Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

Co-Marketing: O que É e Como Fazer Na Sua Empresa (Passo a Passo)

co marketing o que é como fazer na sua empresa

O que acha da ideia de fazer co-marketing?

Essa pode ser uma excelente oportunidade de se reinventar, ampliar o alcance e a visibilidade da marca, atraindo novos seguidores, parceiros e clientes.

Como o nome sugere, a estratégia se baseia em ações colaborativas.

Logo, todo o investimento é dividido, o que inclui o esforço empregado na ação e também o aspecto financeiro, sempre tão importante para a manutenção das operações.

Se você acha interessante, mas não sabe como fazer, é só seguir a leitura.

Vou explicar o que é co-marketing e trazer todas as dicas para você colocar essa ideia em prática.

O que é co-marketing?

Co-marketing, como o nome sugere, é uma estratégia que une duas ou mais marcas ou empresas para planejar e realizar ações de marketing.

Com o mesmo público-alvo e interesses em comum, elas somam esforços para promvoer experiências diferenciadas e gerar um impacto que talvez não conseguissem sozinhas.

Ao invés de se preocuparem apenas em sair na frente dos concorrentes, somam esforços porque sabem que, juntas, podem ir mais longe.

No mundo digital, tem sido cada vez mais comum encontrar exemplos de co-marketing na produção de conteúdo.

Basta observar como e-books, posts e infográficos são produzidos em conjunto, somando expertises de mais de uma empresa.

Vantagens do co-marketing

Não faltam boas razões para aderir ao co-marketing e promover ações em parceria com outra marca ou empresa que mira o mesmo público que o seu.

Quer ver só?

Separei as principais vantagens que podem ajudar a entender melhor por que essa estratégia faz tanto sentido.

Construção de autoridade

Esta vantagem faz mais sentido com uma analogia.

Você deve lembrar dos tempos de escola, quando sempre existia aquele colega que era o “legalzão” da turma e que, quem andasse com ele, também ganhava importância.

Pois esse é um exemplo típico de construção de autoridade.

Funciona bem para mostrar por que sua empresa deve andar com outras empresas “legalzonas”.

É uma forma de se posicionar melhor e mostrar que é referência no mercado.

Acesso a uma nova audiência

Ao fazer co-marketing, é possível ter acesso a uma nova base de potenciais clientes.

Logo, todas as empresas envolvidas conseguem capitalizar esforços e aumentar o alcance de suas ações de marketing.

Economia de tempo e dinheiro

Assim como muitas outras coisas na vida, já dá para imaginar que outra vantagem de somar esforços é fazer mais com menos.

Certo?

Em um trabalho de co-marketing, as empresas dividem custos e esforços.

Assim, conseguem reduzir a necessidade de investimento, tempo de trabalho e gerar uma economia real.

Co-marketing vs co-branding

co marketing vc co branding

Uma dúvida muito comum quando se fala em marketing compartilhado é: qual a diferença entre co-marketing e co-branding?

Ela existe? Sim, existe.

Veja bem, co-branding é quando uma empresa se une a outra para criar um produto em conjunto ou associar uma marca a produtos que estejam dentro dessa parceria.

Já co-marketing, quando elas trabalham juntas para criar um produto ou ações de marketing como, por exemplo, conteúdos ou ferramentas digitais.

No caso do co-marketing, existem ainda a vantagem extra de que a promoção, os resultados e os leads gerados são compartilhados pelas empresas envolvidas.

Como fazer co-marketing

Por mais que criar uma estratégia de co-marketing pareça algo muito simples, é preciso ter cuidado ao planejar suas ações.

Por isso, separei algumas dicas sobre como fazer seu marketing compartilhado com outra empresa dar certo.

Escolha um bom parceiro

Para acertar na escolha do parceiro de co-marketing, você deve considerar os seguintes fatores:

  • Autoridade de mercado
  • Expertise
  • Qualidade de conteúdo
  • Possibilidade de complementar seu produto ou serviço
  • Relevância da audiência.

Planeje e articule com muita antecedência

Criar e dar início a um plano de co-marketing envolve uma série de atividades.

E como estamos falando de mais de uma empresa envolvida, é necessário garantir que as agendas sejam conciliadas.

Por isso, uma dica importante é trabalhar com uma margem de folga para que nada atrapalhe o atingimento de metas.

Ninguém deve sair perdendo.

Facilite o trabalho para o outro lado

Vamos supor que você já tem um parceiro em mente para dar início à estratégia.

O que você precisa fazer, então, é facilitar o trabalho para ele.

Isso aumenta as chances que ele tope entrar nessa parceria com a sua empresa.

Afinal, é muito provável que já esteja com outros projetos em andamento.

Sempre procure uma relação ganha-ganha

Para garantir um co-marketing efetivo e sustentável, a relação precisa apresentar vantagens para todas as partes envolvidas.

Isso também passa pela atenção aos acordos que vão ser previstos no contrato de co-marketing.

Lembre-se: para a ação ser saudável, todos devem ser beneficiados.

A receita para o co-marketing de sucesso

co marketing receita de sucesso

Depois de conferir os pontos de atenção para começar uma boa ação de co-marketing, é hora de descobrir qual é a receita de sucesso.

Siga este passo a passo:

Encontre o parceiro ideal

Escolha aquele que tenha o mesmo público-alvo que a sua empresa e que realmente possa agregar valor ao projeto.

Se ele já for referência no mercado, melhor ainda.

Planeje tudo com cuidado

Como cada etapa de uma ação de co-marketing precisa passar pela aprovação de todas as empresas envolvidas, a palavra-chave é planejamento.

Os objetivos, os tópicos a serem abordados, o tipo de material, o prazo e a divisão das tarefas precisam estar bem alinhados.

Divida bem as tarefas

Para otimizar a divisão de tarefas, procure colocar no papel quais são os pontos fortes e fraquezas dos parceiros de co-marketing.

É um jeito de aumentar a qualidade do projeto e diminuir o tempo de produção, além de se antecipar a possíveis ajustes e revisões.

Avalie os resultados

Assim como toda estratégia de marketing, o co-marketing também exige atenção a métricas e indicadores.

Ainda são as melhores formas para avaliar resultados e entender o que pode ser melhorado em oportunidades de parcerias futuras.

O que pode ser produzido em uma ação de co-marketing

co marketing o que pode ser produzido em uma cao

Em termos de possibilidades de ações de co-marketing, existe um mar de oportunidades a serem exploradas.

Confira, a seguir, algumas sugestões e veja quais delas mais fazem sentido para promover sua marca.

Posts de blog

Posts de blog são os tipos de material mais comuns em ações de co-marketing.

Uma possibilidade do que pode ser feito, a partir deles, é a criação de séries de posts sobre um determinado assunto.

É só encontrar um tema que seja relevante para o público que possuem em comum.

Dá até para criar uma landing page compartilhada para que o usuário confira a série completa.

E-books

E-books também podem ser oportunidades para tirar ações de co-marketing do papel.

É um formato de conteúdo que pode viralizar rápido, além de funcionar muito bem para a geração de leads e estabelecimento de autoridade.

White papers

White papers são muito parecidos com e-books, porém, mais curtos e específicos.

Então, é um formato interessante para quem busca mais facilidade e rapidez para colocar o co-marketing em ação.

Webinars

Webinars são seminários online com grande potencial para a geração de leads.

Basta escolher um palestrante com o qual o público se identifique e, claro, definir um tema de interesse comum para as personas.

Vídeos

Os vídeos são cada vez mais poderosos para estratégias de marketing digital.

E o mais bacana é que você pode usá-los para cumprir diversos objetivos, como analisar produtos, fazer entrevistas ou gravar tutoriais.

Twitter chats

Twitter chats são painéis de discussão sobre temas específicos dentro do próprio Twitter.

Para dar início a um basta usar uma mesma hashtag.

Uma ideia interessante para dar mais dinamismo a ações de co-marketing realizadas ao vivo.

Eventos

Com um custo mais alto do que os outros formatos listados aqui, os eventos podem ajudar muito a empoderar uma marca.

Mas a vantagem está justamente no fato de que fazer um evento em co-marketing é muito mais barato do que organizar tudo sozinho.

Ferramentas

Ferramentas funcionam como uma forma de dar mais facilidade para o público no dia a dia.

Então, podem ser tanto um modelo de documento quanto planilha ou aplicativo.

Os exemplos de co-marketing

exemplo co marketing

Está animado com a ideia de criar ações de marketing com empresas que compartilham de um público parecido com o seu?

Então, nada melhor do que conferir cases de sucesso no co-marketing.

Separei três para você.

Anitta

Reconhecida mundo afora pelo poder de sua estratégia de marketing, a cantora carioca Anitta é um verdadeiro case de co-marketing.

Basta observar a quantidade de artistas com os quais gravou hits de sucesso.

A artista já trabalhou em parceria com nomes como Maluma, Snopp Dogg, Wesley Safadão e até mesmo Madonna.

Uber e Spotify

Dois dos aplicativos preferidos do público se uniram em uma ação muito legal.

Quem pedia uma corrida pelo Uber recebia um aviso especial para selecionar uma lista de músicas selecionadas para a sua viagem.

Uma dobradinha boa para curtir e dançar até o seu destino.

Red Bull e GoPro

De um lado, a marca de energéticos líder de mercado, conhecida por patrocinar eventos esportivos.

De outro, a fabricante de câmeras fotográficas de aventura, que conquista fãs de registros mais radicais.

Tinha tudo para dar certo uma parceria entre elas, não é verdade?

E deu.

Foi em 2012 que Red Bull e GoPro se uniram para apoiar a lenda do paraquedismo Felix Baumgartner em uma quebra de recorde: um salto estratosférico de aproximadamente 39 quilômetros de altura.

Conclusão

Conseguiu perceber como o co-marketing pode ajudar sua empresa a conquistar resultados rápidos e sem custos extras?

Agora, você tem tudo o que precisa para criar parcerias de sucesso.

Aproveite para colocar as dicas em prática e, se também tiver uma sugestão, deixe um comentário abaixo.

Como você espera usar o co-marketing na sua estratégia?

Compartilhe