Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

Por que a Sua Página Inicial já não é Tão Importante (e o que fazer em vez disso)

redesign home page

Páginas iniciais costumavam ser a base do conteúdo de uma empresa.

Empresas colocavam tudo e qualquer coisa sobre seu negócio nelas.

De blog posts recentes para notícias e papeis brancos, páginas iniciais eram cheias de praticamente tudo que você possa pensar.

Mas agora, páginas iniciais estão morrendo.

Elas não estão mais recebendo tanto tráfego quanto o resto do seu site.

O que quer dizer que todo o tempo e esforço que você dedica à sua página inicial pode servir para nada.

Não me entenda mal. Nós ainda precisamos de uma página inicial.

Ela só está se tornando menos importante

Páginas iniciais são uma ótima forma de expor seu negócio e sua marca, mas isso não quer dizer que devemos depender delas.

Você precisa de outro conteúdo além da sua página inicial e ele não deveria conter tudo sobre a sua marca.

Então o que você faz? Como se ameniza os efeitos de um setor de marketing online em queda?

É simples: você precisa focar menos na sua página inicial e mais em conversões.

Se a sua página inicial não está obtendo conversões e as pessoas não estão entrando nela, tem algo de errado.

Por sorte, isso não é difícil de consertar e ainda podemos contornar os impactos de uma página inicial em decadência.

Aqui estão os motivos de por quê ela está em declínio e o como você pode melhorar sua página inicial em vez disso.

Por que a página inicial está morrendo

Dê uma olhada na minha página inicial atual em NeilPatel.com:

pasted image 0 1154

Percebeu algo diferente quando você a compara com outras páginas iniciais na minha indústria?

Espero que sim.

Ela não se parece nem um pouco com uma página inicial padrão, certo?

É simples, curta e torna fácil entender seu valor.

Eu faço isso porque a página inicial está morrendo.

E simplifiquei minha página inicial por uma boa razão:

A grande maioria de pessoas entrando na minha página inicial está vindo de pesquisas orgânicas como “Neil Patel” ou tráfego direto.

É por isso que suas análises podem estar carregadas de tráfego direto.

pasted image 0 1137

Isso quer dizer que ou alguém já está ciente da minha marca ou conhece minha URL direta e pula completamente a pesquisa no Google.

Então por que motivo eu iria querer que pessoas que já conhecem minha marca vissem uma página inicial com 5,000 palavras que me descreve quando a grande maioria sabe quem eu sou?

Para contextualizar isso, vamos dar uma olhada no The New York Times.

Aqui está um gráfico de qualidade ruim de um relatório velho de 2014 sobre os níveis de tráfego na página inicial deles:

pasted image 0 1156

Em 2014 eles falaram sobre isso, dando ênfase ao fato de que de 2011 a 2013 eles perderam metade do tráfego da página inicial deles.

E você já consegue imaginar como é hoje em 2o17 e como será em 2018.

Então por que isso está acontecendo?

Há aproximadamente 6.5 milhões de pesquisas sendo feitas todos os dias ao redor do mundo.

O que significa que pessoas que estão a procura de informações online estão usando um mecanismo de busca para encontrá-las.

Então ao invés de digitar nytimes.com no seu navegador, você provavelmente vai pesquisar por “notícias mais recentes.”

Além disso, há milhões de blog posts sendo publicados diariamente:

pasted image 0 1160

Então não é surpreendente que a maior parte do seu tráfego virá de um tráfego inbound frio e sem noção de marca.

As pessoas estão mais propensas a te encontrar através de um blog post ou marketing de conteúdo do que ao pesquisar pela sua marca.

E o que acontece quando elas acabam nesse post? Não é a sua página inicial.

Elas podem nunca nem ver a sua página inicial.

Além disso a maior parte do tráfego de notícias e conteúdo relacionado não vem da sua página inicial.

pasted image 0 1086

Na verdade, a maioria das pessoas que encontra novas notícias e conteúdos estão vindo de mídias sociais.

Elas não estão chegando à sua página inicial no Google. Ao invés disso, eles estão clicando em artigos de notícias do seu site em uma plataforma social.

E agora 26% dos adultos leem as notícias de mais de dois sites de mídia social antes de ir para a sua página inicial por mais notícias:

pasted image 0 1095

O que eu quero dizer é:

As pessoas estão descobrindo o seu conteúdo através de diversas pesquisas no Google, mídia social e via links diretos em emails.

Eles raramente são direcionados para a sua página inicial.

Aqui está uma estatística que pode te deixar muito surpreso:

83% das pesquisas (palavras-chave) que são feitas em um dado mecanismo de busca não tem marcações de marca.

Isso significa que a maioria dos pesquisadores não tem o nome da sua empresa no campo de pesquisas deles.

As pessoas não estão pesquisando por “XX empresa de SEO” tanto quanto estão pesquisando por “Guia de SEO.”

Então eles não estão sendo direcionados para a sua homepage. Em vez disso, então indo para o seu blog.

A não ser que você dependa de menções de tráfego direto para te trazer um grande número de novas leads para a sua página inicial, sua página inicial está morrendo.

Tráfego inbound orgânico é o nome do jogo quando falamos de novas leads.

E essas pessoas não estão pesquisando pela sua página inicial.

E agora nós sabemos. Aqui está o que você pode fazer sobre isso.

Publique mais conteúdo

Já que sabemos que a maior parte das pessoas não está pesquisando por termos com marcação de marcas, o único jeito de esperar ter mais visitantes no seu site é com mais conteúdo em seu blog.

As pessoas não vão simplesmente encontrar a sua página inicial.

Elas não estão pesquisando por isso. Elas estão pesquisando por jeitos de resolver um problema.

Elas provavelmente vão acabar em um artigo antes de chegar até a sua página inicial, se sequer chegarem lá.

E a única forma de aumentar o tráfego orgânico agora é postando mais.

É por isso que os melhores blogs estavam fazendo isso já em 2015 e ainda o fazem hoje:

pasted image 0 1124

A Forbes postava mais de 1,500 artigos em Janeiro de 2015.

E provavelmente é por isso que eles têm milhões de visitas ao site mensalmente.

Quanto mais blog posts e conteúdo você tem, mais páginas tem indexadas ao Google.

Se tiver somente 3 blog posts e uma página inicial, como você pode esperar conseguir milhares de pesquisas?

Não pode.

Comece publicando conteúdo com maior frequência se quiser criar maior tráfego. A página inicial não vai induzir tráfego e não vai converter visitantes.

A maior parte das pessoas que acabam na sua página inicial já conhecem a marca.

Então usar blog posts para conseguir o interesse de pessoas novas é o melhor jeito de converter os visitantes que antes você queria na sua página inicial.

É fácil criar mais conteúdo, também.

Se você não tem tempo, terceirize seu conteúdo para agências.

Ou então é possível encontrar criadores baratos de conteúdo em sites como o Fiverr:

pasted image 0 1119

Ou dê uma olhada no iWriter.

pasted image 0 1132

Eles podem te ajudar a impulsionar seu output de conteúdo e levar mais tráfego à conversões.

Não dependa da sua página inicial como fonte de tráfego. Ela simplesmente não funciona para o tráfego que você quer.

Foque em desenvolver sua estratégia inbound ao produzir mais conteúdo.

Capture mais leads em seus blog posts

Agora que já estabelecemos que páginas iniciais induzem principalmente tráfego já ciente da sua marca e que a maior parte do tráfego inbound não vai para sua página inicial, o próximo passo certamente faz sentido.

Se você focar seus esforços de conversão na sua página inicial e deixar de lado suas maiores fontes de tráfego, está arriscando uma grande queda de ROI.

Na verdade, é um dos maiores erros que eu vejo em blogs de indústria atualmente.

Não existem técnicas de captura de leads que faça as pessoas se converterem.

Dê uma olhada em técnicas atuais de captura de leads em meu blog:

pasted image 0 1159

Ao invés de simplesmente pedir por um email, eu os direciono para um botão de “Comece Aqui”.

Então, em vez da progressão irresponsável que a maioria dos negócios usam:

Pesquisa no Google -> página inicial -> CTA -> conversões

Eu uso a seguinte rota de fluxo de usuários:

Pesquisa no Google por um problema -> cliques no blog post -> cliques no CTA -> conversões.

Então eu uso isso para induzir conversões e educá-los sobre a minha marca usando o botão de “Comece Aqui”.

Isso me permite incluir diversos CTAs em meus blog posts ao invés de depender de uma página inicial para fazer a conversão.

Você pode facilmente criar CTAs incríveis como esse usando a Hello Bar de graça.

pasted image 0 1115

É apenas se cadastrar com a URL do seu site e seu endereço de email do Google para começar.

Depois, você pode escolher entre diversas opções diferentes de metas:

pasted image 0 1158

Para este exemplo, podemos selecionar o email como meta, já que você provavelmente quer focar em obter mais cadastros de emails para o seu blog.

Senão, é possível customizar esse CTA para se adequar ao que você quiser. Deseja que eles deem uma olhada em um produto? Em uma página de recursos?

Você consegue fazer praticamente todo tipo de CTA com isso.

Depois, customize o CTA. Decida o que você quer que ele diga e como será o botão de texto:

pasted image 0 1107

Então, você pode customizar quase tudo, como marcações, cores e targeting:

pasted image 0 1104

Esse é um jeito fácil e útil de adicionar mais CTAs às seções que não fazem parte da página inicial do seu site.

E se quiser adquirir mais leads, você não pode depender da sua página inicial para isso.

Comece a incluir CTAs adicionais em seus blog posts e use eles para conseguir mais tráfego.

Publique conteúdo em mídias sociais

Vamos voltar àqueles dados do Pew Research Center sobre o uso de mídia social para encontrar notícias e conteúdo:

pasted image 0 1086

A maior parte das pessoas está vendo as notícias e conteúdo em mídias sociais.

É uma para só para que as pessoas descubram as notícias e tópicos estão em destaque.

É só se conectar à sua conta do Facebook e verá imediatamente novas histórias e conteúdos de páginas que você segue:

pasted image 0 1152

Assim também é o Twitter:

pasted image 0 1141

A maioria das pessoas encontra marcas via conteúdo orgânico ou compartilhado.

Eles ainda não sabem quem você é, mais estarão aptos a encontrar seu conteúdo ao pesquisar por um tópico ou dar uma olhada no feed de notícias deles.

Já que a maioria não realiza pesquisas atreladas à marcas, a maior parte do seu tráfego inbound é frio.

E isso quer dizer que muito provavelmente eles serão direcionados para um blog post.

Então postar seus blogs em mídias sociais é uma das melhores formas de atrair mais visitas ao invés de tentar promover seu site em geral.

Foque em conteúdo promocional que as pessoas querem ler antes de publicar os links do seu site.

pasted image 0 1144

Um dos melhores jeitos de colocar sua promoção de conteúdo em piloto automático é usando o Buffer.

pasted image 0 1128

Com o Buffer, você pode conectar diversas redes sociais diferentes e compartilhar o mesmo artigo em cada uma delas.

Isso te poupa muito tempo. Em vez de se conectar a cada rede social e postar seu novo blog, simplesmente compartilhe ele automaticamente com cada site de uma só vez.

E você pode ainda programar novamente no Buffer posts de sucesso para manter o tráfego fluindo:

pasted image 0 1090

É um dos jeitos mais fáceis de compartilhas mais conteúdo social e automatizar sua estratégia social.

Torne a sua página inicial curta e convidativa

Deixe eu te dar um exemplo antes de entrarmos no assunto de páginas iniciais curtas.

Eu sempre me debati com otimização da taxa de conversão (CRO). Eu nunca soube de verdade o que funcionava melhor.

Na verdade, eu contratei diversos CROs para me ajudar a arrumar minhas páginas iniciais para meus produtos como o Crazy Egg.

No site do meu produto Crazy Egg, eu tive uma página inicial com um formulário super longo por bastante tempo.

Aqui está uma imagem de como ela era:

pasted image 0 1073

Você tinha que dar zoom para ver tudo!

Eu percebi que ela era simplesmente muito longa.

As pessoas não estavam lendo até o final, tornando metade do meu conteúdo praticamente irrelevante.

Toda aquela informação não estava sendo vista.

Eu queria colocar lá tudo o que podia. Testemunhos, todos os recursos, história e qualquer outra coisa que eu pudesse imaginar.

Mas depois eu fiquei esperto.

Se entrar na página inicial do Crazy Egg agora, é isso que você vê:

pasted image 0 1077

Ele ainda tem algumas seções de recursos informações para descrever o produtos, mas na verdade é 60% mais curto do que o original.

Eu cortei uma quantidade enorme de conteúdo desnecessário que poderia ser explicado detalhadamente em outras páginas sem sobrecarregar os visitantes novos.

E acabou aumentando as taxas de conversão em 13% quase que instantaneamente.

Minhas taxas de conversão nunca foram melhores.

E eu não sou o único recebendo aumento de conversões a partir da simplificação da página inicial.

O Highrise teve um aumento de 102.5% de conversões quando encurtaram o design da sua página inicial e removeram o conteúdo longo:

pasted image 0 1161

Primeiro eles achavam que o conteúdo longo era a razão da página deles estar convertendo tão bem.

Na verdade, ela convertia extremamente bem.

Mas não foi até que eles perceberam que a imagem estava causando conversões que eles entenderam que o conteúdo de formato longo não estava funcionando nem um pouco para eles.

Uma simples remoção de informações extra abaixo da imagem e tiveram muito mais conversões!

O Slack também é um ótimo exemplo disso. Dê uma olhada na página inicial deles:

pasted image 0 1148

É extremamente curta, mas muito informativa. Ela comunica a proposta de valor e é objetiva.

Eles tiram vantagem de coisas como testemunhos sem entulhar a página:

pasted image 0 1100

E eles também usam diversos calls to action convidativos:

pasted image 0 1111

Já que a maior parte das pessoas entrando na sua página inicial será pesquisadores que já conhecem sua marca ou que conheçam seu link direto, você não deve sobrecarregá-los com informações que eles já sabem.

Não transforme a sua página inicial em uma bagunça.

Reduza o seu conteúdo a apenas as informações mais importantes para quando visitantes que não conhecem a marca clicarem em sua página inicial a partir de um blog post.

Torne-a o lugar de referência para conversão:

pasted image 0 1082

Sua página inicial deve informar imediatamente uma ótima proposta de valor e uma visão direta do uso do seu serviço ou produto.

Ela não deve manter as pessoas na página por 10 minutos. Deve focar em incentivar o tráfego a partir da página inicial até as páginas dos produtos, blog posts e páginas de conversão.

A página inicial está morrendo. Você não deve investir seu sistema de valor inteiro nela.

Comece a colocar menos ênfase na sua página inicial e mais em criar uma página concisa que leva as pessoas à conversão.

Conclusão

Páginas iniciais dedicadas costumavam ser a melhor forma de expor a sua empresa.

Visitantes podiam visitar seu site e encontrar toda e qualquer coisa que eles poderiam querer saber, bem ali na página inicial.

Você podia promover blog posts recentes, notícias, atualizações, informações de contato, tudo naquela primeira página.

Mas como já discutimos, páginas iniciais são uma coisa do passado.

Na verdade, elas estão morrendo.

Elas simplesmente não recebem mais tanto tráfego quanto o resto do seu conteúdo.

É muito provável que as pessoas no seu site nunca nem a vejam.

Mas isso não significa que você deva deixar ela de lado ou acabar com ela. Neste artigo eu te ensinei como melhorar a sua página inicial.

Eu certamente não estou incentivando você a não ter uma.

Só faça com que ela não seja mais o principal fator do seu site.

Esse não pode ser o lugar que contém as informações mais críticas para conversão.

Páginas iniciais são um excelente jeito de anunciar o sucesso da sua marca e sua empresa, mas não podemos depender delas para criar a maior parte do nosso tráfego inbound.

Então o que você faz em vez disso?

Comece publicando mais conteúdo. Quanto mais conteúdo publica, mais páginas indexadas você tem.

Isso faz com que as pessoas encontrem sua marca mais facilmente.

Depois, capture mais leads em seus blog posts. A página inicial não vai receber tantos hits, então você não pode arriscar usá-la como a sua principal ferramenta de captura de leads.

Publique mais conteúdo em mídias sociais. É um dos principais jeitos de as pessoas encontrarem novos conteúdos.

Por último, torne a sua página inicial curta e convidativa. Se alguém clicar nela, dê a eles uma rápida proposta de valor que os levará à conversão.

As pessoas não são mais direcionadas às páginas iniciais.

É hora de mudar a sua estratégia.

De que forma você já se adaptou à tendência crescente das páginas iniciais se tornarem menos importantes?

Compartilhe