Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

5 Dados Estruturados para E-Commerce que Farão Você Vender Mais

ecommerce

O Google é um gigante quando se trata de pesquisas de produtos.

Ele até supera a Amazon no alcance de pesquisa de produtos, o que é algo incrível se você pensar bem.

A Amazon é basicamente um mecanismo dedicado para pesquisas de produtos, mas 35% de todas as compras online começam com uma pesquisa no Google.

Não que a Amazon não esteja acompanhando o ritmo. O Google apenas tem coisas que a Amazon não tem.

Como os rich snippets de dados estruturados.

Com a grande quantidade de pessoas buscando produtos e avaliações no Google, chegar ao tpo das SERPs deve ser uma prioridade.

Os rich snippets não só dão aos compradores a habilidade de ver os produtos relevantes à busca, mas também de receber respostas às suas perguntas, ler avaliações e comparar preços de um local.

É como uma enciclopédia completa de um produto.

É por isso que mais empresas de e-commerce precisam aderir aos rich snippets.

A importância dos rich snippets e dados estruturados para o e-commerce

Rich snippets são fragmentos de código que facilitam que os mecanismos de pesquisa organizem as informações.

Digite qualquer descrição de um produto na busca do Google e você verá pelo menos um tipo de rich snippet, senão vários.

brown leather shoes Google Search

Ter um rich snippet te dá um impulso automático no SEO.

Estudos mostram que ter um rich snippet pode aumentar a taxa de clique (CTR) em até 677% e gerar 20-40% a mais de tráfego do que links de produtos que não os tem.

Com o código certo, qualquer tipo de conteúdo pode ter um rich snippet.

Mas eles são especialmente eficazes para links de produtos e-commerce porque os consumidores são mais visuais no momento da compra.

Há uma razão para que os produtos com imagens de melhor qualidade vendam melhor do que produtos com uma imagem feia ou sem nenhuma imagem, por exemplo.

Os compradores querem ver, comparar e pesquisar antes de comprar. Os snippets oferecem essa opção.

Dê uma olhada na seguinte imagem:

apple ipad Google Search

Qual link se destaca mais?

Se você está olhando nos resultados de busca orgânica, é provável que vá prestar atenção naquele com uma classificação clara por estrelas.

apple ipad Google Search2

Isso é um rich snippet de dados estruturados para e-commerce em ação.

Em um experimento da Catalyst Search Marketing, uma marca viu um aumento de 150% no CTR ao adicionarem avaliações por estrelas (rich snippets) às páginas dos seus produtos.

Mas essa não é a única forma de fazer isso.

Seus olhos provavelmente também desceram até essas outras imagens no final da página de pesquisa:

apple ipad Google Search3

Esse é, na verdade, o próprio snippet do Google criado para esclarecer sua pesquisa.

Se eu clicar na última imagem, por exemplo, eu encontro mais resultados de snippets mais ricos e caracterizados.

ipad 5th generation Google Search

Isso me diz quais lojas têm o produto que eu quero e quanto ele custa em cada loja, além de responder perguntas relacionadas que eu possa ter sobre o produto.

Isso é uma grande quantidade de informações úteis de uma só pesquisa de produto. Como eu disse, é uma enciclopédia.

Se eu pesquisar a mesma coisa na Amazon, por outro lado, eu verei isso:

Amazon com apple ipad Tablets Computers Tablets Electronics

Eu recebo alguns dos mesmo resultados (imagens, avaliações de produtos, preços) mas é preciso esclarecer minha busca, e se eu tiver alguma pergunta (como, esse é o último modelo?), não tenho muita sorte.

Os rich snippets do Google agregam um pouco mais a experiência da pesquisa de produto.

Mas é importante notar que há mais de um tipo de snippet que você pode usar.

Na verdade, existem cinco.

E provavelmente você quer ver todos de alguma forma.

1. Schema de Produto

Os rich snippets envolvem o uso de código chamado de Schema Markup, ou Schema.

Então, quando eu digo, “Schema de Produto”, o que eu quero dizer é código que mostra as informações básicas de um produto.

A informação pode estar disposta desta forma:

digital camera Google Search

Ou assim:

powershot digital camera Google Search

Ou assim:

powershot digital camera Google Search2

O que o torna um schema de produto é por mostrar ou não as características de um produto e informações relevantes sobre ele, como cor, tamanho, entre outras coisas.

Há diversas formas de listar essas informações, algumas que podem ser mais úteis para os pesquisadores.

Se um produto tem dimensões específicas comparado a produtos similares, por exemplo, você deve listar isso na marcação do seu produto.

Você pode encontrar diferentes tipos de Marcações de Produtos no schema.org, mas parece com algo assim:

Product schema org

Se você não é um especialista em códigos e isso parece coisa demais, não tema.

Assistente de Marcação de Dados Estruturados do Google é um pouco mais amigável.

Structured Data Markup Helper

Você pode selecionar o tipo de “Produto” e colocar a URL da página do produto, o assistente o guiará pelo restante do processo.

Depois de preencher todos os campos relevantes, é só clicar em “Criar HTML.” Isso te fornecerá o código para colar no seu site.

Adicionar o código ao seu site pode ser outro desafio, pois é necessário colocá-lo em um lugar específico.

Se você estiver usando uma plataforma como o WordPress, existem alguns plugins que podem te ajudar.

All In One Schema Rich Snippets Markup

Outros sites como o Shopify tem aplicativos e complementos que podem colocar o código para você.

Rich Snippets for SEO Ecommerce Plugins for Online Stores Shopify App Store

Não é preciso ser um desenvolvedor para usar rich snippets para suas pesquisas de produtos.

É claro, se você ainda se sentir hesitante sobre usar o schema de produto, é sempre possível trazer um desenvolvedor para te ajudar.

Apenas certifique-se de que as suas páginas de produtos contém todos os detalhes relevantes e atuais dos produtos.

Se suas páginas não listarem um preço ou incluírem uma imagem, por exemplo, então o seu schema não vai funcionar.

Nenhum desenvolvedor conseguirá os resultados que você quer a não ser que suas páginas estejam otimizadas.

2. Schema de Comentários e Avaliações

Cerca de 90% dos consumidores leem ao menos uma avaliação online antes de fazer uma compra online.

Então vale a pena adicionar comentários nas suas páginas de produtos.

Adicionar avaliações aos seu schema de produto é uma ótima forma de melhorar a confiança do consumidor.

Dê uma olhada no rich snippet ao procurar pelo PlayStation 4:

sony playstation 4 pro Google Search

No canto tem uma série de “comentários confiáveis” de outros sites que avaliaram o produto.

Às vezes, estes apresentam comentários de produtos de uma listagem específica de URL, mas se o seu produto está sendo avaliado ou comparado em outro site, essa é uma ótima forma de mostrá-los.

Se eu descer um pouco mais no snippet, eu vejo um link para mais avaliações.

sony playstation 4 pro review Google Search

Esse link me leva a uma página de avaliações do Google Shopping com comentários mais detalhados:

PlayStation 4 Pro 1TB Console Black

Isso me dá uma ideia melhor sobre se esse produto realmente vale a pena ou não, e oferece links para as lojas mais baratas e próximas que o vendem.

PlayStation 4 Pro 1TB Console Black2

Mas schemas de avaliações e comentários não precisam ser tão complicados.

Apenas ter uma avaliação com estrelas próxima ao seu produto ainda é o suficiente para despertar interesse.

Na verdade, a avaliação com estrelas é o fator número um usado pelos consumidores para julgar um produto ou empresa de e-commerce.

50 Stats You Need to Know About Online Reviews white label jpg 1584 3166

Mesmo que o schema do seu produto pareça com algo assim:

image11 1 1024x184

Ainda é melhor do que uma listagem de produto sem nada, certo?

Mesmo que o seu produto não tenha uma avaliação alta com estrelas, mostrar que ele foi avaliado já ajuda no seu SEO.

Mesmo não sendo muito, ele já se destaca entre os outros produtos sem imagens na SERPs.

Você pode encontrar as informações para adicionar o código do schema de Avaliações e Comentários aqui.

Review schema org

Ele é um pouco menos complicado do que outras formas de marcações de schema, mas ainda pode ser difícil, então certifique-se de adicioná-lo corretamente.

Novamente, o Assistente de Marcação de Dados Estruturados do Google é uma boa alternativa para aqueles que não são especialistas em código.

Quando você estiver na caixa de ferramentas do Assistente, clique na seção de avaliações e comentários para preencher os campos apropriados.

Se você estiver usando o Shopify ou algum serviço similar, é possível adicionar o sistema de avaliação com estrelas com alguns dos seus apps, como o Rating Widget.

Product Star Rating System Google Search Rich Snippets

A maioria desses aplicativos se integram com o recurso de rich snippet do Google para que as avaliações do seu produto também apareçam nos resultados de buscas.

Apenas certifique-se de verificar se um aplicativo ou complemento tem essa funcionalidade.

Nem todos eles têm.

E ter um sistema de classificação só vale a pena se as pessoas puderem vê-lo corretamente.

3. Schema de Preço

Depois dos comentários e avaliações de produtos, o preço é um grande fator no que diz respeito às decisões de compra.

E as compras de comparação são muito importantes.

Cerca de 46% dos compradores online dizem querer mais comparações de preços de produtos dos sites e-commerce.

A marcação de schema para preços permite que você coloque essa informação em destaque na SERPs.

Dê uma olhada na diferença de preços de uma pesquisa de produto:

women s black blazer Google Search

Você compra o blazer preto de $53 com 4.5 estrelas e 89 avaliações?

Ou você escolhe o blazer de $425 com 4 estrelas e 19 avaliações?

E esse de $198 da J. Crew com 4.5 estrelas e 276 avaliações?

Ver esses produtos sendo comparados ajuda os consumidores a tomarem decisões mais rápidas e melhores sobre qual funcionará melhor.

Se alguém procura um produto com base somente no preço, eles eliminarão aqueles fora dessa faixa de preço.

Isso automaticamente reduz os resultados de pesquisa.

Se o seu produto se encaixa nas necessidades deles, é mais provável que eles cliquem, mesmo que sua avaliação com estrelas seja baixa.

Isso também vale para outros rich snippets.

Veja esse exemplo da Nordstrom um pouco mais embaixo na SERPs:

women s black blazer Google Search2

Os metadados incluem informações sobre preços com desconto.

Esse é o exemplo mais marcante de um rich snippet quando comparado ao outro exemplo? Não é.

Mas ainda é bom porque está vendendo um produto com base no preço.

Se você quisesse um blazer de alta qualidade sem gastar $500, ver isso poderia mudar seu pensamento.

Você também pode destacar mudanças de preços em listas de produtos com imagens.

Aqui está um exemplo para quando pesquiso por “Men’s sports coats”:

men s sport coat slim fit Google Search

No lugar das avaliações, há uma indicação de que certos produtos estão em promoção.

Às vezes esses snippets dizem “Desconto disponível” ou alguma outra coisa além da porcentagem.

De qualquer forma, se estou comprando com base no preço, talvez fique mais tentado a olhar esses produtos.

Eu estaria mais inclinado a olhá-los mesmo que não tivessem qualquer avaliação com estrelas.

Adicionar schema de preço é um processo similar ao de adicionar outro tipo de schema.

Você pode ajudar o Assistente de Marcação de Dados Estruturados para destacar o preço na página, selecione “Oferta” e então “Preço”.

Structured Data Markup Helper2

Isso te dará o código para colocar no seu site que aparecerá nos resultados de pesquisa.

Se o seu produto está no Google Shopper, ele vai puxar qualquer mudança de preços ou descontos também.

Considere adicionar tags como “promoção” ou “desconto” que podem ajudar os compradores econômicos a encontrarem seus produtos mais rapidamente.

4. Schema de Disponibilidade de Produto

Outra parte das marcações schema que você quer adicionar é a disponibilidade.

Não há nada mais frustrante do que encontrar o produto perfeito apenas para descobrir que está esgotado e é necessário entrar em uma lista de espera.

Ou, pior ainda, voltar depois para ver se está disponível novamente.

Se alguém sai da sua página porque o seu produto está indisponível, é bem provável que eles nunca mais voltem.

Então é bom incluir essa informação na frente.

É assim que um schema de Disponibilidade de Produto parece:

mr coffee tea cafe maker Google Search

Adicionar esse pequeno código pode realmente ajudar suas taxas de rejeição, especialmente se você sofre de “rejeições leves”.

Rejeições leves acontecem quando alguém se engaja no seu site mas acaba não comprando.

Talvez eles tenham passeado pela página do produto, leram as avaliações, olharam as imagens ou assistiram ao vídeo do produto, mas eles não o compraram.

Às vezes isso se deve a fatores como preço, mas, na maioria das vezes, é o resultado de um produto estar esgotado, seja completamente ou parcialmente.

ABC Pant Classic 34 Men s Pants lululemon athletica

De forma geral, se alguém está preocupado com o preço, essa pessoa não estará tão engajada quanto alguém que está pronto para comprar.

Então, se você perceber várias rejeições leves, pode ser pela disponibilidade do produto.

É possível resolver esse problema alertando aos consumidores o status do seu produto antes deles clicarem.

A marcação schema para Disponibilidade pode ser encontrada aqui.

availability schema org

Algo que você pode perceber é que o código para disponibilidade não é o mesmo de outras marcações schema nessa lista.

Infelizmente, não tem um atalho útil.

Com esse aqui, será necessário realmente usar a informação do código do schema.org e adicioná-lo manualmente.

Isso pode ser chato, eu sei. Especialmente quando navegando por um código que se parece com algo assim:

image12 1 1024x882

De todos os rich snippets nessa lista, esse é o que você, provavelmente, mais vai ficar tentado a pular.

Mas se você realmente quer ter um bom ranking e vender seus produtos, é necessário se esforçar um pouco.

Isso também vale se você estiver sofrendo com altas taxas de rejeição ou se seus produtos se vendem rapidamente.

Ter essas informações disponíveis para os consumidores antes deles visitarem o seu site irá melhorar a experiência do consumidor e ajudar nas suas vendas à longo prazo.

Então, arranje um desenvolvedor e vá atrás.

5. Schema de Vídeo

Nem todos os produtos que você cria precisam de vídeo, mas alguns sim.

O vídeo é uma ótima ferramenta de marketing para o e-commerce, e eu amaria ver mais marcas usando.

Aqui está uma pesquisa rápida no Google por um produto anti-ronco com os típicos rich snippets de produto:

mute sleep aid Google Search2

Se eu continuar descendo pela SERPs, entretanto, também verei uma série de vídeos que explicam como usar o produto.

mute sleep aid Google Search

Esses snippets de vídeo também estão na página inicial do site e-commerce como vídeos de explicação:

Home Mute Snoring

Eu gosto de vídeos para comercializar quase qualquer tipo de conteúdo, mas eles funcionam tão bem para produtos.

Vídeos explicativos e vídeos de produtos ajudam a criar um diálogo engajante, explicando complexidades sobre o produto, retendo a atenção e ajudando os consumidores a se conectarem com a marca.

Eles são um bom marketing.

É por isso que usar schema de Vídeo é uma ótima opção se você já está adicionando rich snippets nas suas páginas de produtos.

Veja a empresa Blendtec, por exemplo. Aqui está um rich snippet fazendo uma demonstração de um dos seus liquidificadores:

blendtec Google Search

Mas se você continuar a procurar pelos resultados de pesquisa, você também encontra o canal do YouTube deles.

Eles fizeram dezenas de vídeos dos seus produtos em ação, misturando coisas que não deveriam ser colocadas juntas no liquidificador (uma série chamada, “Will it Blend?”), como IPhones e glow sticks.

Blendtec YouTube YouTube

Pelo marketing de vídeo ser uma parte tão grande da marca, faz sentido eles usarem o schema de Vídeo para comercializar os seus produtos na SERPs.

Se o seu produto já tem (ou está pronto para) vídeos explicativos, então você vai querer adicionar esse rich snippet aos seus resultados de pesquisa.

Assim como o schema de Disponibilidade, o schema de Vídeo também é um pouco complicado de incluir.

Você pode encontrar o código aqui (mas infelizmente, não é uma opção no Assistente de Marcação de Dados Estruturados do Google).

Aqui está um exemplo de como o código se parece:image4 2 1024x435

Uma bagunça? Sim.

Vale a pena? Completamente.

Se os seus produtos ainda não tem vídeo, considere fazer um.

Existem diversos serviços por aí que te ajudarão a criá-lo para os seus melhores produtos (ou aqueles que mais precisam de explicações).

Isso te dá uma chance extra de melhorar seu ranking e ajuda seus clientes a se conectarem com seu produto.

Opção Bônus: Rich Ads

Existe outra opção que eu quero que você considere, particularmente se você está tentando rankear.

Mesmo não sendo um schema snippet, exatamente, ele ainda funciona relativamente bem para vender seus produtos, dependendo do seu nicho.

É a opção paga dos rich snippets chamada de Rich Ads. Conhecida também como Google Shopper.

Ao invés de adicionar o código schema no seu site, você pode pagar por snippets patrocinados.

bed sheets Google Search

O processo é similar ao que você faria com um rich snippet, só que você usa publicidade PPC para garantir que seus produtos apareçam para palavras-chave específicas.

Você também pode definir quais imagens vão aparecer, qual informação de classificação mostrar, e apresentar qualquer informação útil de ofertas, disponibilidade e frete.

Eles não servem apenas para compras online, também. Os rich ads podem aumentar suas vendas em lojas físicas.

Quando uma empresa usou palavras-chave locais para atingir clientes com rich ads, ela percebeu um aumento de 108% de visitas nas lojas físicas e seu lucro offline dobrou.

Você pode conseguir um snippet patrocinado pelo Google Merchant Center.

Retail solutions for Offline or Online Merchants Google for Retail Merchant Center

Você simplesmente faz o upload das informações do seu produto, e pode criar anúncios pelo Google Shopping ou outros serviços do Google, como o YouTube.

Se você tem o orçamento para fazer anúncios pelo AdSense, considere fazer rich ads do Google, também.

Isso vai dar aos seus produtos um maior alcance e ajudará os consumidores a te encontrarem em diversos canais.

Tenha em mente que algumas das maiores marcas já estão investindo bastante para ter snippets patrocinados para produtos específicos.

Você pode claramente ver quem domina os resultados de pesquisa para a palavra-chave “jeans masculina:”

mens jeans Google Search

Usar esse tipo de rich snippet não é barato, mas pode valer a pena se você realmente quiser se destacar da concorrência.

Se você já tem campanhas PPC para o seu negócio, tente um ou dois snippets pagos.

Você pode sempre monitorar seus resultados e voltar para a versão grátis (ou fazer ambas) para maximizar seus rankings e colocar sua marca no mundo.

Apenas se certifique de procurar palavras-chave que não sejam tão competitivas para que você consiga se destacar.

Não tem porquê pagar por um rich snippet se você vai ficar preso na página 2 da SERPs.

Conclusão

Adicionar rich snippets no seu site como dados estruturados para e-commerce pode parecer um pouco complicado no começo, mas vale a pena à longo prazo.

Eles não apenas melhoram o alcance do marketing do seu produto, mas também a experiência dos consumidores.

Pode ajudar a aumentar tanto vendas online quanto offlines.

Se você não tem certeza por onde começar para adicionar rich snippets ao seu site e-commerce, dê uma olhada nesse guia para começar.

Você provavelmente terá que gastar algum tempo copiando e colando o código e criando metadados de produtos.

Mas não se preocupe. O benefício final para o seu SEO e suas vendas valerá o esforço.

Quais são os seus resultados ao usar os rich snippets do Google ou rich ads para comercializar seus produtos?

Compartilhe