Ações de Marketing: Como Alavancar Suas Vendas em Pouco Tempo

Será que você realmente tem planejado ações de Marketing corretamente?

A sua resposta talvez seja um sonoro SIM!

Mas calma, muitas empresas constroem uma campanha de Marketing que não atinge o objetivo esperado, e não se atentam sobre a relevância que as ações de marketing têm sobre esse resultado final.

Sem o planejamento adequado, grande parte dessas empresas cria campanhas equivocadas e acaba se perdendo no caminho. E, muitas vezes, com grandes prejuízos.

Dê uma olhada no meu post Como Criar Uma Campanha de Marketing Online Que Cresce Qualquer Negócio,para saber mais sobre campanhas de Marketing na Internet.

As ações de Marketing fazem parte da etapa final do seu Plano de Marketing e são essenciais para que os objetivos traçados sejam alcançados.

Não existe, no mercado, empresa que não se preocupe com o seu posicionamento, com a imagem e a que as pessoas atrelam sua marca.

Hoje, existem dezenas de estratégias diferentes de Marketing, cada uma baseada em um objetivo específico, como: Marketing de Guerrilha, Promocional, de Vendas e muitos outros.

E eu quero lhe ensinar, neste artigo, como você pode criar ações de Marketing que operem em diversas frentes e alavanquem suas vendas.

Vamos lá?

Boa leitura!

Antes de continuar, se você quer aumentar sua vendas e saber quais são as melhores estratégias para promover seu negócio online, clique aqui para receber o Guia Completo de Marketing Digital.

guia completo de marketing digital

O Que São Ações de Marketing?

Muitos empresários confundem o termo Marketing com ações de Marketing. Na verdade, o segundo é uma parte final do conjunto Marketing.

Plano de Marketing é um documento que contém estratégias para solidificar ou promover sua marca. A etapa posterior é criar uma campanha de Marketing e só então formular as ações.

Ou seja, as ações de Marketing são o meio pelo qual o plano de Marketing é posto em prática.

Objetivos das ações de Marketing:

  • Promover e divulgar novos produtos e serviços;
  • Solidificar a imagem da empresa;
  • Promover a marca;
  • Atrair novos clientes e parceiros;
  • Fidelizar clientes;
  • Maximizar as vendas;
  • Vislumbrar novas oportunidades;
  • Comunicar-se com clientes e clientes em potencial.

Em resumo, essas atividades têm por objetivo colher informações sobre o mercado, lançar ou promover produtos e serviços e atrair – ou fidelizar – clientes.

Exemplos de ações de Marketing mais comuns:

  • Propagandas: ações pagas que têm por finalidade a divulgação (de produtos, serviços e do nome da marca);
  • Publicidade: ações não pagas que também têm por objetivo promover ideias, produtos e serviços – costumam usar os clientes como meio de promoção;
  • Pesquisa de mercado: ação que visa identificar oportunidades, captar ameaças e entender o comportamento do público-alvo.

Ações Promocionais: Trabalhando Novas Ideias de Marketing

Uma das ações de Marketing mais utilizadas pelas empresas são as ações promocionais. Ou seja, ações que visam promover a marca de forma global, tanto as ideias, produtos e serviços quanto o próprio nome da empresa.

Você, com certeza, já se deparou com alguma ação promocional pessoalmente, ou teve acesso através da viralização dela na internet. As ações promocionais costumam viralizar devido a criatividade e interatividade que costumam atingir.

Esse tipo de ação de Marketing costuma atrair bastante atenção e, consequentemente, publicidade. Afinal, hoje, os celulares com câmeras estão sempre à mão, e as pessoas se sentem bem em compartilhar coisas criativas e diferentes.

Aproveite as ações promocionais para trabalhar ações conjuntas que disponham valor, benefícios e interatividade aos seus clientes, para promover a sua marca e serviços.

A Lab Nutrition – empresa de nutrição – realizou uma ação promocional no Peru que gerou um engajamento considerável. A ideia era que as pessoas testassem sua força em painéis distribuídos nos pontos mais movimentados.

As pessoas acharam a iniciativa criativa e, além de participarem do teste, também procuravam filmar a ação e compartilhavam nas suas redes sociais. Dessa forma, a marca conseguiu ser criativa, atingir muitas pessoas e gerar uma divulgação gratuita.

Tipos de Ações de Marketing

Existem inúmeros tipos de ações de Marketing, e eles são nomeados conforme as metas traçadas no plano de Marketing.

Quero falar neste tópico sobre alguns, mas saiba que existem mais de 50 tipos de ações de Marketing. Para saber mais sobre esse assunto continue acompanhando minhas postagens.

Marketing de Guerrilha

O Marketing de Guerrilha surgiu antes do Marketing Digital. Em 1984, o autor norte-americano Jay Conrad Levinson lançou o conceito com o livro ‘Guerrilla Marketing’.

E, como o nome mesmo sugere, trata-se de ações baseadas em estratégias de guerra, nas quais pequenos exércitos precisavam se sobrepor de forma surpreendente aos maiores para terem alguma chance de vitória.

As ações de Marketing de Guerrilha demandam, normalmente, baixo investimento e, dentro do Marketing Digital, costumam viralizar rapidamente nas mídias, assim como o Marketing Promocional.

O que os diferencia é que o Marketing de Guerrilha costuma ser mais ofensivo. A ideia é que as ações sejam impactantes e atinjam o público sem que eles percebam que se trata de uma ação de Marketing.

As ações costumam ser menos cautelosas e muito mais provocativas do que nos demais tipos.

Marketing Promocional

Como expliquei mais detalhadamente no tópico anterior, o marketing promocional tem por objetivo despertar o interesse e a vontade dos clientes em conhecer o que você está ofertando.

Por exemplo, a LG fez uma campanha de Marketing Promocional que, através de uma pegadinha, tentou demonstrar aos usuários o quão nítidas e realistas eram as imagens do seu aparelho de TV.

Essa tipo de ação costuma ter custos menores, e de uma forma cativante tenta estimular ou despertar o desejo pelo que aquela marca pode ofertar.

Por se tratar de ações promocionais, muitos tem a ideia de que trata-se apenas de promoções, brindes ou amostras. Mas as formas de atuação podem ser extremamente diversas.

Como, por exemplo, ações que possibilitem a vivência, mesmo que curta, dos usuários, através de testes e provas.

Essa ações além de fidelizar os clientes cativados também alavancam, consideravelmente, as vendas.Diferente do Marketing de Guerrilha, o Marketing Promocional visa cativar o cliente em potencial e despertar nele a necessidade em relação ao seu produto e/ou serviço.

Marketing de Vendas

O marketing de Vendas é um setor do Marketing que não tem como objetivo apenas comunicar-se com parceiros e clientes, ele tem como foco principal vender determinado produto ou serviço.

A estratégia do Marketing de vendas engloba desde a embalagem do produto até a localização da loja. Tudo escolhido para maximizar a venda de cada produto.

Esse é o tipo de Marketing no qual a equipe de vendas precisa estar 100% conectada com a equipe de Marketing.

Como Aumentar as Vendas da Sua Empresa?

Bom, aumentar as vendas é a meta anual de todas as empresa, correto?

E o Marketing é um dos fatores essenciais para que isso ocorra da forma mais otimizada possível.

A minha dica principal é: pense no seu público, sempre! Pode parecer óbvio, mas eu quero que você pense isso de uma maneira realmente profunda.

Para construir uma embalagem, você precisa entender quais imagens, cores e texturas mais agradam seus clientes.

Por exemplo, existe um restaurante de comidas saudáveis muito famoso na cidade de São Paulo, e, para atender os pedidos de forma mais instantânea, todo alimento era embalado em plásticos.

Mas o público que se preocupa com a saúde, em comer bem e da forma mais natural possível, também costuma ser consciente em relação ao meio ambiente. Ou seja, a embalagem de plástico era um ato falho no Marketing de Vendas.

A ideia para solucionar essa questão foi contratar empresas que reciclassem essa embalagem e, dessa forma, o lixo produzido fosse menos nocivo para o meio ambiente.

Então, pense por onde seu público-alvo anda, quais são suas preferências, gostos e receios. E trabalhe isso no Marketing de Vendas, do começo da sua produção até o final.

As ações de marketing são a forma que a sua empresa tem para conquistar os objetivos desejados.

E maximizar as vendas é sempre um objetivo, certo?

#1 Criar ou Crescer Uma Lista de Emails

A sua lista de contatos é um dos bens mais importantes. Afinal, ter o contato de pessoas que já demonstraram interesse na sua empresa é uma porta aberta para ganhar clientes.

Tenho certeza que você e sua equipe pensam sempre em formas para alavancar as vendas. E, muitas vezes, não ter contatos e leads em número suficiente é um grande problema a ser combatido.

Isso acontece porque trabalhar com pessoas que já estão prontas para receber sua oferta é muito mais fácil do que criar demanda, convencer a respeito da utilidade do produto e, só então, fazer a oferta.

Se preocupar em criar e aumentar a sua lista de contatos deve ser uma das prioridades do seu planejamento de Marketing.

Vantagens de Crescer Uma Lista de Emails

Algumas vantagens são óbvias, por exemplo: alavancar as vendas. Mas você já pensou porque isso acontece?

Quero elencar alguns benefícios da lista de emails, confira:

  • Segmentar o público-alvo;
  • Promover suas postagens;
  • Promover seus produtos e serviços;
  • Criar um meio de comunicação direta com o seu cliente;
  • Qualificar leads;
  • Aumentar o número de conversões.

E isso tudo é possível porque você tem em mãos o contato de usuários que demonstraram algum interesse na sua marca, o que é fundamental para otimizar a jornada de venda.

Afinal, ao fornecer o contato, aquela pessoa abriu o canal de comunicação com você e autorizou o envio de conteúdos de valor.

E, se você produzir conteúdos que sejam úteis para aquele contato, essa lista vai gerar benefícios mútuos a longo prazo.

Afinal, você conquistou cada um daqueles contatos, portanto a lista lhe pertence e cabe a você investir tempo e atenção para que esses contatos tragam retorno constantemente.

Como Crescer Uma Lista de Emails

Agora você deve estar curioso para saber como fazer para aumentar a sua lista de contatos.

Bom, como mencionei acima, produzir conteúdo de alto valor é a dica mais valiosa. Mas quero falar de algumas técnicas que podem lhe ajudar a expandir sua lista de emails.

  • Ofereça algo em troca (e-books, treinamentos, workshopmetc.);
  • Use softwares bons e que lhe permitam exportar e importar contatos, caso esse programa dê algum problema;
  • Utilize programas de email marketing;
  • Coloque suas caixas de capturas em locais visíveis, como na página Sobre, no decorrer dos posts e artigos, e no topo das suas páginas;
  • Seja frequente nas postagens;
  • E, por fim, esteja nos lugares onde seu público frequenta digitalmente.

Essas são algumas dicas que podem lhe ajudar a transformar seus clientes em potencial em leads.

Como Fazer Email Marketing Com a Lista

O principal meio pelo qual você pode estabelecer contato com a sua lista de email é através do email marketing. E eu tenho algumas dicas que vão fazer com que você consiga converter mais e estreitar o vínculo com esses clientes em potencial.

  • Envie pelo menos um email por semana, mesmo que você não tenha artigos novos. Relembre seu contato a respeito de promoções vigentes, ou peça sugestões e dicas. Esse contato frequente é indispensável;
  • Promova produtos e artigos publicados;
  • Faça parcerias e dispare sobre isso para ambas listas de email;
  • Faça indicações de outros profissionais de relevância para o seu público;

Resumindo, esteja presente. Faça com que seu leitor se lembre de você e, principalmente, lembre de quão útil a sua empresa é para ele.

Não ser ativo tem uma penalidade gravíssima para você: os seus clientes vão perder o interesse e se esquecer da sua marca, o que, com certeza, vai fazer com que sua taxa de abertura diminua consideravelmente.

Dica de um profissional: Automatize esse envio para otimizar seu tempo.

#2 Sequência Automática de Emails

Falando em automatização, a sequência automática de email – ou a chamada função AutoResponder – pode ser bastante útil para a sua empresa.

O gatilho dessa ferramenta é acionado com algum sinal dado pelo usuário, seja ao cadastrar o contato ou ao clicar em um link fornecido.

O gatilho acionado gera emails personalizados, com conteúdos próprios para cada seleção que você fizer. Por exemplo, se o link fornecido pela sua empresa era sobre roupas de inverno, essa ferramenta pode responder ao usuário com sugestões de botas, casacos, meias e cachecóis.

Ao saber o que o cliente em potencial precisa e usar a ferramenta AutoResponder para atendê-lo, você pode construir uma relação a longo prazo.

Essa especificação é a responsável por cativar o seu cliente, desde que você faça isso de forma correta. Sobrecarregar a caixa de emails pode assustar o usuário, cuidado! Se você cometer esse erro, pode perder um cadastro ou até mesmo cair na lista de spam.

Benefícios de Uma Sequência Automática de Emails

  • Criar um relação com o cliente em potencial;
  • Construir a base para que ele esteja pronto para receber uma oferta;
  • Otimizar o seu tempo;
  • Usar de conteúdos já criados para alimentar o usuário;
  • Possibilitar a segmentação, tanto de conteúdo quanto de pessoas.

Como Criar Uma Sequência Automática de Emails

Bom, o primeiro passo para criar uma sequência automática é escolher qual ferramenta você vai utilizar. Hoje, existem muitas opções no mercado. Vale analisar quais delas tem o que você precisa.

As estrangeiras mais utilizadas são: Ontraport, Infusion, GetResponse, MailChimp e Aweber. O único porém é que as taxas cobradas são em dólares.

As principais brasileiras são: E-goi, RDStation, KlickMail e LeadLovers.

O próximo passo é segmentar a sua lista de contatos. Primeiro, qual conteúdo será disparado para novos leads e para os clientes mais antigos.

Depois, segmentar por categorias. Se o usuário clicar em determinado produto, ele deve receber mais sobre aquele assunto específico.

A frequência que eu costumo sugerir é de duas a três vezes por semana para novos leads; e com o passar do tempo, você pode reduzir para um email semanal. Dessa forma, o usuário vai se lembrar de você e não ficará abarrotado de emails em sua caixa de entrada.

Dicas:

  • Use storytelling;
  • Crie gatilhos mentais;
  • Faça uma sequência planejada segundo as necessidades de cada nicho de clientes;
  • Invista em conteúdo de valor, tente ao máximo resolver questões e não apenas pedir por algo;
  • Não trate seu cliente como alguém que simplesmente deve comprar seus produtos. Mandar sempre emails com promoções e ofertas pode desestimulá-lo;

#3 Lista de Transmissão via WhatsApp

Hoje, o WhatsApp virou uma ferramenta não apenas de comunicação entre amigos e familiares, como também para ser utilizada no meio profissional. E, por se tratar de um meio de comunicação que está sempre a mão, a taxa de abertura é muito maior que a de emails.

Muitas pessoas não utilizam mais o email e preferem passar o número de telefone, por conta da praticidade.

Inclusive, existe uma possibilidade considerável de que o email logo cairá em desuso, dando lugar a aplicativos de comunicação mais práticos, como o WhatsApp, por exemplo.

Como essa teoria ainda não tem reflexos definitivos, a minha sugestão é que você continue a abordagem nas duas frentes.

Visualizar as oportunidades e criar ações de Marketing para engloba-las é fundamental, mas não se desespere a ponto de sair descartando fontes seguras.

Vantagens de Criar uma Lista de Transmissão Via WhatsApp

  • Aplicativo de fácil instalação e manuseio;
  • Usado em larga escala por todos os tipos de usuários;
  • Fácil carregamento de fotos e vídeos – e você sabe o quanto conteúdos audiovisuais são mais amigáveis aos olhos dos usuários;
  • Praticidade;
  • Maior taxa de abertura de mensagens;
  • Comunicação mais próxima com o usuário.

Como Criar Uma Sequência Automática de Mensagens

O WhatsApp permite que você selecione diversas pessoas e mande mensagens automáticas programadas. Para isso, é preciso instalar um outro aplicativo de automatização, como o Seebye Scheduler, por exemplo.

Basta acionar as permissões de root no aparelho, baixar o aplicativo e começar a usar. Este aplicativo tem links diretos com outras redes de comunicação, como o Telegram e o Messenger.

O aplicativo é bastante intuitivo, basta seguir os passos solicitados e você poderá agendar mensagens para diversos contatos, e, também, decidir quantas vezes essas mensagens devem ser enviadas.

Mas cuidado! Se o usuário achar que está sendo sufocado, você tem grandes chances de parar na lista dos números bloqueados.

Envie fotos, amostras de vídeos interessantes e dicas que sejam úteis para ele. Assim como o email, as mensagens podem criar uma boa conexão com o cliente em potencial.

#4 Conteúdo Para Download

Tenho certeza que você já acessou algum site por chamadas do tipo:

  • E-book gratuito;
  • Curso grátis para iniciantes;
  • Palestras e workshops gratuitos;
  • 50 dicas sobre…;
  • 20 ferramentas imperdíveis para você…

Ao acessar o link sugerido é solicitado um endereço de email e esse conteúdo é disponibilizado gratuitamente, certo?

Essa é uma ação de Marketing bastante eficiente, afinal, se você produzir algo de valor, eu garanto que a sua lista de emails crescerá rapidamente. As pessoas gostam de aprender – e gostam ainda mais de coisas gratuitas.

Upgrade de conteúdo é oferecer algum conteúdo disponível para download. E, dentro do marketing digital, é uma das ferramentas mais usadas. Afinal, sua principal função é angariar emails para contato, e já citei o quão importante é expandir sua lista de emails.

A ideia do Upgrade é que você forneça um conteúdo que gere valor ao usuário e que ele consiga ter acesso a isso sem nenhum custo financeiro

Benefícios de Fornecer o Conteúdo do Seu Blog Para Download

Ao oferecer algo que seja útil ao usuário, você pode ter alguns benefícios imperdíveis, como:

  • Estabelecer uma relação de confiança com o cliente em potencial;
  • Aumentar a sua lista de emails;
  • Qualificar o lead;
  • Gerar mais tráfego.

E, dessa forma, aumentar sua taxa de conversão. Mas lembre-se: não tente enganar seu público. Se o seu conteúdo não tiver valor algum para ele, muito provavelmente você vai perder esse contato no curto prazo.

Como Criar Banners Para Oferecer o Download do Seu Conteúdo

Você já deve saber que nem sempre um bom conteúdo é suficiente para fazer com que o usuário queira adquirir aquilo que está sendo ofertado.

Você vai precisar convencê-lo, mas de que forma?

A minha principal dica é: seja direto e criativo!

Você precisa deixar claro sobre o que é aquele conteúdo e os principais benefícios devem ser o subtítulo da sua chamada. Deixe em evidência que aquele material é gratuito e, se possível, cite algum dado relevante.

Construa uma CTA de impacto! Para saber mais, acesse o meu post: CTA Tudo Que Você Precisa Saber Para Criar um Call To Action Eficaz.

E lembre-se que efeitos visuais são importantes para aumentar a sua taxa de conversão. Cores marcantes e fotos costumam atrair mais, mas não polua seu banner. O usuário precisa localizar facilmente as informações mais importantes.

#5 Tráfego Direto

Conseguir gerar mais tráfego direto é uma das ferramentas de Marketing mais queridinhas entre os empreendedores. Afinal, fazer com que o usuário digite seu endereço na barra do navegador é, definitivamente, uma proeza admirável.

Raramente digitamos de forma direta o endereço de sites que possuam as respostas para nossas questões. Mas, naturalmente, você escreve o endereço do Facebook, do Youtube e de sites de notícias que costuma acompanhar.

Mas existem aqueles sites que gostamos tanto que salvamos na aba de favoritos. Construir ações de Marketing que estimulem seu leitor a fazer isso é uma estratégia muito interessante.

Para que isso ocorra, é necessário um branding extremamente eficiente com um nome de marca forte e memorável.

Hoje, a minha marca, Neil Patel, é acessada diretamente por grande parte dos meus parceiros e clientes – e eu vejo retorno nisso. E digo retorno não apenas em conversões, mas em reconhecimento e através da propagação da minha marca por parte de clientes.

Benefícios do Tráfego Direto Para o Seu Site

  • Baixo custo – você não precisa pagar por ele (links patrocinados);
  • É um sinal positivo a respeito do seu conteúdo;
  • Serve como estímulo para que o seu cliente faça publicidade gratuita do sua marca.

Estratégias Para Aumentar o Tráfego Direto

O tráfego direto é construído com o tempo. Você precisa solidificar a sua marca antes de esperar que as pessoas acessem seu site diretamente. A minha sugestão é que você foque suas energias em construir conteúdo de valor, e, dessa forma, tornar cativos seus clientes.

Para facilitar o tráfego direto, crie ações de marketing que aumentem a força e visibilidade da sua marca. E não se esqueça: nomes mais simples com URL fácil de memorizar e um dominio .com ou .com.br são fundamentais.

#6 Call To Action

Costumo sempre falar para as empresas para as quais presto assessoria que nem sempre as pessoas realizam a ação pedida logo de primeira. Normalmente, você tem que convencê-la da utilidade daquilo, ou mesmo incentivá-la a clicar em determinado link.

Mas fique tranquilo, isso é natural. É do ser humano ter essa desconfiança com o que é novo, por isso, o “call to action”(CTA) é tão importante.

Em tradução livre, call to action significa chamada para ação, e o conceito é uma frase, imagem ou vídeo que convide o leitor a fazer o que é sugerido a ele.

Como, por exemplo: “Para acessar o conteúdo completo clique aqui”, “Baixe o E-book gratuitamente”, “Preencha os dados abaixo e receba gratuitamente no workshop sobre…” e tantas outras.

Benefícios do Botão “Call To Action”

Deixar em evidência a direção a qual o usuário deve seguir pode aumentar muito a sua taxa de conversão, afinal, quem está ali quer praticidade e precisa resolver suas questões com rapidez.

Mostrar para o usuário o caminho que deve seguir faz com que o pensamento curto seja acionado, o que pode agilizar – e muito – o processo de converter aquele cliente em potencial em um lead.

O Call to Action também possibilita que você selecione o lead qualificado, ou seja, aquele cliente em potencial que está mais suscetível a adquirir o produto e/ou serviço ofertado.

O Que Precisa Conter em Um CTA

  • Ele precisa ser claro;
  • Ter um objetivo muito bem delimitado;
  • Não passar de 150 caracteres, procure ficar entre 90 e 150;
  • Especificar o que o contato precisa fazer: clicar em determinado link, fornecer um email ou clicar em um botão sinalizado;
  • Sinalizar o senso de urgência daquele clique, o usuário deve ser induzido a fazer aquilo naquele momento;
  • Utilize dados irrefutáveis;
  • Use comentários e depoimentos de clientes satisfeitos;
  • Mencione citações ou prêmios que ratifiquem a sua autoridade;
  • Use cores que destaquem o seu texto;
  • Coloque uma foto sua ou de algo relevante, como sua empresa ou seu produto, por exemplo;
  • Deixe sua logo ou o nome da empresa em evidência.

#7 Copywriting

O termo Copywriting não tem uma tradução exata para o português, mas trata-se de textos criados com o intuito de vender produtos, serviços e ideias. Estes textos podem ser slogans, posts, legendas, whitepapers e quaisquer outros textos que tenham essa finalidade mencionada.

Eles são responsáveis por nortear o público na tomada de decisão. Para isso, o leitor precisa ler todo o conteúdo exposto, mas, com tanto conteúdo a disposição, essa não é uma tarefa exatamente fácil, certo?

Estes textos, portanto, devem ser construídos segundo algumas características básicas, como:

  • Ser exclusivo;
  • Caráter imediatista;
  • Criar um laço ou conexão com o leitor;
  • Agregar valor;
  • Ser o mais específico possível;
  • Conter CTA.

Essas são as características mais recorrentes. Algumas delas você deve procurar inserir na maioria de seus textos, como a exclusividade e o CTA, por exemplo. Mas não é necessário colocar todas em todos os textos produzidos.

Benefícios de Utilizar o Copywriting

Trabalhar com textos que guiem o leitor a agir como você gostaria é uma das ações de Marketing que mais traz benefícios para o leitor, o que, naturalmente, fará com que a confiança dele em relação à sua marca cresça.

Ao produzir um conteúdo de valor, você pode encurtar o tempo que o cliente em potencial leva para decidir investir o dinheiro dele em algo que você está sugerindo. Como você já sabe, é preciso prepará-lo para receber uma oferta e textos são a arma mais potente para isso.

Você pode fornecer uma experiência agradável através de frases e textos criativos e úteis, e, dessa forma, trazer o leitor para perto de você, seja criando conexões ou afinidades.

Como Utilizar as Técnicas de Copywriting em Suas Ações de Marketing

As técnicas de Copywriting podem ser utilizadas em emails Marketing, nas suas postagens, em slogans e em textos publicitários.

Estas técnicas precisam estar presentes em todas as suas ações de Marketing, afinal, elas colaboram para aumentar a taxa de vendas e conversões.

Use estratégias que estimulem a curiosidade do leitor e que, de alguma forma, prendam a sua atenção.

Lembre-se, é sua função convencer o cliente em potencial de que o que você está ofertando é exatamente o que ele precisa – e técnicas de copywriting podem facilitar essa tarefa.

#8 Banners em Lugares Estratégicos

Você, com certeza, já viu banners nas ruas, em sites e blogs. Essas ações de Marketing estão tão presentes que você simplesmente as ignora ou elas chamam muita atenção.

O extremo negativo está relacionado, normalmente, com o fato das pessoas terem uma certa aversão à publicidade. Elas consideram que são propagandas enganosas ou que tem como único intuito lhes forçar a comprar.

Mas banners criativos e bem posicionados podem encantar e convencer as pessoas de que você realmente tem algo de diferente. Faça isso com moderação e estrategicamente, e eu garanto que vai ser impossível alguém ignorar o seu banner!

Importância do Posicionamento dos Banners em Lugares Estratégicos

No Marketing Digital, colocar banners que chamem a atenção pode aumentar a sua taxa de conversão, principalmente se eles tiverem algum tipo de animação, frases divertidas ou tiradas criativas.

Chame a atenção do leitor logo que ele acessa o seu site, como abaixo do cabeçalho, por exemplo. Ele terá acesso aquele conteúdo mesmo que não leia seu artigo até o final.

Posicionar banners de produtos e serviços que podem solucionar um problema levantado durante aquele artigo pode mostrar para o leitor que você tem o que ele está procurando.

Assim como no Marketing comum, fora da mídia, se você souber onde abordar o possível cliente, as suas chances de ser notado serão maiores. Por exemplo, colocar um banner de uma sorveteria logo na saída de um píer, na praia, é uma estratégia bastante eficiente.

Como Utilizar o Hello Bar

O Hello Bar é uma ferramenta que pode lhe auxiliar na criação de banners. Ele é um plugin gratuito do WordPress, que tem como objetivo captar leads.

Através dele você pode criar banners customizados de produtos, serviços e cursos e inseri-lo no topo do seu site ou ao final da sua postagem.

Esse link pode levar o leitor para páginas internas ou externas. E a parte mais interessante é que esse plugin lhe fornece as métricas daquele banner, como cliques e visualizações, por exemplo. Incrível, não é?

Você pode inserir animações e botões como CTA’s, por exemplo. E outro bônus é que essa ferramenta não é tão comum quanto os banners, o que pode despertar, mais facilmente, a curiosidade do leitor.

Procure inserir essa ação de Marketing de maneira que seu leitor não desista rapidamente do seu texto. Afinal, você está produzindo algo de valor e seria interessante que o leitor tivesse acesso ao conteúdo completo

Dica: Não exagere! E essa dica vale para todas as ações de Marketing.

#9 Tráfego Pago

Existem dois tipos de trafego: o orgânico e o pago. O pago, acontece através de links patrocinados, como Facebook Ads, Google Ads e o Google Adwords, por exemplo.

Por se tratar de uma estratégia com um ótimo custo benefício e de fácil aplicação, essa ferramenta é usada tanto por quem está começando, quanto pelos profissionais mais experientes.

O Facebook Ads é o mais indicado caso você esteja começando, todavia, as ferramentas do Google costumam ter um poder de alcance muito maior, mas o acompanhamento das métricas costuma ser um pouco mais complexo, e o investimento, para render resultados, um pouco maior.

O Facebook Ads trata-se de uma forma efetiva e de baixo custo para adquirir tráfego e de executar ações de Marketing Digital.

O Google Adwords, tem um alcance muito maior que o Facebook Ads, mas atualmente é uma fonte de tráfego mais cara e que deve ser usada quando você realmente sabe o que está fazendo.

Como vantagem, ela tem uma conversão maior que o Facebook Ads quando você a utiliza para resultados de busca ou remarketing.

Vou falar um pouco sobre cada um, mas se você se interessou pelo tema, não deixe de acompanhar os meus posts.

Google Adwords

O Google Adwords é a ferramenta com maior tráfego e maior número de conversões dentre as citadas.

Afinal, o público que você vai atingir é o do site mais acessado no mundo, ou seja, as chances que o seus links têm de receber cliques são muito maiores do que em qualquer outro site.

O único porém é que trata-se de um leilão, portanto, palavras-chave mais disputadas terão um custo maior.

Ao inserir um link patrocinado no Google Adwords você seleciona as palavras-chave que considerar relevantes. Lembre-se que quanto maior a abrangência, maior a competição; e o custo por clique já é calculado em tempo real.

O investimento inicial é você quem decide, e o pagamento pode ser por clique (CPC), visualizações (CPM) ou por ações (CPA). Essa ferramenta também disponibiliza todas as métricas que você precisa analisar referente as ações de Marketing.

Facebook Ads

O Facebook Ads é a ferramenta mais utilizada devido a praticidade e ao custo de investimento.

Você pode escolher para quem o seu link patrocinado vai aparecer, assim como o Google Adwords, com o diferencial de poder selecionar páginas que essa pessoa acompanha, buscas feitas etc..

Normalmente, a forma de pagamento é o custo por clique (CPC), ou seja, você só paga se o usuário clicar no link. E o investimento máximo é você quem delimita.

Anúncios em Outras Redes Sociais

Mas não pense que só existem essas duas ferramentas de tráfego pago. Muito pelo contrário!

Hoje, existem diversas plataformas que possibilitam inserir links patrocinados, afinal, o retorno financeiro é bom tanto para elas, quanto para os anunciantes.

Alguns exemplos: LinkedIn, Instagram (que faz parte do Facebook Ads), Google Adsense – este último engloba sites e blogs parceiros e o Youtube, segundo maior buscador do mundo.

#10 Tráfego Orgânico

Bom, depois de falar sobre tráfego pago, vamos ao tráfego orgânico. Hoje, profissionais renomados de Marketing de Conteúdo acreditam que essa é a melhor estratégia para gerar tráfego.

Eu aconselho que você use de todas as armas que considerar relevantes para a sua empresa.

No Google ou em qualquer outro buscador, o tráfego orgânico é o clique naqueles sites que aparecem como resultado.

Ou seja, se você criar um conteúdo de alto valor, aplicar técnicas de SEO e tiver um bom histórico, muito provavelmente o seu site vai aparecer entre as primeiras colocações desses buscadores e, com certeza, o seu tráfego orgânico será muito maior.

Benefícios do Tráfego Orgânico Para a Sua Estratégia

O tráfego orgânico é uma resposta aos empreendedores, tanto do Google quanto do público. Ambos estão sinalizando que o seu conteúdo é util, interessante e gera valor.

Principais benefícios:

  • Sem custo por clique ou visualização;
  • Maior visibilidade;
  • Ratifica sua autoridade;
  • Você é responsável pela sua colocação, diferente do leilão dos links pagos.

Como Otimizar o Seu Conteúdo Para as Primeiras Posições do Google

Para ocupar as primeiras posições do Google e gerar mais tráfego orgânico, você precisa investir tempo na construção do seu conteúdo.

Os buscadores estão cada vez mais inteligentes, ser amigável com eles e cuidar do seu conteúdo pode ser fundamental para melhorar o seu ranqueamento.

Principais Técnicas de Otimização Para Seu Negócio

Dicas essenciais para otimizar o seu conteúdo:

  • Palavra-chave – Um dos elementos mais importantes para um bom ranqueamento é a escolha correta da palavra-chave. Ela deve ser a mais específica possível e corresponder ao que as pessoas têm digitado nos buscadores;
  • Análise – Para melhorar ou manter seu ranqueamento é interessante acompanhar as métricas, visualizações, tempo de permanência no site, compartilhamentos etc. Dessa forma, você pode compreender o que, de fato, isso contribui para um bom posicionamento;
  • Utilize técnicas de SEO – Tais como: densidade da palavra-chave, quantidade de palavras por frase e por parágrafo, URL amigável e titulos arrasadores;
  • Pesquisa – Faça pesquisas nos sites dos seus concorrentes e no mercado no qual a sua empresa está inserida;
  • Conteúdo – Independente de quais técnicas você utiliza, a principal deve ser um conteúdo de alto valor.

#11 Testes A/B

Analisar métricas pode não ser um trabalho tão simples quanto parece. E fazer essa análise corretamente é o que vai permitir que você consiga desenvolver ações de Marketing mais eficientes e, consequentemente, gerar mais vendas para o seu negócio.

O teste A/B pode lhe ajudar a verificar quais ações estão gerando resultados e quais não estão.

Este teste divide o seu tráfego em duas partes: a que vai acessar sua página original e a outra, que terá acesso a uma versão desta página.

Na versão modificada, você deve alterar alguma coisa que esteja gerando dúvida, como um título, imagem, cores e formatos de ícones, por exemplo. Essa alteração fica a seu critério.

Importância dos Testes A/B

Com os testes A/B você pode mensurar corretamente se as sua ações de Marketing Digital estão sendo eficientes, e quais elementos geram resultados mais positivos.

É como se você mudasse um ingrediente de um bolo e pedisse para os clientes escolherem qual eles preferem.

A principal importância dos testes A/B é que você pode conhecer e entender melhor o seu público-alvo, e, dessa forma, criar um site ou blog feito sob medida para aquele público,

o que vai fazer com que suas conversões aumentem consideravelmente.

Como Fazer Testes A/B no Seu Site

Para realizar estes testes, você vai precisar utilizar algum software específico. Os mais conhecidos são:

  • Unbounce;
  • Optimizepress 2.0;
  • Klickpages;
  • Lead Pages.

Para evitar resultados enviesados, o teste deve vigorar mais de uma semana e é interessante esperar 100 conversões ou mais.

#12 Depoimentos de Clientes

A opinião dos seus clientes pode ser uma das ações de Marketing mais eficientes e menos dispendiosas, afinal, você utiliza a boa experiência do cliente como meio natural de divulgação da sua empresa.

Se você nunca viu – nem ouviu – o nome de determinado produto, não faz diferença ele ser o melhor do mercado. Você, muito provavelmente, não vai se arriscar a usar algo novo sobre o qual nunca ouviu falar.

Mas se um amigo comenta que determinada marca de cereal acabou de chegar ao mercado – e é maravilhoso, você, com certeza, vai ficar curioso. E se várias pessoas recomendarem? E se influenciadores recomendarem?

Pois é, depoimentos são as ações de Marketing com melhor custo-benefício, sem dúvida!

O Que São os Gatilhos Mentais

Nós fazemos escolhas o tempo todo, desde decisões pequenas como tomar café ou leite até decisões importantes como financiar um imóvel ou alugar uma casa. Imagina se o seu cérebro tivesse que operar na eficiência máxima para tomar todas as decisões diárias?

Provavelmente você estaria exausto ao meio-dia. Os gatilhos mentais são decisões que o cérebro entende como fáceis e funciona em modo automático, fazendo links e correlações.

Conseguir disparar esses gatilhos mentais fará com que o resultado das suas ações de Marketing apareçam mais rapidamente. Afinal, a tomada de decisão através de gatilhos é muito mais rápida.

Como Extrair o Gatilho da Prova Social Através do Depoimento de Clientes

A prova social é um gatilho mental que comprova a eficiência dos depoimentos de clientes. Nós não queremos ficar de fora das tendências. É natural do ser humano ficar mais confortável em seguir o que a maioria das pessoas está fazendo.

A identificação do leitor com a experiência de outro usuário faz com que gatilhos mentais sejam disparados, ele vai se sentir conectado ao que o outro está fazendo. O ser humano é, naturalmente, um ser social, e é importante fazer parte de grupos.

Com o depoimento de outros clientes, o gatilho mental da prova social vai disparar na cabeça de muitos outros clientes em potencial.

Utilize essa ferramenta e você verá sua vendas alavancarem!

Encontre Cases de Sucesso

Seria muito bom se todo cliente que adquirisse o seu produto ou serviço comentasse sobre ele com outras pessoas, mas isso nem sempre acontece.

Muitas vezes você precisa estimular que as boas experiências sejam expostas. Por isso, o acompanhamento pós-venda pode alavancar suas vendas futuras.

Procure o seu cliente e descubra cases de sucesso nos quais a sua empresa cooperou para que se tornassem realidade. Peça autorização, claro, e divulgue essas histórias de sucesso no seu site, posts e nas mídias sociais.

Eu garanto que você vai capturar novos clientes com essas ações de Marketing.

Dicas Para Aumentar as Vendas: 9 Ferramentas Para Criar Ações de Marketing

Bom, eu sempre digo que não existe alguma ação de Marketing que funcione a longo prazo sem a devida análise. Os resultados, positivos ou negativos, são a alma dessas ações, e você deve saber compreendê-los para construir ações cada vez mais eficientes.

E fazer isso significa implementar as ferramentas certas. Abaixo, vou compartilhar sete das melhores formas de rastrear suas ações de Marketing. Confira:

Cyfe

No geral, você sempre espera que todas as suas ações de Marketing gerem resultados positivos, certo?

Mas como saber se isso é o que realmente está acontecendo?

Com o Cyfe, você pode começar a responder algumas dessas perguntas. Com esse aplicativo de painel de negócios integrados, será fácil controlar todos os dados mais importantes da sua empresa.

O Cyfe lhe permite monitorar atividades individuais, como a performance de uma plataforma de mídia social específica, por exemplo. Além disso, inclui também uma funcionalidade para rastrear múltiplos sites, muito útil para marcas e agências maiores.

Usando o Cyfe, você reúne todas as suas ações de Marketing em uma ferramenta central. Isso lhe dá a oportunidade de avaliar dados mais rapidamente, sem medo de deixar passar alguma coisa importante.

Segment

Bom, eu realmente gosto de dados, mas coletar e analisar essas informações não é exatamente um trabalho muito simples. Principalmente se você não souber o que fazer com elas.

O Segment é uma das melhores ferramentas que têm como objetivo não só coletar dados de consumidores, mas também enviá-los às pessoas certas.

Para começar, você vai coletar dados a partir das suas plataformas e enviá-los para o Segment. As plataformas incluem:

  • Web;
  • Servidor;
  • Apps de nuvem.

Você pode enviar os dados para praticamente qualquer destino, como:

  • Email;
  • Dados analíticos;
  • Suporte, dentre outros.

Com quase 200 integrações diferentes, há uma boa probabilidade de você encontrar uma integração perfeita para o seu negócio, como o Google Analytics, por exemplo.

Se você quer fazer mais com as suas ações de Marketing, precisa coletar e compartilhar dados de uma maneira eficiente. Isso, muitas vezes, significa enviar dados para outros apps e ferramentas. O Segment pode lhe ajudar com tudo isso e mais.

ClickMeter

Com o ClickMeter, você tem acesso a uma ferramenta que lhe permite “monitorar, comparar e otimizar todos os seus links de marketing em um só lugar”.

O objetivo é simples: aumentar a sua taxa de conversão.

O ClickMeter é uma ferramenta fácil que coleta grandes quantidades de dados. Você deve considerá-lo para monitorar alguns (ou todos) os seus links de marketing.

Kissmetrics

Provavelmente você não está surpreso de ver o Kissmetrics nessa lista, já que ele é um dos meus vários negócios.

Se você é como eu, e gosta de dados inteligentes sobre consumidores e analíticos de web, não vai se arrepender de experimentar essa ferramenta.

O Kissmetrics oferece uma variedade de produtos e soluções que podem ajudar a gerar uma resposta melhor para suas ações de Marketing.

As ferramentas “Analyze”, por exemplo, foram construídas para ajudar na tomada de decisões a respeito de Marketing.

Após registrar-se para uma demonstração gratuita, você terá acesso ao backend, que vai lhe permitir “Rastrear, Analisar e Otimizar sua Performance de Marketing”.

O processo inicial tem quatro passos:

  • Instale o snippet de JavaScript do Kissmetrics;
  • Crie um evento;
  • Confirme se os eventos estão sendo monitorados;
  • Comece a construir relatórios.

Com essa plataforma analítica baseada em pessoas, você saberá quais ações de Marketing estão gerando mais impacto, e também quais alterações você pode fazer para melhorar os resultados.

Dica profissional: Sou um grande fã da assistência ao consumidor e, por isso, a equipe do Kissmetrics está sempre disponível para ajudar. Caso você tenha qualquer dúvida ou preocupação durante a instalação, fale conosco via email para receber suporte profissional.

Riffle by CrowdRiff

Com o Riffle by CrowdRiff, você terá acesso a “dados analíticos sobre engajamento, interesse e atividade no Twitter em tempo real”.

Esses dados vão lhe ajudar a interagir com seu público de forma mais pessoal, melhorando suas chances de criar uma ligação significativa.

Como desenvolver uma estratégia de Marketing segmentada no Twitter pode ser complicado, você deve confiar em ferramentas como o Riffle para mostrar o caminho correto.

Um profissional de Marketing pode usar essa ferramenta de várias formas. No entanto, eu sugiro que você comece usando-a para construir relacionamentos com influenciadores em seu segmento.

Com a ajuda dessa ferramenta, você pode aprender mais sobre o valor de se conectar com um usuário específico. Consequentemente, você poderá monitorar melhor suas ações de Marketing e descobrir se elas estão gerando o impacto que você deseja.

TweetReach

Uma coisa é ser ativo no Twitter, outra é saber se as suas ações de Marketing estão mesmo fazendo a diferença.

O TweetReach é uma das ferramentas mais poderosas disponíveis para quem quer insights sobre o Twitter. Além disso, é rápida e fácil de usar.

Se você não sabe ao certo como essa ferramenta funciona, faça uma busca “marketing de conteúdo” na sua homepage.

Essa ferramenta vai lhe fornecer alguns dados e métricas para analisar. Você pode decidir se faz sentido construir uma campanha de Marketing em torno dessa palavra-chave.

Ao perceber que encontrou alguma coisa interessante, você poderá se aprofundar para obter mais informações. A seção “Twitter Timeline”, por exemplo, fornece uma lista de tweets recentes que usaram a hashtag #marketingdeconteúdo

Talvez essa seja a hora de iniciar um diálogo com um desses influenciadores ou marcas.

Quanto mais tempo você passar usando o TweetReach, mais fácil será desenvolver uma estratégia de marketing de Twitter que lhe ajude a cumprir suas metas. É impossível negar a profundidade dos dados, você só precisa coletar informações e fazer bom uso delas.

Social Mention

Quando o assunto é Marketing em mídias sociais, sempre recebo as mesmas perguntas. Uma das mais populares é: “Que tipo de conteúdo é melhor para compartilhar?”

Obviamente, isso depende muito do seu nicho e do que você tem a oferecer. Além disso, na medida em que seu negócio cresce e você começa a entender melhor o seu público, vai aprender o que deve e o que não deve compartilhar.

O Social Mention permite que você veja com que frequência uma palavra-chave é mencionada, dando uma ideia da sua popularidade.

Ele também lista os principais usuários, o que pode ser a chave para se conectar a influenciadores que se interessam pelo seu conteúdo.

E, por fim, ele exibe hashtags relacionadas. Por exemplo, uma busca por “marketing de conteúdo” traz hashtags como #marketing, estratégia de conteúdo, marketing digital, SEO, mídias sociais entre outras.

Ações de Marketing Que Você Não Deve Fazer

Bom, à essa altura você já aprendeu quase tudo do que precisa fazer para construir ações de Marketing que alavanquem as suas vendas. Mas eu garanto que você já fez ou vai fazer ações que não geram resultado. Como evitar?

Comece me respondendo qual a prioridade para você das métricas abaixo:

  • Curtidas em uma publicação no Facebook;
  • Número de visualizações em um vídeo no Youtube;
  • Número de seguidores no Twitter ou Instagram.

Se você respondeu alta prioridade para esses itens eu lhe garanto que você está formulando ações de Marketing ineficientes. Essas informações são dados vazios, e não dizem muito a respeito do valor da sua empresa.

São as chamadas métricas da vaidade, que podem ser boas para o ego, mas não devem ser a finalidade das suas ações de Marketing. E você vai perceber isso analisando o engajamento das pessoas.

Hoje, existem blogueiros e youtubers que compram seguidores, e possuem um número gigantesco de inscritos, mas poucos compartilhamentos, comentários e visualizações. Ou seja, são meros adereços, sem utilidade alguma para alavancar suas visitas e conversões.

Ações Buscando Apenas “Curtidas” em Redes Sociais

Se basear em curtidas para formular suas ações de Marketing também é um erro, afinal curtir um conteúdo não demanda muito esforço, comprometimento e nem sequer atenção do usuário.

As curtidas e os números citados acima podem gerar maior visibilidade para a sua empresa, mas não se deixe iludir por dados superficiais.

A grande estrela das suas ações de Marketing deve ser a taxa de conversão, é ela, principalmente, que vai lhe fornecer dados aprofundados sobre a campanha de Marketing que você está colocando em prática.

Para saber de fato se você está no caminho certo procure responder essas perguntas abaixo:

  • Qual o ROI das minhas ações de Marketing?
  • Minhas ações geraram engajamento?
  • Os meus leads tornaram-se clientes?
  • Meus clientes estão criando depoimentos positivos?

Depois de responder essas perguntas, você estará mais perto de desenvolver ações de Marketing que, definitivamente, irão alavancar suas vendas.

Conclusão

Bom, depois de ler esse manual sobre ações de Marketing, eu tenho certeza que você se sente muito mais seguro em montar o seu planejamento de Marketing, certo?

Neste artigo, mostrei o conceito de ações de Marketing e como elas são o meio principal para colocar o seu planejamento em ação.

Você também conheceu alguns tipos de Marketing mais utilizados, como o Marketing de Guerrilha, o Promocional e o de Vendas.

Aprendeu também, algumas dicas essenciais para que suas ações de Marketing gerem conversão, como utilizar o teste A/B, o método de copywriting, tráfego pago e orgânico e muitas outras.

E, como você já devia esperar, afinal eu gosto muito de análise de dados, forneci 7 ferramentas extremamente úteis para o gerenciamento de métricas e dados das suas ações de Marketing.

Pronto para criar ações de Marketing memoráveis?

Tenho certeza que sim!

Caso tenha alguma dúvida, ou queira dividir a experiência que teve com esse artigo, por favor, deixe nos comentários abaixo!

guia completo de marketing digital

Compartilhe