Metas: Guia Definitivo Para Você Estabelecer Suas Metas

ilustração sobre alinhar metas

As metas são tarefas específicas que compõem os objetivos e nos permitem alcançá-los um passo por vez, seja na vida pessoal ou profissional. Ao traçar metas realistas, alcançáveis e com prazos, você consegue encurtar o caminho até a realização dos seus sonhos.

Todas as conquistas começam com um grande objetivo e metas bem definidas.

Seja na vida pessoal ou profissional, você precisa saber aonde quer chegar antes de encontrar o melhor caminho.

Esta é a função das metas: direcionar as rotas para alcançar suas realizações.

O problema é que nós não somos ensinados a planejar nossas vidas e carreiras dessa forma.

Temos sonhos, desejos e aspirações de sobra, mas a maioria nunca sai do papel – ou nem chega a ser registrada.

Quando conseguimos definir metas, esbarramos na dificuldade em segui-las por falta de disciplina, tempo e motivação.

Ou pior: definimos metas impossíveis que nos paralisam ainda mais.

Escrevi este guia pensando nesses erros comuns que atrapalham seu sucesso, com dicas valiosas para mudar essa realidade.

Com ele, você vai aprender a estabelecer suas metas para nunca mais ficar parado.

Avance na leitura e na busca dos seus objetivos.

Antes de continuar, se você quer aumentar sua vendas e saber quais são as melhores estratégias para promover seu negócio online, clique aqui para receber o Guia Completo de Marketing Digital.

guia completo de marketing digital

O que são metas?

equipe de trabalho apontando ara o mesmo objetivo

Metas são tarefas específicas que devem ser cumpridas em um determinado prazo, como parte de um objetivo maior.

Elas representam um ponto a ser atingido e geralmente são quantificáveis, além de incluir ações claras para sua realização.

Se fosse feita uma pesquisa sobre o assunto, aposto que a maioria esmagadora das pessoas não saberia diferenciar metas de objetivos.

Mas é fácil de entender: os objetivos são propósitos mais amplos na vida, enquanto as metas são pequenas missões que permitem alcançá-los.

O objetivo costuma descrever nossos sonhos e aspirações de modo abrangente, como “ter uma carreira de sucesso no marketing digital”.

Já as metas são os meios utilizados para chegar a esses objetivos, como “fazer o curso X de marketing de conteúdo” e “aumentar os acessos do blog em 40% em 3 meses”.

É como se você quebrasse o objetivo em porções menores, que são mais rápidas e fáceis de atingir e ajudam a avançar continuamente no plano.

Assim, as chances de sucesso se multiplicam, pois você se mantém motivado com as pequenas vitórias no caminho.

É a lógica central do planejamento estratégico, que começa com a definição dos objetivos e metas para guiar sua execução.

Método SMART

lâmpada e caderno de anotações com texto sobre Método SMART

O método de metas SMART é focado na criação de metas inteligentes, capazes de manter seu nível de motivação para atingir seus objetivos.

Essa ferramenta faz parte da teoria da fixação de objetivos, proposta pelo psicólogo Edwin Locke e pelo consultor organizacional Gary Latham em 1981.

Os especialistas apresentaram as metas SMART em seu livro Goal setting: a motivational technique that works (Prentice-Hall, 1984).

O objetivo era facilitar o sucesso a partir de metas alcançáveis e realistas, que funcionariam como um fator motivacional para um trabalho mais eficiente.

Assim, o acrônimo SMART indica as características dessas metas:

  • Specifics (Específicas): metas práticas e específicas que direcionam claramente as ações
  • Measurable (Mensuráveis): metas com parâmetros tangíveis e indicadores que permitem sua mensuração
  • Attainable (Alcançáveis): metas realistas e possíveis de serem atingidas nas condições atuais
  • Relevant (Relevantes): metas relevantes para o contexto do negócio ou situação, com grande potencial de gerar resultados positivos
  • Timed (Temporizáveis): metas com prazos definidos, para que as tarefas sejam cumpridas sucessivamente.

O método parte do princípio de que as metas difíceis demais podem desestimular e estressar as pessoas.

Logo, é interessante traçar suas metas a partir dos atributos SMART, que tornam o plano de ação mais eficaz.

Metas Pessoais x Profissionais

mão masculina segurando peça com título metas e peça representando profissional

O equilíbrio entre as metas pessoais e profissionais é a receita para o sucesso.

Mas também é um dos maiores desafios que enfrentamos, com a rotina corrida e dificuldade em seguir nossos planos.

Para começo de conversa, vamos distinguir os dois tipos de metas.

Metas pessoais são os meios para atingir objetivos como fazer uma viagem dos sonhos, ter filhos ou comprar uma casa.

Já as metas profissionais são o caminho para chegar à sua aspiração na carreira, como um cargo de alta gerência ou um título de especialista na sua área.

Obviamente, ambas andam lado a lado, pois você precisa se planejar profissionalmente para alcançar os objetivos pessoais e vice-versa.

De nada adianta progredir na carreira se você não está tendo tempo para se dedicar à família.

Da mesma forma, é impossível fazer aquela viagem de férias sem cumprir algumas horas extras no trabalho.

A pesquisa The State of Work Life Balance in 2019, realizada pela RescueTime, mostra que os norte-americanos já levam 26% da carga de trabalho para casa.

Ao mesmo tempo, 40% dos profissionais não conseguem se focar por mais de 30 minutos em uma tarefa, e as tarefas produtivas ocupam apenas 2,8 horas ao dia.

A pesquisa sugere que as distrações com redes sociais e checagem constante de e-mails e notificações dificultam – e muito – a conciliação entre trabalho e vida pessoal.

Logo, se você quer equilibrar as duas dimensões, é melhor começar a se preocupar com sua gestão do tempo.

Por que as metas são tão importantes para alcançar os objetivos

alvo representando metas e objetivos

As metas são o roteiro prático para alcançar os objetivos, responsáveis por guiar você na direção certa.

Sem elas, você se vê diante de um objetivo gigantesco e não sabe nem por onde começar o trabalho.

Ao destrinchar esse objetivo em pequenas metas, você consegue ligar os pontos e avançar passo a passo rumo às grandes realizações da vida pessoal e profissional.

É a regra básica do progresso: você só consegue chegar a algum lugar se souber exatamente para onde está indo.

Como definir metas?

ilustração sobre metas

Para definir metas, você precisa partir de um objetivo.

Vamos supor que seu objetivo seja alcançar a independência financeira trabalhando em casa.

Logo, você pode começar traçando as metas de longo prazo para que isso aconteça, tais como:

  • Ter um blog de sucesso na área de marketing digital até dezembro de 2020
  • Oferecer um serviço associado de alto valor quando o blog atingir 300 mil visitantes
  • Ganhar R$ 20 mil com Google AdSense em 1 ano.

Lembre-se das regras SMART: específicas, fáceis de mensurar, realistas, relevantes e com prazos definidos.

Depois, você pode continuar destrinchando as metas para médio e curto prazo, até chegar às tarefas imediatas:

  • Concluir o planejamento de palavras-chave e conteúdo até 15 de junho
  • Atualizar o layout do blog até 22 de junho
  • Criar 5 e-books para geração de leads até 15 de julho
  • Criar a proposta de valor do serviço até 30 de julho.

Percebe como as metas vão se transformando em tarefas cada vez mais próximas?

É assim que você deve mapear seu planejamento pessoal e profissional: com metas de curto, médio e longo prazo que levam aos grandes objetivos.

Passo a passo para estabelecer metas

alvo desenhado em giz e mão segurando dardo representando metas

Agora você já sabe como definir metas na prática, mas também precisa trabalhar a questão comportamental.

Veja alguns passos essenciais para estabelecer e seguir suas metas e objetivos.

Foco

A grande vantagem das metas é que elas funcionam como miras de alta precisão para direcionar seu foco ao alvo certo.

Um objetivo soa muito vago para nossa mente, mas as metas já contêm as rotas e ações para nos levar aonde queremos.

Sem esse recurso, nós tendemos a ficar dispersos e perder tempo e energia com tarefas desnecessárias.

Ao traçar metas, você se manterá no caminho que planejou sem desviar dos seus objetivos.

Disciplina

equipe reunida em frente a quadro de dados

“A disciplina é a mãe do êxito”, como dizia o dramaturgo grego Ésquilo.

De fato, essa capacidade de ordenar, regular e direcionar suas próprias atitudes e escolhas é a base para a realização de qualquer meta, objetivo e propósito na vida.

Mais do que um comportamento metódico, a disciplina é sua força para vencer a si mesmo e ajustar sua conduta aos seus objetivos.

Muitas vezes, nós tendemos naturalmente a atitudes de autossabotagem, seja por cansaço, desânimo ou falta de perspectiva.

É aí que entra a disciplina, como o impulso que vai manter você fiel às metas que traçou.

Dedicação

Investir nas suas metas de vida é a maior prova de dedicação a si mesmo e ao seu futuro.

Como sabemos muito bem, não há conquistas sem trabalho duro.

Por isso, tenha em mente que cada meta exigirá tempo, esforço e energia da sua parte.

Confiança

ilustração sobre conhecimento e equipe

A autoconfiança também tem um papel essencial na motivação para seguir suas metas até o fim.

Confiar em si mesmo significa acreditar que você merece cada conquista e que tem plena capacidade de lutar pelos seus sonhos.

Assim, quando for criar uma meta, saiba que você é capaz de atingi-la e pense apenas no sucesso.

Acompanhamento

Acompanhar o progresso de cada meta é essencial para ter resultados satisfatórios.

Você se lembra da mensuração no método SMART?

São esses indicadores que vão definir o quanto você avançou na meta e permitir um monitoramento mais eficiente.

Mudar sem medo

ilustração sobre mudança de direção

Uma das maiores dificuldades em cumprir metas está no medo de mudanças que é típico do ser humano.

Nós resistimos ao novo e não queremos abandonar nossa zona de conforto, mas isso será necessário para alcançar qualquer objetivo.

Para lidar com esse receio, você precisa aceitar que todo plano envolve riscos.

Se você seguir o SMART corretamente, suas metas terão uma boa probabilidade de sucesso (alcançáveis e relevantes).

Logo, não há o que temer, pois mesmo um eventual fracasso em uma meta não significa a desistência do objetivo – basta ajustar ligeiramente seu plano.

Motive-se

A automotivação é o segredo das pessoas mais bem-sucedidas, que não dependem de ninguém para perseguir seus objetivos com garra e empenho.

As metas foram feitas justamente para ajudar você nesse processo, mostrando que é possível alcançar grandes realizações com pequenos passos.

Como dizem os criadores das metas SMART, “a motivação define a direção, esforço e persistência em busca de determinados fins”.

5 coisas que impedem você de alcançar suas metas

profissional em escritório sorridente e fazendo gestos de comemoração

Chegou o momento de lidar com os sabotadores de metas que atrapalham nossos planos.

Se você tem o costume de abandonar metas pela metade, procrastinar ou simplesmente esquecer o que planejou em um bloco de notas qualquer, leia esta parte com atenção.

Estes são os obstáculos que você terá de superar para avançar na vida:

1. Ausência de uma meta clara e definida

ilustração de profissional mirando arco e flecha em direção contraria do alvo

Muitas pessoas acreditam que têm metas, mas, na prática, só têm sonhos e objetivos vagos.

Por exemplo, você pode desejar ser referência em sua área de atuação, conquistar prestígio na profissão ou mesmo ter uma mansão cenográfica em uma ilha paradisíaca.

Percebe como são ideias abstratas?

Se ficar apenas com esses pensamentos, você nunca terá condições de realizá-los.

Mas, se arregaçar as mangas e começar a definir objetivos e metas concretos, terá grandes chances de chegar aonde sempre sonhou.

A explicação está no próprio cérebro humano, que melhora suas conexões neurais quando tem desafios estimulantes e metas a cumprir.

Quem afirma isso é o neurocientista argentino Facundo Manes, autor do livro Usar o cérebro: Aprenda a utilizar a máquina mais complexa do universo (Editora Planeta do Brasil, 2015).

Em entrevista à BBC, ele conta que as metas pessoais e profissionais são ótimas para o cérebro, que está em mudança constante e precisa de estímulos para se manter sempre ativo.

2. Definição de metas irreais

ilustração sobre caminho até meta

As metas realizáveis guiam sua vida, mas as metas irreais têm o efeito oposto.

Quando você define uma meta impossível, que exige um esforço imenso e tem poucas chances de se realizar, está automaticamente boicotando a si mesmo.

Seguir uma meta dessas é como nadar, nadar e morrer na praia, desanimando qualquer um a buscar seus objetivos de vida.

Por isso, é tão importante ser realista e analisar racionalmente suas condições antes de fixar algo que só vai atrasar sua vida.

Antes de estabelecer uma meta, faça as seguintes perguntas a si mesmo:

  • Consigo realizar essa meta dentro desse prazo sem prejudicar meus outros compromissos e obrigações?
  • O esforço requerido para essa tarefa é proporcional aos seus resultados?
  • Essa meta poderia ser dividida em mais tarefas para facilitar e acelerar sua execução?

Qualquer que seja o seu objetivo central, o ideal é começar com metas mais simples e ir avançando aos poucos na complexidade e intensidade das tarefas.

Assim, você vai sentir o ritmo do seu progresso e poderá conciliar melhor suas atividades diárias com a dedicação às metas.

3. Falta de um plano de ação

homem conferindo papéis e preocupado

As metas específicas inspiram tarefas, mas você ainda precisa de um plano de ação para colocá-las em prática.

Por exemplo, até a mais específica das metas, como “ranquear palavras-chave sobre SEO no blog”, exige que você planeje várias ações para cumprir o que foi estabelecido.

Somente essa meta já exige um planejamento de palavras-chave e pautas, datas para escrever os posts e um cronograma de publicação.

Ou seja: a execução das metas deve ser desdobrada em listas de tarefas, que constituem seu plano de ação.

4. Falta de suporte das pessoas

mulher profissional trabalhando sozinha em escritório a noite

Se você está perseguindo suas metas obstinadamente, prepare-se para enfrentar a falta de apoio das pessoas ao redor.

Esse problema é muito comum no ambiente de trabalho, onde suas metas não dependem apenas de você, mas do esforço de toda a equipe.

Nesse caso, você precisará de boas competências de liderança e comunicação para guiar o trabalho em equipe em favor dos seus objetivos profissionais.

Um bom caminho é mostrar que o cumprimento dessas metas trará benefícios para todos, ao contribuir com o crescimento do negócio.

Da mesma forma, é importante compartilhar suas metas pessoais com familiares e amigos, para conseguir o apoio necessário e dividir as conquistas no final.

5. Falta de conhecimento específico

homem olhando quadro negro sem informações

As técnicas de planejamento pessoal e profissional deveriam fazer parte do currículo básico da nossa educação.

No entanto, ocorre justamente o contrário: quase nunca temos contato com essas metodologias.

Por isso, vale a pena investir em formações que tragam novos conhecimentos e ferramentas para alcançar metas e objetivos.

Não faltam cursos, livros, vídeos, workshops e vários materiais sobre planejamento estratégico e organização pessoal.

Com os métodos certos, você pode gerir sua carreira e vida pessoal com mais eficiência.

Vou deixar algumas dicas extras para você ampliar seu conhecimento:

  • Escolha uma ferramenta para organizar suas metas e objetivos, como um planner físico ou plataforma/aplicativo de gestão de tarefas
  • Faça seu planejamento pessoal e profissional no início de cada ano, revisando suas conquistas e atualizando metas e objetivos
  • Use outras metodologias consagradas como o Ciclo PDCA, Matriz de Eisenhower, Matriz GUT, Técnica Pomodoro, etc.

Conclusão

As metas são muito mais complexas do que você pensava, certo?

Na verdade, elas existem para facilitar nossas vidas e criar atalhos para o sucesso.

Mas, como você acabou de ver, precisam ser definidas de forma estratégica.

Por isso, sempre que for planejar o futuro, lembre-se do método SMART e de tudo o que aprendeu neste guia.

Assim, será muito mais fácil colocar seus planos pessoais e profissionais em ação.

Você pode achar que tem todos os objetivos e metas na cabeça, mas só a metodologia pode esclarecer os caminhos que você está seguindo.

Digo por experiência própria: só me dei conta da importância das metas quando parei para avaliar as minhas.

E você?

Como avalia suas metas pessoais e profissionais neste momento?

Faça a lição de casa e me conte o resultado nos comentários.

E se funcionar bem, não deixe de compartilhar este texto 😉

guia completo de marketing digital

Compartilhe