Neil Patel

Espero que você goste desse artigo. Se você quer que meu time faça o seu marketing, clique aqui.

Como Criar o seu Primeiro Site Sem Dinheiro e sem ser Influente no Mercado

grow site

Todo mundo começa no ponto zero.

Anos atrás, meu primeiro site era um site de vagas de trabalho, AdviceMonkey (como o Monster.com).

Eu não conhecia ninguém e não tinha conexões. Além disso, eu tinha muito pouco dinheiro para começar um site.

Mas, mais importante ainda, eu também não sabia nada sobre marketing online.

Por isso, não é surpresa que o site de vagas de trabalho não tenha conseguido muito sucesso. Mas, isso me levou até onde estou hoje, ensinando você a evitar os mesmos erros que eu cometi ao começar um site.

Se você seguir minhas táticas abaixo, acredito que você vai poder aprender com meus erros e lentamente, mas certamente, começar a conseguir tráfego e clientes para o seu site.

O melhor de tudo, você nem precisa de dinheiro, uma marca ou conexões com essas dicas.

Você só precisa entender o que não funciona (e então você não vai desperdiçar seu tempo) e onde concentrar seus esforços em vez disso.

Vamos dar uma olhada.

Não se preocupe com publicidade por enquanto

A publicidade é sem dúvida a maneira mais rápida de trazer novos clientes .

O Google AdWords , por exemplo, é como uma torneira. Ponha um pouco de dinheiro, ligue a torneira e veja as leads chegarem.

Se você sabe o que está fazendo e tem acesso a esse dinheiro, os anúncios podem aumentar no crescimento.

Mas, no seu caso, isso não vai funcionar.

Novos negócios exigem uma tonelada de dinheiro apenas para sair do chão. Qualquer lucro obtido no final, provavelmente já está sendo reinvestido em estoque, fornecedores, novas contratações e mais ativos que podem expandir o alcance da sua empresa.

O que significa que você, provavelmente, tem pouco ou nenhum dinheiro para gastar com anúncios.

E sabe de uma coisa? Está tudo bem.

Dinheiro não pode ser uma restrição definitiva. Isso força você a se tornar criativo e fazer esses dólares existentes rederem ainda mais. E também o força a mudar sua estratégia para começar um site.

Por exemplo, todo o seu tráfego nos primeiros dias vêm de outras pessoas . E quanto mais rápido você perceber isso, mais rápido você vai conseguir trabalhar em atividades que alimentam esse fogo.

Vamos dar uma olhada em algumas das minhas maneiras favoritas para que outras pessoas enviem tráfego.

Comece obtendo referências de outros sites

Abra o Google Analytics e vá até seu relatório de Aquisição.

O que você vê?

Provavelmente que existem quatro maneiras principais de encontrar o seu site agora:

  1. Direto: Estes são os visitantes que escrevem sua URL na barra de endereços.
  2. Pago: Obviamente, estes são visitantes de campanhas publicitárias.
  3. Pesquisa orgânica: Estes são visitantes que encontram sua página e postagens nos mecanismos de pesquisa.
  4. Referências: Uma referência é um visitante que o encontra através de links (como sites, blogs, mídias sociais, etc.)

Suas opções se esgotam rapidamente quando você percorre essa lista. O Direto não é muito útil, porque as pessoas não o conhecem. Não existe dinheiro para campanhas pagas. E você nem mesmo existe nas mentes dos mecanismos de busca neste momento (mais sobre isso mais tarde).

Isso deixa você com apenas uma opção: Referências.

De alguma forma, você precisa que outras pessoas e outros sites falem sobre você, coloquem um link seu mandem tráfego para você.

Existem duas coisas que você precisa:

  1. Estar acessível em mais lugares; e
  2. Dar às pessoas uma boa razão para promovê-lo.

Você pode conseguir a primeira coisa pensando em distribuição .

Por exemplo, a loja de decoração de ambientes Walls Need Love teve seus primeiros passos de crescimento simplesmente listando produtos através de outras lojas. Se você fizer uma busca por eles agora, aqui está o que você vai ver:

image 44

Eles prefeririam vendas através do seu próprio site, é claro. Mas nos primeiros dias, você precisa dar um empurrãozinho! E geralmente isso significa trabalhar com outras grandes plataformas que já têm o público que você precisa tão desesperadamente.

Nesse caso: 44% de todas as pesquisas de produtos começam no Amazon!

Eles são uma marca sólida e respeitada. E o frete expresso gratuito para os membros Prime também ajuda. Então, naturalmente, as pessoas vão começar a procurar algo novo por lá.

“A Amazon tem sido incrível para o meu negócio ”, disse a fundador da Daily Fairy, Emily. “Comecei a vender na Amazon em outubro de 2015, e isso dobrou minhas vendas. O que isso me diz é que tem uma série de pessoas que não sabiam que eu existia. Está funcionando melhor do que uma pesquisa do Google para mim .

É por isso que o Walls Need Love funciona com muitas das principais lojas de produtos como Etsy, Wayfair e Amazon (desde que ofereçam termos decentes).

Isso dá a eles uma nova chance de levar o seu produto para potenciais compradores e puxar as vendas que de outra forma eles não receberiam em seu próprio site (porque essas pessoas estão os conhecendo pela primeira vez).

Muitos dessas lojas podem até mesmo ajudá-lo a anunciar em seus sites, também.

Espera aí – eu não disse para esquecer de publicidade?

Sim, mas neste caso, eles podem estar dispostos a aceitar uma porcentagem das vendas feitas em seus sites. Isso significa que você não paga um único centavo antes! Ainda melhor, você só vai pagar por vendas reais (não apenas cliques ou visualizações).

image 53

Então, nesse caso, é um win-win: Você consegue promoção (e credibilidade) que você precisa tão desesperadamente, e eles recebem alguma coisa por promoverem uma nova marca como a sua.

Acordos de compartilhamento de receita como esse são comuns em todos os tipos de negócios, tanto para vender produtos, quanto serviços. E convenientemente, nos leva à nossa segunda dica.

As pessoas precisam de um incentivo para se preocuparem com sua marca .

Você pode viver e respirar o seu negócio, mas ninguém mais vai sentir essa mesma paixão (por enquanto). Você precisa dar a eles um motivo, como uma comissão da sua receita ou mesmo um programa de referência.

Por exemplo, tempos atrás, o PayPal explodiu quando criou uma campanha viral de Refer-a-Friend (em 2003!).

referral paypal e1443345131622

Esta tática simples, mas eficaz, enviou para eles mais de 100 milhões de membros, com 7 a 10% de crescimento diário .

O melhor de tudo é que você não precisa de um software extravagante ou de desenvolvedores personalizados para configurar algo assim. Por exemplo, o ReferralCandy é uma ferramenta “direto da prateleira” que você pode ter em funcionamento em menos de uma hora.

Você pode criar termos de programa diferentes e gerar links personalizados com ele que vão acompanhar e reportar os resultados para você quando as pessoas começarem a chegar.

split screen analytics

Essas táticas são feitas sob medida para empresas de produtos.

Tanto as empresas de produtos, como as de serviços, podem usar essa próxima. É uma das melhores táticas que já usei, influenciando diretamente o crescimento de todos os meus negócios multimilionários.

Você é especialista em alguma coisa. Certifique-se de que outras pessoas saibam disso

Tornar-se um especialista reconhecido, abre todos os tipos de portas.

Isso permite que você escreva para grandes sites, fale em conferências e, em seguida, canalize toda essa atenção para o que você está vendendo.

Jason Calacanis é um exemplo perfeito. Como um empresário bem-sucedido nos últimos 20 anos, Jason conseguiu capitalizar sua visibilidade e conexões dentro do segmento para obter investimentos antecipados em empresas sólidas como a Uber.

Ele é tão bom nisso que ele mesmo escreveu um livro sobre investimento de anjo.

Desenvolver liderança de pensamento cria um ciclo de autoreforço. Por exemplo:

  1. Eu Escrevo para lugares como Entrepreneur , Inc. e Forbes .
  2. As pessoas leem meus artigos e me convidam para falar em conferências, grupos, para governos e mais (enquanto também sou pago pelo meu tempo).
  3. Esses artigos e palestras levam à atenção, forçando as pessoas a começarem a pesquisar.
  4. Essas Pesquisas do Google as levam para este site que você está lendo agora.
  5. A pessoas leem e compartilham minhas postagens do blog e, o mais importante…
  6. Começam a comprar meus produtos e serviços, que então é reinvestido e me permite…
  7. Escrever para mais espaços de mídia convencionais como aqueles no topo desta lista!

Na realidade, são necessários anos de trabalho dedicado para criar algo assim. Eu sei que você não tem anos agora.

Mas você pode começar em algum lugar.

Demora algum tempo para publicar em um grande site como o Entrepreneur.com. Porém, existem toneladas de outros bons sites à procura de conteúdo especializado como o seu.

Você precisa apenas saber onde procurar.

Comece com o rodapé em diferentes blogs na sua área. Geralmente, você deve procurar algo sobre “Guest Authorship”, “Guest Blogger” ou “Contribuir”.

image 55

Bingo!

Agora você quer procurar listas de posts. Não listas do tipo do BuzzFeed , mas listas que classificam os principais blogs na sua área. Eles já fizeram todo o trabalho para você, encontrando bons alvos potenciais para alcançar.

image 48

Claro, verificar manualmente um monte de sites pode ser incrivelmente demorado. Então, aqui está um outro hack inteligente para fazer esse processo.

Digite um operador do Site Search que se pareça com algo assim, no Google:

  • site:socialmediatoday.com “contribuir”

Com um pouco de sorte, o Google imediatamente vai dar a resposta que você está procurando:

image 50

Obrigado, Google!

Saia de seu escritório (ou da sua casa) e compareça a eventos

Os clientes estão online, é verdade.

Mas quando ninguém sabe quem você é, pode ser difícil fazer com que eles entreguem o número de cartão de crédito online, sem nunca terem conhecido você.

Mas qual é o melhor hack de vendas que existe?

Não é um gateway específico de pagamento. Não é apenas listar seus produtos na Amazon. E não é um inteligente teste A/B.

É conhecer pessoas cara a cara.

84% das pessoas entrevistadas dizem que preferem reuniões presenciais. E é uma das melhores maneiras de conhecer pessoas ocupadas que, de outra forma, podem ignorar sua solicitação do LinkedIn Connect ou podem perder seu e-mail no meio da montanha de outras coisas na caixa de entrada.

Você pode até começar simples. Vá em Meetup.com e procure o que está acontecendo na sua área. Em poucos minutos, você vai receber uma lista de eventos, todos acontecendo nos próximos dias, que apresentam centenas de potenciais parceiros ou clientes.

pasted image 0 301

Simplesmente compareça, se voluntarie para ajudar, continue aparecendo, e você eventualmente vai começar a ser apresentado a pessoas que podem abrir portas.

E nos primeiros dias, tudo gira em torno de abrir portas. Digamos que você é um advogado e você conhece um contador. Até agora não parece muito, mas pode ser uma grande oportunidade.

Você provavelmente tem clientes de alto patrimônio que se especializam em imóveis. Um dos seus clientes provavelmente poderia usar os serviços do contador (e vice-versa).

Simples. Você poderia ter um programa de referência informal ou mesmo pagar uma comissão para manter novos clientes chegando.

Esta estratégia não usa muita tecnologia, então não deve ter obstáculos para começar e para te impedir.

Daí, você pode trazer esse relacionamento para o ambiente online quando chegar a hora. Vocês podem se promoverem mutuamente em seus sites ou mesmo enviarem atualizações periodicamente para suas listas de clientes sobre um evento próximo que vocês vão participar.

O marketing online ainda gira em torno das pessoas, em última análise. E passar o dia todo no Twitter pode nunca substituir as relações que você pode solidificar ao se encontrar pessoalmente.

Comece a trabalhar com a imprensa

HARO é um dos primeiros lugares em que as pessoas pensam quando falam de dicas fáceis e de baixo custo de relações públicas.

É um bom serviço, mas muitas vezes não é suficiente. Lembre-se: você precisa dar um empurrãozinho!

Então, encontre suas próprias oportunidades de relações públicas conectando-se com importantes jornalistas, blogueiros ou influenciadores.

Por exemplo, Danny Sullivan é um dos principais jornalistas em SEO e é o cofundador de sites como Search Engine Land e Marketing Land. Apesar de ter anunciado recentemente que está dando um passo atrás , ele ainda é uma das pessoas mais influentes nessa área.

Digamos que você seja um iniciante na área de SEO e que deseja entrar no radar do Danny.

Parece bom, mas como?

O LinkedIn Sales Navigator pode ajudá-lo a criar listas de prospects por título de trabalho e mais. Então, você pode começar entrando no LinkedIn e conseguindo os dados dele.

Agora, o LinkedIn vai enviar suas atualizações toda vez que o Danny publicar algo, para que você possa acompanhar seus movimentos e interagir em tempo real.

Por exemplo, com o Danny dando um passo atrás, pode ser difícil abordá-lo na Internet. Mas ele já anunciou que ele vai estar em alguns eventos ao longo do ano, onde você provavelmente terá uma chance melhor de encontrá-lo (lembre-se daquela coisa de “reunião na vida real”?).

Não se preocupe com SEO por enquanto

Site novo para uma empresa nova?

Deixe o SEO pra lá por enquanto.

Aposto que você não esperava isso de mim, não é?

Mas faz sentido se você considerar como os mecanismos de busca funcionam (e funcionaram na última década).

Eu explico.

O objetivo de um mecanismo de pesquisa é conseguir os melhores e mais relevantes resultados para sua consulta. A maneira como eles fazem isso (depois de considerar a relevância) é, em grande parte, através da avaliação de indicadores de autoridade e popularidade.

De modo geral, isso significa que os sites mais antigos que estiveram funcionando e que publicando o mesmo tópico dia a dia durante anos, tendem a obter o benefício da dúvida (em vez de um novato).

Aqui está um exemplo perfeito. Digite qualquer pesquisa no Google agora. Vamos usar a frase “crescer um site”, porque é sobre o que estamos falando.

Agora me diga o que você percebe…

pasted image 0 298

Principalmente grandes sites já estabelecidos, certo?

Você ainda deve trabalhar no SEO do seu site. Você ainda deve se concentrar em SEO de cauda longa para se certificar de que, ao menos, você está fazendo o básico e selecionando as frases-chave menos competitivas ao seu alcance nesta fase.

Você ainda deve se esforçar para ter consistência nos primeiros dias, para que você mantenha seu site ativo com novas postagens em um cronograma regular.

image65

Mas isso não significa que você deve esperar que o SEO traga novos clientes de repente.

Um dia. Mas agora, vai ter algo bem minúsculo (se houver alguma coisa). Definitivamente, não vai ser o suficiente para começar um site.

Em vez disso, você precisa sair e fazer o tráfego vir até você. Isso significa fazer parceria com os outros e fazer o que for necessário para que eles recomendem seus produtos, compartilhem seu conteúdo e ponham links para o seu site.

Conclusão

Conseguir começar um site, nunca é fácil.

Ninguém sabe quem você é, não existe dinheiro para anunciar, e você não tem contatos que vão ajudá-lo a crescer.

Isso significa que você tem que assumir o controle disso tudo.

E você não faz isso pedindo ajuda a outras pessoas. Você faz isso ajudando-as primeiro. Você dá a elas algo que elas precisam, para resolver algum problema que elas tenham (seja conteúdo, dinheiro, conselho, tempo, etc.).

E então, quando você tiver persistido o suficiente, esses favores devem começar a gerar uma bola de neve em sua direção. Não é impossível, mas será difícil. Por isso, você precisa arregaçar as mangas e conseguir que outras pessoas (e sites) façam referência a você, nos primeiros dias.

Qual a melhor estratégia que você usou para conseguir começar um site novo?

Compartilhe