Algoritmo Do Facebook: Entenda Como Ele Funciona em 2019

algoritmo do facebook

Quer decifrar o algoritmo do Facebook?

Faz muito bem.

Afinal, o crescimento dessa rede social é incrível.

Ela é a mais usada no Brasil e no mundo.

Recentemente, alcançou a marca de 2,41 bilhões de usuários, segundo relatório do Statista.

E esse número continua a crescer.

Então, não é surpresa que ela abrigue milhões de páginas de pequenos negócios.

No entanto, junto destes grandes números, vêm também impactos perigosos no tráfego orgânico dentro do Facebook.

Conforme os números de publicidade e rendimentos aumentam, o Facebook tem menos incentivo para não empurrar publicidade para cima de nós.

Caso você ainda esteja dependendo de fãs no Facebook para direcionar tráfego orgânico ao seu conteúdo, provavelmente notou uma queda.

Afinal, o Facebook é um negócio com um único objetivo definido: lucrar.

Logo, faz sentido que à medida que a base de usuários e demanda de publicidade cresça, deixem o alcance orgânico em segundo lugar, priorizando assim a publicidade, que gera lucros para empresa.

E eles têm sido bem abertos quanto a isso.

Até mesmo chegaram a dizer aos profissionais de marketing que o tráfego orgânico irá morrer, precisando então que comprem anúncios para substituí-lo.

Isso pode ser um grande problema para quem possui um orçamento limitado e que já construiu um ótimo segmento orgânico no Facebook.

Isso também significa que alcançar estes fãs já existentes será mais difícil do que nunca.

Falo daqueles fãs que você levou incontáveis horas (e talvez até dinheiro) para adquirir.

Não será possível conectar-se com eles da forma tão fácil e eficaz que costumava ser.

Mas, felizmente, existem alguns truques para vencer o sistema e trazer de volta seu alcance orgânico.

Saiba agora porque o seu alcance está regredindo, e veja dicas para vencer o algoritmo do Facebook e trazê-lo de volta.

O que é o algoritmo do Facebook?

entenda o algoritmo do facebook

Que o Facebook traz publicações interessantes que têm tudo a ver com nosso estilo de vida, você já deve ter percebido.

Mas você já parou para pensar como eles chegam até a sua timeline?

Parece até que foram feitos especialmente para você e as suas necessidades do momento, não é mesmo?

Isso acontece por causa dos algoritmos, que são uma série de fatores e variáveis traduzidos pela rede para mostrar ao usuário exatamente aquilo que interessa a ele em primeira mão.

Não fosse pelos algoritmos, seria um festival de anúncios aleatórios poluindo a linha do tempo dos internautas, e o pior: sem nada a acrescentar.

A verdade é que tudo o que acontece na rede tem um porquê, e o Facebook trabalha incansavelmente para entregar a todos conteúdos relevantes e relacionados com seus estilos de vida.

Mas como esse tal de algoritmo funciona? Vamos entender a seguir.

Como funciona o algoritmo do Facebook?

lustração representando a mudança do algoritmo

Você já ouviu falar em EdgeRank? Se não, apresento agora.

É assim que chamamos o algoritmo do Facebook.

É ele quem vai determinar tudo aquilo que será mostrado aos seus usuários a partir de fatores como:

  • O que você curte
  • Com quem você interage
  • O que você compartilha
  • Em que páginas você deixa comentários
  • Os perfis que você segue.

Ou seja: o Facebook está ligadíssimo em todo o seu comportamento na rede.

E se, embora isso possa causar um certo estranhamento nos usuários, não há muito o que temer.

É justamente por causa desses algoritmos que a experiência no Facebook é sempre tão agradável.

Acredite: tudo é pensado para que a navegação ali seja a mais proveitosa possível.

É por causa dos algoritmos que a rede social consegue prever o que você gostaria que estivesse em primeiro lugar na sua página pessoal.

Por exemplo: se você costuma curtir posts de determinados perfis, o EdgeRank logo entende que deve priorizar essas publicações para você acompanhar.

Isso vale para páginas comerciais, amigos, familiares, grupos diversos, lojas virtuais, enfim. Tudo aquilo que você quer ver.

Para as empresas, entender a dinâmica dessa ferramenta é fundamental.

Afinal, elas dependem, e muito, desses algoritmos para que suas publicações na rede atinjam o maior número de pessoas possível – principalmente se a única estratégia possível no momento for o alcance orgânico.

Mais do isso, é preciso que essas publicações apareçam em primeiro lugar no feed das pessoas certas.

Então, é bom começar a se familiarizar com os algoritmos – que podem ser grandes amigos ou os piores inimigos de uma empresa.

Para isso, você deve entender quais são os principais fatores que vão determinar a performance dos seus posts na redes.

Quem postou

Que atire a primeira pedra quem nunca stalkeou uma página no Facebook – uma, duas, várias vezes.

Mas, não se preocupe. Seu segredo está guardado a sete chaves pelo algoritmo do Facebook.

O máximo que vai acontecer – e, acredito, em nome do próprio interesse da pessoa – é que aquela determinada página vai começar a aparecer para o usuário com mais frequência do que as outras.

Da mesma forma, o Facebook prioriza os perfis das pessoas e companhias com quem você interage e troca mensagens.

Quando postou

Quanto mais recente a atualização do feed, mais chances os usuários que estão online têm de visualizá-la.

É por isso que é tão importante descobrir os horários que a sua persona está presente na rede.

Caso contrário, a postagem pode acabar se perdendo no feed do usuário e nunca mais ser vista.

Tipo de conteúdo

Pode reparar.

Se você é um leitor assíduo e costuma curtir posts da imprensa, como as notícias do dia, o Facebook vai priorizar esse tipo de conteúdo para você.

Já se você não tem muito tempo para navegar na rede e a usa mais para fins de entretenimento, como vídeos interativos ou engraçados, são eles que vão aparecer com maior frequência na sua linha do tempo.

Mas se você usa a rede principalmente para interagir com os amigos, as publicações deles ocuparão os primeiros lugares do seu feed.

E assim por diante.

Engajamento com o post

Você também deve ter percebido que, quando algum post, por alguma razão, causa frenesi na galera, ele fica subindo o tempo inteiro na sua timeline.

Isso se dá por causa do grande índice de engajamento que ele gera.

E o Facebook bem sabe que, quanto maior o furor de uma publicação, mais as chances de o pessoal se interessar pelo assunto, mesmo que seja por mera curiosidade.

Como as mudanças no algoritmo do Facebook interferem no seu negócio?

mudanças no algoritmo do facebook interferindo nos negócios

Certo.

Muito se discorreu até agora sobre o funcionamento e a importância dos algoritmos do Facebook, mas chegou a hora de falar sobre as mudanças que ocorreram nos últimos tempos com relação a este assunto.

Não sei se você notou, mas, ultimamente, publicações orgânicas de páginas comerciais passaram a enfrentar algumas limitações.

Isso não é bem uma surpresa.

Zuckerberg já havia anunciado, lá em janeiro de 2019, que o futuro do Facebook é privado, já que as interações entre amigos, famílias e ente queridos são as mais valorizadas pelos usuários.

Para muitas empresas, as mudanças nos algoritmos vieram acompanhadas de desespero.

Mas saiba que isso não é necessariamente ruim.

Aliás, se você souber aplicar as dicas que darei a seguir, a tendência é que saia à frente dos concorrentes sem maiores dificuldades.

Sim!

Como toda intercorrência tem o lado bom, para os empreendedores, a crise também vem em forma de oportunidade para quem estiver alerta.

Então, vamos rumo ao sucesso.

O motivo do seu alcance orgânico estar morrendo

Em dezembro de 2013, a AdAge assustou todos os publicitários no Facebook com este título:

pasted image 0 168

A AdAge conseguiu obter uma apresentação de vendas enviada aos parceiros do Facebook naquele ano, que incluía uma afirmação direta da rede social.

Veja o que ela dizia:

“Esperamos que a distribuição orgânica das postagens de uma página individual gradualmente diminua com o passar do tempo, à medida que nós trabalhamos continuamente para nos certificarmos de que as pessoas tenham uma boa experiência no site”.

Basicamente, o Facebook estava nos dizendo que nosso tráfego orgânico iria morrer lentamente ao longo dos próximos anos.

Estavam nos avisando que as empresas teriam que começar a pagar para seus anúncios alcançarem as pessoas, ao invés de alcançá-las livremente através das postagens na página.

Você pode apostar que a comunidade de marketing no Facebook não recebeu isso muito bem.

O Facebook, essencialmente, estava dizendo a todos aqueles profissionais de marketing que gastaram anos e incontáveis investimentos para aumentar suas curtidas que tudo o que fizeram foi em vão.

E eles cumpriram o que prometeram.

O alcance orgânico tem diminuído de forma consistente.

Veja este gráfico que, apesar de não ser atual, retrata exatamente isso.

facebook page organic reach

Na verdade, agora está quase impossível alcançar seus fãs com conteúdo orgânico.

Até mesmo grandes páginas do Facebook como a Chicago Tribune tem sofrido com isso.

facebook page chicago tribune

E eles têm mais de 500.000 seguidores e curtidas na página.

Um redator da Chicago Tribune compilou dados do alcance orgânico da empresa no Facebook e descobriu resultados chocantes.

Os dados demonstraram um declínio ainda mais acentuado no período de 2016-2017 do que o que eles já haviam experimentado desde o anúncio de 2013:

pasted image 0 163

Esse gráfico é bem preocupante, para ser honesto.

Durante 2016, o alcance orgânico da Chicago estava em um declínio constante, porém estável.

Contudo, ao olhar para o início do ano de 2017, se nota uma queda enorme.

Para saber mais, eles inspecionaram 15 meses de dados de postagens orgânicas para descobrir se algum ponto poderia estar desvirtuando os dados.

Logo de cara, eles encontraram algumas informações bem assustadoras:

pasted image 0 173

No começo de 2017, houve um grande aumento de postagens que alcançavam menos de 10.000 pessoas organicamente.

Isso significa que todos aqueles 500.000 fãs da página não estavam vendo a maior parte do conteúdo postado.

O alcance orgânico no Facebook tem decaído já há quatro anos, mas ainda é possível observar estas quedas acentuadas.

Ou seja, eles querem que você anuncie na plataforma, porém, eu tenho algumas dicas para vencer o algoritmo do Facebook e conseguir trazer de volta seu alcance orgânico.

1. Utilize a segmentação de públicos por interesse

O Facebook instituiu a segmentação de públicos por interesse em 2015 junto da otimização de públicos para postagens orgânicas com o objetivo de ajudar os profissionais de marketing a entregarem melhores conteúdos.

Isso permite aos usuários delimitar seus públicos e focar em nichos mais específicos de públicos existentes dentro de uma única postagem orgânica:

pasted image 0 182

Com essa nova ferramenta, o Facebook também promete melhores alcances e analytics para pessoas que estão mais suscetíveis a engajar.

Parece algo ótimo, não é?

Felizmente, ela é gratuita.

E além disso, ela fornece outra maneira de focar suas postagens no Facebook em públicos específicos, da mesma forma que você faz com seus anúncios, só que gratuitamente:

pasted image 0 175

Do mesmo jeito que você criaria um público salvo no Facebook Ads, é possível criar postagens mais especificamente focadas em determinados seguidores do seu público.

Por exemplo, caso esteja administrando uma página no Facebook que trabalhe com roupas para diversos gêneros, pode focar uma postagem orgânica baseada no conteúdo que está publicando.

Se publicar uma postagem orgânica sobre roupas masculinas, se assegure de que ela seja exibida para homens.

Caso a página da sua empresa no Facebook tenha menos de 5.000 curtidas, ative esta funcionalidade nas suas configurações o mais rápido possível.

Para fazer isso, vá até a sua página e clique na aba de configurações:

pasted image 0 183

Em seguida, selecione a categoria de configurações “Gerais” e habilite a opção de “Público do Feed de Notícias e Visibilidade para Postagens”:

pasted image 0 189

Então, salve suas mudanças para habilitar a opção de segmentação de públicos:

pasted image 0 188

Ao fazer isso, pode retornar à sua página e escrever uma nova postagem.

Provavelmente, irá notar imediatamente as opções de segmentação de públicos:

pasted image 0 178

Clique nesse botão de foco para começar a otimizar os interesses do seu público:

pasted image 0 180

Selecione interesses que combinem com sua postagem específica.

Por exemplo, se estiver postando conteúdo de marketing sobre SEO, deverá selecionar interesses relevantes como esses:

pasted image 0 190

Também é possível ajustar sua aba de “Restrições de Público” para restringir quem vê o seu conteúdo, baseando-se em dados demográficos:

pasted image 0 186

Agora você pode impulsionar seu alcance orgânico de forma eficaz, utilizando o poder da segmentação de anúncios.

Além disso, caso não queira otimizar a segmentação de públicos para cada postagem, existe um atalho para isso.

Vá até o Gerenciador de Páginas e clique na aba de configurações:

pasted image 0 167

Depois, clique na aba de “Público Preferencial da Página”:

pasted image 0 166

Aqui é possível editar seu público geral desejável.

Assim, não será necessário selecionar um público toda vez que você for postar, caso seu público costume ser consistente.

É possível editar localidades, interesses, faixas etárias e até mesmo idiomas:

pasted image 0 187

Simplesmente clique no botão de “Editar” no fim da página para modificar qualquer uma dessas informações ou adicionar mais interesses:

pasted image 0 174

É a mesma coisa que criar um público salvo personalizado no Facebook Ads, mas também lhe ajuda a delimitar seu alcance orgânico e contornar o sistema.

Isso trará de volta um pouco do seu alcance orgânico ao focar-se nos visitantes mais engajados.

O alcance orgânico está morrendo rapidamente, por isso, vá até suas configurações e implemente esta ferramenta para começar a alcançar segmentos específicos do seu público com facilidade.

2. Poste mais conteúdos em vídeo

Se você entrar no Facebook e navegar pelo seu feed de notícias, o que vê?

Eu aposto que uma grande parte da sua página estará cheia de conteúdos em vídeo.

Por quê? Pois vídeos no Facebook direcionam mais engajamento, e quando seu alcance orgânico está morrendo, precisa utilizá-los.

No Facebook, conteúdos em vídeo recebem em média 400% mais engajamento do que publicações puramente escritas:

pasted image 0 184

Esse tipo de postagem até mesmo ultrapassa conteúdos em fotos ou links.

É sem dúvidas o melhor tipo de conteúdo para se focar no Facebook, caso queira mais engajamento e alcance orgânico.

Segundo o relatório de rendimentos do Facebook do terceiro trimestre de 2016, somente três milhões de negócios estão carregando conteúdo orgânico em vídeo no Facebook.

No entanto, o mesmo relatório confirma que mais de 60 milhões de negócio estão atualmente na rede social.

Isso significa que grande parte das empresas ainda não utilizam esta estratégia.

Além disso, também significa que é o momento perfeito para o seu negócio começar a se aproveitar desta estratégia para trazer de volta seu tráfego orgânico.

E a utilização de vídeos no Facebook está crescendo constantemente. Em apenas alguns meses de 2016, a audiência de transmissões ao vivo na plataforma cresceu em 3%.

O Facebook conseguiu isso ao contratar e pagar influenciadores em redes sociais para postarem vídeos ao vivo:

pasted image 0 171

Eles gastaram um total de $50 milhões para fazer com que grandes editoras e celebridades apoiassem a ferramenta.

E deu certo, pois de acordo com Vibhi Kant, o gerente de produtos do Facebook, as pessoas agora passam três vezes mais tempo assistindo transmissões ao vivo na rede social do que conteúdos pré-gravados.

É seguro dizer que o engajamento orgânico é melhor quando conteúdo em vídeo é utilizado.

Logo, isso significa que utilizar tanto vídeos ao vivo ou vídeos comuns irão trazer de volta seu alcance orgânico.

Para realizar transmissões ao vivo no Facebook, navegue até a página da sua empresa ou negócio e clique em “Vídeo ao vivo” para começar a transmitir:

pasted image 0 170

É bem fácil mesmo!

Utilize algumas destas ferramentas para criar conteúdos incríveis para o Facebook e salvar seu alcance orgânico.

3. Compartilhe apenas seus melhores conteúdos

Qualidade ao invés de quantidade agora é um aspecto chave quando tratamos sobre direcionamento de tráfego orgânico no Facebook.

Focar-se em melhores postagens e publicá-las menos frequentemente traz melhores resultados.

Deixe-me explicar melhor. Segundo a Buffer, a cada 20 minutos no Facebook, mais de um milhão de links são compartilhados.

Além do mais, 4.86 milhões de fotos são postadas e quase 800.000 atualizações de status são criadas.

Estamos nos afogando em um maremoto virtual de conteúdo.

A Buffer notou isso e quis fazer uma mudança. Eles começaram a cortar a frequência de postagens em 50%.

pasted image 0 176

Eles estavam postando, em média, quatro vezes ou mais diariamente, e começaram a diminuir para uma média de uma ou duas postagens por dia.

Dessa forma, postando menos do que costumavam, conseguiram conduzir maiores taxas de alcance e melhor engajamento.

Descobriram que quanto mais postavam, menos alcance conseguiam.

No início de 2016, estavam postando quatro vezes mais conteúdos por dia, agora, veja o gráfico demonstrando o que aconteceu quando diminuíram a frequência em 2017:

pasted image 0 181

O alcance semanal deles triplicou de 44.000 para mais de 150.000 pessoas no Facebook.

Tudo isso por terem cortado a frequência de postagens em 50%.

Além disso, também viram grandes aumentos de engajamento nas postagens:

pasted image 0 169

A média diária de engajamento de seus conteúdos subiu para mais de 1.000, sendo menos de 500 antes.

Utilizando a estratégia de “qualidade ao invés de quantidade”, puderam provar que pode-se contornar o algoritmo do Facebook.

Ou seja, descobriram que postar menos conteúdo pode atrair melhores resultados.

Então, isso me traz ao meu próximo tópico:

Foque-se em postar apenas seus melhores conteúdos.

Não há necessidade de publicar na sua página do Facebook cada uma de suas novas postagens do blog.

As pessoas simplesmente não querem mais ver elas. Ao invés disso, você deve analisar suas melhores postagens de outros canais sociais e compartilhá-las no Facebook.

Para fazer isso, basicamente navegue até os analytics da sua conta no Twitter e observe que postagens foram mais bem-sucedidas:

pasted image 0 172

Selecione as melhores em termos de engajamento e opiniões.

Isso vai te ajudar a separar as postagens que não fizeram tanto sucesso, para assim não as compartilhar no Facebook.

Utilize estas melhores postagens e as compartilhe uma ou duas vezes por dia no Facebook para aumentar rapidamente seu alcance orgânico.

4. Estimule engajamentos que curtam sua página

O que você diria se eu te dissesse que é possível atrair facilmente milhares de curtidas para sua página, além de usuários mais ativos e engajados em apenas cinco minutos?

Acharia que estou louco?

Bem, com o botão “Convidar para Curtir” do Facebook, é possível fazer isso.

Quando alguém engajar com o seu conteúdo no Facebook, você pode atraí-los de volta para sua página, caso ainda não sejam fãs.

Essa estratégia funciona pelo seguinte motivo:

As pessoas que você convidar de volta para sua página já demonstraram algum interesse no seu conteúdo orgânico.

Logo, elas estão mais suscetíveis a curti-la.

Larry Kim, da WordStream, implementou esta tática em suas postagens orgânicas no Facebook:

pasted image 0 192

Dessa forma, ele conseguiu uma taxa de conversão de 15-20% ao adquirir novos fãs e curtidas na página.

Ele pôde atrair centenas de pessoas diariamente. Porém, preste atenção: Larry disse que há um limite de 500 a 1.000 convites diários.

Se certifique de não ultrapassar este limite, ou pode ser taxado como spam e sinalizado pelo Facebook.

Com esta tática, Larry até mesmo começou a receber mensagens diretas das pessoas convidadas, que o agradeceram pelo convite:

pasted image 0 185

Isso funcionou basicamente como uma tática personalizada, o que fez com que as pessoas se sentissem especiais e direcionou curtidas para a página ao mesmo tempo.

Felizmente para nós, é muito fácil implementar isso. Vá até a sua página do Facebook e clique nas reações de alguma das suas postagens mais recentes:

pasted image 0 179

Isso exibirá uma lista de todas as pessoas que curtiram, reagiram ou engajaram com aquela postagem.

A partir disso, você pode começar a convidá-las para curtir a sua página ao clicar em “Convidar”:

pasted image 0 177

Fazer isso pode gerar grandes quantidades de curtidas em pouco tempo.

E a melhor coisa desta ferramenta é que ela não permite convidar a mesma pessoa novamente, o que impede o risco de spam.

Você será notificado caso estas pessoas já tenham curtido ou sido convidadas a curtir sua página:

pasted image 0 191

Convidar pessoas que já curtiram seu conteúdo anteriormente é uma ótima maneira de encontrar mais usuários que já são ativos no Facebook e com seu conteúdo.

Traga de volta seu alcance ao utilizar essa tática para construir um público maior e mais engajado.

6 dicas para aumentar o seu alcance no Facebook

dicas para aumento de alcance no novo algoritmo do facebook

Chegou a hora de domar o algoritmo do Facebook.

A seguir, confira seis dicas que preparei para fazer as pazes com ele e ser um verdadeiro merecedor do topo dos feeds dos usuários.

1. Conteúdo de qualidade e constante

Podem mudar o algoritmo o quanto quiserem.

Conteúdo de qualidade vai sempre encantar o usuário, que vai contar para todo mundo que aquilo merece ser apreciado.

Estou falando de um material rico, relevante, que responda a dúvidas e resolva problemas.

Tudo nas mais variadas formas, seja vídeos, textos e fotos atrativas.

E nada melhor que a aprovação dos seus seguidores para garantir a melhor publicidade possível.

Conteúdo bom sempre gera interação e é compartilhado por quem o aprova.

Mas isso não é suficiente.

Garanta também uma periodicidade nas publicações – quem não é visto, não é lembrado, certo?

Portanto, foco no ritmo das postagens.

Não deixe de criar um calendário com um material imperdível, e começamos bem.

2. Monitoramento

Monitoramento, sempre.

Avaliar as métricas das suas publicações vai te ajudar a ter mais foco na estratégia.

Ao fazer essa análise, você consegue descobrir mais facilmente o que o seu público gosta de ler, ouvir, assistir e compartilhar.

Então, esteja sempre atento aos posts que geraram mais engajamento, o formato do conteúdo, o assunto em questão, enfim.

Tudo para que os próximos conteúdos sejam ainda mais facilmente aproveitados pelos usuários.

Uma vez que você entende o que chama a atenção do seu público, você deixa de perder tempo e energia com aquilo que não vai dar nenhum tipo de retorno.

3. Ver primeiro

Essa dica é bem importante, então, preste atenção.

Toda página que seguimos no Facebook apresenta uma opção chamada “Seguindo”.

Se você clicar nesse botão, que tem até uma seta voltada para baixo, verá que há algumas alternativas ali. Uma delas é a de “ver primeiro”.

Isso vai fazer com que aquela página ganhe uma super prioridade no seu feed de notícias, e você sempre poderá acompanhar em primeira mão tudo o que é postado ali.

Então, já sabe o que fazer, né?

Você provavelmente já tem seguidores que curtem a sua página, e que adorariam estar sempre por dentro das atualizações.

Convide-os a correrem para ativar essa opção e verá que suas publicações ganharão um incrível upgrade no engajamento.

4. Incentive a interação através do call to action

Se você produz conteúdo de qualidade, relevante e mantém uma frequência de publicações, já tem um grande caminho percorrido em seu favor.

Basta, para completar essa estratégia com chave de ouro, incluir um call to action matador para incentivar o usuário a realizar uma ação imediatamente.

Afinal, de que adianta mandar super bem na apresentação do conteúdo sem oferecer a cereja do bolo para quem o acessa?

Assim, até o mesmo o usuário fica um tanto quanto perdido em meio àquele material, não acha?

E nem precisa ser nada relacionado à compra direta. Nas redes sociais, o call to action pode vir em mil formatos diferentes, como pedir para:

  • Compartilhar ou curtir o conteúdo
  • Marcar um amigo que possa ter interesse no assunto
  • Deixar um comentário para dividir sua experiência ou simplesmente compartilhar o que achou do material
  • Acessar seu site ou blog para mais informações relevantes.

Enfim, há inúmeras opções que podem ser exploradas aí.

Portanto, descubra qual a mais adequada para sua estratégia e mande bala.

5. Grupos

grupos no facebook como tática de engajamento

Se você ainda não faz parte de grupos ou comunidades que tenham a ver com o seu negócio, está perdendo tempo, dinheiro e um super networking.

Os grupos são locais importantíssimos onde várias pessoas compartilham dos mesmos interesses, e, portanto, muito mais fácil de ganhar visibilidade e engajamento.

6. Evite pegar atalhos

E o que seriam esses atalhos?

É aquilo que eu canso de alertar aqui.

Caminhos fáceis para ganhar likes, seguidores e outras formas de incentivar a interação são truques aparentemente baratos, mas que podem sair muito caros para o seu negócio.

Primeiro, porque de forma alguma isso gera tráfego orgânico ou leads para sua empresa.

Em segundo lugar, porque o Facebook tem normas muito restritas quanto a esses atalhos, e métodos muito sofisticados para penalizar quem os pratica.

Por isso, atenção!

Está proibido, em qualquer que esteja a sua situação atual, incentivar os clickbaits – os famosos caça-cliques que não têm absolutamente nada a ver com o contexto.

Conclusão

O Facebook é a rede social mais popular e mais utilizada de todos os tempos.

Milhões de empresas anunciam na plataforma e administram páginas de negócios para direcionar tráfego orgânico.

Os níveis de público, funcionalidades e ferramentas da rede social são incomparáveis com qualquer outra.

Isso é ótimo para negócios e profissionais de marketing – a não ser quando tratamos de alcance orgânico.

O alcance orgânico do Facebook está em um declínio constante desde que noticiaram isso, em 2013.

O que significa que todos aqueles fãs e curtidas na sua página são quase inúteis agora.

Ao invés disso, o Facebook quer que você os alcance através de anúncios.

Mas não foi fácil conseguir todos esses fãs. Muitas pessoas (incluindo eu) até mesmo gastaram dinheiro para adquirir estes fãs e curtidas.

Então, como contornar o sistema e ainda assim atrair tráfego orgânico?

Comece implementando segmentação de públicos por interesse. É uma das maneiras mais fáceis e eficazes de trazer de volta seu tráfego orgânico.

Ela permite focar suas postagens orgânicas da mesma forma que no Facebook Ads.

Em seguida, utilize conteúdos em vídeo. Eles direcionam mais engajamento no Facebook do que qualquer outro tipo de conteúdo.

Também se certifique de compartilhar seus melhores conteúdos para conseguir níveis maiores de engajamento.

E, por fim, use a ferramenta de “Convidar para Curtir” do Facebook para atrair novos fãs que já engajaram com seu conteúdo anteriormente.

Larry Kim utilizou esta tática e conseguiu uma taxa de conversão de 15 a 20%.

Pode ser trabalhoso reviver seu alcance orgânico, mas com estas dicas, você pode fazer isso e ainda poupar dinheiro com os gastos de anúncios.

Antes de ir embora, deixe um comentário: quais são as suas melhores estratégias para alcançar seus fãs orgânicos?

Compartilhe