Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

Os Anúncios do Bing PPC Valem o Seu Tempo? Veja Como Descobrir

bing-ppc

O Google é o Rei da Internet, não é?

Sim e não.

Realmente, não há dúvidas na cabeça da maioria das pessoas que, se colocássemos a criatura gigante que é o Google em um ringue com o Bing, provavelmente haveria um nocaute antes mesmo de você conseguir fazer uma busca por um café perto da sua casa.

Mas o que a maioria das pessoas não imagina é que também dá para se arrumar uma luta dura e sangrenta que chega ao quinto round podendo até dar margem a uma revanche.

Porquê o Bing tem alguns elementos bem atraentes que o mantêm competitivo e podem te dar uma vantagem.

Eu quero compartilhar com você como o Bing pode ser um lugar valioso para se fazer publicidade da sua empresa.

Ou, pelo menos, eu vou mostrar um método para você ver se o Bing funciona ou não para você.

Mas, antes, eu quero derrubar algumas noções preconcebidas sobre o Bing, te mostrando do que ele realmente é capaz.

Onde o Bing realmente se destaca

Anunciar em mecanismos de busca não é nenhuma novidade.

Mas para iniciantes no marketing digital, tentar encontrar os melhores lugares e métodos para se anunciar pode ser meio desconcertante.

E quando você leva em consideração que tem mais de um mecanismo de busca disponível para você, isso só contribui para gerar mais confusão.

Quando você começa a olhar qual mecanismo de busca é melhor para anunciar, não dá para negar que o Google Adwords basicamente tem um público maior.

market share

A maioria das pessoas olharia para esse gráfico, abriria o Google Adwords e não voltaria atrás.

Elas podem veicular anúncios lucrativos para suas empresas, ter bastante retorno e não precisam mais pensar em uma alternativa.

Mas o gráfico pode enganar um pouco se você acreditar nele de olhos fechados.

Por mais que seja um fato que o Google detém a maioria esmagadora da atividade de busca em toda a Internet, gráficos que mostram a fatia de Mercado não transmitem o fato de que milhões de usuários ainda preferem um mecanismo de busca diferente.

Foi isso mesmo que eu disse. Milhões.

O que isso quer dizer, portanto, é que a realidade do Bing é bem diferente do que a maioria das pessoas pensam.

bing stats

Mais de 133 milhões de pessoas fazem buscas usando o Bing Network.

Isso é praticamente metade da população dos Estados Unidos.

E, por mais que isso possa ser uma surpresa para você, quase 34% das buscas em desktop nos EUA são feitas no Bing.

Então, se você é um profissional de marketing nos EUA, pode ser que você esteja perdendo um terço do seu público por não anunciar no Bing.

Além disso, foi demonstrado que mais usuários mais velhos estão no Bing:

bing stats 2

Então, se o seu mercado-alvo está acima dos 34 anos, você provavelmente está perdendo uma quantidade bem grande de tráfego em potencial para o seu negócio.

E se isso não basta para te fazer repensar, também foi mostrado que usuários do Bing tendem a ganhar um bom dinheiro.

bing stats 3

A grande maioria dos usuários do Bing ganham US$40.000 ou mais por ano.

Mas o fato mais surpreendente é que mais de um terço dos usuários do Bing Network ganham mais de US$100.000 por ano.

Isso significa que, se você está anunciando no Bing, você pode estar abrindo mão dos leads mais lucrativos que a sua empresa poderia desejar.

E, uma vez que os Bing Ads são exibidos em três mecanismos de busca, e não um só, seu alcance é muito maior do que uma mensuração de fatias de mercado pode fazer parecer.

Especificamente, os Bing Ads são exibidos nos mecanismos de busca do Bing, Yahoo, e AOL.

Isso significa que, no total, a rede do Bing é o segundo melhor lugar para se colocar seus anúncios de acordo com as fatias de mercado.

search engines

Quase 13% das buscas acontecem no Bing Network, o que, como já vimos, corresponde a bilhões de busca a cada ano.

E, em sua maioria, esses anúncios vão ter a mesma aparência e operar exatamente como é na sua conta do Adwords.

look the same

Existem só algumas poucas diferenças estilísticas aqui, então você não vai precisar reinventar a roda.

Você pode usar a mesma abordagem que você aprimorou no seu Google Adwords para ver se consegue bons resultados.

Mas, ainda mais importante, poderia ser mais barato e lucrativo veicular anúncios no Bing.

A equipe de marketing da Spinutech teve bastante sucesso no Bing com um orçamento mais baixo para um de seus clientes.

budgets

Não é só mais baixo. É muito menos de metade do orçamento.

E embora um orçamento mais baixo signifique que eles obtiveram menos cliques, eles também tiveram um custo por clique geral mais baixo quando feito o cálculo completo.

cost per click

E  mais impressionante é que a taxa de clique de cada anúncio do Bing foi muito maior do que seu correspondente no Google.

Então eles gastaram menos dinheiro, tiveram um custo por clique mais baixo e uma taxa de cliques mais alta.

Isso parece tão bom para vocês quanto é para mim?

Se você acha que consegue reproduzir esses resultados na sua empresa, com certeza vale a pena dar uma olhada mais detida na opção oferecida pelos anúncios do Bing.

E quando se trata de custo por clique, o ReportGarden constatou que a lacuna pode ser ainda maior do que os resultados mostrados pela Spinutech:

CPC Bing vs Google e1386101910805

Isso mostra que custa menos da metade veicular um anúncio no Bing em relação a um no Adwords.

Isso significa que, empregando a mesma quantidade de dinheiro no Bing no lugar do Adwords, você pode basicamente duplicar seu orçamento geral de publicidade.

E embora eu não recomende que você saia jogando todo o seu orçamento de anúncios no Bing, certamente é algo a se considerar.

É uma opção especialmente atraente para marcas empacadas com palavras-chave de custo por clique altíssimo na conta do Adwords.

where does google make its money

É um fato notório que anúncios de seguros são os mais caros, com uma média absurda de quase US$55 por clique.

Mas eles podem ficar um pouco mais baratos, mesmo que de forma marginal, se as mesmas empresas os veicularem no Bing.

bing cost

Isso, no mínimo, serve para mostrar o quão diferente o cenário dos anúncios no Bing Ads podem ser em relação ao Adwords.

Dependendo das suas necessidades individuais, pode valer mais a pena para a sua marca fazer a transição para o Bing.

E mesmo que você comece a criar anúncios só para complementar seu trabalho no Adwords, os anúncios do Bing ainda valem sua atenção.

Então, no resto desse post, eu quero te mostrar como você pode descobrir se anúncios PPC do Bing valem a pena para a sua empresa.

Vamos começar com um pouco de análise de público.

Passo nº1: Conheça seu Público

O fator determinante sobre anunciar ou não no Bing depende apenas do que você está vendendo e para quem.

Por exemplo, é um fato notório que mais gente prefere o Bing para buscas que incluem imagens.

bing san francisco 100442321 large

Então, se o seu negócio se baseia em vender fotos de banco para outros empreendedores, criar um anúncio no Bing parece ser uma escolha bem intuitiva para o seu negócio.

Mais uma vez, depende apenas das suas necessidades e se o seu público realmente vai encontrar você lá.

Eu recomendo que você comece seu processo de avaliação dos anúncios no Bing Ads pela boa e velha construção da persona do seu cliente.

Personas de clientes são o melhor ponto de partida de qualquer campanha porque te diz exatamente quem você quer alcançar.

No caso dos anúncios do Bing Ads, você quer dados demográficos que se destaquem, como idade e renda média, porque é através deles que você vai ver o maior impacto entre o Bing e o Google.

Se você já está usando o Google Adwords, essa informação já vai estar à sua disposição na seção Segmentação Demográfica na aba Campanha.

Veja o detalhamento por Idade:

age

E um detalhamento parecido mostrando a renda:

income

Essa informação pode te ajudar a avaliar o quão ampla é a faixa etária do seu público.

Se você tende para o lado mais jovem, isso pode significar que anúncios do Bing seriam uma perda de tempo.

Mas, se você tem um público mais velho, pode ser que valha a pena explorar o potencial do Bing.

A partir daí, se você souber a profissão, localização e outras informações básicas sobre membros do seu público, você pode encontrar informações úteis sobre renda com um serviço como o Glassdoor.

salary

Nesse exemplo, o membro do seu público ganha uma média de mais de US$60.000 por ano.

Isso significa que se você está vendendo para um analista financeiro na região de Atlanta, tem grandes chances de ele usar o Bing pessoal ou profissionalmente.

Se for esse o caso, você acabou de determinar uma razão boa o suficiente para testar um anúncio do Bing com dois elementos básicos de uma persona do cliente.

Nada mal para apenas alguns minutos de pesquisa.

Passo nº2: Descubra seu custo por clique

Depois de avaliar o potencial do seu público, você precisa pesar também a questão dos custos.

Como eu mostrei no primeiro ponto, anúncios do Bing têm um custo por clique diferente do Adwords.

Mas o fato de alguns mercados teremum custo por clique mais baixo não significa que todos eles terão.

Então, para te ajudar a descobrir se os anúncios do Bing Ads will terão um bom custo-benefício para você, eu recomendo parar um momento para testar com o seu mercado.

E, felizmente, você pode fazer isso sem comprometer nenhum dinheiro usando o Bing Ads preview tool.

cpc

Esse serviço te permite inserir a palavra-chave da sua área e alguns outros elementos para ver se os anúncios do bing têm um bom custo-benefício para você.

Você vai até conseguir um preview de como seu anúncio pode ficar no Bing Network.

cpc 2

Depois que você insere suas informações, você vai ter um detalhamento útil do atual custo por clique na rede de anúncios do Bing.

cpc 3

Você pode até inserir uma estimativa de orçamento para ver quantos cliques você geraria com o seu custo por clique estimado.

Se as estimativas forem parecidas ou até menores do que seu custo com o Adwords equivalente, é um sinal de que o Bing pode ser uma boa alternativa para a sua empresa.

E por mais que esses valores possam mudar com o tempo, sua abordagem provavelmente vai mudar junto.

Na pior das hipóteses, você tem a possibilidade de entrar em uma campanha de anúncios do Bing sabendo que você não vai ter um prejuízo imediato.

Passo nº3: Configure uma conta no Bing Ads 

Depois de estabelecer que seu público está no Bing e que veicular um anúncio não vai ser caro demais, chegou a hora de configurar sua conta no Bing Ads.

E, felizmente, é super fácil.

Você só precisa entrar em https://secure.bingads.microsoft.com/signup para começar.

Você vai ver uma página como essa:

bing ads

Insira seu endereço de email para começar.

Você logo vai ser direcionado para uma página que te pede para criar uma conta da Microsoft se você ainda não tiver uma.

bing start 2

A partir daí, você vai passar por um procedimento rápido de configuração para verificar seu endereço de email e informações de contato.

bing start 3

Depois de fornecer todas essas informações, estará tudo pronto.

Agora você pode começar o processo de criação e teste de uma campanha de anúncio no Bing.

Passo nº4: Importe sua conta do Google Adwords

Se você já usa o Google Adwords, eu recomendo que você importe as informações da sua conta.

Felizmente, esse processo também é super fácil e só leva alguns minutos.

Assim, você vai pegar todas as campanhas que veiculou no Adwords e criar outras parecidas na sua conta do Bing Ads.

E isso não vai ter nenhum impacto negativo no que você estiver rodando na sua conta já existente do Adwords, então não precisa se preocupar em possivelmente cometer algum erro.

Isso otimiza bastante o tempo de configuração e teste.

Comece selecionando a opção de importar seus dados do Google Adwords, e entre com a sua informação de usuário.

import 2

Siga para importar suas campanhas já existentes.

import

O Bing Ads pode demorar alguns minutos para pegar tudo da sua conta do Adwords, mas vale a pena a espera

Isso vai te poupar de gastar tempo configurando a mesma campanha em duas plataformas de anúncio diferentes.

Passo nº5: Configure campanhas espelho

Se você preferir não importar suas campanhas, você vai precisar configurar as duas contas manualmente.

Se for esse o caso, eu ainda assim quero te mostrar como fazer isso de forma eficaz para testar se os anúncios do Bing são uma boa opção para você.

Essa opção dá mais trabalho, mas, já que você tem contas de anúncios paralelas, é necessário testar se as conversões que você está tendo valem a pena.

Então, em um primeiro momento, eu recomendo que você comece pelo Adwords.

Usando os dados demográficos do seu público que você coletou na primeira etapa, configure sua campanha para que ela seja segmentada para esse grupo específico.

Comece indo até o seu painel do Adwords para criar uma nova Campanha.

adwords 1

Você vai precisar decidir que tipo de anúncio você quer veicular, e também inserir objetivos para o Google monitorar.

set up campaign

Depois de criar sua campanha e seu anúncio, não deixe de adicionar grupos com base nos dados demográficos que você encontrou na sua busca de persona para a segmentação.

Isso vai garantir que seu anúncio paralelo do Bing está sendo exibido para o mesmo grupo nos dois mecanismos de busca e seu teste será muito mais preciso.

Depois que tudo estiver configurado, espera um pouco antes de veicular a campanha.

Você ainda precisa configurar uma campanha espelho do Bing, o que vai demorar um pouquinho para você se acostumar.

Comece entrando no seu dashboard do Bing Ads e clicando no botão Criar Campanha.

bing campaign 1

Bem como o Adwords, você vai precisar estabelecer os parâmetros da sua campanha e grupo de anúncio.

Você também vai precisa criar o anúncio, segmentá-lo e adicionar o orçamento ao qual você deve se limitar.

bing campaign 2

Depois de completar isso tudo, você precisa conferir se as informações do seu público são as mesmas da sua campanha do Adwords.

Para fazer isso, vá até as suas configurações avançadas de campanha e clique na opção Segmentação Demográfica.

bing campaign 3

Aqui, você poderá selecionar qualquer faixa etária, gênero, renda média ou outro dado demográfico que você precisar.

Se você mantiver todos os elementos o mais próximo possível do Adwords, você conseguirá fazer uma avaliação precisa da capacidade do Bing.

E se você acabar importando suas campanhas do Adwords, é importante notar que o Bing ainda recomenda que você confira novamente seus elementos de segmentação.

targetting options

Como cada plataforma tem suas peculiaridades, você precisa ter certeza de que nada vai se perder no caminho.

Para fazer isso, você só precisa ir direto para as configurações avançadas e conferir se as informações estão corretas.

Depois que tudo estiver sendo veiculado paralelamente, é hora de testar.

Passo nº6: Confira seus resultados

Depois de lançar suas campanhas e veiculá-las por algum tempo, você provavelmente vai ter dados o suficiente para começar a fazer algumas avaliações.

Felizmente, as duas plataformas facilitam o processo de parar para mensurar com as coisas estão indo.

Antes de mais nada, você deve verificar se seu custo por clique em cada plataforma é uma retrata fielmente as informações que você obteve na na etapa dois.

Ambas as plataformas dão uma visão simples dessa métrica.

Veja um exemplo do Adwords:

results

E um do Bing Ads:

bing results

Se você está gastando demais em cada clique, pode ser um sinal de que alguma coisa está errada com os parâmetros do seu anúncio.

Ou pode significar que uma plataforma tem um custo benefício maior do que a outra.

Por mais que essa seja uma mensuração bem básica, é sempre o primeiro lugar em que a maioria dos profissionais de marketing olha para ter certeza de que não estão estourando seu orçamento de marketing.

E aí é hora de conferir suas taxas de conversão.

Mais uma vez, o Bing torna isso fácil, como você pode ver pelo gráfico acima.

E o Adwords te possibilita configurar o monitoramento de conversões.

Mas, infelizmente, as métricas nem sempre mostram as conversões de forma precisa.

Elas normalmente não refletem exatamente o número de leads ou quantidade de vendas que você de fato gerou.

Depois de checar suas métricas e verificar seus verdadeiros números, o processo é bem simples.

Só descubra quantos usuários completaram a ação que você especificou em cada plataforma de anúncio e divida esse número pela quantidade de cliques que você obteve.

Isso vai te dizer se os seus anúncios estão gerando uma quantidade boa de conversões.

E, por fim, pare um momento pra ver se você está de fato gerando receita dos seus anúncios.

Pegue seus números exatos de vendas, descubra quanto você ganhou com cada trabalho de anúncio e determine se você realmente faturou com as suas campanhas de publicidade.

Depois de obter e analisar dados suficientes, você já conseguirá decidir se vale a pena seguir com os anúncios do Bing para a sua marca.

E seja o que você escolher, eu sempre recomendo que você não pare de testar e melhorar suas técnicas de otimização das taxas de conversão.

Dessa forma, você pode seguir capitalizando nas melhores formas de fazer seu negócio crescer.

Conclusão

Será que os anúncios do Bing funcionam para a sua marca?

É difícil dizer sem olhar os números, e é por isso que eu recomendo que você teste por si mesmo.

A rede do Bing é surpreendentemente robusta e uma primeira olhada pode enganar.

Mas os milhões de usuários que entram no Bing todo ano podem valer seu tempo e seu dinheiro, então eu apoio totalmente que você dê uma chance.

Comece entendendo seu público e as necessidades dele. Quanto mais você souber, melhor você pode adequar seus anúncios para eles.

Depois de avaliar seu público, você também precisa verificar se o Bing vai ter um bom custo-benefício.

Você não quer ficar no vermelho só por causa de um experimento.

E aí, quando você finalmente terminar o dever de casa, vai fundo.

Crie uma conta do Bing e comece a importar ou configurar suas campanhas.

Se você mantiver os mesmo parâmetros enquanto testa, você pode ter uma interpretação bem clara de se os anúncios do Bing valem seus esforços.

Só fique de olho nas métricas e não acredite de primeira em tudo que você vê.

Não existe atalho para saber se os anúncios do Bing vão funcionar para você, mas pode valer a pena tentar.

E você nunca vai saber se não tentar.

Como você já usou os anúncios do Bing para a sua empresa?

Compartilhe