Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

Assessoria De Imprensa: O Que É e Como Fazer Em 2020

equipe de assessoria de imprensa

Assessoria de imprensa é uma estratégia de comunicação de marcas e empresas, cujo objetivo é conquistar a divulgação espontânea e gratuita na mídia, seja em portais na internet, jornais, rádio ou televisão. Cabe ao assessor transformar o seu cliente em notícia.

A assessoria de imprensa é uma estratégia para quem quer gerar visibilidade para o negócio, mas não sabe ao certo como fazer isso.

Pode estar aí solução certa para alavancar a exposição da empresa no mercado. Ou mesmo do profissional, no caso de um esforço de marketing pessoal.

Não é de hoje que esse tipo de atividade tem papel fundamental para a divulgação de marcas e empresas.

Afinal, manter uma boa imagem diante dos veículos de comunicação também é uma forma de conquistar a confiança dos clientes.

E, convenhamos, que quase todo empreendedor sonha em virar notícia. Porém, muitos ficam em dúvida sobre o que é preciso para chegar a esse objetivo.

Foi por isso que criei este artigo

A proposta é apresentar um guia completo para que possa tirar todas as suas dúvidas sobre assessoria de imprensa.

Você vai descobrir o que é, como fazer e de que maneira combinar a estratégia com o marketing de conteúdo para alcançar melhores resultados.

Boa leitura!

O que é assessoria de imprensa?

coletiva de imprensa

Assessoria de imprensa é tornar um cliente atraente aos olhos dos veículos de comunicação. Em outras palavras, transformar pessoas ou empresas em notícia.

Isso porque toda vez que um negócio ganha destaque na imprensa, acontece o que se chama de mídia espontânea, sem custos.

A divulgação e a visibilidade se tornam consequências naturais do processo, trazendo impactos para lá de positivos.

O principal objetivo do assessor de imprensa é fazer a gestão do relacionamento entre o cliente atendido e a imprensa. Isto é, servir como uma espécie de ponte entre eles.

Então, para que o trabalho seja bem feito, precisa conhecer a fundo tudo o que envolve o cliente.

Deve saber quais são seus pontos fortes, oportunidades de melhoria, objetivos, concorrentes e por aí vai.

Mas, também, estudar muito bem sobre seu mercado de atuação para identificar o que pode ser relevante para a audiência.

Mais do que administrar informações para torná-las relevantes, é necessário saber para quem direcionar.

Embora em alguns países não seja preciso ser jornalista para atuar com assessoria de imprensa, no Brasil, os profissionais geralmente têm essa formação. Também existem aqueles que são formados em relações públicas e até em publicidade e propaganda.

A história da assessoria de imprensa

mulher executiva mexendo em laptop

As evidências do relacionamento com distribuidores de notícias datam lá do século 16.

Mas o primeiro registro oficial de um trabalho de assessoria de imprensa só aconteceu no século 20.

Isso ocorreu em 1906, quando o jornalista norte-americano Ivy Ledbetter Lee decidiu fornecer informações relevantes de empresas à imprensa.

E, assim, começou um trabalho de assessoria, até ter sua reputação manchada pelo suposto envolvimento com o nazismo em 1930. Lee é considerado o pai das relações públicas.

Naquela época, ainda havia pouca distinção entre jornalismo e relações públicas. Mas, em algum momento não documentado, houve uma ruptura.

Desde então, relações públicas se voltou ao público final da empresa, enquanto a assessoria de imprensa foca no relacionamento com a mídia.

No Brasil, a assessoria começou a ganhar força em 1909, quando o presidente Nilo Peçanha criou a “Secçao de Publicações e Bibliotheca”.

O objetivo dele, com isso, era integrar serviços de atendimento, publicação, informação e propaganda.

Mas só em 1967 foi criada a Associação Brasileira de Jornalismo Empresarial (Aberje), que hoje adota Comunicação no nome em vez de Jornalismo.

Funções da assessoria de imprensa

equipe jovem

De modo geral, a função do assessor é oferecer informação relevante ao público-alvo do veículo de comunicação desejado.

Para isso, deve se basear nos critérios de noticiabilidade, seguir um planejamento de pauta, acompanhar os veículos e mapear o que interessa.

É um trabalho que depende do relacionamento com a imprensa.

Afinal, é impossível que os meios de comunicação saibam tudo o que ocorre com todas as empresas e governo sem a ajuda de um assessor.

Então, ele precisa saber como passar isso para o jornalista da maneira mais interessante e objetiva.

Confira as principais funções da assessoria de imprensa:

  • Criar relações confiáveis com meios de comunicação para se tornar fonte de informação respeitada e requisitada
  • Deixar claro para os assessorados que não são todas as notícias internas da empresa que interessam à imprensa
  • Planejar situações para divulgar as atividades do assessorado para os jornalistas
  • Fazer clipping de mídia com notícias de interesse do assessorado, incluindo a mídia local, nacional, internacional e concorrentes
  • Capacitar o cliente para aprender a lidar com a imprensa, garantindo uma imagem positiva junto a ela
  • Preparar materiais como press release e press-kit, além de agendar entrevistas coletivas e ações de relações públicas
  • Acompanhar entrevistas
  • Fazer follow-up com jornalistas
  • Mensurar o trabalho realizado e aprender os resultados conquistados com suas atividades.

Ficou em dúvida sobre o que significam algumas das palavras que apresentei nessa lista?

Então, você precisa conhecer o significado de press release, press-kit, entrevistas coletivas, relações públicas, relações com a mídia e clipping.

São atividades que fazem parte do dia a dia do profissional de assessoria de imprensa.

Explico melhor sobre elas a seguir.

Press release

megafone e título Press Realease escrito em giz

É um texto escrito em linguagem jornalística para informar fatos relevantes sobre a empresa aos veículos de comunicação.

Pode se referir a seus produtos, serviços, eventos, novidades ou modelo de negócio.

O principal objetivo do release, como também é chamado, é vincular a empresa a algo interessante.

Assim, ela se transforma em notícia e as chances de que seja divulgada são maiores.

Em muitos casos, são publicados de modo integral pelos jornalistas.

Já em outros, os profissionais entram em contato para obter mais informações.

Press-kit

ilustração com titulo Press kit e simbolos relacionados

É um kit para divulgar um novo produto ou chamar atenção para alguma atividade da empresa.

Também conhecido como kit de imprensa, tem o objetivo de divulgar determinadas novidades do negócio.

Para fazer, é preciso antes pensar sobre qual será o objetivo da ação.

Em seguida, levantar os custos para produzir os materiais de cada kit. Podem ser: bloquinho, caneta, CD com fotos, produtos recém-lançados, etc.

Assim, funcionam como ferramentas de marketing promocional.

Hoje, o press-kit não se limita mais aos jornalistas, mas também pode ser distribuído em feiras de negócios e treinamentos.

Serve para qualquer público de interesse, incluindo parceiros, patrocinadores e os próprios colaboradores.

Entrevistas coletivas

equipe de entrevista

São eventos organizados pelas assessorias para reunir diversos veículos e transmitir informações de interesse público imediato.

Com o volume de informações que chegam às redações todos os dias, a convocação de coletivas só deve ocorrer em casos extraordinários.

Caso contrário, a situação pode se tornar um fracasso e repercutir negativamente nos veículos.

É uma estratégia indicada para anunciar novidades de impacto, como a fusão de grandes empresas ou responder à situação de crise, por exemplo.

Isso evita que vários jornalistas procurem a organização ao mesmo tempo e ajuda a otimizar o tempo dos porta-vozes envolvidos.

Relações públicas

microfones

Ações de relações públicas têm o objetivo de conectar e comunicar o público através de vários relacionamentos.

Pode ser para informar, influenciar ou persuadir grupo de pessoas como clientes, investidores, fornecedores ou a própria mídia.

Em tempos onde os influenciadores digitais estão cada vez mais em alta, também ajudam a aproximá-los de empresas interessadas em divulgação.

Relações com a mídia

entrevista

É um trabalho que se baseia na relação entre a empresa e a imprensa.

Uma ferramenta para o fortalecimento da imagem e do posicionamento junto a formadores de opinião.

Faz parte das atividades de relações com a mídia tudo o que vimos até aqui:

  • Identificar o que é notícia para elaborar e distribuir releases
  • Atender às solicitações dos veículos de comunicação
  • Facilitar e intermediar entrevistas
  • Promover coletivas de imprensa.

Clipping de mídia

equipe executivo em mesa de escritório

Fazer clipping de mídia nada mais é do que juntar em um relatório tudo o que foi veiculado sobre o cliente.

Isto é, todos os veículos nos quais ele foi notícia em um certo período de tempo.

É como um termômetro para medir a efetividade do trabalho de assessoria de imprensa.

Afinal, quanto mais notícias positivas sobre o negócio forem publicadas, melhor.

Assessoria de imprensa ou de comunicação?

laptop acessando várias páginas

Embora pareça se tratar do mesmo tipo de trabalho, as atividades de assessoria de imprensa e de comunicação são distintas. E isso pode causar muita confusão.

Mas estou aqui para ajudar você a entender as semelhanças e as diferenças entre os dois conceitos.

Em primeiro lugar, posso dizer que todo assessor administra a informação entre a empresa e seus stakeholders.

Ou seja, tanto a assessoria de imprensa quanto a de comunicação cuidam da imagem do assessorado.

Já as diferenças começam com a composição das equipes.

A assessoria de imprensa é formada por jornalistas e relações-públicas que atuam como ponte entre as empresas e os veículos. Já a assessoria de comunicação tem, pelo menos, um jornalista, publicitário e relações-públicas.

Então, no segundo caso, o trabalho é mais aprofundado.

Trata não só de formas para criar um melhor clima organizacional, desenvolver campanhas e propagandas. Mas, também, de identificar e solucionar pontos delicados da organização.

Enquanto os assessores de imprensa elaboram estratégias de comunicação para a mídia, a assessoria de comunicação planeja para dentro e para fora da empresa.

O perfil de um assessor de imprensa

garotas jovens a frente de computador acessando tablet

Com muito mais correria do que glamour, a rotina do assessor de imprensa exige certas habilidades indispensáveis. E muitas delas não são ensinadas na faculdade.

Entenda o que o assessor de imprensa precisa saber:

  • Escrever bem, com versatilidade e entendendo que as palavras são suas melhores amigas
  • Fotografar, para fazer coberturas ou pelo menos orientar o fotógrafo profissional sobre as imagens que precisa
  • Entender de design para passar o briefing para que agências possam criar press-kits, convites, entre outros
  • Se comunicar e se relacionar para garantir espaço na mídia e alcançar bons resultados em seu trabalho.

O que não faz um assessor de imprensa

dupla profissional lendo papéis

Agora, veja o que não é responsabilidade desse profissional:

  • Atuar como pós-vendas
  • Cobrir eventos para veículos
  • Elaborar estratégias para os canais digitais
  • Negociar espaço em mídia
  • Organizar o pronunciamento para eventos em que veículos da imprensa não estejam envolvidos.

Planos de assessoria de imprensa

equipe de trabalho e homem em destaque sorridente com jornal e tablet

Ter habilidade para planejar ações é algo fundamental para o trabalho de assessoria de imprensa.

Isso vale principalmente quando o objetivo é solucionar um problema de comunicação, como um escândalo de corrupção, por exemplo.

Exige pensamento estratégico, estabelecimento de metas, identificação de meios de comunicação prioritários, definição de ações e cronograma.

Combinando marketing de conteúdo com assessoria de imprensa

mãos acessando laptop com título conteúdo de marketing no inglês

É comum que exista confusão em entender e separar marketing de conteúdo da assessoria de imprensa.

Mas são duas atividades que podem caminhar juntas. Afinal, têm um objetivo em comum.

Então, minha sugestão é combinar a assessoria de imprensa com a estratégia de marketing de conteúdo da sua empresa.

Assim, você tem acesso a um processo capaz de impulsionar o alcance do conteúdo do seu negócio. Uma forma de conseguir publicar com muito mais facilidade até mesmo guest posts.

Outra vantagem é que, juntando as duas práticas, você pode enviar uma mensagem unificada em plataformas digitais diferentes. Isto é, tanto em publicações online como nas redes sociais.

Veja mais algumas recomendações para mesclar essas duas frentes de atuação:

  • Criar calendários de promoção editorial com base nas prioridades do negócio e sazonalidade
  • Manter a comunicação alinhada para evitar o desperdício de tempo e de recursos
  • Planejar os temas da campanha juntos para não divulgar assuntos diferentes ao mesmo tempo
  • Trabalhar para a criação de conteúdos que possam ser reutilizados.

Conclusão

Mesmo com a revolução digital e o declínio da mídia impressa, o trabalho da assessoria de imprensa continua sendo fundamental.

Hoje, inclui todos os veículos presentes na internet.

Por isso, é importante que você aprenda a explorar as oportunidades abertas pelos canais digitais, como blogs, sites e redes sociais.

Dentro desse cenário, integrar a assessoria de imprensa ao marketing de conteúdo pode ser a melhor solução.

É uma forma poderosa para sobreviver em um espaço digital cada vez mais disputado. E, claro, de entregar conteúdo de valor para potenciais clientes e para a própria mídia.

Quer coisa melhor? Um verdadeiro boom no seu potencial de marketing está prestes a começar.

Espero que esse artigo ajude você a se inspirar para planejar ainda melhor os seus próximos esforços de comunicação.

E a sua empresa, já atua com marketing de conteúdo ou assessoria de imprensa? Quais são os seus principais desafios em relação ao aumento de sua visibilidade e exposição?

Me conte sua história aqui nos comentários.

Compartilhe