Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

5 Tipos de Anúncios no Google Ads (+4 Dicas Infalíveis)

5 tipos de anuncios google ads 4 dicas infaliveis

Se ainda não conhece e utiliza os diferentes tipos de anúncios no Google Ads, este é um bom momento para começar.

Você provavelmente já o reconhece como uma das melhores ferramentas de marketing digital, mas que tal dominar todos os seus recursos e formatos?

Para ser eficiente, uma campanha também depende da escolha certa do modelo de anúncio – e é isso que vou explicar neste artigo.

O Google Ads é o antigo Google Adwords, a principal plataforma do Google para anúncios, e segue sendo um poderoso aliado na hora de propagar o alcance do seu negócio.

Assim como as técnicas de SEO (Search Engine Optimization), os anúncios ajudam a fazer sua página ser mais vista nos mecanismos de pesquisa – o SEO de forma orgânica e o Google Ads de forma paga.

Porém, a vantagem da plataforma é que ela garante resultados mais imediatos.

Ou seja, investir em anúncios vai garantir que seu site apareça no topo das pesquisas em pouco tempo, enquanto o SEO exige alguns meses de construção.

Parece bom, certo?

Mas saiba que você precisa de conhecimento e, principalmente, certeza de quais são seus objetivos com o Google Ads.

Acompanhe minhas dicas até o final deste artigo para ajustar e otimizar sua estratégia de publicidade na internet.

Os 5 tipos de anúncios no Google Ads

google ads 5 tipos de anuncios

A primeira boa notícia é que o funcionamento do Google Ads é simples.

Todas as escolhas são baseadas nas metas que você determinou para o seu negócio e no seu público-alvo.

Uma das principais definições é onde seu anúncio será exibido, decisão que deve ser pensada conforme o tipo de produto oferecido e de acordo com as plataformas mais utilizadas pelos seus potenciais clientes.

Existem cinco possíveis tipos de anúncios, como detalho a seguir.

1. Anúncio na rede de pesquisa

A rede de pesquisa é composta pela página de buscas do Google, sites e aplicativos parceiros.

Esse é o formato mais popular do Google Ads e exibe o anúncio em áreas de destaque nas SERPs, que são as páginas que retornam com resultados a uma pesquisa do usuário.

Eles são aquelas caixas de texto apresentadas nas três ou quatro primeiras ou três últimas posições da busca.

Sempre que alguém pesquisar por palavras-chave que você utilize na sua campanha, o anúncio será exibido para ela.

Essa é uma opção eficiente para quem quer aumentar vendas, por exemplo, já que atinge diretamente o consumidor interessado.

Mas funciona bem para muitos outros objetivos de marketing.

2. Anúncio na rede display

Esse tipo de anúncio tem o formato de banner, podendo ser animado, com som ou imagens, e é exibido em sites, blogs, páginas de notícias ou aplicativos parceiros do Google.

Ele permite mais interatividade e é adequado para fortalecimento de branding – a gestão de marca.

Os anúncios são expostos em páginas com conteúdo relacionado ao que está sendo anunciado, de forma abrangente.

O visitante não necessariamente quer o seu produto, mas tende a reconhecer e considerar sua marca a partir daquele contato.

3. Anúncio no YouTube

Você já percebeu como os anúncios no YouTube estão cada vez mais presentes?

Pois é, esse formato tem grande potencial para atrair consumidores.

O YouTube é uma poderosa ferramenta de busca e amplamente utilizada no mundo todo, assim como a pesquisa do Google.

O site permite alguns tipos de formatos de anúncios e, novamente, é fundamental que você saiba seus objetivos para ver qual deles funcionará melhor.

Descubra quais são os quatro principais nessa plataforma de vídeos.

Anúncios TrueView in-stream

Esse formato mostra o anúncio no início, meio ou final do vídeo no YouTube e em sites e aplicativos parceiros de vídeo do Google.

Pode ser pulado pelo espectador após cinco segundos de exibição.

Ele é recomendado para diversos tipos de metas, como vender, gerar leads, atrair tráfego para o site e brand awareness.

Ainda existem os anúncios in-stream não puláveis, nos quais o espectador é obrigado a assistir todo o conteúdo para continuar a ver o vídeo escolhido.

Esse modelo tem duração de até 15 segundos e também é exibido no início, durante ou depois do vídeo.

De modo geral, eles são recomendados para aumentar o alcance e reconhecimento da marca.

Anúncios TrueView discovery

Esse anúncio aparece como sugestão de vídeo em uma pesquisa no YouTube e também ao lado dos vídeos relacionados.

Ele funciona por meio das palavras-chave da busca, da mesma maneira como uma pesquisa do Google.

Esse formato convida o usuário a clicar para assistir ao vídeo e funciona bem para consideração de produto e marca.

Anúncio de vídeo bumper

Mais um modelo que não pode ser pulado pelo espectador, mas tem duração máxima de seis segundos.

Deve conter uma mensagem sucinta e de impacto e é útil para alcance e reconhecimento de marca.

Ele é exibido antes, no meio ou após o vídeo.

Anúncios out-stream

Esse exemplo de anúncio pode ser veiculado apenas em dispositivos móveis e em sites e aplicativos do Google, não no YouTube.

Ele é um formato que tende a ter um bom alcance, levando em conta o amplo uso dos dispositivos móveis atualmente.

O anúncio começa a ser exibido sem som e o espectador pode tocar nele para ativar o volume.

4. Anúncio para aplicativo

Se seu negócio tem um aplicativo e você deseja que ele esteja em mais dispositivos móveis, esse é o caminho.

Esse tipo de anúncio busca gerar downloads de aplicativos e é exibido para toda a rede de pesquisa, YouTube, Google Play, Discover e outros apps.

5. Anúncio no Google Shopping

google ads anuncio google shopping

Os anúncios no Google Shopping aparecem em uma barra no início da busca, onde produtos semelhantes são exibidos para quem realiza a pesquisa.

Por isso, esse formato é para quem tem uma loja virtual e quer divulgar suas mercadorias.

Você deve ter uma conta no Google Ads e também cadastrar seus produtos no Merchant Center.

Assim, o anúncio vai mostrar foto do item, valor, nome da loja, entre outras informações relevantes.

Essa exibição em destaque garante leads qualificados, amplia sua presença digital e ainda gera relatórios de desempenho.

Além do guia “shopping” na pesquisa do Google, os anúncios podem ser exibidos ao lado dos resultados da busca, no Google Imagens, em sites de parceiros e na rede de display.

Bônus: Anúncio de remarketing

Remarketing são aqueles anúncios gerados em decorrência de uma visita anterior a algum site em que você não concluiu a compra.

Esse tipo de publicidade é uma maneira eficiente de fazer com que aquele consumidor potencial não esqueça o produto ou serviço e que volte a interagir com eles.

Com essa ferramenta ativa, seus anúncios vão aparecer em outros sites parceiros pela rede de display.

Isso funciona por meio de um cookie que é armazenado no computador após a visita ao site do anúncio.

Quanto custa usar o Google Ads?

google ads quanto custa usar

A primeira noção básica sobre os custos do Google Ads é que não existem valores fixos.

Ou seja, você que determina quanto vai investir nas campanhas.

Também é importante saber que você não estará pagando pelo anúncio, mas sim conforme o objetivo estipulado para ele, que pode ser quantidade de cliques, impressões, conversões ou visualizações.

Você pode começar definindo um limite de orçamento a ser gasto e ir ajustando seus investimentos conforme suas metas.

O próprio Google Ads vai apresentar uma estimativa de resultados de acordo com o quanto você deseja aplicar.

Vantagens de anunciar no Google Ads

Além da vantagem sobre o controle de gastos e o fato de não haver valores fixos, o Google Ads oferece mais benefícios aos usuários.

Para alcançar um bom desempenho dos seus anúncios, ele conta com diversas formas de segmentação, o que assegura melhor desempenho em uma campanha.

Você pode (e deve) definir palavras-chave, idade, localização geográfica e idioma dos seus clientes, locais onde quer anunciar, dispositivos, frequência, dia e horários.

Além disso, tudo pode ser avaliado e modificado conforme seus resultados.

O Google Ads permite que você monitore suas campanhas, observe como o público reage a elas e como interage com o seu site.

Os 6 tipos de objetivos no Google Ads

google ads 6 tipos de objetivos

Já mencionei algumas vezes no artigo a importância de traçar objetivos para o seu negócio antes de iniciar sua campanha.

E não é por acaso que repito essa dica.

Afinal, sabendo o que esperar dos anúncios, fica muito mais fácil definir orçamento e também avaliar os resultados.

Então, conheça os seis tipos de metas que você pode escolher no Google Ads.

1. Tráfego do site

Se você quer levar mais pessoas à sua página, esse deve ser o seu objetivo.

É um bom começo para quem está lançando um site e quer ganhar visitas que possam se transformar em clientes.

Para esse tipo de meta, é possível criar anúncios para rede de pesquisa, rede de display, shopping e vídeo.

2. Leads

A obtenção de leads qualificados é uma importante estratégia de marketing digital para a obtenção de clientes.

Ao escolher essa meta, você estará dizendo ao Google Ads que deseja conseguir informações sobre o usuário do seu site.

Isso pode ser obtido por meio de formulários, cadastros de newsletter, questionários e outros recursos.

Esse é um recurso inicial para quem quer segmentar melhor o público e definir estratégias da equipe de marketing.

Essa modalidade também permite anúncios em rede de pesquisa e display, shopping e vídeo.

3. Vendas

Anúncios voltados ao aumento de vendas podem ser usados por lojas virtuais, aplicativos, conversões por telefone ou loja física.

Essa meta também serve para quem quer maior interação com clientes que estão tomando decisões de compra.

Os anúncios, em geral, vão buscar mais cliques de consumidores em potencial que navegam pela rede de pesquisa, display e shopping.

4. Alcance e reconhecimento da marca

Essa estratégia é utilizada principalmente quando se deseja aumentar a divulgação de um produto ou serviço novo.

Ou seja, busca apresentar uma novidade e criar demandas.

Nesse caso, é importante dar prioridade a anúncios que chamam mais a atenção, especialmente com o uso de audiovisual.

Por isso, é possível escolher entre rede de display e vídeo.

5. Consideração do produto e da marca

Esse objetivo visa convencer seu público de que o produto ou serviço oferecido é uma boa escolha, de que sua marca é o que ele procura.

Para fazer isso, recomendo a utilização de anúncios visualmente atraentes e que buscam interação com as pessoas interessadas.

Novamente, as campanhas podem utilizar a rede de display e vídeos no YouTube.

6. Promoção de aplicativos

Essa meta só terá anúncios em aplicativos das redes do Google.

Ela propõe incentivar o download de apps ou compras dentro deles.

Bônus: Campanha sem meta

Ainda que não seja uma opção muito recomendada, a campanha sem meta é uma alternativa possível de ser selecionada no Google Ads.

Dificilmente você terá outro objetivo que não os que eu mencionei acima, mas pode acontecer de ter mais de um.

Nesse caso, crie duas campanhas diferentes.

Ao selecionar a “campanha sem meta”, você terá que configurar todos os seus propósitos específicos um a um.

Desse modo, todos os tipos de anúncios estão disponíveis.

Passo a passo para anunciar no Google Ads

google ads passoa a passo para nunciar

Agora que você já sabe todos os tipos de anúncios e possíveis metas, chegou a hora de criar sua campanha.

Seguindo este passo a passo, você vai ver que não tem mistério.

Crie sua conta

A primeira ação é criar uma conta no Google Ads.

Você precisa de um endereço de e-mail e do site da sua empresa.

Também é necessário dar uma breve descrição do seu negócio de forma bem simples.

Crie uma campanha no Google Ads

O segundo passo já é a criação da sua campanha, na qual você deve selecionar a meta, o tipo de anúncio, nome para a campanha, idioma e local em que o anúncio será veiculado.

Nessa etapa, você também determina quanto quer investir, ou seja, qual seu orçamento máximo para a campanha.

Configure um grupo ou grupos ads

Uma campanha pode ter diferentes grupos de anúncios, que serão definidos conforme os objetivos e as palavras-chave.

Serve para testar diferentes termos ou frases, mas o ideal é que cada grupo se concentre em um produto ou serviço.

Crie anúncio(s) dentro do grupo Ad

Aqui, você começa a criar o anúncio propriamente dito, construindo títulos (headlines), descrições que sejam atraentes e relevantes e indicando a URL do site que deseja divulgar.

4 dicas para o Google Ads

Estamos chegando ao fim deste artigo, mas ainda quero dar quatro dicas valiosas para você ter sucesso no Google Ads.

Acompanhe!

1. Capriche no copy dos anúncios

A qualidade do texto do anúncio, ou copywriting, será fundamental para a sua efetividade.

Ao mesmo tempo em que a mensagem deve ser curta e objetiva, ela também tem que informar e atrair o público-alvo.

O segredo é mostrar ao seu possível cliente que você tem a solução que ele está procurando, demonstrar credibilidade e, se for viável, oferecer ofertas e benefícios.

2. Utilize as palavras-chave negativas

O Google Ads oferece o recurso de inserir palavras-chaves que podem “atrapalhar” seus anúncios.

Elas são termos que não correspondem exatamente ao seu serviço ou produto e, portanto, devem excluir cliques que não são válidos para seu site.

3. Selecione o objetivo correto

Ressalto novamente a relevância de escolher bem seu objetivo.

Seja ele o de aumentar conversões, consideração ou reconhecimento da sua marca ou produto, você deve saber em qual estágio está seu negócio e do que ele precisa.

Do contrário, você pode perder tempo e dinheiro investindo em campanhas que não vão trazer os benefícios imaginados.

4. Tenha atenção à segmentação

Por último, faça uma segmentação de público adequada.

É melhor optar por poucas, mas boas palavras-chave que realmente definam o tipo de usuário que você quer atingir.

Um bom ponto de partida pode ser a segmentação demográfica.

Conclusão

Neste conteúdo, você conferiu o que há de mais importante para saber sobre os tipos de anúncios no Google Ads e o próprio funcionamento da plataforma.

Acredito que, a partir de agora, você já possa iniciar uma boa campanha de publicidade online.

O Google Ads pode ajudar muito na sua estratégia, seja ao alavancar vendas, dar maior alcance ao seu site, promover sua marca ou qualquer que seja o seu objetivo.

Só não se esqueça de acompanhar os resultados dos seus anúncios e monitorar a sua audiência.

Não tenha medo de mudar de estratégia e fazer ajustes.

Será um investimento importante e transformador para o seu negócio.

Pronto para começar?

Deixe um comentário abaixo, com sua dúvida, opinião ou mesmo para falar sobre as suas expectativas com o tráfego pago.

Quais dos tipos de anúncios no Google Ads melhor combina com seu negócio?

Compartilhe