Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

PPC ou SEO? Qual é Melhor?

seo tips

A maioria das pessoas recomendaria um ou outro.

Mas será que você deve investir em PPC ou SEO?

Você provavelmente lê com frequência artigos com o título “PPC vs. SEO”, que comparam os dois canais de tráfego.

A busca paga gerou cerca de 35 bilhões de dólares em 2016. E esse número, que já é alto, continua aumentando.

Mas a busca orgânica é responsável por mais de 51% dos mecanismos de busca.

Então, aqui está o grande dilema dos profissionais de marketing.

Em qual tipo de tráfego você deveria investir o seu precioso tempo e dinheiro? SEO ou PPC?

Um é melhor do que o outro?

Se você investir todo o seu tempo e dinheiro em PPC, corre o risco de ter uma baixa presença na busca orgânica.

Isso significa que você pode acabar pagando os olhos da cara para conseguir clientes nos anos seguintes.

Por outro lado, se você investe 100% em SEO, vai demorar algum tempo até conseguir ter bons resultados. É como uma bola de neve, que demora algum tempo para ganhar impulso.

Mas agora vou dizer a boa notícia.

Eu estou aqui para mudar esse jogo.

Você pode usar SEO e PPC juntos.

Quando você faz isso da maneira correta, conseguirá ver bons resultados nas duas estratégias.

Não existe razão para escolher entre um ou outro. Mesmo algumas centenas de reais investidos nos dois canais podem pagar o retorno.

A seguir, confira 4 dicas de PPC para turbinar o seu SEO. 

Por que você deve investir em campanhas de PPC

A publicidade Pay Per Click (PPC) pode abrir todos os tipos de oportunidades para impulsionar as vendas dos seus produtos e serviços.

Aqui está um dos maiores benefícios do PPC:

Os anúncios pagos são exibidos primeiro nas páginas de resultados dos mecanismos de busca (SERPs).

Os anúncios da Rede de Pesquisa do AdWords vão aparecer antes de qualquer um dos resultados da busca orgânica.

Você verá quatro anúncios no desktop e três no mobile, que empurram quase todos os resultados de SEO ou orgânicos para abaixo da primeira dobra, ou “above the fold”.

Aqui está um exemplo:

image 26

É claro, esses são apenas alguns anúncios locais. Mas, mesmo assim, não é possível ver nenhum resultado orgânico na primeira dobra.

Os anúncios PPC também dão a você um controle sobre a mensagem e as extensões de site links que são exibidos.

Por exemplo, os anúncios da Rede de Pesquisa do AdWords permitem que você adicione frases de destaque personalizadas, CTAs e mensagens segmentadas para tornar o seu anúncio atraente para uma grande variedade de pessoas.

Vou mostrar abaixo o que isso significa, para que você possa ver a comparação entre o anúncio pago e resultados orgânicos.

Primeiro, confira esse exemplo de PPC:

pasted image 0 780

Está vendo todos esses site links extras?

Seus prospects podem clicar em qualquer uma dessas opções para entrar no seu funil mais rapidamente.

Agora, compare com um resultado da busca orgânica:

skitch 91

Além do título e da meta descrição, não há mais nada que estimule as pessoas a clicarem.

PPC também permite uma segmentação bem detalhada. Você pode segmentar anúncios por palavras-chave, hora do dia, localização, tipo de dispositivo e muito mais.

pasted image 0 771

A pesquisa orgânica é um tiro no escuro em comparação a isso.

Você pode otimizar para palavras-chave estratégicas. No entanto, você não tem muito controle sobre para quais termos conseguirá realmente posicionar.

E também há a questão da velocidade.

Você pode lançar uma nova companha de PPC em apenas algumas horas. O tráfego começa a surgir imediatamente após o lançamento.

Você também pode lançar uma nova estratégia de SEO dentro de horas. Entretanto, pode levar alguns meses até você começar a receber tráfego no site.

Anúncios também ajudam você a mostrar seus produtos nos resultados da busca.

Por exemplo, se você fizer uma pesquisa simples para cortadores de grama, os anúncios de texto aparecem em suas posições normais.

Mas os anúncios visuais patrocinados com o Google Shopping também aparecem primeiro.

 

Screen Shot 2017 08 07 at 1.15.47 PM

Por que você também deve fazer campanhas de SEO

A busca orgânica representa 64% do tráfego de todo site.

pasted image 0 777

A busca paga, por outro lado, representa apenas 6%, em média.

Então, a busca orgânica está à frente quando falamos de cliques e tráfego.

Mas essa não é a única grande diferença.

Por exemplo, anúncios de AdWords normalmente têm uma média de 2% de taxa de clique. Isso significa que apenas 2% das pessoas que estão fazendo a busca podem vir a clicar no seu anúncio.

pasted image 0 772

Agora compare com os resultados orgânicos.

Os anúncios PPC podem aparecer em primeiro na página. Mas a busca orgânica recebe a maioria dos cliques.

Se você ranqueia nas três primeiras posições orgânicas, terá CTRs mais altos:

pasted image 0 774

É por isso que SEO pode gerar um alto número de cliques.

E, é claro, todos esses cliques são gratuitos.

Em vez de pagar por cada um dos cliques mesmo se o usuário converteu ou não, o tráfego orgânico não envolve custos diretos.

Precisa de um bom tempo, esforço e dinheiro para ranquear bem. Você vai “pagar” pela criação de novos conteúdos, monitoramento do site, tentativa de ganhar novos backlinks e outras formas de atrair leitores.

Entretanto, você não está tirando dinheiro do bolso para pagar cada nova visita.

Tudo isso parece incrível até agora, certo?

Infelizmente, mesmo as coisas incríveis têm suas desvantagens.

Ganhar visibilidade e ranquear bem na primeira página para palavras-chave competitivas no Google não são fáceis.

Pode levar meses ou até anos para ranquear as melhores palavras-chave do seu segmento.

Dê uma olhada na média de idade dos posts no topo da página do Google. A maioria tem vários anos de idade!

pasted image 0 754

A idade média para um post ranqueado na 1ª posição para determinada palavra-chave é de cerca de três anos.

Enquanto isso, as postagens mais novas tendem a ficar posicionadas entre os últimos resultados da primeira página.

Todo novo conteúdo que você publica está em grande desvantagem.

É por isso que a ideia sobre o tráfego orgânico ser responsável por “64% de todo o tráfego do site”, como diz no estudo, pode parecer como entrar em um cassino para novos sites.

Isso parece incrível para atingir ótimos resultados.

Mas o sucesso está limitado, pois você não tem como controlar os ranqueamentos.

É exatamente por isso que você deveria usar PPC para ajudar a melhorar suas estratégias de SEO.

Você pode aproveitar as vantagens do PPC para compensar as desvantagens de SEO. Pare de tentar escolher entre PPC ou SEO.

Aqui estão quatro das minhas técnicas favoritas para fazer a combinação perfeita das duas estratégias.

1. Comece recuperando seu tráfego pago

Nós estamos perto de começar a gastar dinheiro em PPC.

Antes, você vai querer ter certeza de que está monitorando o tráfego da maneira certa.

Infelizmente, o seu tráfego vindo de PPC pode ser consumido por outros canais.

Você estará investindo seu dinheiro.

Mas o Google Analytics não irá registrar o tráfego corretamente. Então você não terá a menor ideia de como está funcionando.

É por esse motivo que você precisa estar preparado para filtrar seu tráfego direto e descobrir os reais números de tráfegos pago e orgânico.

Acesse o Google Analytics e clique no relatório “Aquisição”:

Screen Shot 2017 08 07 at 3.44.38 PM

O tráfego direto deve representar apenas as pessoas que estão digitando a sua URL na barra de endereço diretamente. No entanto, nem sempre isso acontece.

Por exemplo, o seu tráfego direto provavelmente vai estar parecendo algo como isso:

Isso pode não ser um bom sinal. Isso pode significar que você está gastando um bom dinheiro em anúncios que não estão sendo rastreados corretamente.

Felizmente, você pode consertar esse problema de uma vez por todas usando parâmetros UTM.

Use o Google URL Builder para colocar sua URL e customizar as tags:

pasted image 0 767

É comum deixar de lado o código UTM porque não é uma tarefa muito interessante. E também pode parecer um exagero.

Mas a verdade é que isso ajuda fornecendo a você os números reais de tráfego pago e orgânico.

Se você ainda não conhece muito bem os parâmetros UTM, aqui está um resumo básico com o que você precisa configurar e como estruturar seus links:

pasted image 0 779

Depois de criar os seus links, você pode copiar a URL da campanha e usá-la como sua URL final no AdWords:

Screen Shot 2017 08 03 at 4.28.28 PM

Agora o tráfego do seu site no Analytics vai ser registrado realmente como pago e orgânico, em vez de direto.

E você estará pronto para usar essa técnica avançada de PPC para dominar o seu SEO.

2. Domine as SERPs para pesquisas sobre a marca

Uma das melhores maneiras de melhorar o seu SEO com PPC é dominar uma Página de Resultado dos Mecanismos de Busca (SERP) com seus conteúdos.

Vamos entender o que isso significa.

Se você tiver mais links, terá mais cliques.

Menos de 10% dos usuários que fazem buscas vão até a segunda página do Google buscar suas respostas.

Além disso, os resultados da primeira página recebem 91.5% de todo o tráfego:

pasted image 0 751

Então,  é absolutamente sem sentido ter como objetivo algo que não seja a primeira página.

Se você domina os resultados na primeira página do Google, pode esperar obter uma maior porcentagem de tráfego:

pasted image 0 778

Você entendeu a ideia.

Quanto mais espaços você ocupa, mais cliques você terá.

Vamos começar com pesquisas sobre a marca.

Se você ainda não investe em pesquisas de marca como “Neil Patel” ou “Company,” você deveria.

Aqui está o que acontece quando você busca por “HubSpot.”

pasted image 0 759

Viu só?

Eles dominaram completamente toda a página de resultados do mecanismo de busca.

É praticamente impossível alguém clicar em um link que não leve ao site deles.

Por que isso é importante?

Reputação da marca! Dominar a SERP dessa maneira não permite que qualquer mídia negativa apareça quando alguém busca pela sua marca no Google.

E quando alguém faz uma pesquisa sobre marca como essa, ela tende a clicar no resultado orgânico em vez do anúncio pago. Então isso não vai gerar muitos custos a você.

Esse é o ponto!

É simplesmente para ajudar a impulsionar o seu SEO.

Isso existe para fazer com que todos os aspectos da página estejam focados no site da marca, aumentando as chances de mais tráfego e leads.

3. Use as palavras-chave mais caras no PPC em SEO

Ninguém gosta de gastar centenas de reais em PPC para ter zero conversões.

Algumas palavras-chave simplesmente não possuem a mesma intenção de compra do que outras.

Por exemplo, aqui está um sinal negativo:

pasted image 0 776

Você está mostrando o anúncio na primeira posição. Mas está gastando muito dinheiro.

Além disso, não está tendo bons resultados.

As pessoas podem estar clicando inúmeras vezes em suas palavras-chave caras. Mas ainda não estão preparadas para serem convertidas e se tornarem clientes.

Então use essa oportunidade para o SEO em vez de investir dinheiro em algo que não está dando retorno.

Se você ainda deseja receber tráfego para a palavra-chave, você pode começar a fazer buscas orgânicas e procurar palavras-chave relacionadas que você pode usar para ranquear.

Por exemplo, vamos dizer que você está investindo na palavra-chave “web design software,” e não está tendo conversões. O custo por clique é de quase 5 dólares.

Procure na SEMrush antes o CPC médio e o potencial orgânico de SEO:

pasted image 0 756

Agora você sabe que a competição é realmente muito alta.

E você está pagando muito além do CPC médio porque está em uma disputa com as inúmeras empresas que também estão investindo nessa palavra-chave.

Em vez disso, tente encontrar variações dessa palavra-chave para classificar organicamente, para que você ainda consiga receber o tráfego por essa palavra-chave.

Aqui está como você deve começar.

Cadastre-se na Moz e clique em “More Tools” no canto superior direito.

Um novo menu vai aparecer, e você deve clicar em “More SEO Tools”:

skitch 93

Agora, selecione o Keyword Explorer.

Você pode usar essa ferramenta gratuita para explorar variações de palavras-chave. Você conseguirá também ver o potencial de ranqueamento.

skitch 94

Em seguida, digite a sua mais cara e mais competitiva palavra-chave na barra de pesquisa.

Por exemplo, se a sua palavra-chave em PPC era “web design software,” simplesmente digite isso na barra de pesquisa:

skitch 96

Agora, você verá uma caixa com sugestões de palavras-chave.

Clique no link embaixo que diz “See All 1,000 Suggestions” para ver outras variações.

skitch 97

O ideal é que você encontre palavras-chave com maior potencial.

Vamos agrupar palavras-chave semelhantes para diminuir um pouco a lista.

Em “Group Keywords,” selecione “yes with low lexical similarity.” Sua lista atualizará automaticamente para aparecer grupos de palavras-chave em vez de palavras-chave individuais:

skitch 99

Agora você pode procurar esta lista para suas palavras-chave de conscientização, consideração e decisão para combinar melhor com o que o usuário está procurando.

Por exemplo, o anúncio de PPC anterior não estava funcionando. Esses visitantes não estavam prontos para converter.

Sem problemas. Agora você pode segmentar essas palavras-chave de PPC em várias páginas orgânicas.

Veja estas ideias destacadas abaixo:

skitch 100

O primeiro exemplo, “most popular web design software program”, seria bom para as pessoas que ainda estão avaliando suas opções.

Elas não estão prontas para comprar. Mas se você oferecer uma boa análise, elas podem voltar logo para se tornar clientes.

Por outro lado, o segundo exemplo, “bring ideas to life across screens”, provavelmente seria melhor para um simples post no blog.

Isso pode gerar um pouco de tráfego, mas não há sentido gastar dinheiro com essa palavra-chave.

Você pode repetir este passo para descobrir grupos de palavras-chave de cauda longa e ajudar a guiar suas novas ideias de conteúdo.

4. Combine resultados orgânicos com anúncios PPC 

Uma das minhas maneiras favoritas de integrar PPC e SEO é combinar o conteúdo de resultados orgânicos com anúncios PPC.

Entenda como isso deve ser feito.

A intenção de busca é tudo.

Se o usuário não está pronto para comprar, ele nunca irá clicar no seu anúncio PPC, não importa o quão bom o seu título seja ou o quão incrível seja o seu negócio.

Se ele não está pronto para comprar, ele não está pronto. Não há muito o que você possa fazer para ele mudar de ideia.

Aqui está o que você deveria fazer em vez disso.

Vamos supor que você quisesse ranquear para o termo de pesquisa, “best laptops 2017.”

Mas você percebe que essa palavra-chave é absurdamente difícil de ranquear:

pasted image 0 769

No entanto, o volume de pesquisa é incrivelmente alto.

Qual você acredita ser a intenção dessa busca?

Essas pessoas estão procurando comprar um laptop ou estão procurando comparar?

Está certo. Elas estão olhando para comparar. Elas querem ver como diferentes laptops são colocados uns contra os outros.

Se elas quisessem comprar, seria mais provável que pesquisassem “*nome da marca* laptop.”

Quando uma pessoa procura uma variação de “melhor ___”, ela está procurando artigos que comparem os produtos em questão.

Ela ainda não se preocupa com a sua marca. E nem sabe quem você é. Se ela soubesse, digitaria o nome da marca.

Então, se você quiser combinar PPC e SEO, você pode aproveitar esse truque simples.

Corresponda à intenção da pesquisa.

Vou te mostrar o que quero dizer.

Aqui estão os resultados pagos para a pesquisa“best laptops 2017”:

pasted image 0 761

Observe que eles não fazem sentido para a pesquisa.

Como eu disse antes, a intenção da pesquisa não é comprar um laptop ainda.

Agora, dê uma olhada nos resultados de SEO orgânicos desta pesquisa, e você verá a diferença:

 

pasted image 0 781

Entendeu qual é a intenção de pesquisa?

São todas comparações e revisões! Você está vendo diversas grandes listas de laptops para ajudar alguém a considerar suas opções.

Eu não vejo um único varejista como a Microsoft ranqueando bem para esta pesquisa. Por quê?

O algoritmo do Google determinou que esta consulta é melhor respondida com postagens de comparação.

Então, por que você quer gastar dinheiro em um PPC que apenas fala sobre seu produto, quando você poderia usar esse anúncio PPC para melhorar seu SEO?

Em vez disso, foque em combinar o seu anúncio com a intenção da pesquisa.

Veja como a primeira e terceira opções abaixo fazem isso perfeitamente quando você procura “best project management software”:

image 25

Usar esta tática pode ajudá-lo a dominar a SERP com seus conteúdos.

E ajudá-lo a aumentar seu sucesso em SEO sem criar um único backlink.

Conclusão

As pessoas sempre querem escolher entre PPC ou SEO.

Elas amam um e odeiam o outro.

Mas por que SEO e PPC não podem trabalhar juntos?

A pesquisa paga é um mercado em crescimento, que representa bilhões de dólares em receitas a cada ano.

E a pesquisa orgânica domina o tráfego na internet.

Mas o SEO demora meses ou até anos para conseguir ranquear bem nas melhores buscas.

O tráfego de SEO será bem baixo nos primeiros dias.

Já o PPC consegue entregar resultados imediatos. E esse tráfego também converte rápido.

Então pode levar apenas algumas horas para os resultados aparecerem, em vez de alguns meses.

Cada método tem seus prós e contras.

A boa notícia é que você pode fazer os dois. Você pode usar um para ajudar a compensar as desvantagens do outro.

Qual método de pesquisa paga você já usou para ajudar a melhorar a sua estratégia de SEO?

Compartilhe