Philip Kotler: Descubra Quem É e Veja Seus Ensinamentos De Marketing

ilustração sobre Marketing

Não há como falar em marketing sem citar Philip Kotler.

O nome e o conceito são tão familiares que parecem ter sido feitos um para o outro.

Quem estuda ou trabalha com marketing, em algum momento, vai ouvir falar sobre seu maior expoente.

Cedo ou tarde, vai ver e aprender com os livros de Philip Kotler.

Para antecipar sua pesquisa, reúno neste artigo tudo o que você precisa saber sobre Kotler.

Desde quem ele é, até sua visão, ensinamentos e frases sobre marketing.

Prepare o cafezinho e boa leitura!

Antes de continuar, se você quer aumentar sua vendas e saber quais são as melhores estratégias para promover seu negócio online, clique aqui para receber o Guia Completo de Marketing Digital.

guia completo de marketing digital

Quem é Philip Kotler?

Nascido em 27 de maio de 1931, em Chicago, Estados Unidos, Philip Kotler é considerado o pai do marketing.

Mestre pela Universidade de Chicago e doutor pelo Massachusetts Institute of Technology (MIT), é formado em economia e cursou ainda pós-doutorado em matemática na Universidade de Harvard.

Em 2005, ele foi considerado pela Financial Times como o quarto maior guru de negócios do mundo.

Já em 2008, foi classificado como o sexto pensador mais influente do mundo dos negócios pelo The Wall Street Journal.

Philip Kotler publicou sua primeira obra em 1967, quando as ações de marketing ainda não eram tão conhecidas pelo mercado.

Depois, escreveu mais de 50 livros, que já venderam milhões de cópias e foram traduzidos para 20 idiomas.

Já palestrou, fez consultoria e escreveu artigos para o The Journal of Marketing e Harvard Business Review. E, como era de se esperar, recebeu importantes prêmios relacionados à área.

Hoje, é professor de marketing na Kellogg School of Management da Northwestern University.

E continua dando palestras sobre marketing em várias partes do mundo.

Entre suas principais criações, estão conceitos como “demarketing” e “marketing social”.

O primeiro, para explicar um modelo de marketing que trabalha a persuasão para que um consumidor adquira um produto ou serviço.

Já o segundo para o uso do marketing em benefício da sociedade.

O trabalho de Philip Kotler é tão relevante que ele já prestou consultoria para empresas como IBM, Merck, Michelin e Motorola.

Seu legado é explorado não só por estudiosos da área, como também por empreendedores que querem aplicar o marketing aos negócios.

E, claro, aproveitar seus benefícios.

Visão sobre marketing por Philip Kotler

visão de baixo de homem executivo com binóculo

Assim como toda área de estudo, o marketing também envolve uma série de termos e definições.

Quer conferir quais são eles?

Convido você a revisar comigo os conceitos mais expressivos do marketing a partir do olhar de Philip Kotler.

Vamos lá?

O que é marketing?

gráficos 3D em tablet

Para o autor, marketing é entender e atender as necessidades dos consumidores para conquistar os objetivos de uma organização ou indivíduo.

Trata-se de um processo administrativo e também social que tem como base a criação, a oferta e a troca de produtos com valor agregado.

O que é segmentação?

ilustração de público dividido

Kotler vê a segmentação como uma forma de reconhecer que não é possível fazer todos os clientes satisfeitos.

E que é preciso definir um “mercado alvo” para alcançar grupos de compradores que possuam necessidades ou características semelhantes.

É a base do conceito de persona, a representação do perfil de cliente ideal.

O que é posicionamento?

mão masculina desenhando quadrados em laranja e circulo em branco de giz

Para ele, o posicionamento de marca significa mostrar como o seu negócio se difere dos concorrentes.

Tipos de marketing: do 1.0 ao 4.0

garota concentrada trabalhando em laptop

O pai do marketing afirma que, hoje, existem no mercado quatro tipos de marketing: 1.0, 2.0, 3.0 e 4.0.

Do mais básico ao mais avançado, mostro a seguir como Kotler diferencia cada um deles.

Acompanhe:

O que é marketing 1.0?

mão masculina tocando smartphone com tela de pagamento com sucesso

O primeiro conceito é também o mais antigo e o primeiro a ser identificado pelo pai do marketing.

Segundo ele, é o mais usado pelas empresas atualmente e alcança a mente do cliente.

Como uma versão mais básica do conceito, o marketing 1.0 consiste em fazer um bom trabalho, oferecer produtos de qualidade e dar lucro.

Vê o consumidor apenas como um mero comprador.

O que é marketing 2.0?

laptop e papéis com gráficos

Por sua vez, o marketing 2.0 é um pouco mais avançado.

Acontece quando a empresa entende seus clientes a partir da análise de dados e, em razão desse esforço, oferece a ele um diferencial.

Há uma clara evolução do foco no consumidor.

Mesmo assim, ainda considera o cliente alguém com postura passiva.

O que é marketing 3.0?

ilustração de personagem executivo com flechas para cima e para baixo

É aquele que entende que, por trás dos consumidores, existem pessoas com problemas que precisam ser solucionados.

Com isso, empresas adeptas do marketing 3.0 são aquelas que demonstram interesse em ajudá-las a melhorar de situação.

Diferente do marketing 1.0 e do 2.0, o marketing 3.0 vai além da venda de produtos e serviços.

Também tem entre seus objetivos fazer do mundo um lugar melhor e gerar valor para as pessoas.

Entende que o marketing precisa ser direcionado ao ser humano.

O que é marketing 4.0?

tablet com título de transformação digital

Conceito mais evoluído do que os demais, o marketing 4.0 entende que as empresas precisam avançar na transformação digital para se conectar aos consumidores.

É o estágio mais recente do marketing e considera um cenário no qual a internet envolve a vida das pessoas todo o tempo.

Leva em consideração os sentimentos humanos, as transformações sociais e a evolução da tecnologia.

Veja só as principais mudanças que a internet trouxe para o mercado, segundo Kotler:

  • A exclusividade fica para trás e dá lugar à inclusão de mercados emergentes no consumo
  • Hierarquias acabaram e, hoje, empresas e consumidores estão lado a lado
  • A internet impulsiona o compartilhamento de experiências e o consumo vai do individual ao social.

Então, posso dizer que a principal diferença para os demais é que, no marketing 4.0, o destaque vai para o fator ser humano.

O consumidor, finalmente, passa a ser compreendido dentro da economia digital.

12 ensinamentos sobre marketing de Philip Kotler

ilustração de escada montada com livros e equipe se ajudando

Sabe aqueles ensinamentos que a gente aprende uma vez e leva para a vida toda?

As lições de marketing de Philip Kotler funcionam exatamente assim.

Você é apresentado a elas uma vez e pode aplicar para os mais variados objetivos, sejam pessoais, profissionais ou empresariais, melhorando os resultados alcançados.

Gostaria de compartilhar com você os 12 principais ensinamentos sobre marketing que aprendi ao acompanhar a trajetória de Philip Kotler:

1. Se preocupe com as pessoas e com o mundo

ilustração de planeta

Kotler acredita que os consumidores preferem, hoje, empresas engajadas com questões socioambientais.

E que saem na frente aquelas que conseguem colocar o bem-estar da sociedade antes mesmo do bem-estar do próprio negócio.

Empatia é a palavra-chave!

2. Design é tão importante quanto função

laptop em mesa com itens coloridos e tela sobre Marca

O especialista norte-americano vê tanta importância no design de um produto quanto em suas funções propriamente ditas.

3. Valorize o ócio

dupla trabalhando em conjunto em computador

Para Philip Kotler, quem trabalha com marketing precisa de tempo para criar boas ideias e pensar em soluções.

Ele acredita que o processo criativo não deve ficar escondido embaixo do planejamento estratégico.

E os profissionais do marketing agradecem, é claro!

4. Obedeça ao “funil de vendas”

funil de vendas

Segundo o pai do marketing, um processo de vendas envolve as seguintes etapas:

  • Prospecção de cliente
  • Entendimento sobre as necessidades do público-alvo
  • Desenvolvimento de soluções
  • Criação de proposta
  • Negociação de contratos
  • Fechamento da venda.

As primeiras três etapas devem ser realizadas por um profissional de marketing. Já as últimas, por vendedores.

Kotler diz que o marketing lida com a criatividade e com as estratégias para conquistar o cliente.

Já o time de vendas, com a execução.

E sua empresa, concorda com isso?

5. Trabalhe firme na construção de sua marca

ilustração sobre construção de marca

Outro importante ensinamento dele é sobre relações comerciais, que devem ser baseadas em vender o que os consumidores precisam.

6. Pense globalmente

Kotler é a favor de que os países pensem grande e sirvam aqueles que nunca foram atendidos pelo marketing.

Ele diz que a atividade deve superar fronteiras e ajudar pessoas.

7. Segmente seus clientes

mão segurando lupa em representação de pessoa em destaque

O pai do marketing também entende que oferecer produtos em massa já não é a estratégia mais eficiente.

Com o aumento da concorrência e da exigência dos consumidores, as empresas precisam se aproximar das necessidades deles.

A partir daí, define o conceito de segmentação.

8. Nunca deixe de inovar

gaorta segurando lampada representando inovação

Kotler acredita que muitas marcas vão à falência porque deixam de inovar.

A receita, então, seria a seguinte: se atualizar, melhorar produtos e conhecer novas tecnologias.

9. Não deixe o planejamento e a mensuração de lado

mãos com fita métrica medindo símbolo de crescimento desenhado na parede em giz

Ele ainda aponta que muitas empresas se esquecem da importância de planejar e mensurar resultados.

Isso porque concentram seus esforços apenas para a publicidade e a parte comercial do negócio.

Como solução, propõe que as ações de marketing sejam alinhadas ao planejamento estratégico.

Assim, as chances de erros são incomparavelmente menores.

10. Faça seus consumidores se sentirem parte do negócio

atendente sorridente em cafeteria

Kotler é um verdadeiro defensor da cocriação para negócios bem-sucedidos.

Para ele, os clientes devem fazer parte do processo criativo e também ajudar a desenvolver produtos.

Cita em suas palestras, inclusive, exemplos de marcas como Harley Davidson e Lego.

Ambas pedem ajuda aos clientes para desenvolver novos produtos.

11. Conte histórias

letras montando a palavra storytelling ao lado de lampada

Philip Kotler diz que todo profissional de marketing deve ser um pouco jornalista.

Afinal, eles dependem do storytelling para construir marcas enquanto contam boas histórias.

Isso envolve:

  • Atentar aos detalhes
  • Selecionar o que é importante
  • Saber expressar isso para o público.

12. Esteja ligado ao mobile

laptop em mesa junto de maçã, prato com biscoito, vaso

Empresas que aproveitam as oportunidades abertas pelo mobile podem atender melhor às demandas de clientes que gostam de participar.

Com a informação na palma da mão, o consumidor pesquisa muito mais e quer saber tudo sobre as marcas que consome.

Então, estar bem posicionado inclusive no mobile, é um diferencial para a imagem da empresa.

Influencia até mesmo a decisão de compra por parte do consumidor.

10 frases memoráveis de Philip Kotler

equipe engajada em escritório

Depois de aprender quem é Philip Kotler e por que ele é considerado o pai do marketing, é hora de conferir algumas de suas principais frases.

Preparei uma lista para encantar e inspirar:

  1. “Os vendedores de sucesso primeiro se preocupam com o cliente, e, depois, com os produtos.”
  2. “Boas empresas satisfazem as necessidades, as excelentes empresas criam mercados.”
  3. “Há apenas uma estratégia vencedora: definir cuidadosamente o mercado alvo e levar uma oferta superior a esse mercado.”
  4. “A melhor publicidade é a feita pelos clientes satisfeitos.”
  5. “A melhor maneira de reter clientes é analisar constantemente como dar-lhes mais por menos.”
  6. “Hoje, você tem que correr mais rápido para ficar no mesmo lugar.”
  7. “O marketing é uma corrida sem linha de chegada.”
  8. “É mais importante fazer o que é estrategicamente correto do que o que é imediatamente rentável.”
  9. “A coisa mais importante é prever onde os clientes vão e parar na frente deles.”
  10. “A internet vai fazer que os ganhadores enterrem os atrasados.”

Os 5 maiores livros de Philip Kotler

philip kotler livros

Quer continuar sua pesquisa sobre Philip Kotler e tudo o que ele agregou ao marketing como conhecemos hoje?

Aqui, vão algumas dicas de livros que certamente serão muito proveitosos para você:

Kotler publicou mais de 50 livros até hoje, sem falar nas publicações em periódicos de renome, como Harvard Business Review.

Então, oportunidades de títulos e conteúdos para que continue aprendendo mais e mais não vão faltar.

Basta escolher aqueles que fazem mais sentido para você, se encaixando às suas necessidades de negócio atuais.

Conclusão

Visionário que só ele, Philip Kotler conseguiu expressar perfeitamente em seus livros a evolução do marketing até a era digital.

Espero que você possa aprender tanto quanto eu aprendi e continuo a aprender com o pai do marketing.

Ler suas obras, artigos e assistir às suas palestras no YouTube traz ainda mais inspiração para a prática do marketing.

Se atentar aos ensinamentos de Kotler não é só uma forma de aprender a ver o marketing de um jeito diferente.

Mas também de entrar em sintonia com as melhores práticas da área e com as demandas de um mercado cada vez mais dinâmico.

E você, ansioso para aplicar os ensinamentos de Philip Kotler sobre marketing no seu negócio?

Conte nos comentários qual das frases ou recomendações dele já fazem parte do seu dia a dia.

guia completo de marketing digital

Compartilhe