Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

Como Usar o SEO no E-commerce para Vender Ainda Mais

buy online

Se você quiser aumentar as vendas no seu site, deve considerar usar SEO no ecommerce.

Apesar do SEO ser divulgado principalmente como uma forma excelente de aumentar seu tráfego na web, adotar técnicas de SEO para ecommerce também gera excelentes resultados.

Segundo uma pesquisa do HubSpot, o SEO é o desafio nº 1 do marketing inbound.

HubSpot Top Inbound Marketing Priorities Sept2016

Quanto melhor for seu ranqueamento no Google e em outros mecanismos de pesquisa, mais você vai vender.

Mas usar SEO no ecommerce envolve mais do que simplesmente aparecer nas primeiras posições dos SERPs.

Você precisa também encorajar mais compras dos seus produtos. Nesse guia, vou te mostrar as estratégias que eu recomendo para vender mais na sua loja virtual usando SEO.

Vamos lá!

1. Pesquise palavras-chave extensivamente

Como você provavelmente já sabe, o maior segredo do sucesso com o SEO é garantir que você está segmentando as palavras-chave certas.

Isso é fácil se você estiver escrevendo guias e outros tipos de conteúdo. Mas como usar palavras-chave ao adotar técnicas de SEO para ecommerce?

Eu descobri que na verdade existe um tipo secreto de pesquisa de palavras-chave que você deve utilizar. Para direcionar clientes para comprar em seu site, você precisa segmentar palavras-chave de uma forma um pouco diferente.

Vou explicar como.

Encontre palavras-chave para os seus produtos

No fim das contas, o que você quer é vender mais em seu site. E para fazer isso, você precisa levar as pessoas a verem o que você está vendendo!

Se você está perdendo tempo segmentando termos de busca mais gerais, provavelmente não vai receber esse tipo de tráfego focado em compras.

Ao invés disso, procure palavras-chave específicas segmentadas para os produtos que você está vendendo.

Para fazer isso, vá ao Übersuggest. Esse site permite que você veja palavras-chave que nem sequer são visíveis nas ferramentas de pesquisa de palavras-chave do Google.

Ubersuggest s Free Keyword Tool Generate More Suggestions 1

Vamos pesquisar “custom frames” – molduras personalizadas, uma palavra-chave geral que as pessoas podem usar ao pesquisar molduras para fotos ou impressos.

Ubersuggest s Free Keyword Tool Generate More Suggestions 2

O Übersuggest mostra imediatamente centenas de palavras-chave que não encontraríamos em outros lugares.

É uma mina de ouro de frases promissoras para segmentar com seus conteúdos. E uma coisa que eu percebi rapidamente nesses resultados é que palavras-chave locais aparecem com frequência.

Se você tem um negócio local e vende molduras personalizadas, precisa começar a usar palavras-chave locais para levar clientes ao seu site.

Mesmo que você não encontre uma palavra-chave para a sua área, é fácil prever que existem pessoas que estão pesquisando com ela (mesmo que a palavra-chave não seja muito popular).

Ubersuggest s Free Keyword Tool Generate More Suggestions

Após encontrar essas palavras-chave específicas de produtos, você pode começar a aparecer nos resultados do Google quando as pessoas estão procurando produtos para comprar.

Palavras-chave de cauda longa

Se você já lê meus artigos há algum tempo, sabe que eu sou um grande fã das palavras-chave de cauda longa.

Elas permitem que você direcione grandes quantidades de tráfego com relativamente pouco esforço, se comparado ao que é necessário para concorrer com grandes marcas por palavras-chave extremamente populares.

Mas como encontrar essas palavras-chave quando você atua no setor de ecommerce?

A resposta deve te surpreender. Eu constatei que a Amazon é um dos melhores locais para pesquisar esse tipo de palavras-chave.

A Amazon investiu milhões aperfeiçoando seu site para gerar o número máximo de vendas, e esses dados permitem que eles prevejam os termos de pesquisa mais comuns.

Para começar, vá à Amazon. Na caixa de pesquisa principal, insira uma palavra-chave geral que represente o que você está vendendo. Nesse exemplo, estou utilizando “water bottles” – garrafas de água.

Amazon com Online Shopping for Electronics Apparel Computers Books DVDs more

Não faça a pesquisa ainda. Nosso objetivo é ver o que a Amazon vai recomendar.

Você vai ver instantaneamente as palavras-chave que precisa segmentar. São frases como “water bottles with straws”, garrafas de água com canudos, e “water bottles stainless steel”, garrafas de água aço inoxidável.

Essa é uma grande oportunidade de encontrar palavras-chave que seus concorrentes provavelmente ainda não estão segmentando.

Não canibalize suas palavras-chave

Um erro comum que eu vejo muitos sites de ecommerce cometerem é ver as palavras-chave como uma equação linear.

Se incluir uma palavra-chave em uma página é bom, não seria melhor ainda incluí-la em mais de uma página?

Infelizmente não. Isso vai dizer ao Google para ranquear ambas as páginas para a mesma palavra-chave, e você vai perder credibilidade em ambas.

Chamamos isso de canibalizar suas palavras-chave.

Ao invés disso, você precisa usar uma palavra-chave diferente para cada produto. Use palavras-chave bem diferentes, para que o Google não confunda qual palavra-chave segmentar para cada página.

A marca de carteiras Bellroy não repete as mesmas palavras-chave em todos os seus itens em sua coleção Minimalist.

Minimalist Collection Slim Leather Wallets for Men more Bellroy

Você vai perceber que a Bellroy usa palavras-chave diferentes em cada um dos seus produtos.

Ao invés de chamar cada um deles de carteira, ela usa “micro sleeve,” “slim sleeve” e “card sleeve.” Assim, a forma como eles dão nomes aos produtos fica bem clara e palavras-chave diferentes são utilizadas.

Isso dá à Bellroy uma vantagem nos SERPs, porque o Google sabe o que segmentar para cada um dos seus produtos.

Encontre (e use) as palavras-chave da concorrência

Seus concorrentes provavelmente estão ranqueando para palavras-chave que você nem imagina.

Para aproveitar essas palavras-chave, você pode simplesmente fazer uma busca no Google.

Use o Planejador de Palavras-Chave do Google e clique em ‘Procurar novas palavras-chave usando uma frase, um website ou uma categoria’.

Keyword Planner Google AdWords 11

Na seção que diz ‘Sua página de destino’, insira a página do seu concorrente ao invés da sua.

Keyword Planner Google AdWords 10

Ao longo dos anos em que trabalhei com isso, eu constatei que é muito mais fácil pesquisar uma landing page específica do que uma geral.

Se você pesquisar um concorrente geral, vai ver muitas palavras-chave irrelevantes entre aquelas que você estava procurando.

Nesse exemplo, eu encontrei a landing page para cadeiras Adirondack no site Wayfair. É uma página específica e excelente em um site que vende centenas de itens diferentes.

Adirondack Chairs Wayfair

Mas quando eu coloquei essa página no Planejador de Palavras-Chave do Google, obtive resultados confusos.

O Google não consegue diferenciar a landing page das cadeiras Adirondack dos outros produtos que a Wayfair vende.

Keyword Planner Google AdWords 9

Para ter resultados melhores, escolha a landing page de uma empresa que vende apenas o produto que você quer vender.

Nesse exemplo, eu selecionei um concorrente muito específico com uma ótima landing page: The Best Adirondack Chair Company.

Adirondack Chairs Best Handcrafted Wood Adirondack Chair

Ao inserir esse link no Planejador de Palavras-chave do Google, eu vejo resultados com muito mais qualidade.

Keyword Planner Google AdWords 12

Essas palavras-chave me mostram quais outras palavras as pessoas estão pesquisando quando vão ao Google para comprar cadeiras Adirondack. Constatei que palavras-chave como “swings” e “wooden” aparecem com frequência.

Para usar SEO no ecommerce com resultados melhores, inclua as palavras-chave usadas pela concorrência nas descrições dos seus produtos.

2. Otimize suas páginas de produto

Não é segredo que uma das chaves para melhorar seus resultados no Google é otimizar cada página que você quer ranquear.

Uma das melhores formas de fazer isso em uma loja ecommerce é otimizar cada produto.

Se você tem uma página ecommerce, mas não está otimizando suas páginas de produto, está deixando de aproveitar várias vantagens de SEO.

Nessa seção, vou te ensinar alguns dos princípios básicos para otimizar essas páginas, para que você apareça em posições mais altas nos resultados do Google e venda mais pelo seu ecommerce.

Otimize suas imagens 

Um dos métodos mais ignorados para melhorar seus resultados no Google é otimizar suas imagens.

Existem algumas formas diferentes de fazer isso. A mais simples é adicionar “alt” tags à cada foto de produto. Essa é uma forma fácil de mostrar quais palavras-chave estão sendo representadas por cada imagem em suas páginas de produto.

Outra forma de fazer isso é mudar os nomes das imagens no seu servidor.

A marca de colchões Leesa faz isso muito bem. Na página do seu produto principal, eles mostram uma imagem do colchão com a atleta olímpica Aly Raisman.

Shop the Leesa Mattress With Over 10 000 5 Star Reviews

O nome daquela imagem inclui o colchão e o nome de Aly Raisman como palavras-chave de SEO.

mattress page aly raisman 750 png 750 628

Ao renomear suas imagens e adicionar alt tags, você pode melhorar seus resultados no Google.

Bastam algumas ferramentas simples para trazer melhorias enormes e melhorar os resultados que você terá ao usar SEO no ecommerce.

Use palavras-chave nos títulos dos produtos

Apesar de esse não ser o único fator de ranqueamento no Google, o que você diz no título do seu produto é uma das formas como o Google fica sabendo o que você tem para vender.

Para ter os melhores resultados, use uma descrição e um título relacionados. Lembre-se de usar suas palavras-chave mais importantes em ambos.

Igloo Coolers, por exemplo, usa palavras-chave para o produto, as funções e o design em seus títulos.

Eles incluem expressões como “convertible,” “lunch box” e “sketched rose,” que contribuem para melhorar o SEO.

CONVERTIBLE LUNCH BOX Sketched Rose Design IGLOO

Ao utilizar uma variedade de termos descritivos, você pode garantir que o Google represente seu produto pelas palavras-chave mais importantes que você quer ranquear.

Otimize suas descrições de produto com conteúdos longos

As pesquisas sobre os fatores de ranqueamento do Google já mostraram em diversas ocasiões que o Google prefere conteúdos longos.

Mas isso não se aplica somente ao marketing de conteúdo. Você pode usar as mesmas técnicas para melhorar o ranqueamento das suas páginas de produto no ecommerce

Para fazer isso, inclua vários detalhes em cada descrição. Seu objetivo é ter pelo menos 500 palavras. Você pode também adicionar comentários e outros dados para estender isso a até 1.000 palavras.

O Joovy faz isso muito bem em suas descrições de carrinho de bebê. Eles incluem a história por trás de cada carrinho, detalhes sobre ele e sugestões de uso.

Groove Ultralight 2017 1

Eles incluem até uma lista estendida de características. Cada uma delas é resumida e publicada junto a uma imagem ou vídeo.

Groove Ultralight 2017

Isso garante que eles ultrapassem 800 palavras em suas páginas de produtos, o que dá a eles uma vantagem sobre a concorrência nos resultados do Google.

Ao colocar essa página no Website Word Counter, nós vemos que ela inclui também várias palavras-chave essenciais. Essa é outra vantagem de escrever descrições longas.

Website Page Word Counter WordCounter net

Inclua palavras-chave LSI

Talvez você pense que o Google procura apenas as palavras-chave que você inclui, mas existe um tipo secreto de palavras-chave em que o Google também presta atenção.

Essas “palavras-chave secretas” são as chamadas Latent Semantic Indexing, ou palavras-chave LSI. Basicamente, elas são palavras-chave relacionadas ao produto que você listou.

Elas informam ao Google que tipo de produto você tem e adicionam relevância ao resultado.

Incluir algumas palavras-chave LSI na descrição do seu produto é uma forma excelente de mostrar ao Google exatamente o que você tem a oferecer.

Mas onde você vai encontrar palavras-chave LSI? A melhor forma é usar os SERPs do próprio Google.

Por exemplo: se você pesquisar “coffee mug”, caneca de café, no Google, vai ver uma lista de palavras-chave no final da página. Elas são palavras-chave LSI perfeitas.

coffee mug Google Search

Ao incorporar essas palavras-chave LSI em sua página, você pode impulsionar seu SEO.

Não é à-toa que a DiscountMugs é um dos primeiros resultados do Google para “coffee mug.” Eles utilizam muitas dessas palavras-chave LSI em sua página de ecommerce.

Custom Mugs from 55 Lowest Prices DiscountMugs

Adicione schemas de avaliação de produto

Como proprietário de um site de ecommerce, você tem uma vantagem que a maioria dos sites não tem. Você pode usar o programa de avaliação de produto integrado do Google.

Isso é um código especial para mecanismos de busca que permite que você inclua detalhes sobre o seu produto nos SERPs do Google.

Se nós pesquisarmos uma cafeteira Mr. Coffee, podemos ver uma nota, avaliações e o preço do produto no Walmart. É o programa de avaliação de produto do Google em ação.

mr coffee coffe pot Google Search

O Google tem um guia completo sobre como incluir esse schema em sua página de produto, e ele é bem fácil de entender.

Se você incluir isso em cada uma das suas páginas de produto, com certeza vai ver um aumento nas taxas de cliques dos seus resultados de busca.

A Nike usa esse schema com ótimos resultados na página de produto do Metcon 3.

Nike Metcon 3 Men s Training Shoe Nike com

Se pesquisarmos esse tênis no Google, vamos ver schema exibido no resultado da Nike. Isso ajuda a página oficial do produto a se destacar entre seus concorrentes na página de resultados.

nike metcon 3 Google Search

Use URLs segmentadas

Muito do sucesso em usar SEO no ecommerce vem de pequenos fatores. Um desses fatores é incluir sua palavra-chave segmentada na URL.

Apesar de uma URL cheia de palavras-chave não ser capaz de levar uma página do zero à primeira posição dos resultados do Google, ela pode trazer pequenas vantagens competitivas para uma página que já tenha sido concebida para ter bom ranqueamento.

Para fazer isso, crie uma URL que inclua a palavra-chave principal que você quer segmentar com sua página de produto.

Na página de seu produto principal, a Death Wish Coffee inclui uma URL simples que usa apenas o nome do produto.

Eles incluem também um título de página e um título de produto que incluem essa palavra-chave.

Death Wish Coffee The Highest Caffeine Coffee Death Wish Coffee Co Death Wish Coffee Company

Não é à toa que essa página de produto aparece no topo dos resultados do Google para os termos “death wish coffee!”

death wish coffee Google Search

3. Inclua links de qualidade

Não importa a qualidade do seu conteúdo: o Google valoriza os backlinks mais do que quase qualquer outro fator.

Assim, como você pode obter backlinks?

A resposta é simples. Escreva conteúdo de qualidade e faça seu melhor esforço para obter o máximo possível de links white-hat para aquela página.

Nessas páginas, você pode criar links para seus produtos e aumentar a importância deles para o Google. Veja como você pode fazer isso.

Escreva conteúdos de qualidade que as pessoas desejem compartilhar

Não importa o que você está vendendo: é possível escrever conteúdos úteis sobre isso. Ao contrário do que as pessoas imaginam, não existem “indústrias desinteressantes”.

Mas isso não significa que criar conteúdo seja fácil. A criação de conteúdos relevantes é a tática de SEO mais eficaz e mais difícil, segundo a Ascend2.

Ascend2 Most Effective Difficult SEO Tactics Nov2016

E então, como você pode criar conteúdos atraentes relacionados aos seus produtos?

Existem duas formas de fazer isso. Você pode escrever conteúdos sem relação com o que você está vendendo ou conteúdos mais próximos dos seus produtos.

A primeira estratégia tem um benefício enorme: você pode escrever sobre uma variedade de assuntos não-relacionados ao seu ecommerce.

O site de moda masculina Zanerobe escreve artigos sobre pessoas interessantes que não têm nenhuma ligação direta com as roupas da marca.

Esse artigo sobre um fotógrafo que adora a marca é um exemplo excelente.

A Thousand Words The Inked Shooter ZANEROBE

O foco do artigo é o fotógrafo, mas o texto representa bem a imagem e os valores da marca.

Esse tipo de artigo pode ser bem popular. Como ele não tem nada a ver com as roupas em si, não dá a impressão de ser comercial e pode dar bons resultados nas mídias sociais.

Na medida em que você ganha backlinks e compartilhamentos para esse tipo de conteúdo, o Google vê que o seu site oferece conteúdo valioso e considerado interessante pelos usuários. Isso ajuda o ranqueamento geral do seu site.

O segundo tipo de conteúdo é bem relacionado aos seus produtos. Vamos falar sobre isso a seguir.

Escreva artigos que complementam seus produtos.

O segundo tipo de marketing de conteúdo que pode levar sites ecommerce ao sucesso são artigos relacionados aos produtos da loja.

Esses conteúdos podem ter uma relação direta ou tangencial com o produto. De qualquer forma, eles formam uma ponte entre o conteúdo que tem bons resultados e muitos compartilhamentos e backlinks e os produtos que você tem à venda.

O blog da Honest faz um ótimo trabalho criando conteúdo interessante e compartilhável e conectando-o aos seus produtos.

Esse artigo oferece aos leitores uma página de colorir gratuita para imprimir. A página é baseada nos super-heróis usadas nas fraldas que a marca vende.

Super Heroes Printable Coloring Page The Honest Company Blog

No início do artigo aparece um link para a página de produto.

Training Pants Disposable Training Pants For Toddlers The Honest Company

Sempre que alguém cria um link para essa página de colorir, a credibilidade da página de produtos das fraldas cresce para os mecanismos de busca.

Segmente as fontes de links inbound dos seus concorrentes

Se quiser experimentar técnicas de SEO para ecommerce mais avançadas, espione seus concorrentes.

Ao descobrir onde a concorrência obtêm links inbound, você pode encontrar uma lista de sites a contatar para criar backlinks naturais para o seu conteúdo.

Se você tiver uma marca de roupas esportivas para mulheres, pode ver que sites criam links para a lululemon, uma marca que vende roupas esportivas femininas.

Yoga clothes running gear lululemon athletica

Um dos melhores recursos para fazer isso é o Majestic. Ele fornece uma lista gigantesca de backlinks para você analisar.

Majestic Marketing Search Engine and SEO Backlink Checker

No entanto, o Majestic não é gratuito. Se estiver procurando uma ferramenta gratuita, experimente o Monitor Backlinks. Ele permite que você faça uma pesquisa de backlinks gratuita por semana.

É só inserir a URL que você quer pesquisar, preencher o captcha e clicar em Check Now. Você verá uma lista de backlinks.

Free Backlink Checker SEO Tool Check your SEO Backlinks

Quando você já souber quem cria links para os seus concorrentes, pode usar essa informação em benefício próprio.

Envie seu próprio conteúdo a esses sites e procure criar backlinks para sua página.

4. Aperfeiçoe a estrutura do seu site

Mesmo que suas páginas de produto sejam perfeitas, você ainda pode ter dificuldades para chegar às posições mais altas dos motores de pesquisa.

Para garantir que o Google liste seu site da melhor forma possível, verifique se suas páginas estão organizadas em uma ordem que faz sentido.

A estrutura do seu site pode parecer lógica para você, mas ela precisa fazer sentido também para os rastreadores web do Google. Veja como cuidar disso.

Crie uma arquitetura básica de site

Se você não ainda não sabe o que é a arquitetura do seu site, chegou a hora de aprender.

Basicamente, a arquitetura é a forma como suas páginas estão interligadas, e a hierarquia do seu site.

Se você tem categorias diferentes e produtos diferentes em cada categoria, essa é a arquitetura do seu site.

A Surf Station tem uma arquitetura de site muito clara, que facilita encontrar praticamente qualquer categoria a partir da página principal.

Apesar de não ser preciso ter uma lista de links ao fim da página, como eles fazem, isso pode ser útil como representação visual da organização do site.

New Used Surfboards For Sale Surf Gear Men s Women s Clothing

Um exemplo de arquitetura de site ruim é um site de ecommerce com uma série de links para produtos diferentes, sem dividi-los em categorias.

As formas de organizar um site variam tanto quanto seus proprietários, mas o importante é que a organização seja consistente.

Crie uma lista de categorias e páginas principais, coloque um conjunto de páginas de produtos sob cada uma delas e mantenha essa estrutura na medida em que você adiciona novas páginas.

Coloque todo o conteúdo a três ou menos cliques da home page

Uma boa regra para ter uma estrutura de site excelente é colocar cada página a no máximo três cliques da homepage.

Isso garante que o Google possa encontrar cada uma das suas páginas na medida em que faz o rastreamento de um link para outro.

Para fazer isso, inclua links para suas principais categorias na página principal. A Bealls Florida faz um ótimo trabalho utilizando links para as categorias principais na barra de menu de cada página.

Bealls Florida Department Stores Beachwear Home Clothing

E melhor ainda: eles adicionam links para subcategorias dentro desses links primários.

Screen Shot 2017 08 09 at 3 07 35 PM

Uma vantagem extra é que uma arquitetura de site bem elaborada, que seja fácil para o Google rastrear, também tende a ser mais fácil para os consumidores.

E quando mais fácil for para o consumidor encontrar o produto, mais você vai vender.

Remova páginas duplicadas

Um dos problemas mais comuns enfrentados por sites que estão utilizando SEO para ecommerce são as páginas duplicadas.

Segundo o SEMRush, a metade de todos os sites têm conteúdo duplicado!

11 Most Common On site SEO Issues SEMrush Study

Esse problema é ainda maior para sites de ecommerce, porque páginas de produto geralmente são geradas automaticamente.

Isso significa que um produto que for inserido duas vezes na base de dados pode resultar em conteúdo duplicado ao longo de todo o seu site, sem o seu conhecimento.

Para resolver esse problema, você precisa fazer uma análise cuidadosa do site e verificar se não há páginas duplicadas.

O Siteliner é uma ferramenta incrível que eu uso para encontrar conteúdo duplicado. É so inserir seu endereço web e clicar em Go.

Siteliner Find Duplicate Content on your site

Role os resultados para baixo até encontrar a porcentagem de conteúdo duplicado. Clique no link para ver as páginas duplicadas.

neilpatel com Site Report Siteliner

Você vai perceber que elas geralmente são páginas de categorias e outros tipos de páginas geradas automaticamente.

neilpatel com Site Report Siteliner 1

Se for preciso, ajuste as configurações do seu ecommerce para evitar essa duplicação.

5. Garanta a melhor experiência de usuário

Independente das mudanças que podem afetar o SEO nos próximos anos, o Google sempre vai tentar oferecer o melhor conteúdo para seus usuários.

Para garantir que seu conteúdo apareça constantemente em posições altas no Google, você precisa garantir que ele forneça o melhor valor para o usuário.

Claro, isso significa que você precisa criar conteúdos de qualidade e vender produtos de qualidade. Mas existem estratégias adicionais que permitem que você ofereça uma experiência melhor ao usuário.

Se você for excelente nessas técnicas, vai garantir um bom SEO agora e no futuro, na medida em que o Google adapta seu algoritmo.

Tenha um site mobile totalmente funcional

Se o seu site não tiver um design mobile responsivo, você precisa adicionar um!

Ter uma versão para dispositivos móveis é especialmente importante para o ecommerce, já que 67% dos compradores têm uma probabilidade maior de fazer uma compra em um site adaptado para mobile.

seo tips for ecommerce websites jpg 564 1596

Com mais e mais compradores e usuários utilizando dispositivos móveis, seu site precisa estar pronto. Ter um site adaptado para mobile é uma técnica de SEO avançada que vai dar um impulso aos seus rankings.

Naturalmente, a melhor forma de fazer isso é criar um design totalmente responsivo preparado para dispositivos móveis,

Mas se você não tiver o luxo de contratar um desenvolvedor web pessoal, pode simplesmente adotar um tema adaptado para mobile. Todos os temas no Shopify estão prontos para dispositivos móveis.

Mobile Friendly Website Builder Responsive Designs by Shopify

Se você não está pronto para o mobile, está perdendo clientes.

Melhore a velocidade do seu site

O Google mantém segredo sobre a maioria dos seus fatores de ranqueamento. No entanto, alguns fatores são tão importantes que o Google já declarou explicitamente que eles determinam o sucesso de um site.

Um desses fatores é a velocidade de carregamento de um site. A velocidade de um site é tão importante que o Google criou sua própria ferramenta para ajudar os webmasters a melhorar sua velocidade de carregamento.

Esse conjunto de ferramentas se chama Google PageSpeed. Você pode usá-lo para reduzir o tempo necessário para carregar seu site, melhorar a experiência do usuário e vender mais produtos.

PageSpeed Tools Google Developers

6. Inclua conteúdo fresco e interativo

E finalmente, mas não menos importante, você deve ter conteúdo fresco e interativo para continuar a aparecer em uma boa posição nos resultados do Google. Não há dúvidas de que encorajar o comportamento do usuário melhora sua nota em SEO.

Infelizmente, isso pode ser difícil para a maioria dos sites de ecommerce.

Como sites de ecommerce muitas vezes têm centenas ou até milhares de produtos, é pouco realista esperar atualizações frequentes em cada página.

E então, como o proprietário de um site de ecommerce pode adicionar conteúdo novo ao seu site?

É bem simples: deixe que os consumidores façam isso por você. Veja como.

Inclua avaliações e interações para os consumidores

A primeira forma, e a mais simples, de oferecer conteúdo engajante em suas páginas de produto é incluir avaliações de consumidores.

Se você não está publicando avaliações nesse momento, essa é uma razão para começar imediatamente. Além de gerar confiança com o consumidor, elas podem te ajudar a melhorar seu SEO.

Mas se você quiser utilizar uma abordagem diferente nas avaliações do consumidor, precisa conhecer o Society6.

Esse site de ecommerce para roupas, arte e outros produtos elevou a interação com o cliente a um novo patamar.

Cada produto no site inclui um botão de curtir. Isso permite que os consumidores os compartilhem com seus amigos, e encoraja os visitantes a tratar o site como uma rede social.

Flock of Birds Hoody by Picomodi Society6 1

Além disso, o Society6 permite que os usuários deixem comentários – e não só avaliações – nas páginas de produto.

Isso gera um fluxo de conteúdos novos para o Google, e garante que cada página de produto seja atualizada regularmente.

Flock of Birds Hoody by Picomodi Society6

Compartilhamentos nas redes sociais

Outra forma de ter interação em seu site é incluir compartilhamentos sociais. É muito provável que o Google use provas sociais como uma forma de indicar o valor das suas páginas de produtos.

Ao incluir botões de compartilhamento social em cada página de produto, você pode encorajar a interação entre os usuários e aperfeiçoar seu SEO.

O Method inclui botões de compartilhamento social simples em cada uma das suas páginas de produto.

foaming hand wash cedar spice method

App de chat

Finalmente, você pode incluir uma app de chat para orientar seus consumidores durante as compras.

Além de ser uma forma excelente de encorajar compras e eliminar barreiras para compras, uma app de chat indica que seu site está pronto para engajar com os consumidores em um nível mais profundo.

Os efeitos indiretos sobre as suas vendas e as interações com o consumidor podem ajudar os seus esforços de SEO.

O Wine.com usa um app de chat para conectar consumidores a especialistas em vinhos.

Isso atende às necessidades de consumidores que querem comprar o vinho perfeito mas não sabem o que seria melhor para a situação deles.

Cabernet Sauvignon Wine Wines Online Wine com and Nikon I am Nikon

Como muitos consumidores ficam indecisos na hora de escolher produtos, os conselhos desses especialistas ajudam nas decisões de compra.

Se você quer ranquear bem no Google, vender mais e direcionar tráfego novo ao seu site ecommerce, considere adicionar um app de chat.

Conclusão

Se você quiser vender mais em sua loja ecommerce, precisa aumentar sua visibilidade no Google.

Para fazer isso, adote melhores práticas e técnicas de SEO para ecommerce e faça um esforço real para melhorar suas posições de ranqueamento nos mecanismos de busca.

Isso não é tão difícil quanto parece.

Com considerações e pesquisas cuidadosas, você pode começar a implementar técnicas que vão fazer seu tráfego de mecanismos de busca decolar e permitir que você venda mais.

Quais técnicas de SEO para ecommerce você vai adotar para vender mais em sua loja virtual?

Compartilhe