Marketing na Construção Civil: 13 Estratégias Para Você Vender Mais

marketing no mercado da construção civil

Não sabe como aplicar o marketing na construção civil?

Este é um bom momento para aprender.

O setor movimenta 9,9% do PIB (Produto Interno Bruto) e gera cerca de 10 milhões de empregos todos os anos.

De acordo com um levantamento realizado pelo Sinduscon-SP (Sindicato da Indústria da Construção do Estado de São Paulo), o PIB da construção civil brasileira deve crescer 2% em 2019.

Depois de anos em queda, o cenário finalmente respira bons ares.

É exatamente por isso que as empresas devem voltar a investir.

Na retomada da dianteira como impulsionador da economia, algumas poucas empresas se destacarão.

Se você quer se tornar uma delas, chegou ao lugar certo.

Neste texto, descubra tudo que é necessário e conheças as melhores estratégias de marketing na construção civil para vender mais.

Antes de continuar, se você quer aumentar sua vendas e saber quais são as melhores estratégias para promover seu negócio online, clique aqui para receber o Guia Completo de Marketing Digital.

guia completo de marketing digital

O que é um plano de marketing na construção civil?

equipe de construção civil em estratégia de marketing

Um plano de marketing na construção civil é um documento que contém uma série de ações estrategicamente pensadas para fazer com que a empresa conquiste clientes e se destaque em meio à concorrência. Ele é responsável por guiar cada uma das atividades que serão realizadas em um determinado período de tempo.

Para simplificar a visualização, vamos a um exemplo.

Uma equipe de marketing se reúne no início de cada campanha.

O primeiro passo consiste em definir o período de tempo de execução das ações.

Por exemplo, três, seis ou doze meses.

Isso é muito importante pois, ao fim do período, ela se encontrará novamente para verificar se os objetivos foram concluídos.

“Opa, objetivos? Mas que objetivos?”, você me pergunta.

Essa é exatamente a segunda etapa.

Estabeleça o ponto que você deseja atingir com a implementação da estratégia.

Lembre-se que ele deve ser mensurável.

Ou seja, pode ser representado por meio de dados.

Os objetivos de marketing são variados.

Você pode desejar aumentar as vendas.

Nesse caso, um indicador interessante seria a taxa de conversão.

Ou apenas expandir o poder da sua marca, também conhecido como branding.

Aqui uma métrica avaliada poderia ser o alcance de posts em redes sociais ou o tráfego gerado por meio de suas campanhas.

A meta também pode ser a redução dos custos de vendas.

Para isso, avaliar o retorno sobre o investimento (ROI) é uma boa ideia.

Viu só?

Como você percebeu, existem muitos objetivos, então, cabe aos profissionais definirem qual será escolhido como primário.

Com esses dois elementos decididos, é hora de traçar os caminhos que serão utilizados para alcance dos resultados.

Assim, no plano de marketing são inseridos todos os detalhes de cada uma das ações que serão realizados a partir da data de início de sua aplicação.

Orçamento, custos, etapas, responsáveis por tarefas, serviços terceirizados e muito mais.

Ao organizar cada atividade relacionada ao marketing, você evita imprevistos e erros e agiliza a execução de tarefas.

Quando falamos em marketing digital, é muito comum que o planejamento inclua também um calendário editorial.

Ou seja, datas, datas, horários e conteúdos que serão postados em redes sociais e blogs ou enviados pelo email marketing, por exemplo.

Não é nenhum exagero dizer que o plano de marketing na construção civil está para o profissional de marketing como a planta de uma obra está para o engenheiro.

É um passo essencial para que tudo saia conforme a programação.

Mas, mais do que isso, é a melhor maneira de garantir o desenvolvimento da estratégia.

Isso porque, após o período definido, a observação precisa revela quais táticas funcionam e quais apresentam um desempenho ruim.

Ou seja, serve como um guia para direcionar as atividades do marketing.

Por que investir em estratégias de marketing digital na construção civil?

investimento em estratégias de marketing digital na construção civil

Existem muitas razões pelas quais você deveria investir em estratégias de marketing digital na construção civil.

Em primeiro lugar, porque hoje o mundo é digital.

Seja para divulgar serviços, fortalecer a marca ou adquirir clientes, é preciso marcar presença onde o consumidor está.

Você consegue imaginar qual é a primeira ação tomada por um potencial cliente quando ele quer reformar a sua casa, por exemplo?

Isso mesmo, buscar no Google.

O marketing digital tem papel fundamental na engenharia civil, independentemente do serviço ou produto oferecido.

Qualquer que seja o seu público, ele certamente utiliza a web para encontrar informações.

O dono de uma grande empreiteira para a qual você pretende vender materiais tem um perfil no LinkedIn.

O pai de família que pretende alugar materiais de construção acessa o email todos os dias.

Um engenheiro qualificado que busca por uma vaga em sua nova cidade acessa blogs relacionados com frequência.

Por isso posso dizer com toda certeza que, seja qual for o seu objetivo, o marketing digital pode ajudar.

Outra razão que posso citar é a fidelização de clientes.

No ramo da construção civil, a confiança e a autoridade são elementos muito importantes na hora de escolher uma empresa.

Isso é natural, já que trabalha com investimentos maiores que a maior parte dos setores do comércio.

Uma obra, por menor que seja, não é barata para o bolso do consumidor.

E a grande concorrência não ajuda muito.

Por isso, se destacar no ambiente virtual é um diferencial na hora de realizar escolhas importantes.

O marketing digital permite o estabelecimento de relacionamentos confiáveis e posicionamento estratégico como referência no assunto.

Falo do estreitamento de laços entre marca e consumidor, gerando fluxo de caixa constante.

Principalmente diante da aplicação de ações de inbound marketing, sobre a qual falarei em um tópico mais a frente.

Benefícios de investir no marketing digital

benefícios do investimento do marketing na construção civil

O marketing digital gera muitos benefícios para empresas do ramo da construção civil.

A seguir, vamos conhecer quais são as principais vantagens geradas por meio da aplicação da estratégia.

1. Autoridade na web

Gerar autoridade é um dos principais objetivos de marketing em grande parte dos segmentos.

Na construção civil não é diferente.

Há muita oferta no ramo.

Como você imagina, há serviços e produtos das mais diferentes qualidades: da mais baixa à mais alta.

Isso faz com que o consumidor tenha os olhos atentos na hora da contratação ou compra.

É justamente aí que entra a geração de autoridade.

Ao criar conteúdo relevante e mostrar que a sua empresa entende tudo sobre o tema, essa desconfiança se afasta da marca e pousa sobre outros negócios.

2. Tráfego no site

Uma coisa é certa: para gerar vendas na internet, você precisa atrair visitantes.

Por sorte, existe um conjunto de técnicas chamadas de SEO (Searching Engine Optimization, que em português significa otimização para mecanismos de buscas).

Consiste, basicamente, em posicionar as páginas de um site ou blog no Google.

Isso gera o que chamamos de tráfego orgânico, que é quando os usuários chegam por naturalmente, sem o investimento em anúncios.

Mas se você possuir verba para tal, os links patrocinados também são uma boa ideia.

São campanhas pagas que geram tráfego para páginas de maneira similar, mas por meio de plataformas de publicidade como Google Ads, Facebook Ads e Twitter Ads, por exemplo.

3. Maior engajamento

Os mecanismos online permitem que você se aproxime do seu consumidor.

Principalmente nos locais destinados às interações.

Os mais conhecidos são as redes sociais, locais nos quais é possível manter um relacionamento cotidiano com os potenciais clientes.

4. Baixo custo

Por conta de seu caráter massivo, as estratégias online geralmente apresentam um custo inferior àquelas realizadas no mundo real.

A criação e impressão de peças gráficas, campanhas e comerciais de rádio e TV e outros formatos de marketing tradicional são realmente caros.

Por essa razão, ações de marketing digital ganham cada dia mais espaço no ramo da engenharia civil.

5. Segmentação

Ainda tratando sobre o tópico anterior, podemos dizer que baixo custo acontece principalmente devido à otimização de campanhas segmentadas.

Quando você investe em um outdoor em uma rodovia, por exemplo, não controla quem receberá a mensagem.

A maior parte das pessoas não representará um potencial cliente.

Já no mundo digital, você pode escolher quem quer que veja suas campanhas, direcionando as ações e economizando dinheiro.

6. Medição de resultados

Uma das maiores vantagens das estratégias digitais consiste exatamente na possibilidade de medir cada uma das ações.

Na web você sabe exatamente quantas pessoas abrem seus emails, clicam em seus anúncios ou visualizam suas páginas.

É exatamente esse o maior benefício da internet.

Por meio dos dados, você ganha a vantagem competitiva de utilizar a inteligência de mercado para ajustar as campanhas e otimizá-las.

Por exemplo, realocando os investimentos nas ações com melhor desempenho e deixando de lado aquelas com performance abaixo das expectativas.

Em outras palavras, podemos dizer que a medição de resultados é a chave para o sucesso no marketing online.

13 Dicas de marketing na construção civil

marketing e construção civil

Agora que todos os benefícios do marketing na construção civil foram listados, é hora de atentar-se a algumas dicas super úteis na hora de aplicá-lo.

Lembre-se que os itens aqui listados também funcionam separadamente, mas a minha indicação é que alinhe os que funcionem mais para o seu negócio.

Então, vamos a eles.

1. Persona

O conceito de persona é uma atualização do antigo público-alvo utilizado no marketing tradicional.

Ele se encaixa perfeitamente aos meios digitais, no qual as pessoas são cada vez mais exigentes.

Trata-se de um personagem fictício que tem nome, sobrenome, hábitos, costumes e problemas.

Esse elemento é criado no planejamento e auxilia na construção de todos os materiais utilizados na estratégia.

Vou citar um exemplo de uma possível persona de uma persona de uma construtora.

“Luís Alberto, engenheiro civil, 42 anos. É concursado na prefeitura de uma pequena cidade no interior de São Paulo e principal responsável pelos projetos de construção civil do município. Ele planeja e traça a maior parte dos projetos, mas tem problemas com a execução do prazo e a estruturação da equipe. É casado, tem dois filhos e utiliza o LinkedIn para se comunicar com outros profissionais do ramo.”

Veja bem, essa é uma persona simplificada.

Quanto mais detalhes, melhor.

E se houver a possibilidade de baseá-la em dados, certamente sua eficiência aumenta muito.

Apenas com esse exercício já sabemos que a construtora tem como foco a construção civil estatal.

Ao selecionar um tomador de decisões como persona, você será capaz de criar conteúdos direcionados a ele.

Aliás, também conhecemos seus principais problemas e o canal de preferência para comunicação.

Interessante, né?

2. Site

Um website é o mínimo que você precisa para ter uma presença digital.

É muito importante, pois representa a sua identidade na atmosfera online.

Nele estão contidas as principais informações sobre a empresa, como história, valores, equipe, produtos e serviços.

Quando as pessoas buscam o nome da sua empresa no Google, deve obter o primeiro resultado.

Isso certamente facilitará a jornada de compra da sua persona.

3. Blog

O blog é a principal ferramenta do marketing de conteúdo.

É por meio desse recurso que desconhecidos chegam até o seu site.

Quer saber como?

Simples: por meio da criação de artigos otimizados para mecanismos de buscas.

Ao responder as dúvidas da persona em textos informativos, há grandes chances de ela encontrar o seu material no Google e cair no seu blog.

Para isso, são utilizadas palavras-chave relevantes.

4. Materiais ricos

Ainda na esfera do marketing de conteúdo, há outros tipos de material confeccionados para os mais diversos objetivos.

Como dito, normalmente os artigos são responsáveis por gerar o primeiro contato.

Mas existem muitos outros formatos.

Os ebooks, por exemplo, normalmente exigem o preenchimento de um formulário para envio.

Essa técnica é conhecida como geração de leads.

A partir dela você estabelece um canal de contato com potenciais clientes por meio do email.

Outros tipos conhecidos são os vídeos, os infográficos, as apresentações de slides, os webinars e os podcasts.

5. Redes sociais

redes sociais como ferramenta de marketing digital n a construção civil

As redes sociais são o ponto de encontro das pessoas no ambiente digital.

Elas acessam essas ferramentas com o objetivo de interagir com pessoas e marcas.

Existem diversos segmentos que permitem fechar negócios pelos próprios canais de mídia.

Mas na construção civil, elas geralmente são utilizadas como potencializadoras de outras táticas.

Ao engajar potenciais clientes, eles se aproximarão da empresa e ficarão mais próximos do momento da compra.

Também são ótimos veículos para anunciar.

6. Eventos de segmento

Os eventos são excelentes fontes de expansão da rede de contatos.

Isso porque têm um filtro orgânico: somente pessoas interessadas no assunto marcam presença.

Assim, vale a pena organizar estandes, construir um forte networking e adquirir vendas diretas presencialmente.

7. Mídia paga

Os veículos de mídia paga ainda geram bons resultados nos dias de hoje.

Na mídia tradicional temos os banners, panfletos, outdoors, comerciais em rádio e TV, carros de som, anúncios em jornais e revistas etc.

No mundo digital ela está presente em mecanismos de buscas, redes sociais, sites e blogs, plataformas e ecommerce, email e muitas outras.

8. Conteúdo audiovisual

O conteúdo visual é o grande filão no marketing para construção civil.

Em construtoras, por exemplo, as pessoas só passam a confiar na empresa depois de verificarem trabalhos anteriores.

Por isso, os vídeos se apresentam como excelente solução.

Assim, não há necessidade de os potenciais compradores irem presencialmente até o local da obra.

9. Depoimentos de clientes

depoimentos e feedbacks de clientes da construção civil

A confiança é um dos mais valiosos ativos na era do marketing digital.

Mas você sabia que ela é repassada de consumidor para consumidor?

Pois é.

Utilizar depoimentos reais de clientes é uma boa saída para fazer com que as pessoas confiem na sua marca imediatamente.

10. Realidade virtual

A construção de uma obra demora meses ou anos.

Mas o consumidor é imediatista.

Como remediar isso?

Por meio das simulações, é claro.

A realidade virtual na construção civil permite a visualização do projeto antes do início da construção.

Isso certamente dá mais que um empurrãozinho na decisão de compra.

11. E-mail marketing

Em tópicos anteriores falamos sobre a geração de leads.

Os leads são pessoas que cedem o endereço de e-mail para que a empresa mantenha contato.

É nesse ponto que entra o e-mail marketing.

Ele nutre um relacionamento com potenciais consumidores, até que ele esteja pronto para receber uma oferta.

Esses processos são automatizados.

12. Parcerias

parcerias no marketing dentro da construção civil

As parcerias também são muito importantes em qualquer uma das estratégias digitais citadas anteriormente.

Na conquista de backlinks, por exemplo.

Ao estabelecer um relacionamento com os principais sites do segmento, é possível que ele envie visitantes para o seu site e beneficie o seu posicionamento no Google.

13. Inbound marketing

O inbound marketing é a tática que concilia as táticas de marketing digital aqui citadas em um único sistema.

Basicamente, tem como objetivo atrair, converter, fechar um negócio e fazer com que se tornem advogados da marca.

Esse sistema é baseado no funil de vendas e gera excelentes resultados.

Conclusão

No texto de hoje, ensinei o conceito de plano de marketing e como ele funciona na construção civil.

Depois, mostrei como o marketing digital se encaixa no contexto de quem busca erguer reputação e construir autoridade.

Por fim, apresentei todas as principais ações que você precisa tomar para se destacar da concorrência e chegar mais alto nesse mercado.

Então, me conte: como você pretende implementar as dicas deste artigo?

Deixe um comentário contando qual é a situação do marketing da sua empresa e até onde você planeja levá-lo.

Bons negócios!

guia completo de marketing digital

Compartilhe