URL: O Que É e Qual A Importância Para O Seu Negócio

imagem de tela de uma URL

URL, do inglês Uniform Resource Locator, é o Localizador Padrão de Recursos, o endereço eletrônico de um site ou página que permite a sua localização na internet. É a URL que você digita no navegador ou clica sobre um link para acessar qualquer conteúdo na rede.

Ter um URL significa existir na internet.

Afinal, cada página tem seu endereço eletrônico e a URL está em tudo: sites, redes sociais e até mesmo para ter acesso a e-mails.

Embora seja mais conhecida pelas três letras do que pelo significado, é decisiva para os resultados de qualquer negócio na web.

Quer descobrir o motivo? Eu te explico ao longo deste artigo.

Acompanhe!

O que é URL?

URL com cursor de mouse

URL é a sigla em inglês de Uniform Resource Locator, que em português significa Localizador Padrão de Recursos.

É o endereço virtual de cada site ou arquivo que você acessa e possua localização na internet.

Ou seja, nada mais é do que o link presente no navegador: aquele que você digita para acessar qualquer site.

Para que entenda melhor sobre o que significa, a URL deste blog é https://neilpatel.com/br/blog/.

E você pode chegar até aqui após uma pesquisa no Google, que tem a URL: https://www.google.com.br.

Então, se o seu site é o seu lar, posso dizer que o URL é o seu endereço. É por meio dele que as pessoas vão poder te visitar.

História da URL

ilustração com laptop e lupa

Criada em 1990 pelo inventor britânico Timothy John Berners-Lee, a URL era usada para a localização de arquivos específicos na rede.

Mas, com o tempo, os desenvolvedores perceberam que seria útil para fornecer aos usuários o acesso a outros recursos na internet.

A propósito, um ano antes, Berners-Lee foi inventor da World Wide Web – o famoso www, um sistema de documentos interligados na rede.

A diferença entre URL, domínio e site

imagem da tela de computador na página inicial do site BlaBlaCar

Um desafio comum a muitas pessoas que vão inserir um negócio na internet é lidar com tantos termos técnicos.

E, entre eles, estão aqueles que envolvem a criação de um site, como: URL, domínio e o site propriamente dito.

Como se tratam de conceitos complementares, é comum que causem algumas confusões.

Afinal, mesmo não sendo a mesma coisa, estão todos interligados: ajudam a organizar a avalanche de conteúdos disponíveis na internet.

E você, sabe quais são as diferenças entre URL, domínio e site?

Então, vamos a elas!

URL

URL

Como comentei no início deste artigo, a URL é o Localizador Uniforme de Recursos. Em outras palavras, o endereço de um site na web.

Em termos de classificação, as URLs podem ser estáticas ou dinâmicas.

Confira três exemplos de URLs que você provavelmente conhece:

Qual é a diferença entre URL estática e URL dinâmica?

URLs estáticas são aquelas que continuam iguais, mesmo quando são acessadas por usuários diferentes, em a partir de outros parâmetros ou fontes de entrada. São consistentes.

O endereço eletrônico https://neilpatel.com/br/contato/, que remete à minha página de contato, é um exemplo de URL estática.

Já as URLs dinâmicas mudam e possuem parâmetros para que páginas diferentes possam ser geradas.

Domínio

ilustração sobre manutenção de sites

De um modo descomplicado, posso dizer que domínio é o nome de um site.

Quando você vai criar presença na internet, a aquisição de um domínio único e atraente é fundamental.

Isso porque é através dele que o seu negócio será encontrado online.

Para descobrir qual o domínio da URL que você está lendo agora, por exemplo, basta observar o que vem depois do “www” ou do “http”. Isto é: neilpatel.com.

Já em e-mails, é o que vem logo após o “@”.

Veja alguns exemplos de nomes de domínio:

  • google.com.br
  • amazon.com
  • instagram.com.

Mais à frente, vou falar sobre o que você precisa levar em consideração para escolher o seu domínio.

Site

homem acessando laptop com váriaspáginas de site

O site é o resultado da jornada que começa quando você digita uma URL e dá enter.

Uma coleção de conteúdos que geralmente são divididos em várias páginas agrupadas dentro de um mesmo domínio.

Pensando em uma analogia para que entenda melhor o que é um site, posso dizer que funciona como uma empresa.

O domínio é como se fosse o nome dela, o URL é o endereço e o site o espaço físico em que se localiza.

Todo site pode ser encontrado através de um URL que, por sua vez, tem um domínio específico. Ou seja, tudo se relaciona.

Entenda a estrutura de uma URL

ilustração de página web

Em termos de estrutura, toda URL é composta, basicamente, por 5 elementos. São eles: scheme, subdomain, top-level domain, second-level domain e subdirectory.

Explico melhor sobre cada um deles a seguir.

Scheme (Protocolo)

profissional de webdesigner

Scheme é o protocolo usado para que qualquer página na web possa ser acessada.

Uma forma de mostrar para o servidor que o URL se trata de uma página de site. Por isso que antecede o domínio.

Na prática, os protocolos mais usados em todo o mundo são o “http://” e o “https://”.

O “http://” significa Hyper Text Transfer Protocol, ou Protocolo de Transferência de Hipertexto.

E o “https://” é praticamente a mesma coisa, com adição da letra S que significa Secure: segurança.

Antigamente, ele só era usado para proteger sites com dados confidenciais.

Mas, hoje, já é usado como regra em blogs e páginas.

Além desses dois exemplos que você acabou de ver, existem também outros protocolos.

Dois deles são: “mailto://” para enviar e-mail para um link e “ftp://” para transferir arquivos para o servidor.

Subdomain (Subdomínio)

Como o próprio nome dá a entender, o subdomínio é como um site separado dentro de um mesmo site.

Mas, embora pareça um site diferente, é ligado ao domínio principal (top-level domain).

Exemplo: blog.seusite.com

Top-level domain (Domínio principal)

Como acabei antecipando aí em cima, top-level domain ou TLD é o nome do seu site. Isto é, seu domínio principal.

Na URL neilpatel.com, o TLD é neilpatel.

Para que fique mais fácil para você: o top-level domain é a parte mais importante da URL.

Por isso, deve comunicar quem é sua empresa e o que ela faz em poucas palavras. Ou, então, o seu próprio nome como profissional, o que é uma tática de marketing pessoal.

Second-level domain (Extensão do domínio)

ilustração sob imagem de linkagem

A extensão do domínio é o que vem após o top-level domain.

Olha só alguns exemplos: “.com”, “.com.br”, “.net”, “.gov”.

A principal função da extensão dentro de um site é a segmentação por objetivo ou região.

Quer outro exemplo?

O site do iFood, que termina com “.delivery” e ajuda a classificá-lo como uma URL que pertence a uma empresa de entregas.

Subdirectory (Subdiretório)

Por último, mas não menos importante, vem o subdiretório: as páginas internas do seu site.

É o que vai dividir seu conteúdo, por exemplo, entre página principal, serviços que oferece e informações de contato.

Para que entenda melhor como funcionam os subdiretórios, observe exemplos de como os utilizo em meu site no Brasil:

Já pensou se todos esses conteúdos ficassem dentro de uma página só, como a home (página inicial) do site?

Seria uma confusão de informações e, muito provavelmente, espantaria os nossos leitores ao invés de atraí-los.

Por essa e todas as outras, destaco novamente a importância de dividir o conteúdo dentro de subdiretórios específicos.

4 passos para criar URLs otimizadas e personalizadas para a sua empresa

cubo sob teclado com o domínio WWW

Quer ter uma URL para chamar de sua?

Então, a dica é personalizar e otimizar ao máximo tanto o seu domínio quanto os subdiretórios e demais links.

Separei algumas dicas que vão ajudar você a criar URLs de sucesso.

Confira o que fazer para deixar seu endereço virtual impecável no passo a passo a seguir:

1. Escolha um domínio que melhor represente o seu negócio

ilustração de garota a frente do laptop e balões com vários símbolos

Invista tempo e criatividade para escolher um domínio que faça as pessoas se sentirem atraídas para acessá-lo.

Ele precisa ser fácil de ler, entender e associar o URL com o seu negócio. Assim, deve representar bem o seu nicho de mercado.

Se quiser, você pode complementar sua escolha usando uma extensão que segmente ainda mais o negócio.

Universidades, por exemplo, usam a terminação “.edu”. Já órgãos públicos vão de “.gov”.

2. Use palavras fáceis e objetivas em cada um de seus subdiretórios

ilustração de barra de pesquisa

Assim, até o Google vai entender melhor do que se trata o conteúdo de cada página do seu site.

Concorda que acessar um blog como “neilpatel.com/br/blog/” é muito melhor do que “neilpatel.com/br/35479.html”?

Então, procure usar palavras de fácil entendimento para definir cada um de seus subdiretórios.

E, de preferência, explorar as técnicas de SEO (Search Engine Optimization, ou Otimização Para Mecanismos de Busca) para atrair um tráfego mais qualificado.

Em páginas de conversão, ou landing pages, prefira termos que chamem o usuário para a ação.

Use, por exemplo, “/baixe-agora-mesmo-o-ebook” ou “garanta-seu-ebook” e não “ebook-sobre-marketing”.

3. Deixe sua URL curta (sempre que possível)

imagem de tablet com barra depesquisa

URLs curtas tendem a facilitar a lembrança da sua marca na mente dos visitantes de seu site.

Mas como nem sempre é possível, optar por uma URL fácil de ser entendida e lembrada já é meio caminho andado.

4. Customize os links antes de compartilhá-los

página da web

Já tentou, alguma vez, compartilhar o link de um conteúdo bacana no seu Facebook e a URL ficou gigantesca?

Concorda comigo que não é nada atraente clicar em links enormes?

Isso sem falar que ocupa bastante espaço dentro da descrição dos posts.

A maioria dos usuários das redes sociais pensa o mesmo.

A boa notícia é que existe solução para resolver o problema, sem que o link fique quebrado. E o nome dela é encurtador de URL.

Sobre o encurtador de URL

página inicial do site de encurtador de url abre ai

O encurtador de URL, ou URL shortener em inglês, é uma ferramenta criada para solucionar casos de links muito extensos.

Sua principal função é compactá-los para que fiquem curtos e mais fáceis de serem divulgados internet afora.

E não para por aí.

Outra vantagem de usar um bom encurtador de URL é poder personalizar o link com uma palavra ou chamada para a ação.

Alguns, inclusive, oferecem rastreio de cliques e também outras informações sobre os usuários.

Uma oportunidade para incrementar ainda mais a sua estratégia de conteúdo.

E se são recomendações de encurtadores de URL gratuitos que você quer, aqui vão quatro deles:

Como obter informações sobre o endereço URL

ilustração sobre construção de link

Vamos supor que você vai veicular uma campanha de publicidade na internet e quer mensurar os resultados dela.

Para ter URLs que possam fornecer informações estratégicas sobre cada clique recebido, você deve usar criadores de URLs.

São ferramentas que geram parâmetros de campanha para que cada URL registre dados importantes sobre seus visitantes.

Então, podem ser usadas tanto em campanhas quanto em newsletters ou outras peças de conteúdo.

Para que fique mais claro para você, vamos a um exemplo hipotético.

Imagine que você criou uma newsletter para divulgar suas últimas publicações em “seusite.com”.

Para mensurar o interesse da sua audiência por um dos conteúdos divulgados no disparo, seu objetivo é descobrir quantos acessos foram para um infográfico.

Com a parametrização, você consegue entender quantos usuários que receberam a newsletter clicaram no link disponível no e-mail.

Recomendo que acesse os Criadores de URLs do Google para aprender a parametrizar links na prática.

Assim, você pode incrementar ainda mais os relatórios de resultados sobre os conteúdos divulgados.

E, depois, rastrear todas as informações disponíveis no Google Analytics.

Conclusão

Como você deve ter notado, existem várias técnicas para explorar todo o potencial da URL em benefício do seu negócio.

Compartilhei ao longo desse conteúdo as principais delas:

  • Escolher um domínio fácil de ser lembrado
  • Ser objetivo ao escolher seus subdiretórios
  • Encurtar URLs e personalizá-las sempre que for possível.

Agora que você já sabe o que é URL e conhece sua estrutura, tem tudo o que precisa para avançar em sua estratégia digital.

Espero que esse artigo ajude você a otimizar seus esforços para posicionar seu negócio da melhor forma na internet.

Já fez alguma otimização de URL e quer compartilhar sua história com os nossos leitores? Então, é só deixar o seu comentário.

Compartilhe