Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

Publieditorial: O Que É, Como Funciona e Para Que Serve (2020

ilustração sobre agenda editorial

Publieditorial, termo que resulta da junção das palavras publicidade e editorial, é uma estratégia de publicação de artigos em sites e blogs parceiros, utilizando o texto para anunciar uma solução ou divulgar uma marca, com foco na atração de clientes.

Um conceito que vem ganhando muita força no mundo do marketing nos últimos anos é publieditorial.

Essa é uma estratégia valiosa, pois tem uma característica muito especial.

Falo do fato de se sido redigido por terceiros, em sites de parceiros, o que aumenta a confiança do público no que foi dito.

Não se trata de autopromoção, portanto, mas de uma propaganda que valoriza uma marca ou as soluções que ela oferece.

Se você ainda não conhece o publieditorial ou não sabe como fazer, vale a leitura deste artigo.

Afinal, um bom profissional da área deve se manter em constante evolução.

Estar atento às tendências e novidades do mercado é um grande diferencial.

Pensando nisso, decidi escrever este texto falando mais sobre esse recurso tão importante, mas muitas vezes deixado de lado pelas empresas.

A partir de agora, você saberá que é um um publieditorial, como funciona e para que serve, além de outras informações relevantes sobre o tema.

Siga a leitura!

guia completo de marketing digital

O que é publieditorial?

editorial publicitário para lojas

Publieditorial é a junção das palavras publicidade e editorial.

Muitas vezes, é chamado de editorial publicitário, artigo publicitário ou simplesmente publi.

Você provavelmente já se deparou com muitos deles pela internet – e talvez nem percebeu.

E essa é realmente a intenção do texto.

Esse é o nome dado à prática de pagar por posts em blogs em sites alheios, o que é muito mais confiável aos olhos do consumidor.

Imagine que você queira exaltar todas as qualidades de sua ferramenta de gestão de campanhas digitais, por exemplo.

Se criar um texto no blog da empresa, talvez seja percebido mais como propaganda do que como um conteúdo de valor.

Por outro lado, se o mesmo artigo estiver em um blog neutro, as pessoas tendem a acreditar no que foi dito, justamente por se tratar de uma análise imparcial.

Muitos deles, inclusive, são escritos no formato de review.

Funciona mais ou menos da mesma forma que tratamos o marketing de influenciadores.

As pessoas pagam por posts em celebridades no Instagram o tempo todo, não é mesmo?

Estou certo que você já viu uma publicação de uma pessoa utilizando produtos e falando sobre suas vantagens.

O publieditorial é sua versão para sites e blogs especializados.

Por conta disso, também leva em consideração o nicho de mercado no qual as páginas estão inseridas.

Além de seu caráter orgânico, filtra as pessoas que terão acesso ao conteúdo, uma ótima maneira de poupar esforços ao dialogar com gente que não tem o menor interesse no tema.

Há ainda outra consideração importante: publieditoriais podem conceder bons links de entrada para outras páginas.

Assim, além de uma ação de branding, torna-se uma ferramenta eficaz em uma estratégia de SEO.

Na esfera digital, cada domínio ou página possui sua própria autoridade.

Inserir links de referências a outros textos é visto pelo Google como uma forma de repassar autoridade, comprovando a confiabilidade e qualidade do conteúdo.

Ou seja, um publieditorial também é uma ótima forma para conquistar backlinks, que melhoram o posicionamento das páginas nos motores de pesquisa.

Diferentemente do que ocorre com links patrocinados e anúncios, soam naturais.

Quanto maior a autoridade da página, mais autoridade ela transmite.

Um link inserido em uma publicação neste site, por exemplo, tem um peso maior do que em um blog recém-criado.

Eu preciso dizer, no entanto, que a prática de pagar por links não é bem-vista pelo Google, que a classifica como PBN (Private Blog Network), mas dificilmente é detectada.

Além disso, páginas grandes adquirem mais tráfego, o que potencializa o alcance do publieditorial.

É importante frisar que os blogs devem indicar quando um post é publicitário, o que não reduz sua credibilidade e não tem qualquer efeito para os bots do algoritmo.

Tome cuidado, pois a ausência de sinalização é vista como crime pelo Código Brasileiro de Publicidade.

Como funciona um publieditorial?

funcionamento de um publieditorial

A criação de um publieditorial funciona de maneira bem prática.

Basicamente, um profissional da empresa busca por um blog especializado na temática do produto e entra em contato com o responsável.

Assim, depois de iniciado o diálogo, é feita uma negociação.

Alguns blogs, inclusive, possuem tabelas prontas para essa ocasião.

Para evitar qualquer tipo de problema, normalmente, é criado um contrato para firmar o negócio.

Agora, é chegada à segunda parte: a redação do conteúdo.

Aqui, adentramos a parte polêmica da coisa.

É muito comum que a própria empresa (ou um profissional contratado) redija o texto e envie para o blog, que pode ou não realizar ajustes e adequar a linguagem.

No entanto, na maior parte dos acordos, é o próprio blogueiro (ou alguém de sua equipe) que escreve o artigo, o que de fato é recomendado.

Mas não se preocupe, pois o conteúdo deve ser aprovado pela linha editorial da empresa, mantendo o compromisso com os termos estabelecidos no contrato.

O post pode, inclusive, ser divulgado no próprio blog do negócio, e apenas assinado por outro autor de grande impacto e que tenha influência no nicho desejado.

É válido dizer que existem agências que já possuem uma lista de contatos de veículos que realizam esse tipo de publicação.

Dessa forma, podem fazer a ponte entre as empresas.

Para que serve um publieditorial?

importancia de um publieditorial

Como você já deve imaginar, um publieditorial serve para os mais diversos objetivos.

O escolhido deve estar de acordo com a estratégia da empresa e as metas estabelecidas durante o planejamento, alimentando as demais estratégias.

A seguir, vamos conhecer os principais.

Divulgar a marca

Objetivo mais comum para um publieditorial, ocorre quando a empresa que estabelecer uma imagem positiva perante ao público.

Assim, as pessoas passam a conhecer mais sobre a marca e tudo que ela oferece.

Você consegue imaginar o impacto de ter sua marca exposta em um grande blog?

Pois é.

Por conta disso, seu potencial é enorme, embora ainda existam críticas acerca desse tipo de mercado.

Conquistar backlinks

Como dito anteriormente, publieditoriais têm a capacidade de elevar o ranqueamento de páginas nos mecanismos de pesquisa.

Um simples link em uma página relevante pode fazer com que uma página alcance o topo dos resultados das SERPs, a páginas de resultados do Google e outros buscadores.

Entretanto, podem levar a penalizações do algoritmo, que passa a ignorar a autoridade repassada na hora de mostrar links de redirecionamento aos usuários.

Educar o mercado

Os publieditoriais também podem ter como função primária a educação do mercado.

Isso é muito comum em segmentos de tecnologia e SaaS, por exemplo.

Quando o produto ou serviço é relacionado a metodologias que ainda não são de conhecimento geral, essa é uma boa opção para que o público passe a identificá-lo.

Reforçar valores

Uma marca também pode utilizar um publieditorial para reforçar suas ideias e valores na sociedade.

Normalmente, os textos com esse caráter são associados a guias que se relacionam a algum tema voltado ao bem-estar social.

Essa é uma boa maneira para dizer às pessoas que o negócio se importa com a melhoria do mundo, para mais tarde oferecer soluções para problemas que a envolvem.

Apresentar produtos

Poucas alternativas são tão eficazes quanto um publieditorial quando uma empresa lança um novo produto.

Ao ser exposto a um vasto público, as pessoas passam a conhecê-lo e adquirem informações sobre todas as vantagens que ele pode trazer.

Por conta disso, a maioria dos textos com esse objetivo são divulgados no formato de reviews, que nada mais é do que uma avaliação do item.

Vantagens de um publieditorial

vantagens de confiança do leitor para o publieditorial

Existem várias razões pelas quais você pode utilizar um publieditorial.

Mais do que um texto em um blog, essa estratégia tem como função a realização de objetivos estratégicos.

Por conta disso, inserir esse recurso no orçamento de marketing é uma opção muitas vezes superior ao investimento em links patrocinados, por exemplo.

A seguir, vamos conhecer algumas de suas principais vantagens.

Confiança do leitor

Quando uma pessoa enaltece seus próprios feitos e conquistas, pode ficar difícil de acreditar, não é mesmo?

Isso não acontece em um publieditorial, já que a publicação é feita por alguém que não tem motivos para glorificar um produto alheio.

Isso faz com que o leitor confie muito mais no que foi dito, gerando confiança imediata para a empresa contratante.

Alcance

Ao apostar em um publieditorial, você tem a chance de alcançar um grande número de visualizações.

Por isso, é preciso escolher o blog com precisão.

Muitos sites na internet possuem uma audiência regular, que certamente terá interesse em ler sobre o assunto tratado.

Essa é uma oportunidade única para explorar o espaço conquistado por outros veículos e transferir alguns dos leitores para suas próprias páginas.

Segmentação

Por outro lado, blogs menores também podem ser uma boa solução.

Existem muitos canais que são voltados a públicos específicos, cujos integrantes provavelmente têm grandes chances de se tornar o seu próximo cliente.

Investir em sites de menor alcance, mas voltados à sua persona, pode gerar resultados muito melhores do que atirar de olhos vendados.

Diferença entre propaganda e publieditorial

ilustração para se referir as diferencas da propagando para o publieditorial

É um equívoco pensar que a propaganda e o publieditorial são a mesma coisa.

Na verdade, existe uma importante diferença entre os conceitos.

Enquanto a propaganda é explícita, o publieditorial é sutil.

Apesar dessa sutileza, vale dizer que o publieditorial não almeja enganar o público.

Essa é uma ferramenta muito importante para viabilizar a existência do canal.

Por essa razão, é muito importante deixar clara a indicação de publicação patrocinada, utilizando-se da transparência para manter a fidelidade do leitor.

Caso contrário, poderá ter efeito contrário.

A diferença entre branded content e publieditorial

branded content e as diferenças com o publieditorial

Outro erro muito frequente é a confusão entre branded content e publieditorial.

Na verdade, são elementos muito diferentes.

O branded content é, obrigatoriamente, criado pela empresa.

Ele pode aparecer em outros blogs, como já frisado neste texto, mas normalmente são veiculados em canais próprios.

A grande distinção, nesse caso, é a maneira com a qual a marca é tratada no artigo.

No branded content, o nome da empresa pouco aparece ou sequer é mencionada.

Já o publieditorial tem como foco a divulgação do negócio, então, há diversas referências a ele em meio ao conteúdo.

3 tipos de publieditorial

tipos de publieditorial

O publieditorial é uma ferramenta versátil.

Você pode utilizá-la para muitas finalidades, inclusive com ideias criativas para o bem da estratégia.

Entretanto, existem alguns que são mais comum, que serão listados abaixo.

Publieditorial de review

O publieditorial de review tem como objetivo mostrar o funcionamento de um produto ou serviço.

Nesse caso, a avaliação é realizada pelo próprio blog, e não por um profissional ligado à empresa.

Normalmente destacam as características positivas, mas não somente.

Isso quer dizer que os pontos fracos também serão inseridos na análise, levando ao leitor uma observação imparcial.

Publieditorial comparativo

O publieditorial comparativo tem como função mostrar ao público as diferenças entre dois componentes.

Entre duas empresas, dois produtos ou duas metodologias, por exemplo.

Esse é o formato perfeito para estimular a compra por parte de pessoas que estão com pequenas dúvidas sobre qual é a melhor solução para elas.

Ou seja, para clientes no fundo do funil de vendas.

Publieditorial educativo

O publieditorial educativo, por sua vez, não exalta a marca.

Nesse caso, a intenção é apenas educar os internautas acerca de algo que pode ser de seu interesse.

Esse formato é recomendado para segmentos em que o consumidor ainda não entende muito sobre o tema ou para produtos relativamente novos no mercado.

Cuidados na propaganda e publieditorial

cuidados na pratica do publieditorial

Apesar de ser uma ferramenta poderosa, existem alguns cuidados que precisam ser levados em consideração no uso de publieditorial.

A Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária (Conar) é o órgão responsável por fiscalizar a ética da propaganda comercial no Brasil.

Ou seja, toma conta da área que garante que o consumidor não será enganado.

Por esse motivo, é muito importante manter a transparência e indicar quando posts são pagos.

Assim, você se livra de possíveis multas e processos, e o leitor não se sentirá traído ao consumir o conteúdo.

Publieditorial funciona mesmo?

eficiência do publieditorial

Em termos gerais, podemos dizer que o publieditorial funciona, desde que utilizado da maneira correta.

Em termos de marketing, é uma maneira simples de alcançar o público-alvo, criar uma percepção positiva da marca e trazer novos visitantes a um site ou blog.

Portanto, acredito que essa ferramenta tem um veredito final positivo.

Mas é muito importante que a sua estratégia siga as melhores práticas, como mencionei ao longo do artigo.

Conclusão

Neste texto, você aprendeu tudo que é necessário sobre uma das mais poderosas ferramentas de marketing na atualidade: o publieditorial.

No início, tratei de alguns conceitos básicos, como o que é, como funciona e para que serve esse recursos.

Depois, falei um pouco sobre suas principais vantagens e o diferenciei da propaganda e do branded content.

Também comentei sobre os principais tipos de publieditorial, embora existam muitos mais que podem ser aplicados.

Por fim, citei os cuidados que devem ser tomados para garantir o bom uso e evitar problemas.

Se você gostou do artigo, que tal deixar um comentário?

Não esqueça de falar também sobre as suas experiências e expectativas quanto a esse tipo de conteúdo.

O que você deseja destacar da sua marca ou soluções em um publieditorial?

Compartilhe