira mais fácil para segmentar os anúncios é selecionando a opção “Tópicos”.

Digamos que eu queira direcionar pessoas interessadas em SEO. Eu só insiro o tema SEO e, em seguida, seleciono as opções relevantes que aparecem.

image48

Você vai notar que há um gráfico no lado direito da página, que lhe permite saber quantas impressões seus anúncios podem conseguir.

O que você vê neste gráfico correlaciona com a forma como o seu anúncio está segmentado.

image12

Esse gráfico te dá uma sensação de potencial. Quando o número é alto, há uma maior capacidade de exibir o seu anúncio, sem que ele se torne saturado.

Ao selecionar os seus tópicos, clique em “Salvar e Continuar”.

Na página seguinte, você vai ver a oportunidade de criar um anúncio. No entanto, nesta página você não vai criar o tipo de anúncio que “não será ignorado”.

Então, basta clicar em “Pular criação de anúncio.”

image32

Em seguida, você deve ver esta página. Clique na guia Anúncio.

image22

Em seguida, clique no botão ‘+ AD’, e selecione “Galeria de anúncios.”

image56

Na próxima página, selecione ‘anúncios em vídeo’.

image18

Em seguida, selecione “anúncio de vídeo In-stream.”

image14

Esaa é a página onde você poderá fazer o upload do seu vídeo. Como discutido antes, um vídeo que “não pode ser ignorado” só pode ter de 15 a 20 segundos de duração.

Forneça o link do vídeo no YouTube ou faça o upload do vídeo agora.

image27

Depois de fazer o upload do vídeo, insira uma “URL de Display” e a URL de uma “landing page”.

A URL da landing page é a página que as pessoas serão levadas quando clicarem no seu vídeo.  

A URL de Display (visualização) é apenas isso – a URL que é exibida, mas não necessariamente a que o espectador é levado quando clicar no anúncio.

Em seguida, clique no botão “Salvar” na parte superior da página.

image47

Então, você só tem que esperar que o Adwords aprove o seu anúncio.

image39

Vamos dar uma olhada em como você pode criar ‘anúncios que podem ser ignorados.’ Como você sabe, você pode criar anúncios In-stream e anúncios In-display.

Nós vamos cobrir as duas opções agora. Elas são criadas de forma muito semelhante.

Como foi feito anteriormente, vá para a sua página inicial do AdWords.

Desta vez, selecione ‘Vídeo’ no menu suspenso ‘+ Campanha’.

image05

Em seguida, você deve ver esta página.

image11

Insira um “Nome da campanha” e, em seguida, defina um orçamento para a campanha.

Importante: Desmarque a opção ‘vídeos em sites parceiros do Google, aplicativos e Rede de Display.’

Escolha um local para a sua campanha, em termos de onde você quer que ela seja direcionada.

Em seguida, você precisa escolher um idioma para a sua campanha.

image31

Você tem a opção aqui de escolher os dispositivos que deseja alcançar. Isso, é claro, vai depender de que tipo de campanha que você está querendo criar.

Tenha em mente, porém, que cerca de 50% das visualizações no YouTube são de dispositivos móveis.

A opção “lance para dispositivos móveis,” permite variar os lances dos seus anúncios quando eles são exibidos em dispositivos móveis. Eu não me preocuparia com isso por enquanto.

Clique em “Salvar e continuar”, e avance para a próxima página.

Você agora tem a oportunidade de criar o seu “Grupo de anúncios”.

image52

Nomeie o seu grupo de anúncios e cole o link do vídeo do YouTube que você deseja anunciar.

Como você pode ver, você tem a opção de selecionar “anúncios In-stream” ou “anúncios In-display.”

Se você escolher “anúncio In-stream”, você verá as seguintes opções.

image13

Não é tão complicado preencher os campos, pois tudo que você tem quer fazer é fornecer uma URL de visualização e uma URL final (a página que os espectadores são levados quando clicarem no vídeo).

Com relação ao banner complementar, você pode fazer o upload de algumas de suas próprias imagens ou deixar o YouTube selecionar as imagens para você. As imagens são normalmente criadas usando o seu vídeo.

Se você selecionar “anúncios In-display”, você verá estas opções em seu lugar.

image09

Aqui você precisa digitar um título e uma descrição. Agora, a criação do título e descrição é uma arte em si.

Se você quiser criar um bom título, certifique-se de chamar a atenção das pessoas que sejam relevantes para o seu vídeo.

Por exemplo, se eu estivesse direcionando às pessoas que precisam de serviços de SEO, eu poderia dizer – ‘Precisa de ajuda com SEO?’

Se você segmentar seus anúncios por palavra-chave, então, garanta que este anúncio tenha a palavra-chave no título. Um exemplo pode ser “Aprenda como escrever posts para SEO.”

Vídeos “Como Fazer” estão se tornando cada vez mais populares no YouTube. Para você ter uma ideia, 100 milhões de horas de vídeos “Como Fazer” foram vistos em 2015.

Se você puder incorporar “Como Fazer” nos seus títulos, você estará aumentando as chances de sucesso do seu anúncio.

Veja o exemplo da ‘Very Pink’ se você precisar de alguma inspiração.

Isso vai fazer o anúncio parecer mais relevante e, portanto, vai atrair mais pessoas para clicarem nele.

image03

O exemplo acima foi encontrado quando eu procurei ‘aprender a programar.’  Veja como ele aborda um pensamento que pode já estar passando na minha cabeça.

Se eu quiser aprender a programar, há uma grande chance que eu queira ser um programador. O título aqui me chama a atenção, porque ele aborda o desejo que eu poderia ter.

Se o título chamou a atenção das pessoas, a descrição terá que motivar as pessoas a clicarem para saber mais.

Você pode criar uma grande descrição , listando alguns benefícios. Você pode, por exemplo, dizer: ‘Este vídeo revela como cheguei a 10.000 visitantes mensais para o meu site. Clique aqui agora.’

Há um limite de caracteres para as descrições. É preciso levar isso em conta.

image43

A descrição para esse anúncio é muito clara e rica em benefícios.

Ela diz às pessoas o que está em oferta, e inclui também um ótimo call to action que incentiva as pessoas a clicarem no anúncio para que elas possam assistir ao vídeo.

Para a imagem, certifique-se de usar algo que seja atraente. Fotos de rostos tendem a funcionar bem quando se tenta chamar a atenção.

image42

Essa imagem tem um texto. Ela também tem uma imagem de uma pessoa apontando para o texto. Se você notar, a caixa também tem um contorno vermelho.

Todos esses fatores contribuem para torná-la mais atraente. Mesmo se você usar apenas um desses elementos em suas imagens, você pode ser capaz de melhorar o desempenho.

Você vai perceber que o tempo do vídeo é exibido no anúncio. Você pode testar seus anúncios para ver os impactos da duração do vídeo no número de pessoas que clicam em seu anúncio.

Se você está acostumado a usar anúncios do Facebook, você vai descobrir que há um monte de relações. Em essência, embora esse seja um tipo diferente de anúncio, os mesmos princípios ainda se aplicam.

Você poderia até argumentar que o YouTube é a interseção entre o Adwords e os Anúncios do Facebook.

Quando você seleciona a opção In-display, você pode decidir se quer que seu anúncio leve as pessoas para o vídeo que você está anunciando ou para sua página do canal.

A opção que você escolher vai depender da qualidade da sua página do canal e, mais importante, dos seus objetivos para a campanha.

Se você quiser que as pessoas somente assistam ao vídeo, basta levá-las direto para a página do vídeo.

image45

Agora, você precisa definir o seu lance. Mas antes de fazer isso, talvez seja melhor definir suas opções de segmentação em primeiro lugar.

Para esse tipo de anúncio, você não precisa definir o canal como YouTube.

Em termos de segmentação, você pode apenas seguir os passos estabelecidos antes.

Se você está se sentindo corajoso, você pode querer segmentar por palavra-chave.

Se você quiser fazer isso, digite uma palavra-chave que esteja relacionada com o seu vídeo e o mercado que você está tentando atingir.

Selecione o botão “Procurar palavras-chave relacionadas,” e, em seguida, adicione as palavras-chave.

image51

É importante definir o seu lance depois disso, pois as sugestões de valores para os lances vão mudar após definir a segmentação.

Você pode ver que a minha sugestão de ‘Cost Per View’ (custo por visualização) já aumentou, como resultado da segmentação dos meus vídeos de forma diferente.  

image02Ao definir um lance, comece no topo, para que você possa rapidamente ter uma noção de como os seus anúncios estão funcionando.

Quando você insere um valor de lance, você vai notar que aparecerão algumas previsões sobre os resultados da sua campanha.

image20

Você pode ver que há uma estimativa de 0 a 700 visualizações por semana no nível de orçamento que eu defini. Mesmo que eu tenha definido um lance alto, as sugestões ainda se encontram em torno de £ 0,19 por visualização.

Isso porque os lances do YouTube funcionam da mesma maneira que o AdWords  usando um leilão.

Depois de ter feito tudo isso, clique em “Salvar grupo de anúncios.”

image44

Você pode então ligar sua conta do Adwords no seu canal do YouTube. Esta é uma boa ideia, porque ele vai deixar você reunir dados muito úteis que você pode usar mais tarde para melhorar suas campanhas.

image53

Depois de vincular o seu canal, volte e clique no botão “Finalizar”. Agora você só tem que esperar os seus anúncios serem aprovados pelo Adwords.

image21

Otimizar suas campanhas ao longo do tempo

Tal como acontece com todas as campanhas, ao anunciar no YouTube você vai precisar monitorar seus anúncios ao longo do tempo.

Para anúncios ‘que tem a possibilidade de serem ignorados’ pelos usuários, uma métrica que você precisa prestar atenção é a “taxa de visualização.” Em anúncios que podem ser ignorados pelos usuários, isso representa o número de pessoas que assistem seu vídeo, depois de terem sido expostas ao anúncio.

Nota: Isso é diferente da ‘view through rate’ (taxa de visualização completa do vídeo).

image06

Se sua taxa de visualização é baixa, os problemas abaixo podem estar acontecendo –

  • Seu título não está atraindo as pessoas
  • Sua descrição não encoraja as pessoas a clicarem
  • Sua imagem em miniatura não é atraente.
  • As pessoas estão entediadas ao ver seu vídeo (assumindo que a taxa de visualização já foi alta)

É difícil conseguir acertar de primeira. Por conta disso, você pode querer criar variações do mesmo anúncio, mas com títulos, descrições e imagens diferentes.

Ao fazer isso, tente e só mude uma coisa de cada vez, para que você saiba quais mudanças estão realmente contribuindo para um aumento no resultado.

Se muitas pessoas estão ignorando seus vídeos, você também pode querer experimentar alterar os cinco primeiros segundos do vídeo.

Pode ser apenas que seus vídeos não estejam engajando as pessoas tão bem como deveriam estar.

Quando se trata de anúncios que “não podem ser ignorados pelo usuário”, as métricas que você deve se atentar são diferentes.

image01

Aqui você vai querer colocar seu foco na “taxa de cliques” (CTR). O seu CTR vai deixar você saber se o seu anúncio está sendo exibidos para as pessoas certas.

image37

Se o seu CTR for baixo, então, seu anúncio provavelmente é irrelevante para as pessoas que ele está segmentado.

Será necessário alterar a sua segmentação, de modo que o vídeo seja mostrado para um outro grupo de pessoas.

Claro que, se o seu CTR for baixo, então pode ser também que o vídeo não seja bom o suficiente. Pode ser, por exemplo, que o vídeo não vai direto para o ponto de forma clara.

Como resultado, os espectadores não vão saber qual é o objetivo do vídeo e não se sentirão atraídos a clicarem no vídeo para saber mais.

No entanto, como com todas as campanhas de marketing pagas, há apenas uma métrica que realmente importa, o seu retorno sobre o investimento. Você também pode se referir a isso como o seu “ganho por clique”, ou neste caso “ganho por visualização.”

Se você está ganhando mais dinheiro do que você está pagando por visualização, então seus anúncios são, obviamente, lucrativos.

No entanto, se você está pagando mais por visualização do que você está ganhando, algo não está certo na sua campanha.

Você não deve sempre culpar os seus vídeos e seus anúncios ao executar uma campanha paga no YouTube.

Isso porque os seus anúncios podem ser projetados para encorajar as pessoas a visitarem um site.

No entanto, se o seu site não estiver otimizado para conversões, então ele não vai transformar os visitantes do site em leads ou clientes.

Lembre-se sempre de ser minucioso na sua abordagem. Você vai saber que seu site é um problema, quando o seu ‘CTR’ e ‘taxa de visualização’ forem altos, mas a captação de leads for baixa.

Com o tempo você será capaz de otimizar sua segmentação de anúncios por meio das análises que o YouTube te oferece.

Você pode acessar as análises, indo para o ‘Creator Studio’ e clicando em análise.

image30

Utilizando os dados fornecidos, você pode reduzir seu gasto com anúncios e melhorar suas conversões, pois você será capaz de mostrar mais seus anúncios para as pessoas que se preocupam com a sua oferta.

Conclusão

Anunciar no YouTube representa uma nova oportunidade para você atingir seus clientes potenciais.

Tal como acontece com todas as plataformas de anúncios, você precisa saber o que você está fazendo para não perder dinheiro.

Isso inclui saber como criar vídeos atraentes e como direcionar seus anúncios para as pessoas certas.

Se você usa “anúncios que podem ser ignorados pelos usuários” ou “anúncios não podem ser ignorados”, você precisa manter um olho constante nas suas métricas. Você deve sempre considerar os testes A/B também.

Você pode não acertar logo na sua primeira tentativa, mas através de análises frequentes, você será capaz de ficar mais perto do sucesso.

Quando você pegar o jeito, anunciar no YouTube será tão familiar para você, como todas as outras plataformas de anúncios que você usou no passado.

Qual foi sua experiência ao anunciar no YouTube?

Share