Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

16 Estratégias de Marketing Digital para Agências de Viagens

clientes de agencia de viagens

O marketing digital pode levar as agências de viagens mais longe.

E este guia vai mostrar o mapa para chegar lá mais rápido.

Antes, é bom lembrar: apesar da crise recente, o número de viajantes está crescendo em todo o país.

De acordo com o estudo Sondagem do Consumidor – Intenção de Viagem, do Ministério do Turismo, 24,3% dos brasileiros pretendem viajar em 2019.

Então, como aproveitar esse bom momento para destacar sua agência de viagens da concorrência?

No texto de hoje, vou ensinar as melhores estratégias de marketing digital para multiplicar o seu número de clientes e decolar de vez o seu negócio.

Ficou interessado?

Continue a leitura.

16 Técnicas de marketing digital para agências de viagens

marketing digital para agencia de viagem

O setor de turismo responde por 8,1% do PIB, o equivalente a 152,5 bilhões de dólares (WTTC, 2019).

Essa realidade gera muitas oportunidades para agências de viagens.

No mundo atual, há um importante aliado para esse tipo de negócios: a internet.

Afinal, grande parte da população já tem acesso a ela.

Agendamentos, negociações e compras são realizadas online, aumentando a eficiência e praticidade para o consumidor viajar.

Mas como se destacar nesse ambiente ultracompetitivo?

Por meio das variadas estratégias digitais, é claro.

A seguir, falarei sobre as técnicas utilizadas pelas agências de viagem de maior sucesso no marketing digital.

1. Planejamento

O planejamento é a plataforma de sustentação de qualquer estratégia de marketing.

Além de evitar erros, direciona todas as atividades, estabelece fluxo de processos e assinala os responsáveis para cada ação.

Um agente de viagens que domina tais táticas ou contrata serviços para executá-las tem um grande diferencial de mercado diante da concorrência.

Criar um plano de marketing é essencial porque é a única maneira de tornar o marketing mais eficiente.

Um bom planejamento tem dois elementos básicos: o objetivo e o prazo de execução.

O objetivo deve ser mensurável.

Ou seja, quantificado por meio de um valor numérico.

Por exemplo, o número de clientes, o ticket médio ou a quantidade de cadastros realizados por meio do site.

Defina uma meta realista e, a seguir, determine o período para alcançá-la.

Ao fim dele, você deve checar quais foram os métodos que mais auxiliaram na obtenção dos resultados.

Assim, são realizados ajustes, cortes e investimentos estratégicos para o próximo plano, durante um novo período.

Isso faz com que o crescimento seja contínuo, maximizando a eficiência da estratégia.

É muito comum que nessa etapa seja realizado também um calendário editorial.

Assim, toda a comunicação em redes sociais, blog, e-mail marketing e outros canais é criada antecipadamente.

2. Persona

profissional de agencia de viagem e clientes

A persona é um elemento geralmente incluído no planejamento.

Mas devido à sua importância, preferi citá-la em um tópico à parte.

A persona substitui o antigo conceito de público-alvo nas agências de viagens.

Ela é mais específica e serve para direcionar todas as ações de marketing digital.

No setor de turismo, mais especificamente, existem variados perfis de consumidores.

No entanto, a persona é um indivíduo único.

Tem nome, hábitos e, principalmente, problemas.

Vamos fazer um pequeno exercício.

Pense no perfil de cliente ideal para a sua agência e imagine uma pessoa.

Hipoteticamente, pensemos no Carlos, um advogado de 45 anos.

Ele é casado, tem dois filhos e mora em Minas Gerais.

Ele utiliza o e-mail praticamente o dia todo.

Gosta muito de ecoturismo e espera explorar essa vertente nos próximos anos.

Sua maior dificuldade é aliar o próprio tempo e o de sua esposa com o das crianças para realizar viagens.

Além disso, como iniciante, não entende muito sobre o que é necessário levar na mala, detalhes sobre segurança e valores.

Você percebe que, a partir dessa simples dinâmica, já sabemos o melhor canal e método para alcançá-lo?

Mais do que isso, podemos pensar em uma série de modelos de conteúdos que podem ter utilidade para ele.

Lembre-se de que quanto mais específica a persona, melhor.

E também tenha em mente que a persona não é definitiva: ao conhecer melhor o seu público, você certamente encontrará um perfil ideal de cliente que pode ser alterado.

3. Entregue experiência

No mundo digital, todas as experiências que um consumidor tem com sua marca são importantes.

Pode acreditar, é preciso investir em toda e qualquer interação entre agência de viagem e potencial cliente.

Redes sociais, site, e-mail e, depois, atendimento pós-vendas.

Durante essa jornada, facilite todo o caminho para o usuário.

Isso garante que, na hora da decisão, o nome da sua empresa venha à mente dele como um negócio confiável.

4. Tenha um bom site

Ter um bom site de agência de viagens não é mais uma opção nos dias de hoje.

Afinal, onde você acha que as pessoas buscam informações e serviços na hora de viajar?

Se você não tiver um bom site, estará perdendo muitas oportunidades.

E eu nem preciso dizer que a concorrência marca presença na esfera online, não é mesmo?

Pois é.

Um bom site apresenta detalhes de design, navegação e usabilidade que agradam a percepção do usuário.

Também deve ter uma boa velocidade de carregamento, ser escaneável e apresentar um formato disponível em diferentes modelos de tela.

Acredite: quando um potencial comprador encontra dificuldades de navegar, ele simplesmente busca outra opção.

Não queremos isso.

Portanto, investir em um site profissional de qualidade é essencial para se destacar no setor.

5. Crie uma loja online

loja online de venda de pacotes de viagem

Os processos de negociação são automatizados no universo digital.

Isso, é claro, é um ponto positivo, pois você não precisa dedicar tanto tempo tentando convencer o cliente verbalmente sobre as vantagens dos seus planos de viagem.

No universo do turismo, as pessoas querem praticidade.

E nada melhor para tal do que permitir as transações online, sem a necessidade de grandes complicações.

As lojas virtuais de agências de viagem oferecem a possibilidade de pagamento de pacotes sem sair de casa.

A função de uma agência de viagens é reduzir a burocracia com documentação, passagens, reservas de hotéis etc.

Calcule essas variáveis e permita que, por meio de alguns cliques, ele consiga marcar a sua viagem em poucos minutos.

Vale lembrar que a variedade de meios de pagamento também é muito importante.

Não há nada mais frustrante para um usuário do que chegar à tela de pagamento e descobrir que o seu cartão de crédito, por exemplo, não é aceito.

6. Crie um blog

O fator Google é muito importante para uma agência de viagens.

Para aparecer nos resultados de buscas de maneira orgânica, a melhor solução é o blog.

Ao criar artigos otimizados, você pode solucionar dúvidas do consumidor e atraí-lo para o seu site.

Aliada a uma boa estratégia de inbound marketing, essa tática converte simples visitantes em clientes por meio do funil de vendas.

Mas vamos a um exemplo para facilitar o entendimento.

Baseando-se mais uma vez em nossa persona, vamos supor que o Carlos realize a seguinte pesquisa: “Opções de ecoturismo em Minas Gerais”.

Seria ótimo que ele caísse no seu blog, não é mesmo?

Por isso, é uma boa ideia criar um artigo cujo título é “As melhores opções de ecoturismo em Minas Gerais em 2019”, por exemplo.

Se a sua agência atende a essa demanda, existe uma boa chance de ele fechar um pacote.

Esse é apenas um exemplo.

Ao escolher as palavras-chave valiosas para o seu público, você poderá ajudá-los com suas dúvidas e seus problemas e estabelecer conexões diretas com usuários com potencial de compra.

Para conhecer outras técnicas, confira meu guia completo sobre SEO (Searching Engine Optimization ou Otimização para Mecanismos de Buscas).

7. Ofereça materiais ricos

revista online sobre viagens em tablet

Uma boa estratégia de marketing de conteúdo não se sustenta apenas de artigos.

O importante é adequar-se às necessidades da persona e oferecer conteúdo de qualidade.

Carlos, a nossa persona, é uma pessoa que tem problemas com tempo.

Então que tal investir em um podcast sobre ecoturismo para sanar algumas de suas dúvidas enquanto ele dirige até o trabalho?

Ou talvez um ebook gratuito mostrando quais são os equipamentos necessários para realizar a travessia de uma trilha nas montanhas?

Quem sabe um webinar mostrando as principais opções de caminhada ecológica no Norte de Minas Gerais?

Aqui a regra da especificidade também vale muito.

O que quero dizer com isso é: pense na utilidade do conteúdo.

Conteúdos relevantes são responsáveis por gerar leads, encantar o cliente e converter melhor.

8. Esteja nas redes sociais

Estabelecer uma forte presença nas redes sociais é uma ótima maneira para se manter próximo ao seu público.

De acordo com o relatório We Are Social (2018), 62% da população brasileira é ativa nas redes sociais.

É ali que as pessoas divulgam opiniões, compartilham momentos e, principalmente, interagem entre si e com as suas marcas favoritas.

No caso das agências de turismo, muitas portas podem ser abertas.

Principalmente em redes visuais, como o YouTube, o Instagram e o Pinterest.

Caso você trabalhe com planos corporativos ou viagens de negócios, o LinkedIn também oferece um vasto rol de possibilidades.

Outras plataformas de grande sucesso no Brasil são o Facebook, o Twitter e o Tumblr.

Até mesmo aplicativos de comunicação como o WhatsApp são valiosos, principalmente ao investir em atendimento ao cliente.

9. Faça promoções

mapa mundi junto de dinheiro e smartphone

Fazer promoções é um método eficiente para atrair pessoas e aumentar o alcance orgânico de suas publicações.

Nas redes sociais, são incentivados os compartilhamentos e a utilização de hashtags para identificar os participantes.

Já as promoções enviadas via e-mail marketing ganham um ar de exclusividade, aumentando as taxas de adesão.

Existem também muitos outros meios para realizar esse tipo de ação.

Mas uma coisa é certa: todo mundo gosta de viajar.

Lembre-se de encontrar públicos específicos que você pretende atingir.

Assim, ofereça viagens, pacotes, kits e brindes que agradem à sua persona, o que certamente aumenta os índices de engajamento.

10. Invista em e-mail marketing

O e-mail marketing é utilizado em estratégias para gerar aproximação entre marca e usuário.

Em agências de viagens, não é diferente.

O email é um canal pessoal.

Assim, diferentemente das redes sociais e blogs, por exemplo, quando um usuário abre uma mensagem, ele presta atenção somente nela.

Quando uma pessoa se inscreve em uma newsletter, deu o primeiro passo para uma comunicação permanente.

Então aproveite essa chance.

Use a automação para enviar fluxos de nutrição de informações que levem utilidade à vida do lead.

Nesse segmento, o apelo visual auxilia muito.

Depois de nutri-lo e observar as métricas de engajamento, você será capaz de identificar o nível de interesse do inscrito.

E, em determinado momento, realizar uma oferta.

As chances de um usuário engajado fechar um negócio são muito maiores.

11. Use tráfego pago

profissional e ilustração sobre opção de tráfego pago

O tráfego pago é também conhecido como link patrocinado.

Existem diferentes plataformas de publicidade na web, como o Google Ads, o Facebook Ads e o Twitter Ads.

Nelas, os anúncios chegam à base de usuários que são ativos nessas ferramentas.

Como você deve imaginar, não são poucas.

A grande vantagem de se investir em propaganda na internet é a possibilidade de segmentação.

Com uma enorme base de dados, é possível enviar a mensagem apenas para pessoas cujos objetivos são alinhados com o que você vende.

Por exemplo, se a sua agência é especializada em viagens para o Nordeste, você pode investir em links patrocinados apenas na região nos meses regulares, mas aumentar a abrangência em caráter nacional durante as férias.

Ao otimizar as campanhas, você garante um melhor aproveitamento do investimento.

12. Apresente reviews como prova social

No mundo digital, as pessoas confiam umas nas outras.

É por isso que os testimoniais e reviews são tão valiosos.

Estimule os depoimentos de quem já comprou com você e utilize-os em seus materiais.

Antigamente o boca a boca era um dos mais valiosos meios para prospecção de clientes.

Hoje esse poder é ainda maior, já que uma opinião na internet é perene.

Acredite: as pessoas pesquisam antes de fechar qualquer tipo de negócio, e não seria diferente no turismo.

Por isso, uma boa gestão de imagem é fundamental na hora de tomar uma decisão importante como escolher uma agência de viagens.

13. Use chatbots

Não é fácil lidar com grandes volumes de pessoas solicitando informações.

Investir em serviços de atendimento exige alto investimento financeiro.

Além disso, a terceirização muitas vezes desagrada, já que os profissionais atendem múltiplos clientes e não há personalização.

Uma boa solução para isso são os chatbots.

Em resumo, são robôs de conversação oferecidos em websites que compreendem as dúvidas do usuário e direcionam respostas propícias às suas dúvidas.

Nesse sistema automático, economiza-se bastante e entrega-se um serviço semelhante ao humano.

Os bots respondem naturalmente, até mesmo simulando o comportamento de pessoas, enviando links específicos para cada situação e direcionando para outros setores quando necessário.

14. Analise as métricas

análise para marketing digital para agencia de viagens

As métricas são a essência do marketing digital.

Elas guiam os administradores de campanhas, mostrando o que deve ser evitado, alterado ou continuado.

Nesse sentido, é válido verificar os dados com frequência e atualizar a estratégia.

Não importa quais foram os canais e ferramentas utilizados, as métricas são responsáveis por medir a performance e apontar os caminhos que devem ser trilhados.

15. Utilize recursos visuais

No segmento de turismo, as imagens têm grande impacto.

Tanto vídeos quanto imagens e fotos são ótimos recursos para chamar a atenção do usuário.

Por isso, investir em estratégias visuais é uma boa ideia.

Fotos dos locais, tours virtuais pelos passeios e vídeos de drones são algumas atividades comprovadamente eficientes nesse segmento.

O essencial é usar a criatividade para se destacar das demais agências de viagens.

16. Gere autoridade

A figura do agente de viagens é muito importante para o aumento das vendas.

Por isso, vale muito a pena investir em marketing de autoridade e estratégias voltadas à imagem pessoal que convertem em vendas.

Cuidar do marketing pessoal e se mostrar como referência no assunto é um ótimo método para mostrar que você entende tudo do tema.

Assine seus artigos, mostre o seu rosto nos vídeos, compareça a eventos e mantenha suas redes sociais sempre ativas para que as pessoas passem a admirar e respeitar sua autoridade.

Conclusão

Ufa!

São muitas estratégias diferentes que você pode adotar para decolar, não é mesmo?

De fato, o marketing digital traz muitas possibilidades para agências de viagens.

As empresas que conseguem utilizar as ferramentas online com eficiência certamente estão um passo à frente das demais.

E, com a retomada da economia e o número de viajantes aumentando, é hora de garantir sua posição de destaque na concorrência pelos melhores clientes.

Então, preparado para embarcar no marketing digital?

Deixe um comentário quais das ferramentas mencionadas no artigo você já utiliza e como pretende aplicar as dicas a partir de agora.

E não esqueça de compartilhar o post nas suas redes sociais.

Compartilhe