Como Fazer SEO para Nichos Pequenos

niche

Quase todo os dias, alguém me diz: “Neil, adoro suas dicas de SEO, mas estou em um nicho muito pequeno. O que eu faço?”

Soa familiar?

Recebi tantas perguntas assim que eu precisava tratar disso em um post.

Vou ser completamente honesto com você. Isso é um problema de verdade.

Nem todo mundo está em um nicho enorme, como marketing, vendas, yoga ou alimentos saudáveis.

Se você está em um nicho como esses, uma estratégia de marketing de conteúdo inteligente vai gerar bastante tráfego orgânico.

Mas um nicho pequeno? É difícil! Simplesmente não existe muita gente por aí pesquisando especificamente o seu tópico.

Mas isso significa que você está condenado a viver com um SEO razoável? De jeito nenhum.

Boas notícias: mesmo em um nicho pequeno ou de baixo volume, é possível dominar o SEO.

Sua abordagem de SEO terá que ser um pouco diferente, mas você ainda pode obter ótimos resultados.

Gerar mais tráfego, aumentar a visibilidade, ganhar mais backlinks – tudo é possível, independentemente do seu nicho.

Agora, isso significa que o seu SEO vai ser mais simples? Infelizmente, não.

Na verdade, no seu processo de SEO você vai encontrar velhos conhecidos – SEO técnico, otimização de página, perfil de links, e assim por diante.

Portanto, recomendo antes de qualquer coisa entender bem o que é SEO. Se você ainda não conhece, veja este guia de SEO.

Depois de ter feito isso, continue lendo e veja como você pode usar SEO para nichos pequenos que não possuem alto volume de pesquisas.

O problema do baixo volume de pesquisas

Eu sei.

Você quer ir direto para a parte boa. (Talvez você já tenha pulado esta parte!)

Mas para aproveitar de verdade o seu SEO, é preciso entender quais problemas você vai ter que enfrentar.

Quando digo “nicho de baixo volume,” estou me referindo ao volume de pesquisas.

Volume de pesquisas é a quantidade de buscas que uma palavra-chave específica tem.

A maioria das palavras-chave é sazonal, o que significa que é mais utilizada durante certas épocas do ano. Um exemplo óbvio são as palavras-chave relacionadas ao Natal.

Como você pode ver no gráfico acima, esse padrão de comportamento de apogeu-e-queda é bem comum para a maioria das palavras-chave.

E com a maior parte das palavras-chave, mesmo durante o ponto mais baixo no gráfico, ainda há um volume de pesquisas bastante alto.

Já consegue ver o problema de ter um volume de pesquisas baixo?

Se a sua palavra-chave normalmente tem um volume de busca menor, ela não receberá muita atenção. As pessoas talvez pesquisem essa palavra-chave apenas em momentos muito específicos ou em certas situações.

Você pode conferir o volume de busca da sua palavra-chave usando o Ubersuggest.

Insira sua palavra-chave e clique em “Pesquisar”.

Na página de visão geral da palavra-chave, você verá o seguinte.

Com 14.800 buscas mensais no Google, marketing de conteúdo é uma palavra-chave popular que tem o potencial de gerar um bom tráfego para o seu site.

Mas como você também quer integrar palavras-chave de cauda longa no seu conteúdo, é preciso ir um passo além.

Clique em “Ideias de Palavras-chave” na barra lateral esquerda para ver o volume de busca e outros dados associados a palavras-chave relacionadas.

Agora você tem uma lista de 420 palavras-chave de cauda longa relacionadas a marketing de conteúdo. Para ver mais, clique nas abas “Relacionadas” e “Perguntas” acima dos resultados.

Sua palavra-chave é muito específica ou de nicho?

Quando você para para pensar, acertar nas palavras-chave é absolutamente essencial no SEO para nichos pequenos.

Para que as pessoas encontrem o seu site, é preciso se posicionar com palavras-chave que elas usam. Isso é básico em SEO, mas se o seu nicho tem volume de pesquisas baixo, você precisa dedicar mais atenção a isso.

Um dos problemas mais frequentes que vejo é a especificidade da palavra-chave.

Quão genérica ou específica deve ser a sua palavra-chave? É uma questão difícil.

Pergunte a qualquer um que curta cestas de chá da tarde –– definitivamente, existe público para palavras-chave incrivelmente específicas.

Mas às vezes, isso pode ser o seu problema.

Se a sua palavra-chave é muito específica (como “fio verde limão florescente”) ou muito de nicho (“begleri de plástico”), você pode acabar com um volume de pesquisas próximo de zero.

Mas como você pode saber se a sua palavra-chave é muito específica?

O volume de pesquisas (como o que vimos no Planejador de Palavras-Chave Google) é um bom indicador.

Sendo assim, você precisa pensar nisso antes mesmo de escolher suas palavras-chave.

Em outras palavras, você tem que fazer a pesquisa de palavras-chave do jeito correto.

Comece fazendo a si mesmo a seguinte pergunta: “O que meus usuários querem comprar?”

Estamos falando de SEO aqui, e não de marketing, portanto pense em produtos e serviços em vez de benefícios. (Essa é uma das poucas vezes em que você fará isso.)

Mas se você já tem palavras-chave com a qual deseja se posicionar, não se preocupe. Geralmente, basta apenas uma leve mudança de foco para transformar sua campanha de SEO em um sucesso.

Basicamente, você terá que pensar em maneiras de deixar suas palavras-chave mais genéricas. Às vezes, você pode até deixar suas palavras-chave mais específicas, dependendo do volume de pesquisas.

Vamos ver os dois processos.

Tornando suas palavras-chave mais específicas

Digamos que você vende um produto de nicho, como quebra-cabeças artesanais para crianças.

Essa palavra-chave sequer aparece no Planejador de Palavras-Chave:

Muita gente em nichos semelhantes tenta compensar isso usando palavras-chave bem genéricas.

Portanto, se você usar uma palavra-chave vaga como “brinquedos infantis,” você pode restringir isso.

Sempre que você pensar em novas palavras-chave, recomendo consultar o Planejador de Palavras-Chave antes para verificar o volume de pesquisas. Gosto bastante da possibilidade obter o volume de pesquisas de diversas palavras-chave de uma só vez.

Quando você tiver uma lista de palavras-chave alternativas, insira-as no Planejador de Palavras-Chave:

Quando tiver os resultados, você poderá ver os volumes para cada palavra-chave:

Nesse ponto você precisa escolher entre palavras-chave com concorrência alta ou baixa.

Já que “quebra-cabeças para crianças” tem entre 10 mil e 100 mil pesquisas mensais, vai ser uma palavra-chave mais difícil para se posicionar.

Porém, você pode se posicionar bem com ela, se conseguir atrair bastante tráfego.

Normalmente é melhor mirar em uma das palavras-chave menores, como “quebra-cabeças para crianças.”

(E não esqueça de usar LSI e palavras-chave de cauda longa.)

Tornando suas palavras-chave mais genéricas

Se você está fazendo SEO para um nicho pequeno, provavelmente usará este processo.

Digamos que a sua palavra-chave principal seja “artista pintor de aquarelas de cachorro.” No Planejador de Palavras-Chave, você não vai ver nada:

Isso provavelmente não vai atrair muitas pesquisas. Você precisa generalizar.

Primeiro, faça um brainstorm. Pense nas palavras-chave que são relacionadas, mas um pouco mais amplas.

Para esta palavra-chave, uma boa alternativa seria “retratos de animais de estimação.”

Isso traz resultados muito melhores no Planejador de Palavra-Chave:

Você também pode usar palavras-chave como “retratos de cachorro” ou “pinturas de cachorro.”

A última palavra-chave, “pintura de cachorros,” aparece associada a uma concorrência média, mas ainda assim tem um bom volume de pesquisas. Essa pode ser uma boa palavra-chave para tentar posicionar.

Algumas palavras-chave vão ter níveis diferentes de competição, mesmo que possuam a mesma quantidade de buscas mensais.

Nesse caso, é com você. Você decide se quer tentar dominar uma palavra-chave menor ou brigar com os grandes do seu nicho pela palavra-chave de concorrência alta.

Organize o seu SEO técnico

Sei como o termo “SEO técnico” assusta, mas não é tão mau quanto parece. Na verdade, é uma parte importante de toda campanha de SEO.

Veja uma excelente lista da Moz sobre quais partes do SEO devem ser focadas quando se está em um nicho pequeno:

Vamos analisar um pouco e deixar as coisas mais práticas.

Otimize seu perfil de link. Seu perfil de link é um dos maiores indicadores da saúde do seu SEO. Se você tem backlinks de autoridade, o seu SEO só vai aumentar.

Isso é complicado porque você quer qualidade quantidade. (Embora qualidade seja mais importante aqui.) Você precisa desenvolver uma estratégia de link building que não produza spam.

Recomendo o seguinte:

Primeiro, faça uma revisão do perfil de link para ver onde como você está. Caso encontre links indesejáveis, rejeite-os.

Não economize nessa etapa. É preciso eliminar os links ruins e garantir que o seu perfil de link esteja limpo.

Melhore o seu conteúdo. Você conhece o ditado “o conteúdo é rei,” certo?

Isso é verdade mesmo nos menores nichos com praticamente nenhum volume de pesquisas.

Em nível técnico, você precisa pensar em tags de conteúdo. Existem dois tipos principais de tags nas quais você pode focar: H1 (headings) e H2 (subheadings).

As tags H1 geralmente são os seus títulos:

As tags H2 são as que você vê ao longo do artigo, como esta:

Estas tags vão garantir que o seus usuários possam digerir o seu conteúdo com mais facilidade. Elas ajudam a quebrar o conteúdo para facilitar a leitura.

Para o conteúdo em si, não esqueça de seguir algumas das regras de formatação do bom conteúdo:

  • Divida o seu conteúdo usando subheadings, imagens, e outras mídias
  • Embase suas afirmações com fatos, estudos e dados
  • Use frases e parágrafos curtos

Em resumo, não escreva blocos de texto que dificultem a leitura. Imagine que seus leitores vão passar a vista ou escanear pelo seu conteúdo, e planeje com isso em mente.

Seu conteúdo precisa fluir bem, e deve ser simples. Seu texto deve ser do nível da 7ª e 8ª série––não tente escrever o próximo best-seller do momento.

ConversionXL oferece um grande exemplo prático de conteúdo amigável para o usuário.

É fácil de ler. Sem parágrafos enormes. Todo post tem milhares de imagens e formatação que torna a leitura agradável.

Esse deve ser o seu objetivo.

Se você pode criar conteúdo incrível, você pode dominar o SEO para um nicho pequeno. Garanto que sim.

Pense no SEO para motores de busca.

Isso é muito importante.  Você deve facilitar ao máximo para que os bots dos motores de busca possam indexar o seu conteúdo.

Essas são as coisas mais importantes para trabalhar:

Tudo isso facilita para que os bots dos motores de busca possam efetuar crawl no seu conteúdo.

Veja o último ponto da lista da Moz: não esqueça de configurar corretamente o seu Google Analytics (GA) para rastrear o seu site. Se você cometer muitos erros, os seus esforços de SEO podem ser prejudicados.

Adapte o seu site para mobile

Falo sobre isso o tempo todo, mas em nichos pequenos é ainda mais importante.

Vivemos em um mundo mobile. Você provavelmente deve estar lendo isso no seu smartphone ou tablet.

Na verdade, 56 por cento do tráfego da web vem de aparelhos mobile.

Isso significa que a maioria dos seus usuários está visualizando o seu site em aparelhos mobile.

Apesar da popularidade dos aparelhos mobile, algumas pessoas ainda não acreditam que o desktop perdeu o lugar.

Mas você tem que começar a pensar desse modo se quiser melhorar seu SEO.

Para que seus clientes tenham uma boa experiência mobile, você tem que tornar seu site amigável para mobile.

Existem algumas partes fundamentais da otimização mobile: design responsivo, pesquisa de palavras-chave para mobile, e formatação de conteúdo.

Vou detalhar um pouco de cada um.

Design responsivo. Você provavelmente já ouviu esse termo antes, mas é muito mais do que uma palavra da moda.

Design responsivo significa que o seu site muda para acomodar tamanhos de telas diferentes.

Isso é facilmente a melhor opção para lidar tanto com desktop quanto com ambientes mobile.

Precisa de um motivo concreto para usar design responsivo? O Google adora.

Vale a pena investir na criação de um site responsivo. Seus leitores não precisarão ter que lidar com um site feio e desajeitado, grande demais para telas de dispositivos mobile.

Se você usa o WordPress, pode escolher entre centenas de temas responsivos tanto gratuitos quanto pagos.

Se não, você pode contratar um desenvolvedor para ajudar a tornar seu site responsivo.

Pesquisa de palavra-chave para mobile. Embora eu tenha falado sobre pesquisa de palavras-chave antes, isso é algo completamente diferente.

Isso mesmo: pesquisa de palavra-chave para mobile é diferente de pesquisa de palavra-chave para desktop.

Geralmente, palavras-chave são mais curtas e mais localizadas.

É preciso ter tempo para explicar isso em detalhes e foi por isso que escrevi um post inteiro sobre o assunto. Leitura obrigatória para todos que trabalham com SEO, ponto.

Formatação de conteúdo. Você já tentou escrever um post de 3.000 palavras em um dispositivo  mobile?

Se não, veja como é:

Meio difícil de ler, não é? Até o visual parece intimidador.

Existe muito conteúdo mobile assim.

Mas não precisa ser desse jeito.

Veja como os meus artigos são exibidos na tela de um dispositivo móvel:

Fácil de ler, certo?

Isso é porque formatei meu conteúdo com o formato mobile em mente.

Não é apenas um consideração posterior. Formatar para mobile é, para mim, o objetivo principal e o desktop vem em segundo lugar. (Loucura, eu sei!)

É superfácil de fazer.

Na verdade, já falamos disso (veja  a seção “ melhore o seu conteúdo” acima), portanto se você estiver seguindo essas diretrizes, o seu conteúdo deve estar ótimo em termo de formatação.

Acredito que os erros mais comuns do formato mobile são parágrafos longos e imagens não responsivas. Cuidado com isso no seu site.

Se você cumprir esses três itens, você fará a otimização mobile rapidinho. Você tem que dar aos seus usuários a melhor experiência possível, e isso significa pensar no mobile.

Conclusão

Se você está em um nicho pequeno, sem pânico.

Você não está condenado a perder o jogo do SEO.

Você não precisa ser um grande site com muita influência para ficar bem posicionado em qualquer nicho, e isso vale também para nichos com praticamente nenhum volume de pesquisas.

SEO não precisa depender de palavras-chave populares e muito tráfego pago. Claro, às vezes pode parecer que é assim, mas posso afirmar que não é.

Ajudei clientes em nichos minúsculos a aparecerem nas SERPs, e eles ficaram surpresos no quanto deu certo.

Você talvez tenha notado que este artigo não foi muito técnico. Isso torna a abordagem fácil para qualquer um, mesmo quem não tem anos de experiência em SEO.

Agora, não estou dizendo que é fácil. É preciso dedicar tempo para acertar.

Mas se você acertar, seu site pode se tornar um dos melhores no seu nicho e atrair mais tráfego.

Qual é o seu nicho pequeno? Adoraria saber mais de como você planeja implementar essas ideias para incrementar o seu SEO.

Compartilhe