Mídia Digital: Entenda o Que é, os Tipos e Como Usar no Seu Negócio

o que são midias digitais

Em tempos onde se fala tanto sobre a transformação proporcionada pelo avanço da tecnologia, somos bombardeados a todo momento pelo que entendemos como mídia digital.

Mas será que estamos nos referindo ao conceito correto?

Preparei este artigo para te ajudar a entender o que é mídia digital, quais seus principais tipos e como fazer uso desse recurso.

Você vai conferir, inclusive, os muitos benefícios que ela pode trazer para o seu negócio, além da divulgação e propaganda.

Vamos começar?

O que é mídia digital?

equipe profissional em midias digitais

Mídia digital é todo conteúdo ou veículo de comunicação que se baseia na internet e a utiliza como meio de distribuição. Portanto, ao contrário da mídia analógica (também conhecida como mídia tradicional ou mídia offline), a mídia digital oferece a possibilidade de feedback por parte do receptor.

Só para que fique mais fácil de entender as diferenças entre mídia tradicional e mídia digital, podemos dizer que:

  • Mídia tradicional é aquela em que o processo de comunicação é unilateral
  • E mídia digital, aquela em que isso acontece de modo bilateral.

Veja bem, minha intenção aqui não é que este post se torne um artigo acadêmico e estritamente técnico.

Só quero te ajudar a entender melhor o que é mídia digital e por que é tão importante para as empresas na atualidade, combinado?

Agora, vamos voltar às diferenças entre mídia tradicional e o conceito de mídia digital.

Em veículos de comunicação analógica, como jornais impressos, por exemplo, o receptor não tem como responder imediatamente à informação que recebe.

Já nos veículos da mídia digital, ele assume o poder de questionar qualquer conteúdo no momento em que sentir necessidade.

Como o canal de comunicação da mídia digital é a própria internet, ele pode responder, opinar, perguntar, elogiar, criticar ou até criar seus próprios conteúdos quando quiser.

Consegue perceber a diferença do primeiro termo com o conceito de mídia digital?

Então, vamos adiante para conhecer os principais tipos de mídias digitais e suas características.

Tipos de mídias digitais

profissionais em áreas de midias digitais

Considerando a amplitude da internet e as possibilidades que ela oferece em termos de produção de conteúdo, a mídia digital pode assumir diferentes formas.

Quer ver só?

Anúncios pagos no Facebook Ads, banners em sites, comerciais no YouTube, blog posts, ebooks e reviews de produtos são alguns exemplos de mídias digitais.

Cada conteúdo produzido na internet pode se enquadrar em três tipos de mídias digitais:

  • Mídia paga
  • Mídia ganha
  • Mídia própria.

Mas, mesmo podendo assumir várias formas, nem todos os tipos de mídias digitais são adequados para fazer parte de um estratégia de marketing digital.

Para que você descubra o que deve considerar para o seu negócio, vou explicar melhor sobre cada um dos três tipos de mídias digitais agora.

Acompanhe!

Mídia paga

Quando falamos em publicidade e propaganda, geralmente, é desse tipo de mídia digital que lembramos mais.

Como o próprio nome diz, mídia paga é aquela em que você paga um determinado valor financeiro para aproveitar o alcance de um canal digital.

Em outras palavras, é pagar para aparecer.

Investir em comunicações que possam levar sua marca a alcançar seus objetivos estratégicos, como aumentar a fidelização de clientes ou as vendas, por exemplo.

Como você já deve estar imaginando, alguns exemplos de mídia digital paga são anúncios no Google, Facebook Ads e também guest posts pagos pela internet afora.

A principal vantagem de investir em mídia paga é que permite alcançar um público-alvo em grande escala e com a segmentação que desejar.

Ou seja, você não vai precisar se virar nos 30 para conseguir colocar seu blog post na primeira página do Google se pagar para ele aparecer ali. Entende?

Porém, a desvantagem é que ele só vai permanecer bem posicionado enquanto você estiver pagando por isso.

Quando o dinheiro acabar, o anúncio deixará de ser veiculado. Triste, mas real.

Além disso, é importante considerar ainda que, como o público vem sendo cada vez mais perseguido por anúncios, a resposta para eles nem sempre será forte.

No entanto, é preciso saber como usar a mídia paga corretamente para atrair novos clientes e alcançar seus objetivos estratégicos.

Mídia ganha

Mídia ganha, ou mídia espontânea, é o sonho de todo profissional de comunicação, marketing e propaganda.

Quando está em alta, causa brilho nos olhos das empresas!

Sabe por quê?

Você não paga nada para que ela apareça. Isso mesmo, ela é gratuita.

O que acontece, na realidade, é justamente o contrário: a mídia digital ganha é consequência de um bom trabalho de marketing digital, seja em RP, SEO ou social media.

Trocando em miúdos, na internet, a mídia ganha é o famoso boca-a-boca online. Um tipo de mídia digital que transforma os clientes em promotores da sua marca.

Alguns exemplos de mídia ganha são:

Então, posso dizer que a mídia ganha é o reflexo de uma estratégia bem-sucedida.

E, convenhamos, muito mais econômico do que pagar para alguém falar sobre sua empresa é trabalhar para que as pessoas queiram fazer isso por livre e espontânea vontade.

Além da vantagem de ser gratuita, a mídia ganha também é muito mais credível do que a mídia paga.

Afinal, é cada vez mais nítido que o que o consumidor mais quer hoje em dia são opiniões sinceras sobre produtos e serviços e não falas compradas.

Considerando todos os motivos que vimos até aqui, não deixe de cultivar a mídia ganha.

Existem várias formas de conseguir bons resultados espontaneamente, mas o principal deles ainda é focar nas necessidades do cliente.

Anote essa dica.

Mídia própria

Mídia própria é o terceiro dos tipos de mídias digitais listados neste post, mas o primeiro em ordem de importância na sua estratégia de marketing digital.

Isso porque se trata de toda e qualquer mídia que possa ser controlada pela sua empresa.

O site do seu negócio, o seu blog e os seus canais nas redes sociais são exemplos típicos de mídias próprias.

Também chamadas de mídias proprietárias, elas recebem esse nome porque você tem controle sobre o que publica.

Então, se quiser mudar um conteúdo ou até mesmo tirá-lo do ar caso seja necessário, é você quem manda.

O principal objetivo da mídia própria é construir relacionamento com os clientes existentes e atrair novos.

Ajuda a aumentar a autoridade e também o reconhecimento de marca.

Uma grande vantagem, além de centralizar o controle sobre o conteúdo publicado neste tipo de mídia digital, é que custa muito menos do que mídia paga.

E dá muito menos trabalho do que mídia ganha.

A mídia dura muito mais, porque não é interrompida quando o anúncio acaba.

Pense comigo: criar um perfil comercial no Instagram não é muito mais barato do que investir em anúncios pagos no Google Ads?

É por aí que a coisa funciona.

Os 4 principais benefícios de usar mídias digitais na sua estratégia

uso de midias digitais nos negócios

Você já entendeu o que é mídia digital, para que serve e também conferiu seus três principais tipos.

Agora, só precisa conhecer os benefícios de incluir a mídia digital em sua estratégia e como fazer isso.

Começando pelos benefícios, veja quais são eles:

1. Assertividade

Ao contrário da mídia tradicional, que chega a milhares de pessoas, a mídia digital é capaz de alcançar aquelas que têm maior potencial de consumir seus produtos ou serviços.

É, sem dúvida, um poderoso recurso para otimizar estratégias de marketing digital e proporcionar bons resultados.

2. Maior facilidade para mensurar resultados

Diferente das mídias tradicionais, a mídia digital pode ser facilmente acompanhada e monitorada.

O que ajuda a agilizar a tomada de decisão e a valorizar cada centavo investido.

Existem ferramentas analíticas que otimizam todo o trabalho de mensuração de resultados.

Com elas ,você pode compilar dados e obter insights para melhorar ainda mais as suas estratégias.

3. Melhor custo-benefício em investimentos

Ao entender os três tipos de mídias digitais, fica mais fácil agregar valor às ações de divulgação e de relacionamento com o público.

E a valorização do investimento é garantida.

4. Novas oportunidades para alcançar novos públicos

Ao trabalhar as possibilidades que a mídia digital oferece, é possível se comunicar diretamente com as pessoas que realmente têm interesse no que tem a dizer.

Quanto mais autoridade a sua marca conquistar, maior será o público que vai atrair para seu canal digital e também a visibilidade do negócio.

Diferença da mídia digital para outras estratégias

diferenca e estrategias de midias digitais

Restaram algumas dúvidas sobre como a mídia digital se difere de outras formas de mídia?

Eu te explico!

Mídia social

Mídia social é um meio de comunicação que resulta de redes sociais formadas por indivíduos.

Então, pode-se entender como todo o conteúdo criado fora dos meios de comunicação de massa e de modo descentralizado.

Enquanto isso, mídia digital é toda comunicação baseada em elementos tecnológicos.

Em resumo, é correto afirmar que mídia social é uma mídia digital.

E é errado dizer que toda mídia digital é mídia social, afinal, ela não se limita às redes sociais e abrange os veículos de comunicação online.

Marketing Digital

Se o marketing digital é o responsável por criar estratégias de comunicação que utilizem a internet para atingir objetivos empresariais, mídia digital é sobre as possibilidades que se tem em mãos para chegar lá.

Logo, toda estratégia de marketing digital precisa desfrutar de mídias digitais para atrair o público necessário.

Faz sentido para você?

Como aproveitar as mídias digitais no seu negócio

midias digitais no negócio

Para te ajudar a começar o trabalho com mídia digital e criar uma estratégia robusta, separei algumas dicas úteis.

Fique ligado!

Antes de tudo, saiba quem é o seu consumidor

Entender quem é o seu consumidor é o primeiro passo para parecer interessante aos olhos do usuário e atrair seu interesse e engajamento.

Permite produzir uma peça de comunicação digital assertiva e relevante.

Também é por esta etapa que deve começar toda estratégia de marketing e de mídia digital.

Defina métricas para acompanhar suas campanhas

Ao definir métricas para medir o sucesso de suas campanhas, o trabalho com mídia digital se torna muito mais eficiente.

As ações ficam mais direcionadas e precisas, o que ajuda a aprimorar estratégias e melhorar tanto o ROI (Retorno sobre o Investimento) quanto CAC (Custo de Aquisição de Clientes), além das taxas de conversão.

Conte com a ajuda de ferramentas como Facebook Insights e Google Analytics para mensurar resultados em tempo real.

Comece pela mídia própria ao criar uma identidade de marca forte no mercado

Estabelecer uma forte presença e identidade em mídias próprias, como site, blog e redes sociais, é essencial para mostrar ao público para que veio.

Sem ter esses canais digitais atualizados, fica muito mais difícil que queiram prestar atenção em você.

Em seguida, invista em mídia paga para atrair o público que deseja e conquistar mídia ganha

Como expliquei anteriormente, o desafio da mídia própria é fazer com que as pessoas cheguem até os seus conteúdos.

Afinal, de nada valerão se não atingirem o público certo. Concorda?

Para resolver o problema, a dica é promover seu conteúdo em plataformas de anúncios online, como Facebook Ads e Google Ads.

Você pode usar elas para promover sua marca, produtos e expandir sua reputação online.

Lembre sempre que, quanto melhor você puder atender às necessidades dos clientes, maiores são as chances de mídia ganha.

Se não tiver dinheiro para investir em mídia paga, estude técnicas de SEO para alavancar suas mídias próprias de maneira orgânica.

Pode demorar mais para aumentar o público, mas vai acontecer.

Por fim, é só cultivar a mídia ganha e reiniciar o processo

Quanto melhor executar sua mídia própria e mídia paga, maiores as chances de impactar as pessoas certas e gerar buzz positivo (ser bem falado).

Por isso, procure sempre oferecer informações valiosas para o cliente e cultivar a mídia ganha.

Tenha em mente que toda empresa que tem uma identidade de marca sólida e que sabe se comunicar com o público sai na frente.

Conclusão

Ficou mais fácil entender o que é mídia digital e como trabalhar com seus diferentes tipos dentro da sua estratégia?

Espero que possa transformar os conhecimentos adquiridos ao longo desta leitura em melhores resultados para o seu negócio.

Se ficar com qualquer dúvida sobre mídia digital ou quiser compartilhar sua experiência com ela, a hora é agora.

Deixe o seu comentário para trocarmos ideias sobre o assunto!

E não vá embora sem me contar: quais são seus planos e dificuldades com a mídia digital?

Compartilhe