Como Adaptar seu Marketing Durante o Coronavírus (COVID-19)

Já tem praticamente um mês desde que o Coronavírus começou a virar nossas vidas de cabeça para baixo.

Do isolamento social a se acostumar com a vida sem o ar livre, até estar sempre lavando as mãos, usando máscaras personalizadas e vendo nossos amigos e entes queridos adoecendo, o cenário do Coronavírus é algo que nenhum de nós esperava.

Até nossos negócios estão sofrendo. Dê uma olhada nas estatísticas de marketing durante o Coronavírus que eu compartilhei há algumas semanas. Os resultados são brutais.

Foi por isso que eu resolvi mudar o Ubersuggest e deixá-lo mais gratuito para poder ajudar pequenos negócios.

Desde então, muita coisa mudou e novas oportunidades estão surgindo para negócios online e atividades de marketing.

Antes de continuar, se você faz marketing de conteúdo, eu tenho um estudo inédito para te mostrar. Nele, você vai ver quais são as tendências para os próximos anos e como manter sua estratégia de conteúdo atualizada para atingir seus objetivos de tráfego e receita. Clique aqui para baixá-lo.

17 Gráficos Que Mostram o Futuro do Marketing de Conteúdo

Oportunidade nº 1: Ajudar os outros de forma altruísta

Minha agência de publicidade tem milhares de clientes no mundo todo. Perdemos vários deles, mas ainda temos o suficiente para saber quais são as tendências do que está acontecendo.

Quando eu comecei a ver empresas perdendo dinheiro sem parar, eu resolvi tornar mais ferramentas premium do Ubersuggest gratuitas. Isso significa que eu vou levar bem mais tempo para cobrir meus gastos, mas é a vida.

Veja a imagem abaixo… Você vai ver uma coisa interessante.

Esse gráfico mostra quantos cadastros de teste gratuito o Ubersuggest recebeu ao longo do mês.

Tenha em mente que novos clientes correspondem a testes gratuitos… Grande parte dos usuários de testes gratuitos não convertem em clientes pagos, mas ainda assim, quanto mais testes você tem, em tese, mais clientes pagos você deve conseguir.

Como você pode ver, o gráfico está decrescendo. Isso se dá porque eu liberei mais ferramentas pagas do Ubersuggest e as tornei gratuitas.

O mais interessante é que você (junto com outros membros da comunidade) ajudou a me apoiar.

Assim que eu postei sobre liberar mais ferramentas gratuitamente muitos de vocês resolveram fazer a assinatura paga.

Eu recebi dezenas de emails da comunidade de marketing me agradecendo e me dizendo como eles valorizavam tudo que eu estava fazendo e ainda contrataram um plano pago para me ajudar.

Claro que o número geral de cadastros caiu, mas é isso que acontece quando você decide oferecer mais coisas gratuitas. Eu não fiz isso porque estou tentando me aproveitar do Coronavírus ou sair bem na foto, mas sim para tentar ajudar as pessoas como tive a sorte de ser ajudado quando mais precisei.

Mas o mais interessante é… Meu tráfego do Ubersuggest começou a subir no momento em que eu falei pra todo mundo que estava liberando mais ferramentas gratuitas.

E eu não sou o único que passou por isso.

O Eric Siu resolveu tornar gratuito um curso que ensina as pessoas a criar uma agência de marketing (ele normalmente cobra US$1.497), e um pouco mais de 250 pessoas aceitaram a oferta. Se você quiser, dá para se inscrever gratuitamente aqui.

Isso fez com que o Eric conseguisse mais seguidores nas redes sociais e deu a ele a oportunidade de realizar um webinário sobre seus produtos/serviços para um público novo de 50.000 pessoas.

Como eu, o Eric não fez isso para obter nenhuma vantagem, ele só queria ajudar as pessoas.

Eu também conheço uma pessoa da área de saúde que fez algo parecido, bem como uma pessoa da área de recrutamento.

Todas elas colheram os benefícios indiretos de ajudar as pessoas.

Em todos os casos que eu vi, o resultado é mais tráfego.

Em relação ao seu site e seu negócio, pense naquilo que você pode tornar gratuito. Qualquer coisa que você puder fazer para ajudar as pessoas vale, principalmente nesse momento difícil. Você também vai ver que isso vai gerar mais visitantes para você, o que é um ótimo benefício indireto.

Oportunidade nº 2: Anúncios pagos estão muito, muito baratos

A tendência mais recente que estamos vendo é que anúncios pagos estão se tornando mais baratos.

Faz sentido, já que a maneira pela qual essas grandes redes de publicidade ganham dinheiro é através de um sistema de leilão. Elas precisam de pequenos negócios para aumentar o custo por clique (CPC) dos anúncios, para que assim as grandes empresas milionárias precisem gastar mais em anúncios.

Se não tem mais tantos pequenos negócios anunciando (como está acontecendo agora), não tem tanta concorrência, então o custo por clique diminui.

No entanto, o vírus tem feito com que passemos mais tempo online, tanto que empresas como a Netflix tiveram que reduzir a qualidade do streaming para colaborar.

Ou seja, o tráfego na web está subindo e tem menos gente anunciando. Isso significa que os anúncios estão mais baratos.

Por outro lado, também estamos vendo as taxas de conversão diminuírem em alguns mercados, mas nada que se compare ao CPC.

Ao fazer a média por área e globalmente, vemos que os anúncios pagos estão produzindo um ROI muito maior do que antes de o Coronavírus explodir. Dê uma olhada no gráfico abaixo.

Nossos clientes, de forma geral, tiveram aumentos de 31% a 53% em seu ROI. Isso corresponde a um aumento de 71% no ROI.

Se você ainda não experimentou anúncios pagos, é uma boa opção a se considerar. Se já, pode ser uma boa ideia investir ainda mais, já que está mais barato em relação aos últimos anos.

Como Melhorar a Taxa de Cliques (CTR) dos Seus Anúncios do Google Ads (1)

Oportunidade nº 3: As conversões estão caindo, mas tem uma solução

Em muitos setores, as taxas de conversão vêm caindo. Veja um retrato rápido de como estavam as coisas logo depois da primeira grande semana nos Estados Unidos.

Desde então, as coisas mudaram. Em alguns setores, melhoraram, mas em outros, como o de turismo, ainda estão horríveis. A Delta Airlines está, no momento, perdendo US$60 milhões por dia.

Mas encontramos uma solução que aumentou as taxas de conversão em uma média de 12%.

Se você é uma loja que vende online, pode ser uma boa oferecer planos de pagamento através de serviços como o Affirm.


Planos de pagamento diminuem o ônus financeiro suportado pelos seus clientes no curto prazo.

E você não precisa ser uma empresa de e-commerce para usar planos de pagamento. Se você vende serviços de consultoria, você pode receber dinheiro ao longo do período de um ano.

Se você vende ebooks ou cursos digitais, você também pode ter um plano de parcelas mensais.

Quando eu vendia produtos digitais no NeilPatel.com, eu percebi que 19% das pessoas se inscreveram para o meu plano de pagamento.

É um jeito fácil de melhorar suas taxas de conversão, principalmente em um momento no qual as pessoas estão buscando diminuir seus gastos à vista no curto prazo.

Oportunidade nº 4: Ofereça cursos educativos

Se você está buscando uma boa oportunidade, pode ser uma boa vender cursos educativos para o seu público.

Com as taxas de desemprego atingindo recordes, tem mais gente do que nunca procurando novas oportunidades.

Muitas dessas oportunidades são em áreas como alta tecnologia, em que nem todo mundo tem experiência.

E, claro, voltar à faculdade pode ser caro e demanda tempo. Além do mais, tem grandes chances de você aprender mais coisas aplicáveis no YouTube do que assistindo aulas na faculdade por quatro anos (pelo menos na maioria das profissões).

E aonde as pessoas vão para aprender? Qualquer site de educação que ofereça cursos e aconselhamento específico e de nicho.

Seja pela Udemy ou você vendendo seus próprios cursos, as pessoas estão buscando ajuda.

Se você não sabe como vender cursos online em grande quantidade, siga isso aqui. Eu detalho o passo-a-passo e te dou inclusive os templates que você precisa para ter sucesso. São os mesmos que eu usei para alcançar mais de US$381.722 por mês em vendas.

Oportunidade nº 5: Diversificação geográfica

O COVID-19 é um problema global. Mas ele vem afetando alguns países de forma mais intensa que outros.

Por exemplo, a Coreia do Sul foi mais bem sucedida no controle do vírus do que a maioria dos outros países.

E países como os Estados Unidos e a Itália tiveram uma explosão de casos diários.

Com mais de 84.000 novos casos por dia, que não param de crescer, a expansão ou declínio do vírus podem afetar drasticamente seu tráfego.

É por isso que você deveria pensar em diversificar as regiões das quais você obtém seu tráfego.

Através de SEO internacional, você pode ganhar mais tráfego rapidamente e depender menos da economia de um único país.

Por exemplo, veja a variação do meu tráfego de SEO nos Estados Unidos ao longo dos últimos meses.

O tráfego dos EUA está aos poucos se recuperando. Ainda não voltou à minha época de pico, mas também não está tão baixo quanto assim que o Coronavírus atingiu os Estados Unidos.

Por outro lado, nosso tráfego no Brasil vem explodindo.

Não mudamos nossa estratégia nem tem nada a ver com algoritmo… Também não produzimos mais conteúdo do que o normal… Só tivemos um aumento.

Também estamos começando a perceber um aumento significativo na Índia.

Traduzindo seu conteúdo para outras regiões e usando SEO internacional, você pode aumentar seu tráfego rapidamente.

Claro, pode demorar entre seis meses e um ano até você começar a ver resultados nos Estados Unidos, mas não é esse o caso em regiões como o Brasil, onde a concorrência não é tão grande.

Se você quer alcançar resultados próximos aos meus, siga minha estratégia de SEO global. Ela funciona bem… É só ver as imagens acima.

Conclusão

Infelizmente, os próximos meses vão ser piores. O número diário de novas vítimas do Coronavírus só aumenta.

De um ponto de vista individual, tudo que você pode fazer é ficar em casa e praticar o isolamento social.

Você deve estar com mais tempo agora (infelizmente), então use-o a seu favor. Faça um esforço para crescer, e assim você vai sair da pandemia de Coronavírus mais forte.

E então, quais das oportunidades acima você vai implementar primeiro?

17 Gráficos Que Mostram o Futuro do Marketing de Conteúdo

Compartilhe