Por que Você não Está Ranqueando como Deveria e como Corrigir Isso

rank where you belong

Como você provavelmente já sabe, é mais fácil falar sobre do que conseguir um bom ranking nos resultados do Google.

Ninguém precisa te dizer que existem milhões de sites diferentes tentando roubar sua posição no ranking e, em alguns casos, muitos desses concorrentes conseguem.

É claro que você não quer que isso aconteça.

Mas vencê-los não é uma questão de simplesmente publicar conteúdo e esperar pelo melhor.

Na verdade, as pessoas que perdem classificação são aquelas que acreditam que SEO é realmente muito simples.

Felizmente, você não é uma dessas pessoas.

É por isso que você está aqui, afinal.

Para ilustrar o meu ponto, eu digitei “como ganhar em tudo que você faz” no Google.

how to win at everything you do Google Search

E quantos resultados aparecem?

Mais de 39 milhões.

how to win at everything you do Google Search 1

Isso é muita ação em torno de uma palavra-chave boba.

E quantos desses resultados aparecem na primeira página e tem uma chance razoável de conseguir um clique?

Dez. Dez resultados.

É isso.

Isso significa que você não pode se dar ao luxo de não estar naquela primeira página.

Dedicar uma tonelada de trabalho em SEO e ficar na página dois não apenas machuca o seu ego, afeta o seu bolso.

Como diz aquele ditado, tempo é dinheiro.

E infelizmente, quanto mais tempo a página existe, mais alta é a chance de que ela vá conseguir um lugar entre os 10 primeiros resultados de uma pesquisa no Google.

Na verdade, a idade média de uma 10ª posição nos resultados do Google é 650 dias.

pasted image 0 672

Isso são quase dois anos.

Talvez suas páginas não existam há tanto tempo.

A boa notícia é que existem algumas coisas importantes que você pode fazer (ou não fazer) para ajudar seu ranking imediatamente.

Porque aqui está a questão: os profissionais de marketing cometem muitos erros quando se trata de SEO e esses erros podem estar matando a classificação deles.

O mesmo pode estar acontecendo com você sem você saber.

Você sente que está fazendo tudo certo e, ainda assim, não está conseguindo uma posição no ranking como deveria estar?

Não se preocupe.

É por isso que fiz uma lista dos sete erros mais comuns que os profissionais de marketing cometem ao tentar obter o melhor ranking e como consertar cada um deles.

Vamos começar.

Erro #1: Você possui conteúdo duplicado em seu site

Conteúdo duplicado é a praga em muitos trabalhos de SEO.

Você não vai querer criar conteúdo, publicá-lo e depois descobrir que os seus resultados de SEO estão sendo divididos entre a página original e uma duplicata não intencional.

Isso vai fazer com que as duas páginas tenham um ranking medíocre ao invés de uma delas ter um ranking excepcional.

Idealmente, você quer combinar os resultados de SEO dessas duas páginas e não deixar cada uma responder por si.

Porque aqui está como o Google vê conteúdo duplicado.

pasted image 0 654

E quando isso acontece, o Google tem a chance de classificar a página correta. Ou… a página errada.

Ele pode, por exemplo, escolher uma página HTML que é apenas uma versão de impressão.

Então, não só o link juice pode ser dividido entre duas páginas diferentes, mas o Google pode acidentalmente escolher a página errada como oficial (canônica).

Tudo porque você não deixou isso claro para os robôs do Google.

Mas não se preocupe, esse é um erro comum.

Se você quer verificar conteúdo duplicado, pode ir aqui e digitar sua URL.

pasted image 0 668

E então clicar no botão “Eu não sou um robô” e depois em “Executar Verificação”.

Role a página e você verá seus resultados.

pasted image 0 647

Se você rolar a página ainda mais será capaz de ver as páginas específicas que contém conteúdo duplicado.

O que, no entanto, você deve fazer se encontrar conteúdo duplicado em seu site?

A melhor coisa a fazer é usar a tag rel=canonical para dizer ao Google qual página classificar e atribuir todos os resultados de SEO.

pasted image 0 606

Se você estiver usando um site no WordPress poderá buscar uma lista de plugins que ajudarão a fazer isso clicando aqui.

Uma vez definida a página oficial, o Google pegará toda a classificação das duplicadas e atribuirá à ela.

E isso significa que a sua página original terá uma chance melhor de classificação no ranking.

Erro #2: Você não está registrado no Google Meu Negócio

Se você não possui registro no Google Meu Negócio está perdendo grandes chances.

É um passo simples e grátis que você deve tomar e pode realmente ajudar o seu SEO.

Porque aqui está como o Google funciona: o Google quer pegar o caminho mais fácil e rápido para encontrar e entregar resultados relevantes.

Escolher os resultados do Google Meu Negócio realiza isso para os mecanismos de busca.

Além do mais, ter uma conta diz ao Google que você se importa com seu ranking, que o seu site está atualizado e que você quer cooperar com os sistemas dele.

O Google gosta disso e até mesmo tenta priorizar negócios que utilizam o Google Meu Negócio.

Criar uma conta é simples. Apenas vá até a página do Google Meu Negócio.

E então clique no botão “Começar Agora”.

pasted image 0 630

Depois disso, insira o nome do seu negócio e clique em “Avançar”.

pasted image 0 642

Então você terá que inserir o seu endereço comercial e CEP. E então clicar em “Avançar”.

pasted image 0 616

Siga as instruções que aparecerem até você chegar ao final do processo e sua conta estará ativa.

Eventualmente, você terá que inserir informações mais específicas sobre o que faz, que tipo de produtos vende e qual seu público alvo.

Todas essas informações ajudarão o Google a classificar rápida e facilmente o seu negócio e exibí-lo nos resultados de busca (SERP) corretos, então dedique um tempo para completar esses passos.

Essa é uma forma fácil de conseguir um bom ranking no Google dedicando bem pouco tempo e esforço.

Além do mais, uma vez registrado, você pode coletar avaliações, adicionar ofertas especiais e exibir o seu endereço.

Erro #3: Você não está aproveitando suas redes sociais

Você é ativo nas redes sociais?

Se você se comporta como muitos negócios, deve ter respondido “não” para essa questão.

Claro. Muitos negócios fazem propaganda em redes sociais e muitos deles têm perfis.

Mas quantos negócios possuem perfis realmente ativos?

Provavelmente não muitos.

E quantos desses estão desatualizados?

Provavelmente mais do que gostaria de admitir.

Mas por que tudo isso importa, afinal?

Porque, acredite ou não, seus perfis nas redes sociais ajudam a definir a sua posição no ranking do Google.

Se você quer aumentar seus esforços em SEO, o que nós sabemos que você quer, então você precisa ter um perfil ativo nas redes sociais e manter suas informações atualizadas.

O Google usa o que nós chamamos de sinais sociais para determinar quais sites estão ativos e quais estão estagnados. Isso diz a ele quais devem ter uma melhor classificação no ranking.

Como você pode ver no gráfico abaixo, todos os principais resultados são excepcionalmente ativos em seus perfis nas redes sociais.

pasted image 0 609

É claro, isso não precisa ser complicado.

Publicou um artigo no blog? Poste no Facebook sobre ele.

Aconteceu algo interessante no trabalho hoje? Tweet sobre isso.

Fez uma foto engraçada de uma brincadeira que aconteceu após o horário no escritório? Publique no Instagram.

Quanto mais você posta nos seus perfis sociais, melhor será a classificação de seu site no ranking.

Se você acha que está fazendo tudo certo, mas seu ranking ainda está sofrendo, então as redes sociais podem ser a resposta para um futuro de SEO mais brilhante.

Veja o que eu faço, por exemplo.

Aqui está uma postagem recente do blog que eu publiquei: Mídias Sociais: Como Obter o Melhor do Seu Investimento em 2018.

pasted image 0 661

Então, eu simplesmente vou até o Facebook e compartilho isso. Não é nada demais.

Eu apenas escrevo alguma referência rápida ao post do blog e dou ao meu público um link para ler.

Para mim, isso não apenas ajuda o SEO, mas também conduz uma tonelada de tráfego extra para o meu site.

É uma situação em que você só ganha.

pasted image 0 646

Se você não está usando sinais sociais para impulsionar o seu SEO, então você está perdendo uma ótima chance.

Sempre que algo interessante acontecer em seu negócio ou você postar um novo conteúdo, compartilhe isso em seus perfis sociais.

Você irá gerar mais tráfego e aumentar a sua classificação no ranking dessa forma.

Você pode fazer tudo certo, mas se não tiver sinais sociais, qualquer site que tiver vai te vencer.

Erro #4: Você não cria conteúdo de forma consistente

Talvez você escreva e publique um post de vez em quando.

Talvez você grave e publique um vídeo às vezes também.

Infelizmente, “de vez em quando” e “às vezes” não são o suficiente para garantir o seu lugar nos rankings.

Em vez disso, você deve criar conteúdo de acordo com um rígido e útil calendário de marketing de conteúdo. Adicione datas de entrega de seu conteúdo e isso te ajudará a manter o cronograma.

Sinceramente, quanto mais conteúdo você criar, melhor. Desde que a qualidade desse conteúdo não deixe a desejar.

Você provavelmente já sabe, por exemplo, que eu escrevo um monte de posts de blog sozinho. Eu posso até mesmo finalizar três ou quatro por dia se estiver realmente focado.

Isso acontece porque tenho muita prática nisso.

Depois de algum tempo, você também será capaz de fazer o mesmo.

É claro que você não está sozinho na luta para criar conteúdos de forma consistente. 57% de profissionais de marketing B2B estão junto com você.

pasted image 0 651

Assim como 46% de profissionais de marketing B2C.

pasted image 0 665

Por que criar conteúdo de forma consistente é um desafio tão grande para você e para a vasta maioria de outros profissionais de marketing?

A resposta é simples. Escrever, gravar e editar toma muito tempo.

E às vezes é ainda mais difícil quando você não vê resultados imediatamente.

No fim do dia, no entanto, companhias que publicam conteúdos recebem 55% mais visitantes do que as que não o fazem.

pasted image 0 619

Obviamente, você quer ficar na categoria que publica e consegue mais tráfego.

Parte da razão, é claro, que eles conseguem mais tráfego é porque cada conteúdo criado e cada nova página publicada dá a eles uma nova chance de obter ranking no Google.

E se você está criando conteúdo de forma consistente, então é apenas uma questão de tempo até começar a obter ranking também.

Erro #5: Seu site não é otimizado para dispositivos móveis

Talvez você esteja fazendo todo o resto certo.

Talvez você não tenha conteúdo duplicado em seu site. Talvez você já tenha se registrado no Google Meu Negócio. E talvez você até mesmo tenha sinais sociais e crie conteúdos de forma consistente.

Então, você verifica seus resultados e ainda assim não está com um bom ranking.

O que acontece?

Bem, se você não tem um site otimizado para dispositivos móveis, então isso é que acontece.

No mundo de hoje onde as pessoas navegam na Internet em diferentes dispositivos todos os dias, você precisa atender a todos esses diferentes tamanhos de tela.

Existe uma pequena chance de que o Google te classifique bem mesmo se o seu site não for flexível para os diversos dispositivos.

Não tem certeza se o seu site é otimizado para dispositivos móveis?

Sem problemas. É só clicar aqui para descobrir.

Depois de clicar, digite a sua URL.

pasted image 0 637

Clique em “Executar Teste” e esse site rapidamente te dirá se a sua página é otimizada ou não para dispositivos móveis. Como você pode ver abaixo, a minha é.

pasted image 0 612

E isso é totalmente intencional. Eu sei que, se o meu site não fosse otimizado, eu teria um trabalho ainda maior para conseguir bons rankings em mecanismos de busca.

O Google coloca muito peso nisso porque 80% das pessoas usam um smartphone para navegar na Internet e 27% usam apenas o smartphone.

pasted image 0 625

Tudo que importar para o Google deve importar para você também.

Tornar o seu site móvel pode ser fácil. Simplesmente selecione um tema de WordPress que preencha suas necessidades e seja flexível para dispositivos.

E voilà, isso automaticamente ajudará seus resultados nos rankings.

Erro #6: O Google não indexou o seu site

Isso soa familiar?

Você está curioso com a classificação do seu site, então você abre o Google e digita suas palavras-chave definidas como alvo.

Mas você não vê o seu site na primeira página. Então você navega em algumas páginas e ainda assim não vê o seu resultado.

Então, desesperado para ver se tudo está funcionando corretamente, você digita o nome do seu negócio no mecanismo de busca e até mesmo, quem sabe, a sua URL.

Ainda assim, sem sucesso.

O que está acontecendo? Por que você não está aparecendo em lugar nenhum do Google?

Bem, o primeiro e mais inofensivo motivo é que o Google ainda não teve tempo para indexar a sua página nova.

Se você criou a página agora, então dê um pouco de tempo antes de começar a procurar por você mesmo nos resultados.

Mas isso pode estar acontecendo porque você acidentalmente impediu o Google de rastrear o seu site.

Você precisará desfazer isso e ter certeza de que o Google poderá rastrear o seu site quando quiser.

Então, para solicitar ao Google um rastreamento de seu site tão logo seja possível, vá até o Painel de Busca do Google.

Search Console Home

Digite o seu site e comece tendo certeza de que o Google não encontrará nenhum erro de rastreamento.

Search Console Dashboard https www booktrep com 1

Então, clique em “Buscar” e aguarde um momento.

Search Console Fetch as Google https www booktrep com

Finalmente, você poderá clicar em “Solicitar Indexação.”

Search Console Fetch as Google https www booktrep com 1

Depois de fazer isso, você verá essa página onde poderá finalizar a sua solicitação.

NeilPatel com Why You re Not Ranking Where You Should Be And How to Fix It Google Docs

Os robôs do Google agora vão rastrear o seu site o mais cedo possível.

Lembre-se, se o Google não é capaz de rastrear o seu site e analisá-lo, então você não tem absolutamente nenhuma chance de classificação no ranking.

Tenha certeza de que suas configurações no Painel de Busca do Google estão corretas e que o código do seu site não está impedindo os bots de rastreamento de olhá-lo.

Erro #7: Seu site é muito lento

Poucas coisas são piores do que navegar na Internet, encontrar um resultado que você gosta, e então esperar mais de 10 segundos para aquele site carregar.

Você quer informação, e você quer isso de forma rápida.

Seu público e mercado alvo não são diferentes.

Por essa razão, o Google coloca um peso de classificação significante em quão rápido o seu site carrega.

Quanto mais rápido, melhor. Mesmo em termos de segundos.

pasted image 0 658

Existem duas razões pelas quais os rankings diminuem com tempo de carregamento mais lento.

A primeira é que o Google classifica diretamente em melhor posição sites com tempos de carregamento melhores do que aqueles que carregam lentamente.

As pessoas não querem esperar, afinal.

E o Google não quer fazê-las esperar.

A segunda razão, no entanto, é que, quando o seu site tem um tempo de carregamento lento, sua taxa de rejeição aumenta, o que, por sua vez, prejudica sua classificação no ranking.

Você perde duas vezes.

Felizmente, você pode verificar a velocidade do seu site de forma gratuita, basta clicar aqui e inserir seu domínio.


Em seguida, clique em “Auditoria do Site” e role para baixo até a seção “Velocidade do Site”. Então você verá o seguinte:

Isso mostrará o quão rápido e otimizado é o seu site. O meu site, por exemplo, leva um segundo para carregar em um desktop e dois segundos em dispositivos móveis. Ambos os tempos são considerados “excelentes”.

Se sua velocidade for baixa e sua otimização também, isso significa que você pode tomar medidas para melhorar isso.

Tente compactar seus arquivos de imagem ou simplificar seu design, por exemplo.

Quanto mais rápido o seu site carregar, mais altos serão os seus rankings.

Conclusão

Se você é um empreendedor ambicioso, sabe o que é se esforçar para conseguir uma boa classificação e acabar na página dez.

Ninguém quer que isso aconteça.

E no entanto, na maioria das vezes, isso acontece.

Afinal de contas existem apenas dez posições que importam no Google e, como eu mostrei anteriormente, existem milhões de resultados.

Como você vai garantir a sua posição?

Bem, tudo começa quando você faz as coisas certas: gerando backlinks, por exemplo.

Mas às vezes você já fez tudo certo e ainda assim não consegue uma boa classificação. É quando você precisa olhar para possíveis erros que você possa estar cometendo.

E agora você sabe quais são os erros mais comuns: ter conteúdo duplicado no site, não ter um registro no Google Meu Negócio, ignorar os sinais sociais e criar conteúdo esporadicamente.

Mas além de todas essas coisas, usar apenas uma versão desktop do seu site, bloquear seu site para o Google e ter uma velocidade de carregamento lenta também prejudicam suas chances de classificação.

Conserte esses problemas e em pouco tempo você estará conseguindo bons rankings.

Quais problemas você encontrou antes que prejudicaram seu ranking e o que você fez para corrigi-los?

Compartilhe