11 Maneiras para Incluir Imagens nos Seus Posts de Blog

blog post image guide

Você é um escritor, não um fotógrafo.

Então por que precisa colocar imagens em posts de seu blog quando as palavras deveriam ser o suficiente para atrair o público, engajar visitantes e persuadir pessoas de que o seu conteúdo é ótimo?

A verdade é que só isso não é o suficiente.

Especialmente quando você está escrevendo um post para um blog na internet.

Você precisa entender que o público é preguiçoso.

Ele quer informação o mais rápido possível.

Seu público não quer sofrer para ler e digerir o seu conteúdo. Ele quer entender a ideia de forma rápida e fácil para ter certeza de que vai ser de algum valor para ele.

Só porque imagens são importantes não quer dizer que as palavras não o sejam.

Esse é o motivo pelo qual você não tem um post de blog cheio de imagens apenas.

As imagens são uma ferramenta de suporte que pode transformar um conteúdo desinteressante em emocionante.

Então é estranho que alguns escritores de conteúdo não entendam as melhores práticas sobre como incluir imagens em posts de seus blogs.

Se você se identificou com o que eu disse até aqui, então continue a ler.

Vamos mergulhar no assunto.

1. Faça quebras no texto

Da mesma forma que as pessoas usam parágrafos para separar ideias e tornar o conteúdo mais fácil pro leitor digerir, as pessoas usam imagens para separar pontos e fazer o texto mais fácil de entender.

Especialmente para textos longos. Lembra que eu disse que leitores são preguiçosos?

Quando se deparam com um bloco de texto, a primeira coisa que farão é tentar achar outra fonte.

Mesmo que o seu bloco de texto não seja tão longo quanto o de outras pessoas, se parecer difícil de ler, o leitor nem vai se esforçar.

O conteúdo abaixo é o mesmo, mas qual das duas imagens você prefere ler?

Screen Shot 2017 09 15 at 15.59.38
Screen Shot 2017 09 15 at 16.01.27

A imagem com gatos é infinitamente mais fácil de ler e compreender.

2. Use imagens claras

Olhe para essas duas imagens da TechSmith. Qual das duas é mais agradável aos olhos?

Screen Shot 2017 09 15 at 15.53.09

A imagem do lado esquerdo é clara e bem definida. É óbvio para o que você está olhando. A imagem do lado direito tem qualidade baixa e está borrada.

Imagine ler um post de blog onde todas as imagens são como as da coluna da direita. Você o fecharia imediatamente.

Se o escritor não se importou em escolher imagens de alta qualidade, o conteúdo que ele está produzindo pode ser de baixa qualidade também.

Então, enquanto imagens em geral são super importantes, é essencial que você use imagens de alta qualidade também.

Incluir imagens de baixa qualidade é tão ruim quanto não incluir nenhuma imagem.

3. Utilize imagens legais cujos direitos você possua

Você não pode simplesmente pegar uma imagem na Internet e colocá-la em seu post no blog. Na verdade, algumas empresas cobram uma taxa para que você possa utilizar as imagens delas.

Quando você pegar imagens da internet, descubra se você pode usá-las legalmente em seu blog.

Em muitos casos, se você estiver usando uma imagem grátis, ainda assim terá que atribuir os créditos para quem criou ou para o local de onde você tirou.

E isso faz sentido.

Você não iria querer que alguém copiasse e colasse suas palavras e não atribuísse os créditos à você.

Existem diferentes tipos e definições de imagens legais.

  • Royalty Free: Royalty Free não são imagens grátis como o nome sugere. Uma imagem livre de royalties geralmente pode ser usada da forma que você quiser, mas você não tem permissão para editá-la ou revendê-la.
  • Direitos Gerenciados: Normalmente com essas imagens você compra uma licença de uso única. Isso quer dizer que você tem que decidir, antes de usar, como planeja fazê-lo. Por exemplo, se você usar essa imagem em um post de blog, não poderá usar a mesma em um vídeo. Nesse caso você teria que comprar uma licença adicional.
  • Domínio Público: Imagens de domínio público não tem restrições. Você não precisa pedir permissão de ninguém antes de usá-las. Embora seja o consenso geral que você atribua o crédito, não é obrigatório fazê-lo.
  • Creative Commons: O criador disponibilizou as imagens, mas na maior parte dos casos você precisará atribuir os créditos.

Se você está procurando imagens para comprar pode usar um site como o Shutterstock.

Mas se procura uma imagem de boa qualidade, gratuita, que você possa usar sem atribuir nada ao dono da imagem, então confira os sites Unsplash ou Pixabay.

Pixabay

4. Inclua capturas de tela

As imagens que você usa no seu blog são uma ajuda visual para a ideia que você está tentando passar.

Às vezes, para tornar o seu trabalho ainda mais consistente, é útil incluir imagens como as capturas de tela.

Uma extensão do navegador Chrome chamada Awesome Screenshot é uma ótima ferramenta para capturar uma página inteira da web.

Neil Patel Helping You Succeed Through Online Marketing

Ou use essa dica útil se você estiver em um Mac.

Abra qualquer site no seu navegador de preferência. É preferível usar um navegador que não tenha muitos marcadores ou plugins. Isso fará com que a sua captura de tela seja mais limpa.

Aperte shift + comando + 4. Quando aparecer o ícone de captura de tela, aperte a barra de espaço.

Então passe o mouse sobre o navegador com a página aberta e clique com o botão esquerdo.

O resultado será uma captura de tela como o exemplo abaixo. Essa opção ainda incluirá uma boa sombra.

Screen Shot 2017 09 15 at 15.26.28

Se você quer fazer anotações em suas capturas de tela, então eu recomendo usar o Skitch.

O Skitch facilita a captura e as anotações de tela como esta abaixo.Screen Shot 2017 09 15 at 15.27.35

5. Use imagens explicativas

Quando você quiser usar imagens em seu blog, pense nos motivos para isso.

Idealmente, as imagens devem funcionar como uma explicação adicional de sua ideia principal.

Por exemplo, se você está escrevendo um post sobre o Twitter, então consiga uma foto de um tuíte que explique a sua ideia. Uma foto de uma pessoa em um computador não é relevante e nem adiciona nenhum valor ao conteúdo.

Pergunte sempre para si mesmo: essa imagem agrega algum valor? Se a resposta for não, então você não deve colocá-la.

Se você possui ideias complexas que precisa explicar, utilize diagramas para esclarecer os seus pontos.

Use o OmniGraffle para criar diagramas e  fluxogramas que podem atuar como uma forma de quebrar ideias complexas em recursos visuais mais digeríveis.

Screen Shot 2017 09 20 at 13.14.39

Utilize o imgflip para criar gráficos de pizza como a imagem abaixo. Eles são simples de produzir e farão o post do seu blog se destacar.

Screen Shot 2017 09 15 at 15.16.18

Se você tiver recursos disponíveis, você pode criar um infográfico. Um infográfico pode atuar como uma peça única de conteúdo ou ser uma grande ajuda a uma postagem com muitos dados.

Para criar um infográfico, a primeira coisa que você precisa fazer é encontrar a sua fonte de dados.

Os dados são a espinha dorsal de um infográfico e o design é a caixa que mantém tudo junto.

Quando estiver criando um infográfico, use seus próprios dados, se você tiver algum, e complemente com dados externos que você pode encontrar em blogs e sites de confiança.

Screen Shot 2017 09 20 at 13.33.06

O benefício de usar infográficos, como o mostrado acima da Point Visible, é que você consegue exibir dados de uma maneira menos maçante.

Imagine essas mesmas informações apenas em texto. Seus olhos vagariam pela tela sem saber qual dado seria mais relevante ou qual valeria mais a pena ler.

Infográficos são compartilhados 3x mais nas redes sociais do que outros tipos de conteúdo. Isso acontece porque eles são fáceis de ler, digeríveis e apresentados de uma forma visualmente atraente.

6. Utilize táticas de SEO

Suas imagens do blog são uma ótima ferramenta para adicionar o seu arsenal de SEO. Faça uso da alt tag.

Se você estiver usando o WordPress, clique no ícone em formato de lápis para editar a imagem.Screen Shot 2017 09 15 at 15.09.59

Preencha a caixa de alt text com o alt text que escolheu.

Screen Shot 2017 09 15 at 15.10.19

Se, por alguma razão, as imagens do seu blog não carregarem, o navegador exibirá as informações do texto alternativo no lugar.

Outro benefício de usar o texto alternativo é que o Google usa este campo para rastrear a internet por imagens.

Se você insere uma imagem no seu blog sobre “marketing de conteúdo” e coloca como título do seu texto alternativo “marketing de conteúdo”, quando alguém fizer uma pesquisa de imagem no Google por “marketing de conteúdo” sua imagem pode aparecer.

O usuário poderá então clicar naquela imagem e ser levado para o seu conteúdo.

Então escolha um texto alternativo eficiente ao invés de deixar imagem18y447.

7. Inclua imagens de pessoas

Pessoas vendem. Rostos são únicos. Como seres humanos, somos naturalmente atraídos por rostos. Mas os rostos tem que parecer reais e relacionados ao post.

Não use imagens aleatórias de bancos de imagem como essa aqui:

Screen Shot 2017 09 20 at 13.42.01

Na minha página de blog, eu uso imagens do meu próprio rosto para humanizar meu conteúdo e encorajar as pessoas a realizar uma ação. Meus leitores sentem como se conhecessem a pessoa que está escrevendo.

Screen Shot 2017 09 15 at 15.40.36

As pessoas confiam em pessoas, então usar rostos de pessoas no seu conteúdo é uma boa forma de aumentar a confiança que os leitores sentem em seu conteúdo.

8. Otimize grandes imagens

Imagens são ótimas. Isso deve ser óbvio após a leitura do conteúdo deste post.

Mas o grande problema com o uso de imagens em sites é que elas podem ser arquivos muito pesados. E um arquivo muito pesado diminui a velocidade de carregamento do site.

Uma pesquisa da DoubleClick mostra que 53% dos usuários abandonam sites em versão móvel se eles demoram mais de 3 segundos para carregar.

Eu não preciso te dizer que você não quer que isso aconteça.

Para evitar um carregamento lento, otimize suas imagens de forma que elas mantenham um visual de grande qualidade, mas com um tamanho de arquivo pequeno.

Isso pode ser feito manualmente, mas funciona de forma mais efetiva usando diferentes ferramentas.

Se você usa o WordPress para hospedar o seu blog, então faça o download do aplicativo WP Smush, que vai automaticamente condensar os tamanhos de arquivo para que eles fiquem o menor possível.

Ou se você preferir otimizar suas imagens antes de enviá-las para o WordPress, você pode usar uma ferramenta como o Optimizilla.

Screen Shot 2017 09 20 at 13.45.48

Você pode verificar a velocidade do seu site em três passos simples:

Passo nº1: Visite o Ubersuggest, Insira Seu Domínio e Clique em Pesquisar

Passo nº2: Clique em Auditoria do Site no Menu Lateral Esquerdo

Passo nº3: Desça até Velocidade do Site

A velocidade do site é crucial para a integridade do seu SEO. Cada 0,5 segundo adicional necessário para carregar seu site aumenta a % de visitantes que vão abandoná-lo. Acima, você verá o tempo que o site levou para carregar tanto em desktop quanto em dispositivos móveis.

Está tudo certo no meu site, com o teste de velocidade mostrando “excelentes resultados”. No entanto, se a velocidade do seu site estiver na faixa boa, razoável ou ruim, descubra o que a está diminuindo. É provável que muitas imagens com um tamanho de arquivo grande sejam as culpadas.

9. Utilize imagens frequentemente

Você deve estar se perguntando quantas imagens deve inserir em seus posts de blog. A resposta é curta: quantas você precisar.

Mas para a maioria de vocês, essa informação não é de muita ajuda. Então se você está procurando por um número específico, o consenso geral é uma imagem a cada 150 palavras.

O número de imagens que você insere varia de post para post. Como eu mencionei antes, toda imagem precisa adicionar algo ao conteúdo. Não pode estar lá apenas para decoração.

Use quantas imagens forem possíveis. Apenas não exagere ou o seu post vai acabar parecendo uma linha do tempo do Instagram.

Você não está criando um ensaio fotográfico como o exibido abaixo, você está usando imagens em seu blog para dar suporte ao conteúdo escrito.

recording 3

Use poucas imagens e você vai acabar com aqueles grandes blocos de texto que estamos tentando evitar.

Então o segredo é seguir este checklist:

  • A imagem que eu estou usando tem um propósito ou adiciona algo ao conteúdo?
  • Tenho dado suporte à todas as ideias do meu conteúdo com uma imagem adequada?

Se a resposta para essas duas questões é sim, então você começou bem.

Ponto-chave: por natureza, o passo a passo de posts de blog geralmente vai precisar de mais imagens e menos textos já que você vai mostrar visualmente todas as ideias envolvidas.

Se você está escrevendo um post explicando para alguém como eles podem instalar o WordPress, você provavelmente irá precisar de mais imagens do que um post de blog falando sobre as vantagens do marketing em redes sociais.

No primeiro exemplo, os usuários vão querer seguir os passos exatamente como a forma explicada e garantir que estão apertando os botões corretos e digitando os textos certos.

No segundo exemplo, você precisará de menos recursos visuais, já que a ideia principal do post é fazer com que os leitores entendam as vantagens.

10. Crie suas próprias imagens

Talvez você decida que não quer pagar por fotografias ou talvez você não encontre imagens relevantes para o seu post no blog.

Quando isso acontecer, crie suas próprias imagens.

Se você usar qualquer estatística no seu post, apresente-a em formato de imagem.

Quando houver uma frase de destaque que você quer que os seus leitores lembrem, crie um recurso visual para exibi-la. Se a frase for atraente o suficiente os leitores podem até compartilhá-la em suas redes sociais.

Use uma ferramenta como a Pablo, da Buffer, para criar suas imagens. É grátis e simples.

Escolha uma imagem do lado esquerdo. (Nota: todas as imagens são do Unsplash, o site que é fonte de todas as imagens royalty free que mencionamos antes).

Screen Shot 2017 09 15 at 15.30.03

Você também pode fazer o upload de sua própria imagem como plano de fundo se você quiser.

Escolha o tamanho da imagem, que será baseado em onde você planeja compartilhá-la.

Depois, você deve escolher o tamanho da sua fonte, digitar a sua frase ou estatística e então usar os botões do lado direito para fazer qualquer edição de formato. Screen Shot 2017 09 15 at 15.30.14

Quando tiver terminado e você estiver satisfeito, faça o download da imagem e então o upload para o seu blog.

Lembre-se também de não economizar na imagem de destaque.

Sua imagem de destaque é geralmente a primeira coisa que um visitante verá.

É também a imagem que induz ao clique no seu post em primeiro lugar.

Se você é um designer, pode criar suas próprias imagens de destaque da marca como o site do software de comparação Crozdesk faz.

Screen Shot 2017 09 15 at 15.32.13

Mas se você não é um designer e mesmo assim quer usar imagens personalizadas, você pode simplesmente baixar uma imagem gratuita em um dos sites que mencionei antes e colocar no texto principal.

Dessa forma seus visitantes saberão exatamente sobre o que é o seu post.

Se você está procurando por uma outra forma de adicionar suas imagens, então você tem que conhecer uma ferramenta amigável chamada Canva.

Screen Shot 2017 09 15 at 15.34.36

O Canva já tem modelos prontos que você pode usar para criar imagens, gráficos e logotipos.

Você também pode adicionar as suas próprias cores à paleta e garantir que todas as imagem criadas tem sua própria marca. Usar sua própria marca em imagens inseridas nos posts de seu blog vai te dar a sensação de propriedade sobre o conteúdo criado.

Os seus leitores conhecerão sua marca e reconhecerão imediatamente quando um trecho do conteúdo vier de você.

11. Determine o tamanho ideal de suas imagens

Quando falamos sobre tamanho de imagem precisamos especificar de que imagem estamos falando, pois o tamanho realmente depende do tipo. Você não quer uma imagem ocupando e dominando a tela toda. Ao mesmo tempo, você não quer que ela seja tão pequena que as pessoas terão que usar a lupa para vê-la.

Uma medida que você pode seguir ao colocar imagens em um post é a proporção entre largura e altura.

Imagens mais largas são conhecidas como paisagem e imagens mais altas são conhecidas como retrato.

Use imagens no formato paisagem em seu blog para que elas adicionem contexto, mas não roubem atenção do resto do conteúdo.

Você também não quer que as imagens sejam maiores que a largura do conteúdo do seu blog.

Minhas imagens nunca são mais largas que o texto do corpo do blog.

Screen Shot 2017 09 15 at 15.38.43

Se você estiver usando o WordPress para fazer upload do conteúdo de seu blog, qualquer imagem maior que o tamanho do corpo do texto será diminuída.

Quando estiver pensando no lugar em que deve inserir as imagens no post, centralize-as ou coloque-as à direita do seu post. Isso tornará a leitura mais fácil para os usuários pois estamos naturalmente acostumados a ler da esquerda para a direita.

Conclusão

As imagens que você usa em seu blog contam uma história da mesma forma que as palavras o fazem. É essencial colocar não apenas imagens, mas também as imagens certas, que vão te ajudar a criar e contar essa história.

As imagens devem ser uma parte integrante de todos os seus posts no blog. Você deveria pensar em imagens da mesma forma que pensa na sua introdução ou título: seu blog não vai funcionar sem eles.

Imagens apoiam as suas palavras e mantém o seu argumento unido.

Se você seguir as melhores práticas listadas neste post, você estará no caminho certo para produzir conteúdos que são visualmente atraentes e chamativos.

Seus argumentos vão se destacar, seu conteúdo parecerá único e, acima de tudo, você se tornará um escritor melhor.

Dizem que uma imagem vale por mil palavras. Adivinha?

Eles estão certos.

Por que você acha que é importante incluir imagens em posts do seu blog?

Compartilhe