Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

Por que Você Gasta Tanto com Facebook Ads (Como Mudar isso)

spending a lot on facebook ads

Utilizar o Facebook Ads é uma das melhoras maneiras de direcionar vendas novas (e recorrentes).

Nunca antes uma plataforma de marketing pôde fornecer tais capacidades de alta segmentação de público.

No entanto, tendo uma plataforma assim tão diversa e altamente segmentada, é extremamente fácil acabar gastando muito dinheiro, e rápido.

Existem incontáveis públicos para se criar, interesses para fixar, e demográficos para se focar.

E, além disso, uma variedade quase ilimitada de tipos de anúncios que podem drenar todo seu orçamento de marketing em um só dia.

Porém, o Facebook é uma das melhores maneiras para alcançar seus clientes.

As pessoas passam horas na plataforma toda semana.

Mas entenda que simplesmente pagar por anúncios o tempo todo é uma forma rápida de perder dinheiro.

Praticamente qualquer marca pode se tornar muito bem-sucedida no Facebook, o problema é que muitas delas gastam demais e acabam desistindo.

Não é muito difícil esgotar todo o seu orçamento de marketing utilizando a plataforma.

E você não pode arriscar isso no Facebook.

Felizmente, existem maneiras de poupar gastos no Facebook Ads, e até mesmo aumentar conversões.

Ou seja, há algumas formas de gastar menos e ganhar mais com isso.

Veja agora porque você está gastando demais em anúncios no Facebook, e como resolver isso rapidamente.

Para onde o seu orçamento de anúncios está indo

Primeiro, vamos analisar a razão dos custos para anunciar no Facebook.

Existem muitas variáveis nisso, e o preço da plataforma está relacionado a um certo número de importantes fatores.

Mas, no geral, ela é uma das ferramentas de marketing digital com o melhor custo-benefício.

fbcst

Alguns negócios até mesmo gastam centenas de dólares rotineiramente, mas o ROI faz seus gastos valerem a pena.

Para ser honesto, um orçamento semanal de quatro dígitos é bem modesto se comparar com o que algumas das maiores empresas gastam no Facebook Ads.

Screen Shot 2015 11 06 at 2.41.41 PM

Mas, caso queira experimentar e saber como a plataforma funciona, pode começar com um orçamento de menos de $50 e será o suficiente.

Ao se tratar de quanto gastar e para onde esse dinheiro está indo, a resposta depende de diversos fatores.

No entanto, “depende” não é uma resposta muito satisfatória.

Recentemente, a AdEspresso analisou números comparados de uma média de custos por clique no Facebook para nos ajudar a compreender quais fatores ocasionam aumentos ou reduções no custo de anúncios:

adespresso ad spend countries

E, aparentemente os dados estão em todo lugar. Concluiu-se que, dependendo do país em que o anúncio é realizado, o CPC pode variar em quase um dólar.

Ele pode até mesmo variar dependendo da faixa etária na qual você está focando:

fb ads cost 2016 Q4.003

Geralmente, quanto maior a faixa etária focada, maior o CPC.

O local do anúncio faz uma diferença também.

Anunciar no Instagram, por exemplo, é mais caro do que qualquer outro local no Facebook.

Então, caso esteja anunciando somente no Instagram, pode ser por isso que seus gastos estejam tão altos:

fb ads cost 2016 Q4.004

Até mesmo o dia da semana pode impactar no seu orçamento:

fb ads cost 2016 Q4 day of week

Basicamente, qualquer coisa no Facebook poder ter um grande impacto no seu orçamento.

Agora, outro grande fator é o seu próprio orçamento.

Acredite, é possível utilizar o Facebook Ads e ser bem-sucedido gastando algo em torno de $5 por dia.

E esse é um dos motivos dela ser uma ótima plataforma para anúncios.

Ela é poderosa o suficiente para que grandes corporações multinacionais a usem.

Só que, ao mesmo tempo, é tão acessível que até mesmo o empresário individual mais desprovido pode utilizá-la para direcionar vendas.

No entanto, estas são apenas razões pequenas.

As variações que elas ocasionam nos gastos com anúncios são menores.

Veja abaixo os principais motivos para você estar gastando demais no Facebook Ads:

Como a pontuação de relevância pode aumentar ou diminuir custos

O Facebook determina através de um algoritmo um número para cada anúncio, conhecido como Pontuação de Relevância.

E esse algoritmo não é tão secreto quanto você imagina.

Observe nesta imagem uma forma bem simplificada da equação que estão utilizando.

facebook news feed edgerank algorithm

Agora estenda isso para mais de 100.000 fatores, cada um com uma diversidade de diferentes graus de liberdade.

Pois é, é uma matemática complexa!

A questão é que, no fundo, a pontuação de relevância não é algo completamente arbitrário.

Ela é o resultado de vários algoritmos e cálculos que envolvem quantidades massivas de dados.

E após o sistema ter analisado todos estes dados, é lhe dada uma pontuação em uma escala de 1 a 10.

facebook ad relevance score performance 10

O Facebook, porém, não exibia essa informação até 2015, mas a “relevância” sempre foi algo que eles consideraram.

O feedback positivo inclui ações como clicar, postar o link do anúncio e compartilhar o anúncio.

Estas ações podem ser mais valoradas caso sejam diretamente relevantes para o objetivo da sua campanha.

likead

Por outro lado, ações como remover ou reportar seus anúncios são consideradas como feedback negativo.

O número é baseado na quantidade de feedback positivo e negativo que o anúncio recebe do público.

Quando as pessoas clicam no anúncio, ele sobe. Quando as pessoas removem ou reportam o anúncio, ele desce.

Os usuário podem clicar para visualizar mais informações sobre um anúncio que não gostaram, incluindo informações do motivo de o estarem vendo em primeiro lugar.

Facebook WP 1

Caso removam seu anúncio por não terem gostado, sua pontuação de relevância diminui.

O cálculo desse número é baseado na relação entre o feedback esperado e o feedback apresentado.

Você pode visualizar as pontuações de relevância no Gerenciador de Anúncios do Facebook. Ele será mais ou menos assim:

Screen Shot 2017 01 10 at 4.25.59 PM

Altas pontuações de relevância diminuem seu custo por clique.

Logo, se tiver uma baixa pontuação de relevância, precisará pagar mais para seus anúncios aparecerem no Facebook.

A segmentação de público pode afundar o seu orçamento

É na segmentação de público que o Facebook realmente brilha.

Com ele, você pode realizar campanhas de remarketing hiper-específicas, segmentando de tudo, desde renda até interesses específicos.

No entanto, no Facebook, alguns públicos podem ser mais caros que outros para focar.

O motivo disso? Porque eles são mais competitivos.

Tenha em mente que seus anúncios podem acabar competindo com anúncios de outras empresas que nem mesmo estão na mesma indústria que a sua.

Logo, você não está batalhando somente contra a sua concorrência.

Está contra todos que assim como você, também desejam focar neste mesmo público distinto.

Caso o demográfico específico que você deseja esteja muito concorrido, tenha em mente que precisará gastar mais.

Sobretudo, públicos mais amplos baseados exclusivamente em demográficos simples são mais caros para alcançar:

pasted image 0 1224

Ao limitar sua segmentação, é possível diminuir o número de pessoas que não irão converter e diminuir seus gastos.

Entenda, a segmentação de públicos é uma das estratégias em que você estará mais propenso a cometer erros.

É necessário tempo e experiência para se aprimorar.

Como as épocas do ano podem impactar vendas

Alguns produtos e serviços se baseiam em épocas do ano.

Decorações de natal, serviços de jardinagem em climas frios e lojas de Halloween são alguns exemplos disso.

No entanto, mesmo que seu produto ou serviço não seja realmente baseado em épocas, poderá perceber que o comportamento de compra dos clientes também varia de acordo com isso.

Durante “períodos de pico” no ano, a concorrência aumenta e junto dela aumentam os preços de anúncios.

O maior culpado disso, pelo menos nos Estados Unidos, é o período do ano do qual chamados de “época festiva”.

Entre o fim do outono e o início do inverno, temos diversos feriados, um atrás do outro.

E vários deles, especialmente o Natal, envolvem presentes.

Sem contar a compra de decorações da época, produtos cozidos, e outras coisas que as pessoas consomem nestes feriados.

Wayfair FB.png

Contudo, vale apontar que isso é um problema maior para marcas B2C do que B2B.

Caso você seja uma marca B2B, pode até mesmo considerar diminuir um pouco os gastos com o Facebook Ads durante as épocas festivas.

Se estiver lendo este artigo em novembro ou dezembro e está assustado com o aumento recente nos custos de seus anúncios, é possível que isso esteja acontecendo devido a época do ano.

A localização do anúncio tem grande impacto nos custos

A localização do anúncio tem um papel muito importante nos seus gastos.

pasted image 0 1246

Onde seus anúncios estão sendo exibidos?

Algumas localizações podem ser mais fáceis de serem visualizadas, e, também, muitas marcas acreditam que certas localizações funcionam melhor que outras.

Além disso, há o problema de concorrência por localizações, o que eleva os custos.

Existe uma variedade de opções para escolher onde pôr seu anúncio. Veja alguns exemplos das mais populares:

A localização padrão no feed de notícias do Facebook:

rab oyster facebook news feed ad

No Instant Articles:

Facebook Canvas Ads Screen Shot 2016 02 26 at 12.11.48 PM 516x324

Por vídeos, no feed:

pasted image 0 1234

Nas barras laterais:

pasted image 0 1195

E no feed do Instagram:

pasted image 0 1204

Como pode ver, há diversas opções.

O Facebook te permite tanto escolher manualmente a localização do anúncio quanto deixar com que ela seja escolhida automaticamente.

No entanto, eles recomendam que a localização seja deixada como automática, pois está programada para otimizar os anúncios pelo menor custo possível.

Além disso, recomendam também uma mistura de anúncios diretamente no Facebook, e anúncios no Instagram ou no Audience Network.

Você irá perceber que os anúncios no feed do Instagram são consideravelmente mais caros que os anúncios no feed do Facebook.

Concluindo, ao exibir seus anúncios em locais que irão garantir melhores resultados, poderá sanar uma boa quantidade dos seus gastos com anúncios.

A otimização da veiculação de anúncios pode diminuir gastos

Então, chegamos ao último dos maiores fatores de custo no Facebook Ads: a otimização da sua veiculação de anúncios.

Essa configuração pode ser encontrada abaixo de “Mostrar Opções Avançadas”, dentro de “Orçamento e Agendamento“.

pasted image 0 1201

A opção que escolher irá afetar o custo dos seus anúncios, pois terá um efeito significativo na pontuação de relevância.

Caso decida otimizar para cliques, irá pagar a cada clique (CPC ou custo por clique).

Agora, caso decida otimizar para conversões, irá pagar por ação (CPA).

A sua escolha de otimização irá afetar quais públicos irão visualizar, ou não, o seu anúncio.

Isto é algo sutil e difícil de monitorar, mas você irá perceber que os mesmos anúncios com diferentes configurações de otimização podem acabar com dois preços e resultados completamente distintos.

É possível diminuir os seus custos totais de anúncios ao experimentar várias configurações de otimização para cada um dos seus anúncios ou conjuntos de anúncios.

Diminua seus custos de anúncios com estas quatro dicas

Acredite, é fácil diminuir seus gastos com anúncios no Facebook.

Graças ao seu conjunto bem diversificado de ferramentas, é possível fazer isso manualmente na maior parte das vezes!

Veja quatro maneiras de diminuir rapidamente seus gastos com anúncios.

1. Faça um ajuste nas ações mais caras de conversão.

Preste atenção, pois esta é uma das estratégias mais importantes para reduzir seus gastos, principalmente se estiver utilizando anúncios para uma loja ecommerce.

Caso seus gastos estejam grandes demais no Facebook Ads, é provável que certas ações sejam responsáveis por isso.

Por exemplo, se um anúncio para fazer com que alguém adicione um produto no carrinho de compras está custando $20, ele não deve valer a pena.

Para começar a reduzir custos, crie uma nova regra no Gerenciador de Anúncios:

pasted image 0 1211

Em seguida, selecione uma condição. Condição é uma ação que será desencadeada quando outra ação, escolhida por você, acontecer.

Por exemplo, será algo como “Se a ação X acontecer, desligue meus anúncios”.

Isto pode ser feito ao escolher situações como adicionar ao carrinho de compras, iniciar o processo de checkout e muito mais:

pasted image 0 1232

Depois, utilize uma destas métricas para reduzir seus gastos com anúncios. É possível desligar seus anúncios caso isso aconteça, ajustar o orçamento ou ajustar o seu lance inicial.

pasted image 0 1220

Esta é uma ótima forma de reduzir gastos e colocar seu marketing automatizado em funcionamento!

2. Cheque a frequência dos seus anúncios. Será que o seu público não está saturado?

Dê uma olhada nas configurações de frequência dos seus anúncios.

Se diminuir muito, eles não serão expostos o suficiente.

Geralmente, é preciso apenas algumas visualizações para alguém clicar ou engajar com o seu anúncio.

Por quê? Bem, é porque as pessoas não vão ao Facebook para ver anúncios, então provavelmente se ocupam com outras coisas.

Porém, deixe a frequência alta demais e você desencadeará o que as pessoas chamam de “saturação de anúncios”.

Você alguma vez já assistiu o mesmo anúncio no YouTube várias vezes no mesmo dia? É cansativo, não é?

Mesmo que fosse inteligente, fofo ou engraçado nas primeiras vezes, rapidamente se torna chato.

Felizmente, podemos otimizar a frequência e deixar em piloto automático utilizando as ferramentas de criação de regras do Facebook.

Vá até o seu Gerenciador de Anúncios e clique em “Criar Regra”:

pasted image 0 1211

Então, veja minha recomendação de configuração.

Pessoalmente, gosto de regras simples, e descobri que após as pessoas visualizarem meus anúncios mais de 6 vezes, começam a se cansar deles e minhas pontuações de qualidade e relevância diminuem.

Por isso, estruturei esta regra:

pasted image 0 1207

Basicamente, o resultado dela será:

Desligar todos os anúncios ativos quando a frequência passar de seis vezes.

O que significa que no momento em que as pessoas visualizarem meu anúncio mais de seis vezes, não o visualizarão novamente.

Além disso, recomendo que habilite a notificação por email, para te alertar quando isso ocorrer.

Dessa forma, poderá retornar para criar ou pôr novos anúncios.

3. Realize testes A/B com seus anúncios para descobrir quais são mais eficazes.

Quando você não souber a resposta de algo — como, “Qual público está mais receptivo para este anúncio no Facebook?”, por exemplo — o melhor a fazer é realizar testes e descobrir.

Caso não esteja realizando testes A/B com seus anúncios, saiba que está ficando de fora.

Esta é uma das melhores maneiras de otimizar suas campanhas no Facebook Ads, e ajuda muito na hora de reduzir gastos.

fbsplit

O Gerenciador de Anúncios do Facebook tem a capacidade de realizar os testes A/B.

É possível realizá-los baseando-se em três critérios:

  • Público
  • Otimização de veiculação
  • Localização dos anúncios

Também é possível selecionar um dentre seis objetivos para cada teste realizado.

  • Trafégo
  • Instalação de aplicativos
  • Geração de leads
  • Conversões
  • Visualizações de vídeos
  • Alcance

E esses testes são bem fáceis de fazer.

Esta é uma das formas de teste mais fáceis que já utilizei em uma plataforma de publicidade.

Para começar, abra o Gerenciador de Anúncios e crie um novo anúncio:

pasted image 0 1243

Selecione um dos objetivos possíveis que listei acima:

pasted image 0 1241

Qualquer um deles permitirá que você teste seus públicos, veiculação, e localizações.

Depois, não esqueça de selecionar a opção de Testes A/B antes de continuar:

pasted image 0 1239

Se dirija até a seção de “Variáveis” e selecione suas métricas para o teste:

pasted image 0 1214

Após selecionar a métrica, poderá começar a editar o que será testado em cada conjunto de anúncios:

pasted image 0 1191

Utilize esta funcionalidade para saber quais conjuntos de anúncios funcionam melhor com cada público, para assim produzir conversões mais baratas através dos seus anúncios.

4. Retire os anúncios mal-sucedidos.

Também é preciso retirar anúncios que não estão funcionando bem.

Caso esteja veiculando diversos deles no Facebook, há uma grande chance de que pelo menos um esteja falhando.

Logo, você estará gastando mais com este anúncio do que lucrando, o que irá aumentar seus gastos.

O problema de veicular vários anúncios é que alguns deles simplesmente não dão certo.

É o ciclo da vida em plataformas PPC, não se deixe desanimar.

Ao invés disso, fique atento aos seus anúncios para ter certeza de que não estejam desperdiçando seu orçamento.

Para isso, navegue até o Gerenciador de Anúncios do Facebook através do Gerenciador de Negócios:

pasted image 0 1189

No painel de controle da sua campanha, clique na opção “Criar Regra”:

pasted image 0 1211

Essa é uma ótima ferramenta automatizada incluída na plataforma do Facebook que lhe permite pausar automaticamente os anúncios que estão desperdiçando dinheiro.

Ao invés de precisar checar diariamente a plataforma para saber se os seus gastos não estão subindo, é possível automatizar.

Observe o que fazer para configurar esta regra:

pasted image 0 1236

É possível aplicá-la para seus anúncios ativos, conjuntos, ou campanhas.

Depois, você pode escolher uma das seguintes ações:

pasted image 0 1223

Logo, se o seu custo por ação ou resultado começar a aumentar e sugar seu orçamento, é possível ajustar o lance ou simplesmente desligar o anúncio.

Veja como a regra deve ficar após a configuração:

pasted image 0 1227

Utilize esta ferramenta automatizada para pausar seus anúncios mal-sucedidos e impedir que desperdicem seu dinheiro.

Conclusão

ROI é o que realmente importa na publicidade.

Ao veicular anúncios pagos no Facebook, seu objetivo é tentar lucrar o máximo possível.

Caso esteja perdendo dinheiro — ou não esteja lucrando o suficiente por causa do custo dos seus anúncios — é melhor retroceder e reavaliar suas campanhas de anúncio no Facebook.

Felizmente para nós, o Facebook possui ferramentas de automatização muito poderosas.

Comece ajustando ações de conversão que estejam custando demais.

Depois, cheque a frequência dos seus anúncios. Se assegure de que não está mandando anúncios demais para o mesmo público.

Isso costuma aumentar o custo deles, pela diminuição da pontuação de relevância.

Também realize testes A/B para descobrir qual público está direcionando as conversões mais baratas.

E, por último, retire anúncios que só estejam sugando seu orçamento.

Se existe um problema, é provável que exista uma solução.

Quais táticas você já utilizou para manter os custos dos seus anúncios no Facebook baixos?

Compartilhe