Como Melhorar o Engajamento no Facebook (Mesmo com o Algoritmo te Odiando)

like

O Facebook está longe de morrer.

Ele cresceu 18% só no último ano, se distanciando ainda mais de qualquer concorrente em potencial.

E as pessoas ainda dedicam ao menos uma hora por dia para checar o que seus amigos e família têm feito.

O problema, porém, é que o volume de conteúdo sendo publicado no Facebook continua prestes a explodir.

Isso significa que a rede está cada vez mais agressiva na política de informações, filtrando conteúdos irrelevantes para que os usuários não sejam bombardeados já no momento em que acessam.

Mas isso também significa que sua habilidade de alcançar seus próprios fãs está desaparecendo. O próprio Facebook já admitiu que talvez você não seja capaz de alcançar ao menos um no dia! Felizmente, existem alguns passou que você pode tomar para retomar os fãs que você trabalhou duro para atrair.

Eu irei te mostrar seis passos sobre como gerar engajamento com seus fãs para trazer de volta seu alcance. Você não deve parar de fazer seu marketing de maneira eficiente por conta de todo esse barulho.

Mas primeiro, você precisa entender por que isso está acontecendo e como o Facebook está ditando as regras do jogo (antes de começar a reagir).

Por que o alcance orgânico do seu Facebook diminuiu com o tempo

Algumas pessoas estimam que cerca de 4 bilhões  de posts no Facebook vão ao ar todos os dias.

Pense nisso por um minuto.

É claro, existem muitas pessoas no Facebook (em torno de 1 bilhão).

Entretanto, uma taxa de 4 posts por pessoa significa que existe simplesmente muito conteúdo.

Os números não eram tão altos assim, mesmo quando a febre do Facebook aconteceu e todos começaram a construir seu público de fãs.

Naquela época, você poderia publicar mensagens e alcançar a maioria das pessoas que já haviam curtido sua página.

Afinal, elas eram seus fãs (ou você pensava que fossem). Você trabalhou muito duro para que eles curtissem sua página e seguissem seu conteúdo no primeiro momento.

Seria certo que você fosse capaz de alcançá-los sempre que você quisesse, não?

Especialmente pelo fato de eles poderem deixar de seguir sua página caso não estivessem mais interessados.

Porém, não é mais assim que as coisas funcionam.

Avançando um pouco para o ano de 2012, apenas 16% dos seus fãs viam seus posts.

Organic Reach Chart

Dê uma olhada então na linha de baixo do gráfico. Essa é a linha para as grandes páginas do Facebook com cerca de 500.000 fãs.

Parece que o alcance orgânico delas era 3 vezes pior do que as páginas menores!

Então, quando você pensa que as coisas não podem piorar, elas te surpreendem.

No último ano de 2016, assistimos uma queda assustadora no alcance orgânico ( cerca de 52% em apenas alguns meses).

SocialFlow FacebookOrganicReach

Agora pare um pouco e pense por um instante.

Você gastou inúmeras horas, tempo, e em muitos casos, dinheiro, para construir sua audiência em primeiro lugar….

….tudo isso para que você tenha que direcionar anúncios pagos à mesma audiência já construída, para conseguir a atenção dela novamente.

E agora você precisa pagar para alcançá-la? Isso é justo!?

É claro que não.

Mas o Facebook insiste novamente naquele número original: 4 bilhões de posts por dia.

Eles estão tentando filtrar posts no sistema para que você, como usuário, veja apenas “bom conteúdo”, que seja interessante ou relevante para você.

Em vez disto:

Bem, isso então é bom para os usuários. É ruim para as marcas, porque isso significa que a maioria dos posts não serão vistos pelas pessoas que já demonstraram interesse antes.

Isso ainda não é a pior parte.

Quer ouvir algo ainda mais louco?

O Facebook admitiu que seu alcance orgânico pode chegar a zero em algum momento!

E pelo que mostra este estudo, esse momento está chegando, e rápido:

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Can you imagine if all of that time, energy, and money is simply flushed down the tubes like that?

O chefe de conteúdo da Former Gawker, James Del, também não consegue acreditar. Ele não conteve quando perguntaram sua opinião sobre o assunto:

“O Facebook talvez esteja conseguindo um dos negócios mais lucrativos de todos os tempos; primeiro; eles convenceram as marcas que era preciso comprar seus Fãs e Curtidas — mesmo que todo mundo saiba que não se pode comprar amor; em seguida; o Facebook continua a cobrar das mesmas marcas o alcance dos fãs que elas acabaram de comprar.”

É um argumento muito justo se você parar pra pensar.

Ele praticamente sugere que o Facebook esteja jogando com todos nós.

Eu pessoalmente não sei se iria tão longe.

Eu definitivamente não concordo com essa medida, mas eu também sou realista o suficiente para saber que não há muito o que se faça a respeito.

Pelo contrário, nós precisamos nos tornar melhores e descobrir o que ainda funciona.

Porque existem algumas poucas estratégias incríveis de marketing do Facebook que ainda podem te trazer engajamento (e ainda, te ajudar bastante a aumentar o alcance orgânico do Facebook).

Mas antes de revelá-las para você, existem algumas coisas que você precisa entender sobre como este algorítimo funciona (para que você saiba como vencê-lo).

Como o algorítimo do Facebook funciona em 2017

O algorítimo do Facebook é semelhante ao do Google se pararmos para analisar. (E assim como o do Google, ele costumava ser menos complicado).

Ele costumava ser chamado de “EdgeRank”, e ele funcionava “designando pontos de valor” para diferentes tipos de posts baseados em critérios diferentes.

Facebook EdgeRank Formula 1

Por exemplo, um post com uma imagem “valia mais” do que um sem imagem (apenas texto). Um post mais recente também “valeria mais” do que um mais antigo.

Muito simples, não?

Então o Facebook simplesmente reunia todos esses pontos para determinar os pré-requisitos alcançados, e consequentemente, se o post seria mostrado ou não para os seus fãs.

Era algo muito primitivo no começo, e não era difícil de se destacar na multidão.

Entretanto, tudo começou a mudar em 2011.

Desde então, o Facebook passou a usar um algorítimo novo e aprimorado que conta com uma série de inteligências artificiais. Ele usa o aprendizado de máquinas para aprender novos truques ao longo do tempo.

Então se você se engaja mais ou menos com uma marca, o Facebook automaticamente irá aumentar ou diminuir a frequência de posts exibidos por ela.

Você quer saber o quão preciso é isso? Essa mesma tecnologia é a que o Facebook utiliza em sua ferramenta de reconhecimento facial, que faz a correspondência correta dos rostos dos seus amigos  98% do tempo!

140401132817 faebook face recognition 1024x576

A meta final do Facebook com isso não é nenhum segredo. Na verdade, o Chris Cox, CPO do Facebook, falou sobre isso há alguns anos:

“Se você pudesse classificar todas as coisas que aconteceram na Terra hoje, que foram publicadas em qualquer lugar por qualquer um de seus amigos, qualquer um dos seus familiares, qualquer fonte de notícias… e então escolher as dez que foram mais significativas para você hoje… isso seria um serviço muito legal que poderíamos desenvolver. É isso que gostaríamos que nosso Feed de Notícias se transforme.”

O algorítimo de hoje é muito mais sofisticado, mas ele ainda funciona basicamente da mesma maneira.

O que significa que a solução é praticamente a mesma: Engajamento.

Siga estes 6 passos, veja como conseguir mais engajamento no Facebook e vire o jogo

Quanto mais pessoas você conseguir para interagir com o conteúdo do seu Facebook (e quanto mais você fizer com que elas voltem em busca de mais), maiores suas chances de conseguir alcançar as pessoas (sem pagar nada).

E melhor ainda, é algo muito fácil quando você sabe exatamente o que fazer.

Siga estes passos para retomar o alcance orgânico que é seu por direito.

1º Passo. Relembre seus seguidores de acompanhar seu conteúdo.

A dura realidade do marketing pode ser resumida nestas duas pequenas frases:

As pessoas não se importam com você. Elas só se importam com elas mesmas.

Levar em consideração a frase número um pode te ajudar a se colocar no lugar delas por um momento.

As pessoas são extremamente ocupadas. E elas estão de alguma maneira tentando gerenciar outras milhares de mensagens à espera delas no Facebook.

Então é natural que elas se esqueçam de seguir cada passo seu.

Tudo bem. A seguir está como você pode lembrá-las de se manterem atualizadas.

Peça aos seus seguidores para começar a dar uma olhada no link de “Páginas” na barra lateral esquerda após acessarem o Facebook.

image 90

Elas então devem navegar até sua página e olhar a opção abaixo da aba “Seguindo”.

Se elas clicarem ali, elas irão ver um link abaixo do “No Seu Feed de Notícias” que diz “Ver Primeiro”

pasted image 0 416

Ao selecionar essa opção seus posts irão aparecer acima de todos os outros (bem como de todas as outras páginas que a pessoa segue).

Por que alguém iria fazer isso?

Novamente, ninguém irá. A não ser que você dê às pessoas uma boa razão para fazer!

Por exemplo, você pode usar a escassez a seu favor através de ofertas gratuitas ou oferecendo outros incentivos para que as primeiras pessoas que responderem ao seu conteúdo.

Interações em posts, afinal, é o que de fato coloca seus números de engajamento nas alturas. Então faça o que puder para conseguir a interação das pessoas com o conteúdo de sua página para manter esses números altos.

pasted image 0 430

2º Passo. Comece a criar e postar mais vídeos.

De volta aos dias do EdgeRank, os conteúdos por vídeo sempre contaram com um empurrão a mais.

Isso ainda vale para os dias de hoje. Os vídeos ainda são o tipo de conteúdo número um para atrair os olhares e conseguir engajamento dos seus fãs.

pasted image 0 417

Parece que os usuários do Facebook não se cansam de conteúdo por vídeo ao analisar as estatísticas.

Eles assistem cerca de 100 milhões de horas todos os dias! E por isso a maioria dos profissionais do marketing (73%) tentam criá-los o mais rápido que conseguem.

Então está claro que os vídeos são a melhor aposta para manter seus fãs grudados em seus posts.

Porém, existe outro tipo de conteúdo relacionado que supera o desempenho até mesmo dos vídeos.

3° Passo. Utilize a Live do Facebook para conseguir 3x mais visualizações.

As pessoas podem adorar assistir seus vídeos no Facebook, mas não há nada que supere o engajamento das Lives do Facebook. Veja esta citação do AdWeek  que mostra a perspectiva das coisas:

“As pessoas gastam em média três vezes mais tempo assistindo um vídeo ao vivo no Facebook  do que um vídeo gravado.”

Vídeos ao vivo conseguem maiores taxas de finalização e também maiores sinais de interesses dos espectadores.

Parte do apelo de um vídeo ao vivo vem da escassez.

Um simples teste do Behave.org (o antigo WhichTestWon) pode te mostrar o poder desse princípio.

Eles pegaram a mesma página de produto e fizeram uma pequena alteração: Um relógio de contagem regressiva.

behave urgency test

As páginas eram exatamente as mesmas, mas a versão com o contador aumentou as conversões em 8%.

Em outras palavras, a escassez (ou a sensação de que algo pode acabar em pouco tempo) cria um forte senso de urgência nos consumidores.

Ela é tão forte que força as pessoas a tomarem uma ação ou prestar mais atenção do que o normal em algo.

Apenas dê uma olhada no Stories do Instagram ou Snapchat para ver como o conteúdo efêmero e em tempo real está inserido em nossas vidas.

O fato de que stream ao vivo do Facebook pode acontecer apenas uma vez antes de desaparecer para sempre faz com que as pessoas parem o que estão fazendo para prestar atenção.

pasted image 0 415

Essas transmissões ao vivo de vídeos podem ser enviadas para perfis pessoais do Facebook, páginas inteiras ou até mesmo grupo específicos e particulares, para que você possa recompensar alguns poucos selecionados.

pasted image 0 414

Nesse ponto, você deveria combinar o próximo passo com muitas estratégias das quais já falamos para impulsionar seu engajamento.

4º Passo. Faça as pessoas entrarem em uma competição.

Gastar dinheiro em anúncios do Facebook é eficiente se você fizer da maneira certa. Mas isso também requer uma boa quantidade de dinheiro apenas para começar a execução.

Outra coisa boa de se fazer é simplesmente “doar” seus próprios produtos e serviços para criar uma competição ou doação.

Veja este exemplo do Hubspot:

pasted image 0 420

Cerca de 42.000 reações e 4.000 compartilhamentos!

Certo. Eles estão doando $100.000 em dinheiro. Mas os próximos dois prêmios (consultoria executiva particular e três anos dos seus produtos) custam praticamente nada para eles.

A melhor parte sobre desafios como esse é que praticamente não existem limites sobre o que você pode fazer.

Por exemplo, eu fiz uma competição no passado onde reunimos algumas empresas diferentes no mercado de turismo para que todas “doassem” alguns produtos.

O resultado final foi um fantástico final de semana de doações em Los Angeles para uma pessoa e seu acompanhante. As pessoas enlouqueceram, comentaram e compartilharam para entrar na disputa.

Cada parceiro no acordo conseguiu toneladas de promoção e visibilidade como retorno.

E o melhor de tudo, não custou praticamente nada para os organizadores.

Então foi de fato uma vitória sem perdas porque nós fomos capazes de promover nossos serviços para os nossos públicos, de maneira cruzada.

Entretanto, não faça apenas promoções cruzadas com outras empresas. Você pode (e deve) promover também incentivos como esses também para seus outros canais de marketing.

5° Passo. Faça a promoção cruzada de conteúdo único para “conduzir” as pessoas ao Facebook.

Acredite ou não, não existe sempre uma sobreposição de públicos entre seus diferentes canais sociais.

Por exemplo, seus seguidores mais fiéis no Twitter talvez não tenham visto sua página no Facebook antes.

O truque é, dentro do nosso tema aqui, dar a eles razões para investigar.

Você pode publicar algum conteúdo exclusivo no Facebook (como por exemplo um vídeo ao vivo) e então promovê-lo de maneira cruzada para seus outros públicos em redes sociais.

A Mercedes-Benz faz o oposto abaixo, direcionando pessoas do Facebook de volta ao Instagram para verem fotos especiais.

image one 1

6° Passo. Por último mas não menos importante, configure o público-alvo preferido de sua página

Público Preferido para Página permite que os profissionais do marketing digam ao Facebook exatamente quem seu público é e quais são seus interesses. Isso ajuda o Facebook a alcançar melhor essas pessoas.

Esse processo é semelhante a se inscrever no Google Search Console e inserir suas informações preferidas de site e mapas de site para o Google.

Bem, não é uma tática final e completa para a solução automática dos seus problemas. Mas isso pode te ajudar, também.

Ela talvez te proporcione um ótimo salto.

E você precisará de toda a ajuda disponível por conta desse declínio dos aspectos orgânicos que vimos anteriormente.

Para configurar seu Público preferido de Página, dê uma olhada nas configurações da sua Página de Negócios para encontrar o link correto.

pasted image 0 423

Você poderá especificar sua localização, demografia, interesses e idioma.

Esse processo é quase que uma cópia da seleção de interesses baseada no direcionamento de público nos anúncios do Facebook.

Conclusão

Há uma década atrás, era possível alcançar a maioria dos seus fãs do Facebook através de tráfego orgânico. Isso ainda é verdade em muitas plataformas sociais e ambientes online, mas nem sempre no Facebook.

Acumular tráfego orgânico parece justo apenas porque você já gastou tempo, dinheiro e esforço para conseguir seus fãs em primeiro lugar.

Entretanto, você não pode mais contar apenas com o tráfego orgânico para conseguir engajamento no Facebook. Você precisa se aprofundar mais se você quiser manter seus fãs ativos em sua página.

As regras do jogo mudaram ao longo dos últimos anos, mas a meta em geral é a mesma. Você quer consumidores que deem a você tempo (e dinheiro, é claro).

O aumento em massa do conteúdo postado no Facebook em uma base diária significa que a plataforma social se tornou incrivelmente seletiva sobre o que ela está disposta a mostrar para seus fãs.

Por um lado, é uma boa notícia para os usuários porque isso garante que eles não fiquem completamente sobrecarregados com mensagens de marca irrelevantes.

Mas é absolutamente terrível para os profissionais do marketing!

Isso significa que um dia, num futuro não muito distante, sua habilidade para alcançar fãs de maneira orgânica (leia-se: de graça) pode desaparecer.

A única esperança é que existem ainda alguns truques restantes.

A chave para recuperar seu alcance é aumentar seu engajamento o quanto você conseguir.

Elabore cada post no Facebook para atrair pessoas a interagirem, e você vagarosamente irá começar a retornar os resultados para onde eles pertenciam antes.

Qual sua dica favorita para conseguir aumentar a taxa de engajamento dos seus fãs com seu conteúdo no Facebook?

Compartilhe