Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

SEO Para E-commerce: 11 Dicas Para Vender Mais em 2021

seo para ecommerce

A habilidade para atrair novos consumidores é determinante para o sucesso de um negócio e, para tanto, o SEO para e-commerce se mostra essencial.

Para você ter uma ideia da importância do que estou falando, saiba que a primeira página de resultados de pesquisas no Google é a menina dos olhos do marketing.

Isso porque 90% das pessoas clicam nos links apenas dela e menos de 10% avançam para a página 2.

É aqui que começo a explicar a relevância do trabalho de SEO para a sua loja virtual.

Siga na leitura e conheça ainda dicas para aumentar as suas vendas com algumas estratégias simples e eficazes. Acompanhe!

O que é SEO para e-commerce?

SEO é a sigla para “Search Engine Optimization”, o que na tradução livre significa “Otimização do Sistema de Buscas”.

O termo diz respeito a uma série de ações e técnicas que melhoram o posicionamento de um site nos resultados das páginas de busca, como Google, Yahoo e Bing.

No e-commerce, esse é o processo para tornar a loja virtual mais visível e, de forma orgânica, deixá-la no topo das listas de pesquisas.

Ou seja, você não precisa necessariamente investir dinheiro para anunciar a sua página.

Além disso, a maioria das pessoas clicam nos resultados orgânicos, enquanto somente 10% dos cliques vão para os anúncios.

Você sabia que a média de cliques em sites que aparecem como primeiro resultado da busca é de 28,5%? Já as piores taxas de cliques são nos sites de anúncios.

Qual é a importância do SEO para a sua loja virtual?

Seja qual for o tamanho do seu negócio, ele vai precisar de um trabalho de SEO.

É de suma importância que o seu e-commerce ganhe maior visibilidade no meio de tantos outros sites que competem pela atenção do usuário.

A presença digital, que sim, é muito relevante, também deve ser notada.

Para as lojas virtuais, o posicionamento nos sites de busca é de grande valia, já que, dependendo do ranqueamento, ela vai receber mais visitas e, consequentemente, vender mais.

O SEO nada mais é do que um investimento que, se bem executado, pode trazer resultados bons e duradouros nas suas vendas e receitas.

Estratégia SEO para e-commerce

carrinho de compras loja virtual

Os consumidores estão atentos aos detalhes para decidir qual produto comprar.

Implementar ações de SEO dá a chance de você atingir o seu público-alvo, de se mostrar para aquele cliente interessado e qualificado.

Nesse sentido, algumas estratégias são importantes para começar a otimizar o seu site para aparecer nas buscas.

Conteúdo para cada etapa da jornada de compra

A jornada de compra é o caminho que o cliente percorre até a conclusão do pedido.

Ela se inicia na descoberta do produto, passa por atrair o interesse do consumidor, pela etapa em que ele compara com outras marcas e, finalmente, decide-se e efetua a aquisição.

Para todas essas fases, é essencial que o seu e-commerce esteja presente com dados relevantes.

As páginas dos produtos devem conter boas descrições, listando benefícios, formas de uso, imagens que garantam a perfeita visualização do item, avaliações de clientes e informações técnicas.

Link building

É muito importante que você tenha uma rede forte de links, sejam eles internos, sejam externos, para conferir mais autoridade para as suas páginas.

Essa estratégia é chamada de link building, que eleva o ranqueamento orgânico e gera mais tráfego para o site.

Assim, a relevância da página aumenta já que ela está sendo indicada por outra, mostrando que você é confiável e uma referência.

Além disso, é fundamental que você aponte links para endereços externos, mas não se esqueça de que eles devem levar a páginas de qualidade.

Citações (Citations)

Citações também são importantes para os algoritmos de busca e servem para o ranqueamento do seu site em relação aos concorrentes.

Uma citação é uma menção do nome do seu site em uma página externa. Ela pode ser um link ou não, mas ambas as formas são vantajosas.

Especialmente se o outro domínio também for relevante, esse link vai conferir ainda mais autoridade para o seu site.

11 dicas básicas de SEO para e-commerce

embalando produto

Se o objetivo é conseguir mais tráfego orgânico para o seu e-commerce e fazer ele vender mais, algumas dicas de SEO podem ser bastante valiosas.

Listo aqui 11 delas que devem garantir um impacto positivo nos seus acessos.

1. Defina palavras-chave para o funil de vendas

Estabelecer as palavras-chave corretas é um dos segredos para ranquear bem o seu site.

Afinal, elas vão determinar o quão facilmente o comprador vai achar a sua marca nas buscas.

Existem dois tipos de palavras-chave: as head tail, que são termos curtos e gerais, e as long tail, que são expressões de pesquisas mais específicas.

Esse segundo grupo costuma ser mais eficiente para ranquear melhor o seu site em meio a nichos particulares e garante taxas de conversão mais altas.

O Keyword Planner, do Google Adwords, pode ajudar você a encontrar boas palavras-chave para direcionar as vendas.

E para resultados ainda melhores, recomendo que experimente a Ubersuggest, que tem se revelado uma ferramenta cada vez mais completa.

2. Crie bons títulos para as páginas

Todas as páginas do site devem ter títulos (title tag) adequados para alcançar um bom ranqueamento.

É essencial usar as palavras-chave, mas ele também precisa ser otimizado – o ideal é ter entre 60 a 70 caracteres, já que nos resultados do Google é o que será exibido.

3. Organize as heading tags

As heading tags são recursos para destacar títulos e subtítulos.

Elas são códigos HTML chamados H1, H2, H3, e assim por diante até o H6, sendo elencadas de acordo com a hierarquia do conteúdo.

Essa organização contribui para os mecanismos de buscas, já que facilita a identificação de qual assunto está sendo tratado.

A H1 deve ser utilizada apenas uma vez em cada página.

As outras podem se repetir, mas sem exagero. Não quebre a hierarquia e utilize as H2, H3, H4 na ordem correta.

4. Faça boas meta descriptions

A meta description é um recurso de texto que funciona como uma descrição de um conteúdo.

Ela aparece abaixo do título da página nos resultados de busca e deve motivar o usuário a clicar no link.

É interessante destacar que, apesar de ser primeiramente voltada ao cliente, ela também é uma importante aliada para o SEO.

Isso porque se a meta description não é boa, o usuário pode até clicar no link, mas a chance de sair rapidamente é maior, pois pode encontrar um conteúdo ou produto diferente do que o imaginado.

Esse acesso rápido aumenta a taxa de rejeição do site e dá ao Google a impressão de que a página não é relevante.

O ideal é que a meta description tenha até 160 caracteres.

5. Otimize as imagens

Imagens são fundamentais no e-commerce, já que afetam muito na decisão de compra do cliente.

No entanto, não basta escolher boas fotos se não houver um cuidado com as tags.

Assim, você deve preencher a tag <alt> com um texto que descreva a imagem para caso ela não seja exibida.

Já a tag <src> é o nome do arquivo, que também precisa ter relação com o que está na foto, e não deixar apenas um código como “IMG0002”.

Esse cuidado ainda contribui para que os seus produtos apareçam nas pesquisas de imagens.

6. Crie URLs amigáveis

A URL, o endereço web do seu site, também é um elemento muito importante de SEO, pois ajuda os mecanismos de busca a encontrar a página e entender sobre o que ela trata.

A mesma lógica serve para os usuários.

Portanto, elabore uma URL compreensível, direta, com palavras-chave e que realmente traduz o que você é ou o que está vendendo.

7. Capriche na descrição dos produtos

Qualquer pessoa que já fez compras online sabe da relevância de um bom detalhamento do produto.

Por isso, a sua loja precisa de descrições atraentes e completas para obter uma taxa de conversão maior.

Evite textos repetidos e padrões passados pelos fabricantes, pois outros sites terão o mesmo conteúdo.

Produza algo único, atraente e com palavras-chave relevantes.

8. Faça linkagem interna

A ordem e a sistematização do seu site vai afetar a posição dele nos resultados de busca e, nesse sentido, uma das ações é organizar a estrutura de links.

A chamada linkagem interna gera relevância em todas as páginas e fará com que elas sejam descobertas.

Isso pode ser feito quando você coloca um link na home que leva para uma outra seção do próprio site.

Todas as páginas devem estar a poucos cliques da sua homepage.

Basicamente, o que você precisa fazer é tornar a navegação no seu e-commerce o mais fácil possível para o comprador – e isso também vai melhorar o SEO.

9. Dê destaque para as avaliações dos clientes

Outro elemento que faz bastante diferença para o usuário são as avaliações dos clientes.

Se você oferece um bom produto, é necessário demonstrar isso para quem está pesquisando sobre o item.

Estima-se que mais de 90% dos consumidores são influenciados pelos comentários e avaliações de compradores a respeito dos produtos.

Tendo a opinião de outras pessoas, o cliente confia mais no que está descrito, o que aumenta a chance de venda.

10. Melhore a velocidade de carregamento

A eficiência e a navegabilidade do e-commerce também influencia diretamente para o SEO.

E isso está diretamente relacionado com a velocidade da página.

Quanto mais tempo ela demora para carregar e abrir imagens, mais rapidamente as pessoas desistem da visita, aumentando a taxa de rejeição.

Por outro lado, quanto mais rápida for a navegação, mais chances você tem de conquistar o cliente e garantir a venda.

Uma boa tática nesse sentido é usar o PageSpeed Insights, do Google, que ajuda a consertar erros que deixam o carregamento do site mais lento.

11. Organize a arquitetura do site

À medida que você vai organizando os produtos no seu e-commerce, é importante pensar na arquitetura da página.

Desde a sua home até as categorias das mercadorias, a hierarquia de navegação precisa estar clara e seguir uma lógica.

Isso ajuda os mecanismos de busca e também na experiência do usuário.

Os chamados breadcrumbs podem auxiliar nisso.

Eles são como o caminho que a pessoa fez desde a página inicial até à do produto.

Essa trilha pode aparecer no topo da tela e facilitar quando o usuário quiser retornar à etapa anterior.

Por exemplo: página inicial > roupas femininas > calças > produto escolhido.

Erros em SEO que o seu e-commerce precisa evitar

loja virtual

Na tentativa de atrair consumidores e oferecer uma grande quantidade de produtos, alguns erros podem ocorrer e prejudicar o SEO da página.

É preciso evitar ao máximo que isso aconteça, pois, mesmo tendo diversos elementos melhorando o seu desempenho com os mecanismos de busca, poucas falhas são o suficiente para atrapalhar bastante.

Mas calma: com as dicas a seguir você será capaz de evitar os erros mais comuns.

Conteúdo duplicado (externo)

Esse problema ocorre quando outras páginas copiam o seu conteúdo ou, então, você utiliza textos descritivos prontos dos fornecedores ou fabricantes dos produtos.

Tal ponto dificulta o trabalho do mecanismo de busca na identificação de qual endereço é mais relevante.

Você ainda corre o risco de ter o seu texto ajudando a posicionar melhor o site da concorrência, já que os buscadores podem atribuir autoridade ao outro domínio.

Nesse sentido, ferramentas como CopyScape e CopySpider auxiliam a encontrar sites com o mesmo conteúdo que o seu.

Se for o caso, é possível entrar em contato para pedir para a página colocar um link para a sua.

Conteúdo duplicado (interno)

São aqueles textos que aparecem mais de uma vez em URLs diferentes.

Portanto, o melhor a se fazer é sempre criar conteúdos diferentes.

Uma das soluções para isso é usar uma canonical tag, que tem a função de priorizar uma página e especificar qual delas o mecanismo de pesquisa deve mostrar.

Você pode ainda usar o Siteliner, que faz uma varredura no seu site e indica os materiais duplicados.

Links quebrados

Com o entra e sai de produtos, pode acontecer de páginas deixarem de existir acarretando em links quebrados.

É o famoso “erro 404” ou “página não encontrada”.

Assim, tente usar o redirecionamento 301 para transferir o usuário para páginas novas.

O recurso ScreamingFrog pode ajudar a identificar esse tipo de problema.

Ferramentas úteis

Já citei ferramentas úteis para auxiliar no seu SEO, mas quero trazer ainda mais detalhes para a sua tomada de decisão.

Acompanhe as dicas!

Ubersuggest

Não é porque é a minha ferramenta, mas esse é um ótimo recurso para a gestão de palavras-chave.

A Ubersuggest é uma plataforma gratuita que ajuda a explorar ao máximo os termos para construir um conteúdo forte de SEO.

É possível descobrir o volume de buscas pelas palavras, qual é o potencial delas para alcançar resultados orgânicos ou pagos, analisar os retornos dos principais concorrentes e obter sugestões de alternativas.

Desde que adquiri o Ubersuggest, em 2017, venho aprimorando e lançando mais funcionalidades que auxiliam muito no seu trabalho de SEO.

SEMrush

SEMrush é um software pago útil para diversas estratégias de marketing.

Para o SEO, a ferramenta é capaz de ajudar com as palavras-chave, os backlinks, os mecanismos de pesquisa, a auditoria do site, entre outras ações.

Ela fornece informações sobre concorrentes e acompanha o desempenho do seu conteúdo para melhorar os resultados do seu e-commerce.

Ahrefs

O Ahrefs é mais um recurso para otimização de SEO.

Ele faz uma análise avançada dos domínios e funciona muito bem para estratégias de backlinks.

O seu trabalho de link building também pode ser beneficiado pela ferramenta.

Entre outras funções, no Ahrefs você encontra site explorer, content explorer, domain comparison, content gap, broken links e mais.

Conclusão

Chegando ao final deste artigo, você já deve ter percebido quantos detalhes de SEO são importantes para o seu e-commerce.

São essas ações que vão ajudar a aumentar a sua receita e até a relevância da sua marca no mercado.

Todas essas estratégias vão melhorar o seu desempenho de forma orgânica e sem precisar pagar para anunciar o seu site – ainda que esse seja um recurso a ser considerado.

Então, siga as dicas, não deixe passar nenhum erro comum em SEO e veja as suas vendas crescerem!

Agora, conte para mim nos comentários sobre as suas dificuldades e expectativas.

Qual a sua maior necessidade de SEO hoje para fazer seu e-commerce decolar?

Compartilhe