DISC: O Que É, Como Funciona e Onde Fazer o Teste Online

ilustração com sigla de teste DISC e significados

Se você quer conhecer melhor a si mesmo e aos outros, o teste DISC é uma excelente ferramenta para isso.

Essa metodologia foi criada por um psicólogo para entender melhor o comportamento das pessoas e traçar perfis de acordo com suas tendências emocionais.

Logo, o método passou a ser usado para avaliar profissionais nas empresas, ajudando o RH a identificar o potencial dos talentos.

A vantagem é que o teste é muito simples, e leva apenas algumas perguntas para entender como você lida com as situações e quais emoções estão no comando.

Neste artigo, vou contar tudo sobre o DISC, explicar para que ele serve e dar dicas de testes online para você descobrir seu perfil comportamental.

Está pronto para uma viagem de autoconhecimento?

Então, siga a leitura e entenda a importância do DISC na carreira e nos negócios.

Antes de continuar, se você quer aumentar sua vendas e saber quais são as melhores estratégias para promover seu negócio online, clique aqui para receber o Guia Completo de Marketing Digital.

guia completo de marketing digital

O que é o teste DISC?

sigla de teste DISC e significados

Teste DISC é uma metodologia de avaliação psicológica que permite identificar quatro tipos básicos de comportamento nas pessoas: Dominância (D), Influência (I), Estabilidade (S) e Complacência (C). Criada pelo psicólogo William Moulton Marston no início do século 20, essa teoria é utilizada para selecionar profissionais e desenvolver talentos nas empresas.

A origem do teste está na obra As emoções das pessoas normais (Success For You, 2016), publicada originalmente em 1928.

No livro, Marston analisa os padrões comportamentais a partir as dimensões interna e externa, chegando às quatro principais tendências das respostas emocionais.

Curiosamente, ele criou a personagem Mulher Maravilha enquanto trabalhava como consultor educacional para empresas antecessoras à DC Comics.

A partir de seus escritos, o psicólogo Walter Clarke desenvolveu as primeiras ferramentas para análise de perfil comportamental, em 1945.

Desde então, vários outros profissionais da área criaram seus próprios formulários e relatórios baseados no teste DISC, oferecendo diversas soluções em avaliação para empresas.

Para que serve o DISC?

diagrama de teste DISC

O teste DISC é uma ferramenta útil para o autoconhecimento e conhecimento do outro, amplamente utilizada na área de Recursos Humanos.

O método é um dos mais utilizados no processo de assessment, que é uma avaliação do comportamento e competências para identificar o perfil e potencial do profissional.

Por meio dos instrumentos de assessment, o RH cria métricas para recrutar e selecionar melhor, avaliar o desempenho dos colaboradores, desenvolver talentos e traçar planos de carreira ideais para cada indivíduo.

Nesse contexto, o DISC é uma ferramenta essencial para descobrir o estilo comportamental das pessoas, aumentando as chances de sucesso pessoal e profissional.

Além disso,o DISC permite avaliar os pontos fortes e fracos do indivíduo, determinar suas reações e verificar quais posturas precisam ser melhoradas.

Estas são algumas das aplicações possíveis para o teste:

  • Recrutamento e seleção de pessoal
  • Identificação de potenciais lideranças na empresa
  • Planejamento de sucessão em cargos importantes
  • Definição dos programas de treinamento e desenvolvimento (T&D) de talentos
  • Desenho de cargos e salários
  • Aplicação da metodologia de gestão por competências
  • Análise de interações comportamentais dentro das equipes
  • Identificação das principais competências a serem desenvolvidas
  • Definição de estratégias para aumentar o engajamento e motivação
  • Criação de programas de coaching, mentoring e counselling nas empresas
  • Melhora na performance em diversas áreas da empresa
  • Alinhamento das ações de capacitação com os perfis comportamentais.

Basicamente, o teste DISC pode ser usado em qualquer situação que demande uma análise mais aprofundada das competências e atitudes do profissional.

Vale lembrar que essa metodologia trata apenas das emoções e comportamentos observáveis, ou seja, das expressões comuns de pessoas normais (sem qualquer doença psicológica).

Naturalmente, as pessoas são muitos mais complexas do que um conjunto de comportamentos predefinido, e não devem ser rotuladas com base em um único método.

Como funciona o teste DISC?

ilustração sobre teste DISC

O teste DISC é aplicado por meio de questionários e formulários, que permitem a identificação do perfil dominante em cada indivíduo.

Cada fornecedor do teste cria seus próprios métodos e relatórios, que vão desde uma seleção simples de palavras até modelos de formulários mais complexos, que criam representações gráficas avançadas a partir das respostas.

Mas um dos modelos mais comuns ainda é o questionário de múltipla escolha, que permite realizar o teste DISC online ou por meios físicos.

Geralmente, as perguntas abordam opiniões, preferências, gostos pessoais e visões de mundo, e as respostas devem ser intuitivas.

O resultado mostra qual o perfil predominante nas atitudes da pessoa, mostrando como são suas reações diante do meio em que estão inseridas.

Para que seja considerado um teste DISC, a ferramenta de análise deve estar baseada nos conceitos originais de Marston.

Isso não impede que os métodos adicionem teorias de outros autores e de correntes como a PNL (Programação Neurolinguística), Psicologia Positiva e até Física Quântica.

Não é porque o formulário tem outras abordagens que ele deixa de ser um DISC, mas é obrigatório ter referências do livro original.

Além disso, um teste legítimo é facilmente reconhecido pelo uso do acrônimo DISC para representar os comportamentos.

Os 4 perfis comportamentais

mão assinalando escrita a sigla DISC

Provavelmente, sua primeira dúvida sobre o teste DISC foi o que significa cada letra do acrônimo.

Em inglês, os quatro perfis são Dominance (D), Influence (I), Steadiness (S) e Conscientiousness (C), formando a sigla que nomeia a teoria.

Na tradução para o português, algumas adaptações foram necessárias, mas o conteúdo é o mesmo.

Veja a seguir como funcionam os quatro perfis comportamentais.

1. Dominância

peçao em posição de destaque representando dominância

A Dominância é o perfil ligado à ousadia, coragem e determinação.

Costuma ser predominante nas pessoas mais ativas ao lidar com desafios.

Se você tiver uma pontuação alta no fator “D”, significa que tende a buscar resultados imediatos e sempre toma à frente das situações.

Além disso, podem parecer egocêntricos e dominadores para alguns.

Na carreira, são orientados a resultados e altamente competitivos, capazes de lidar com altos níveis de pressão.

Frequentemente, usam a raiva para se expressar, o que demanda atenção ao controle emocional.

Agora, se a pontuação for baixa nesse quesito, indica que você é mais conservador, discreto e pacífico.

2. Influência

ilustração sobre liderança

A Influência, relativa à letra “I”, descreve pessoas que conseguem influenciar, convencer e inspirar as outras.

Geralmente, são indivíduos entusiastas, otimistas e comunicativos, que transmitem confiança e investem no poder da persuasão.

Sua capacidade de comunicação os torna líderes natos, que conseguem trabalhar perfeitamente em equipe e engajar seus colaboradores.

Porém também tendem a ser pessoas impulsivas, que precisam dosar sua espontaneidade.

Se você teve um bom score no “I”, sua principal emoção é o otimismo.

Mas, se a pontuação foi irrisória, significa que não sabe lidar tão bem com pessoas e tende a ser mais reflexivo e pessimista.

3. Estabilidade

comparação entre representação de estabilidade e instabilidade

A Estabilidade indica como você lida com mudanças e administra suas emoções.

Por isso, se você pontuou alto no “S”, significa que é uma pessoa equilibrada, segura e paciente.

Quanto maior for a pontuação nesse perfil, mais o indivíduo valoriza um ritmo constante e estável na vida e na carreira.

Quando a pontuação é baixa, quer dizer que a pessoa se adapta facilmente às mudanças e gosta de aventuras, além de estar disposta a arriscar tudo por seus objetivos.

4. Conformidade

Por fim, a Conformidade indica como você lida com regras e normas, ou com a própria autoridade.

Indivíduos com predominância do “C” valorizam os regulamentos e são extremamente sistemáticos, agindo sempre de forma lógica, precisa e analítica.

Do lado oposto da pontuação, estão as pessoas que desafiam as regras e buscam independência, tipicamente rebeldes.

Se você pontuou bem nesse perfil, deve ter facilidade em manter a disciplina e cumprir tarefas que exigem perfeccionismo.

Vale lembrar que você pode ter mais de um perfil dominante, e que os níveis de pontuação em cada perfil dizem muito sobre a sua personalidade.

Como o DISC pode ser usado?

barcos de papel e vermelho em destaque

Depois de conhecer os perfis, é mais fácil imaginar como o teste DISC está sendo usado no mundo dos negócios.

Veja algumas das principais aplicações dessa metodologia.

1. Recrutamento e Seleção

lupa destacando personagem representando recrutamento

O DISC é uma das formas de assessment mais utilizadas no recrutamento e seleção das empresas.

Ao aplicar o teste nos candidatos, a equipe de RH consegue identificar os perfis comportamentais predominantes em cada um deles e decidir quem é o mais adequado para a vaga.

Como vimos, a pontuação em cada perfil indica a inclinação para certas áreas e cargos da empresa.

Por exemplo, um perfil D pode ser um ótimo executivo de vendas, enquanto o perfil I cabe perfeitamente na liderança de equipes.

Da mesma forma, uma função de atendimento ao cliente cai melhor para um tipo S, enquanto o tipo C pode se dar bem em cargos administrativos e técnicos.

Geralmente, a análise DISC é complementada com outras metodologias, como a tipologia de Myers-Briggs, testes de inteligência emocional e teoria de motivadores.

Afinal, um candidato não pode ser resumido ao seu perfil comportamental, quando há tantos outros fatores em jogo para contratar alguém.

2. Treinamentos

treinamentos de equipe

Á área de Treinamento e Desenvolvimento (T&D) da empresa também se beneficia da metodologia DISC para criar suas estratégias.

O teste pode ser aplicado nos colaboradores para revelar quais comportamentos precisam ser trabalhados em cada indivíduo e equipe, auxiliando no processo de LNT (levantamento de necessidades de treinamento).

Como vimos, o DISC não revela apenas quais são os tipos predominantes no profissional, mas também o nível de pontuação em cada perfil comportamental.

Assim, o RH sabe exatamente quais as virtudes e fraquezas dos talentos e consegue desenvolver treinamentos e programas de capacitação sob medida, para extrair o potencial máximo das equipes.

Além do conteúdo, o teste também ajuda a determinar quais são os melhores formatos e abordagens de treinamento, a partir das facilidades e dificuldades dos profissionais.

3. Plano de Desenvolvimento Individual

desenvolvimento indivdual

Quando o plano de desenvolvimento individual (PDI) é feito com base em um teste DISC, as chances de sucesso pessoal e profissional aumentam consideravelmente.

O plano pode ser elaborado pela empresa ou pelo próprio profissional, que pode usar a ferramenta para investir no autoconhecimento.

Basicamente, o PDI é um roteiro que contém os objetivos, metas e estratégias para avançar na carreira, guiando você ao sucesso profissional por meio de ações objetivas e realistas.

Com o DISC, o plano pode ser desenvolvido com base nas suas tendências de comportamento, traçando o caminho certo para corrigir falhas e potencializar virtudes.

Assim, é muito mais fácil realizar uma autocrítica precisa e direcionar a carreira para a posição certa.

4. Desenvolvimento de Lideranças

Conduzir o desenvolvimento de lideranças é um dos maiores desafios das empresas, dada a importância do líder para inspirar e engajar as equipes.

Com a aplicação do DISC, é mais fácil determinar quais profissionais estão prontos para encarar essa responsabilidade e quais pontos precisam ser trabalhados para criar líderes exemplares.

Mais uma vez, é preciso complementar a metodologia com outros tipos de avaliação, mas o DISC é um ótimo ponto de partida para identificar o comportamento dos futuros líderes da organização.

5. Feedback

O DISC também é muito útil para determinar a forma correta de dar feedback para os colaboradores da empresa.

Muitas vezes, a organização não sabe como oferecer um feedback construtivo para seus talentos, mas os aspectos comportamentais ajudam a mostrar o caminho.

Estas são algumas sugestões para abordar cada um dos perfis:

  • Dominância: oferecer um feedback direto e breve, ouvindo as sugestões do colaborador e mostrando que confia em suas competências. A reação pode ser de resistência, mas o profissional estará atento às recomendações
  • Influência: reforçar os benefícios que as mudanças podem trazer para sua carreira e escolher um momento mais casual, para evitar reações enérgicas
  • Estabilidade: ser muito específico no feedback e dar exemplos concretos, explicando de forma lógica e objetiva sobre os benefícios das mudanças sugeridas
  • Conformidade: usar os padrões e diretrizes da empresa para justificar as sugestões de mudança e dar tempo para que o profissional pense sobre o feedback antes de responder.

Essas são apenas algumas recomendações com base nos perfis dominantes, mas você pode analisar caso a caso para decidir qual o melhor feedback para cada perfil.

6. People Analytics

projeção de análise de gráficosem mesa de reunião

O people analytics está transformando a gestão de pessoas por meio dos dados, usando a inteligência artificial para analisar o comportamento dos colaboradores e orientar as decisões do RH.

Nesse contexto, o DISC é uma fonte importante de dados para alimentar o sistema e tornar as análises mais precisas.

Ao registrar o perfil predominante em cada colaborador, você tem um banco de dados mais fiel à realidade, aumentando a qualidade e confiabilidade dos resultados.

Dessa forma, o RH consegue automatizar processos e tomar decisões mais assertivas sobre treinamentos, promoções, contratações e outros aspectos essenciais do capital humano.

Onde realizar o teste DISC online

diagrama circular do teste DISC

Há vários sites que oferecem o teste DISC para ser realizado online, por meio de uma série de perguntas em um formulário.

Confira algumas opções para fazer o seu.

Runrun.it

O software de gestão de equipes Runrun.it oferece um teste DISC 100% gratuito em seu blog.

O teste é composto por 16 perguntas que abordam questões pessoais em relação à personalidade, solicitando que o usuário se defina a partir de uma autoanálise crítica.

No final, você descobre qual é seu perfil predominante e confere uma lista de pontos limitantes e pontos positivos sobre esse tipo de comportamento.

Pacto RH

A empresa de consultoria Pacto RH também disponibiliza uma versão do teste DISC online e gratuita, com questões de múltipla escolha em um formulário.

Ao todo, são 30 questões com 4 alternativas cada, que o usuário deve responder de acordo a situação com a qual se identifica mais.

Não há respostas certas ou erradas, e todas as questões devem ser respondidas de forma sincera e espontânea, sem pensar muito sobre o assunto ou imaginar o que você gostaria que fosse.

Além disso, a empresa deixa claro que é uma versão simplificada, pois somente os formulários completos oferecem resultados 100% precisos e confiáveis.

Conclusão

Entendeu o objetivo do DISC e sua utilidade no mundo dos negócios?

Se você pensou “lá vem mais um teste de personalidade”, agora sabe que a metodologia é usada por várias empresas para avaliar profissionais e conquistar vantagem competitiva.

Por isso, vale a pena usar essa ferramenta para conhecer melhor a si mesmo e aos outros, principalmente no contexto atual das organizações.

Afinal, o capital humano é seu grande diferencial, e todo método que ajude a identificar e desenvolver talentos é muito bem-vindo.

Será que essa é uma boa ideia para sua empresa?

Qual das aplicações você achou mais interessante?

Faça o teste do DISC e deixe seu comentário, contando como pretende usar a avaliação na sua empresa e carreira.

Aguardo sua participação.

guia completo de marketing digital

Compartilhe