Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

As Maiores tendências de Empreendedorismo para Praticar em 2018

entrepreneurship trends

Eu gosto muito da ideia de se pensar no futuro.

Pensar nos anos que virão pode ajudar você a planejar os seus objetivos e estratégias melhor e, se fizer isso corretamente, você pode vencer os seus concorrentes fazendo as coisas antes que eles.

Olhar para frente também ajuda você a melhorar o seu próprio negócio.

Eu sempre acompanhei as tendências do mercado empreendedor porque isso me ajuda a saber o que esperar.

Por exemplo, os infográficos ficaram muito populares há uns anos. Eu fui capaz de prever isso, e então tentei fazer marketing com os infográficos sozinho.

Com certeza funcionou. O meu tráfego aumentou 193% em apenas um ano.

Se eu não estivesse acompanhando as tendências da indústria, não teria encontrado os infográficos até que fosse tarde demais.

Algumas startups pensam apenas no curto prazo. Elas querem ficar lançando produtos e recebendo feedback em tempo real.

Eu adoro essa abordagem, mas definitivamente, pensar no futuro ajuda muito. Você pode conseguir uma boa vantagem em cima dos seus concorrentes.

Alguns dos maiores negócios do mundo chegaram onde estão porque foram capazes de tirar vantagem de uma tendência antes que todo mundo ficasse sabendo dela.

Você pode fazer o mesmo. Veja algumas tendências do empreendedorismo que você deve ficar de olho em 2018.

A tecnologia vai se tornar cada vez mais revolucionária

O termo “Inovação revolucionária” soa recente, mas na verdade ele já está por ai desde 1995.

Isso foi quando Joseph L. Bower e Clayton Christensen cunharam o termo nas páginas do Harvard Business Review.

O termo se refere a uma inovação que causa grande mudança na indústria. Ele conecta ideias que nunca foram conectadas antes para tirar proveito de um mercado completamente novo.

pasted image 0 534

Para ser mais específico, o Harvard Business Review define a disrupção como “um processo por onde uma empresa menos e com menos recursos é capaz de desafiar com sucesso empresas bem estabelecidas.”

É a história de David versus Golias aplicada ao mercado empreendedor. Disrupção, é quando uma startup pequena vence um gigante da indústria.

Inovação disruptiva é como colorir as linhas externas. Isso não segue nenhum conjunto de regras, mas ainda assim, cria um efeito incrível.

Airbnb é um exemplo perfeito.

Era uma pequena startup que ocupou toda a indústria hoteleira e funcionou.

pasted image 0 470

O Airbnb é provavelmente o melhor exemplo real de disrupção.

Pense assim: Uma startup fundada em 2008 está fazendo mais do que cadeias de hotéis globais que estão no mercado há décadas.

Este é o poder da inovação disruptiva.

Mas startups estão ficando confortáveis com a ideia de serem disruptivas. É arriscado, mas a recompensa também é grande.

Um grande aspecto da disrupção é conectar os consumidores a mais recursos. Pense nisso como a eliminação do atravessador. Geralmente, isso corta os custos e faz os usuários mais felizes.

Pense nisso como tecnologia disruptiva.

Nos últimos anos, vimos muitas empresas utilizando a tecnologia disruptiva para criar algo novo.

Empresas como o Netflix, 23andMe e o Spotify usaram tecnologia disruptiva para ascender ao topo. Na verdade, a maioria das empresas que você é cliente hoje em dia são provavelmente disruptivas de uma maneira ou de outra.

pasted image 0 388

E essa tendencia da tecnologia disruptiva só vai aumentar.

O Airbnb conecta você diretamente com a hospedagem e você não precisa mais de um hotel. A Amazon te da acesso a quase todos os produtos que você queira sem você precisar sair de casa.

Muitas das maiores startups de 2107 estão fazendo exatamente isso. Embora não sejam necessariamente disruptivas para uma indústria inteira, elas estão utilizando tecnologia disruptiva para criar novos negócios.

Dê uma olhada na Virta Health, que conecta pacientes com diabetes diretamente com os médicos por vídeo chat.

pasted image 0 538

Isso que é tecnologia disruptiva em ação.

Outro exemplo: a Roadrunner Recycling ajuda as pessoas a reciclarem mais com coletas agendadas e várias soluções de gerenciamento de resíduos.

Screen Shot 2017 08 30 at 6.18.01 PM

Existem todo tipo de tecnologia disruptiva por aí.

Até mesmo o clássico modelo de negócios freemium pode ser transformado em uma tecnologia disruptiva que permite que você se torne mais popular que os seus concorrentes.

Isso foi o que aconteceu com o meu negócio multimilionário. A história é a seguinte:

Existe tecnologia disruptiva em qualquer nicho que você possa imaginar, e em 2018, ela será a marca registrada das startups.

Existirão mais equipes remotas

O trabalho remoto explodiu em popularidade.

As pessoas cada vez mais estão preferindo o teletrabalho ou trabalhar completamente online.

É fácil ver o por quê. Você pode fazer os seus próprios horários e trabalhar no seu passo.

Em sua declaração no relatório da American Workplace, Gallup descobriu que 43% dos empregados americanos passam pelo menos algum tempo trabalhando remotamente.

Em quase todas as indústrias, a porcentagem de trabalhadores que trabalham de casa tem aumentado significativamente.

pasted image 0 554

Você pode até mesmo estar trabalhando de casa agora mesmo.

Quase todas as startups estão apostando no trabalho remoto.

E muitas startups estão levando isso para o próximo nível de forma completamente online.

As startups como a Knack e a Toggl são 100% virtuais, o que significa que todos os seus funcionários trabalham de casa.

E eles não são os únicos fazendo isso. Já virou uma grande tendência.

Um dos maiores benefícios é que as empresas podem contratar profissionais qualificados de qualquer lugar do mundo.

pasted image 0 442

E isso também tende a deixar os funcionários mais felizes, mais produtivos e fiéis.

pasted image 0 353

Esta é uma ótima razão para cada vez mais startups contratarem remotamente. Isso cria um ambiente de trabalho melhor para as pessoas, o que faz o negócio todo melhorar.

Embora as pessoas tenham pensado por muito tempo que trabalhar remotamente não é tão bom quanto em uma localização física.

Somente agora os negócios começaram a aprender que as equipes remotas podem ser tão produtivas quanto as equipes presenciais.

É comum que as equipes remotas sejam mais eficazes porque o ambiente de trabalho de hoje em dia pode distrair um pouco. Trabalhar de casa elimina esse tipo de problema.

pasted image 0 478

Mas também existe outra coisa excelente quando se fala em trabalhar seguindo as próprias regras. Determinar os próprios horários e trabalhar de onde você quiser é maravilhoso.

É por isso que mais pessoas vão começar a trabalhar remotamente em 2018.

Eu não me surpreenderia se a maioria das novas startups tiverem equipes trabalhando de forma completamente virtual.

Se uma startup não possui uma localização física, eles não precisaram pagar aluguel. Existem centenas de maneiras onde o trabalho online pode reduzir os custos.

Algumas das startups mais populares de 2017 possuem equipes que são parcialmente remotas e não parece que eles pretendem mudar para um escritório tão cedo.

Resumindo, o trabalho remoto é o futuro.

O marketing se tornará mais interativo

Quer saber umas das coisas mais importantes que eu aprendi nos últimos anos?

Se você quiser atrair a atenção das pessoas, você tem que fazer por onde.

Você tem que se destacar dos seus concorrentes de longe se quiser ser percebido.

Fazer os usuários perceberem que você existe  está mais difícil do que nunca. Somos bombardeados todos os dias com anúncios — cerca de 5.000 por dia.

Popups, comerciais, anúncios de display — a lista só cresce.

As empresas gastam bilhões em publicidade anualmente, e isso faz com que a internet seja desordenada.

pasted image 0 333

Como resultado, é extremamente difícil se destacar. Você é apenas uma voz na multidão, e essa multidão é enorme.

Uma maneira que os profissionais de marketing tem utilizado para combater esse problema é utilizar formas de marketing mais interativas.

Vamos dar uma olhada no marketing tradicional para entender melhor o que é marketing interativo.

Pense nos comerciais de televisão. Eles não oferecem nenhuma maneira de interação para o espectador. Tudo o que eles fazem é tagarelar sobre um produto para tentar fazer com que você compre.

Agora pense no marketing de Twitter.

pasted image 0 510

Os usuários podem comentar ou retuitar. Eles têm opções para interagir com o conteúdo de alguma forma.

O marketing de redes sociais é uma forma de marketing interativo porque o usuário e a marca podem ter uma conversa recíproca.

pasted image 0 325

E isso é só a ponta do iceberg.

Muitas startups estão criando um tipo de marketing hiper interativo que é de fato divertido para as pessoas participarem.

Rosetta Stone criou essa página interativa super legal para a sua campanha de marketing Love Languages:

pasted image 0 343

Você pode sair clicando pelo globo e aprender fatos relacionados ao idioma de vários locais diferentes.

É quase como um jogo. Você nem precisa pensar nisso como uma tática de marketing.

E existem inúmeras maneiras de fazer marketing interativo.

Por exemplo, a Skyword criou um quiz chamado “Are You a Marketing Visionary?”.

pasted image 0 486

O teste de 5 minutos analisa a aptidão do marketing de conteúdo da sua marca e te diz como melhorá-la.

Se feito corretamente, o marketing interativo é tão bom que o usuário não vai se importar se perceber que é marketing.

Mas por que o marketing interativo é importante? E o que é que tem de errado com os métodos tradicionais, afinal?

Atualmente, o consumidor possui quase todo o controle.

pasted image 0 407

Você não pode manipular ou enganar as pessoas para fazer com que elas comprem o seu produto. Isso simplesmente não funciona nos dias de hoje.

Ao invés de irritar o consumidor ou utilizar táticas de vendas nebulosas, a sua marca precisa merecer a atenção (e o dinheiro) das pessoas.

É por isso que o marketing interativo é tão importante. Ele da total controle ao usuário, que por sua vez passa a confiar na sua marca.

Se você quer ser bem sucedido em 2018 e nos anos seguintes, o seu marketing vai precisar ser pelo menos um pouco interativo.

Não basta simplesmente falar para os seus usuários. Fale com os seus usuários. Comece uma conversação e deixe que eles participem.

A internet das coisa se tornará mais importante

A internet das coisas é um dos avanços tecnológicos mais revolucionários dos últimos anos.

Ela tem grande impacto na nossa forma de comer, dormir e até mesmo na forma de fazer marketing.

Se você nunca ouviu falar nesse termo antes, a Internet das coisas (ou IoT) conecta os aparelhos na internet para expandir as possibilidades de uso destes aparelhos.

pasted image 0 462

Por exemplo, você pode utilizar uma aplicativo para modificar a temperatura da sua casa mesmo estando no trabalho.

Isso porque o um aparelho (seu celular) conecta-se com outro aparelho (o seu termostato) através da Internet.

A IoT está maior, a cada dia que passa. Ela engloba tudo, desde máquinas de café até os smartwatches.

No mundo dos negócio, a IoT mostra uma gama de possibilidades, e nós estamos apenas começando a explorar o que pode ser feito.

pasted image 0 516

Muitos negócios estão utilizando a IoT para produzir mais e com mais confiança.

Isso ajuda no desempenho das equipes tanto no ambiente de trabalho quanto no ambiente online.

Os dispositivos usáveis como os relógios smart e óculos estão começando a serem utilizados por mais empresas. Os dispositivos ajudam a conectar todos melhor.

pasted image 0 493

Embora algumas empresas não estejam tão interessadas nos dispositivos usáveis, outras receberam a tecnologia de braços abertos.

Na maioria dos casos, os usáveis podem aumentar os níveis de produtividade e criar um ambiente de trabalho melhor.

Existem também várias outras formas de utilizar os aparelhos IoT quando se trata de marketing.

Por exemplo, tornar as suas campanhas de marketing mais específicas.

Os aparelhos IoT são incrivelmente pessoais. Eles funcionam com base no que o usuário faz.

Como resultado, os profissionais de marketing poderão utilizar os aparelhos IoT para entregar soluções super personalizadas para os clientes individuais.

pasted image 0 373

Isso eleva a personalização a outro patamar.

Nós vamos ser capazes de criar mensagens únicas para cada usuário.

As técnicas de marketing mais modernas permitem que você seja bem específico com a sua área de ação, mas poucas permitem que você seja tão específico assim. E isso é uma virada no jogo.

Outro benefício dos aparelhos IoT é a quantidade de dados que é possível adquirir deles.

Quanto mais aparelhos conectados conectados o usuário tive, mais informações sobre aquele usuário você vai conseguir. E isso significa melhores análises.

pasted image 0 453

Em 2020, existirão 4 bilhões de pessoas conectadas à IoT.

pasted image 0 548

Isso é mais da metade da população.

E isso não é um futuro tão distante assim. É daqui a pouco mais de dois anos.

Você consegue imaginar a enorme quantidade de dados personalizados que nós seremos capazes de coletar dessas 4 bilhões de pessoas?

Se você é um profissional de marketing, você provavelmente está babando agora — e não é por menos.

A IoT é intensa e vem crescendo rapidamente. De algumas maneiras, as startups vão começar a utilizá-la mais e aquelas que não utilizarem, vão acabar ficando para trás.

A automatização será mais difundida

Eu sou velho suficiente para lembrar da época em que eu ia ao cinema e podia espiar o projecionista responsável pelo filme.

Hoje em dia, é tudo digital. A maioria das pessoas que vai ao cinema provavelmente nem sabe o que é um rolo de filme.

Isso é apenas uma das coisas que foram automatizadas, e no mundo dos negócios existem muitas coisas prontas para serem automatizadas.

É possível que em apenas alguns anos você possa trabalhar com um robô.

pasted image 0 500

Isso soa como uma história de ficção científica, mas não é.

Faz sentido. Você pode confiar na programação de um software para fazer coisas, então por que não tirar vantagem disso?

Especificamente, uma das tendências emergentes que eu notei é o uso de chatbots.

pasted image 0 527

Você provavelmente já viu sites com chat ao vivo para suporte. Eles tipicamente se parecem com isso:

pasted image 0 363

Muitas vezes, esses chats possuem pessoas de verdade falando com você. Seja para suporte tecnológico ou aconselhamento, eles geralmente são feitos por humanos.

Entretanto, muitas startups estão utilizando bots no lugar de pessoas nos chats.

O que muitas empresas descobriram é que você pode entregar resultados personalizados e úteis utilizando um chatbot.

pasted image 0 418

Na verdade, as vezes os bots podem ser melhores do que pessoas em identificar as tendencias e determinar o que os consumidores gostam.

Os chatbots não só são econômicos como também permitem que você tenha um chat ao vivo 24 h.

E se isso não for suficiente, os chatbots têm muito mais possibilidades.

Eles são bastante versáteis e podem ser utilizados para mais do que só suporte.

Eu amo a ideia de usar os chatbots para gerar leads.

O conceito é simples: Você coloca um chatbot para qualificar os seus leads fazendo com que os seus usuários passem pelos primeiros passos do funil através de uma sequência de mensagens como esta.

pasted image 0 431

Uma vez que o usuário estiver pronto para comprar, um humano assume a conversa para fechar o negócio.

Maravilhoso, não é mesmo?

Você pode até mesmo fazer tudo isso no Facebook para combinar o poder das redes sociais com a versatilidade dos bots

E isso não é nem o começo.

Diariamente, as pessoas encontram novas maneiras para utilizar os bots. Os chatbots vão ser muito utilizados em , e todo tipo de automatização vai surgir também.

Conclusão

Se você não está atualizado com o assunto empreendedorismo, você precisa começar agora.

É claro, que você não precisa passar horas do seu dia tentando descobrir o que vai ser mais popular no ano que vem.

Mas você precisa estar ciente do que os outros negócios estão fazendo.

Muitos negócios fazem pesquisas dos seus concorrentes. Esta é uma medida defensiva — você olha para o seu competidor para se certificar que você ainda tem uma fatia do mercado.

Olhar para as tendencias é uma medida ofensiva. Você tem a chance de fazer algo antes dos seus concorrentes, e isso pode te gerar mais vendas.

Ou talvez faça com que você seja mais eficiente ou ajude você a adotar as novas tecnologias primeiro.

As tendências são ótimas para avaliar onde o empreendedorismo está indo a longo prazo.

Por exemplo, nós vimos muita automatização acontecendo. O seu negócio esta preparado para isso? O seu modelo de negócios foi feito pensando em automatização?

Você pegou a ideia.

Não fique no escuro sem saber o que está acontecendo no empreendedorismo. Ao invés disso arranje algum tempo para observar essas tendências. O seu negócio agradece.

Quais tendências do empreendedorismo você está prevendo para 2018?

Compartilhe