Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

Como Usar a Página do LinkedIn Como Funil de Vendas

linkedin

Eu acredito que o LinkedIn é uma das melhores redes de mídia social, sem dúvidas.

Sim, as grandes redes, como o Facebook e o Twitter, são ótimas. Mas o LinkedIn pode ser uma mina de ouro se você souber usá-lo da forma certa.

Talvez você ache que o LinkedIn serve só para acompanhar seus colegas.

Eu também achava isso. Criei minha página e deixei lá. E naturalmente, ela não me trouxe nenhuma vantagem assim.

E então eu descobri que existe muito mais a fazer usando o LinkedIn.

Eu já escrevi anteriormente sobre como usar o LinkedIn para marketing de conteúdo e anúncios. Ele é excelente para essas duas funções.

Mas você sabia que é possível usar sua página do LinkedIn como funil de vendas?

Você não precisa de outras apps ou de muito conhecimento de marketing. Você pode usar seu perfil já existente para gerar leads quentes.

Essa estratégia é pouco comum, mas pode gerar excelentes resultados.

Em vez de deixar sua página no LinkedIn juntando poeira, essa tática vai transformá-la em uma máquina poderosa de geração de leads e trazer resultados para você.

Interessado nessa ideia?

Vejamos então como usar sua página do LinkedIn como funil de vendas.

Por que usar o LinkedIn?

Eu admito, o LinkedIn não é a mídia social mais divertida.

A princípio, não parece fazer sentido usar o LinkedIn quando você não está procurando um novo emprego.

Todo mundo está no Facebook e no Twitter. O Instagram e o Snapchat são os sites de mídia social da moda. Novidades como o Periscope oferecem uma visão arrojada.

E então, por que o LinkedIn?

Você provavelmente já sabe que o LinkedIn é excelente para negócios. Ele pode ser considerado a versão B2B do Facebook.

No entanto, o LinkedIn tem uma vantagem enorme sobre o Facebook (e outros sites de mídia social).

Em sites como o Facebook, a maioria das pessoas está conversando com amigos ou em jogos. Sério: quantos convites para jogar Clash of Clans você já recebeu?

Em outros sites, como o Twitter, as pessoas estão conversando (ou discutindo) com amigos ou influenciadores.

Você já percebeu o ponto em comum?

Nesses sites, as pessoas geralmente não estão focadas em negócios. A natureza social desses sites é primordial, e isso faz da geração de leads B2B um desafio.

É por isso que você precisa se destacar ao fazer publicidade ou marketing nessas plataformas.

Mas no LinkedIn?

Todo mundo está pensando em negócios. O objetivo da plataforma é encontrar empregos, criar conexões, manter a reputação de um negócio… e isso mesmo: vender!

Em outras palavras, ao entrar no LinkedIn, as pessoas já estão pensando em negócios, assim como o usuário do Instagram está pensando em fotos e hashtags.

Assim, quando um usuário do LinkedIn encontrar sua página, ele vai estar mais receptivo a informações sobre o seu negócio.

Isso é parte da razão pela qual o LinkedIn é a melhor forma de gerar leads B2B.

Com o LinkedIn, você tem uma vantagem que não é possível em outras redes sociais.

Não estou dizendo que outros sites de mídia social são inúteis, mas sim que as capacidades do LinkedIn são largamente subestimadas..

Antes de continuar, vamos falar sobre o propósito de usar sua página do LinkedIn como funil de vendas.

De forma geral, o objetivo de um funil de vendas é… vender. (Óbvio, certo?)

Mas como você não pode vender produtos diretamente no LinkedIn, vamos focar na geração de leads.

O objetivo final vai ser convencer as pessoas a tomarem o primeiro passo para se comunicar com você.

Isso pode ser um pedido para se conectar ou cliques em um link no seu perfil.

De qualquer forma, seu objetivo é levar as pessoas a agirem e aprenderem mais sobre o seu negócio. Vou compartilhar aqui algumas formas diferentes de fazer isso.

Os elementos (importantes) de uma boa página no LinkedIn

Existem dezenas de artigos excelentes sobre como criar uma página de perfil incrível no LinkedIn.

Você definitivamente já deve ter um bom perfil ativo no LinkedIn.

Mas o processo é um pouco diferente para o que vamos fazer agora.

Você pode seguir esses passos independentemente do que o seu perfil do LinkedIn já tiver (ou não tiver). Assim, prepare-se para fazer algumas mudanças.

Para começar, nós precisamos examinar as partes mais importantes do seu perfil.

Claro, cada parte tem um propósito. Mas para usar sua página do LinkedIn como funil de vendas, você vai focar em elementos específicos da sua página.

Seu título  = seu elevator pitch

Seu título é o texto que aparece abaixo do seu nome, no seu perfil.

Ele também vai aparecer em buscas e na seção “Pessoas que talvez você conheça”.

Por definição, seu título está configurado para mostrar seu cargo mais recente.

Qualquer pessoa que visita seu perfil é um potencial cliente, certo? E você deseja mostrar o que pode fazer.

Assim, se o visitante vir seu cargo, não vai ter uma primeira impressão extraordinária.

Mas e se ele vir alguma coisa assim?

Isso vai criar uma primeira impressão excelente.

Seu potencial cliente vai saber o que você pode fazer para ele antes mesmo de aprender mais sobre você ou sua empresa.

E isso é muito poderoso, amigo.

Em resumo, você precisa de um título focado em benefícios. Basicamente, uma versão mais curta de um elevator pitch.

Seu título será a boca do seu funil. É ele que vai chamar a atenção e atrair alguém.

Aqui está um exemplo de um excelente título focado em benefícios:

Você fica sabendo imediatamente porque deve clicar e descobrir mais.

Pergunte a si mesmo: “Por que alguém deve se interessar pelo meu produto ou serviço?”

Condense essa resposta em uma linha e use-a como título..

Aqui estão alguns exemplos para te inspirar:

  • Ajudo universitários a conseguir empregos na Student Jobs Inc.
  • SEO que ajuda a aumentar suas vendas.
  • Escrevendo textos publicitários que os clientes amam.

Foque no principal benefício que você fornece.

Isso é importante: Se você tem uma empresa, coloque o nome dela no seu título.

Isso vai fixar o nome da sua marca no cérebro do visitante. Ele vai associar seu nome e seu rosto com o seu negócio.

Se você é um empreendedor individual ou um freelancer, não se preocupe com isso.

Após criar um título, é hora de colocá-lo em ação.

Você pode mudar seu título facilmente indo ao seu perfil e clicando no ícone de lápis, à direita da sua foto de perfil.

Isso vai abrir um painel onde você pode editar seu título e outros detalhes.

Aqui você pode mudar seu título.

Mas não feche essa janela ainda! Você vai fazer outras alterações daqui a pouco.

Recapitulando…

Você criou um título focado nos benefícios que diz às pessoas o que elas vão ganhar ao trabalhar com você.

Agora que você já atraiu atenção para o seu perfil, é hora de seguir para o próximo nível.

Conquiste o visitante com seu resumo

As pessoas muitas vezes dizem que o título é a parte mais importante de um perfil do LinkedIn.

Acho que isso é verdade. E acho também que o resumo é a segunda parte mais importante do seu perfil.

O resumo é onde você entra em detalhes sobre o que disse no título.

Se alguém está lendo seu resumo, é porque está interessado em ver o que você tem a oferecer.

Essa seção é basicamente uma landing page em miniatura dentro da sua página de perfil.

E é exatamente assim que vamos pensar na hora de usar sua página do LinkedIn como funil de vendas.

Primeiro, pense em todos os benefícios que você oferece aos seus consumidores.

Faça uma lista, como você faria no caso de uma landing page. Usar tópicos é uma boa ideia.

Comece copiando e colando essa lista na sua seção de resumo:

Agora você precisa apenas fazer alguns ajustes.

Primeiro, pense em como você quer estruturar seu resumo.

Quase todo mundo usa parágrafos:

Mas isso pode ficar muito pesado, especialmente considerando que a seção de resumo é bem larga.

E aqui está um ponto a considerar: a primeira parte do seu resumo precisa ser curta.

Por quê? Porque após algumas palavras, o LinkedIn corta o texto com uma opção “Ver mais”.

Isso significa que você só tem duas linhas para prender a atenção do leitor.

Sei que isso intimida um pouco, mas não se preocupe.

Bem, agora vamos voltar e falar sobre a estrutura. Mais especificamente, sobre as duas primeiras linhas do resumo.

As duas primeiras linhas do seu resumo são as mais importantes

Não existe uma fórmula para os resumos do LinkedIn, mas a minha filosofia é aproveitar ao máximo essas duas primeiras linhas.

De fato, meu resumo inteiro cabe em duas linhas:

Você não precisa copiar o que eu fiz, mas pode fazer isso se quiser.

O que eu quero dizer é que essas duas primeiras linhas são a parte mais importante do seu resumo.

Use-as para dar ao seu leitor uma ideia concisa do que você faz e de como você pode ajudá-lo. 

Sua seção de resumo é basicamente o texto principal de uma landing page. Ela diz tudo o que você precisa saber e prende a sua atenção.

No entanto, criar uma landing page em miniatura no LinkedIn não é tão fácil. Você não pode usar gráficos e vídeos atraentes ou botões de CTA.

Assim, você precisa ser criativo.

Se quiser um exemplo de como condensar sua mensagem em duas linhas, veja o que eu fiz no Quick Sprout:

Nosso objetivo era comunicar a essência do Quick Sprout em uma ou duas frases curtas.

Apesar de o texto ser curto, você sabe instantaneamente o que é o QuickSprout e se você está ou não interessado nele.

Esse também foi o nosso objetivo com o CrazyEgg:

Mais uma vez, são apenas algumas linhas de texto publicitário, mas elas te dão uma ideia concreta do produto.

Se você usar essa técnica com seu resumo do LinkedIn, vai criar uma tática de impacto duplo em combinação com o seu título.

Apesar de não ver tudo, o usuário vê o suficiente para querer clicar em “Ver mais”.

Não use textos clickbait ou outras táticas desse gênero. Seja sincero e direto e conte aos seus leitores como eles vão se beneficiar do seu negócio.

O resto do resumo

Você não pode parar após ganhar o interesse do leitor. Você precisa manter o ritmo.

É aqui que você vai entrar nos detalhes práticos sobre o seu produto.

Brian Dean faz isso em um nível profissional

As duas primeiras linhas do resumo dele fazem perguntas que o leitor pode se perguntar:

E depois fica ainda melhor. O resumo completo dele é uma visão geral incrível do que o site dele, o Backlinko, faz, e como ele pode ajudar o visitante.

Vamos ver tudo o que está sendo feito aqui em partes.

Primeiro, Brian conta quem ele é e o que é o Backlink. É uma apresentação curta mas interessante.

A seguir, ele fala sobra a história do Backlinko.

Você não precisa falar sobre a história da sua empresa, mas deve contar por que o seu negócio existe.

Pensando de forma mais geral, esse é o verdadeiro tema dessa seção.

Ao ler o resumo de Brian pela primeira vez, ninguém vai se importar com a história do Backlinko. Mas todos vão querer saber por que o Backlink foi criado.

Finalmente, Brian adiciona credibilidade ao mencionar onde ele já apareceu na mídia e mostrar uma lista de especialidades.

É aqui que entram todos os benefícios que você encontrou.

Essa lista não fala apenas das habilidades de Brian. Ela se aplica também ao que o Backlinko pode fazer.

Afinal, o Backlink é o site do Brian, e o resumo todo é sobre o site.

Assim, essa lista tem uma função dupla, falando do que Brian e também o  Backlinko podem fazer.

Mais uma vez, você não precisa copiar o estilo exato do resumo do Brian. Mas seu resumo deve incluir todos esses items essenciais.

Adicionalmente, eu recomendo incluir dados de contato ao final do resumo. Isso pode ser seu email ou a URL do seu site.

Isso vai garantir que qualquer pessoa interessada possa entrar em contato com você e conhecer seu negócio.

Recapitulando: após as duas primeiras linhas, seu resumo deve conter o seguinte:

  • Uma introdução
  • Uma seção que explica o que o seu negócio faz
  • Uma seção que explica que benefícios seu negócio oferece
  • Uma forma de contatar você ou um link para o seu site

Esse é o processo básico para usar sua página do LinkedIn como funil de vendas.

Antes de salvar seu resumo, tenho mais uma dica para compartilhar com você nessa seção.

Na parte de baixo do painel de edição do resumo existe uma opção chamada “Compartilhar alterações ao perfil”.

Isso vai enviar uma mensagem para todo mundo na sua rede anunciando que você atualizou seu perfil.

Isso é marketing gratuito.

Assim, eu recomendo muito selecionar a opção “Sim”.

Alguém na sua rede pode te contatar e se reconectar a você ou te recomendar a um colega.

Faça ajustes precisos ao seu funil

Existem muitas outras coisas que você pode fazer com seu perfil.

Vou discutir aqui algumas das minhas estratégias favoritas. Mas lembre-se: a sua imaginação é o único limite.

Direcionar visitantes para uma página específica.  Se você estiver promovendo uma campanha específica, pode direcionar seus visitantes para um link relevante.

Você não precisa usar links para a sua homepage. Você pode enviar seus visitantes para qualquer página que desejar.

Por exemplo: Rob Battaglia, do HubSpot, tem um link para a página de carreiras do HubSpot em seu perfil:

Você pode usar um link para uma landing page, uma página de produto ou um perfil social.

Você pode usar links para qualquer página que ajude o usuário a se mover dentro do funil.

Nesse momento, Sean Ellis está usando um link de pré-compra para o livro novo dele:

Adicione testemunhos.  Seu resumo é o lugar perfeito para adicionar algumas provas sociais.

Afinal, seus visitantes estão procurando uma solução. Se você já ajudou outras pessoas a encontrar essa mesma solução, seus novos visitantes vão ter mais confiança ao considerar seu negócio.

Ayman Abdullah incluiu em seu perfil uma citação de nada menos do que  Seth Godin:

Se isso não é prova social, nada mais é.

Mas não se preocupe: você não precisa de um testemunho de Seth Godin para ter uma seção de testemunhos.

Algumas citações curtas mas fortes de influenciadores ou mesmo clientes seus já são suficientes.

Use a seção Experiência. Você pode usar essa parte do seu perfil para gerar ainda mais apelo para o seu negócio.

Essa seção foi criada para que você mostrasse suas conquistas. Você pode fazer isso, mas também incluir links e/ou texto publicitário atraente.

Chris Guillebeau tem um link para o seu blog na seção Experiência:

Em resumo, você pode usar todas as técnicas de que falamos até agora nessa seção.

Use essa seção para fornecer informações adicionais ou enfatizar benefícios importantes. Não repita dados sem motivo.

Conclusão

Espero ter renovado suas expectativas para o LinkedIn.

Sim, o LinkedIn é meio chato, e não é tão divertido de usar como outras redes sociais. Mas ele dá resultados excelentes quando se trata de negócios.

Assim, se você tem uma página no LinkedIn e ignorou-a por algum tempo, é hora de sacudir a poeira e aperfeiçoá-la com esse processo.

Poucas pessoas usam a página do LinkedIn como funil de vendas. Isso significa que você vai estar à frente dos seus concorrentes, aproveitando as vantagens de um canal que eles não usam.

Eu realmente acredito que o LinkedIn pode ser mais útil do que o Facebook na geração de leads (e não, isso não é um erro ou uma piada. É verdade!)

O importante é o que você coloca no LinkedIn. Se você aplicar essa estratégia, vai ter resultados excelentes.

Sei que se fala pouco dessa técnica online. É por isso que eu quis chamar sua atenção para a opção de usar sua página do LinkedIn como funil de vendas.

Experimente essa tática e veja quanto sucesso você vai obter.

Se tiver alguma pergunta, não tenha medo de falar sobre isso nos comentários.

O que você faz para aproveitar ao máximo seu perfil do LinkedIn?

Compartilhe