Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

Mercado digital: o que é, importância e principais tendências

mercado digital

O mercado digital é uma constante. Hoje, é impossível escapar desse braço de negócios que tomou conta do mundo.

E você, quer ser um(a) empreendedor(a) de sucesso? Saiba que, antes de tudo, dominar esse campo é essencial.

É, eu sei: “é fácil falar, Neil. Difícil é fazer“. Eu concordo, viu? Mas pense bem:

A tecnologia já faz parte de todos os aspectos do nosso dia a dia.

Do aplicativo que calcula o melhor momento para acordar à forma como pedimos um carro para ir trabalhar, até a pizza encomendada para o jantar.

Impulsionada pela democratização da internet e a popularização dos smartphones, essa transformação digital afetou a forma como nós consumimos e compramos.

Nesse sentido, se antes o meio digital era um campo de “promessas”, agora é uma realidade concreta.

E se você quer se sobressair, é preciso ir além.

Mas o ponto de partida começa aqui: entender como entrar no mercado digital, como funciona, sua importância, áreas propícias para investir tempo e dinheiro, tendências e dados gerais atualizados.

E aí, ficou interessado(a)? Se tem uma coisa que eu gosto de fazer, é ajudar colegas empreendedores(as) e facilitar o seu caminho no mundo dos negócios.

Por isso, escrevi este guia completo para descomplicar o tema e mostrar como inovar nesse mercado digitalizado e competitivo de hoje.

Boa leitura!

O que é mercado digital?

O mercado digital é o universo de vendas, compras e quaisquer tipo de oportunidades comerciais dentro da internet. Ou seja, tudo que é possível fazer no mundo online que traga retorno financeiro.

É, eu confesso: essa é uma conceituação bem ampla. Mas dá para ser mais objetivo?

Afinal, o que é mercado digital senão a versão online do que conhecemos como o “mercado” aqui fora, no mundo real e offline?

O principal diferencial é a conveniência: na internet, você compra e vende coisas a partir de alguns cliques. É tudo muito mais ágil, dinâmico, lógico e competitivo — é claro.

E, veja bem, a internet trouxe diversas mudanças na forma como compramos, vendemos e consumimos.

Pelo mundo todo, os números de acesso crescem a cada ano que passa.

Presente cada vez mais em todos aspectos da nossa vida, a tecnologia tem afetado diretamente como nos relacionamos com o mundo exterior.

A popularização do smartphone na última década intensificou esse processo. Foi um passo importante para baratear a tecnologia, democratizar seu acesso e criar novas formas de fazer negócio.

Hoje, é possível usar o celular para efetuar transações financeiras, comprar mercadorias, orçar e encomendar serviços, consumir mídia, entre outras facilidades.

Quando falo em mercado digital, me refiro a todos os processos de compra, venda e troca que acontecem usando a internet em alguma etapa.

Por mais que seja algo relativamente novo, esse segmento conta com empresas gigantes, atuando de maneira profissional para garantir um serviço de qualidade para seus clientes e usuários.

Com opções seguras para anunciar, divulgar, comprar, pagar e vender, nunca foi tão fácil criar seu mercado no mundo digital.

Como funciona o mercado digital?

como funciona o mercado digital

Não há mistério: as transações no mercado digital ocorrem por intermédio da tecnologia e, na maior parte das vezes, requerem uma conexão à internet. Assim, qualquer um, de qualquer lugar, pode vender ou comprar essencialmente o que quiser.

Faz sentido e eu vou te explicar o porquê:

O ponto de partida de todas as interações e transações no mercado digital são os dispositivos.

Eles vão estar presentes em todas as fases, seja para pesquisar sobre um produto, fazer a compra ou até mesmo seu consumo.

Se há alguns anos o tráfego global convergia para uma maioria mobile, hoje é possível atestar esse fato — inclusive, quando olhamos somente para o Brasil.

Olha esse gráfico que puxei do Statcounter.

Source: StatCounter Global Stats – Platform Comparison Market Share

Veja só o desempenho do mobile: quase 20% maior que desktops em percentual total de acessos registrados em 2023.

Pensando nisso, os negócios digitais precisam estar prontos para receber essas visitas, elaborando páginas mais leves e adaptáveis para as telas menores.

É o que se chama de design responsivo.

Agora, nenhum mercado que se preze sobrevive sem clientes.

Por isso, o sucesso dos negócios digitais depende das pessoas terem um amplo acesso à internet rápida e segura.

Afinal de contas, foi-se o tempo em que a conexão discada dava conta de atender a todas as nossas necessidades (ou melhor, não dava, mas não sabíamos disso ainda).

A banda larga se tornou fundamental para o surgimento de novos serviços — como os streamings de vídeo, que hoje representam quase metade dos dados transmitidos pela internet.

Por fim, a fragmentação dos serviços é outra tendência que podemos observar no funcionamento da indústria digital.

Cada vez mais, são criados serviços dedicados a resolver demandas específicas, como pagamento, hospedagem, domínio etc.

Quais são as características do mercado digital?

O mercado digital é marcado por muita coisa.

Mas posso salientar algumas delas:

  • Acessibilidade: fato é que o mercado digital é acessível a todos que possuem um dispositivo conectado à internet, independentemente de localização física ou classe social. Isso democratiza o acesso a produtos, serviços e informações, criando um ambiente mais inclusivo e equitativo!
  • Globalização: ele também não possui fronteiras físicas, então permite que empresas e consumidores de todo o mundo se conectem e realizem transações. Essa característica abre um leque de oportunidades para empresas de todos os portes!
  • Agilidade: estamos falando de um mercado dinâmico e ágil, com processos que se desenvolvem em tempo real. Isso permite que empresas respondam rapidamente às mudanças do mercado (o que as tornam responsáveis por isso também!);
  • Personalização: personalizar a experiência do consumidor, adaptando produtos, serviços e conteúdos às suas necessidades e interesses específicos, é uma forte característica. E ainda gera maior engajamento e fidelidade dos clientes, que se sentem valorizados e compreendidos;
  • Interatividade: há uma  comunicação bidirecional entre empresas e consumidores, criando um ambiente interativo e dinâmico. As empresas recebem feedback instantâneo dos clientes, aprimoram seus produtos e serviços e constroem relacionamentos mais próximos e duradouros;
  • Medição: é muito mais fácil ter dados no digital! Esse mercado ajuda empresas a acompanhar e mensurar seus resultados de forma precisa e detalhada, principalmente através de ferramentas de análise e monitoramento;
  • Inovação: novas tecnologias e ferramentas são lançadas a todo momento e incorporadas ao mercados, o que exige que empresas estejam constantemente inovando e se adaptando às mudanças para se manterem competitivas no mercado;
  • Empreendedorismo: não dá para negar que esse é um ambiente propício para o empreendedorismo, com baixos custos de entrada e acesso a um mercado global!

Por que é importante para uma empresa estar no mercado digital? 

Vamos lá: por que você deveria se preocupar em entrar no universo dos negócios digitais?

Bom, é fácil puxar alguns motivos.

Veja os principais:

Baixo custo de publicidade

O mundo digital oferece uma variedade de opções econômicas de publicidade.

Duvida?

Duvida? Olha só: das redes sociais à SERP, você pode alcançar um público muito mais amplo (ou super nichado) sem gastar muito.

Assim, com anúncios direcionados, você se concentra nos clientes com maior probabilidade de conversão.

Vantagem competitiva

Ao adotar o braço digital dos negócios, sua organização fica à frente da curva.

Ele permite que você desenvolva soluções inovadoras, adapte-se às mudanças no comportamento do consumidor e responda às flutuações do mercado com mais eficiência.

Melhoria de relacionamento com o cliente

Ter uma forte presença digital ajuda você a construir e manter melhores relacionamentos com seus clientes — isso é fato.

No mundo digital, você obtém mais facilmente informações sobre as necessidades e preferências de seus clientes, bem como permite que se personalize a experiência e ofereça atendimento imediato ao consumidor, o que resulta em melhor satisfação e maior lealdade à marca.

E ainda permite que se personalize a experiência e ofereça atendimento imediato ao consumidor, o que resulta em melhor satisfação e maior lealdade à marca.

Maior alcance

O mundo digital não tem fronteiras, o que significa que sua empresa pode alcançar clientes em todo o mundo.

Assim, é possível aproveitar de seus recursos para expandir sua presença, o que serve de porta de entrada para novos mercados, e diversificar seus fluxos de receita e aumentar exponencialmente sua base de clientes.

4 áreas do mercado digital para investir 

Então, quais os tipos de mercado digital para investir seu tempo, esforço e dinheiro?

Quer uma notícia boa primeiro? 

Esse é um universo vasto — o que é também a má notícia se você queria facilidade…

É preciso ser criativo e ir além, mas você pode prestar atenção nestes segmentos:

Economia compartilhada

A economia compartilhada revolucionou vários setores, do transporte à hospitalidade.

Investir em plataformas que facilitam o compartilhamento de bens e serviços ponto a ponto pode render retornos substanciais à medida que as preferências do consumidor mudam para o consumo colaborativo.

E-commerce

e-commerce é uma área do mercado digital

O e-commerce continua a crescer a uma taxa surpreendente.

Ao investir em uma loja online ou aprimorar uma já existente, você capitaliza em cima dessa tendência e aumenta as vendas.

Claro, criar uma loja virtual não é necessariamente um passo inovador, mas o que você vai vender (e como o fará), sim!

Ah, e não se esqueça de otimizar seu site e fazê-lo mobile-friendly, pois cada vez mais clientes compram por smartphones.

Criação de conteúdo

Criar conteúdo online? Está aí uma das respostas para “como entrar no mercado digital?”.

Ao investir na criação de conteúdo de qualidade, você atrai e retém clientes, estabelece sua marca como autoridade e melhora seu posicionamento nos mecanismos de busca.

É uma receita simples, mas com ingredientes complexos e que carecem de muito cuidado — e os resultados? Bom, podem levar sua marca até a lua!

Considere criar um blog, um canal no YouTube, um podcast e explorar qualquer tipo de formato que atenda às preferências do seu público.

Marketing digital

O marketing digital abrange uma variedade de táticas, de SEO ao e-mail marketing, que ajudam você a alcançar e converter clientes online.

É um guarda-chuva que inclui todos esses segmentos acima — e uma estratégia indispensável para quem possui um negócio virtual.

Ao investir em uma estratégia de marketing digital completa, você direciona tráfego para seu site, aumenta o brand awareness e, claro, melhora seus resultados.

Dados sobre o crescimento do mercado digital no mundo

Sejamos honestos: hoje, se o seu negócio não estiver imerso na esfera digital, você simplesmente perde incontáveis oportunidades de fazer negócios.

O boom do comércio eletrônico e da tecnologia abriu caminho para negócios que eram inimagináveis apenas uma década atrás.

A facilidade da banda larga e a onipresença dos smartphones tornaram a internet mais acessível do que nunca.

Então bora para alguns números.

A internet é o palco para 5,4 bilhões de espectadores, ou 67% da população mundial, conectados, participando ativamente desse show digital, de acordo com a União Internacional de Telecomunicações (UIT). 

Por outro lado, ainda temos 2,6 bilhões de pessoas, ou 33% da população global, esperando nos bastidores, sem acesso e que revela, claro, uma divisão digital ainda persistente.

Enquanto isso, no Brasil, pensando mais em números de comércio digital, a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico (ABComm) prevê que o e-commerce nacional alcançará um faturamento estelar de R$205,11 bilhões em 2024. 

Isso seria um salto impressionante de 10,45% em relação a 2023!

Pouquinho dinheiro, né?

São estatísticas incríveis que mostram o imenso crescimento desse mundo de oportunidades.

E então, são dados que respondem a seguinte pergunta: “o que é trabalhar no mercado digital?”.

Basicamente, uma corrida pelo ouro para criar a nova solução que pode viralizar e chamar a atenção de um grande público-alvo.

Ou simplesmente a luta para manter-se estável o suficiente para continuar a fazer negócios, crescer e fidelizar clientes.

Quer tirar proveito disso tudo? Então, confira as dicas do próximo tópico.

10 tendências do mercado digital

tendências do mercado digital

O mundo digital é extremamente dinâmico, com diferentes inovações em destaque a cada volta do relógio.

A velocidade com que as novidades chegam é cada vez maior e, em um piscar de olhos, o que era novo ontem pode ser ultrapassado hoje.

Você sabe bem do que eu estou falando, né?

Por isso, quem quer trabalhar no mercado digital precisa estar sempre de olho nas inovações, lendo e se informando sobre o que está em alta.

Separei abaixo as 10 principais tendências para o mercado digital que você precisa conhecer para se manter atualizado.

Mobile Marketing

Como já mostrei, o número de pessoas com acesso à internet nunca foi tão grande. E boa parte desse crescimento deve-se a popularização dos smartphones.

A melhoria nas redes e o consequente barateamento dos planos de dados foram fatores determinantes para que o mobile se tornasse, hoje, a principal fonte de tráfego de muitas páginas.

Ainda que esse não seja o principal canal quando o assunto é conversão de vendas, existe muito espaço para crescimento.

Aprenda mais sobre mobile marketing nestes artigos:

Transmissões ao vivo

As transmissões ao vivo são ótimas formas de engajar com seu público. Elas proporcionam um espaço de interação que aproxima a marca dos clientes.

Também conhecidas como lives, esse tipo de ação serve para apresentar tutoriais, realizar sorteios, lançamentos de novos produtos ou esclarecer dúvidas.

Hoje, as principais redes — como Facebook, Twitter e Youtube — já contam com ferramentas próprias para o usuário realizar transmissões ao vivo.

Conteúdos Visuais

As pessoas estão cada vez mais visuais em sua comunicação — e isso não tem como negar.

Diversos relatórios já expuseram o fato de que o conteúdo visual, seja ele imagem ou vídeo, apresenta maiores taxas de engajamento com o público.

É claro que o texto não morreu, e ainda é muito importante investir em artigos que possam ranquear bem nos buscadores e alavancar seu negócio para o topo dos resultados de pesquisa.

Ainda assim, conteúdos visuais despontam como uma comunicação capaz de chamar atenção tanto dos algoritmos quanto dos usuários.

Vídeos curtos

Além do visual, não podemos negar que os vídeos curtos especificamente são cada vez mais fortes como meio promocional do mercado digital.

Aquele conteúdo caracterizado pela sua brevidade e dinamismo, como os populares “stories” em várias plataformas, mas também aos Tik Toks, está se tornando cada vez mais central no marketing digital.

Mas qual é a tendência aqui?

As empresas precisarão aproveitar esses formatos para criar campanhas criativas e memoráveis que se alinham com os hábitos de consumo de mídia (da geração atual e das que virão!)

Realidade Virtual e Realidade aumentada

realidade virtual e realidade aumentada são tendências do mercado digital

A realidade virtual e realidade aumentada também são tendências que já aparecem em diversos negócios do mundo digital.

A diferença entre as duas é simples: enquanto uma utiliza elementos da realidade, a outra se propõe a transportar o usuário para um mundo completamente novo.

Chamamos de realidade aumentada o uso de ferramentas digitais para estender a experiência offline, como nos usos de QR code em jornais e noticiários.

Já a realidade virtual usa óculos especiais para inserir a pessoa completamente em um novo contexto. Essa tecnologia é bastante empregada em games e simulações para motoristas e pilotos.

Geomarketing

Ainda que não seja exatamente uma novidade, o geomarketing entra nesta lista, pois segue altamente efetivo e, por isso, muito empregado em estratégias de marketing digital.

Ele consiste em fazer ações com foco específico para uma cidade, região, estado ou país e segmentar a entrega do seu conteúdo de acordo com a limitação.

Esse tipo de ação é especialmente útil para negócios locais ou para anunciar ofertas restritas a uma região.

Marketing Viral

Produzir um material que viraliza é o sonho de todo empreendedor digital ou produtor de conteúdo.

Chamo de marketing viral aquelas peças que acabam alcançando um número de pessoas muito maior do que o esperado. Assim, alavanca a exposição do que está à venda com um pequeno investimento.

Esse é um resultado que todos querem, mas é importante ter cuidado para que, no fim, o seu conteúdo não acabe viral pelos motivos errados.

Web Analytics

web analytics é uma tendência do mercado digital

Eu posso te apresentar diversos dados sobre as médias de origem de tráfego e comportamento do usuário no ambiente digital, mas, no fim, só uma análise detalhada do seu negócio pode trazer respostas concretas.

Neste sentido, o web analytics pode ser bastante útil.

Esteja você em domínio próprio ou hospedado em uma plataforma, existem hoje na internet diversas ferramentas — gratuitas, inclusive — que podem te ajudar a ter insights sobre como o seu público se comporta.

Economia compartilhada

A economia compartilhada, ou economia do compartilhamento, propõe um novo modelo de negócios voltado para o compartilhamento dos bens e serviços entre mais de um usuário.

Em contraponto ao individualismo de nossa era, as pessoas têm encontrado formas criativas de otimizar o tempo e os recursos com um consumo coletivo.

Pelo mundo todo, startups já promovem o compartilhamento de roupas, livros, aplicativos de carona, só para dar alguns exemplos.

Inteligência artificial

A inteligência artificial tem contribuído para sistemas digitais cada vez mais sofisticados, com um poder de processamento que já lembra o da inteligência humana.

Essa tecnologia é uma filha direta do mercado digital e é empregada hoje em chatbots, campanhas de marketing, serviços de atendimento ao cliente, automação de e-mail, entre outras soluções.

Um exemplo que já é básico nos dias atuais é o ChatGPT — ferramenta inovadora da OpenAI que criou um “subnicho” de conteúdos voltados especialmente para ensinar como utilizá-lo para ganhar dinheiro.

É um dos muitos exemplos que posso dar sobre a aplicação da IA no mundo dos negócios digitais!

Internet das coisas

O conceito de internet das coisas propõe a integração no mundo digital em tarefas do cotidiano, de modo a conectar aparelhos que costumam operar de maneira analógica.

Essa tecnologia promove uma nova vivência do consumo ao destruir as fronteiras entre o online e o offline.

Um dos exemplos mais comuns de sua aplicação são as já famosas automações, que permitem que o usuário acenda e apague as luzes de casa pelo celular.

4 dicas para negócios no mercado digital

dicas para negócios no mercado digital

Agora que você já conhece as principais tendências do mercado digital, chegou a hora de colocar a mão na massa para aplicar tudo isso no seu negócio.

Ainda que o seu empreendimento seja uma loja física, marcar presença no ambiente digital é fundamental.

Afinal de contas, a internet já faz parte do processo decisório de consumidores dos mais diferentes segmentos.

Seja procurando pelo endereço e telefone, lendo as avaliações no Google ou as fotos dos produtos publicadas no Instagram: o digital inevitavelmente aparece em alguma etapa da jornada de compra.

Confira abaixo quatro dicas poderosas para que você também possa colocar seu negócio no mundo dos negócios digital e alavancar seus resultados.

Conheça bem seu público

O público é o primeiro item desta lista, pois é justamente ele quem vai nortear os seus esforços dentro do mundo digital.

Quem conhece bem seu público consegue traçar estratégias mais assertivas, se certificando de que está recorrendo aos canais corretos para acessar quem de fato interessa.

Para atingir este patamar, é preciso manter um relacionamento estreito com a sua clientela, buscando entender a fundo quais são suas características e hábitos para prever suas necessidades de consumo.

Conheça bem o seu mercado

Ainda que você promova pesquisas e mais pesquisas para entender seu público, de nada vai adiantar se você não tiver conhecimento sobre o segmento de mercado no qual está inserido.

O ideal é investir em um setor com o qual você tenha intimidade para que consiga ter uma visão mais estratégica sobre qual caminho seguir na hora de escolher os canais de divulgação.

É claro que você não precisa ser o maior especialista do mundo no produto que vende ou no serviço que oferece.

Por outro lado, contar com um conhecimento aprofundado transmite autoridade para o consumidor e, automaticamente, te dá alguns pontos a mais em relação à concorrência.

Defina seu canal de vendas

Escolhido qual será o segmento de mercado e o público atendido, você precisa começar a pensar nos canais de venda para o seu empreendimento.

Eu já falei um pouco disso no tópico sobre os tipos de mercado, mas não custa reforçar, né?

Quem quer colocar seu negócio no universo digital precisa avaliar suas opções para escolher entre investir em um domínio próprio, contratar um serviço de vendas ou anunciar em marketplace.

Dedique-se à divulgação

Por fim, a divulgação é o que vai comunicar sobre o seu produto para o público e, por isso, demanda atenção para garantir que os seus esforços empregados até agora serão recompensados.

Você, basicamente, deve optar entre investir em canais de divulgação orgânica ou contar com uma estratégia de mídias pagas.

Para tanto, leve em consideração que o primeiro caminho é mais barato, mas o segundo pode ser mais certeiro.

Ainda, será preciso escolher dentre as mídias digitais a melhor para atingir ao seu público-alvo, definido ainda na primeira etapa.

Mensure os resultados

No mundo digital, tudo é mensurável, e essa é uma vantagem gigantesca para qualquer negócio. Medir os resultados das suas ações permite entender o que está funcionando e o que precisa ser ajustado. 

Utilize ferramentas de análise de dados para acompanhar o tráfego do seu site, a eficácia das campanhas de marketing e o comportamento dos usuários. 

Só não esqueça de ser claro quanto a isso: defina valores para taxas de conversão, retorno sobre o investimento (ROI) e custo de aquisição de clientes (CAC).

Assim dá para avaliar o sucesso das suas estratégias e garantir que seus esforços estão trazendo o retorno esperado!

Acompanhe as mudanças do mercado

O mercado digital é dinâmico e está sempre em evolução. 

Nenhuma novidade nisso!

Novas tecnologias, tendências de consumo e regulamentações podem surgir rapidamente, influenciando diretamente o seu negócio. 

Então, minha dica, então, é bem objetiva: mantenha-se atualizado com as últimas notícias do setor, participe de webinars, leia relatórios de tendências e mantenha um diálogo aberto com outros profissionais da área. 

É a melhor maneira de antecipar mudanças e adaptar suas estratégias de forma proativa e, de quebra, aproveitar oportunidades emergentes antes dos concorrentes.

Conclusão

O mercado digital faz parte do cotidiano das pessoas, aparecendo em diversas interações.

O número de usuários na internet só cresce e, com a popularização dos smartphones, a tendência é que a integração entre os mundos on e offline seja cada vez maior.

Como não podia deixar de ser, toda essa tecnologia trouxe também mudanças na forma como as pessoas compram e consomem, inaugurando uma nova leva de oportunidades de negócio.

O mundo dos negócios digitais é uma realidade consolidada e seus efeitos podem ser sentidos nos mais diversos segmentos.

Conhecendo bem o seu público, e mantendo-se atualizado sobre as tendências da área, você também pode integrar o seu negócio no ambiente digital e lucrar com isso.

Então, como você pretende explorar o universo digital?

Me conta aqui nos comentários!

Perguntas frequentes sobre mercado digital

O que é mercado digital?

É o universo de vendas, compras e quaisquer tipo de oportunidades comerciais dentro da internet. Ou seja, tudo que é possível fazer no mundo online que traga retorno financeiro.

Por que é importante para uma empresa estar no mercado digital?

Estar no mundo digital é essencial para que as empresas se mantenham competitivas, alcancem um público mais amplo, reduzam os custos com publicidade e melhorem o relacionamento com os clientes.

Quais são as principais áreas do mercado digital?

As principais áreas do universo de negócios digital incluem economia compartilhada, e-commerce, criação de conteúdo e marketing digital, entre vários outros.

Quais são as tendências para o mercado digital?

As tendências para o mercado digital incluem a crescente importância do mobile, personalização, inteligência artificial e integração de experiências online e offline.

NP Digital Brasil

Você quer resultados imediatos?

Minha agência pode fazer todo o trabalho pra você. Somos especialistas em:

  • SEO - Colocamos seu site no topo das pesquisas do Google
  • Mídia Paga - Fazemos seu negócio alcançar quem importa no momento certo
  • Data & Conversion Intelligence - Desbloqueamos as conversões do seu site e criamos dashboards para melhores análises

Fale com um especialista

Consultoria com Neil Patel

Compartilhe

Neil Patel

source: https://neilpatel.com/br/blog/mercado-digital/