Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

13 Dicas De Como Ser Blogueiro ou Blogueira de Sucesso

dicas de como ser blogueiro

Quer aprender como ser blogueira ou blogueiro? Devo dizer que é uma sábia decisão.

Os blogs não morreram. Continuam vivos e fazendo sucesso.

Eu mesmo sou prova de que você pode fazer seu negócio e sua marca pessoal crescerem apenas escrevendo.

Como Andrew Chen tuitou recentemente, escrever é a estratégia de networking mais escalável e de custo mais acessível:

pasted image 0 721

Escrever é também a estratégia de marketing mais escalável.

Escrever não é muito caro. É só abrir uma publicação no Medium e compartilhar links com sua lista de e-mail.

E pronto. Você se tornou um blogueiro.

Mas existe um lado negativo nos blogs.

Apesar de serem a opção mais acessível para a criação de conteúdo, fazer blogs também consome muita energia.

Você tem que lutar com os bloqueios, a gestão de tempo e manter um cronograma de publicação.

Sua produtividade pode desaparecer só de você olhar para a página em branco no Google

Mas ao longo do tempo, eu aprendi alguns truques que me ajudam a escrever mais rápido e publicar melhor.

Vou mostrar aqui algumas dicas para ser um blogueiro de sucesso. Algumas delas vão acelerar seu processo de escrita. Outras vão facilitar muito a gestão do seu blog.

Todas essas dicas elas são comprovadas por estudos de caso e vão te mostrar como fazer um blog de sucesso.

Se você tem esse sonho, eu quero ajudar.

Então, siga a leitura!

Antes de produzir o próximo conteúdo para seu site, você precisa definir uma estratégia de marketing de conteúdo que vá trazer resultados para o seu negócio. Então clique aqui e veja o Guia Passo a Passo do Marketing de Conteúdo.

Guia Passo a Passo do Marketing de Conteúdo

Antes de Começar

profissional de blog

Então, está pronto para começar?

Eu aposto que sim! Ou pensa que sim.

Digo isso porque manter um blog não é tarefa fácil.

Para que dê certo, você vai precisar de muita dedicação, e isso envolve alterar sua rotina e criar novos hábitos.

Mas, não se preocupe. Se você seguir à risca as dicas que darei ao longo do artigo, o resto vem com o tempo.

Caso já saiba mais ou menos sobre o que gostaria de falar, já estamos a meio caminho andado.

Se não, tudo bem. O importante é entender que não precisa ser nenhum especialista no assunto, contanto que ele desperte paixão em você – e esse, sim, é um ingrediente indispensável para o seu blog.

Captou a mensagem? Então, vamos em frente.

Entenda seu público

Antes de começar a escrever, é fundamental conhecer tudo sobre seu público: hábitos, interesses, preferências, anseios…

Quanto mais você avança nessa tarefa, mais conteúdos relevantes poderá produzir, de acordo com seus gostos e necessidades mais particulares.

Por isso, não deixe de fazer esse estudo e monitoramento. Quanto mais específico, melhor para sua estratégia.

Nas redes sociais, por exemplo, você consegue observar bem de perto os hábitos dos usuários.

Crie um blog profissional

Para quem está construindo um blog, é normal que muitas dúvidas comecem a surgir. E a campeã delas é: será que vou pelo caminho pago ou gratuito?

Bem, é claro que nem sempre o orçamento está folgado, principalmente para quem está começando.

Mesmo assim, se a ideia é ganhar dinheiro com seu blog, foque em uma URL personalizada.

Você deve pensar que o primeiro contato do usuário com sua marca deve passar a impressão de profissionalismo. Isso vai gerar muito mais credibilidade para o seu negócio.

Enquanto em uma plataforma gratuita você leva o nome da empresa de hospedagem, como WordPress ou Blogspot, no serviço pago, é a sua marca que tem destaque no endereço.

Por isso, considere fortemente pagar por um domínio próprio.

Além de facilitar a memorização do nome do seu site pelos usuários, você vai dispor de mais recursos para deixar suas páginas sempre atualizadas e com visual mais bonito.

Organize sua presença nas redes sociais

Blogueiro que é blogueiro está sempre antenado nas redes sociais.

A gente bem sabe que, hoje em dia, quem quer ser notado não pode se limitar a aparecer em apenas um canal.

Quanto mais você marca presença nas redes sociais, mais as pessoas começam a te reconhecer.

Além disso, com as redes, você consegue engajar com seu público muito mais facilmente, respondendo a comentários, lançando sorteios ou fazendo enquetes divertidas.

Aproveite também para divulgar as novidades do seu blog nesses canais, como a publicação de novos posts.

Não pode começar pensando nas recompensas

Quem tem blog, sabe. Se dedicar a essa ferramenta dá uma canseira danada!

E se nada nessa vida acontece da noite para o dia, com os blogs, não é diferente.

Ganhar a visibilidade que tanto deseja exige muita dedicação e paciência – e é por isso que nunca vai funcionar se você já começar pensando no retorno.

Antes de mais nada, blog é sobre nutrir uma paixão. A recompensa é pura consequência.

Organize seus horários

Preste atenção, porque isso é muito importante.

Você não pode assumir um compromisso com seus leitores se resolver que pode postar no dia, mês e hora em que estiver a fim.

Se eles curtem o seu trabalho e esperam ansiosamente pela sua publicação toda semana, isso é o mínimo que você deve oferecer.

Eu sei que você tem a vida corrida e que, às vezes, fica difícil se dedicar a tantas coisas ao mesmo tempo. Mas blog é sobre comprometimento.

Por isso, dê um jeito de organizar os seus horários.

Se, mesmo assim, você perceber que não está conseguindo dar conta de tudo, pare para avaliar se é mesmo o melhor momento para se dedicar a um blog.

Tenha um mídia kit

Um mídia kit é uma espécie de currículo com as principais informações sobre o seu blog.

Ele vai ser o seu melhor amigo na hora de atrair novos visitantes, parceiros ou colaboradores.

Nos kits de blogueiros mais experientes, a gente pode encontrar dados como resumo do blog, estatísticas, métricas importantes, endereços das redes sociais e até clipping dos posts mais “bombantes” ou reportagens.

Mas o que colocar no seu mídia kit?

Bem, se você está começando agora, provavelmente, ainda não terá muito o que informar, certo? Isso é normal.

Nesse caso, uma a duas páginas é suficiente.

Em vez de focar em quantidades de seguidores, dê maior ênfase às impressões da sua página, ou seja, o número de visitas que ela recebe mensalmente.

Use o Google Analytics para mostrar esse crescimento.

Você pode fazer o seu mídia kit sozinho ou pagar para alguém fazê-lo para você.

Caso opte pela primeira opção, tenho uma dica: o Canva é uma ferramenta de criação bem completa com várias funções úteis para blogueiros.

Aprenda marketing digital

Não faz muito tempo que o marketing digital era desconhecido até mesmo para os blogueiros mais influentes.

Mas a verdade é que, hoje, ter uma estratégia bem definida é uma questão de sobrevivência para qualquer pessoa que trabalhe com internet.

É por meio do marketing digital que você otimiza suas páginas, atrai mais visitantes, se aproxima do seu público e entrega um super conteúdo de qualidade para ele.

Então, pode ter certeza: com um mercado tão saturado para todos os lados, quem está se capacitando em marketing digital já está a alguns passos à frente da concorrência.

guia completo de marketing digital

Aprenda SEO

Não adianta ter um conteúdo incrível se ninguém conseguir te achar nos mecanismos de busca, concorda?

As técnicas de SEO estão aí para isso.

Quanto mais você otimiza o seu blog, mais organizado ele fica, tanto para os usuários quanto para o Google.

guia completo de seo para 2020

Busque marcas relacionadas ao seu nicho

Concorrentes não precisam ser sinônimo de inimigos.

Buscar marcas relacionadas ao seu nicho também podem trazer inúmeras vantagens. Quer ver só?

  • Expande o seu networking
  • Abre portas para novas parcerias
  • Te coloca por dentro das tendências de mercado
  • Possibilita aprender coisas novas.

De toda forma, ainda que seja um concorrente direto da sua marca, é fundamental estar sempre de olho no que ele anda fazendo.

Afinal, conhecimento é poder!

Tipos de Blogueiras e Blogueiros

tipos de blogueiras

Que o mundo está fervendo de blogueiros e blogueiras pela internet, isso é fato. A boa notícia é que existem inúmeros assuntos sobre os quais você pode falar.

Isso significa que sempre vai haver público interessado no seu nicho, e, se o seu conteúdo for realmente bom, não vai faltar audiência para o seu blog.

E em meio a um universo de bloggers que existe por aí, exemplo é o que não falta, não é mesmo?

Dá só uma olhada em algumas categorias clássicas que continuam fazendo sucesso até hoje:

Blogueira Mirim

Elas mal deixaram as bonecas e já estão bombando na internet. São as blogueirinhas mirins, como a Teka Alves.

Hoje com 14 anos, ela começou a escrever sobre moda quando era ainda mais nova e ganhou o coração de crianças e adolescentes nas redes sociais.

Blogueira no YouTube

Todo mundo já ouviu falar em pelo menos uma, não é mesmo?

Elas são feras em fazer tutoriais, dar dicas de moda, maquiagem, viagem, fotografia…

Muitas delas também são ainda verdadeiras influencers, usando todo esse alcance para ajudar ou inspirar pessoas.

Blogueira de Moda no Instagram

Não dá pra falar de moda sem falar de Instagram – nem o contrário.

E as blogueiras do segmento bem sabem disso.

Afinal, o Instagram funciona como uma vitrine virtual e com forte apelo visual, dando uma super complementada nas publicações dos blogs (e vice-versa).

Blogueiro de Esporte

Quem está sempre antenado no mundo dos esportes também pode aproveitar o conhecimento para entreter e informar os usuários por meio dos blogs.

Geralmente, esses canais trazem novidades, análises, entretenimento e conteúdos multimídia acerca do tema.

E nem pense que são só os homens que se interessam por esse tipo de coisa.

Blogs como o das Habilidosas são escritos inteiramente por mulheres para quebrar uma série de tabus no esporte e mostrar que lugar de mulher é, de fato, onde ela quiser.

exemplo do blog de esportes Habilidosas

Como ser blogueira ou blogueiro: 10 Dicas Práticas

duas mulheres blogueiras

Sem perder tempo, vamos às dicas práticas para você ter um blog de sucesso!

1. Programe sua escrita

Escolha uma frequência conveniente para você

Nem seria preciso dizer que, quanto mais posts de blog você publica, mais tráfego recebe.

O HubSpot explica que empresas que publicam mais de 16 artigos todo mês recebem 3,5 vezes mais tráfego do que empresas que publicam entre 1 e 4 vezes por mês.

pasted image 0 710

Mas e se você não tiver tempo ou autores suficientes para publicar tantos artigos?

Nesse caso, adote a frequência que for melhor para o seu negócio.

Porque eu acredito que qualidade vence quantidade, recomendo publicar semanalmente ou a cada duas semanas.

É ótimo ser um blogueiro de sucesso, conhecido por publicar conteúdos épicos toda semana.

Mas não é tão bom ser o blogueiro que enche os feeds com artigos curtos e entediantes todos os dias.

Você não deve matar sua produtividade se esgotando rápido demais.

Responda essas perguntas da Writtent para determinar sua frequência de publicação:

  • Você consegue seguir esse cronograma regularmente?
  • Nesse ritmo, você consegue publicar conteúdos de qualidade sempre?
  • Será que você terá conteúdo suficiente para esse cronograma?

Neste infográfico do Kissmetrics, os autores sugerem que publicar posts em blogs às segundas-feiras, entre 8 e 11 da manhã, vai gerar o máximo de visualizações de página. E para ter o máximo de engajamento, publique aos sábados entre 8 e 11 da manhã.

pasted image 0 737

Mas essa nem sempre é a melhor solução.

Se seus artigos são oportunos, informativos e escritos em um estilo que agrada o seu público, não se preocupe com o dia de publicação, desde que você publique regularmente.

Segundo Mark Schaefer, a consistência constrói públicos:

  • Treina seu público para esperar seu conteúdo
  • Aumenta o tráfego e seu ranking de SEO
  • Constrói autoridade em seu nicho
  • Faz de você um blogueiro melhor.

Programe sua escrita segundo sua energia, não horários

A maioria dos livros sobre escrever recomendam que você escreva bem cedo. Talvez começando às 7 da manhã.

Eles prometem que isso vai te ajudar a ganhar disciplina. E talvez isso funcione para algumas pessoas.

Mas para outras, escrever de manhã cedo não é prático.

Ao invés de escrever em um certo horário, é melhor escrever durante seu “período de melhor desempenho”.

Stephen Warley explicou o período de melhor desempenho como a parte do dia em que você está mais energizado e mentalmente focado para lidar com tarefa sérias.

Se você está ocupado ou cansado demais para escrever às 7 horas, escolha um horário mais tarde, como às 9. Ou escreva após sua corrida diária, quando você se sente renovado.

Este gráfico ilustra como você deve focar no trabalho intenso quando está mais cheio de energia. Esse período geralmente dura pelo menos 90 minutos.

pasted image 0 740

A seguir, trabalhe em tarefas mais leves durante seu período de descanso, que dura mais ou menos 20 minutos.

Você não perde nada ao deixar para escrever mais tarde, no seu período mais ativo.

Porque a realidade é que as palavras finais que você publica são mais importantes do que o horário em que você começou a escrever.

Seja um escritor melhor criando uma rotina

Eu concordo com a importância de ter uma rotina ou hábito de escrever.

O filósofo grego Aristóteles explicou que a excelência é conquistada através de hábitos.

Blogueiros proativos não nascem com habilidades naturais de escrita ou marketing.

Mas eles entendem as consequências de não publicar no blog.

Eles podem perder um potencial cliente ou perder uma venda porque não converteram leads suficientes.

Assim, eles adotam um hábito similar ao de Ernest Hemingway — um escritor premiado que escrevia todos os dias.

Ele aconselhava qualquer pessoa que levasse a escrita a sério a focar na escrita até atingir sua meta. E depois repetir esse ciclo no dia seguinte.

Desenvolva uma rotina de escrever escolhendo um dia e horário todas as semanas para dedicar à criação de um post de blog.

Benjamin Franklin completava seu trabalho seguindo uma programação diária:

Screen Shot 2017 08 04 at 4.51.47 PM 1

Escreva de manhã. Ou à noite. Tente escrever no seu horário de almoço.

Qualquer que seja o horário escolhido, siga-o! E coloque-o no seu calendário do Google ou smartphone.

E cumpra seu compromisso e escreva naquele dia, não importa o que acontecer.

2. Facilite o processo

Faça um mapa das suas ideias com um objetivo em mente

Por acaso você já começou a escrever um post de blog com uma ideia e terminou com outra? Isso acontece comigo o tempo todo!

Às vezes a ideia final é melhor. Mas, na maioria das vezes, esse não é o caso.

E o texto fica mais confuso quando minhas ideias não estão relacionadas.

Para evitar isso, eu faço mapas das minhas ideias, começando com minha mensagem específica ou com a meta do leitor.

Por exemplo:

  • Meta: Tornar blogueiros mais produtivos
  • Principais argumentos: Escrever mais rápido, poupar tempo, nada de distrações, publicar mais.
  • Outros argumentos: Hábito de escrever, nada de multitarefas, bloqueador simples etc.

Aqui está uma imagem do mapa de ideias:

pasted image 0 696

A seguir eu escrevo o esboço do artigo.

Quando você escreve mais de 1,000 palavras, é fácil perder o foco na ideia principal.

Eu gosto desse método porque assim minhas ideias são forçadas a funcionarem juntas.

Escreva as partes fáceis primeiro

O guru das vendas Brian Tracy introduziu o hack de produtividade de “engolir aquele sapo.”

Ele argumenta que, ao fazer as tarefas mais difíceis primeiro, você vai ter mais facilidade para concluir o resto dos seus projetos.

Eu entendo a lógica de “fazer a parte difícil primeiro”, mas não acredito que isso seja um bom conselho para a escrita.

Eu gosto de iniciar escrevendo as seções mais fáceis primeiro, para gerar concentração.

As partes fáceis são as que eu fico mais entusiasmado para escrever. Eu anoto meus pensamentos rapidamente e fico ansioso para concluir essa seção.

Ao terminar, eu tenho energia e concentração suficientes para enfrentar as partes difíceis.

Isso, e escrever durante meus horários de melhor performance, são alguns dos luxos que eu me permito ao aumentar minha produtividade.

3. Aumente sua concentração com limites

Bloqueie os sites que você adora.

Lembra da última vez que você passou horas rindo de memes no Instagram e vendo as últimas notícias no YouTube?

Quanto tempo você perdeu com isso?

Algumas horas? Poxa, você podia ter terminado seu post de blog dessa semana nesse tempo.

Não entenda mal. Eu adoro navegar nas mídias sociais, verificar meus e-mails e assistir a vídeos engraçados.

Mas tudo isso são distrações. E acabam com a minha produtividade.

Para evitar distrações, eu adicionei o Simple Blocker ao meu navegador Chrome. Essa extensão permite que eu bloqueie uma lista de sites por um determinado período.

pasted image 0 703

Não quer perder tempo no Instagram?

Comece clicando na extensão.

pasted image 0 708

Depois, adicione o Instagram.com à Website Blocklist. Clique em “Save Blocklist” para aceitar a alteração.

pasted image 0 717

A seguir, adicione as horas ou minutos pelos quais você quer bloquear o site.

pasted image 0 682

Clique em “Set Timer” e o período de bloqueio será ativado. Você verá uma popup que mostra quantos minutos faltam até o final da sua sessão.

pasted image 0 690

Capture 2

Se você for a Instagram.com antes do final da contagem regressiva, será direcionado a essa página:

Capture 3

Você não pode visitar nenhum dos sites bloqueados até o final da sua sessão.

Eu adoro essa extensão, porque ela é fácil de usar e me força a ser produtivo.

Divida sua contagem de palavras em sessões.

Você sabia que a maioria dos posts nesse blog tem cerca de 3,000 palavras?

Isso é o mesmo que 3 redações escolares ou 6 páginas de texto!

Eu consigo escrever tanto porque divido minhas escrita em sessões.

Uso uma técnica similar à técnica Pomodoro, chamada Sprints.

Ela é originada no ebook de Chris Fox, 5,000 Words Per Hour: Write Faster, Write Smarter

Para escrever mais palavras por hora, você precisa ter sessões (sprints) totalmente focadas na escrita.

Por 20 minutos, você deixa tudo de lado e escreve.

Desliga seu WiFi, limpa sua mesa e simplesmente escreve.

Nada de editar. Apenas escreva.

Para cada sprint, eu tenho uma meta em número de palavras. Geralmente, 500 palavras.

Assim, em 6 sessões, ou 3 horas, eu já terminei um post de blog.

Na verdade, eu escrevo posts com 2,000 palavras em apenas duas horas regularmente.

Algumas pessoas no Twitter atribuem a esse livro uma taxa de produção de 5,000 palavras por hora!

Como Benjamin Franklin, eu programo meus sprints em minha agenda ou calendário, para não esquecer.

4. Planeje, escreva e edite separadamente

Muitos blogueiros cometem o erro de adotar uma abordagem multitarefas ao produzir posts de blog.

Eles planejam, escrevem e editam artigos simultaneamente, achando que com isso estão poupando tempo.

Mas isso é um mito.

Ao fazer várias coisas ao mesmo tempo, você acaba perdendo mais tempo.

O exemplo abaixo mostra que, ao focar em uma tarefa, você a conclui mais rápido do que se fizesse várias coisas ao mesmo tempo.

pasted image 0 742

Em um estudo da Universidade de Stanford, estudantes universitários que faziam várias tarefas se mostraram mais fáceis de distrair e tiverem um desempenho pior do que os que não faziam isso.

As conclusões do estudo aparecem neste gráfico:

pasted image 0 688

Para realmente poupar tempo, você precisa planejar, pesquisar, escrever e editar em fases separadas.

Particularmente a fase de edição. Muitos blogueiros cometem o erro de editar enquanto estão escrevendo.

Eu sei disso porque já fiz o mesmo!

Isso é péssimo para a sua produtividade.

Você desacelera seu processo de escrita ao tentar consertar palavras ao invés de concluir seus argumentos principais.

Hoje eu me permito escrever um primeiro rascunho. E melhoro o texto depois.

Veja aqui meu processo básico de escrita:

  1. Escrever uma estrutura
  2. Completar a estrutura
  3. Escrever um rascunho terrível
  4. Expandir o rascunho com citações e estudos de caso
  5. Editar o rascunho
  6. Editar mais uma vez.

5. Faça um intervalo

Essa hack é muito subestimado.

Você tem o máximo de produtividade após fazer um intervalo ou relaxar.

Muitos blogueiros desistem após ficarem esgotados.

Eles selecionaram uma frequência de publicação que era demais para eles.

Se preocuparam com a qualidade dos seus textos.

Passaram tanto tempo digitando que esqueceram da sua saúde física.

Eu conheço blogueiros que deixam de dormir para publicar um post.

Isso não é saudável.

Veja esse modelo de U invertido. Ele mostra que quanto mais estresse você tem, menos produtivo você fica:

pasted image 0 744

A fase de esgotamento é tão produtiva quanto não fazer nada!

Assim, após concluir um grande post, se distancie dele por alguns dias.

Você pode até começar a criar a estrutura de outro artigo.

Mas se reserve algumas horas para relaxar.

Quando você voltar, vai olhar para o artigo com uma visão renovada.

Vai encontrar erros e enganos que você nem tinha notado antes.

E assim, sua fase de edição vai gerar resultados melhores.

6. Escreva seus posts com semanas de antecedência

Além de priorizar o descanso e o relaxamento, você precisa preparar seus posts de blog com semanas de antecedência!

Se você aprender apenas uma coisa nessa seção, aprenda isso:

Eu construí e fiz meus negócios crescerem porque preparei conteúdos semanas antes que eles fossem programados para publicação.

Concluir posts de blog com antecedência vai garantir consistência e aumentar sua produtividade.

Quando você adiciona um post de blog a uma fila, está se permitindo mais tempo para fazer correções, relaxar e trabalhar em outras coisas.

Em seu curso gratuito sobre como criar públicos, Sean Wes explica que criadores estão atrasados quando finalizam conteúdos na data programada para publicação.

Para publicações semanais, ele recomenda finalizar o conteúdo entre 6 e 8 semanas antes do prazo.

Não decepcione seu público prometendo conteúdo e depois se atrasando. Após algum tempo, eles vão parar de verificar seu site e ir para outro.

A Customer Magnetism, uma agência de marketing, publicou conteúdo de qualidade regularmente durante três meses.

Com o marketing de conteúdo, eles ganharam mais tráfego, leads qualificados, compartilhamentos sociais e conversões do que com CPC.

Esses resultados são ilustrados nos gráficos de tráfego abaixo:

pasted image 0 724

pasted image 0 743

Em resumo, a agência gastou 8 vezes mais em CPC do que em marketing de conteúdo, mas gerou 2,5 vezes mais tráfego com o conteúdo.

O CPC gerou tráfego consistente, mas o marketing de conteúdo teve um crescimento explosivo com o tempo.

O CPC gerou zero compartilhamentos sociais, mas o blog gerou milhares de compartilhamentos sociais e links inbound.

7. Crie um Cronograma Editorial

É fácil ser desorganizado com o seu blog.

Assim, crie um cronograma editorial que guarde suas ideias e exiba seu processo de escrita.

Para criar um calendário editorial simples e gratuito, use o Trello ou o Asana.

Eles são simples mas eficientes.

Recentemente, eu expliquei em detalhes como usar o Trello para fazer marketing de conteúdo, neste post.

cronograma no trello

Um excelente exemplo de cronograma editorial é esse quadro:

pasted image 0 693

Poucas pessoas sabem disso, mas o Asana introduziu uma nova função que é muito similar ao Trello. Eles também adotaram o método Kanban.

pasted image 0 707

Eles foram sorrateiros, certo?

Diferente do Trello, o Asana tem uma seção a-fazer onde você pode passar tarefas a membros da sua equipe.

O Asana é excelente para negócios com várias equipes.

Mas por enquanto eu vou continuar usando o Trello.

Mover um cartão no meu quadro é tão bom quando riscar uma tarefa na minha lista.

Esse sentimento me motiva a trabalhar mais.

8. Recicle Conteúdo

Um hack de produtividade muito subestimado é a reciclagem de conteúdo.

Reaproveitar conteúdo envolve pegar seu conteúdo (como um post de blog) e atualizá-lo ou transformá-lo.

Por exemplo, Gary Vaynerchuk lançou um vídeo no YouTube sobre networking no Instagram.

pasted image 0 691

O vídeo foi um sucesso! E, depois, ele reaproveitou o conteúdo em um post de blog com 1,000 palavras.

pasted image 0 728

Agora mais pessoas podem digerir a mensagem dele.

Reciclar conteúdo é um hack de produtividade que maximiza o potencial do seu conteúdo.

Transforme seu post de blog em um upgrade de conteúdo

Transforme seu artigo mais popular em um upgrade de conteúdo.

O que é um upgrade de conteúdo? Como uma isca digital, o conteúdo especial dele é utilizado para captar endereços de e-mail.

Mas, em vez de ser um formulário de leads separado, o upgrade de conteúdo é incluído em um post de blog.

Tim Soulo aumentou sua taxa de conversão por e-mail em 300% usando atualizações de conteúdo.

Para esse post, Tim tinha convertido apenas 48 entre 2,300 pessoas em novos assinantes. Apenas 2%.

pasted image 0 723

pasted image 0 683

Mas no mês seguinte, 539 pessoas a mais assinaram! Entre 8,892 pessoas, ou seja, uma conversão de 6%.

pasted image 0 686

pasted image 0 732

Comparado ao mês anterior, isso significa um aumento de 300%.

Qual foi o segredo dele? Adicionar atualizações de conteúdo ao seu post.

Quando alguém lê o blog, é interrompido por uma pequena barra amarela oferecendo um brinde.

pasted image 0 739

Mas ele só recebe o brinde ao assinar a newsletter. Ao clicar no link, o usuário vê essa popup:

pasted image 0 712

Em meus blogs, eu uso upgrades de conteúdo para converter novos leitores.

Eu simplesmente transformo um post em uma checklist e pronto! Novas conversões o tempo todo.

pasted image 0 731

pasted image 0 711

Por acaso você tem um post épico que está sempre sendo compartilhado, mas tem uma taxa de conversão decepcionante?

Adicione upgrades de conteúdo a ele.

Atualize e divulgue posts antigos

Não perca tráfego e engajamento ignorando posts antigos do seu blog.

Só porque um artigo não viralizou no ano passado, isso não significa que ele não pode viralizar hoje.

Atualizar posts antigos ajudou a Orbit Media a chegar a um ranqueamento de SEO alto.

Alguns anos atrás, eles publicaram um artigo sobre links internos. O artigo ficou bem popular, mas foi perdendo impulso com o tempo.

Eles perceberam que o post agora aparecia na última posição da primeira página para os termos “internal linking SEO”.

pasted image 0 747

Veja a queda do ranqueamento SEO do artigo ao longo do tempo:

pasted image 0 685

E o tráfego foi caindo junto do rankeamento. Em seu auge, o artigo tinha 300 visualizações por dia. Mas isso foi caindo até chegar a pouco mais de 100.

pasted image 0 733

Assim, eles renovaram o post:

  • Estendendo o texto, adicionando mais exemplos
  • Adicionando novas mídias, como imagens, vídeos e áudio
  • Atualizando a autoridade do post com citações de especialistas.

Aqui está a transição do blog:

pasted image 0 679

Os resultados foram poderosos!

Os visitantes passaram 70% mais tempo no artigo atualizado do que na versão mais antiga. E a taxa de bounce caiu 7%.

pasted image 0 734

Eles levaram seu rankeamento SEO do final da página para um dos 5 primeiros resultados para várias palavras-chave.

pasted image 0 735

Eles viram um pico enorme no tráfego. Mas após o momento passar, eles mantiveram 250 visualizações por semana.

pasted image 0 719

Renove um post antigo com essas dicas:

  • Dobre o número de palavras – Transforme um artigo de 1,000 palavras em um artigo de 2,000 palavras com novos dados, exemplos e conselhos.
  • Adicione novos elementos visuais – Aumente o engajamento adicionando novas capas, capturas de tela e gráficos.
  • Adicione um upgrade de conteúdo – Aumente as conversões ao adicionar um link para um conteúdo melhor.
  • Use táticas de redação atuais – A escrita online mudou com o tempo. Atualize seu post verificando a gramática e a legibilidade.
  • Mude o título – Talvez seu post antigo não tenha ficado popular por causa do título. Aperfeiçoe-o com estas técnicas.

Com o tempo, você provavelmente aumentou seu alcance de público.

Ao concluir, promova o post atualizado nas mídias sociais e em sua newsletter.

Talvez agora ele quebre a Internet!

9. Faça curadoria de conteúdo

Os blogueiros mais populares geralmente não são os mais originais.

Ao invés de passar horas planejando e produzindo seus próprios posts, eles curam artigos de toda a web.

Eles compartilham ou expandem conteúdo que já está fazendo sucesso ou é relevante aos seus públicos.

Poupe tempo ao compartilhar artigos desses sites.

Use o Medium para encontrar artigos bem pensados para analisar e discutir em seu blog.

pasted image 0 698

Use o Pocket para guardar artigos para ler depois.

pasted image 0 746

Descubra o que está fazendo sucesso assinando os blogs mais populares do seu nicho no Feedly.

pasted image 0 701

Se sentindo sem ideias? Use o Pinterest para encontrar inspiração para o seu blog.

pasted image 0 745

10. Crie modelos

Você já percebeu que seus blogs e e-mails tendem a ter um layout ou padrão de redação em comum?

Facilite a divulgação dos seus posts criando e utilizando modelos.

O InVision usa um modelo de e-mail responsivo para compartilhar seu conteúdo recente toda semana:

pasted image 0 738

Você pode fazer o mesmo ao editar um e-mail e inserir novos conteúdos nele semanalmente.

Um modelo menos utilizado é o modelo de blog. Talvez você não tenha percebido isso, mas a maioria dos blogueiros tendem a ter um estilo de redação consistente.

Há um padrão na forma como eles dividem artigos e escrevem subtítulos.

Se você notou algum padrão em seu trabalho, crie modelos a partir dele.

O Digital Marketer usa um modelo de blog para seus posts em que vários especialistas opinam sobre o mesmo tema.

pasted image 0 700

E aqui está o post finalizado:

pasted image 0 705

Belle Beth Cooper começou a escrever melhor e mais rápido após criar seus próprios modelos de blog.

Ela digita as seções que normalmente usa em sua estrutura:

pasted image 0 726

Depois, divide cada seção em sub-seções. Nelas, ela explica o que quer escrever.

pasted image 0 741

Então, ela expande e preenche as subseções com pesquisa e detalhes:

pasted image 0 695

Criar um modelo inspirado por uma estrutura aumentou a velocidade da escrita dela.

Ela já não precisa pensar muito na hora de criar seu rascunho.

Muitos redatores cometem o erro de criar apenas uma estrutura simples. Esquecem de completá-la com mais detalhes e exemplos.

Assim, quando começam a escrever, eles desperdiçam tempo e energia pensando no que estão tentando dizer ao invés de expandir ideias que já tiveram.

Exemplos de Blogueiras de Sucesso

blogueira gravando vídeo

Que tal conhecer de perto alguns blogs de sucesso para se inspirar?

Aqui vão 10 exemplos de mulheres inspiradoras que, a partir de muita dedicação, criaram blogs incríveis sobre os mais diversos temas.

Thássia Naves

Blogueira de moda desde 2013, já foi até mesmo capa da Vogue Japão.

thassia naves como exemplo de blogueira de sucesso

Camila Coelho

A blogueira escreve sobre moda, maquiagem e diversas tendências no universo feminino.

camila coelho como exemplo de blogueira de sucesso

Chiara Ferragni

Chiara tem apenas 28 anos e já é considerada uma das blogueiras de moda mais influentes do mundo. Só no Instagram, são mais de 8 milhões de seguidores.

Entre suas fontes de renda, está a linha de sapatos própria, chamada Chiara Ferragni Collection.

chiara ferragni como exemplo de blogueira de sucesso

Alice Ferraz

O blog da Alice Ferraz, que é também empresária, fala sobre beleza, gastronomia, estilo de vida, viagens e até moda masculina.

Tem ainda muita entrevista bacana com vários nomes de peso para os leitores conferirem.

alice ferraz como exemplo de blogueira de sucesso

Alice Salazar

A Alice é das antigas… ela foi uma das primeiras youtubers de maquiagem no Brasil e ficou conhecida entre os usuários pela sua alegria e bom humor.

alice salazar como exemplo de blogueira de sucesso

Amanda Britto

A blogueira que escreve no canal Starving é formada em Design Gráfico e já criou peças incríveis para diversas marcas do mercado da moda.

Produtora de conteúdo há mais de 8 anos, ela se diz apaixonada pelo carnaval e fala sobre um pouco de tudo em seu blog: música, comportamento, estilo, beleza e atualidades.

amanda britto como exemplo de blogueira de sucesso

Ana Soares

Com a Ana, o papo é sobre vida real e consumo consciente.

No seu blog @modapenochao, que começou como uma brincadeira, ela deixa bem claro que é totalmente possível ser feliz sem precisar gastar muito.

Ana Soares como exemplo de blogueira de sucesso

Amanda Noventa

Por incrível que pareça, viajar sozinha ainda é um tabu no universo feminino.

E nossa blogueira Amanda é uma verdadeira inspiração para a mulherada que quer rodar o globo com ou sem acompanhante, trazendo muitas dicas, fotos, alegrias e perrengues dessa jornada.

Ela também é autora de livros sobre o assunto e tem uma coluna de viagens no Estadão.

Amanda noventa como exemplo de blogueira de sucesso

Luisa Galisa

Luisa também é viajante profissional.

Além disso, é colunista da Revista Qual Viagem, especialista em gestão cultural e admiradora da natureza.

De servidora pública a blogueira, ela compartilha com os leitores como largou um emprego estável para ir atrás dos seus sonhos e inspirar quem passar pelo caminho.

luisa galisa como exemplo de blogueira de sucesso

Amanda Pastore

A Amanda ensina a arte da maquiagem oferecendo dicas exclusivas e cursos voltados para os níveis iniciantes, avançados e aperfeiçoamentos específicos.

amanda pastore como exemplo de blogueira de sucesso

Conclusão

Ser um blogueiro é fácil.

Mas desistir de ser blogueiro é muito mais fácil.

Apesar de os blogs terem um ROI comprovado, a maioria das pessoas desiste após alguns meses.

Principalmente porque a atividade consome tanto tempo e energia.

Ser um blogueiro de sucesso e com alta produtividade é muito difícil. Mas não é impossível.

Desenvolver um hábito e reservar momentos para relaxar vão amenizar o seu estresse.

Reciclar artigos e atualizar posts antigos vão te poupar tempo na hora de ter ideias novas.

Os blogs me trouxeram oportunidades que eu nunca tinha sonhado.

E você pode ter os mesmos resultados e se transformar em um blogueiro de sucesso se assumir um compromisso com o blog.

Então, agora me conte nos comentários: como você se mantém produtivo com seu blog?

Guia Passo a Passo do Marketing de Conteúdo

Compartilhe