Vlogger: Como Criar o Seu Vlog de Sucesso em 2019

o que é um vlogger

Vlogger, ou vlogueiro, é uma pessoa que produz conteúdo em vídeo como uma espécie de diário pessoal. Geralmente, mostra como é sua rotina, atividades que realiza e assuntos sobre os quais reflete. O centro do conteúdo de um vlog, geralmente postado no YouTube, é o próprio vlogger.

Quer se tornar um vlogger para engajar a audiência e ganhar dinheiro com seus vídeos?

Essa é uma estratégia válida tanto para pessoas que desejam fazer branding pessoal quanto para marcas que querem aumentar a visibilidade.

Afinal, o vlog é um formato de conteúdo que diverte, entretém e deixa as pessoas mais próximas.

Por isso, é um tipo conteúdo que auxilia na construção de relacionamento com o público.

E tem grande potencial para o engajamento.

Sobretudo porque tem um viés de vida real, o que faz com que as pessoas se identifiquem com o vlogger com mais facilidade.

Mas, afinal, como ser um vlogger que produz conteúdos relevantes e de qualidade?

Essa é uma tarefa que envolve muitos detalhes, desde o uso dos equipamentos certos à edição e publicação do vídeo.

Ficou curioso para saber mais sobre o assunto?

Então, dê uma espiada nos tópicos que você vai ler ao longo deste artigo:

  • O que é vlog
  • Diferença entre vlogger e youtuber
  • Tipos de vlog
  • Passo a passo para criar
  • Vloggers de sucesso.

Preparado para absorver todas as dicas?

Continue com a leitura.

O que é Vlog?

como fazer um vlog

Vlog é um tipo de conteúdo feito em vídeo por meio do qual a pessoa mostra o seu cotidiano e experiências.

Em outras palavras, é um blog ou diário em formato de vídeo.

Nesse tipo de conteúdo, é possível abordar diferentes assuntos.

Seja mostrar uma viagem.

Mostrar o dia a dia.

Ou mesmo falar sobre negócios.

Tudo com um tom informal e próximo da audiência.

A ideia é que seja um conteúdo bem “vida real”.

Quem faz vlogs é conhecido como vlogger.

É a pessoa que fica em frente à câmera falando sobre um tema específico e mostrando o que está fazendo.

Depois, os vlogs são publicados em alguma plataforma.

A mais comum, como eu mencionei antes, é o YouTube.

Afinal, hoje a plataforma contabiliza 1,9 bilhão de usuários, que fazem acessos todos os meses, de acordo com o próprio YouTube.

Além disso, diariamente, as pessoas assistem mais de um bilhão de horas de vídeo, gerando bilhões de visualizações.

Por que criar um vlog

O objetivo é criar conexão com as pessoas que estão assistindo ao conteúdo.

Afinal, é para isso que utilizamos as redes sociais.

Pense no seu maior ídolo.

Você gostaria de saber como é a rotina dele, quais atividades realiza, sobre quais assuntos ele reflete, certo?

Essa é justamente a proposta do vlog.

Fazer com que o vlogger e o público sejam mais próximos.

No livro The vlogger’s handbook: Love it! Live it! Vlog it! (QED Publishing, 2019), Shane Birley afirma que o vlog é uma forma de arte e uma oportunidade para exercer a criatividade.

“Os vloggers podem se comunicar com um público online de uma maneira envolvente que o texto ou as imagens não conseguem alcançar”, destaca a autora.

Segundo ela, uma vez que o vlogger domina as habilidades técnicas do conteúdo, pode usá-las para criar sua própria expressão de como vê o mundo.

Agora, você pode estar se perguntando: “Será que o vlog pode ser um conteúdo relevante para alavancar meus negócios?”.

Claro que isso vai depender do tipo de conteúdo que a sua audiência consome.

Mas o fato é que, por meio de vlogs, é possível aumentar a visibilidade da empresa na rede.

Construir relacionamento com o público.

Mostrar os bastidores da empresa para criar proximidade com as pessoas.

Divertir e informar.

Então, vale considerar essa opção.

Até mesmo se você quiser investir em branding pessoal.

Vlog ou Videocast?

ilustração referente a vlog e videocast

Como você acabou de ver, o vlog é um tipo de diário em vídeo publicado em plataformas digitais.

O seu meio de publicação, portanto, é a internet.

Já o videocast é publicado pela rede, mas usando o formato de distribuição RSS.

É o mesmo tipo de publicação que tem o podcast  - arquivo de áudio.

A diferença é que o videocast possui imagens.

Diferença entre Vlogger e Youtuber

diferenças entre youtuber e vlogger

A plataforma mais comum para vlogs é o YouTube.

Então, o que difere um vlogger de um youtuber?

De forma resumida: nem todo youtuber é um vlogger.

O vlogger se dedica a esse formato de vídeo, o vlog.

Por isso, ele mostra o seu cotidiano e fala de si próprio e das suas experiências.

De alguma maneira, o seu próprio estilo de vida e rotina se tornam pautas para os vídeos.

Já um youtuber não necessariamente precisa mostrar o seu cotidiano.

Ele pode fazer outros tipos de vídeo, como resenhas e dicas sobre assuntos variados, por exemplo.

Um youtuber pode até fazer vlogs.

Mas se o seu conteúdo não for inteiramente composto por vlogs, ele é um youtuber de qualquer forma.

Tipos de Vlog

vlogs de culinária como exemplo de sucesso

Na internet, existem pessoas vlogando sobre praticamente tudo.

Por isso, existem vários tipos de vlog que abordam diferentes temas.

Se você está em busca de inspiração, confira abaixo alguns segmentos explorados nesse formato de conteúdo.

Dia a dia

Um tipo comum de vlog, como eu já mencionei antes, é mostrar uma espécie de diário.

Ou seja, gravar as atividades que você realiza no cotidiano.

Influenciadores digitais costumam fazer esse tipo de vlog.

Justamente porque sua audiência tem interesse em saber como é a rotina e criar uma relação mais próxima.

Viagens

Outro segmento explorado é o de viagens.

Nesse caso, os vloggers mostram os roteiros explorados nos destinos que conhecem.

Trazem dicas sobre cada lugar visitado, mostram como são os pontos turísticos e como é sua experiência no local.

Alimentação

O lifestyle também está em alta.

E um dos segmentos que tem chamado atenção é o da alimentação.

Nesse caso, as pessoas mostram o que comem durante o dia para inspirar outras, sobretudo em relação à alimentação saudável.

Existe até uma denominação comum para esse tipo de vlog: diário da dieta.

Beleza

Também é explorado o segmento de beleza, principalmente por influenciadores digitais, que fazem maquiagens em frente à câmera.

Reforma

Outro tipo de vlog no formato diário é a evolução de reformas em casas e escritórios, desde o início da reforma ao seu fim.

A ideia é que a audiência obtenha insights, acompanhe todos os processos e veja o resultado.

Empreendedorismo

Outra possibilidade é a de fazer vlogs voltados à temática do empreendedorismo.

Nesse caso, o vlogger mostra a sua rotina de trabalho e adiciona dicas e reflexões relacionadas.

Como, por exemplo, dicas de livros sobre negócios.

12 Passos para criar um Vlog de sucesso

passos para criação de um vlog

Então, que tal criar o seu primeiro vlog?

Fique atento às dicas que eu elenquei abaixo para deixar o seu conteúdo mais qualificado, combinado?

1. Pesquise e assista a canais de vlogs

O primeiro passo é buscar referências e entender a dinâmica do vlog.

Para isso, busque conteúdos feitos por outras pessoas.

Veja qual linguagem elas usam, o que mostram e como se comunicam com a audiência.

Dá para buscar até mesmo por vídeos de tutoriais de youtubers, que dão dicas para quem está começando.

A questão aqui é adquirir embasamento para elaborar o seu próprio conteúdo.

2. Identifique o tipo de vlog que você quer fazer

Depois, encontre o nicho que você deseja explorar.

É mostrar o seu dia a dia?

Falar sobre um tema relevante para o público?

Mostrar os bastidores da sua empresa?

Essa definição é essencial para que você comece a planejar o conteúdo e tenha um direcionamento.

Identificar o tipo de vlog também ajuda a definir qual é a audiência que você quer atingir.

3. Saiba para quem você está falando

Conhecer o seu público-alvo é primordial para planejar o conteúdo.

Quanto mais informações você tiver sobre as pessoas que deseja alcançar, maior será a sua capacidade de refinar o conteúdo do vlog.

E deixá-lo atrativo para a sua audiência.

Vale criar uma persona, que é um personagem fictício baseado nas pessoas reais que compõem o seu público.

4. Tenha os equipamentos necessários

quais equipamentos necessários para se tornar um vlogger

A qualidade técnica do vlog também é importante.

Para isso, você vai precisar de um kit básico de equipamentos.

Primeiro, uma boa câmera.

Se você não dinheiro para investir em um equipamento profissional, dá para usar a câmera do próprio celular, desde que tenha uma boa resolução.

Um tripé também é essencial para que a imagem fique estável.

Além disso, se possível, adquira equipamentos de iluminação, como uma ring light ou uma soft box, por exemplo.

E não se esqueça do microfone.

Ele é crucial para que o áudio tenha qualidade e não capte os ruídos do ambiente.

Por fim, escolha um programa de edição de vídeo, como o Adobe Première, por exemplo.

5. Defina um roteiro

O roteiro serve como um guia básico do que você vai mostrar no vídeo.

Em outras palavras, é a descrição da ideia do conteúdo.

Mas ele não deve fazer com que você pareça engessado, falando como se fosse um robô.

O roteiro serve apenas como um direcionamento.

Como o conteúdo de vlog é dinâmica, você precisa manter a espontaneidade.

Afinal, quem assiste a vlogs quer ver pessoas reais e se identificar com elas.

6. Filme com qualidade (Luz e Som)

Eu acabei de comentar que microfone e itens de iluminação fazem parte do kit básico de um vlogger.

E tem uma razão para eu estar mencionando essa dica novamente.

É que um vídeo sem qualidade vai afastar a audiência.

Por isso, ele deve apresentar uma boa luz, que não esteja estourada, tampouco escura ou instável.

Com o áudio, acontece a mesma coisa.

Ruídos do ambiente prejudicam a confusão.

E, cá entre nós, irritam quem está assistindo.

Além disso, o áudio precisa ter uma constância de volume ao longo de todo o vlog.

Ninguém quer ficar trocando o volume ao assistir, porque uma hora o áudio está baixo e, segundos depois, alto demais.

Nesse caso, use softwares de edição de áudio para garantir a qualidade.

7. Faça perguntas

Quer manter a sua audiência engajada?

Então, faça perguntas para quem está assistindo ao seu vlog.

Lembre-se de que a intenção é criar engajamento.

Dessa forma, você aumenta a divulgação do vídeo na plataforma.

Logo, mais pessoas acessam o conteúdo.

Então, imagine que você está cara a cara com o seu público.

Converse com ele para criar uma relação mais próxima.

Peça para que as pessoas deixem comentários, compartilhando suas próprias dicas, ideias e opiniões sobre a temática que você abordou.

8. Inclua eventos interessantes e divertidos

Aqui a ideia é usar as suas experiências como assuntos no vlog.

Pode ser uma viagem.

A participação em um evento na sua área profissional.

Ou um encontro com os amigos.

Esses eventos deixam o conteúdo interessante e divertido.

E é justamente isso que as pessoas buscam ao assistir vlogs.

9. Edite o seu vídeo

edição de vídeo no processo do trabalho do vlogger

Como eu falei antes, a edição é um recurso essencial para um vlog de qualidade.

Claro que existem diferentes estratégias de edição, desde cortar erros na fala e fazer transição imagem a acelerar o vídeo em ações longas, como uma caminhada, por exemplo.

E você precisa encontrar o estilo de edição mais adequado para o seu conteúdo.

Para isso, é necessário ter uma noção básica de edição.

Ou contratar um profissional da área.

Também busque referências em vlogs de outras pessoas para criar as suas estratégias de edição.

10. Faça o upload do vídeo

O vídeo ficou pronto?

Então, escolha em qual plataforma ele será publicado.

O YouTube é a mais usada, mas há ainda opções como Facebook, Instagram e Vimeo.

Feita essa definição, é hora de realizar o upload do conteúdo na plataforma escolhida.

E pronto.

Seu conteúdo está na rede.

11. Divulgue seu Vlog

Pensa que o trabalho acabou?

Não, depois de publicar o vlog, você deve divulgá-lo em outras redes.

Mesmo que você tenha postado um conteúdo no YouTube, deixe o convite para que seus seguidores nas redes, como Instagram e Facebook, acessem o vlog.

Isso inclui divulgar o vlog nas redes sociais da empresa, caso o conteúdo tenha sido feito para negócios.

Com essa estratégia, você aumenta a visibilidade do vídeo.

12. Interaja com o público engajado

Em um artigo para o site da plataforma Filmora, a especialista em edição de vídeo Liza Brown pontua que, depois da publicação, é preciso responder comentários e mensagens da sua audiência.

“Isso deixa uma boa impressão e seus seguidores irão apreciá-lo”, diz a autora.

Então, nunca pule essa etapa.

Ela é fundamental para reforçar o engajamento e o relacionamento com o público.

5 Vloggers de Sucesso

conheça vloggers de sucesso

Antes de terminar a leitura, inspire-se em casos de sucesso.

Eles são boas referências para você conhecer e obter insights para os seus próprios vlogs.

Vamos nessa?

Felipe Castanhari

Felipe Castanhari, dono do Canal Nostalgia, aposta em diferentes assuntos em seus vídeos, desde política e história a jogos online.

PC Siqueira

PC Siqueira foi um dos primeiros vloggers brasileiros, usando o YouTube como plataforma para publicação.

Por isso, ele faz parte da primeira geração de youtubers no país.

Hoje ele tem o canal Maspoxavida, onde há uma playlist específica para vlogs.

Kéfera Buchmann

Outro exemplo de pioneira em vlogs é a atriz Kéfera Buchmann, criadora do canal 5incominutos, que hoje conta com mais de 11 milhões de inscritos.

Atualmente, ela não atualiza mais o canal.

Mas continua mostrando o seu dia a dia no Instagram.

Whindersson Nunes

Com 36 milhões de inscritos em seu canal no YouTube, Whindersson Nunes aposta principalmente nos vlogs para a produção de conteúdo.

Para engajar a audiência, ele utiliza o tom humorístico e aposta em temáticas do cotidiano.

Pedro Afonso

Dono do canal RezendeEvil, o ex-jogador de futebol é hoje um vlogger voltado ao segmento de games.

Ele também aposta em conteúdo divertido, e investe na alta frequência de postagens para atrair a audiência.

Conclusão

E aí, preparado para se tornar um vlogger que publica conteúdos de sucesso?

Siga com atenção as dicas que eu trouxe ao longo do artigo.

Conheça a sua audiência e elabore um conteúdo interessante para ela.

Seja espontâneo, divertido e aborde temas relevantes.

Mostre o seu dia a dia ou os bastidores do seu negócio.

Vale investir no kit com equipamentos básicos para qualificar a sua produção.

Nessa hora, vale lembrar que a concorrência é grande.

Então, você precisa se destacar não só por entregar uma mensagem interessante, mas também com boa qualidade de produção e tratamento.

Para isso, busque referências de outros vloggers de sucesso.

Essa estratégia é o que dá embasamento para você elaborar o seu conteúdo e encontrar o que o destaca dos demais.

E aí, você poderá engajar a audiência.

Ser relevante para ela.

E construir relacionamento com as pessoas que assistem aos seus vídeos.

Se você já fez um vlog e buscou este artigo para se informar melhor, conte nos comentários como foi a sua experiência.

Se você tem dicas extras ou dúvidas sobre o assunto, também fique à vontade para deixar abaixo.

E boa sorte na sua jornada como vlogger.

Compartilhe