O Guia Detalhado Para Você Promover Suas Publicações

censored

Não basta escrever um conteúdo de qualidade.

Você também precisa saber como promovê-lo.

Se não fizer isso, vai acabar desperdiçando muito do trabalho árduo empenhado na criação desse conteúdo que vai diretamente para o seu incrível site.

Se não bastasse isso, as pessoas também não poderão absorver as dicas e orientações que você fornece através das suas postagens!

Ou seja, os dois lados saem perdendo.

Por esse motivo, é importante descobrir uma maneira de impedir que isso aconteça em seu blog.

Portanto, hoje, vamos abordar algumas das etapas que você pode executar para promover suas publicações para que, dessa forma, elas alcancem e ajudem o seu público.

Vamos aprofundar como você pode encontrar pessoas que te ajudarão a divulgar as suas postagens e também, quais ferramentas usar para a promoção de conteúdo.

No final deste artigo, você saberá exatamente como maximizar a exposição da sua próxima publicação, colocá-la na frente das pessoas certas e fazer com que você e o seu público saiam ganhando.

Vamos começar!

Mas antes de começarmos … Entenda por que você precisa construir relacionamentos antes de precisar deles

Quando você tem a ajuda de outras pessoas, a promoção de conteúdo fica muito mais fácil.

Ao longo deste artigo, falaremos muito sobre alcançar pessoas que têm públicos semelhantes aos que você procura.

No entanto, como você deve saber, as pessoas não gostam de ser abordadas com propostas logo no primeiro contato.

Na maioria dos casos, elas já estão cansadas ​​desse tipo de abordagem – há evidências de que 65% dos blogueiros recebem propostas várias vezes por semana.

Por isso, é importante construir seus relacionamentos antes que você, de fato, precise deles.

Com isso em mente, procure seguir todos os conselhos sobre divulgação que você encontrar aqui – mesmo que ainda não tenha uma postagem em especial que você queira promover.

Use as estratégias mencionadas e, então, chegue nessas pessoas que você deseja alcançar, dizendo que você ama as coisas que elas estão lançando.

E melhor ainda: visite suas redes sociais e blogs, interaja com o conteúdo e deixe comentários nas publicações.

Quando você tem um conteúdo relevante e pede para que alguém o compartilhe, isso naturalmente agrega valor na imagem dessa pessoa que está compartilhando.

Mas você pode aumentar as chances de pessoas-chave te ajudarem na promoção do seu conteúdo ao construir relacionamentos com antecedência.

OK, agora que já temos isso claro, vamos dar uma olhada em como você pode encontrar pessoas que te ajudarão a promover suas postagens!

Observação importante: se alguém comentar sobre o conteúdo do seu site, não deixe de responder.

Eu descobri, que as pessoas que comentaram sobre o meu conteúdo estavam 294% mais dispostas a compartilhá-lo.

Você pode incentivar comentários simplesmente pedindo às pessoas que comentem no final de cada post.

Uma boa forma de promover um aumento nos comentários, é interagindo com quem comenta.

Isso também vai dar força às táticas que abordaremos mais adiante.

Divulgação por Email

Embora o email às vezes pareça ser um canal saturado, ainda é uma ótima maneira de encontrar pessoas que estejam interessadas em compartilhar seu conteúdo nas redes sociais.

Uma das melhores maneiras de encontrar as pessoas certas, é usando uma ferramenta chamada Ubersuggest.

O Ubersuggest permite que você encontre conteúdo popular em um determinado nicho.

Nosso objetivo, é encontrar pessoas que tenham publicado conteúdo semelhante ao nosso e, em seguida, informar essas pessoas que produzimos um conteúdo similar, que elas (e seu público) também podem gostar.

Você também pode pedir educadamente para que, se gostarem do conteúdo, também o compartilhem com seu público.

Certo, vamos ver exatamente como você pode usar o Ubersuggest para fazer uma divulgação por email. 

O primeiro passo é abrir o Ubersuggest e realizar o seu cadastro na ferramenta.

Depois que você fizer isso, vai aparecer a seguinte tela.

Tudo que você precisa fazer aqui é digitar sua palavra-chave e clicar em “Pesquisar”.

Neste exemplo, usei a palavra-chave “marketing no Instagram”. Aqui está a página de visão geral dos resultados:

Para fins deste artigo, cliquei em “Ideias de conteúdo”, na barra lateral esquerda.

Agora, eu tenho acesso a uma infinidade de conteúdo altamente compartilhado neste nicho.

Ao chegar nessa etapa, o próximo passo é percorrer a lista e anotar quaisquer sites que possam estar dispostos a compartilhar a sua postagem. Vai levar algum tempo, claro, mas é muito mais eficiente do que somente pesquisar no Google sem nenhuma direção clara.

É importante salientar que essa tática não funcionará para todos e muitas pessoas não estarão dispostas a compartilhar o seu conteúdo.

No entanto, as poucas pessoas que respondem e se dispõem a te ajudar na divulgação farão todo esse esforço valer a pena.

De fato, no meu site Nutrition Secrets, essa tática fez o fator social se tornar um dos maiores direcionadores de tráfego para mim.

image39

Se você mencionou alguns especialistas em sua postagem, também pode ser uma boa ideia entrar em contato com eles.

Para fazer isso, você pode usar uma ferramenta conhecida como Contentmarketer.io.

O Content Marketer possui um recurso que verifica uma postagem para encontrar pessoas que foram mencionadas no conteúdo.

A ferramenta identificará os endereços de email desses indivíduos e possibilitará que você envie emails para eles dentro da própria plataforma.

Vamos ver como você pode usar essa ferramenta.

Primeiro, crie uma conta no Content Marketer.

Então, você verá a tela a seguir.

Nesta tela, clique em ‘Analisar um Post’.

image38
image42

Em seguida, insira o URL da postagem que você está tentando analisar.

Agora é só deixar o Content Marketer fazer seu trabalho.

image40

Você receberá uma lista de especialistas mencionados na postagem, com quem você pode entrar em contato.

Clique no botão “Iniciar divulgação”.

image41

Na própria interface do Content Marketer, você pode entrar em contato com essas pessoas mencionadas na publicação.

image43

Se você observar a parte superior da imagem, perceberá que também existe a opção de tuitar sobre essas pessoas, bem como de preencher os formulários que podem ser encontrados em seus sites.

Mas é bom lembrar: evite ficar “bombardeando” as pessoas.

Procure usar um desses outros métodos somente no caso da sua forma atual de divulgação não estar funcionando efetivamente.

Você também notará que existem algumas “ideias de divulgação” fornecidas.

Isso te dará uma base para criar os textos em seus emails. É uma boa forma de economizar tempo, uma vez que você não precisa se preocupar em escrever tudo do zero.

Quando você se familiarizar com essa forma de divulgação, poderá conectar-se a pelo menos 5% das pessoas com quem entra em contato por email, que serão vinculadas à sua postagem em seu site.

Também é importante lembrar de realizar o follow-up, quando você estiver conduzindo uma divulgação por email.

Sujan Deswal conseguiu atingir uma taxa de resposta de 60% com suas ações de follow-up.

Como você deve saber, essa taxa de resposta é mais do que impressionante quando você tenta promover um conteúdo de qualidade. 

Tráfego pago

Também há a opção de usar a promoção paga para divulgar suas publicações.

Há evidências que sugerem que 4,5% dos blogueiros estão usando tráfego pago para atrair atenção para seu conteúdo.

Esse método pode acabar saindo um pouco caro, se você não souber bem o que está fazendo. Vamos dar uma pincelada sobre como fazer isso corretamente.

Primeiro, a forma mais barata de tráfego pago disponível e, provavelmente, a mais fácil de converter é o Facebook – ao menos até o atual momento.

Isso ocorre, porque o Facebook fornece alguns excelentes recursos de segmentação, que fazem com que suas postagens sejam exibidas para pessoas com maior probabilidade de se engajar com elas.

Ao promover seus posts dessa maneira, é essencial que você tenha uma forma de manter o interesse dos visitantes do seu blog.

O ideal, é que você tenha um meio de capturar emails desde o primeiro dia da divulgação.

Se você ainda não usa um método assim, comece agora mesmo.

É bastante vantajoso, pois, dessa forma, aqueles que se inscreverem no seu blog e comprarem suas ofertas estarão ajudando a financiar as promoções que irão alcançar novas pessoas.

Há algum tempo, eu escrevi um texto falando sobre o que precisa ser feito ao criar um anúncio no Facebook.

Então, vamos dar uma olhada em algumas maneiras de fazer uma boa segmentação para que suas promoções tragam um melhor retorno do investimento.

O primeiro passo, é encontrar páginas relacionadas ao nicho que estamos buscando.

Digamos que nós estamos promovendo uma publicação que ensina “dicas sobre mídias sociais”.

O que precisamos fazer, é encontrar algumas empresas/pessoas que possuem páginas populares no Facebook nesse nicho.

Existem cerca de 50 milhões de páginas no Facebook, portanto, encontrar uma para o seu nicho não será assim tão difícil.

Usando o ‘Graph Search’, que é a ferramenta de pesquisa fornecida pelo Facebook, podemos encontrar essas páginas.

Para isso, digite “Mídias sociais” na caixa de pesquisa.

image44

Imediatamente, aparecem algumas páginas relacionadas a esse tópico.

image45

Mas ainda não é o suficiente, pois queremos encontrar mais.

Então, clique na guia Páginas.

image46

E boom… agora temos várias páginas relacionadas ao nicho da mídias sociais.

image47

Mas e agora?

Bem, nós podemos segmentar essas páginas quando estivermos configurando nossos anúncios no Facebook.

Mas o mais importante aqui, é que podemos usar a ferramenta “Audience Insights”, para descobrir exatamente quais são os dados demográficos das pessoas que curtiram essa página.

Para fazer isso, basta acessar o Audience Insights.

Você verá o seguinte:

image48

Agora, neste artigo, eu estou supondo que você está começando do zero.

No entanto, as dicas a seguir também valem se você já tiver uma lista de email ou um pixel do Facebook instalado em seu site (tudo isso está na categoria “Um público personalizado”).

Mas como estamos supondo que você está começando do zero, vamos prosseguir dessa forma.

Você verá a seguinte tela:

image49

No lado esquerdo, vamos colocar o nome de uma das páginas que descobrimos anteriormente.

image50


Depois de fazer isso, veremos que o Facebook nos forneceu os dados demográficos das pessoas que curtem essa página.

Por enquanto, não precisamos analisar tudo o que a ferramenta nos fornece.

Mas vamos examinar as principais informações – como “idade e sexo”.

image20

Também podemos ver dados como “status de relacionamento” e “nível de escolaridade” das pessoas que curtem a página “Social Media Examiner”.

image21

Se dermos uma olhada em mais informações, veremos que existem alguns locais em que há um número desproporcional de pessoas presentes (em comparação com o resto do Facebook) que curtem a página.

image22

Como eu disse, há muita informação para se explorar aqui.

E se você estiver disposto a estudar mais a fundo, poderá usar isso para aperfeiçoar a segmentação de seus anúncios e melhorar as chances de obter altos níveis de engajamento.

Bom, é dessa maneira que você pode atrair as pessoas inicialmente interessadas em seu conteúdo.

No entanto, você também pode usar o “retargeting” para atrair as pessoas interessadas em suas publicações futuras ou complementares.

Esse método, é uma maneira extremamente econômica de divulgar suas postagens, bem como o seu site, porque os anúncios são muito direcionados.

Você pode fazer tudo isso instalando um pixel do Facebook.

O retargeting pode parecer um pouco complexo, então vamos analisar como ele se relaciona com uma estratégia de impulsionamento.

Digamos que uma pessoa leia uma publicação no seu site e não se torne necessariamente um assinante.

OK, sem problemas.

Uma semana depois, você pode direcionar a essa pessoa um anúncio no Facebook sobre a sua próxima postagem.

Você ainda pode ir além e usar essa estratégia para promover lead magnets e atualizações de conteúdo.

No fim das contas, o que vale aqui é o quão criativo você consegue ser.

Você também pode promover seus posts por várias vezes para, dessa forma, ir direcionando as pessoas à sua lista de emails.

Afinal, você precisa achar um meio para pagar por todos os seus esforços, não é mesmo?

Use o Google Alerts e o Twitter para encontrar pessoas que estão falando sobre o conteúdo relacionado

Essa é uma tática um pouco mais avançada. Mas, se feita corretamente, poderá te trazer ótimos resultados.

A ideia central aqui é a seguinte…

Você encontrará pessoas que estão falando sobre o conteúdo relacionado ao seu e as informará que possui algo semelhante.

Quando se trata do Google Alerts, há duas maneiras de se fazer isso:

Uma delas é deixando comentários nos blogs dessas pessoas.

A outra, é enviando um email.

E, claro, se você estiver usando o Twitter, poderá enviar uma “mensagem direta”, ou simplesmente “tuitar”, mencionando alguém.

Vamos ver como você pode usar o Google Alerts para promover seu conteúdo.

Comece configurando a ferramenta para que ela te envie atualizações sobre o conteúdo relacionado com o que você deseja promover.

Digamos que eu tenha uma postagem sobre “email marketing”.

Primeiramente, eu preciso acessar https://www.google.com/alerts.

Em seguida, vou digitar ’email marketing’, na caixa de pesquisa.

image23

Então, ao rolar para baixo, eu consigo ver o conteúdo relacionado ao tema.

Você perceberá que o conteúdo é classificado em “Notícias” e “Web”.

image24

Eu posso usar as duas seções nessa estratégia.

Aqui estão algumas publicações em destaque na seção “Web”:

image25

O próximo passo agora, seria clicar em cada uma dessas postagens e deixar um comentário para que outros leitores (e o proprietário) saibam que eu gostei do conteúdo e que possuo algo semelhante.

Você também pode optar por enviar um email para a pessoa que escreveu o post e informar que tem algo semelhante (como na estratégia do Ubersuggest, mencionada acima).

No entanto, se quiser usar essa abordagem, certifique-se de ter construído um bom relacionamento antes.

Você pode fazer isso simplesmente comentando o conteúdo que essa pessoa posta.

Outra alternativa, seria você ajudar a promover esse conteúdo. 

Como eu mencionei acima, você pode usar o Twitter para isso.

A primeira coisa a se fazer é acessar o Twitter e criar uma conta.

Em seguida, usando a caixa de pesquisa, digite um termo relacionado ao seu conteúdo.

Vamos focar no tema “email marketing” por enquanto.

image26

Observação: você também pode usar uma hashtag para encontrar conteúdo relacionado a email marketing (ou outro assunto de sua escolha).

image27

Qualquer que seja o assunto que você procurar, escolha a opção “Mais recentes”, depois de pesquisar.

image28

Então você verá uma lista de pessoas que estão falando sobre “email marketing”.

image29

Você pode enviar uma mensagem para essas pessoas e informar que possui um conteúdo relacionado.

Uma boa alternativa, é usar essa tática combinada à estratégia do Google Alerts, mencionada acima, para encontrar conteúdo para comentar.

Você também pode usar uma ferramenta como o Warble, que te enviará notificações sobre as menções relacionadas ao assunto de seu interesse.

Para isso, acesse Warble.co e clique no botão “Comece a Usar o Warble”.

image10

Em seguida, inscreva-se no serviço.

image11

Depois que tudo tiver sido verificado, clique em “Configurar Seu Primeiro Alerta”.

image12

Digite uma palavra-chave (ou hashtag) relacionada ao conteúdo que você deseja promover.

image13

Depois de fazer tudo isso, você será notificado quando as pessoas estiverem discutindo sobre um conteúdo relevante com base no seu assunto de interesse.

Publicar em outras redes sociais

Outra maneira de promover as postagens de seu blog, é publicando-as em outras redes sociais.

Segundo a Orbit Media, 94% dos blogueiros estão usando as redes sociais para direcionar o tráfego para seus blogs.

image14

Você pode estar pensando que precisa ter perfis grandes em muitas redes sociais para que isso funcione efetivamente.

Mas, isso não é necessariamente verdade.

Mesmo que 50% do seu conteúdo tenha apenas 8 compartilhamentos ou menos, você ainda poderá gerar resultados, ainda que possua apenas um pequeno número de seguidores.

E, cá entre nós, quem consegue apenas “8 compartilhamentos ou menos”, provavelmente não está aplicando uma estratégia de promoção de conteúdo.

E mesmo que esteja aplicando, pode estar usando estratégias que não são efetivas de fato.

Então, vamos ver o que você pode fazer para não se tornar parte dessa estatística.

Primeiramente, procure interagir com alguns grupos populares do seu nicho no Facebook.

Vamos imaginar que você esteja no nicho de ‘Yoga’.

Para encontrar grupos relacionados a esse nicho, busque “Yoga” na caixa de pesquisa.

image15

Em seguida, clique em “Grupos”.

image16

Então você verá uma lista de grupos que atendem a esse nicho.

image17

Depois de encontrar esses grupos, você precisa fazer parte deles.

Mas lembre-se de que talvez não seja interessante para você, participar de todos eles.

Isso porque alguns deles, são feitos para ajudar certos nichos menores que estão dentro do nicho maior chamado Yoga.

Se você não pertence a esses nichos menores, pode não ter um conteúdo tão relevante para essas pessoas.

De qualquer forma, ingressar em um grupo do Facebook não é onde o seu trabalho termina, mas sim onde ele começa.

Afinal, agora que você faz parte desses grupos, deve se concentrar em agregar muito valor para as pessoas que estão neles.

Na prática, isso significa que você deve entrar lá e responder às perguntas e ajudar as pessoas de forma geral.

Com o tempo, você vai passar a ser visto como uma autoridade dentro dos grupos.

Depois de ganhar essa credibilidade, você pode começar a fazer referência às postagens do seu blog – e será muito mais efetivo se elas estiverem intimamente relacionadas aos problemas levantados pelos participantes.

O ideal, é que o seu conteúdo ajude a responder as perguntas que frequentemente surgem nos grupos.

Embora essa seja uma estratégia de longo prazo – e que levará algum tempo para ser implementada – ela trará tráfego mais direcionado e com maior probabilidade de conversão.

Isso porque as pessoas certas já sabem que você é uma autoridade no assunto.

Em algum momento, se você estiver disposto a dedicar tempo e esforço nisso, poderá criar o seu próprio grupo no Facebook e usá-lo como um canal para promover o seu conteúdo.

Além disso, você pode considerar a promoção de conteúdo em seus próprios perfis nas redes sociais.

Quando alguém começa a postar conteúdo em sua própria fanpage, uma das preocupações que surgem com mais frequência é o fato de não possuir muitos fãs.

Mas isso, no entanto, não é tão difícil de resolver.

Você pode exibir alguns anúncios na sua página no início, a fim de gerar prova social.

Uma boa dica, é segmentar países internacionais, pois isso manterá os custos baixos e garantirá que o crescimento da sua fanpage seja constante.

Para executar esses anúncios, acesse: https://www.facebook.com/ads/manager.

Em seguida, vá em “Promover sua página”.

image18

Então, escolha países que atendam a mercados maiores e menos competitivos, como é o caso de alguns dos países da Ásia.

image19

Não esqueça de configurar o idioma como “português”, para que você se engaje com pessoas que entendam o que você está dizendo.

image00

E, é claro, escolha um interesse que esteja relacionado ao que você está tentando promover. Para demonstrar isso, vamos continuar no exemplo do ‘Yoga’, que usamos acima.

image01

Você perceberá, que pode executar campanhas que não vão te custar muito dinheiro.

Para o meu site de nutrição, por exemplo, eu gastei somente US$ 0,03 por like!

image02

Depois que você começar a fazer anúncios em sua página, não vai demorar muito para que consiga um número relevante de fãs.

Mas tenha em mente que isso não é tudo. Ainda temos muito trabalho a fazer.

A próxima etapa que você pode executar, é o que muitos chamam de “uma mão lava a outra”.

Eu fiz muito isso no desafio de US$ 100.000.

image03

A ideia é esta – você faz um post em sua página falando sobre outra página do mesmo segmento.

Na sequência, você entra em contato com os administradores dessa página e informa que é um fã e que está compartilhando o conteúdo deles em suas redes sociais.

Enquanto faz contato, você aproveita para perguntar se eles podem te ajudar a promover sua fanpage, publicando sobre ela na página deles.

É óbvio que nem todo mundo vai topar.

Mas quem o fizer, vai ajudar você a ampliar seus fãs, além de incentivar outras pessoas do mesmo segmento a fazerem o mesmo.

Lembrando que você sempre pode excluir esses posts da sua página depois de um tempo, principalmente se eles não apresentarem o resultado desejado.

Entenda que o mundo das redes sociais geralmente é bastante ocupado, por isso nem todo mundo verá o seu conteúdo logo na primeira vez que você o publicar.

Nesse caso, você pode postar o mesmo conteúdo mais de uma vez.

Se você quiser automatizar o processo, pode usar uma ferramenta como o Buffer.

Mas não se preocupe – ele não vai fazer você ficar enviando spam para todo mundo.

O Buffer recomenda o seguinte cronograma de postagem  – para garantir que suas tentativas de promoção de conteúdo não sejam consideradas spam, mas ainda atendam a todos que precisam.

image04

Quando você configura o seu cronograma de postagens, ele fica assim:

image05

Você também pode usar as análises fornecidas pelo Buffer para ver quais métodos e artigos estão com melhor desempenho.

image06

Depois de mais ou menos um mês postando consistentemente no Twitter e no Facebook (pelo menos), você já vai ter uma boa noção de quais tipos de conteúdo tendem a ter um bom desempenho em seu nicho.

image07

Você pode usar essas informações como base para suas futuras decisões de promoção e criação de conteúdo.

Esse tipo de insight, juntamente com as dicas do Ubersuggest, detalhadas acima, fornecerá uma estratégia de criação e promoção de conteúdo realmente poderosa.

E se você quiser ser ainda mais estratégico, use os dados para descobrir quais são os melhores dias para publicar seu conteúdo – bem como os melhores horários.

Além disso, você sempre pode adotar uma abordagem manual e dar uma olhada no que está funcionando bem para outras pessoas do seu nicho.

Se você perceber que algumas fanpages ou perfis do Twitter parecem estar crescendo rapidamente, separe um tempo para entender onde eles estão acertando.

E, claro, descubra como você pode implementar suas táticas em seu próprio site ou em uma estratégia de promoção de conteúdo.

Sugiro também que você teste diferentes tipos de copy, sempre que repostar o mesmo conteúdo em uma rede social.

Você não precisa alterar o conteúdo do post em si, mas pode fazer algumas mudanças na maneira como descreve a publicação.

Digamos que você esteja promovendo um conteúdo sobre “Como Atrair Público” e o título da publicação seja exatamente esse. Que tal mudar um pouco na próxima semana?

Você poderia deixar assim, por exemplo: “O Que Aprendi com os Especialistas Para Crescer em uma Rede social”.

Ao usar diferentes tipos de copy, você pode atingir aqueles que ignoraram sua promoção anteriormente, fazendo com que eles se engajem agora porque o seu conteúdo parece mais atraente.

Email Marketing

De certa forma, tudo o que falamos até agora tem como objetivo fortalecer seus esforços de email marketing.

Isso porque, quando se trata de promoção de conteúdo, a ideia é fazer com que as pessoas participem da sua lista de emails.

O email marketing pode ser um dos melhores métodos de promoção de conteúdo, visto que 34,5% dos blogueiros o utilizam como um dos principais canais para isso.

E, de fato, eu acredito que a divulgação via email marketing pode ser responsável por até 68% do tráfego em suas publicações.

image08

Se o seu conteúdo for mesmo atraente, as pessoas não se importarão em ser notificadas por email, quando houver uma nova publicação.

Como estamos apenas falando de uma promoção básica de postagens, não vamos complicar demais as coisas aqui.

Meus emails geralmente são bem simples. Eu somente pego o primeiro parágrafo de introdução do post e peço às pessoas que cliquem se quiserem continuar lendo.

image09

É claro que você pode fazer algo mais sofisticado do que isso, mas vai descobrir que na maioria das vezes não há necessidade.

Lembre-se de considerar que pequenas alterações na linha de assunto podem melhorar sua taxa de abertura de email.

Considere o seguinte cenário, por exemplo:

Digamos que você envia seu conteúdo e somente 40% das pessoas que estão na sua lista abrem e clicam em seus emails.

Como fazer com que os outros 60% se engajem com seu conteúdo?

Noah Kagan descobriu que esse problema pode ser resolvido simplesmente mudando a linha de assunto.

Resumidamente, esta é a estratégia dele:

image35

Usando essa técnica, Noah obteve um aumento de 11% no total de aberturas.

Eu fiz algo semelhante, usando um texto diferente para cada link, mesmo que todos eles levem para a mesma página.

Obviamente, essa estratégia só funcionará bem se você conseguir escrever linhas de assunto que sejam, de fato, atraentes.

É lógico que isso requer prática, mas você precisa prestar muita atenção nisso, pois 33% dos destinatários abrem emails com base apenas na linha de assunto.

Conclusão

Se você é ainda novo no mundo dos blogs, talvez não conheça muito sobre o processo de promoção.

No entanto, depois de ler este artigo, você já deve ter uma boa noção do que pode (e precisa) ser feito para promover um conteúdo de forma efetiva.

Por exemplo, agora você sabe que pode usar a divulgação por email e o tráfego pago para obter informações sobre seu conteúdo, além de entender como aproveitar ao máximo esses métodos.

No entanto, se você preferir usar uma estratégia de promoção gratuita, lembre-se de que é fundamental construir relacionamentos.

A confiança pode ser um forte aliado no que diz respeito à promoção de conteúdo, portanto, faça o possível para criar boas conexões – antes mesmo de precisar delas.

Então, agora que você sabe o que precisa ser feito para promover o seu conteúdo, que tal colocar essas dicas em prática e ver como elas funcionam para você?

O que você acha que vai funcionar melhor para promover suas publicações?

Compartilhe