9 passos para vender pelo Instagram sem ter Ecommerce em 2019

profissional acessando celular em frente a laptop

Para vender pelo Instagram, você precisa contar a novidade às pessoas, garantir uma forma de pagamento, criar uma galeria com imagens de produtos, caprichar na descrição dos itens, explorar hashtags, interagir com a audiência, fazer parcerias e ter uma estratégia clara.

Quer vender produtos online sem lidar com os transtornos de configurar e utilizar uma loja de e-commerce?

Ou talvez você já esteja usando um e-commerce mas gostaria de facilitar a compra dos seus produtos para os seus consumidores?

Se esse é o seu caso, o Instagram é a resposta. Na verdade, eu gerei $332.640 em três meses a partir do Instagram. E pelo menos 80% de todos os usuários seguem pelo menos uma marca nessa plataforma.

E eu não sou o único a ter sucesso com o Instagram. Aprenda como vender pelo Instagram e veja como nove empreendedores reais fazem isso.

O que você precisa antes de começar a vender pelo Instagram?

ilustração sobre cxompras online pelo smartphone

Bem, agora que você já tem uma ideia sobre a relevância do Instagram para suas vendas, aposto que ficou curioso para saber o que é preciso para começar a usar essa ferramenta.

É muito simples. Acompanhe.

Faça o download do aplicativo

garota acessando smartphone em fundo rosa

Você já tem uma conta no Instagram? Se sim, pule para o próximo passo.

Se não tem, corra para o celular, computador ou tablet para criar seu perfil.

  • O Instagram pode ser baixado nas versões iOS ou Android. Basta procurá-lo na loja de aplicativos do seu celular ou tablet.
  • Você também pode criar uma conta no seu computador, acessando o endereço do Instagram pelo seu navegador.
  • Para se cadastrar na rede, você deve fornecer seu e-mail. Se tiver uma conta no Facebook, também serve. Aliás, vincular os perfis das duas redes sociais é sempre uma boa alternativa, já que aumenta o alcance da marca, gera mais engajamento com o público e cria uma identidade visual única.
  • Capriche na hora de preencher o seu perfil. Essa descrição vai ficar logo ao lado da sua foto e bem abaixo do seu nome (ou da sua marca). Por isso, nesse espaço devem constar, de forma resumida, as informações mais importantes sobre o seu produto.

Caso você tenha um website ou blog, aproveite essa área também para colocar o endereço da página para que as pessoas possam conferir mais detalhes sobre seu negócio. De quebra, você ainda acaba gerando mais tráfego para seu site.

  • Por último, não esqueça de configurar o seu Instagram como “público”, e não “privado”, ok? Assim, todos terão acesso ao seu perfil.

Troque seu perfil pessoal para o perfil comercial

ilustração sobre compras no instagram

Muita gente nem sabe que existe a opção Instagram Business, mas pode acreditar: ela faz uma baita diferença para quem trabalha com vendas.

Quando o seu perfil é convertido para comercial, você tem acesso a métricas e pode fazer anúncios interativos super interessantes.

Portanto, se você por acaso usa um perfil pessoal para vender, saiba que está limitando sua atuação e seus resultados, perdendo chances de fazer um marketing incrível.

Para converter para o perfil comercial, é muito simples:

  1. Vá até as configurações do seu Instagram
  2. Escolha a opção “Alternar para o perfil comercial”
  3. Faça a sincronização da conta com sua fan page do Facebook (é necessário ter uma)
  4. Insira seus dados empresariais na opção “Configurar seu perfil comercial”

Publique conteúdo relevante

Com perfil criado e configurações devidamente ajustadas, é hora de começar a publicar conteúdo no seu Instagram.

Mas, atenção: não é qualquer conteúdo. Também não é para sair bombardeando propaganda de seus produtos.

É preciso publicar o conteúdo certo.

Como o assunto é Instagram, é importante dar uma atenção especial para fotos e vídeos.

Fotos

Hoje em dia, não tem mais desculpa: basta um celular com uma boa câmera para fazer uma imagem de qualidade.

Portanto, aproveite para fazer fotos criativas explorando diferentes ângulos e não se esqueça de que elas precisam ter uma boa resolução para atrair a atenção dos usuários.

Se precisar, use as ferramentas que o aplicativo oferece para aprimorar sua publicação, como contraste, iluminação, brilho etc.

Dependendo do seu tipo de negócio, peça que os usuários postem fotos utilizando o seu produto e reposte no seu feed e nos stories.

Isso garante uma interação divertida e faz com que os próprios usuários façam a propaganda por você.

Vídeos

Os vídeos também são excelentes recursos que podem ser utilizados a favor da sua marca.

Crie, por meio deles, um material educativo, recheados de informações sobre os produtos que você vende, com dicas de como utilizá-los e mostrando por que eles são os melhores do mercado.

Para dar mais vida ao seu post, também vale incrementá-lo com outros recursos do Instagram, como o boomerang, por exemplo.

Nos stories, deixe a criatividade rolar solta e use fotos e vídeos com adesivos, gifs, enquetes e tudo o que tiver direito para conquistar o seu público.

Outra sugestão é publicar um vídeo dos bastidores da sua empresa, mostrando quem são as pessoas que trabalham ali e o que elas fazem.

Por último, e não menos importante, não deixe de compartilhar vídeos interessantes que tenham a ver com a proposta da sua empresa.

Está vendo de quantas formas diferentes você pode utilizar o Instagram para publicar conteúdos excelentes?

Encante sua audiência! Pode apostar que ela passará a prestar atenção em você.

Mantenha uma frequência nas publicações

O Instagram é uma ferramenta extremamente dinâmica, com diversas publicações rolando soltas no feed dos usuários diariamente.

Por isso, garantir presença é essencial para que sua marca não seja esquecida e engolida pelas outras.

Embora não haja uma regra quanto a um número exato de posts, o ideal é que seja publicado pelo menos um por dia.

Mas também não exagere! O excesso de publicações vai sobrecarregar o perfil dos seus seguidores e afastá-los na primeira oportunidade.

Saber em que horários publicar também é fundamental para garantir mais visualizações para o seu post: por isso, para não errar, conheça muito bem a rotina de sua persona.

O que vender no Instagram? 5 boas ideias

profissional trabalhando em tablet junto de caneca de café

Ficou empolgado para começar a usar essa ferramenta mas ainda não sabe muito bem o que vender?

Eu tenho algumas ideias que podem te ajudar.

Roupas e acessórios

Esse é daqueles mercados que possui um leque imenso de produtos, e você pode explorá-lo de diversas maneiras.

Além disso, a indústria da moda se beneficia imensamente do Instagram devido ao seu forte apelo visual.

O bom desse mercado é que ele estará sempre em voga – pessoas sempre vão precisar de roupas para diferentes ocasiões.

No caso dos acessórios, a vantagem extra é que eles não precisam ser provados, o que reduz as chances de devolução do produto.

Alimentos

venda de alimentos no instagram

Se tem uma coisa que usuário do Instagram adora fazer é postar aquele prato para deixar qualquer um com água na boca. Já imaginou que um dia esses pratos podem ser seus?

Podem ser bolos, executivos, opções para pessoas com restrições alimentares ou receitas especiais que só você sabe fazer.

Serviços de beleza

Para quem trabalha com serviços como cabelo e maquiagem, o Instagram é uma excelente ferramenta para expor o seu trabalho e atrair novos clientes.

Artesanato

Tem habilidades manuais artísticas? Aproveite para criar produtos decorativos e use o Instagram para mostrar para todo mundo.

Bordados, pinturas, arranjos, trabalhos autorais sempre têm uma boa aceitação no Instagram e são ótimas opções para presentear os amigos.

Produtos Geek

Desde que serviços de streaming como Netflix passaram a bombar na casa dos assinantes, temas de ficção como super-heróis e quadrinhos estão em alta.

Por isso, muita gente tem aproveitado para revender produtos como camisetas temáticas compradas em atacado. Com o Instagram, atrair esse nicho pode ser muito mais fácil.

São muitos os produtos e serviços podem ser vendidos pelo Instagram.

Na dúvida, faça uma pesquisa mais detalhada, crie uma lista de opções e se concentre naquilo que tiver mais afinidade com você.

9 passos para começar a vender bem no Instagram

acesso ao instagram pelo laptop e smartphone

Segundo o relatório do PewResearch Center, 2016 Social Media Update, 32% dos usuários da Internet também usam o Instagram.

E pelo menos a metade de todos os usuários do Instagram utiliza essa plataforma todos os dias.

diagrama de acesso as plataformas que usuarios utilizam

Isso significa que suas chances de obter uma boa quantidade de engajamento nessa mídia são boas.

Vale reforçar que geralmente as mulheres têm uma probabilidade maior de usar o Instagram do que os homens. E que 59% de todos os usuários do Instagram têm entre 18 e 29 anos.

diagrama de acesso por gênero

Se esses são os seus públicos alvo e você não faz uso do Instagram, está perdendo uma oportunidade única de gerar reconhecimento de marca.

Mais do que isso: está deixando passar muitas oportunidades de vender.

Negócios exclusivamente online, marcas com lojas físicas e empresas especializadas em fornecer serviços têm sucesso ao promover vendas pelo Instagram.

Você também pode fazer isso. E se você quiser evitar erros de marketing no Instagram, precisa vender como as marcas que usam essa plataforma para gerar bastante dinheiro.

Para entender como vender pelo Instagram, vamos explorar o exemplo da Artifacia.

1. Informe às pessoas que é possível comprar em seu Instagram, como a Artifacia

O Instagram introduziu algumas ferramentas de vendas que deixou o potencial comercial da plataforma ainda maior.

Independentemente do método que você vai utilizar para deixar seus posts “compráveis”, você primeiro precisa informar aos seus seguidores de que é possível comprar em sua conta.

Você pode simplesmente publicar uma imagem para seus seguidores, como fez a Artifacia.

pasted image 0 52

A foto não só informa aos seguidores que a página é “comprável”, mas também traz instruções sobre como comprar, direcionando as pessoas ao link na bio.

Mas como configurar seus posts para poder vender pelo Instagram?

2. Permita que usuários te paguem via WhatsApp, como a BK Store

Posts compráveis tradicionais no Instagram exigem que você use um link para uma loja e-commerce em uma plataforma como o Shopify.

Mas existe uma forma de contornar isso, utilizando o WhatsApp para coletar pagamentos de seguidores, como faz a BK Store. É só adicionar seu número do Whatsapp na bio da sua marca no Instagram e pronto.

exemplo de vendas da empresa BKstore

Ao invés de visitar uma loja e-commerce comum, os usuários podem visualizar os produtos em sua feed do Instagram e enviar o pagamento e detalhes de envio por mensagem para comprar roupas.

É uma forma popular de criar uma loja online sem uma plataforma de e-commerce.

E o melhor: o Instagram está testando atualmente uma nova função para usuários brasileiros que vai permitir que você publique stories diretamente em sua página do Whatsapp.

whatsapp status

Em breve, você poderá publicar imagens de produto diretamente no WhatsApp, logo que essa função for liberada para todos os usuários.

Veja como isso vai funcionar:

  • Quando você pressionar o botão “Add to Story”, um menu vai aparecer com a opção de compartilhar seus stories no WhatsApp.
  • Após selecionar essa opção, você verá sua imagem ou vídeo do Instagram Stories aparecer no Whatsapp, com o logo do Instagram na parte de baixo.

Muito legal, não é? Agora vamos falar sobre a importância das fotos de produto.

3. Crie uma galeria de imagens de produtos, como a Nordstrom

É importante construir uma galeria com as imagens de seus produtos em sua página do Instagram. Uma galeria de imagens incrível é o que vai te ajudar a levar seus consumidores ao “funil”.

Mas lembre-se de não usar filtros, já que eles podem distorcer suas imagens e fazer os produtos parecerem diferentes do que são.

Estudos demonstraram que publicar imagens de consumidores reais usando seu produto pode gerar até 30% mais engajamento.

Eles também constataram que fotos em que predomina a cor azul atraem 24% mais atenção do que aquelas em que predominam a cor vermelha.

E lembre-se de utilizar legendas detalhadas. Forneça aos seus consumidores todas as informações que eles gostariam de ter em sua descrição.

Se você quiser publicar outras fotos além de imagens de produto, mas não quiser que as fotos fiquem perdidas entre as outras, use uma ferramenta como o Like2Buy, específica para vendas, criada pela Curalate.

Após criar um perfil Like2Buy, tudo o que você tem que fazer é adicionar seu link Like2Buy à sua bio, como fez a Nordstrom.

exemplo de feed de comnpras da empresa nordstrom

Esse link é o que vai levar as pessoas à página inicial da sua “loja”.

Quando alguém clicar nele, será enviado à sua galeria de fotos de produto, onde pode navegar entre as imagens para fazer compras.

Tudo o que eles precisam fazer para descobrir como comprar um produto é clicar em uma imagem em que estão interessados.

exemplos de produtos da empresa nordstrom

Você pode adicionar mais de um produto a uma única imagem, usar conteúdo gerado por usuários para inspirar confiança ou publicar fotos de fãs.

Se você enviar uma foto com mais de um produto, a ferramenta vai listar cada produto do lado direito da imagem, com números correspondentes.

itens no Instagram Shopping

Dessa forma, você pode adicionar quantos produtos quiser em uma foto. Isso é especialmente útil quando você tem uma série ou linha coordenada que quer mostrar.

itens a venda em loja do instagram

Com o Like2Buy, os usuários também vão poder monitorar tudo o que curtiram e vão poder ver todas as fotos e produtos que curtiram no Instagram na aba “My Likes”.

Assim, se eles quiserem curtir um post para voltar mais tarde e fazer uma compra, não terão de se preocupar em navegar pelo Instagram ou pelo Like2Buy para encontrá-lo. Isso ajuda a aumentar as vendas.

Você pode ver dados analíticos detalhados de quem está visualizando seus posts como vendedor, personalizar sua loja ou até mesmo adicionar uma captura de e-mails para ganhar alguns leads a partir da plataforma.

A Nordstrom não é a única grande marca utilizando essa plataforma. A Forever21 e a Williams Sonoma também tiveram sucesso com o Like2Buy.

Mas atenção: o Like2Buy não é a melhor ferramenta para pequenos negócios online por causa do custo. Há informações de que ela pode custar até $1.000 por mês.

No entanto, se sua marca já for bem estabelecida ou se você estiver vendendo itens com um grande retorno, pode ser que valha a pena investir nessa ferramenta.

4. Aumente seu alcance com hashtags, como a Bedcolors

No Instagram, hashtags são o que os usuários inserem para pesquisar conteúdos e descobrir novos posts relacionados aos temas em que estão interessados.

Se você utilizar hashtags em imagens de produtos, vai ajudar usuários a descobrir seu post e entender claramente o que é seu produto antes mesmo de clicar nele.

Faça pesquisa para descobrir quais hashtags seus consumidores estão buscando, usando uma ferramenta como o Hashtagify.

análise de alcance de compras no instagram

Tente usar hashtags suficientes para ser descritivo, mas não exagere. Veja aqui como a Bedcolors usa hashtags em seus posts:

A marca coloca as hashtags ao final das descrições de produtos para que elas não atrapalhem as informações importantes.

descrição de produtos a venda no instagram da empresa BedColors

E por falar em descrições de produto, você precisa aperfeiçoar as suas.

5. Melhore suas descrições de produtos, como a back2bareskincare

É importante transmitir a mensagem sobre exatamente o que você está vendendo, mas também é preciso ser interessante para atrair a atenção dos consumidores.

Uma forma de fazer isso é incorporar emojis em suas descrições. Todo mundo adora emojis, e eles ajudam a separar suas palavras.

Por exemplo, use emojis sazonais ou diretamente relacionados ao seu produto, como faz a back2bareskincare.

exemplo de vendas da empresa back2barskincare

E você sabia que pode vender pelo Instagram diretamente a partir da seção de comentários? Veja como.

6. Venda diretamente nos comentários, como a Gigi’s Boutique

O Soldsie é uma ferramenta que permite que usuários comprem produtos diretamente em seus feeds do Instagram, sem nunca terem de sair do app.

Funciona também no Facebook.

Tanto os vendedores quanto os compradores precisam integrar o software do Soldie às suas páginas no Instagram antes de poder usar a função de venda na seção de comentários.

Comece enviando as imagens dos seus produtos e incluindo informações importantes, como as cores e tamanhos disponíveis.

Então, peça aos seus seguidores para comprar seus produtos comentando “vendido” no post e incluindo o tamanho, cor ou outros detalhes do produto desejado.

A Gigi’s Boutique vai ainda mais longe ao adicionar a hashtag “#commenttoorder” a seus posts.

exemplo gigi boutique para compras no instagram

Uma vez que os compradores tiverem clicado em seu post, a Soldsie irá enviar a eles um e-mail com um boleto. Então, você pode receber o pagamento feito por eles através de um cartão de crédito ou PayPal.

O custo da Soldsie depende do plano que você escolher. O pacote básico custa $49 por mês, e a Soldsie fica com 5,9% de comissão pela venda.

Você também deve conversar regularmente com seus clientes para construir confiança e relacionamentos de longa data com eles.

7. Conversar com compradores online, como a Archie McPhee

Quando seguidores comentam em seus posts com perguntas sobre seus produtos ou sua empresa, é óbvio que você deve responder e ajudá-los.

Isso aumenta a probabilidade de eles confiarem em você o suficiente para fazer uma compra, e garante que você vai ter consumidores satisfeitos.

Fornecer um serviço de atendimento ao consumidor excelente não deve ser seu único objetivo ao falar com consumidores na seção de comentários.

Foque em ter conversas engajantes com seus seguidores, como faz a Archie McPhee.

exemplo de como vender pelo instagram da empresa Archie McPhee

A marca até inclui produtos e links de produtos que podem estar relacionados à contribuição de um consumidor à conversa, o que é útil para conseguir ainda mais vendas.

exemplo de produto a venda no instagram

Essa técnica vai fazer usuários sentirem que existem pessoas reais, com quem eles podem interagir, por trás da sua marca e da sua página do Instagram.

Elas vão começar a pensar em sua página mais como uma “amiga” que eles seguem e em quem confiam. O que significa que eles vão ficar mais confortáveis em fazer compras com você.

Usar influenciadores para compartilhar posts sobre sua empresa e seus produtos é outra forma simples de gerar confiança em usuários do Instagram.

8. Faça parcerias com influenciadores para obter vendas indiretas, como a NECTAR Sleep

Você pode aumentar o reconhecimento de mercado e impulsionar vendas ao fazer parcerias com influenciadores no Instagram.

Ao firmar parcerias com pessoas influentes na plataforma, você pode alcançar segmentos específicos do público que têm interesse em seus produtos ou serviços, mas ainda não sabem disso.

O marketing de influenciadores no Instagram mudou o panorama das vendas nas redes sociais. E os benefícios são enormes.

Em média, marcas geram $6,50 para casa $1 gasto em marketing de influenciador.

Por exemplo, a NECTAR Sleep fez recentemente uma parceria com Daryl-Ann Denner em um post sobre seus colchões com memória de forma.

exemplo de como vender pelo instagram da empresa NECTAR Sleep

Na descrição do post em vídeo, ela forneceu informações sobre a empresa e o produto, falou sobre o teste gratuito, adicionou uma tag para a página do Instagram da marca e utilizou uma das hashtags deles.

No momento da publicação do post, a NECTAR Sleep tinha apenas 11.200 seguidores, enquanto Daryl-Ann tinha 112.000. Isso significa que o post dela apresentou a marca à milhares de pessoas novas.

O post teve mais de 10.000 visualizações em apenas um dia e, portanto, foi um sucesso enorme.

Você também pode aceitar pagamentos para os produtos listados em seus posts do Instagram usando um gateway de pagamento.

9. Aceite pagamentos com um gateway de pagamento, como a AKrazyMug

Infelizmente, você não pode compartilhar em suas fotos do Instagram um link para um local onde os usuários podem pagar por seus itens.

Mas existem algumas formas de aceitar pagamentos no Instagram, usando gateways de pagamento. Uma opção é o Instamojo.

Para começar, cadastre-se para ter uma conta do Instamojo e cumpra todos os passos de verificação. Após o envio dos seus documentos, eles vão levar alguns minutos para aprovar sua conta.

A partir daí, você terá que obter seu nome de pagamento. Quando você se cadastra, seu @nomedeusuario se transforma em seu nome de pagamento, exatamente como seu nome de usuário no Instagram.

Após a criação do seu nome de pagamento, o link para seu perfil no Instamojo será www.instamojo.com/nomedepagamento.

Sua página de perfil será uma lista de produtos, com links de pagamento acompanhando todas as fotos.

Crie links para os produtos selecionando o botão “Create a Payment link” no painel do Instamojo dashboard.

Ao concluir o processo, sua página de produtos deve ficar parecida com essa da AKrazyMug.

exemplo de venda pelo instagram da empresa AKrazyMug

Lembre-se de enviar também uma foto de perfil e uma foto de capa para a página da sua marca no Instamojo.

Depois, compartilhe links com seus consumidores em mensagens diretas.

Você pode contatar todos os consumidores que curtirem seu post, enviando a eles uma mensagem com um link para sua página no Instamojo. Ou enviar links a consumidores que te enviarem mensagens fazendo perguntas.

Logo que um usuário comprar seu produto, você receberá um e-mail confirmando a compra.

A partir daí, tudo o que você tem que fazer é usar o Instapay para solicitar um pagamento. Envie seu nome de pagamento ao usuário para que eles insiram as informações de pagamento.

Ou solicite um pagamento diretamente a partir do seu painel no Instamojo. Se você não souber como fazer isso, pode ver aqui como solicitar um pagamento direto.

Conclusão

Pode parecer impossível vender produtos online sem ter que configurar e cuidar de uma loja e-commerce.

Mas isso não é verdade.

Uma grande porção dos usuários da internet usam o Instagram, e fazem isso diariamente.

A maioria deles segue pelo menos uma marca, e por isso a plataforma é o local perfeito para encontrar consumidores engajados.

Você pode vender pelo Instagram e ter um número enorme de pedidos se fizer as coisas corretamente, como os nove empreendedores inteligentes que eu mostrei nesse post.

Após selecionar o método desejado para vender pelo Instagram, você precisa informar aos seus usuários que é possível fazer compras a partir da sua página na plataforma, como fez a Artifacia.

Para fazer isso, você pode simplesmente publicar uma imagem com um texto, dizendo aos usuários para “comprar na página do Instagram”.

Você pode permitir aos seus usuários comprar produtos e fazer pagamentos via WhatsApp, como a BK Store. É só adicionar seu número do WhatsApp à sua bio e às imagens dos seus produtos.

Assim, seus usuários podem enviar mensagens com suas preferências de produtos e informações de pagamento quando quiserem fazer uma compra.

Outra opção é aceitar pagamentos através de um gateway de pagamento, como o Instamojo. A marca AKrazyMug teve grande sucesso usando essa plataforma.

Você precisa também adicionar imagens dos seus produtos à página. Se quiser criar uma galeria completa apenas com imagens de produtos, experimente utilizar o Like2Buy. A Nordstrom usa essa plataforma para vender pelo Instagram.

Aumente seu alcance usando hashtags relacionadas aos seus produtos e marcas, como faz a Bedcolors. Você deve também melhorar suas descrições de produtos utilizando emojis, segundo o exemplo da back2bareskincare.

Outra opção é vender produtos diretamente na seção de comentários do Instagram, como faz a Gigi’s Boutique.

Faça coma a Archie McPhee e converse regularmente com seus seguidores para gerar confiança.

E, finalmente, firme parcerias com influenciadores que tenham públicos alinhados com seu público alvo e grupo demográfico, como faz a NECTAR Sleep.

Qual método você usa para vender pelo Instagram?

Compartilhe