Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

Profissional de Marketing: O Que Faz e Qual o Perfil Necessário

profissional de marketing séria acessando tablet

Você tem interesse em se tornar um profissional de marketing, mas ainda não está certo sobre as competências que precisa ter e atividades que deve desenvolver?

Posso ser sincero em dizer que, assim como em outras profissões, o marketing também vem se reinventando.

Se, antes, era focado em criatividade, hoje, ele tem outras exigências a atender. Por exemplo, a capacidade analítica de dados e foco em resultados.

Afinal, com o avanço da era digital, a maneira com a qual os consumidores buscam produtos e serviços é outra.

A verdade é que muita coisa mudou – e os meios tradicionais de marketing já não são mais suficientes para alavancar as vendas.

Por isso, marcas e empresas de todo o mundo estão atrás de profissionais qualificados para levar o público a se interessar por aquilo que oferecem.

O que não muda, no entanto, é a essência do profissional de marketing. E você, ao longo deste conteúdo, vai entender o porquê.

Vou falar sobre o que ele faz, o perfil que precisa ter e possibilidades de atuação.

Vamos lá? Acompanhe a leitura!

Antes de continuar, se você quer aumentar sua vendas e saber quais são as melhores estratégias para promover seu negócio online, clique aqui para receber o Guia Completo de Marketing Digital.

guia completo de marketing digital

O que faz o profissional de marketing?

análise de gráficos por parte do profissional de marketing

É papel do profissional de marketing criar estratégias para tornar produtos ou serviços mais atraentes para os consumidores e, assim, aumentar as vendas.

Para conquistar esse objetivo com excelência, ele precisa conhecer áreas como análise de dados, comportamento do consumidor, marketing digital, publicidade e vendas.

Tudo começa a partir de estudos de mercado para entender quem é o consumidor. E ganha forma com a criação de estratégias para satisfazer as suas necessidades.

Então, podemos dizer que o profissional de marketing trabalha para antecipar e satisfazer os desejos de clientes e prospects (potenciais consumidores).

É ele o especialista em levar a marca para pessoas que precisam de seus produtos ou serviços.

Qual o perfil do profissional de marketing?

profissional de telemarketing

Ficou curioso para conhecer as competências do profissional de marketing?

O que posso adiantar é que, como uma peça fundamental para o sucesso das vendas de uma empresa, ele precisa ter uma série de atributos.

Demanda um perfil capaz de dar conta de várias atividades com eficiência, mas sem ficar sobrecarregado ou se perder em meio ao processo.

Para compreender melhor se essa profissão realmente combina com você, separei uma lista com as 12 principais competências do profissional de marketing.

Você não precisa ser craque em todas elas, mas, pelo menos, estar disposto a desenvolvê-las para poder crescer e ser reconhecido.

Afinal, uma das características que marcam profissionais bem-sucedidos nessa área é a consciência de que sempre é possível evoluir e fazer melhor.

Confira!

1. Criatividade

Embora eu tenha dito no início deste artigo que apenas criatividade, hoje, não basta para ser um bom profissional de marketing, ela continua sendo importante. Muito importante, aliás.

Você não se considera 100% criativo?

Fique tranquilo, pois a criatividade pode ser desenvolvida com o tempo.

Para isso, consuma cultura, leia, assista, ouça e esteja aberto ao novo.

Quanto maior for o seu repertório de conhecimento, mais fácil será ter ideias criativas e grandes “sacadas” de marketing.

2. Inovação

Para se adaptar às mudanças do mercado, é preciso acompanhá-las e identificar oportunidades para aproveitá-las em benefício da marca a ser representada.

Como fazer isso? Com a sua capacidade de inovação. Ou seja, ter novas ideias, criar tendências, pensar fora da caixa e fazer algo novo.

Todo profissional de marketing precisa ser ousado para ir mais longe.

3. Autonomia

autonomia do profissional de marketing

Resolver problemas e crises com agilidade são outras habilidades que você precisa ter para se tornar um profissional de marketing eficiente.

Como nem sempre haverá um gestor ao seu lado para orientá-lo a respeito do que deve ser feito, é necessário ter autonomia para saber como agir por conta própria.

E isso você conquista no dia a dia, sendo fruto do seu trabalho e dos resultados que entrega.

4. Iniciativa

Como nem todo dia temos aquelas ideias incríveis e inovadoras, capazes de encantar facilmente os consumidores, é preciso correr atrás de outras oportunidades.

Não dá para ficar parado: você precisa de proatividade.

Se você gosta de ficar sentado, esperando a melhor estratégia surgir em sua mente, posso dizer que essa não é a profissão certa para você.

5. Organização

Já passou pelo departamento de marketing de uma empresa e se deparou com profissionais ocupados, em um dia a dia bastante corrido, muitos deles com perfil cansado?

Sim, por vezes, essa é a realidade. Mas não se assuste, pois nem sempre é assim.

A verdade é que o ritmo de trabalho depende muito de como você se organiza para ele.

Com um pouco de disciplina e regras, que você mesmo pode criar, tudo fica mais tranquilo e fácil de dar conta.

O que não pode é abrir mão de ser organizado para saber o que priorizar em suas tarefas diárias, a fim de evitar problemas.

Uma dica: faça um calendário, elaborando um cronograma para se atentar aos prazos e não ser visto como um profissional de marketing atrapalhado.

6. Análise

análise no processo de trabalho do profissional de marketing

Tão importante quanto ter uma mente criativa é ter uma mente analítica. Isto é, saber lidar com números, observar métricas e analisar dados para tomar decisões corretas.

Com o avanço da era digital, cada vez mais as empresas valorizam profissionais de marketing que unem criatividade e capacidade analítica.

A boa notícia é que não faltam ferramentas para automatizar a coleta de dados e apontar caminhos, seja qual for o canal de marketing utilizado.

7. Empatia

Empatia é uma competência comportamental que diz respeito a se colocar no lugar do outro.

Então, como isso se manifesta no universo do marketing? É simples!

Saber se colocar no lugar da buyer persona (o seu possível cliente ideal, no caso) da sua marca é a melhor forma de entender a efetividade de suas campanhas e estratégias de marketing.

Quando você é empático, cria ações mais assertivas e reduz riscos como, por exemplo, ofender e repelir o consumidor em vez de encantar e atrair.

8. Facilidade com o trabalho em equipe

trabalho e comemoração em equipe de profissionais do marketing

Trabalhar com marketing é trabalhar em equipe. Afinal, nenhuma empresa é construída sozinha.

Seja qual for o segmento ou porte, ela depende da ajuda de vários especialistas.

No dia a dia do profissional de marketing, é preciso interagir com uma variedade de profissionais, como: designers, redatores, gerentes e supervisores. E, em outras áreas, jornalistas, especialistas em finanças e vendedores.

Isso sem falar que, se tiver ajuda terceirizada, também precisará trabalhar com consultores ou agências.

9. Vontade de aprender

Com mudanças acontecendo a cada momento, o profissional de marketing precisa estar pronto para adaptar suas estratégias e, acima de tudo, aprender.

Já disse isso antes, mas não custa repetir.

O marketing oferece oportunidades diárias de aprendizado, evolução e desenvolvimento.

Já pensou o que seria de um profissional de marketing se ele simplesmente fechasse os olhos para as redes sociais e outras tecnologias? Certamente, seria deixado para trás.

Para se atualizar sobre as melhores práticas de marketing, diante de tantas novidades, é essencial ler livros, fazer cursos e participar de eventos da área.

O primeiro passo já foi dado: você está em um blog totalmente dedicado ao assunto.

10. Boa comunicação

comunicação entre colegas profissionais de marketing

Um bom profissional de marketing precisa se comunicar bem, trocar experiências com outros setores e trabalhar em colaboração com toda a empresa.

11. Empreendedorismo

Trabalhar com marketing também é ser empreendedor, assumindo diferentes responsabilidades e se envolvendo em várias frentes do negócio.

Não basta ser um mero cumpridor de horários. Você precisa trabalhar por objetivos, o que começa por se identificar com aquilo que a empresa na qual trabalho busca.

12. Informação

Correndo o risco de ser redundante, preciso reiterar um alerta.

Com um grande volume de informações sendo gerado a cada instante, principalmente na internet, o profissional de marketing precisa se manter atualizado e bem informado.

Isto é, absorver e identificar o que faz sentido para melhorar seus resultados em vendas.

Como é a graduação em marketing?

graduação na área de marketing

Mesmo sendo uma área aberta a profissionais de áreas correlatas, como comunicação social, também existe graduação direta em marketing.

Essa é uma formação que pode acontecer em nível de bacharelado ou de tecnólogo.

O bacharelado leva, em média, quatro anos para ser concluído. Já o tecnólogo, no máximo três anos.

Com disciplinas bastante semelhantes, esses cursos envolvem o estudo de áreas como economia, estatística, gestão de projetos e psicologia.

Se você quer fazer um curso mais rápido, o tecnólogo é a opção mais indicada. Já se prefere se aprofundar mais e tem mais tempo disponível para a graduação, o bacharelado é o melhor caminho.

Seja qual for a sua escolha, a certeza é uma só: sua inserção no mercado é bem mais fácil quando você tem formação na área.

Ao terminar o curso, você estará pronto para atuar como profissional de marketing.

E, se assim desejar, pode até se especializar em outras áreas de atuação como agências, consultorias, e-commerces e inbound marketing.

Como funciona o mercado de trabalho para marketing?

mercado de trabalho para o profissional de marketing

O mercado de trabalho do profissional de marketing continua aquecido, principalmente quando olhamos para as mudanças de comportamento do consumidor e os desafios da era digital.

Como as empresas precisam se adequar a novas exigências, dependem cada vez mais de profissionais qualificados para atendê-las.

A oportunidade está aí, esperando para ser abraçada!

Se não for por você, será por outra pessoa.

Portanto, a carreira de marketing pode atender a essa demanda e fortalecer as marcas a médio e longo prazo.

Isso faz com que existam oportunidades de atuação tanto em empresas de varejo quanto em indústrias, instituições bancárias, prestadoras de serviços e órgãos públicos.

Fique por dentro de algumas das principais áreas de atuação do profissional de marketing:

  • Endomarketing: estratégia de marketing institucional focada em ações internas
  • Inbound marketing: conjunto de estratégias para atrair e converter clientes através da produção de conteúdo valioso
  • Marketing cultural: estratégia usada para agregar valor à marca por meio de patrocínios a projetos culturais
  • Marketing digital: conjunto de estratégias online para atrair novos negócios, se relacionar com o público e fortalecer a marca
  • Marketing esportivo: uso do esporte como ferramenta de comunicação empresarial
  • Marketing estratégico: estratégias para atingir objetivos de uma empresa a curto, médio ou longo prazo
  • Marketing de relacionamento: trabalha a construção e a disseminação de uma marca para fidelizar clientes e criar autoridade no mercado
  • Marketing operacional: envolve operações que possam contribuir para que uma empresa conquiste seus objetivos estratégicos mais rapidamente
  • Marketing político: tem como objetivo divulgar ações e ideias de um político, além de fortalecer sua imagem e aproximá-lo da população
  • Neuromarketing: busca entender o que faz com que o consumidor prefira uma marca, compre dela e se torne um cliente fiel.

Atividades do profissional de marketing

É comum que ainda exista certa confusão entre marketing e vendas. A verdade é que essas áreas são complementares.

Ao conhecer as atividades do profissional de marketing, fica mais fácil entender que o marketing é um ingrediente poderoso para aumentar as vendas.

No entanto, o profissional de marketing deve atuar sempre de olho em desenvolver ideias e estratégias que resultem no futuro aumento do faturamento.

Nesse caso, isso vai além de estudar o mercado e os clientes: determina a melhor forma de atingir o target.

Veja só quais as responsabilidades do profissional de marketing de uma empresa:

  • Entender quem são os clientes e suas necessidades para aumentar a satisfação deles e o sucesso de produtos ou serviços
  • Planejar e gerenciar a comunicação da empresa para cumprir as metas e os objetivos estratégicos estabelecidos
  • Desenvolver e gerenciar campanhas
  • Definir canais e estratégias para atrair novos clientes e fidelizar aqueles que já são de casa
  • Acompanhar, analisar e mensurar os resultados de campanhas realizadas
  • Intermediar a relação com fornecedores como agências de marketing e gráficas.

E quando falamos de marketing digital, as atividades do profissional de marketing se estendem ainda mais.

Porque o digital é o presente e o futuro do marketing, considerando o quanto a internet se mostra ativa na vida dos consumidores. Afinal, estamos sempre conectados!

Veja quais atividades são cobradas do profissional de marketing digital, atualmente:

  • Produzir conteúdo de valor para canais proprietários e de parceiros
  • Gerenciar as redes sociais e o site da empresa
  • Conhecer as melhores técnicas de SEO (otimização para mecanismos de busca) para conquistar melhor posição em buscadores
  • Executar ações em links patrocinados
  • Criar campanhas de e-mail marketing para atrair, engajar e fidelizar clientes
  • Analisar e mensurar resultados de ações de marketing em canais digitais.

Conclusão

Sei bem que pode parecer muita coisa para a sua cabeça, mas isso não é motivo para desistir. Muito pelo contrário.

Os novos desafios do mercado atual devem servir como um combustível para que você se qualifique ainda mais e experimente ideias novas.

Se eu pudesse resumir, em apenas uma competência, o principal diferencial para conquistar posição de destaque como profissional de marketing, eu diria: vontade de aprender.

E tenho certeza de que isso você tem de sobra, ainda mais por ter chegado até aqui.

Os recrutadores valorizam pessoas que possuem conhecimento técnico na área, mas priorizam aquelas que possuem brilho nos olhos para lidar com o novo.

Até porque vivemos em tempos em que precisamos aprender coisas novas e nos adaptar às mudanças para sobreviver a um mercado competitivo e feroz.

Então, se é isso mesmo o que você quer para a sua vida, vá em frente, sem medo.

Procure se capacitar ao estudar sobre marketing e comportamento do consumidor, mas não deixe de demonstrar iniciativa e entusiasmo em botar a mão na massa.

Após ler este artigo, você conseguiu pensar em quais áreas de atuação teria mais afinidade para se tornar um profissional de marketing?

Conte-nos suas ideias e perspectivas nos comentários e não deixe de acompanhar conteúdos sobre marketing e vendas aqui no blog!

guia completo de marketing digital

Compartilhe