Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

GPT-4: guia completo sobre a atualização do ChatGPT

GPT-4

Você também sente que, de repente, o termo “GPT-4” tomou conta da internet e das discussões online? É que a tecnologia inovadora da OpenAI realmente transformou a realidade de negócios e profissionais.

E sim, parece que não param de pipocar gente falando sobre o tema. A realidade é que ainda exploramos muito pouco sobre esse modelo de IA.

É preciso ir ainda mais fundo para entender o que é e como essa tecnologia pode mudar o mundo — e impactar o seu negócio.

Neste artigo, vou te explicar o que é e o que o GPT-4 faz, suas diferenças para outras ferramentas do tipo, atualizações e muito mais.

Preparado(a)? É só seguir a leitura, pois minha missão é descomplicar o GPT e ajudar você a inovar em sua aplicação, de modo a conquistar os melhores resultados!

banner as principais estratégias de marketing digital

O que é o GPT-4?

GPT-4, ou transformador pré-treinado generativo 4, é o mais recente e poderoso modelo de linguagem IA desenvolvido pela OpenAI.

Com base no sucesso de seu antecessor, o GPT-3 e GPT-3.5, a arquitetura atualizada é capaz de entender e gerar textos com qualidade semelhante à humana.

Expliquei mais profundamente em meu guia definitivo sobre ChatGPT, mas basicamente é o seguinte:

O GPT é um modelo de linguagem natural que usa um banco de dados como base para gerar texto. Para isso, o usuário só precisa dar um comando (um prompt), que a IA lhe trará um output (a resposta, o texto em si).

Mas, você pode perguntar, o que diferencia o GPT-4 das versões anteriores?

Bem, essa atualização é o resultado de avanços contínuos em pesquisa e desenvolvimento de IA.

Com uma vasta quantidade de dados e algoritmos sofisticados à sua disposição, esse modelo pode não apenas produzir textos realistas e coerentes, mas também responder a perguntas, traduzir idiomas, escrever códigos e até mesmo gerar conteúdo criativo como poesia e prosa.

De acordo com a OpenAI, o novo modelo IA foi avaliado em relação aos mais avançados benchmarks de machine learning.

Para a surpresa de ninguém, a quarta versão superou a maioria dos modelos de IA existentes (incluindo aqueles considerados mais avançados).

Por que o GPT-4 foi criado?

A tecnologia foi desenvolvida para aprimorar ainda mais os recursos dos modelos de linguagem de IA e ultrapassar os limites do que a inteligência artificial pode alcançar.

De acordo com a OpenAI, as atualizações do novo GPT são as mais recentes conquistas do esforço de escalar o deep learning.

Ele foi construído sobre a base de seus predecessores, e fornece desempenho, precisão e versatilidade ainda melhores.

É algo que vai de encontro com um dos motes da OpenAI: criar inteligência geral artificial (AGI) que beneficie toda a humanidade.

Nesse sentido, eu concordo com uma coisa: o novo GPT está um passo mais perto desse objetivo, com compreensão e geração de linguagem natural mais avançadas.

Isso permite uma ampla gama de aplicações práticas para todo tipo de demandas.

No caso de empresas, possibilita várias coisas, desde aprimorar o suporte ao cliente, auxiliar na criação de conteúdo e até mesmo lidar com tarefas complexas como escrita de código e análise de dados.

Quais são as diferenças entre o GPT-4 e o ChatGPT?

diferenças entre o GPT-4 e o ChatGPT

Eu sei, é um pouco confuso, mas os dois não são a mesma coisa. Afinal, quais as diferenças entre ChatGPT e GPT-4?

Embora ambos os modelos façam parte da família de IA da OpenAI, existem algumas distinções importantes que os diferenciam.

Vou dissecar tudo abaixo, olha só:

Primeiro de tudo, o ChatGPT é uma aplicação específica da OpenAI em forma de chatbot. Ou seja, é baseada em um modelo de IA e é projetada para responder comandos em formato de chat.

Assim como o DALL-E, que também é uma aplicação da mesma empresa, mas em forma de gerador de imagens:

GPT-4 e DALL-E

O GPT-4 (ou o 2, 3 e 3.5) é a arquitetura por trás disso — no caso da versão 4, é o novo modelo de linguagem natural que serve de estrutura para criar essas aplicações que mencionei acima.

Ou seja, tanto o ChatGPT, quanto o DALL-E, só funcionam graças à arquitetura robusta de IA por trás — que se chama GPT.

Agora, vou explicar as diferenças mais sutis:

  • Tamanho e arquitetura do modelo: o novo GPT possui um tamanho de modelo maior, o que significa que possui mais parâmetros, tornando-o ainda mais poderoso e capaz de lidar com tarefas mais complexas do que o ChatGPT;
  • Dados e recursos de treinamento: a última atualização é treinada em um conjunto de dados mais extenso, o que permite gerar respostas mais precisas e diversificadas. Isso também significa que pode lidar com uma gama mais ampla de tarefas, como geração de código ou solução avançada de problemas, em comparação com o ChatGPT.

Hoje, o ChatGPT já possui a quarta atualização do modelo de IA integrado em sua versão Premium, que custa 20 dólares por mês.

Porém, dentro do chatbot, ainda não é possível acessar todo seu potencial de processamento e geração de linguagem — inclusive, é um tanto limitado nesse sentido.

No próprio site da OpenAI, é possível ver algumas comparações entre os dois.

Por exemplo, a quarta atualização supera o ChatGPT em capacidade de raciocínio:

atualização do GPT-4

Caso não tenha entendido, o input é simples:

Andrew está livre das 11h às 15h, Joanne está livre do meio-dia às 14h e das 15h30 às 17h. Hannah está disponível ao meio-dia por meia hora e depois das 16h às 18h. Quais são algumas opções de horários para reuniões de 30 minutos com Andrew, Hannah e Joanne?

Veja que o output em verde é mais conciso, fácil de compreender e com um raciocínio mais apurado.

Quais são as atividades feitas pelo GPT-4?

Ok, mas o que a quarta atualização pode realmente fazer? Tudo que eu disse até agora só colocou mais pressão sobre esse modelo de IA, certo?

Acontece que sim, ele realmente tem muito potencial — e algumas cartas na manga.

Isso o torna versátil o suficiente para lidar com uma ampla gama de atividades.

Veja algumas das coisas que é capaz de fazer:

Criação de conteúdo

Precisa de ajuda para escrever? Sem problemas! Esse modelo de IA te ajuda, seja criando artigos envolventes, apimentando postagens de redes sociais ou até mesmo criando histórias criativas mais criativas.

Talvez seja um dos principais trunfos da nova atualização. Se as versões anteriores já eram impressionantes nessa tarefa, na atualização ficou ainda melhor.

Assistência de programação

Escrever códigos é uma tarefa incrível, mas a repetição pode ser — sejamos sinceros — um pouco chata, certo?

Felizmente o novo GPT pode intervir e ajudar na escrita de códigos de programação, na correção de bugs ou até mesmo na sugestão de melhorias em seu código existente.

Suporte ao cliente

O novo GPT pode fornecer um suporte ao cliente oportuno, preciso e amigável.

Você pode usar toda criatividade para explicar à IA o problema, contextualizá-lo de suas capacidades e pedir ideias para ajudá-lo a proporcionar melhor atendimento.

E claro, no futuro, a nova atualização pode ser incorporada em uma solução de chatbot de atendimento.

Tradução

Diga adeus às barreiras linguísticas, porque a quarta atualização pode traduzir facilmente textos entre vários idiomas, facilitando a comunicação.

Aprendizagem e pesquisa

Aqui, o que causa arrepios em quase todos os SEOs por aí: a alta capacidade do GPT de servir como base para realizar pesquisas e aprender sobre coisas.

Seria o novo competidor do Google ou a ferramenta capaz de acabar com os mecanismos de busca?

Muita calma aí, ok?

(Até porque já temos o Google Bard chegando no horizonte).

Fato é que temos muito que aprender sobre as habilidades do GPT antes de dar uma resposta concreta.

Incontáveis novidades

Além de tudo, vale citar alguns dos recursos ainda em estágio de teste fechado, como é o caso dos inputs visuais.

A gente costuma pensar no GPT como a sua versão em chat: um modelo responsivo que responde suas perguntas ou comandos textuais.

Acontece que a OpenAI já está dando o próximo passo: inputs visuais.

Ou seja, alimentar a IA com fotos e imagens em vez de texto. Um exemplo incrível encontrei no próprio site da empresa:

atividades do GPT-4

Para os(as) amigos(as) que não entendem inglês, vou traduzir.

No input, o usuário fornece uma montagem do que parece um cabo VGA conectado a um celular e pede: “O que é engraçado nesta imagem? Descreva painel por painel.

E o modelo de linguagem IA responde:

A imagem mostra um pacote para um adaptador “Lightning Cable” com três painéis.

  • Painel 1: Um smartphone com um conector VGA (um grande conector azul de 15 pinos normalmente usado para monitores de computador) conectado à porta de carregamento.
  • Painel 2: A embalagem do adaptador “Lightning Cable” com a imagem de um conector VGA.
  • Painel 3: Close do conector VGA com um pequeno conector Lightning (usado para carregar iPhones e outros dispositivos Apple) no final.

O humor nesta imagem vem do absurdo de conectar um conector VGA grande e desatualizado a uma pequena e moderna porta de carregamento de smartphone.

Não é só eu que acho isso incrível, né? Até esbocei um sorriso com isso: a IA corretamente desvendou a imagem. Ela leu e entendeu uma ironia!

Como acessar o GPT-4?

E então, como colocar suas mãos nessa IA que promete muito? Existem algumas maneiras, mas vale ressaltar que a tecnologia ainda está em fases de testes ou com aplicação limitada.

  • Acesso à API: a OpenAI normalmente fornece APIs para os desenvolvedores acessarem e usarem seus modelos de IA. No entanto, a API do modelo GPT-4 ainda não foi liberada. Portanto, fique atento aos anúncios da OpenAI;
  • Aplicativos de terceiros: algumas plataformas e ferramentas integram o GPT em seus serviços, facilitando o acesso e o uso dessa poderosa IA para suas necessidades específicas — é o caso do aplicativo Duolingo;
  • Projetos comunitários: a comunidade de IA é muito ativa e muitos desenvolvedores criam projetos ou ferramentas de código aberto que aproveitam o GPT. Portanto, vá em frente e explore o GitHub ou outras plataformas para encontrar projetos que utilizam os recursos do GPT-4;
  • ChatGPT: você pode utilizar uma conta premium da aplicação de chatbot para ter acesso a uma versão limitada do novo GPT. Foi divulgado que o Bing IA também utiliza uma versão do GPT mais atual.

Lembre-se, a atualização do GPT ainda é relativamente nova e sua disponibilidade vai se expandir.

E você, quer aprender ainda mais sobre o tema? Meu time preparou um webinar completo sobre ChatGPT, com tudo que você precisa saber sobre a ferramenta e como ela pode ajudar no seu negócio. Confira!

Conclusão

O GPT-4 tem muito (e bota “muito” aí) potencial.

Concorda comigo?

Mas é algo que eu já falei em outros posts recentes: é cedo para veredictos além disso. Por isso, acho perigoso taxar esse tipo de inovação como “o novo Google” ou “a ruína do mercado de trabalho“.

Que tal olhar pela perspectiva do copo meio cheio? Essa impressionante IA está agitando as coisas no mundo da inteligência artificial.

Da criação de conteúdo e assistência de programação ao suporte ao cliente, tradução e aprendizado, o novo GPT está se mostrando uma ferramenta inestimável para várias aplicações.

Tenho certeza que mesmo você já a testou para algo, certo? E eu te incentivo a explorá-la ainda mais!

E não tenha dúvidas: seu desenvolvimento e integração contínuos certamente trarão avanços e oportunidades ainda mais incríveis no futuro próximo.

Até a próxima!

banner as principais estratégias de marketing digital

Perguntas frequentes sobre o GPT-4

O que é o GPT-4?

É um poderoso modelo de linguagem de IA desenvolvido pela OpenAI, capaz de executar várias tarefas, como criação de conteúdo, assistência de codificação, tradução e muito mais.

Quando o GPT-4 foi criado?

O GPT-4 é um modelo de IA baseado no antecessor (GPT-3 e 3.5) lançado pela OpenAI em junho de 2020. Embora ainda não tenha sido lançado 100%, foi em 14 de março de 2023 que a empresa revelou o novo modelo ao mundo.

Quais são as atualizações do GPT-4?

Existem várias melhorias do quarto GPT em relação aos modelos anteriores. Ou seja, tudo que o anterior fazia, o novo executa melhor. Além disso, ele é capaz de outras coisas, como melhor processamento de linguagem em diferentes idiomas e mesmo processar inputs visuais.

Como acessar o GPT-4?

O acesso envolve a possibilidade de utilizar a API própria do OpenAI (ainda não lançada), integração em aplicativos de terceiros ou uso de projetos de código aberto criados pela comunidade de IA.

NP Digital Brasil

Você quer resultados imediatos?

Minha agência pode fazer todo o trabalho pra você. Somos especialistas em:

  • SEO - Colocamos seu site no topo das pesquisas do Google
  • Mídia Paga - Fazemos seu negócio alcançar quem importa no momento certo
  • Data & Conversion Intelligence - Desbloqueamos as conversões do seu site e criamos dashboards para melhores análises

Fale com um especialista

Consultoria com Neil Patel

Ubersuggest

Desbloqueie milhares de palavras-chave com Ubersuggest

Quer superar a concorrência?

  • Encontre palavras-chave de cauda longa com alto ROI
  • Encontre centenas de palavras-chave
  • Transforme buscas em visitas e conversões

Ferramenta gratuita

Compartilhe