39 Dicas dos Operadores de Pesquisa do Google que Todo Profissional de SEO Deve Saber

search opporators

Em SEO, as pequenas coisas muitas vezes são as mais importantes.

Você não pode parar após aprender o básico. Você precisa se esforçar para aprender mais e mais.

Talvez você não aprenda nada que mude completamente sua forma de pensar em SEO, mas garanto que você vai aprender a aperfeiçoar seu SEO.

Uma das melhores coisas que você pode aprender é como poupar tempo sem sacrificar a qualidade.

Se você faz SEO, sabe quantos processos longos estão envolvidos.

E sabe como é incrível conseguir poupar tempo.

Eu sou um grande fã de “hacks” que ajudam a diminuir o tempo que você gasta nesses processos entediantes.

Não estou falando de hacks inúteis, e sim de truques que você pode usar para aproveitar ao máximo seu tempo de trabalho.

Um dos meus favoritos é usar operadores de pesquisa avançados.

Por que isso é tão importante? Em uma palavra: Google.

Todo especialista em SEO precisa conhecer o Google como a palma da sua mão. Ele é de longe o mecanismo de busca mais importante, e é assim que muitos dos seus futuros clientes vão chegar a você.

Já conheci muitos especialistas de SEO que podem citar as 10 últimas atualizações de algoritmo do Google, mas na verdade não sabem usar o Google muito bem. Imagina só.

Ao usar os operadores de pesquisa do Google, você reduz o tempo que passa no Google e obtém resultados melhores. E a melhor parte: isso não é nada difícil.

Mesmo que você não faça muito SEO, deve aprender esse método para utilizar em seu trabalho diário.

O que são operadores de pesquisa?

O Google define oficialmente os operadores de pesquisa como “símbolos ou palavras na sua pesquisa que deixam os resultados da pesquisa mais precisos.”

Os operadores de pesquisa do Google são baseados em códigos de programação. Basicamente, eles são atalhos para obter resultados melhores.

Ao usar um operador de pesquisa, você pede ao Google para estreitar os resultados de uma forma específica.

Assim, em vez de ver páginas e páginas de resultados não relacionados, você vê apenas resultados relevantes para a sua pesquisa.

Claro, você precisa usar os operadores de pesquisa do Google da forma correta. E existem muitos operadores.

A melhor forma de aprender é ver como usá-los. Assim, é exatamente isso que eu vou te mostrar aqui.

1. Ver todos os resultados

Em algumas situações, você quer ver todos os resultados possíveis.

Nesse caso, faça a busca normalmente:

2. Encontrar resultados com correspondência exata

Digamos que você esteja pesquisando infográficos que discutem video marketing.

Talvez você use as palavras “infográfico video marketing”. Se você pesquisar isso no Google, veja o que aparece:

Você percebe imediatamente que alguns dos resultados não são o que você deseja.

O 3º resultado nem inclui a expressão “video marketing”! Mas contém as palavras “video” e “marketing.”

Se você não for específico, talvez o Google não considere sua busca de forma literal.

Para resolver isso, você pode usar aspas. Ao colocar aspas ao redor de uma palavra ou frase, você está pedindo ao Google para mostrar apenas resultados que correspondam exatamente àquela palavra ou frase.

Assim, posso fazer esta pesquisa:

Agora o Google vai mostrar apenas resultados que contêm a expressão exata “video marketing.”

3. Excluir palavras

O Google é famoso por incluir resultados que você não quer.

Talvez você esteja pesquisando “content marketing” para encontrar alguns temas mais avançados. O problema é que a maioria dos resultados fala de estratégias para iniciantes.

Nesse caso, você pode usar um hífen (-) para excluir palavras dos resultados. Você pode excluir a palavra “estratégia”, por exemplo.

Isso vai garantir que você não veja resultados que falam sobre estratégias de marketing de conteúdo.

4. Excluir várias palavras

Você pode usar essa mesma técnica para excluir mais de uma palavra. É só usar o operador de pesquisa para excluir quantas vezes quiser (lembre-se de colocar um espaço entre cada palavra excluída).

5. Excluir frases de correspondência exata

Se você ainda não tiver os resultados que deseja, pode forçar o Google a excluir frases que correspondem exatamente a uma frase específica.

Esse operador de pesquisa é uma combinação dos operadores de correspondência exata e de exclusão.

Você pode usar o hífen (-) para indicar exclusão e usar aspas ao redor da frase para pedir ao Google que exclua a frase inteira em vez da primeira palavra.

A pesquisa fica assim:

Isso solicita ao Google que exclua a frase que você especificou entre aspas.

6. Excluir várias frases

Esse é o operador de exclusão de correspondência exata mais abrangente.

Ele te permite excluir várias frases, e funciona da mesma forma que a exclusão de várias palavras.

Você simplesmente usa o hífen (-) e as aspas em quantas frases for preciso.

Aqui está um exemplo:

7. Usar uma diretiva OR

Se a sua busca não precisa ser superespecífica mas você mesmo assim quer controlar os resultados, experimente usar o comando OR.

Esse comando simplesmente diz ao Google para mostrar resultados com X ou Y. Insira as duas palavras-chave e digite OR em letras maiúsculas entre elas, assim:

É importante perceber que nesse exemplo, a diretiva OR vai usar as palavras imediatamente antes e depois dela.

Você pode também usar o símbolo barra vertical (|) no lugar do OR.

8. Personalizar comandos OR

Você pode usar todos os operadores de pesquisa do Google que vimos até agora para modificar suas pesquisas OR.

Isso é útil quando você precisa fazer uma pesquisa OR com frases específicas.

Isso vai trazer resultados que incluem as frases exatas “content marketing” ou “email marketing.”

9. Obter mais resultados com wildcards

Se quiser ver mais resultados, você pode usar o operador wildcard. Ele é representando por um asterisco (*).

Se você colocar o wildcard em uma frase, vai ver todas as variações dela.

Por exemplo, se você quiser falar sobre manteiga de amendoim e geleia, pode usar and ou um ampersand (&).

Assim, essa pesquisa mostraria estes dois resultados:

10. Incluir palavras

Você já sabe que pode excluir palavras. Mas também é possível incluir palavras.

Se você está procurando um assunto muito específico e precisa garantir que certas palavras sejam incluídas, pode usar o símbolo mais (+)

11. Incluir frases

Se você combinar as aspas (para palavras-chave/frases de correspondência exata) e o sinal de mais, pode incluir frases completas.

É um detalhe pequeno, mas que vai ajudar o Google a te mostrar o conteúdo mais relevante possível.

12. Encontrar palavras próximas uma da outra

Esse é um operador de pesquisa do Google muito interessante e que quase ninguém usa.

Ele se chama AROUND(X).

Com esse operador, você pode obter resultados em que seus termos de pesquisa aparecem próximos um do outro.

O X significa o número máximo de palavras que separam os dois termos.

Você pode pesquisar esses termos, por exemplo:

Você verá apenas resultados em que os termos “content marketing” e “video” aparecem com até 10 palavras entre eles.

Isso é útil quando você precisa de resultados que conectam dois temas.

13. Encontrar frases próximas uma da outra

Claro, você também pode usar o operador AROUND(X) com aspas para encontrar frases próximas umas das outras:

14. Encontrar sinônimos

Aqui está outra forma excelente de obter vários resultados relacionados ao que você está procurando.

Ao colocar um til (~) antes de uma palavra, você vai ver resultados com sinônimos dela.

Assim, “holiday ~decorations” vai te mostrar sinônimos como “decor.”

15. Pesquisar sites específicos

Você já quis ver resultados de um único site? Você pode usar o operador de sites do Google para fazer isso.

Digite site: e então o nome do site que você quer pesquisar. Vai ficar assim:

O verdadeiro poder está em usar esse operador em conjunto com palavras-chave e/ou outros operadores de pesquisa do Google:

Você pode inserir suas palavras-chave antes ou depois do operador de pesquisa, e pode também usar qualquer outro operador de pesquisa em conjunto com ele.

Esse operador basicamente te permite pesquisar o índice de um site, o que pode ser extremamente útil para SEO.

16. Pesquisar sites relacionados

Às vezes você precisa encontrar sites relacionados a sites que você já conhece. É aqui que entra o operador related: .

Digite related: e então o nome de um site:

O Google vai então te mostrar sites similares no mesmo nicho.

17. Obter informações sobre sites

Às vezes você precisa obter alguns dados sobre um site.

Ao colocar info: antes de um URL, você verá vários dados diferentes sobre qualquer site:

18. Ver versões em cache

Se você estiver procurando uma versão mais antiga de um site, talvez o Google possa te ajudar.

O Google te permite encontrar versões em cache de sites usando o operador cache: .

19. Pesquisar um tipo específico de domínio

Lembra do operador site:? Você também pode usá-lo para pesquisar tipos específicos de domínio.

Assim, se voce estiver procurando apenas sites .edu, pode usar:

E também combinar isso com palavras-chave e/ou outros operadores de pesquisa do Google:

20. Pesquisar vários tipos específicos de domínio

Se você usar o comando OR, que vimos anteriormente, pode pesquisar mais de um tipo de domínio. Use parênteses para conter o comando OR e as palavras-chave:

21. Pesquisar hashtags

Se você estiver planejando algum tipo de campanha social, pode aproveitar o poder dos operadores de pesquisa do Google para ver hashtags de redes de mídias sociais.

Use o símbolo jogo da velha (#) logo antes da palavra-chave que escolheu.

22. Pesquisar usando um intervalo de números

O Google tem também a habilidade de exibir resultados dentro de um intervalo de números específico.

Você pode determinar um valor mínimo e um valor máximo e colocar dois pontos (…) entre os números.

O Google vai mostrar resultados que se encaixam entre esses dois números.

Esse operador pode ser útil quando você está pesquisando produtos. Você pode estreitar sua busca para ver somente produtos em uma certa faixa de preço.

23. Encontrar palavras´-chave em títulos de páginas

O operador intitle: retorna resultados que têm a palavra-chave especificada no título da página. Coloque uma palavra-chave depois do operador e veja a magia:

24. Encontrar frases em títulos de páginas

O operador allintitle: permite que você pesquisa frases completas em títulos:

25. Encontrar palavras-chave no texto de uma página

Similarmente aos dois operadores anteriores, o operador intext: mostra resultados de páginas que incluem uma palavra-chave específica em seu texto.

Caso você pesquise artigos, deve memorizar e utilizar esse operador com frequência.

26. Encontrar frases no texto de uma página

Aposto que você já sabe como esse operador vai ser estruturado.

Assim como o allintitle:, o operador allintext: te permite encontrar frases inteiras no texto de uma página.

27. Encontrar palavras-chave em textos âncora

Esse operador é particularmente útil para SEO.

Você pode usar o operador inanchor: para exibir páginas que têm a palavra-chave especificada em seu texto âncora.

28. Encontrar frases em textos âncora

O operador allinanchor: funciona exatamente como os outros operadores “all”, mostrando frases inteiras em textos âncora.

Você provavelmente vai usar esse operador mais do que o inanchor: comum. Ele é uma ótima ferramenta para ter à mão.

29. Encontrar palavras-chave em URLs

Você já ficou com uma URL na ponta da língua? Ou precisou encontrar páginas que falavam especificamente de um certo assunto?

Você pode usar o operador inurl: em ambas as situações. Quando você especificar uma palavra-chave, o inurl: vai mostrar resultados que contêm aquela palavra-chave na URL.

30. Encontrar frases em URLs

Esse operador é ainda mais útil que o anterior. O operador allinurl: exibe frases inteiras em URLs:

31. Encontrar conteúdo de certos autores

Conteúdos escritos por influenciadores têm muitas vantagens. Minha forma favorita de utilizar conteúdo de influenciadores é criar links para eles em meus artigos.

Existe uma forma rápida e simples de encontrar conteúdos escritos por pessoas específicas.

Se você souber quem escreveu o artigo que você está procurando, pode usar o operador allinpostauthor:o.

Há também o operador inpostauthor:, mas ele é praticamente inútil, já que só funciona com uma palavra em vez de uma frase.

32. Estreitar sua pesquisa para um local específico

Se você está fazendo SEO local, a pesquisa baseada em localização vai ser a sua melhor amiga.

Pesquisas específicas por localização também são úteis quando você está segmentando um público que está mais ou menos concentrado em uma localização geográfica.

É só usar o operador loc: junto a um local que você quer segmentar:

33. Excluir subdomínios

Quer rastrear os subdomínios de um site? Você pode usar os operadores inurl: e site: para estreitar sua pesquisa e excluir subdomínios específicos:

Essa pesquisa eliminou o subdomínio www, e assim, qualquer página que comece com www é excluída dos resultados.

34. Identificar páginas que não são seguras

Para ver quais páginas de um site não são seguras, faça uma pesquisa como esta:

Eu recomendo fazer essa pesquisa com seu próprio site. Se você estiver usando HTTPS, idealmente todas as páginas do seu site devem ter o certificado HTTPS.

35. Obter definições

Usar o operador define: vai te mostrar a definição de qualquer palavra:

Ao contrário de outros operadores de pesquisa do Google, esse funciona também com frases:

36. Pesquisar dentro de um intervalo de datas

O operador daterange: exibe resultados dentro de um intervalo de datas que você especificar.

Mas há uma desvantagem. Esse operador usa o formato do calendário juliano em vez do calendário gregoriano, que é usado na maior parte do mundo.

Você pode converter datas para o calendário juliano aqui.

37. Pesquisar por tipo de arquivo

Se você está procurando um tipo específico de arquivo, pode usar o operador filetype:.

Isso funciona bem caso você esteja procurando um certo tipo de documento que geralmente está em um formato específico, como um estudo de caso.

Essa pesquisa exibe resultados para arquivos PDF:

Isso funciona com todos os tipos de arquivos, e você pode obter resultados muito específicos.

38. Encontrar arquivos de texto desnecessários

Aqui está uma ideia legal do Moz.

Você sabe que seu arquivo robots.txt file é superimportante. Mas outros arquivos de texto podem deixar seu site pesado.

Talvez você tenha toneladas de arquivos de texto que estão só ocupando espaço. Felizmente, você pode usar o Google para encontrá-los.

Para encontrar arquivos de texto extras, você pode fazer esta pesquisa:

39. Encontrar TLDs alternativos

Outra dica do Moz. Isso é que é pensar fora da caixa!

Essa pesquisa vai te mostrar sites com o mesmo nome de domínio que o seu, mas um TLD diferente:

Isso pode te ajudar a encontrar concorrentes que registraram seu nome de domínio em TLDs diferentes.

Conclusão

Parabéns, você chegou ao final da minha lista gigante!

E agora você é um mestre da pesquisa do Google!

O Google tem muito poder. De fato, muito mais do que as pessoas imaginam.

Afinal, ele é um recurso global quase infinito, e é possível dizer que a Internet funciona na base do Google.

É por isso que poder aproveitar o poder do Google é incrível para propósitos de SEO.

Fazer ajustes às suas pesquisas no Google pode abrir novos caminhos para você. Você pode espionar seus concorrentes e obter resultados superespecíficos.

E o melhor: tudo isso é 100% gratuito. Uma base de dados de SEO gigantesca à sua disposição, por 0 dólares!

Nao sei o que você acha, mas para mim isso é um sonho de SEO.

Os operadores de pesquisa do Google não parecem ser nada demais, mas podem te ajudar a levar suas habilidades de SEO de zero a cem em minutos.

Quais técnicas de pesquisa você utiliza?

Compartilhe