Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

Como Otimizar o Seu Podcast para SEO

Podcasts.

Você já ouviu falar sobre eles e aposto que já até ouviu alguns. Mas você provavelmente ainda não criou o seu.

Pense da seguinte maneira…

Existem mais de um bilhão de blogs e praticamente 7 bilhões de pessoas no mundo. O que corresponde a um blog para cada 7 pessoas…

Por outro lado, existem aproximadamente 700.000 podcasts. Isso significa apenas 1 para cada 10.000 pessoas, aproximadamente.

Fazer um podcast é 1.428 vezes menos competitivo do que fazer um blog.

Isso quer dizer que você deveria gastar seu tempo fazendo um podcast?

Bom, deixa eu perguntar o seguinte… Você quer uma nova maneira de obter mais tráfego orgânico do Google?

Imagino que você tenha dito que sim. Mas antes de eu te ensinar como fazer isso, deixa eu mostrar algumas métricas de podcasts caso você ainda não esteja convencido.

Vale a pena ter um podcast?

De um ponto de vista de marketing e monetização, ter um podcast não é nada mau.

Eu tenho um podcast chamado Marketing School, que eu faço com meu amigo Eric Siu. Não fizemos muita coisa para promovê-lo, e ele cresceu naturalmente com o tempo.

Dê uma olhada nas métricas do último mês.

Obtivemos 1.083.219 downloads ou “ouvidas” no último mês. Para dar uma ideia de quanto isso vale, a Dream Host nos pagou US$60.000 por um anúncio…

Inclusive eles vêm nos pagando há algum tempo, tecnicamente temos um contrato de um ano no valor de US$720.000.

Além da receita com anúncios, tanto Eric quanto eu conseguimos clientes a partir do nosso podcast. É difícil dizer quanta receita obtivemos com o podcast para além dos anúncios, mas é certamente algo na casa dos sete dígitos.

Tenha em mente que quando eu ganho dinheiro através de anúncios ou gero receita para a minha agência de publicidade, há custos envolvidos, então de forma alguma receita significa lucro.

Infelizmente, minhas despesas são muito altas, mas eu vou deixar isso para outro post.

A melhor parte é que o Eric e eu só gastamos três horas por mês para gravar episódios do podcast para o mês inteiro. Então o retorno financeiro em relação ao tempo que gastamos é alto.

E se isso não é suficiente para te convencer a começar um podcast, aqui vão alguns outros números que talvez sejam:

  • 32% dos americanos ouvem algum podcast pelo menos uma vez por mês.
  • 54% dos ouvintes pensam em comprar produtos anunciados em podcasts.
  • Empresas gastaram US$497 milhões em anúncios em podcasts em 2018 (número provavelmente muito mais alto hoje).
  • 51% dos ouvintes mensais ativos de podcasts têm uma renda familiar anual de pelo menos US$75.000.

Se você ainda não criou um podcast, esse guia vai te ensinar como fazê-lo. E esse vai te ensinar como obter seus primeiros 10.000 downloads.

Beleza, agora vamos à parte interessante…

Como obter mais tráfego de SEO através do seu podcast

Em 2019, o Google viu como os podcasts estavam crescendo rápido e não quis ficar para trás.

Eles queriam que as pessoas usassem o Google, até para obter informações em formato de áudio. Então eles resolveram fazer uma mudança no mecanismo de busca e no algoritmo, começando a indexar podcasts e ranqueá-los.

E dependendo da sua busca e do quão específico você for, você vai perceber até que o Google está puxando detalhes de episódios específicos. Isso mostra claramente que eles são capazes de transcrever áudio automaticamente.

Não é uma grande surpresa, já que eles têm essa tecnologia há anos. Eles a utilizam no YouTube para entender do que de fato trata determinado vídeo.

Mas a questão é: o simples ato de gravar um podcast e soltá-lo não vai te gerar muito tráfego de busca.

Então como conseguir mais tráfego de SEO para o seu podcast?

Tudo começa com os temas

Ter um podcast é bem parecido com ter um blog.

Se você cria um post sobre qualquer assunto aleatório que ninguém está a fim de ler, você não vai gerar muito tráfego, seja a partir de redes sociais ou de busca.

O mesmo se aplica ao podcast. Se você grava um episódio sobre um assunto aleatório sobre o qual ninguém quer ouvir, você não vai conseguir muitos downloads (ou ouvidas) nem muito tráfego de SEO.

Dê uma olhada nas métricas de alguns de nossos episódios.

Se você examinar a captura de tela acima, vai ver que alguns têm melhor desempenho do que outros.

Por exemplo, o episódio “7 Segredos para Vender Itens de Ticket Alto” não foi tão bem quanto “As 7 Melhores Conferências de Marketing de 2020” ou “Como Gerar Mais Inscrições Pagas Para o Seu Funil”.

Você nem sempre vai conseguir criar um hit em cada episódio de podcast que você lança, mas tem uma estratégia simples que você pode usar para aumentar sua taxa de sucesso.

Primeiro, vá até o Ubersuggest e digite uma palavra-chave ou frase relacionada ao assunto do seu podcast.

Depois de digitar sua palavra-chave ou frase, clique em buscar.

Vai aparecer uma tela parecida com essa:

No menu de navegação à esquerda, clique na opção “Ideias de Conteúdo”.

A partir daí, você vai ver uma lista de assuntos populares dentro do tema que você está buscando.

Esse relatório detalha posts de blog populares com base em compartilhamentos nas redes sociais, tráfego de SEO e backlinks.

Normalmente, se um post tem as três coisas, significa que as pessoas gostam do assunto. Mesmo que só tenha duas das três, mostra que as pessoas estão interessadas no assunto.

O que constatamos foi que, se um assunto funcionou bem como post, ele normalmente funciona bem como episódio de podcast.

Veja pela internet, tem tanto blog por aí que a maioria dos assuntos já foi exaustivamente explorada. Mas com podcasts, é o contrário. Pelo fato de existirem tão poucos podcasts, a maioria dos assuntos não foi abordada.

E se você pegar esses assuntos exauridos e transformá-los em episódios de podcast, vai ser considerado um conteúdo novo e fresco que as pessoas querem ouvir. E eles tendem a ter um ótimo desempenho.

Agora você precisa mergulhar nas palavras-chave

Espero que você ainda esteja no relatório de ideias de conteúdo e que tenha encontrado algumas ideias para explorar.

Se não for esse o caso, é só descer até a parte de baixo do conteúdo de Ideias de Conteúdo e ficar clicando Próximo… Mesmo que só apareçam alguns poucos números, não se preocupe, são milhões de resultados, e, conforme você avança para a página seguinte, mais páginas vão aparecer.

Quando você encontrar um assunto, quero que você clique no botão “Palavras-Chave” na coluna “Estimativa de Visitas”.

Isso vai te dar mais palavras-chave específicas para mencionar, e assim você pode se aprofundar ainda mais no episódio do seu podcast.

Lembre-se que o Google consegue decifrar seu áudio e sabe de quais assuntos e palavras-chave você está tratando.

Então quando você mencionar uma palavra-chave no seu podcast, seu episódio vai ter mais chances de ranquear para aquela palavra-chave ou frase.

Mas tem algumas coisinhas que eu aprendi ao longo desse processo:

  1. Você não precisa amontoar as palavras-chave – você não precisa mencionar uma palavra-chave 100 vezes nem fazer nenhuma loucura para ranquear bem organicamente. Mencione-a sempre que for natural.
  2. Títulos de episódios contendo palavras-chave populares tendem a ir melhor – faça sua pesquisa de palavras-chave e inclua as palavras-chave certas no seu título (vou mostrar como fazer isso daqui a pouco).
  3. Títulos de episódios contendo perguntas fazem sucesso – você vai acabar percebendo que esses episódios têm um desempenho ainda melhor, porque, quando as pessoas fazem perguntas no futuro em assistentes virtuais como Alexa e Google Home, você vai ver que eles vão tirando-as de podcasts.

E como encontrar as palavras-chave e perguntas certas para incorporar aos seus podcasts?

Volte ao Ubersuggest e digite uma palavra-chave ou frase relacionada a um episódio de podcast que você queira criar. Agora vai ser um pouco mais fácil porque você já usou o relatório de Ideias de Conteúdo para pensar em assuntos que as pessoas tenham interesse em ouvir. 😉

Dessa vez, eu quero que você clique no relatório “Ideias de Palavras-Chave” no menu de navegação à esquerda.

Você vai ver uma lista de sugestões como essa:

Conforme você desce, você vai ver mais e mais palavras-chave.

Não se preocupe com os dados de CPC, mas dê uma olhada na pontuação de dificuldade de SEO, já que, quanto mais fácil for, maiores as chances de ranquear o episódio do seu podcast no Google. Confira também o volume de busca – quanto mais alto o número, melhor, uma vez que isso significa mais ouvidas em potencial.

Minha recomendação para você é procurar palavras-chave e frases com nível de dificuldade de SEO abaixo de 40.

Quando você tiver uma lista de palavras-chave, quero que você clique no link de navegação “Relacionadas” nesse mesmo relatório.

Você vai ver, então, uma lista muito maior de palavras-chave.

Nesse caso, você vai ver 405.513 palavras-chave relacionadas que você pode utilizar. Mais uma vez, ignore os dados de CPC, mas busque palavras-chave com dificuldade inferior a 40, e quanto mais popular a palavra-chave, melhor.

Por fim, quero que você clique no link de navegação “Perguntas”…

Depois, é só ir descendo e você vai ver uma lista de perguntas que você pode procurar usar.

De acordo com a Comscore, mais de 50% das buscas são buscas por voz. Grande parte disso são perguntas, então abordá-las no seu podcast ou até basear seus títulos em perguntas são ótimas maneiras de obter mais tráfego.

Se você não acha que procurar perguntas é uma boa estratégia para obter mais tráfego, dê só uma olhada no Quora.

Com uma estimativa aproximada de 111.114.424 visitas mensais a partir do Google, o Quora vem obtendo bastante tráfego otimizando o site para palavras-chave relacionadas a perguntas.

Conclusão

O Google é o site mais popular do mundo. Amando ou odiando SEO, você não tem escolha senão usá-lo a seu favor.

Uma maneira de obter mais tráfego de SEO é escrever bastante conteúdo. É uma abordagem competitiva que você deve considerar.

Mas outra solução ainda mais fácil é criar um podcast e fazê-lo ranquear bem no Google.

E o ideal é fazer as duas coisas.

Você tem um podcast? Já tentou ranquear conteúdo de áudio no Google?

Compartilhe