Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

Como Escrever um Email de Boas-Vindas e Conquistar o Seu Cliente

E se existisse uma maneira de deixar seus emails mais eficazes?

É possível com emails de boas-vindas.

Um email marketing de boas-vindas é um ótimo jeito de impulsionar o engajamento de assinantes.

Quando usados de maneira correta, esses emails dão o tom na hora de estabelecer o tipo de relacionamento que você quer com seus assinantes.

Infelizmente, emails de boas-vindas são muitas vezes ignorados por muitos profissionais do marketing.

E isso é um erro porque é mais difícil vender seus produtos e serviços sem um email de boas-vindas. Na verdade, 74% dos seus assinantes esperam receber um email de boas-vindas quando se inscrevem na sua lista.

expect welcome email

O que os emails de boas-vindas têm de tão especial?

  • 45% das compras via assinante acontecem depois de formulários opt-ins e dentro das primeiras 24 horas.
  • Tipicamente, esses emails têm entre 50% e 60% de taxas de abertura, que é mais alta que qualquer outro email marketing.
  • Os emails de boas-vindas, em média, tem 4 vezes mais taxas de aberturas e 5 vezes mais taxas de cliques quando comparados com emails de marketing padrões.
  • Os assinantes que leem pelo menos um email de boas-vindas leem 40% mais conteúdo do remetente nos próximos 180 dias.

Já ouviu o ditado: “Está tudo na lista”? É parcialmente verdade. Na verdade, tudo está no seu relacionamento com sua lista.

Por que você precisa de emails de boas-vindas?

O seu email de boas-vindas dá o tom do seu relacionamento com cada assinante.

Isso é importante porque é desse jeito que o assinante descobre como trabalhamos, dando a ele uma boa razão para ler e se engajar com o novo conteúdo.

Antes de escrever seu email de boas-vindas, você precisará saber como quem você está falando.

Você precisa ter uma ideia clara da audiência. Quem é o seu assinante ideal? Eles são os clientes que você está procurando?

  • Demanda de clientes. Quase sempre, nosso objetivo com os assinantes é transformá-los em clientes. Seus assinantes devem preencher dois quesitos muito importantes: (1.) devem ter poder de compra e (2.) devem desejar comprar. Se você quer que seus assinantes tornem-se clientes, você precisa assegurar-se de que eles preenchem esses requisitos. Um email de boas-vindas lhe ajuda a confirmar que seus assinantes tanto desejam como são capazes de comprar.
  • O seu público-alvo. Estamos falando de empresários, mães, dentistas, proprietários de imóveis — o grupo específico de pessoas que você está tentando alcançar. Você precisa ter um entendimento detalhado da demografia e da psicografia da sua audiência. Quando você estiver coletando essas informações, seu objetivo deve ser adquirir um profundo entendimento dos seus assinantes e clientes. Esse entendimento lhe dá o vocabulário necessário para mostrar aos seus clientes que você os entende.
  • As dores e os problemas deles. Em que problemas esses clientes estão focados? Quais são as suas dores? Há uma grande chance de você já saber disso se eles já estiverem inscritos na sua lista. Um email de boas-vindas eficaz relembra quais os problemas e dores que os assinantes enfrentam e aponta para as soluções (produtos e serviços) que você tem disponível.

Emails de boas-vindas mal escritos acontecem frequentemente.

A maior razão disso é também a mais comum.

Profissionais do marketing estão enviando os emails errados para seus assinantes. Não estão enviando email de boas-vindas ou emails de confirmação.

E não é a mesma coisa?

Emails de confirmação confirmam a decisão que o assinante tomou. Eles dizem algo como:

  • Obrigado por inscrever-se ou comprar um produto.
  • Por favor, verifique seu endereço de email.
  • Não deixe de nos adicionar a sua lista de email.
  • Bem-vindo ao nosso newsletter.

Não entenda errado, emails de confirmação são importantes. Você provavelmente já viu esses exemplos de email marketing antes, eles são todos bem diretos.

confirmation email

Mas emails de boas-vindas têm outra função.

Emails de boas-vindas eficazes têm outros objetivos. Vamos dar uma olhada em cada um desses objetivos e aprender como escrever um email de boas-vindas eficaz.

Objetivo #1: Estabeleça as expectativas dos assinantes

Qual é a maior razão para cancelamentos de assinaturas? Se você pensou em frequência de mensagem, você está certo.

Uma pesquisa recente apontou que 45,8% das pessoas cancelam assinaturas porque recebem muitos emails. As pessoas hoje em dia estão sofrendo com o excesso de informações.

too much email

Há muita informação chegando e pouco tempo (ou interesse) para checar todas elas.

Frequência de mensagens apareceu de novo quando os participantes da pesquisa mencionaram que eles podiam melhorar seu marketing de email simplesmente enviando menos emails.

less email

Mas apenas isso não resolve o problema.

Os assinantes se inscrevem na sua lista com suas próprias expectativas — ou pior, sem expectativas.

Quantos emails são demais? Ao enviar muito conteúdo, você corre o risco de sobrecarregar e alienar a sua audiência.

Se enviar pouco, você correrá o risco de que seus assinantes se esqueçam de você, inaugurando uma nova rodada de cancelamentos.

É um problema complicado porque a quantidade de informação que somos capazes de processar é diferente em cada indivíduo.

Os emails de boas-vindas resolvem o problema da frequência.

Em vez de depender do que o cliente acha que é muito ou pouco, você estabelece sua própria frequência. Você informa aos seus clientes a frequência com que eles vão receber mensagens e lhes dá a opção de decidir.

Zapier welcome 1

Os assinantes que estão de acordo com sua frequência continuarão recebendo as valiosas informações e conteúdos que você oferece.

Aqueles que não concordarem simplesmente cancelarão a inscrição.

Mas esses cancelamentos não são necessariamente algo ruim.

O propósito do email marketing, pelo menos para a maioria dos profissionais do marketing, é gerar leads.

O problema é que a maioria das pessoas na sua lista não está lendo. Elas não estão interessadas no seu conteúdo, não estão clicando para ler suas postagens no blog e certamente não estão comprando.

not reading emails

Com os emails de boas-vindas, você pode segmentar seus assinantes desde o começo.

Os clientes podem ser segmentados ao se inscreverem em listas adicionais para mais conteúdo, retirando-se de uma lista particular ou cancelando a inscrição

Acredite ou não, isso mantém a qualidade da sua lista alta. Como escrever um email de boas-vindas eficaz usando essa informação?

Comece estabelecendo expectativas.

Você pode estabelecer expectativas em relação a tudo. Por exemplo:

  • Frequência de mensagens (por exemplo, uma vez por dia, duas vezes por semana etc.)
  • O que seus assinantes vão receber de você (downloads, checklists, ferramentas e conselhos acionáveis etc.)
  • Quando você lhes enviará emails (manhãs, noites, durante a semana ou fins de semana)
  • O formato de cada mensagem (texto simples, html, responsivo)
  • O tamanho das mensagens (por exemplo, 100 palavras, 800 palavras, 1200 palavras)

Existem muitas coisas que você pode fazer para guiar e reforçar as expectativas dos clientes.

O objetivo não é estabelecer expectativas para todos esses itens. É encontrar a mais importante para o seu cliente e agir com elas em mente.

Estabelecer essas expectativas permite que os clientes determinem se eles querem estar na sua lista ou não.

Objetivo #2: Reitere os benefícios de ser um assinante

Seus assinantes não sabem como você é incrível.

Não sabem o que você já realizou na vida, o trabalho que você desenvolveu ou mesmo o que você pode fazer por eles.

E é justamente por isso que é tão importante reiterar os benefícios de estar em sua lista.

Quando você diz as coisas claramente, não resta dúvidas.

welcome benefits

Assim, não haverá questionamento sobre sua capacidade de entregar o que você prometeu.

Quando você lhes mostrar os benefícios de juntar-se à sua lista, a única pergunta que lhes resta é se realmente receberão os benefícios prometidos.

Aqui está o segredo na hora de expor os benefícios.

Tem que ser algo importante para seus assinantes. E isso vai depender do quanto você descobriu e entendeu sobre seu público-alvo.

Se você conseguir entender os seus assinantes, com certeza terá uma boa ideia do que é importante para eles. Existem diferentes tipos de benefícios.

  • Os benefícios óbvios. Esses são os benefícios fáceis de entender quando alguém se inscreve em sua lista. Pode ser um download ou um checklist grátis, acesso a uma ferramenta grátis no seu site, descontos ou um questionário que responde a uma pergunta importante. Você pode confirmar esse benefício simplesmente lhes dizendo que já receberam esse benefício.
  • Os benefícios escondidos. Esses são os benefícios inesperados que recebem quando se inscrevem na sua lista. Poderia ser um conteúdo “somente” para assinantes, descontos exclusivos ou promoções que você compartilha com eles. Esses são recursos úteis que você sabe que seus assinantes vão querer.
  • Os benefícios surpresa. Dar a seus assinantes presentes grátis, ofertas de acesso para eventos ou fornecer bônus que suplementam seu conteúdo, ferramentas ou recursos. Esses tipos de surpresas são agradáveis e muito eficazes em manter seus assinantes engajados — se você for capaz de descobrir o que eles querem. Se você fizer isso corretamente, você será capaz de treinar seu assinante a esperar ansiosamente pelo seu conteúdo.
  • Benefícios recorrentes. Distribuir prêmios de aniversário, descontos anuais, eventos recorrentes e relatório anuais de investigação — estes são ótimos exemplos de benefícios recorrentes. Qualquer benefício compartilhado com seu assinante regularmente é considerado como benefício recorrente. Isso não é apenas um motivo para os assinantes ficarem interessados, mas também lhes dá uma forte razão para permanecerem com você.

Os consumidores veem em média 5.000 anúncios por dia.

new york times sensory overload

Eles são expostos a uma enxurrada de anúncios, portais de notícias, plataformas de mídias sociais e profissionais do marketing lutando por sua atenção.

E estão completamente sobrecarregados.

Os assinantes, na maioria das vezes, não tem tempo para procurar a resposta de: “O que tem aqui para mim?” Se você quer que eles saibam, você terá que dizer a eles.

Objetivo #3: Faça seus assinantes assumirem pequenos compromissos

Você não pediria ninguém em casamento no primeiro encontro, não é?

Soa até ridículo. Mesmo assim, isso é o que muitos de nós fazemos quando alguém se inscreve, nos segue, curte ou se interessa por nosso conteúdo.

Se você é ativo no Twitter, sabe do que estamos falando.

Qual é a primeira coisa que as pessoas fazem quando elas ganham um seguidor nas mídias sociais? Elas pedem um grande compromisso.

big yes too soon

Eles tentam empurrar uma venda, pedem para se encontrar ou pressionam com o tempo. Esse tipo de abordagem exige um grande comprometimento muito cedo, afastando o cliente do processo.

big yes too soon 2

Muitos profissionais do marketing cometem o mesmo erro com suas listas de emails. Eles imediatamente tentam vender ao assinante um produto ou um serviço.

Esse tipo de venda afasta o assinante e estimula o cancelamento da inscrição.

Uma ideia melhor é usar uma sequência de pequenos sins para construir seu relacionamento com os assinantes. Uma sequência de pequenos sins ajuda porque transforma o ato de dizer “sim” um hábito.

Como você pode imaginar, é muito mais fácil vender produtos e serviços quando seus clientes estão acostumados a dizer sim. Veja por que uma sequência de pequenos sins lhe ajuda a vender mais produtos e serviços.

  • Os assinantes aprendem a confiar em você.
  • A confiança dos assinantes cresce quando eles se sentem mais confortáveis com você.
  • Uma sequência de pequenos sins conduz o cliente ao grande sim no ritmo deles.
  • Permite que você verifique e valide cada assinante.
  • Com os pequenos ‘sim’, você será capaz de conseguir o feedback necessário para se preparar para os próximos ‘sim’.
  • Você pode focar a atenção dos seus clientes em uma única oferta.
  • Você é capaz de transformar assinantes em clientes, conduzindo-os a um “sim” cada vez maior.

Uma sequência de pequenos ‘sim’ é na verdade melhor porque permite que você estabeleça rapidamente um forte relacionamento com seus assinantes. Aqui vão algumas ideias que você pode usar na sua sequência.

  • Criar assuntos de emails que convençam os assinantes a clicar
  • Usar títulos atraentes nas suas postagens de blog ou landing page
  • Conteúdos eficazes que atraem a atenção de seu assinante
  • Pedir feedback ou comentários
  • Pedir que curtam ou compartilhem
  • Convidar os assinantes a fazer um questionário

Tudo isso começa com o email de boas-vindas.

Existem várias maneiras de você pedir e conseguir que seus assinantes se comprometam. O que todas elas têm em comum?

O pedido é pequeno.

Usar um email de boas-vindas pode ser o primeiro sim na sua sequência, mostrando a seus assinantes como as coisas funcionam.

E é exatamente isso o que uma vendedora de produtos alimentícios faz com seus emails de boas-vindas.

Thrive, uma varejista de alimentos orgânica e natural, oferece seus produtos a preços reduzidos. Já no email de boas-vindas, eles oferecem aos assinantes a chance de comprá-los por valores.

thrive values

A Thrive mostra a seus assinantes que eles são perspicazes. Eles conhecem você. Sabem o que você quer, como você quer e até que marcas você prefere.

O pequeno sim no email de boas-vindas deles não está pedindo dinheiro.

Não nos manda direto a uma compra.

Eles apenas pedem para você dar uma olhada em todos os valores que eles oferecem no site. É um pedido fácil e com pouco risco envolvido.

Não há nada de errado em dar uma olhada, não é?

Quando chegamos ao site, o que vemos é uma landing page fácil de ler que nos leva direto aos valores mais importantes para nós.

thrive all values

A lista de valores deixa a busca fácil e simples.

Eles não tentam empurrar uma grande venda (associação) imediatamente. Eles estão usando os emails de boas-vindas para criar uma sequência de pequenos sins.

A Thrive pede que os assinantes digam sim para pequenas coisas que parecem insignificantes.

O email de boas-vindas deles põe os assinantes diante de uma forte oferta, dando-lhes a segurança que precisam para pesquisar.

Você pode fazer a mesma coisa também.

Faça da sequência de pequenos ‘sim’ um hábito. Transforme em hábito pedir aos clientes que ajudem com pequenas coisas.

Você pode pedir diretamente (por exemplo, clique para saber mais) ou seu pedido pode ser indireto com um título forte ou uma introdução atraente. Mas o foco é o mesmo.

Use pequenos sins para conduzir assinantes ao grande sim (tornar-se um cliente).

Objetivo #4: Gerar atenção, curiosidade, interesse e desejo

Seus assinantes querem conteúdos interessantes e você quer criar conteúdos interessantes. Então, por que isso é tão difícil para muitos empresários?

É difícil porque eles simplesmente não conseguem criar o tipo de conteúdo de que precisam.

content challenges

Os três maiores obstáculos para gerar atenção, curiosidade, interesse e desejo?

Os empresários não têm tempo, não conseguem produzir conteúdo suficiente e tem dificuldade para produzir o tipo de conteúdo eficaz atraentes a assinantes e clientes.

A solução do problema?

Criar conteúdo emocional que aumente o engajamento do assinante. Assim você aumentará as vendas drasticamente.

Com um conteúdo emocional, você será capaz de criar conteúdo interessante e atraente para os assinantes. E um aumento da qualidade do conteúdo balanceia com a quantidade reduzida de conteúdo.

O que isso tem a ver com o seu email de boas-vindas?

Com seus emails de boas-vindas, você pode direcionar novos assinantes ao incrível conteúdo que você produziu, despertando curiosidade, interesse e desejo.

E isso, quando combinado com um profundo entendimento de seus clientes, aumenta as vendas naturalmente.

Lembre-se que 45% das compras via assinantes acontecem depois dos formulários opt-ins e dentro das primeiras 24 horas. Direcionar novos assinantes a conteúdos populares aumentam as vendas dramaticamente.

Fatherly, um site de conteúdo focado em pais da geração Y, envia um email de boas-vindas para os novos papais.

fatherly 1

No email de boas-vindas, eles compartilham conteúdo para atrair a atenção dos novos assinantes.

fatherly 2

Quase que imediatamente, Fatherly foca em envolver-se com os novos papais. Usando um conteúdo eficaz, Fatherly aumentou sua audiência em mais de 3,5 milhões de papais.

Atrair assinantes e direcioná-los ao seu melhor conteúdo é uma estratégia que está funcionando bem com Fatherly.

Como escrever emails de boas-vindas eficazes?

  • Encontre uma audiência que tanto deseja como é capaz de comprar seus produtos ou serviços.
  • Assegure-se de ter profundo conhecimento sobre sua audiência.
  • Foque seu conteúdo na dor e nos problemas deles.
  • Crie um email de boas-vindas pessoal e focado nos seus assinantes.
  • Use emails de boas-vindas para estabelecer expectativas.
  • Reitere os benefícios de ser um assinante no seu email de boas-vindas.
  • Peça pequenos sins nos seus emails de boas-vindas.
  • Crie atenção, curiosidade, interesse e desejo nos seus emails de boas-vindas.

Quando são usados corretamente, os emails de boas-vindas são uma maneira incrivelmente eficaz de aumentar o engajamento do assinante.

Use-os para dar as boas-vindas aos assinantes que se inscreveram na sua lista de emails, seja com uma newsletter, uma isca digital, uma competição, uma sequência de respostas automáticas ou uma atualização de conteúdo.

Conclusão

Suas campanhas de email marketing podem ser mais eficazes.

Com emails de boas-vindas, você tem a chance de aumentar o engajamento dos assinantes, transformando leitores casuais em clientes fiéis.

Escrever um email de boas-vindas eficaz dá o tem no seu relacionamento com os assinantes.

E um excelente email de boas-vindas pode criar assinantes extremamente interessados e uma lista saudável. No entanto, quando são fracos ou quando não existem levam a baixo engajamento e um número alto de cancelamentos.

Só depende de você.

A maioria dos assinantes espera um email de boas-vindas, mas muitos profissionais do marketing decidem enviar apenas uma confirmação de email. E essa é uma abordagem equivocada.

Trate seus emails de boas-vindas como uma oportunidade e verá seus assinantes mais engajados.

Verá mais emails abertos e mais cliques. Seus clientes vão ler e absorver mais do seu conteúdo.

Como você tem usado o conteúdo de email para aumentar o engajamento com o seu negócio?

Compartilhe