Como As Marcações do Google Maps Impulsionam Vendas Locais

Google Maps Promoted Pins

Impulsionar vendas locais parece mais difícil do que nunca.

Parece que meus vizinhos estão recebendo pacotes nas suas portas todo dia. Eles compram de tudo online, de eletrônicos a pão artesanal.

As pessoas simplesmente não compram em lojas locais como antigamente.

E esse é o maior pesadelo dos donos de lojas físicas.

É preciso ter um fluxo local de clientes para impulsionar as vendas.

E, sem ele, seu negócio está em risco. Sua sobrevivência está em jogo.

A boa notícia é que, às vezes, as pessoas não querem esperar vários dias para receber algo que compraram online.

Isso te dá uma chance de fechar vendas para seu negócio local.

Mas a maioria dos profissionais de marketing não estão tirando proveito da plataforma que tantos lojistas usam todos os dias:

Google Maps.

Felizmente, com a nova opção de marcações promovidas, pode-se anunciar um negócio local e seus produtos diretamente no Google Maps.

Você pode conseguir a atenção de locais e visitantes que usam o Maps para se guiar.

Agora é mais fácil do que nunca atrair atenção e visitas à sua loja local.

Vou te dizer como adicionar pontos customizados no Google Maps para impulsionar vendas locais.

As compras online roubaram a cena

Desde a criação da Internet, comprar produtos online tem sido o sonho de muitos.

E agora, este sonho se tornou uma dura realidade com sérias consequências.

Compras online estão se tornando mais populares, fazendo com que lojas físicas locais temam pelo sucesso de seus negócios.

Sites como a Amazon estão basicamente dominando a concorrência quando o assunto é vendas online.

Não é nenhum segredo que compras online e e-commerce têm explodido nos últimos cinco anos.

Parece que todo mundo tem uma conta na Amazon Prime e todos compram praticamente qualquer coisa lá.

Antes, você precisava sair de casa para comprar os produtos que queria. Mas hoje, a Amazon pode entregar milhares de produtos em até duas horas a partir do fechamento da compra com o Prime Now.

pasted image 0 285

Então, se há algum item de casa ou produto essencial pelo qual não se pode esperar dois dias, a Amazon agora pode entregá-lo em algumas horas.

Não é preciso nem se levantar e sair de casa. E isso é uma medida devastadora quando se trata do sucesso de negócios locais.

Além disso, a base de usuários da Amazon Prime cresce mais rápido que qualquer um poderia prever.

De fato, são quase 70 milhões de inscritos:

pasted image 0 344

O mesmo estudo da Business Insider constatou que a Amazon representa 43% de todas as vendas de varejo online nos Estados Unidos em 2016.

Um único marketplace online gera quase 50% de toda a venda do varejo.

Vários pequenos negócios citam a Amazon como a razão pela qual eles não conseguem mais crescer.

E isso porque a Amazon vende praticamente tudo que você precisar comprar:

pasted image 0 304

Se é possível comprar qualquer coisa, de ferramentas e produtos de manutenção da casa a comida e eletrônicos, porque você precisaria de uma loja local?

A Amazon está aumentando sua base de usuários e expandindo suas linhas de produtos. E estão fazendo isso mais rápido do que poderíamos imaginar.

Eles estão diversificando seus produtos e vêm crescendo continuamente mais rápido que qualquer outro varejista online.

pasted image 0 438

A Amazon representou 53% do crescimento do marketplace em e-commerce em 2016.

Todo o resto do mercado ficou com 47% de crescimento restantes.

Além disso, a receita da Amazon continua subindo a alturas astronômicas com esse crescimento.

pasted image 0 272

 

A Amazon faturou mais de US$38 bilhões no segundo trimestre de 2017. Isso é uma queda em relação aos mais de US$40 milhões no trimestre de festas de fim de ano.

Então o que isso significa para  pequenas empresas?

O que o crescimento de um gigante do varejo como a Amazon tem a ver com o de lojas locais físicas?

Bem, isso significa que as vendas de lojas de varejo estão em declínio:

pasted image 0 244

Enquanto a Amazon cresce continuamente, as vendas totais de grandes varejistas diminuem.

E isso significa que você precisa encontrar novos meios de promover seu negócio local.

É preciso tirar as pessoas do sofá e levá-las de volta à rua para trazer um maior fluxo de clientes locais à sua loja.

Enquanto todos esses dados podem soar mal para donos de lojas de varejo, há um fio de esperança nos dados sobre buscas locais.

Mesmo com a Amazon amealhando bilhões de dólares de receita a cada trimestre, negócios varejistas ainda conseguem crescer.

Eis por que você deve se importar com buscas locais e como tirar proveito delas.

Negócios locais ainda prosperam

Nem tudo é tristeza e amargura para o dono de negócio local.

Claro, a Amazon Prime está atualmente dominando as vendas no mercado. Mas negócios locais ainda crescem.

De acordo com últimos números da Pesquisa Gallup de 2016, donos de pequenos negócios estão mais otimistas do que nos últimos oito anos!

pasted image 0 296

O otimismo de proprietários de pequenos negócios saltou de +68 para +80 em um trimestre.

E, de acordo com os dados, esse otimismo tem crescido desde uma baixa recorde entre 2010 e 2011:

pasted image 0 417

O percentual de donos de pequenos negócios com expectativa de crescimento para suas receitas e vendas nos próximos 12 meses aumentou quase 60% em 2016.

Além disso, donos de negócios esperam que o fluxo de caixa aumente em 70%.

Estes donos pequenos negócios físicos esperam ainda aumentar o número de funcionários no futuro.

A visão dos donos de pequenos negócios no cenário atual é significativamente melhor do que foi em 2011:

pasted image 0 280

A confiança vem crescendo em 2016 e 2017, mesmo com gigantes de consumo como a Amazon dominando o varejo.

Isso é um estudo importante, que revela uma tendência e uma mudança fortes em como negócios operam.

As pessoas estão voltando a comprar em negócios mais familiares e locais.

É por isso que vemos campanhas de “Compre do Negócio Local” surgindo por toda a América.

pasted image 0 318

Segundo a RangeMe, a geração Y está liderando o trabalho de campanha para compras em negócios locais, que atualmente é um mercado avaliado em US$29 bilhões para produtos alimentícios e não-alimentícios.

E o movimento “compre do negócio local” está bombando.

Na verdade, o movimento dobrou de tamanho nos últimos dez anos, com 40% da geração Y preferindo comprar de lojas locais, mesmo que isso custe mais caro.

Essas são ótimas notícias para donos de negócios locais que procuram impulsionar suas vendas.

Agora, você só precisa descobrir maneiras de se colocar diante desses usuários que estão ativamente procurando lojas locais.

Consiga a atenção de pessoas que estão querendo comprar de seu negócio ao invés da Amazon ou outro grande varejista online.

Desenvolver novas táticas de marketing é o único jeito de se manter em dia e impulsionar vendas locais.

E as marcações do Google Maps são uma das melhores maneiras de conseguir isso.

Vou explicar um pouco sobre marcações do Google Maps e como criar mapas personalizados em apenas alguns minutos para aumentar seu fluxo de clientes.

O que são marcações do Google Maps e por que eu devo me preocupar com isso?

De acordo com dados recentes, mais de um bilhão de pessoas usam o Google Maps, e elas o usam para transitar por mais de 1,5 bilhão de lugares por ano.

Isso quer dizer que um monte de pessoas ainda estão por aí à procura e a caminho de negócios locais.

E isso também significa que o Google Maps oferece a oportunidade de impulsionar tráfego para o seu negócio local.

Com tamanha base de usuários, não é difícil entender por que a publicidade está começando a se valer dele.

Quando se tem a possibilidade de alcançar milhões de pessoas, não faz sentido ignorar as opções de publicidade.

E, segundo a última pesquisa do Google Local, 30% de todas as pesquisas em dispositivos móveis são consultas baseadas em localização, sobre endereços de lugares:

pasted image 0 477

Além disso, a tendência por esse tipo de pesquisa vem aumentando. Na verdade, ela mais que dobrou no último ano para pesquisas como “lojas abertas agora”.

pasted image 0 243

Até pesquisas por opções de compras locais diretas têm aumentado:

pasted image 0 459

E não para por aí.

O Google constatou que 76% das pessoas que pesquisam em seus dispositivos móveis e smartphones por algo próximo (local) visitam o estabelecimento em até 24h depois da pesquisa:

pasted image 0 260

Se você conseguir colocar sua loja na tela dessas pessoas, você conseguirá garantir 76% dos usuários que fizeram a busca.

Além disso, 28% dessas pesquisas por lojas locais resultam em uma compra no estabelecimento:

pasted image 0 387

Essas tendências têm um peso enorme para donos de lojas locais que querem expandir seus negócios.

Se você quer mais tráfego para sua loja, é preciso se colocar diante desses usuários mobile da forma mais direta possível:

Por aplicativos de mapeamento.

É aí que entram em cena as campanhas de marcação no Google Maps:

Se você conhece o Google Maps, provavelmente já reparou na miríade de marcações vermelhas que aparecem quando você abre seus mapas.

pasted image 0 427

Elas servem para reconhecer estabelecimentos que são pontos de referência na região.

Mas você percebe que nem todas as lojas aparecem no mapa quando o abrimos?

Não vemos cada pequeno negócio ou loja nele.

Marcadores de lugar no Google Maps funcionam de maneira diferente. Elas aparecem como marcações roxas para pesquisas específicas.

Por exemplo, se você fizesse uma busca por desodorante ou lentes de contato perto de você, teria um resultado mais ou menos assim:

pasted image 0 246

Você verá instantaneamente um marcador roxo indicando a localização da loja local próxima de onde você está.

Com a adição desses pontos customizados no Google Maps, as empresas podem até mesmo oferecer pequenas promoções via cupons para quem fez a pesquisa dependendo do que ele buscou.

Esses anúncios ajudam pequenos negócios a fisgar aqueles usuários que vão à loja local para usar o cupom e comprar o produto que estavam procurando.

Quando um usuário clica numa promoção, ele pode ver mais informações sobre a loja e como usar aquele cupom.

pasted image 0 263

Milhares de pequenos negócios estão começando a usar mapas personalizados no Google Maps.

Você talvez já tenha reparado nos anúncios quando abre seu Google Maps e faz uma pesquisa local:

Google Maps is about to get a lot more ads The Verge

Assim como o que acontece com anúncios PPC baseados em buscas, a página da sua empresa vai aparecer no topo da lista de resultados por determinado termo pesquisado.

Isso te dá a chance de se colocar à frente e desbancar a concorrência na sua região.

Marcações do Google Maps são basicamente uma versão local de anúncios pagos em resultados de busca no formato de um mapa personalizado do Google Maps.

Você pode usá-los para destacar seu estabelecimento quando uma pessoa usa o aplicativo para encontrar lojas.

Vou te mostrar como criar mapas personalizados no Google Maps e começar a aproveitar essa nova plataforma de publicidade hoje mesmo.

Como adicionar pontos customizados no Google Maps

Configurar marcadores de lugar no Google Maps leva só alguns minutos.

Existem algumas funções básicas necessárias para o uso dessa nova plataforma em desenvolvimento.

Elas envolvem o uso do AdWords. Então, se você já tem uma conta do Adwords ativa, esta configuração será ainda mais rápida.

Mas, antes que possamos entrar no Adwords e começar a rodar anúncios com marcações, é preciso verificar seu estabelecimento com o Google oficialmente.

Isso pode até levar uma semana ou mais, porque requer o recebimento de uma carta do Google com detalhes de confirmação para verificar que seu negócio é real.

O Google exige isso para que se possa provar a legitimidade do negócio.

Para verificar seu estabelecimento com o Google, é preciso adicionar ou requisitar a listagem do seu negócio.

Isso pode ser feito acessando o suporte nesse link.

Primeiro, é preciso entrar no Google Meu Negócio.

pasted image 0 248

Clique em “Comece agora” para começar o processo.

Depois, é preciso procurar pelo seu negócio na plataforma de mapa e checar se ele já existe e se precisa ser reivindicado.

pasted image 0 241

Se o seu negócio não aparecer, será preciso fazer a verificação com o Google.

Pode-se fazer isso clicando em “Não, este não é o meu negócio”.

Depois, eles pedirão para você preencher um formulário com as informações sobre seu negócio. Eles vão pedir dados como número de telefone, endereço e como entrar em contato com você.

Uma vez terminado, é só uma questão de tempo até que você receba a documentação necessária do Google por correio para fazer a verificação do seu negócio.

O Google faz isso para prevenir que pessoas aleatórias se apropriem do seu negócio.

Depois que a sua conta no Google Meu Negócio e a listagem dele estiverem ativos, vá para o Adwords para vincular sua conta.

Vá para a aba “Adicionar Extensões”. É aqui que você começa a ativar as extensões necessárias para poder usar as marcações promovidas do Google Maps:

pasted image 0 254

Aqui, selecione a opção de “Extensão de Local” do menu em cascata:

pasted image 0 469

Clique no botão vermelho “+ Extensão” para vincular seu perfil no Google Meu Negócio:

pasted image 0 267

Vincule seu perfil e conta para ativar as marcações promovidas.

Depois disso, é hora de configurar mais algumas extensões de local.

Clique depois em “Extensão de Chamadas”:

pasted image 0 249

Aqui, adicione seu número de telefone e informe se você quer que o Google Maps reporte isso para conversão de dados (isso é altamente recomendado):

pasted image 0 377

Essa configuração vai ajudar seus anúncios de marcações do Google Maps a mostrar seu número de telefone, tornando mais fácil para as pessoas “clicar para ligar” para sua loja.

E é isso aí. Esses são os únicos passos que você precisa dar para começar a adicionar pontos customizados no Google Maps.

Para acompanhar o êxito desse recurso para seu negócio, pode-se facilmente desvendar algumas métricas dentro do Adwords.

Primeiro, vá até a seção “Campanhas”:

pasted image 0 270

Aqui, clique em “Segmentar” e depois selecione “Tipo de Clique”:

pasted image 0 451

Aqui, você poderá ver um monte de dados que mostram a performance de suas marcações.

Por exemplo, dê uma olhada nos tipos de cliques que mostrariam isso:

pasted image 0 313

Dá para ver como quase todos eles são cliques baseados em buscas locais?

Como “Trajeto de carro” ou “Detalhes do local” e “MAP IN LOCATION FORMAT”.

Esses são tipos de clique que marcações promovidas mostram.

É possível usar as métricas para esses cliques para ver suas respectivas performances, também.

pasted image 0 397

Marcações promovidas do Google Maps são uma maneira excelente de se destacar dos negócios locais na sua região.

Se você quer se diferenciar e aparecer primeiro em resultados de buscas no Google Maps, você deve investir parte de seu orçamento de PPC em marcadores de lugar no Google Maps.

Experimente usá-los hoje mesmo para gerar um maior fluxo de clientes e aumentar as vendas na sua loja.

Táticas para aumentar vendas locais com pontos personalizados

Agora que você já registrou seu estabelecimento local no Google Meu Negócio e configurou as marcações do Google Maps no Adwords, é hora de impulsionar as vendas.

Então, como tirar proveito da listagem e gerar conversões reais e tangíveis?

Bem, já estamos um passo à frente da concorrência.

Sabemos que pessoas fazem compras locais através de buscas por negócios por localização, CEP, cidade e até por bairro.

As pessoas já estão fazendo compras na sua região. Só é preciso garantir que elas vejam primeiro seu negócio e suas ofertas.

Um dos  melhores exemplos para se inspirar  vem de um estudo de caso feito pelo Google sobre como a PetSmart usou buscas locais para impulsionar seu tráfego.

pasted image 0 335

A PetSmart começou a usar anúncios locais no Google Adwords para uma super impulsão de tráfego para suas lojas.

Eles queriam investir mais em buscas pagas para impulsionar vendas locais, e não apenas pedidos online.

Além disso, a PetSmart quis melhorar a experiência de compra desde a primeira interação online até a visita à loja local propriamente dita.

Eles passaram a usar marcações do Google Maps e anúncios em buscas locais para gerar cliques e engajamento.

A implementação de anúncios em buscas locais revelou que entre 10% e 18% do total de cliques em seus anúncios trouxeram uma visita à loja em até 30 dias.

Isso é bem impressionante para uma simples campanha de busca local! Dá para imaginar o que 10%-18% de aumento no tráfego faria pelas vendas da sua loja?

A PetSmart teve sucesso porque eles aderiram à tendência no início e conseguiram capitalizar no mercado crescente de buscas locais.

Para saber como gerar mais vendas, podemos olhar para como as empresas atualmente vêm usando mapas personalizados do Google Maps.

Dê uma olhada essa imagem do Search Engine Land que mostra como três empresas hoje usam marcações do Google Maps para produzir anúncios:

pasted image 0 257

Vamos analisá-las individualmente para entender exatamente como elas estão se destacando dentre outros negócios em suas regiões.

Começando pela Walgreens, já podemos ver uma tendência sobre a qual eles estão capitalizando:

pasted image 0 288

Eles estão usando o período de festas para gerar um imenso fluxo de clientes para suas lojas.

Aumentar o entra-e-sai de clientes é possivelmente um dos melhores jeitos de usar mapas de localização personalizados para impulsionar vendas em sua loja.

Vendas na época de festas são um grande catalisador de vendas offline.

De fato, em 2016, a Federação Nacional de Varejo conduziu um estudo que revelou um aumento de 4% em vendas no varejo.

Durante o período de festas, entre novembro e dezembro, a média das vendas de varejo teve um aumento de US$ 658.3 bilhões em receita.

Eles também constataram que vendas em lojas de departamentos diminuíram em 7%, enquanto lojas menores aumentaram as vendas dependendo de qual era o carro-chefe de seus produtos.

E isso são boas notícias para o dono de pequeno negócio que quer gerar mais vendas locais.

Vendas de festas de fim de ano são uma ótima maneira de usar marcações do Google Maps. São ainda mais úteis em ocasiões como a Black Friday, que gerou receitas acima de $3 bilhões em um único dia em 2016.

Segundo o TechCrunch, menos de 50% das pessoas fazem compras online para as festas de fim de ano.

pasted image 0 368

Ainda que esses números aumentem lentamente, ainda temos mais de 50% das pessoas fazendo compras de festas de fim de ano em lojas físicas.

Isso dá uma margem imensa para negócios locais quando se trata do período de festas e do uso de pontos customizados no Google Maps para chamar atenção e impulsionar vendas.

E a Walgreens não é o único negócio tendo sucesso com mapas personalizados de fim de ano para vendas locais.

A MAC Cosmetics também usou essa estratégia:

pasted image 0 406

Com pessoas gastando mais do que nunca no período de festas, e com tanto tráfego ainda sendo gerado para lojas físicas, usar essa estratégia faz todo sentido.

Anúncios do Starbucks durante as festas também são bastante comuns:

maps ads promoted places png 1600 952

Crie anúncios rápidos e incríveis no Adwords e comece a atrair compradores de festas de fim de ano agora mesmo.

As melhores lojas locais já entraram na onda. Se você quer competir, comece a criar um local no Google Maps personalizado para o período de festas desde já.

Outra maneira comum de usar marcadores de lugar para aumentar vendas é capitalizar  em cima de ofertas para viajantes criando mapas personalizados do Google Maps.

Pessoas viajam para novas cidades, países e estados o tempo todo.

Há uma grande chance de fisgar visitantes vorazes com anúncios no Google Maps porque sabemos que eles estarão usando a plataforma para se guiar.

Por exemplo, confira esses anúncios que eu recebi no Google Maps quando pesquisei por “aluguel de carros seattle”.

pasted image 0 252

Essas duas agências de aluguel de carros conseguiram se posicionar acima das outras na região usando marcações no Google Maps.

Isso significa que elas provavelmente conseguem bem mais cliques do que as agências no fim da página.

Eu também reparei que tive o mesmo tipo de resultado ao buscar por “agência de viagem seattle”:

pasted image 0 328

Se a sua empresa depende muito de vendas locais, pense em adicionar pontos customizados no Google Maps.

Se o seu negócio é o tipo de estabelecimento que as pessoas costumam buscar do Google Maps, marcações promovidas são altamente recomendáveis.

Isso pode incluir negócios como:

  • Cafés
  • Mercearias
  • Floriculturas
  • Lanchonetes e restaurantes
  • Empresas voltadas a viajantes
  • Pontos turísticos
  • Lojas voltadas a turistas
  • Negócios do ramo hoteleiro

Sem se limitar a essa seleção, esses negócios têm altas chances de sucesso nessa plataforma.

Por quê? Porque, na maioria das vezes, clientes descobrem esses lugares diretamente através de marcadores de lugar no Google Maps.

E, se você pode se dar a vantagem de aparecer em primeiro lugar nos resultados de buscas, você deve fazê-lo.

Veja essa busca que provavelmente é comum no Google Maps para pessoas visitando Seattle:

“Tour de seattle”.

pasted image 0 354

O Google lista inúmeros resultados de busca para essas palavras-chave, mas apenas um aposta em marcações promovidas.

Eles têm um nome bastante sugestivo, além de avaliações impecáveis e detalhes da empresa.

Por que não seguir o exemplo deles? Use pontos customizados no Google Maps para destacar sua empresa no meio da concorrência.

O uso de pontos customizados no Google Maps para impulsionar vendas ainda é novidade.

O Google lançou esse recurso em março de 2016, e ainda estão refinando a ferramenta.

Contudo, ela é perfeita para o momento atual, já que aquele mesmo artigo também mostra que vendas locais estão em alta.

O movimento em prol de estabelecimentos locais cresce de forma constante, e o Google está ajudando estes negócios locais a encontrar novas maneiras de conseguirem vendas.

Conclusão

Administrar um negócio local parece mais difícil do que nunca.

Marketplaces online têm dominado a competição por vendas.

As pessoas podem encomendar praticamente qualquer coisa do conforto de suas casas.

E isso deveria ser o pior pesadelo de qualquer dono de negócio local.

O fluxo de clientes e compras na loja são críticos para seu negócio. Não podemos nos dar ao luxo de perder vendas para um marketplace como a Amazon.

Felizmente, isso não é necessário. Marcações promovidas no Google Maps te permitem focar em usuários diretamente no Google Maps.

É possível anunciar sua loja e produtos para locais e usuários de mapas na sua região.

Os relatórios mais recentes do Google mostram que pessoas que fazem buscas estão constantemente procurando por negócios locais.

Os dados mostram até que várias dessas pessoas visitam as lojas em até 24 horas para fazer compras.

Isso significa que, para conseguir uma fatia desse mercado, é preciso usar marcações do Google Maps.

Comece configurando marcações promovidas hoje mesmo fazendo a verificação do endereço do seu estabelecimento.

Depois, configure marcações promovidas como extensões no Google Adwords.

Procure promover marcações do Google Maps nas festas de fim de ano. A maioria das pessoas ainda compram em lojas no fim de ano, e isso te dá uma chance de obter mais vendas.

Se seu negócio é frequentemente encontrado diretamente pelo Google Maps, pontos customizados te ajudarão a trazer um fluxo ainda maior de clientes.

Marcações promovidas podem ser a salvação para o seu negócio no que diz respeito a fluxo de clientes na loja.

Qual é o melhor método que você já usou para aumentar o tráfego local na sua loja?

Compartilhe