Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

Conteúdo gerado por IA x humanos: quem escreve melhor textos que geram maior tráfego? 

conteúdo gerado por ia vs humanos

Não há dúvida de que a IA é mais rápida na produção de conteúdo do que os humanos. 

A questão é: isso não significa que a IA seja sempre mais precisa ou até mesmo mais eficiente do que o conteúdo gerado por humanos, no entanto.

Conforme nossos dados mostram, quando se trata de conteúdo de IA vs humano, o conteúdo humano tem um desempenho melhor.

Neste post, primeiro compartilharei a metodologia e os resultados de um estudo conduzido pela minha equipe, cobrindo o desempenho do conteúdo de IA vs conteúdo humano. 

Em seguida, compartilharei os valores únicos do conteúdo gerado por humanos e como você ainda pode se beneficiar da IA, sem depender dela para todas as suas necessidades de marketing de conteúdo.

Vamos começar!

Principais conclusões

  • Chatbots de IA como o Chat GPT podem produzir um artigo em apenas um quarto do tempo (16 minutos contra 69 minutos) que um humano leva para escrever um.
  • O conteúdo gerado por humanos tende a ter um desempenho melhor do que o conteúdo gerado por IA, com um estudo da NP Digital mostrando que o conteúdo gerado por humanos recebeu 5,44 vezes mais tráfego do que o conteúdo gerado por IA.
  • O conteúdo gerado por humanos é mais eficaz do que o conteúdo gerado por IA, com o conteúdo gerado por humanos recebendo 4,10 visitantes para cada minuto gasto escrevendo, enquanto o conteúdo gerado por IA recebe apenas 3,25.
  • O conteúdo gerado por humanos tem uma vantagem particular sobre o conteúdo de IA quando se trata de contexto e emoção.

Nossa metodologia na produção de conteúdo

Na minha agência de marketing digital, NP Digital, um de nossos objetivos é aproveitar a tecnologia de IA quando e onde faz mais sentido.

Para muitos profissionais de marketing, pode parecer que faz mais sentido usar IA para escrever seu conteúdo de blog e artigos. 

Embora isso possa economizar tempo, meu time resolveu analisar se os leitores humanos poderiam ver a diferença entre o conteúdo de IA e o conteúdo humano.

Então, para entender quem escreve melhores blogs — IA ou humanos — publicamos 744 artigos em 68 sites. 

O objetivo era comparar diretamente o conteúdo de IA com o conteúdo humano para ver como os leitores respondiam.

Para escrever esses artigos, usamos a ajuda de redatores de conteúdo humanos em nossa equipe e do popular chatbot de IA Chat GPT.

Aqui está o prompt que demos ao Chat GPT:

“Quero escrever um artigo sobre [inserir tópico] que inclua estatísticas e cite suas fontes. E use a narrativa no parágrafo introdutório.

O artigo deve ser voltado para [inserir seu cliente ideal].

O artigo deve se concentrar em [o que você quer falar] em vez de [o que você não quer falar].

Por favor, mencione [inserir o nome da sua empresa ou produto] no artigo e como podemos ajudar [inserir seu cliente ideal] com [inserir o problema que seu produto ou serviço resolve]. Mas, por favor, não mencione [inserir o nome da sua empresa ou produto] mais de duas vezes.

E finalize o artigo com uma conclusão e termine a última frase do artigo com uma pergunta.”

Depois que os artigos foram publicados, rastreamos o tráfego médio por post durante 5 meses. 

Agora, vamos falar de resultados!

Nossos dados sobre conteúdo de IA x Conteúdo Humano

Um dos motivos pelos quais os profissionais de marketing digital utilizam IA é para economizar tempo. 

Não me surpreende, então, que o ChatGPT tenha conseguido produzir um artigo em quase um quarto do tempo (16 minutos) que um humano levou para escrever um (69 minutos).

dados sobre conteúdo gerado por ia vs humanos

No entanto, tempo não é tudo.

O que realmente queremos saber é: o conteúdo gerado por IA é tão ou mais bem-sucedido que o conteúdo humano?

A resposta é um grande e sonoro “não”!

diferença de tráfego entre conteúdo gerado por ia vs humanos

Nesse gráfico, observe a variação do azul, que indica o conteúdo feito por IA, e o laranja, que indica o conteúdo feito por um humano.

O tráfego para o conteúdo gerado por IA flutuou de mês para mês, enquanto o conteúdo humano teve aumentos constantes ao longo do período de 5 meses.

E, no mês 5, o conteúdo gerado por humanos tinha 5,44 vezes mais tráfego do que o conteúdo gerado por IA em uma base mensal.

Ao discutir tempo e resultados, é justo considerar a eficiência geral. 

Mais especificamente, quanto tráfego a IA e os humanos geraram por minuto gasto escrevendo um artigo:

conteúdo gerado por ia vs humanos: gráfico 3

Os resultados são novamente uma vitória clara para o conteúdo gerado por humanos.

Isso porque, embora o conteúdo gerado por humanos leve mais tempo para ser produzido, como mostramos, ele atrai 4,10 visitantes para cada minuto gasto escrevendo. 

Isso em comparação com o conteúdo gerado por IA, que atrai apenas 3,25 visitantes por minuto.

O valor do conteúdo gerado por humanos

Embora o conteúdo gerado por humanos possa ser um investimento de tempo maior, esse investimento tende a compensar em termos de tráfego e engajamento geral.

Então, qual é essa vantagem que os redatores humanos têm sobre os chatbots de IA?

A IA nem sempre é capaz de entender o contexto do conteúdo. 

Ela pode escrever um artigo de 2.000 palavras sobre vários tópicos complexos, mas muitas vezes não consegue colocá-lo no contexto de conceitos maiores.

Isso significa que o conteúdo gerado por IA pode perder nuances e insights contextuais importantes, percebe?

Os redatores de conteúdo humanos, por outro lado, estão melhor equipados para fazer conexões de grande escala. 

E isso pode ajudar os leitores a entender e digerir o conteúdo mais rapidamente.

A empatia e a emoção também são outras áreas em que a IA simplesmente falha. 

Você pode pedir a um chatbot para escrever um post de blog com um certo tom, mas os resultados podem ser artificiais e ineficazes.

Os seres humanos são criaturas emocionais!

De acordo com a Gallup, 70% das decisões — incluindo a preferência de marca — são baseadas em fatores emocionais.

Os redatores de conteúdo podem escrever conteúdos que inspiram medo, tristeza, felicidade ou raiva porque, afinal, eles mesmos experimentaram essas emoções. 

Eles também podem entregar a emoção com sutileza, outra área onde o conteúdo gerado por IA muitas vezes falha.

Como muitas pessoas falam no Brasil, é preciso ter “bagagem” sobre aquele tema.

Isso não significa que você precise evitar o uso de IA completamente.

Em vez disso, você precisa saber quando usá-la estrategicamente e como aproveitá-la de forma eficaz, ok?

Aqui estão algumas dicas para usar IA em seus processos de criação de conteúdo:

  • Use-a para coleta e análise de dados: embora você não possa sempre confiar nos dados e citações fornecidos pela IA, pode confiar nela com dados que você próprio fornece. De fato, os chatbots são ótimos em resumir e analisar dados para que você possa fornecer mais insights aos seus leitores!
  • Use-a para brainstorming: ChatGPT, AnswerThePublic e outros chatbots podem fornecer dezenas de ideias de tópicos de blog em questão de minutos. Você pode ser tão geral ou específico quanto quiser na hora de pedir;
  • Use-a para escrever um primeiro rascunho: você pode pedir aos chatbots para produzir artigos usando prompts como o que usamos acima. No entanto, você precisa gastar tempo para humanizar o conteúdo de IA. Isso significa adicionar contexto, remover imprecisões e redundâncias, e adicionar a voz da sua marca, certo?
  • Use-a para conduzir pesquisas com consumidores: ferramentas de IA como Poll the People permitem que você conduza pesquisas e depois as analise. Isso é útil para testes de anúncios digitais, testes de conteúdo e muito mais.

A chave é ver a IA como qualquer outra ferramenta em seu arsenal de marketing digital. 

Você pode e deve usá-la livremente, mas cuidado com a dependência excessiva!

FAQs

Como o conteúdo escrito por humanos se compara ao conteúdo gerado por IA?

De acordo com o estudo da NP Digital, que incluiu 744 artigos em 68 sites, o conteúdo escrito por humanos foi superior em termos de desempenho. 

O conteúdo gerado por humanos atraiu números de tráfego maiores que aumentaram constantemente ao longo de um período de cinco meses.

O conteúdo gerado por IA, por outro lado, teve números de tráfego significativamente mais baixos que flutuam para cima e para baixo ao longo dos cinco meses.

Como você pode distinguir entre o conteúdo gerado por IA e o conteúdo gerado por humanos?

Você já se pegou perguntando “é conteúdo de IA ou humano?! Se sim, você não está sozinho. Existem alguns sinais reveladores para ajudar a distinguir, no entanto. 

Primeiro, o conteúdo de IA pode parecer artificial e mecânico. Isso contrasta com o conteúdo humano, que tem um fluxo mais natural e conversacional. 

O conteúdo gerado por IA também pode ter padrões incomuns, jargão excessivamente formal ou técnico e falta de expressão emocional autêntica.

Conclusão

Embora alguns consumidores possam ter dificuldade em distinguir entre conteúdo de IA vs. conteúdo humano, a maioria dos consumidores pode reconhecê-lo com relativa facilidade. Isso não significa que você precise abandonar completamente o uso de IA. 

Em vez disso, você precisa mudar sua ideia do que significa utilizar a IA para marketing digital.

Quando você usa a inteligência artificial para os elementos mais trabalhosos do marketing digital — como brainstorming, estruturação, pesquisa e análise de dados — você pode dedicar mais tempo para escrever conteúdo de alta qualidade gerado por humanos. 

Isso economiza tempo e dinheiro sem sacrificar a qualidade!

NP Digital Brasil

Você quer resultados imediatos?

Minha agência pode fazer todo o trabalho pra você. Somos especialistas em:

  • SEO - Colocamos seu site no topo das pesquisas do Google
  • Mídia Paga - Fazemos seu negócio alcançar quem importa no momento certo
  • Data & Conversion Intelligence - Desbloqueamos as conversões do seu site e criamos dashboards para melhores análises

Fale com um especialista

Consultoria com Neil Patel

Compartilhe