Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

Tags Para YouTube: O Que São e 5 Dicas de Como Escolher

tags para videos no youtube

Saber utilizar as tags para YouTube pode fazer toda a diferença para a sua estratégia nessa rede social tão incrível.

Afinal, para que as pessoas assistam às suas peças em vídeo, elas precisam chegar até elas.

É tão óbvio quanto parece.

Só que seus conteúdos no YouTube são encontrados de diferentes formas, que vão além da busca do usuário na barra superior ou a partir de vídeos relacionados.

É justamente sobre isso que falo neste artigo.

Se você tem objetivos de marketing na plataforma, deve escolher as etiquetas (tags) corretas.

São elas que vão levar novos usuários de forma fácil até o seu canal.

É o que todo criador de conteúdo quer, não é mesmo?

Mas, muitas vezes, essa ação acaba sendo deixada de lado. Ou, em alguns casos, realizada de maneira errada, sem critério.

Não seja mais um a cair nessa cilada.

Existem processos para otimizar as etiquetas e fazer com que mais usuários encontrem o que foi publicado por você.

Então, quer saber como escolher as melhores tags para YouTube?

É exatamente o que vou responder neste texto.

Por isso, continue a leitura e aprenda tudo que é necessário para se destacar na maior ferramenta de vídeos da web.

Vamos em frente?

Antes de continuar, se você quer aumentar sua vendas e saber quais são as melhores estratégias para promover seu negócio online, clique aqui para receber o Guia Completo de Marketing Digital.

guia completo de marketing digital

O que é uma tag no YouTube?

tags no youtube

Uma tag no YouTube é uma etiqueta que classifica o assunto, a categoria ou outros elementos dispostos no conteúdo oferecido.

Diferentemente de artigos de blog, os vídeos apresentam um material audiovisual.

Isso quer dizer que não há uma leitura automática do que é postado na rede.

Imagine o quão trabalhoso seria para os profissionais responsáveis assistirem a cada vídeo para classificá-los.

Uma verdadeira missão impossível, não é mesmo?

É por isso que eles contam com a ajuda dos criadores para essa tarefa.

Nada mais justo, já que é por meio das tags que o algoritmo da ferramenta aumenta o alcance das publicações.

Ou seja, elas são um recurso de SEO (Search Engine Optimization).

Afinal, o YouTube também tem o seu próprio mecanismo de buscas e aparece como resultados no Google.

Além disso, as etiquetas também são utilizadas para identificar e recomendar vídeos relacionados.

Viu só como são importantes?

E, para facilitar o entendimento, vou usar um exemplo básico.

Vamos supor que você vá a uma biblioteca para encontrar o seu livro favorito.

Você consegue dimensionar o quanto seria difícil localizar a obra desejada sem o processo de etiquetagem?

Ficção científica, fantasia, terror, quadrinhos, romance, humor, contos, literatura nacional e internacional.

São tantas categorias, mas os livros estão espalhados, sem essa diferenciação.

Imaginou?

No YouTube, as coisas funcionam exatamente da mesma maneira.

Se você deixar as tags de lado, dificilmente o algoritmo (e, consequentemente, os usuários) vão encontrar o seu conteúdo.

Em marketing, isso é exatamente o oposto do que queremos.

Afinal, quanto mais pessoas interessadas, melhores os resultados.

Qual a importância das tags em seus vídeos?

importancia das tags nos videos do youtube

Acredito que a importância da escolha de tags para YouTube já tenha ficado clara.

Mas quero trazer mais alguns dados para reforçar isso.

Hoje, a maior plataforma de vídeos do mundo conta com 2 bilhões de usuários, conforme informações atualizadas do site Statista para 2020.

Além disso, uma pessoa gasta em média 40 minutos por sessão na plataforma, revelou a Omnicore Agency – um número que cresce 50% ao ano.

Com isso, nada menos que 1 bilhão de horas de conteúdo são assistidas todos os dias no YouTube, segundo dados da própria plataforma.

Do outro lado da moeda, temos os criadores de conteúdo.

Nesse caso, nada menos que 500 horas de vídeo recebem upload na plataforma a cada minuto, conforme também indica o Statista.

Por um lado, isso é ótimo, já que mostra que as pessoas têm cada vez mais interesse no formato.

Por outro, escancara a existência de uma grande concorrência.

É por isso que utilizar as tags para YouTube é essencial.

Através dela, você pode aumentar o número de aparições do seu conteúdo nos resultados de pesquisas.

Além disso, poderá surgir como recomendação em vídeos relacionados.

Vale lembrar que o algoritmo da plataforma leva em consideração uma série de variáveis, sendo as tags um dos mais importantes.

Além dela, temos o título, a descrição, as visualizações, os inscritos, as curtidas, os comentários, o tempo de visualização, os links que apontam para a URL do vídeo, entre outros.

No entanto, aqui, qualquer detalhe faz toda a diferença.

Portanto, se você deseja aumentar seus ganhos com o YouTube, precisa usar as etiquetas.

Como escolher as tags certas?

escolha das tags certas para videos no youtube

Já que a escolha das tags para YouTube é tão importante, como fazer isso do jeito certo?

Vou contar uma pequena e rápida história para você entender melhor.

Vamos imaginar que você iniciou seu canal no YouTube para divulgar conteúdo sobre cuidados com animais, estava muito animado.

Assim, investiu uma boa grana em equipamentos, cursos para ser um YouTuber e ferramentas de edição de vídeos.

Na sequência, produziu uma série de vídeos de qualidade em questões de conteúdo e audiovisual.

Porém, ao realizar o upload do material, cometeu um erro grave.

Como iniciante, inseriu como tag a primeira coisa que lhe veio à mente: animais.

Veja bem, essa é uma etiqueta interessante para o vídeo, mas não é suficiente.

As etiquetas são variáveis e, assim como as palavras-chave, quanto mais específicas forem, melhor.

Uma única tag não diz muito sobre o conteúdo do vídeo.

Além disso, é preciso realizar uma busca apurada para saber quais delas têm um bom volume de procura.

Esse processo, aliás, é ótimo para obter ideias sobre conteúdos para utilização.

Descobrir quais são as principais dúvidas dos usuários é uma maneira eficaz para responder a elas, conquistando um maior número de views.

É por isso que, no meu exemplo, você não conseguia entender os motivos pelos quais dificilmente conseguia atrair a atenção dos internautas.

Com um pouco mais de estudo, é possível descobrir que etiquetas como “cuidados com os animais” aumentariam bastante a sua aparição nos resultados de buscas.

Mas não para por aí – e vamos seguir no exemplo.

Supondo que, em seu primeiro vídeo, no qual ensina a dar banho em cães, você adicione a tag “higiene canina”.

Também troca o título do conteúdo de “Aula 1: cuidando do pet” para “Como dar banho no meu cachorro?”.

Afinal, é um termo muito mais propício se você se colocar no lugar do usuário, não é mesmo?

Sim, o título também é uma tag, muito embora não seja o foco deste texto.

Porém, aliando ambas as atividades, o tráfego gerado para suas páginas de vídeos foram aumentando gradativamente.

É assim que se escolhe uma tag: observando o comportamento dos usuários na web.

Não se preocupe, pois falarei sobre algumas ferramentas úteis para essa ação adiante.

E lembre-se: a melhor etiqueta nem sempre é aquela que tem o maior volume de pesquisa, mas a que corresponda de forma mais precisa à dúvida do usuário.

Afinal, você não quer que o usuário fique insatisfeito ou feche o seu vídeo logo nos primeiros segundos, não é?

Dicas para escolher as tags para YouTube

dicas para escolha de tags no youtube

Nessa tarefa de escolher as tags para YouTube, existem práticas recomendadas que podem ajudá-lo.

A seguir, veja algumas dicas para fazer a seleção.

1. Use a palavra-chave principal do vídeo como primeira tag

Quando redigimos um texto para ser indexado no Google, selecionamos uma palavra-chave como principal.

Assim, ela, seus sinônimos e outros termos relacionados são inseridos ao longo do artigo.

Em resposta, o mecanismo identifica a relevância da keyword (palavra-chave) em questão e potencializa o ranqueamento nos resultados de busca.

É por isso que ela é utilizada no título, nos subtítulos e ao longo da escrita.

No YouTube, normalmente, a palavra-chave é aplicada no título do vídeo e em sua descrição.

Mas também pode aparecer nas tags.

Principalmente a primeira etiqueta selecionada, que recebe atenção especial dos robôs do algoritmo.

2. Use tags abrangentes e específicas

Ao falarmos em SEO para YouTube, existem dois tipos de palavras-chave existentes: as de head tail e as de long tail.

As de head tail são mais genéricas.

Vamos a um exemplo?

Imagine que você tenha um canal para falar sobre tecnologia em geral.

Assim, em um dos vídeos, poderia inserir a tag genérica “tecnologia”.

No entanto, nesse conteúdo específico, você fala sobre os telefones inteligentes.

Assim, uma tag um pouco mais específica cairia bem, como “smartphones” ou “celulares”.

Ainda assim, são bastante abrangentes, concorda?

Então, vale a pena tentar filtrar ainda mais.

Uma etiqueta como “iPhone 6” pode vir a calhar.

Ou, quem sabe, “iPhone 6 usado”, dependendo do conteúdo do vídeo.

Isso é muito importante, já que quem busca pode utilizar exatamente as tags mais específicas, e as chances de atrair um público cuja dúvida você soluciona são maiores.

Portanto, enquanto as tags abrangentes têm um maior volume de buscas, as específicas atraem pessoas que realmente enxergam valor no material.

Além disso, quanto mais genérica, maior a concorrência.

Por isso, varie suas tags quando for publicar os seus vídeos.

3. Não exagere no número de tags

O número de tags não deve ser muito elevado.

Isso porque tal ação pode confundir os bots, atraindo pessoas que não têm interesse no seu conteúdo.

Aí você pensa: mas se o meu objetivo é ter o maior alcance possível, qual é o problema disso?

Bom, como eu disse antes, esse não é o único critério de ranqueamento.

Então, se as pessoas acessarem o vídeo e observarem um conteúdo sem relação ou pouco condizente com o que buscam, elas o fecharão imediatamente.

Isso influencia bastante no posicionamento, dizendo ao YouTube que o vídeo não é relevante.

Portanto, utilize somente as tags que realmente se aplicam ao material.

A plataforma permite o uso de qualquer quantidade de palavras, mas a somatório não deve ultrapassar 120 caracteres.

Uma boa média fica entre seis e oito tags para YouTube.

4. Não utilize o nome de outros canais

Ao utilizar nomes de outros canais, você está dando um tiro no pé.

Isso porque o algoritmo enxerga essa ação como uma tentativa de burlar as suas diretrizes

Por conta disso, tal ação vai contra o que a plataforma prega.

No entanto, se o conteúdo está relacionado ao canal citado, seu uso não terá consequências negativas.

5. Não coloque tags na descrição

Não se engane: as descrições são importantes para os buscadores.

Entretanto, sozinhas, elas não dizem muita coisa.

A descrição é uma espécie de resumo.

Sua função é trazer uma prévia do conteúdo ao usuário e inserir informações adicionais que facilitam a vida do espectador.

Então, não coloque somente as etiquetas desejadas.

Em vez disso, tente encaixá-las em um contexto.

Quais são as principais ferramentas geradores de tag?

geradores de tag

Agora que chegamos até aqui, você deve estar se perguntando quais são as ferramentas que podem auxiliá-lo na hora de gerar tags.

Abaixo, confira algumas das mais utilizadas pelos criadores de conteúdo no YouTube.

Keyword Tool

A Keyword Tool é uma popular ferramenta utilizada por produtores de conteúdo, mas que também tem grande valor para os videomakers.

Isso porque permite que o utilizador filtre o mecanismo de pesquisa ou rede social desejado.

Se você reparar na imagem acima, verá que o YouTube é a segunda plataforma listada.

Selecione-a e realize sua busca.

Na sequência, uma vasta lista de palavras-chave relacionadas será exibida.

Algumas informações são limitadas e você precisará realizar o pagamento para ter acesso a dados mais específicos.

Entretanto, mesmo em sua versão gratuita, é muito útil para obter informações sobre os termos de busca e tendências de crescimento.

VidIQ Keyword Tool

Uma alternativa interessante é o VidIQ.

Essa plataforma é utilizada exclusivamente para canais no YouTube.

Antes de usá-la, é necessário realizar um cadastro – uma ação que não dá muito trabalho.

Além das sugestões de tags e palavras-chave, você também terá acesso a informações como o volume de pesquisas, a competição pelos termos e os índices de crescimento das buscas.

YouTube Analytics

O YouTube Analytics é a ferramenta nativa de recolhimento de dados da plataforma.

Para acessá-la, faça login no YouTube e clique sobre a imagem de foto no canto superior direito da tela.

A seguir, selecione “YouTube Studio” para chegar à ala de edição e análise de vídeos.

Na sequência, selecione “estatísticas” no menu à esquerda.

Por fim, clique na aba “alcance” no centro do layout.

Aqui você verá alguns dados sobre a origem do tráfego.

Elas são muito importantes para que você possa realizar ajustes ou ter ideias para criar seus próximos vídeos.

Porém, seu recurso mais poderoso é exibido quando você clica em “origem do tráfego: pesquisa do YouTube”.

Assim, será apresentada uma lista com os principais termos pesquisados que originaram acessos aos seus vídeos.

Autocompletar do YouTube

Assim como o Google, o YouTube possui a ferramenta de autocompletar.

Isso acontece quando o usuário digita uma sequência de letras na barra de buscas.

Assim, o mecanismo identifica as pesquisas mais populares e realiza sugestões de pesquisa.

Ali, você verá algumas boas ideias para tags.

Afinal, se elas foram listadas, significa que há um volume de procura pelos termos.

Conclusão

Você aprendeu neste artigo tudo que é necessário para escolher as suas tags para YouTube.

Logo de cara, descobriu o que são elas e por qual motivos são tão importantes para o marketing na plataforma.

Mais à frente, viu como escolher as tags certas, além de observar uma lista com algumas dicas essenciais para seu uso.

Por fim, conheceu algumas das principais ferramentas utilizadas para descobrir etiquetas que podem fazer toda a diferença na hora de tornar o conteúdo rastreável.

E então, este texto foi útil para você? Deixe a sua opinião nos comentários abaixo.

Também aproveite para dar as suas dicas sobre o tema.

Como tem usado as tags para YouTube na sua estratégia?

guia completo de marketing digital

Compartilhe