Como Fazer Pesquisa de Palavra-Chave para Mobile

mobile seo

Um assunto que acho que você ainda não pensou muito sobre ele: palavra-chave para mobile.

Se ainda não deu atenção a esse assunto, calma. Foi só em anos recentes que SEOs e profissionais de marketing começaram a pensar sobre palavra-chave para mobile enquanto algo diferente de palavra-chave para desktop.

E palavras-chave para mobile e para desktop devem ser tratadas como duas coisas diferentes.

Estamos indo cada vez mais em direção a um primeiro mundo mobile. De acordo com o Smart Insights, 51% de todo o tempo em mídia digital vem de aparelhos mobile. Para muita gente, internet mobile é o único tipo de internet que existe.

E o que isso significa para você? Uma das consequências mais importantes é que você vai investir muito mais tempo em marketing mobile, o que inclui pesquisa de palavra-chave para mobile.

Caso queira que as pessoas encontrem o seu site com mais facilidade, você vai precisar otimizá-lo para mobile e também começar a pensar mobile.

Pesquisa de palavra-chave mobile é uma das maneiras de começar a pensar mobile. Você estará pronto para turbinar seu SEO mobile e será visto por mais e mais pessoas.

Sendo honesto, tem sido um desafio para mim pensar em mobile e depois em desktop. Ainda parece estranho. Mas tenho me acostumado com isso e já vejo alguns resultados.

Veja como começar a pesquisar palavra-chave para mobile e garantir resultados tão excelentes quanto os meus.

Aprenda como eu aumentei meu tráfego mobile para mais de 100.000 visitantes por mês por meio do SEO para mobile.

Primeiramente, qual a diferença entre palavra-chave para mobile e para desktop?

Para começar, vamos observar de que maneiras o processo de busca é diferente para mobile e para desktop e como as palavras-chave são distintas.

Quando falo em “palavra-chave para mobile”, me refiro a palavras-chave otimizadas para plataformas mobile. Por exemplo, palavra-chave para mobile costuma ser mais curta porque palavras mais curtas são mais fáceis de digitar num smartphone ou tablet.

Resumindo: pessoas usam termos de busca diferentes no mobile e no desktop.

Essas são as três principais diferenças:

  1. Buscas com erros de digitação x buscas sem erros
  2. Buscas faladas x buscas digitadas
  3. Buscas de localização x buscas por informações

Permita-me explicar cada uma.

Buscas faladas x buscas digitadas: Essa é uma das principais diferenças entre mobile e desktop.

Poucas pessoas usam comandos de voz ao fazer uma busca no desktop. É bem mais fácil digitar.

Mas quando estamos em movimento – dirigindo, andando, etc – é quase sempre mais fácil (e seguro) usar comandos de voz.

Buscas com erros de digitação x buscas sem errosNum aparelho mobile, você tem mais chances de cometer erros de digitação. Está na essência de digitar com dedos numa tela, em vez de digitar em um teclado.

Buscas de localização x buscas por informações: A maior diferença de todas é para qual tipo de busca usamos nossos aparelhos. 

Vou discutir em detalhes abaixo, mas é bem mais comum usar um aparelho mobile para buscas de localização do que usar um aparelho para buscas sobre informações longas e aprofundadas.

Exemplo: você talvez tenha chegado aqui ao digitar “dicas para pesquisar palavra-chave para mobile”.

Será que você faria uma busca como essa via mobile?

Claro! Mas é bem menos comum.

A essência de buscas no mobile e no desktop tem uma diferença significativa, e é por isso que otimizar para buscas no mobile é crucial.

Mas por que mobile? Por que otimização para mobile é até mesmo um assunto?

Primeiro, busca mobile dá resultados mais rápidos. Um estudo do Google e Nielsen divulgado em 2013 descobriu que há muito poder imediatista na busca mobile.

Observe os números:

image02

E olha só que surpreendente: 77% das buscas mobile acontecem em ambientes onde as pessoas provavelmente têm acesso a desktops.

image08

Isso quer dizer que as pessoas estão preferindo busca mobile porque querem. O estudo acredita que um dos motivos possa ser o fato de que as pessoas acham que busca mobile é mais rápida do que a busca desktop:

image17

Buscas nos mobiles não são bem mais rápidas do que buscas no desktop, mas são bem mais convenientes. Isso é um fator importante na preferência das pessoas por buscas no mobile, em vez de no desktop.

Resumindo, é por isso que as pessoas preferem buscar via mobile.

Agora, vamos observar o tipo de palavras-chave que estão usando. Essas são diferentes das usadas em desktop, de muitas maneiras, e você precisa estar ciente dessas diferenças caso queira otimizar para mobile.

Existem alguns padrões que você talvez venha a ver em palavras-chave para mobile: são curtas, locais e buscadas por voz.

Vamos nos aprofundar em cada categoria.

Use palavras curtas

Não é nenhuma surpresa que palavras-chave mais curtas são bem mais comuns em buscas no mobile.

Ninguém quer digitar palavras longas em seus aparelhos mobile. É bem mais fácil usar o mínimo de palavras para chegar no que você está procurando.

Caso queira ter as melhores chances de ranqueamento no mobile, use palavras-chave curtas. De duas a três palavras.

Isso significa que você deve pesquisar palavras-chave mais curtas em seu nicho. Usaremos o Ubersuggest para analisar essas palavras-chave.

Primeiro, vá ao Ubersuggest e digite uma palavra-chave relacionada ao seu nicho e clique em “Pesquisar”. Como exemplo, usaremos uma palavra-chave mais longa para que você possa ver alternativas mais curtas. Usaremos “restaurantes mexicanos perto de mim e que entregam”.

Agora, clique em “Ideias de Palavras-chave” na barra lateral esquerda.

Essa seção mostra as palavras-chave que as pessoas estão usando como alternativas àquela que você digitou no Ubersuggest.

Aqui, algumas pessoas estão usando “restaurantes mexicanos perto de mim agora” e “restaurantes mexicanos perto de mim que entregam”, são algumas.

Como visto acima, palavras-chave mobile tendem a ser mais curtas. Pesquise esta lista de 117 palavras-chave, junto com aquelas incluídas nas abas relacionadas, perguntas, preposições e comparações.

Concentre-se naquelas que têm cinco palavras ou menos, como “entrega de comida mexicana perto” e “mexicano perto que entrega”. (Essa palavra-chave nem menciona comida ou restaurante!)

Você vê como as palavras-chave se tornam cada vez mais curtas e básicas em um ambiente mobile. A palavra “restaurante”, por exemplo, é substituída por “comida”.

Este pequeno estudo de caso mostra como os usuários mobile abordam a pesquisa, como um grupo. É algo muito funcional para eles, que querem um determinado resultado e buscam pela forma mais direta de chegar a ele.

Essas palavras-chave mais curtas são os tipos de palavras-chave que as pessoas vão usar no mobile. Concentre-se nesses tipos e então domine essas palavras-chave.

Localização, Localização, Localização 

Na maioria dos casos, buscas no mobile tem um componente de localização. Para contextualizar, o Google noticiou que 94% dos usuários de smartphones buscam por informações relacionadas a localizações.

Isso é porque muitas buscas no mobile são feitas por usuários em movimento. As pessoas podem pesquisar por onde estão desde que tenham um aparelho mobile por perto.

Existem elementos importantes de palavras-chave baseadas em localização que você precisa prestar atenção.

Se você tem um escritório físico em uma determinada cidade, essa informação se aplica a você. Caso não tenha, ainda assim pode configurar a localização. Vamos falar sobre isso mais na frente.

Primeiro, é indispensável fazer SEO local. A prática tem regras próprias, mas aqui vão algumas dicas de como começar.

Comece configurando a sua própria página no Google My Business. Vá em https://google.com/business e clique em “Iniciar agora” , um botão grande no meio da página.

image01

Na página seguinte, preencha com as suas informações e clique em “Continuar”.

image21

Depois, revise a sua informação na página seguinte e clique em “Continuar”

Veja este passo a passo de como dominar a arte de busca de localização usando ferramentas do Google.

A partir de agora, você pode gerenciar a sua própria página Business e, o melhor, quem usa Google vai saber bem mais sobre a sua empresa.

Outro aspecto importante de SEO de localização é o seu NAP (nome, endereço, telefone). É bom expor o seu NAP em cada página do seu site, e essas informações têm que ser as mesmas em todos os sites e plataformas onde forem expostas.

Também é bom aplicar o esquema de marcação para o seu NAP, assim, as ferramentas de buscas vão entender melhor essas informações.

Esse é o código a ser usado, cortesia do Search Engine Land:

image06

Depois, atenção em duas palavras-chave importantes: “por perto” e “perto de mim”. São duas palavras de localização que costumam aparecer como palavra-chave para mobile.

Você verá isso para o segmento de serviços. Por exemplo, se começo a digitar no Google “empresa de construção”,  veja o que aparece:

image11

Esses termos são bem comuns em buscas no mobile. Já que essas buscas são quase sempre de localização, faz todo o sentido.

Se o seu é um negócio local, então essa é uma ótima notícia para você. Mas se é um negócio remoto, não se preocupe. Se dá para dizer que você está numa cidade (por exemplo, Nova York ou Taipe), você vai conseguir aparecer nos resultados locais da cidade.

E olha que interessante. Talvez você ache que não existe diferença entre “por perto” e “perto de mim”, mas existe sim!

O Marketing Land descobriu que muita gente usa “por perto”, mas 16 vezes mais usam “perto de mim”.

image12

Com essa diferença, vem um problema. “Por perto” e “perto de mim” não são palavras-chave comuns. Não dá para ranquear com elas porque dependem da localização específica do usuário.

Então, para ranquear com essas palavras, o melhor a fazer é entrar em sua conta no My Google Business para que o seu negócio apareça quando usuários buscarem por negócios do seu nicho.

Informações sobre o seu negócio e endereço precisam estar bem expostas no Google quando alguém buscar pelo nome do seu negócio ou o seu nicho. Veja um exemplo:

image04

É bom expor o seu negócio também no Google Mapas.

image19

Se você seguir essas recomendações, vai estar no caminho certo para ser encontrado quando alguém fizer buscas por localização.

Só estou abordando por cima os conceitos de SEO de localização. É todo um campo de estudo que deve ser visto quase que separadamente de outros tipos de SEO.

Caso queira saber mais sobre SEO de localização, recomendo a leitura deste artigo do Search Engine Land.

Considerando buscas alternativas

Quando pessoas usam seus aparelhos mobile para fazer uma busca, há chances de não estarem nem digitando.

Parece estranho, mas pode ser a onda do futuro quando se trata de busca mobile.

Métodos de busca que não usam textos estão se tornando cada vez mais populares. A busca por comando de voz é uma grande peça desse quebra-cabeça. Programas como Siri and Cortana facilitam quando alguém quer buscar usando apenas a voz.

Também existem outras formas de busca, como o Google Goggles e a Busca por Gesto do Google.

image03
image00

As pessoas não estão nem indo mais em navegadores para fazer buscas. Agora, usam apps ou programas. Talvez nunca voltem a fazer buscas digitando.

Isso é um problema para SEOs e profissionais de marketing. Como ranquear bem em programas de busca que não usam textos?

Em outras palavras, como ranquear palavras-chave quando elas não existem? Talvez pareça impossível, mas existem várias maneiras de ranquear bem em formas de busca que não são por texto.

Vamos falar primeiro das vozes.

Quando escrevi sobre busca por comando de voz, abordei três elementos importantes que ainda são tão importantes quanto eram.

Primeiro, palavras-chave de buscas por comando de voz são mais curtas. A média de tamanho da palavra numa busca pelo Cortana é de apenas três palavras.

Mesmo que pareça intimidante num primeiro momento, é na verdade algo bem útil. Por quê? Como vimos antes, usuários de mobile também estão usando palavras-chave mais curtas.

Com isso, seu treino em palavras-chave mais curtas vai servir para otimização tanto para mobile quanto para busca por comando de voz.

Se você dedicar um tempo procurando palavras-chave curtas em seu nicho no SEMrush, você vai sair na frente da competição, em todos os tipos de busca.

Segundo, perguntas são o tipo mais popular de buscas por comando de voz.

Isso é porque as pessoas, naturalmente, falam mais do que digitam. A maioria vai dizer “Onde achar hotéis em  Orlando?” em vez de “hotéis em Orlando”.

Perguntas também revelam a intenção do usuário. Isso é ótimo, assim você pode preparar conteúdos específicos para seus usuários, e ficar ciente das diferentes intenções que possuem.

A pergunta “Onde está Orlando?” é vaga, então é provável que o usuário queira saber como chegar em Orlando ou a sua localização geográfica.

Agora a pergunta “Onde estão Orlando hotéis?” revela uma intenção completamente diferente.

O usuário quer fazer uma conversão e uma transação, e isso vai acontecer rapidamente.

Lembre-se que a maior parte das conversões no mobile acontecem em uma hora:

image15

Então, além de palavras-chave  curtas, você vai querer focar em perguntas curtas nas buscas.

Terceiro, SEO de localização é fundamental. Já falamos sobre isso, mas é muito importante repetir uma segunda vez.

SEO de localização será ainda mais importante nos próximos anos. Já que muitas buscas no mobile são de localização, SEOs e profissionais de marketing precisam prestar atenção aqui.

Isso é básico para garantir que o seu negócio esteja visível para buscas por comando de voz.

Vamos falar agora de outros métodos de buscas.

Existem outros dois programas que são bem populares no momento: Google Goggles e Busca de Gestos do Google.

Google Goggles é basicamente um app de reconhecimento de imagem. Você abre o programa, aponta para uma figura e o app vai mostrar resultados com base nessa imagem.

image03

Por exemplo, se você abrir o Google Goggles e tirar uma foto da Ponte Golden Gate, o Google Goggles retornaria com informações relacionadas, como a localização da ponte:

Também funciona com outros tipos de imagens, como logos.

Se você escanear um pacote de batatas Baked Lay, essa seria a página de resultados do Google Goggles:

image18

Esse print de tela é do PCWorld.com.

Se você tem uma logomarca, use o Google Goggles e outros programas de busca de imagem reversa para atrair mais visibilidade e tráfego para o seu site.

Se alguém vir a imagem de sua marca e quiser aprender mais sobre a sua empresa, basta escanear a foto para obter muitas informações sobre o seu negócio.

Com isso, vem a pergunta: “como posso ranquear bem num programa de buscas baseado em imagens?”

No momento, não é um segredo saber como ficar visível no Google Goggles (ou qualquer outro tipo de programa similar). O melhor a fazer é garantir que a sua logomarca esteja associada ao nome da sua marca.

Primeiro, coloque a sua logo em um lugar de destaque em sua página inicial, como o Walmart:

image10

Depois, não esqueça de usar alt tags para todas as suas imagens! Essa é uma das melhores maneiras de informar para as ferramentas de busca que a sua imagem está diretamente relacionada com o nome da sua marca.

Se você passar o mouse por cima da logomarca do Walmart, vai ver o nome da marca em alt texto:

image13

Recomendo fazer isso sempre que for usar sua logomarca. (Melhor: use alt text em todas as suas imagens).

Quanto a métodos de busca  como o Busca por Gestos, a verdade é que há um limite para a quantidade de coisas que dá para você fazer. Com isso em mente, as dicas deste artigo vão ajudar a melhorar o seu ranqueamento em programas de buscas alternativos como esses.

No futuro, é possível que aprendamos mais sobre esses algoritmos específicos de busca, para pensar em mais ações de melhorias de ranking. Mas até lá, siga os passos deste texto que você vai estar no caminho certo.

Conclusão

Se quer levar SEO a sério, busca de palavra-chave para mobile deve ser destaque em sua estratégia de marketing.

O mundo do SEO está mudando, e em direção do mobile. Se você não estiver preparado para o mundo mobile, pode sofrer grandes consequências de SEO.

Mas pesquisa de palavra-chave para mobile não é complicada. É até bem mais fácil do que busca de palavra-chave para desktop, de várias maneiras.

Entretanto, requer dedicação para pesquisa, conhecimento avançado de sua audiência e habilidade em criar estratégias dinâmicas de SEO, que mudem de acordo com os seus usuários.

Parece muito, mas se você implementar as dicas deste artigo, garanto que o seu SEO mobile vai melhorar. Você vai ficar mais visível para ferramentas de busca e mais pessoas vão descobrir o seu negócio.

Os hábitos de busca estão mudando. Quer seja buscas baseadas em textos ou em programas como Siri e Google Goggles, você vai querer que encontrem o seu negócio rapidamente.

Se você tomar esses passos e se adaptar a esses novos tipos de buscas, terá uma vantagem enorme.

O quão otimizado para SEO mobile você está?

Compartilhe