Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

Estratégia de Conteúdo: O Que É e Como Desenvolver a Sua [2022]

Se você busca chegar à primeira posição ou pelo menos à primeira página do Google, aqui vai um segredo para melhorar seu posicionamento: ter uma estratégia de conteúdo de qualidade.

Sua estratégia de conteúdo deve focar na produção de conteúdo de qualidade, engajamento com o público e mensuração de sucessos e fracassos. Não basta sair produzindo conteúdo só por produzir. 

Vamos analisar o que uma boa estratégia contém e como criar uma. 

Passo nº 1: Defina os Objetivos da Sua Estratégia de Conteúdo

Conteúdo de qualidade é aquele criado com um objetivo específico, e esse objetivo precisa ser definido de forma clara. Pergunte a si mesmo se você está criando conteúdo para aumentar a consciência da sua marca, gerar leads, converter usuários, atrair clientes antigos, melhorar suas posições nos rankings de busca ou qualquer outra coisa.

Depois de definir seus objetivos, você pode determinar se uma estratégia de conteúdo é de fato a melhor maneira de alcançá-los. 

Não presuma que conteúdo é a melhor opção em todas as situações. 

Por exemplo, o conteúdo pode não ser muito útil para converter usuários no início do funil de vendas, mas ele pode ser bem importante para atrair usuários para o seu site em primeiro lugar, ao potencializar a consciência de marca e a geração orgânica de leads.

Diferentes segmentos do funil de vendas requerem diferentes tipos de conteúdo. Então você vai precisar decidir qual é o conteúdo mais adequado para uma pessoa receber em um determinado momento. Assim, você vai ter a conversa certa com a pessoa certa no momento certo.

O HubSpot oferece informações úteis sobre os tipos de conteúdo necessários nas diferentes etapas do funil de vendas. Eles dividem o funil de vendas em três áreas-chave, e depois listam os respectivos recursos de conteúdo para cada um, conforme o gráfico abaixo:

Passo nº 2: Pesquise Seu Público Para Sua Estratégia de Conteúdo

Sua estratégia de conteúdo só vai ser eficaz quando você souber qual é o seu público-alvo.

Você pode obter informação de valor analisando que tipo de conteúdo gera engajamento com seus clientes em potencial e em quais redes sociais eles compartilham esse conteúdo.

Você pode fazer isso habilitando o Informações Demográficas e Interesses do Google para os tipos de sites que geram engajamento com seus clientes em potencial e o Google Analytics para o tipo de conteúdo com que eles se engajam, bem como calcular em que redes sociais seus usuários vão estar com base em suas informações demográficas.  

Entender que tipo de conteúdo funciona melhor e onde pode ser útil no longo prazo. O Facebook vem tornando cada vez mais difícil para donos de pequenos negócios aumentarem seu alcance sem anúncios pagos. No entanto, conteúdo em vídeo parece ser o que mais faz sucesso na plataforma, “gerando 1200% mais compartilhamentos do que conteúdo em texto e imagem juntos.”

Entender seu público e como ele age vai te ajudar a restringir sua estratégia de conteúdo sem sentir que você precisa colocar seus ovos em todas as cestas. Criação de conteúdo nas redes sociais funciona bem para negócios B2C, mas nem tanto para B2B.

Passo nº 3: Foque no Seu Nicho Para a Sua Estratégia de Conteúdo

É triste constatar que a Internet está cheia de conteúdo que nem deveria existir. Grande parte do conteúdo é copiado de outros lugares, simplesmente repostado ou só não oferece nenhum valor. A maioria das pessoas não vê 99% desse conteúdo inútil porque ele não chega nem perto do topo das SERPs.

Para evitar que seu conteúdo fique perdido nessa multidão, crie conteúdo que: se destaque, seja original, tenha uma voz única e, o mais importante, ofereça um real valor para os leitores. 

Quanto mais específico você for e quanto mais você focar no seu nicho, maiores as suas chances de se estabelecer como uma autoridade na sua área, independentemente de seus leitores estarem buscando informação ou entretenimento. 

Passo nº 4: Mensure os Resultados da Sua Estratégia de Conteúdo

Mensurar os resultados do seu trabalho de marketing de conteúdo é um dos aspectos mais importantes de desenvolver uma estratégia de conteúdo eficaz. Despejar conteúdo sem analisar o feedback dos seus usuários é como falar ao telefone no mudo. Você precisa saber o que seu público gostou, bem como o que ele não gostou e por quê. 

Veja algumas das métricas mais importantes de se entender:

1. Métricas de Consumo

Essa é a primeira camada de informação que você pode obter quando as pessoas veem o seu conteúdo. Como mencionado anteriormente e mostrado na captura de tela abaixo, você consegue esses dados pelo Google Analytics clicando em Comportamento > Conteúdo do Site > Detalhamento do Conteúdo. Você pode organizar por diversos fatores, como:

  • tempo médio na página
  • taxa de abandono
  • visualizações de página

Com esses dados, você pode encontrar respostas para perguntas como:

Você criou um post que fez seu tráfego explodir? Seus usuários passaram mais tempo em uma peça ou gênero específico de conteúdo? Uma peça específica de conteúdo obteve um número grande de comentários ou compartilhamentos nas redes sociais?

2. Métricas de Compartilhamento nas Redes Sociais

Compartilhamento em plataformas como redes sociais podem ser uma ótima métrica para determinar o quão engajado está o seu público. Pergunte a si mesmo que tipos de conteúdo estão sendo compartilhados, quem está compartilhando, que plataformas estão sendo usadas e, o mais importante, que tipo de conteúdo está convertendo. Veja abaixo os passos para entender que tipo de conteúdo está convertendo:

  1. Faça login no Google Analytics.
  2. Clique em Aquisição>Social>Visão Geral.

Em seguida, você vai ter um relatório semelhante ao abaixo (presumindo que suas metas já estejam configuradas):

Aqui, você tem três métricas importantes:

Conversões: Te mostra o número total e quantidade de conversões. De todas as fontes de tráfego, não só redes sociais.

Conversões Assistidas: Para uma conversão social assistida ser registrada, o visitante precisa ter entrado na rede social uma vez, mesmo tendo usado outra fonte de tráfego antes da última parte da conversão. 

Conversões Associadas à Última Interação: Os visitantes são atribuídos a esse grupo se tiverem vindo das redes sociais e completado a meta a eles designada na mesma sessão. 

Tendo esses dados, eles vão te dar informações sobre o estilo de conteúdo que precisa ser criado para gerar conversões. Você também vai conseguir decifrar quais redes sociais funcionam melhor (leve em consideração que alguns nichos estimulam mais o compartilhamento do que os outros, então compare seu desempenho com os concorrentes que tenham uma base de usuários parecida com a sua).

3. Métricas de Lead 

Se o seu conteúdo é parte de um funil de vendas, pergunte a si mesmo para que parte desse funil você está criando conteúdo. O conteúdo precisa ser feito sob medida para o público específico em cada etapa do funil de vendas. 

Seu conteúdo pode estar atraindo ou afugentando os leads, então monitore sua performance e identifique as áreas que podem melhorar para impedir que os usuários saiam do funil, bem como áreas que podem gerar novos leads. O jeito mais fácil e rápido de monitorar leads é usar metas no Google Analytics.

O tipo de meta mais fácil de se configurar é o de URL de destino. Os passos são os seguintes:

  1. Faça login no Google Analytics.
  2. Clique em Conversões>Metas>URLs de Meta.

3. Clique no botão “Configurar metas”.

4. Clique no botão “+NOVA META”.

5. Selecione “Template” (como na etapa 7 abaixo).

6. Digite a descrição da sua meta (como na etapa 7 abaixo).

7. Selecione “Destino”, e clique no botão “Continuar”.

8. Em detalhes da meta, você vai precisar adicionar a URL da meta que você quer monitorar. Não precisa ser a URL inteira, só o caminho final. Por exemplo, para monitorar www.example.com/thankyou.html, insira apenas /thankyou.html. Aqui, você tem dois detalhes opcionais:

Valor: Você pode atribuir um valor à meta. Por exemplo, se você está vendendo um produto por um preço específico, você pode adicioná-lo aqui.

Funil: Também é possível monitorar uma parte específica do funil de vendas incluindo-a na meta.

9. Clique em salvar e pronto: você configurou uma meta.

10. Para visualizar as metas depois de configuradas, clique em Conversões>Metas> URLs de Metas

Vai aparecer algo mais ou menos assim:

4. Métricas de Vendas

Para a maioria dos negócios, gerar conteúdo tem como objetivo final aumentar a geração de receita. Portanto, se a sua estratégia de conteúdo é baseada em receita, você vai precisar encontrar formas de mensurar a quantidade de receita que seu marketing de conteúdo está gerando. 

Veja abaixo as etapas para entender a quantidade de receita que seu conteúdo gerou:

  1. Faça login no Google Analytics.
  2. Clique em Comportamento>Conteúdo do Site>Todas as Páginas.

Você vai ver algo assim:

Isso vai te permitir atribuir um valor a uma peça de conteúdo. Se o desempenho do conteúdo não estiver tão bom quanto você gostaria, dê uma olhada nesse artigo sobre como aumentar o engajamento com conteúdo.

Para resumir, aqui vai uma imagem que representa as quatro estratégias de marketing de conteúdo explicadas acima: 

Passo nº 5: Ouça Seus Clientes Para Melhorar Sua Estratégia de Conteúdo 

Por mais que a análise de dados seja uma ferramenta imensamente útil, ela só te dá números em preto e branco dentro de um espectro cheio de sutilezas. Tenha acesso ao resto desse espectro ouvindo de fato os seus clientes. Eles precisam saber que estão sendo escutados nas redes sociais, então peça-os feedbacks e sugestões e se engaje com eles regularmente.

Além disso, fale com outros membros da sua equipe para ter um melhor entendimento das necessidades dos seus clientes. Equipes de vendas e de atendimento que estão em contato com seus clientes regularmente estão melhor posicionados para entender a percepção que os clientes têm do seu negócio. E entrar em contato com os clientes e responder aos feedbacks permite que você obtenha dados valiosos, ao mesmo tempo que mostra que a opinião deles importa. 

A Virgin mostrou um excelente estudo de caso ao explicar como eles usam big data. Eles incorporaram termos de busca usados na web, pessoas sendo seguidas nas redes sociais e visões e interesses expressados online. 

Usando os dados abaixo, eles fizeram uma pesquisa detalhada e os incorporaram à sua comunicação, passando ao público de forma bem sucedida a mensagem certa nas etapas certas da jornada do consumidor. Saiba mais aqui.

Veja aqui o fluxograma dos resultados:

Passo nº 6: Amplifique Sua Estratégia de Conteúdo

Uma boa estratégia de conteúdo e criação de conteúdo segmentado são só parte da equação. A parte final é a amplificação do conteúdo.

Para amplificar seu conteúdo, determine os lugares que seu público frequenta online e publique nesses canais para alcançá-lo. 

No fim das contas, você vai precisar pensar estrategicamente para identificar todos os recursos disponíveis para você e aproveitar de verdade o poder dos seus funcionários, clientes e influenciadores que podem te ajudar a amplificar o seu conteúdo.

Perguntas Frequentes Sobre Estratégia de Conteúdo

O que está envolvido em uma estratégia de conteúdo?

Uma estratégia de conteúdo envolve a idealização do conteúdo, seu desenvolvimento e publicação, planejamento do calendário editorial, criação e gerenciamento de sistemas e processos, redação, edição, SEO on-page e diversas outras atividades relacionadas a gerenciamento de conteúdo.

O que é um modelo de estratégia de conteúdo?

Um modelo de estratégia de conteúdo é um esboço de como você planeja criar seu conteúdo. Esse modelo pode incluir seu público, palavras-chave para as quais você vai segmentar, com que frequência e quando você vai publicar seu conteúdo e quem vai criar o conteúdo.

Por que a estratégia de conteúdo é importante?

Se você quer ranquear numa posição alta do Google, você precisa de conteúdo de qualidade. Você também precisa de um bom conteúdo para que, quando as pessoas visitem seu site, elas queiram converter. Conteúdo largado ou de pouco apelo visual pode afastar seus clientes em potencial.

Qual é o primeiro passo para criar uma estratégia de conteúdo?

O primeiro passo para se criar uma estratégia de conteúdo deve ser definir suas metas. A partir daí, você pode tomar decisões sobre como devem ser seus processos, qual é seu público-alvo, qual deve ser seu calendário de publicações, etc.

Conclusão: Guia Para Criar Uma Estratégia de Conteúdo Melhor

Como você pode ver, criar uma boa estratégia de conteúdo não é nada de outro mundo, mas nem sempre é fácil de se implementar. 

Esteja preparado para encontrar obstáculos e passar por muita tentativa e erro. Mas quando você tiver sua receita para o sucesso, é só ficar repetindo a fórmula e você terá o crescimento de público com o qual você sempre sonhou.

Usar nosso guia passo-a-passo vai te levar na direção certa para criar uma ótima estratégia de conteúdo, ao mesmo tempo que garante que você está prestando atenção às métricas fundamentais que vão determinar o sucesso do seu conteúdo. Lembre-se: começar sua estratégia de conteúdo com o pé esquerdo vai ser perda de tempo certa, e publicar seu conteúdo nas plataformas erradas para o seu público significa que você não vai gerar os leads que você quer.

Existe muito planejamento por trás das estratégias de conteúdo, o que significa que não dá para você simplesmente escrever conteúdo de qualidade e se dar por satisfeito. 

Sua equipe tem uma estratégia de conteúdo delineada? Se sim, o quão detalhada ela é?

Compartilhe