Loja no Instagram: Veja o Passo a Passo Para Criar a Sua (+ 9 Dicas)

smartphone em meio a simbolos do aplicativo instagram com perfil de instagram em tela

Se você ainda não tem uma loja no Instagram, é melhor garantir logo seu ponto de venda nessa rede social.

Afinal, o Instagram tem mais de um bilhão de contas ativas, segundo a própria plataforma.

Além disso, 130 milhões de pessoas estão acessando as publicações de compras todos os meses, de acordo com um estudo realizado em 2018 pelo Facebook IQ.

São motivos suficientes para você abrir sua loja no Instagram, certo?

As empresas sempre usaram suas contas para promover produtos, mas o Instagram Shopping veio para revolucionar as vendas via IG.

Em março de 2017, o Instagram anunciou a criação do recurso de compras, focado em facilitar o acesso dos usuários aos produtos comercializados pelas empresas.

O objetivo é aprofundar a experiência de compra, permitindo que os usuários avaliem todos os detalhes dos produtos como se estivessem passeando pelo shopping center.

Agora, você vai aprender como ativar e configurar sua loja no Instagram para atrair esses compradores online.

Depois deste texto, suas vendas pela internet nunca mais serão as mesmas.

Como habilitar o recurso de vendas no Instagram?

maos femininas segurando smartphone em frente a laptop com aplicativo instagram em tela

Para ter uma loja no Instagram, você precisa de uma conta comercial e também de uma página do seu negócio no Facebook (ou uma conta no Gerenciador de Negócios). Com o recurso, seus produtos do catálogo do Facebook poderão ser marcados em posts do Instagram, gerando vendas pelo aplicativo.

Basicamente, o Compras no Instagram (Instagram Shopping, em inglês) é uma ferramenta para vender direto pelo Instagram, exibindo seus produtos nas publicações orgânicas.

A ideia é oferecer uma vitrine imersiva para que os seguidores explorem seus produtos, compartilhando as ofertas por meio dos stories e posts do dia a dia.

Ao tocar nos produtos, os seguidores veem descrições detalhadas, mais imagens, itens relacionados e preços, tendo a opção de clicar no link da sua loja para finalizar a compra.

Vale lembrar que os pagamentos ainda não estão disponíveis na plataforma e que as transações devem ser realizadas no seu e-commerce externo.

Por isso, a função do Compras no Instagram é atrair a atenção dos compradores online e agilizar a conversão.

Uma de suas principais vantagens é a publicação na guia Explorar, que é visitada diariamente por mais de 200 milhões de usuários, segundo o Facebook.

Desse modo, as pessoas podem descobrir sua empresa e produtos, mesmo que não sigam seu perfil.

Se você quer saber como ativar sua loja no Instagram, siga para o próximo tópico.

Como fazer sua loja no Instagram passo a passo

mulher sentada e apoiada em mesa com smartphone em maos

Então, que tal aumentar suas vendas na rede social mais engajante da internet?

Este guia de como fazer sua loja no Instagram tem tudo o que você precisa para começar a publicar seus produtos.

Siga os passos abaixo e tenha sua própria loja em minutos.

1. Confira os requisitos do perfil comercial

Antes de aprender como configurar sua loja no Instagram, você precisa atender aos seguintes requisitos:

  • Ter um perfil comercial (ou converter seu perfil pessoal em um perfil de negócios)
  • Estar utilizando a última versão do aplicativo do Instagram
  • Ser administrador de uma página do Facebook ou ter uma conta no Gerenciador de Negócios do Facebook
  • Ter uma loja no Facebook ou um catálogo de produtos no Gerenciador de Negócios
  • Ter uma empresa que vende bens materiais e está dentro dos mercados aceitos pela plataforma
  • Cumprir as políticas comerciais do Instagram.

A conexão com o Facebook é indispensável, pois os dados dos produtos serão importados da plataforma, como veremos a seguir.

2. Vincule sua página do Facebook

Se você ainda não tem uma página do Facebook vinculada à sua conta comercial do Instagram, vai precisar cumprir essa etapa antes de criar sua loja.

Para isso, basta ir até seu perfil, selecionar Editar perfil e escolher a opção Página nas informações do negócio.

Então, é só selecionar a página do Facebook que será conectada ao perfil, que deve corresponder ao seu negócio.

3. Conecte o Instagram a um catálogo do Facebook

Esse passo é o mais importante e também o mais complexo, pois você terá que criar um catálogo de produtos fora do aplicativo.

Isso porque o Instagram é dependente das informações do Facebook, de onde virão os dados dos seus produtos.

Você tem três maneiras de criar esse catálogo: a partir de uma página de loja no Facebook, por meio do Gerenciador de Negócios ou por meio de plataformas parceiras.

Veja como proceder nas três opções.

Criar catálogo pela fanpage

Para criar seu catálogo direto pela fanpage, basta ter uma loja ativa no Facebook com seus produtos publicados.

Se você ainda não tiver sua loja ativa, acesse a opção Modelos e guias nas Configurações, toque em Adicionar uma guia e escolha a guia Loja.

Sua loja ficará visível na página inicial, no canto direito da tela.

Agora, sim, você pode configurar sua seção Loja para que o catálogo possa ser utilizado no Instagram.

Para isso, certifique-se de marcar a opção “Finalizar compra em outro site”, para garantir sua marcação de produtos na plataforma.

Isso porque a opção “Mensagem para comprar” inviabiliza a conexão com o Compras no Instagram.

Criar catálogo pelo Gerenciador de Negócios

O Gerenciador de Negócios do Facebook oferece um guia intuitivo para você criar seu catálogo de produtos sem dificuldades.

Para começar, acesse as Configurações do negócio, escolha Origens de dados e selecione Catálogos.

Se não tiver nenhum catálogo, é só clicar em Adicionar e Criar um novo catálogo.

Dê um nome ao seu catálogo e siga as instruções de configuração, habilitando a opção de Gerenciar catálogo para editar seus itens como quiser.

Depois, é só adicionar itens com o Gerenciador de Catálogos, que oferece opções para acrescentar produtos manualmente, por meio de arquivos de dados ou códigos.

Se tiver dúvidas, consulte a seção Criar um catálogo na central de ajuda do Facebook para Empresas.

Criar catálogo por meio de parceiros

A terceira opção é integrar seu catálogo diretamente de plataformas de e-commerce como Shopify, BigCommerce ou NuvemShop.

Você pode fazer isso diretamente pelo site da loja virtual, usando a opção de plugins de redes sociais disponíveis em cada parceiro.

Outra opção é criar o catálogo com o Gerenciador de Negócios e adicionar itens a partir dessas plataformas.

Para isso, você só precisa selecionar a opção Conectar à plataforma de comércio eletrônico quando estiver adicionando produtos.

Seja qual for sua opção para criação de catálogo, não deixe de adicionar o link do site para direcionar o usuário à compra.

Antes de seguir para o próximo passo, acesse o Gerenciador de Catálogos, toque em Configurações e confira se a sua conta está vinculada na seção Perfis comerciais do Instagram conectados.

4. Cadastre-se no Instagram

maos femininas segurando smartphone com tela de cadastro do aplicativo instagram

Com sua conta e catálogo devidamente conectados, vem a parte mais fácil: cadastrar seu perfil no Compras no Instagram.

Para isso, é só acessar as configurações do perfil, tocar em Empresa e em Compras no Instagram.

Siga todas as etapas para garantir que as informações estão corretas e envie sua conta para análise.

O processo deve durar alguns dias, e você pode acessar o recurso Compras a qualquer momento para acompanhar a análise.

Assim que você for aprovado, o Instagram enviará uma notificação e você poderá começar a marcar produtos em publicações e stories.

5. Comece a marcar produtos

mao segurando smartphone ao tirar foto de produtos sob mesa

Com o Compras no Instagram liberado, você já pode começar a marcar seus produtos e exibir o desejado ícone de sacola de compras nos seus posts.

Ao acessar o recurso, você poderá escolher o catálogo que deseja vincular à conta, entre todos os disponíveis (caso você tenha criado vários).

Agora, é só criar um novo post, seja no feed ou stories, e escolher a opção Marcar produtos.

No feed, o botão está logo abaixo do conteúdo e da marcação de pessoas.

No stories, você encontra a marcação de produtos dentro da aba de adesivos.

Dica: você precisa marcar, no mínimo, 9 produtos para habilitar a aba Loja no seu perfil.

Utilizando o Instagram Shopping

ilustraçao representando smartphone com produtos a venda sob o mesmo e cartões ao lado

O processo de configuração do Instagram Shopping pode ser um pouco longo, mas vale cada minuto investido.

Depois de passar por todas as etapas, você pode marcar até cinco produtos por foto.

Para isso, é só criar uma nova publicação com a imagem de um ou mais produtos e escolher a nova opção Marcar produtos.

Então, você deverá pesquisar pelo nome do produto desejado, da forma que foi cadastrado no catálogo, e selecioná-lo.

Pronto, a etiqueta com o nome e preço do produto aparece automaticamente.

Se você estava em dúvida sobre como colocar preço no Instagram, não se preocupe: o valor vem direto do catálogo.

Além disso, se quiser, você pode editar as marcações depois da publicação.

9 Dicas para fazer sucesso com a sua loja no Instagram

mulher em cafeteria sorrindo ao segurar smartphone com xicara de cafe em sua frente

Agora que você já tem sua loja no Instagram grátis, está na hora de lucrar com mais essa ferramenta de vendas.

Por ser um recurso novo, os lojistas ainda têm dúvidas de como potencializar as compras na plataforma.

Então, siga minhas dicas e aproveite para sair na frente da concorrência.

1. Utilize Hashtags

ilustraçao do simbolo de hashtag em balao colorido

As hashtags são o atalho mais rápido para que os usuários encontrem sua loja no Instagram.

Por isso, você precisa usar termos adequados para cada publicação de produtos, que ajude as pessoas a encontrarem exatamente o que precisam comprar.

Por exemplo, se estiver vendendo uma calça preta, use a hashtag #calçapreta ao invés de algo genérico como #modafeminina.

2. Marque vários produtos na mesma foto

Uma das grandes vantagens da loja no Instagram é a possibilidade de marcar até cinco produtos em cada publicação.

Quanto mais produtos você marcar no mesmo post, mais fácil será para o usuário navegar entre eles.

Se você tem uma marca de moda, por exemplo, pode postar looks completos e marcar cada uma das peças na imagem.

3. Fotos de seus produtos

mao segurando smartphone ao tirar foto de produtos espalhados em mesa

Você deve ter em mente que a loja no Instagram é uma vitrine do seu negócio.

Logo, as fotos dos produtos devem ser criativas e impactantes, com alta qualidade e detalhes visíveis.

Lembre-se: o usuário precisa ter vontade de tocar na imagem para conhecer melhor o produto e finalizar a compra no seu site.

4. Legendas inteligentes e atrativas

Na hora de vender produtos pelo Instagram, a legenda é a chamada que estimula a conversão.

Por isso, use call to actions para incentivar os usuários a tocar no produto, acessar seu site e interagir com a marca.

Experimente também usar perguntas para obter mais comentários.

5. Interaja com seus seguidores

tela de smartphone em perfil do aplicativo instagram na opçao de seguidores e seguindo

Você pode iniciar conversas com seus seguidores nas publicações de produtos, e não apenas divulgar as ofertas como em outras plataformas.

Para isso, descubra como os consumidores gostam de usar seus produtos e quais valores e estilos de vida estão associados a eles.

Assim, você pode brincar com as preferências dos usuários e transformar seus produtos em objetos de desejo na rede social, além de reforçar o valor agregado à marca.

6. Aposte em conteúdos relevantes

Se você quer que sua loja no Instagram seja um sucesso, precisa produzir conteúdo relevante para gerar envolvimento dos usuários.

Assim, os próprios seguidores tomarão a iniciativa de marcas pessoas para ver suas postagens.

No caso da loja, também é interessante diversificar os formatos, apostando tanto em imagens únicas quanto na opção de carrossel.

7. Tenha sempre um objetivo com cada publicação

Cada publicação nas redes sociais tem um objetivo por trás, seja o aumento do brand awareness, engajamento, tráfego e vendas.

No caso do Compras no Instagram, sua meta é ter o maior alcance possível e gerar mais conversões (cliques no link do seu site e finalizações de compra).

Além disso, essas publicações também podem aumentar o tráfego no seu site e as interações com o seu conteúdo.

8. Explore o Instagram Insights

O Instagram Insights é uma poderosa ferramenta de análise de dados de mídias sociais que já vem integrada ao seu perfil comercial.

Você pode acessá-la na opção Informações, no menu principal do aplicativo.

Lá, você pode conferir dados importantes sobre curtidas, comentários, visitas, cliques e desempenho de conteúdos que você publicou.

Assim, você descobre como seus seguidores se comportam, quais os melhores horários para postar, quais conteúdos fazem mais sucesso e como anda a performance da loja.

9. Faça lives

digital influencer fazendo live com seu smartphone ao mostrar produtos de beleza

Além de utilizar os stories para dar vida ao seu perfil e promover seus produtos, você também pode criar transmissões aos vivo para engajar ainda mais os seguidores.

A live pode ser usada para uma promoção relâmpago, por exemplo, ou para contar novidades da loja e expor melhor seus produtos.

Conclusão

Pronto, agora você sabe como abrir sua loja no Instagram e começar a vender seus produtos pela plataforma.

E vem novidade por aí: a rede social acaba de lançar sua própria ferramenta de checkout, em março de 2019.

Por enquanto, o pagamento pelo app está em fase de testes e disponível apenas para algumas marcas dos EUA, mas você já pode ir se preparando.

Em breve, seus seguidores vão poder comprar seus produtos sem sair do aplicativo, com toda a comodidade.

Já imaginou como isso vai impactar seus resultados de vendas?

Então, aproveite tudo o que você aprendeu para configurar sua loja o mais rápido possível.

O que achou do passo a passo?

Ficou claro o suficiente?

Deixe seu comentário com dúvidas e insights, contando o que espera da sua loja no Instagram.

Farei questão de responder com minhas dicas para alavancar suas vendas.

Compartilhe